As comentadas


Boa tarde , Quarta-feira, 29/07/2015








Enquete



Reflita

Blog

Política

07
Fev
PCdoB oficializa apoio a Rui Costa e Alice pede mulher como vice da chapa
Postado por: Redação Voz da Bahia / 03:31h

O PCdoB oficializou nesta quinta-feira (6) o apoio do partido à candidatura do secretário da Casa Civil do Estado, Rui Costa (PT), ao governo da Bahia. Além do petista, estiveram presentes o vice-governador Otto Alencar (PSD) – candidato a senador da chapa – o governador Jaques Wagner, o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo (PDT), os deputados federais José Carlos Araújo (PSD), José Rocha (PR) e Mário Negromonte (PP). “O PCdoB está com Rui e Otto porque esse projeto, que ajudamos a construir lá em 2002, com a eleição de Lula, e em 2006, com Wagner, é o melhor para a Bahia. Vamos melhorar e aperfeiçoar a chapa para que ela inspire as pessoas, para que tenha adesão e que seja a expressão da luta que sempre nos identificou”, afirmou o deputado federal Daniel Almeida, presidente estadual do PCdoB. O parlamentar disse também que a legenda não “briga” com PP e PDT para a indicação do vice da chapa. “A relação com Marcelo [Nilo] e Mário [Negromonte] é fraterna”, acrescentou a deputada Alice Portugal, que se coloca, porém, como uma alternativa. “As mulheres são a maioria da população. Somos as primeiras a acordar e as últimas a dormir. Defendemos ter uma vice porque essa é a realidade na Bahia, mas não haverá briga”, discursou. (BN)

Comente agora
06
Fev
Dilma reafirma que raios não podem ser culpados por apagões no Brasil
Postado por: Redação Voz da Bahia / 14:23h

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quinta-feira (6), por intermédio do ministro de Comunicação Social, Thomas Traumann, que raios não podem ser apontados como causadores de apagões no país. Segundo ela, o Brasil é um dos países com maior incidência de raios no mundo e o sistema elétrico brasileiro foi montado a prova de descargas elétricas. "Se raios foram realmente responsáveis pela queda de fornecimento de energia na última sexta-feira, cabe a ONS apurar se os operadores estão mantendo adequadamente sua rede de para-raios", declarou Thomas Traumann, em nome da presidente. Nesta quinta-feira (6), o diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp, afirmou que um raio pode ter sido a causa do apagão da última terça-feira (4), que atingiu 13 estados e o Distrito Federal. Ele também disse que não houve falha humana "de jeito nenhum". "Pode ser que o curto tenha sido provocado por outro fenômeno. Falha de manutenção também está descartada".

Comente agora
06
Fev
Após Feliciano, comissão de Direitos Humanos pode ser presidida por Bolsonaro
Postado por: Redação Voz da Bahia / 14:16h

Quem vibrou com a saída do deputado federal Marco Feliciano (PSC) da presidência da Comissão de Direito Humanos da Câmara deve ficar de cabelo em pé com o seu possível sucessor. Conhecido por declarações polêmicas, Jair Bolsonaro (PP) pode assumir o posto. Segundo a coluna Radar, da revista Veja, O PSD se articula na Câmara para tomar do PP a presidência da Comissão de Minas e Energia. Se a reivindicação prosperar, caberia ao PP indicar o presidente da Comissão de Direitos Humanos e especula-se que internamente os progressistas queiram indicar o parlamentar. Ainda segundo a Veja, Bolsonaro anda “entusiasmado com a possibilidade” e deve tocar a pauta da comissão com a mesma sensibilidade com que costuma vociferar no plenário da Casa. (BN)

Comente agora
06
Fev
PCC é uma criação dos 20 anos de governo do PSDB, diz Padilha
Postado por: Anacley Souza / 04:00h

Em sua primeira entrevista após deixar o Ministério da Saúde, o petista Alexandre Padilha, 42, adotou um tom aberto de campanha e atacou a política de segurança do governo tucano paulista. "O PCC é uma criação dos vinte anos do governo do PSDB", afirmou o pré-candidato. Para ele, "acabou a bateria" dos tucanos e "falta coragem ao governo de São Paulo" para enfrentar a violência no Estado. Suas críticas não se limitam à área de segurança. Ele diz que o governo tucano falhou também na educação. "O governo do PSDB governa há vinte anos e não conseguiu trazer o ensino médio para o século 21." O ex-ministro, cujo nome foi lançado pelo ex-presidente Lula para disputa do governo paulista, defendeu sua política da Aids, criticada pelos movimentos sociais, e disse que vai manter a defesa da presidente Dilma Rousseff, de não mexer na lei para liberar o aborto no país. Ele defendeu ainda a vaquinha feita pelos petistas para ajudar os condenados do mensalão, mas diz que, por uma questão institucional, não doou. Evita, além disso, seguir seus colegas de partido e prefere não fazer comentários se considera o julgamento do STF "político". Sobre a médica cubana, que abandonou o programa Mais Médicos e pediu asilo político, diz que casos isolados devem ser analisados e os direitos individuais devem ser respeitados, mas lembrou que o programa assinado com Cuba, por intermédio de um órgão da ONU, segue regras semelhantes de outros 60 países.(Folha)

Comente agora
06
Fev
Souto aceitou ser candidato, anuncia DEM
Postado por: Redação Voz da Bahia / 01:44h

"Eterno governador". Para a política, a apresentação feita pelo prefeito ACM Neto (DEM) do ex-governador Paulo Soutonesta quarta-feira, durante inauguração do Plano Inclinado Gonçalves, foi simbólica. Souto cravou a vontade de disputar a eleição. Ainda que a confirmação seja negada pela maioria dos envolvidos, o ex-presidente regional do Democratas, José Carlos Aleluia, deu publicidade ao veredicto. "O prazo era 31 de janeiro e no dia 31 de janeiro Paulo Souto disse que aceitava", afirmou Aleluia em entrevista coletiva, como secretário de Urbanismo e Transporte. Sem a presença do outro postulante da oposição, Geddel Vieira Lima (PMDB), a aparição pública do ex-governador mostra um princípio de engajamento para a campanha eleitoral de 2014. De acordo com o presidente nacional do DEM, senador Agripino Maia (RN), o próprio Souto colocou o nome à disposição do partido para disputar as eleições. "Conversei com ele (Souto) na segunda-feira e ele me disse que, se for convocado pelo partido, aceitará ser candidato", informa o dirigente. Maia, todavia, ressalta que a condução do processo cabe ao "líder do partido na Bahia", o prefeito ACM Neto. "Ele é o responsável pela construção da aliança com os partidos, principalmente com o PSDB, o PMDB e o PV", sugere o senador. Apesar de reforçar o interesse numa aliança com o PMDB, Agripino Maia ressalta que "as eleições na Bahia são as mais importantes de 2014 para o Democratas". (ATarde)

Comente agora
05
Fev
Prefeito e vice de Tanhaçu são cassados por compra de votos
Postado por: Letícia Oliveira / 11:36h

O prefeito de Tanhaçu, João Francisco Santos (PT), e seu vice, Valdívio Aguiar Filho (PT), foram cassados pelo juiz Rodrigo Souza Britto, da 196ª Zona Eleitoral, na última segunda-feira (3), por captação ilícita de sufrágio. Na decisão, o magistrado também determina a inelegibilidade dos petistas nos próximos oito anos e o pagamento de 10 mil unidades de Referência Fiscal (Ufirs). O gestor cassado é flagrado em vídeo em que sugere a compra de votos de um casal de eleitores, Jorge Paulo Lima de Novais e Josiane Lima Martins. Em depoimento à Justiça Eleitoral, as testemunhas afirmaram que receberam a proposta de receber a quantia de R$ 4 mil e um cargo no programa Brasil Alfabetizado em troca de apoio político. A ação foi proposta pela coligação "Tanhaçu Vai Voltar a Crescer", encabeçada pelo candidato derrotado Jorge Teixeira da Rocha (PSD). O presidente da Câmara Municipal, vereador Antônio Carlos Novais Brito (PV), assume o comando do Executivo municipal até que seja realizado novo pleito. O prefeito e vice cassados ainda podem recorrer da sentença. (BN)

Comente agora
05
Fev
Em mensagem, petista sugere vontade de dar 'cotovelada' em Barbosa
Postado por: Anacley Souza / 06:57h

Além da provocação direta ao presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, na abertura do ano legislativo, o vice-presidente da Câmara dos Deputados, André Vargas (PT-PR), sugeriu durante uma troca de mensagens pelo celular que gostaria de dar "uma cotovelada" no magistrado. A conversa por mensagens se deu durante a cerimônia, na qual o petista, sentado ao lado de Barbosa, ergueu duas vezes o braço, com o punho cerrado, repetindo o gesto usado pelos mensaleiros José Dirceu e José Genoino quando tiveram de se entregar à Polícia Federal, Na troca de mensagens, o interlocutor de Vargas pergunta: "Ele puxou conversa com você?". Vargas responde: "Não". A pessoa lhe responde: "E aí? Não vai quebrar o gelo não? Nem um Olá? Pergunta pra ele se vai assinar a prisão do j. paulo?", citando o deputado condenado no julgamento do mensalão, João Paulo Cunha (PT-SP), que aguarda mandado de prisão. Vargas responde: "Da uma cotovelada (sic)". Procurado pelo jornal O Estado de S.Paulo, que divulgou a troca de mensagens, o deputado petista afirmou: "Não tenho nada a comentar, mas essa mensagem existe". Ainda na Mesa Diretora da Câmara, onde se realizava a cerimônia, Vargas fez questão de repetir por várias vezes o gesto feito pelo ex-ministro José Dirceu e pelo ex-deputado Jose Genoino (PT-SP) quando foram presos, em novembro do ano passado. O petista disse que fez o gesto como forma de mostrar solidariedade a todos eles, uma vez que considera que o julgamento foi de exceção. O deputado petista disse ainda que Barbosa age com "sadismo" e de forma perversa com João Paulo Cunha, cuja ordem de prisão não foi expedida, embora a execução de pena já tenha sido determinada.(Esatadão Conteúdo)

Comente agora
05
Fev
Após anuncio de candidatura, DEM tenta convencer Geddel a concorrer a vaga para o Senado
Postado por: Anacley Souza / 03:48h

Embora o prefeito ACM Neto (DEM) tenha declarado que não há nada decidido sobre o candidato da oposição para o Palácio de Ondina, as conversas mostram que um sim do ex-governador Paulo Souto (DEM) teria mobilizado parte do DEM a buscar táticas para convencer o ex-ministro Geddel Vieira Lima a compor a vaga ao Senado. O presidente do PMDB baiano tem colocado desde 2013, o desejo de ser o representante do grupo na cabeça de chapa para as eleições. Nos bastidores, fontes confirmaram ontem que o ex-governador, que até então não havia decidido sobre postular, provocou um movimento ao anunciar para o prefeito e para lideranças do partido, na última semana, que estaria disposto a concorrer. Diante disso, Souto e deputados da sigla teriam se reunido para tratar dos próximos passos políticos, inclusive, discutirem as estratégias para articular a chapa, mantendo a aliança com um dos fiéis da balança, o PMDB. O que parece disse me disse encontraria solidez na voz de defensores da postulação de Souto.

Comente agora
05
Fev
Municípios têm até junho para solicitar o Canal da Cidadania
Postado por: Redação Voz da Bahia / 02:36h

O Canal oferece possibilidade de os movimentos sociais falarem diretamente à população por meio da TV aberta Segundo o Ministério das Comunicações apenas 160 dos 5570 municípios realizaram pedido de outorga para receberem o canal da cidadania, que integrará numa só rede emissoras mantidas por órgãos públicos e por instituições comunitárias. O prazo limite para as prefeituras solicitarem o Canal é 18 de junho de 2014. O Canal da Cidadania fará parte do conjunto de canais explorados por entes da administração pública dentro do Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD). Com isso, poderá usar a multiprogramação possibilitada pela TV digital, com uma faixa de conteúdo específica para os poderes municipais, uma para os estaduais,e duas para associações comunitárias, responsáveis por veicular programação local. Dentre os principais objetivos a serem atendidos pelo Canal estão a busca pelo exercício da cidadania e da democracia, a expressão da diversidade social e o diálogo entre as diversas identidades culturais do Brasil, e a universalização do direito à informação, comunicação, educação e cultura. Além disso, pretende-se incentivar a produção audiovisual independente, de caráter local e regional e atuar na prestação de serviços de utilidade pública. Passado o período da outorga aos entes públicos, o Ministério das Comunicações vai abrir avisos de habilitação para selecionar as associações comunitárias, que ficarão responsáveis pela programação em cada localidade. (UPB)

Comente agora
05
Fev
Ministério Público apura doações a petistas para multas do mensalão
Postado por: Redação Voz da Bahia / 02:29h

O Ministério Público está investigando as doações recebidas por petistas para pagar as multas impostas no processo do mensalão. Conforme a Folha apurou, a análise ainda é recente e, por isso, ainda não há informações sobre o andamento das investigações, nem se foram encontrados indícios de irregularidades. Ontem, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendescobrou investigações do Ministério Público sobre as doações. De acordo com o ministro, pode estar havendo lavagem de dinheiro no sistema de arrecadação. "Será que esse dinheiro que está voltando é de fato de militantes? Ou estão distribuindo dinheiro para fazer esse tipo de doação? Será que não há um processo de lavagem de dinheiro aqui? São coisas que nós precisamos examinar", disse. Até agora, as doações foram feitas para o ex-presidente do PT José Genoino e para o ex-tesoureiro da sigla Delúbio Soares. Juntos, eles receberam cerca de R$ 1,7 milhão para quitar multas que somam R$ 1,1 milhão.

Comente agora
05
Fev
João Paulo Cunha se entrega, descarta renúncia e ataca Supremo
Postado por: Redação Voz da Bahia / 02:24h

O deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) foi preso nesta terça-feira, 4, em Brasília. Antes de se entregar no presídio da Papuda, por volta das 19h30, divulgou uma carta com ataques ao Supremo Tribunal Federal. Diferentemente dos outros três deputados condenados no julgamento do mensalão, João Paulo decidiu não renunciar ao mandato. Agora, vai enfrentar o processo de perda de mandato, que pode ser aberto na próxima semana. Presidente da Câmara entre 2003 e 2004, o deputado foi condenado definitivamente a 6 anos e 4 meses de prisão por peculato e corrupção por irregularidades no contrato da Casa com a agência de publicidade SMPB, de Marcos Valério, preso desde novembro, e pelo recebimento de R$ 50 mil que teria como objetivo beneficiar a empresa na licitação. Ele ainda foi condenado a mais 3 anos de prisão por lavagem de dinheiro por ter usado sua mulher para sacar os recursos no Banco Rural, mas terá direito a uma nova análise desta sentença por meio de embargo infringente. O deputado começará a cumprir pena no regime semiaberto.

Comente agora
05
Fev
Após apagão e preocupada com eleição, Dilma cria força-tarefa para o setor elétrico
Postado por: Anacley Souza / 01:25h

Preocupada com o impacto de uma eventual crise no setor elétrico em ano de eleição, a presidente Dilma Rousseff fez uma reunião ontem para elaborar uma resposta política à questão. O problema é que investimentos no setor demoram para dar resultado, logo foi pedida a formação de uma força-tarefa para definir medidas que permitam ao governo dizer que está trabalhando para aumentar a capacidade do sistema. Na reunião, o apagão de ontem foi considerado um problema de tamanho médio, dado que o sistema para evitar um colapso na transmissão conseguiu restringir as áreas afetadas. Segundo a Folha apurou, o governo já vinha havia uma semana discutindo medidas para antecipar licitações de usinas e, assim, ampliar a geração de energia. Ontem, foi definida uma operação para acelerar esses processos -como a concessão de licenças ambientais, exigência legal que tem atrasado as obras de infraestrutura em todos os setores.

Comente agora
04
Fev
Prefeitos baianos decidem que fecharão prefeituras em abril
Postado por: Redação Voz da Bahia / 16:15h

Reunidos na sede da União dos Municípios da Bahia (UPB), na tarde desta terça-feira (4), prefeitos, presidentes de consórcios públicos e associações regionais, decidiram pela continuidade das mobilizações em defesa da autonomia e da ampliação de recursos para os municípios. Entre as deliberações da reunião, ficou acertada a adesão ao movimento nacional que fechará as prefeituras de todo o país no dia 11 de abril, assim como a paralisação que ocorreu aqui no estado em outubro, porém dessa vez com atos simbólicos nas capitais. De acordo com a presidente da UPB e prefeita de Cardeal da Silva, Maria Quitéria Mendes, a reunião definiu o planejamento das ações para o ano de 2014 com atividades que têm o intuito de denunciar a crise financeira das administrações municipais. “Hoje, as prefeituras têm por obrigação legal a vinculação de 49% da receita gastos com demandas de educação, saúde, câmaras municipais e Pasep, sobra pouco para o prefeito ter a autonomia de investir em infraestrutura. Por esse motivo, estamos sistematicamente reivindicando uma maior fatia no bolo tributário”, disse Quitéria. 

Um comentário
04
Fev
PT endurece com filiados que continuam no governo Campos
Postado por: Letícia Oliveira / 11:51h

O PT pernambucano não vai mais tolerar que petistas se mantenham em cargos da administração do governador Eduardo Campos, quatro meses depois de o diretório estadual decidir deixar a base do governo socialista. A decisão de entregar os cargos foi tomada depois que o PSB saiu do governo Dilma Rousseff, diante da pretensão de Eduardo Campos disputar a presidência da República. Mesmo assim, filiados continuam integrando o governo socialista, numa demonstração da divisão interna que persiste no partido e foi responsável pela perda da prefeitura do Recife, depois de 12 anos sob o comando do PT. Na última eleição municipal, Campos lançou candidato socialista na capital e saiu vitorioso. Em reunião do diretório estadual do PT na noite da segunda-feira, 03, ficou acertado que todos os que se encontram nesta situação serão comunicados de que devem deixar os cargos em 15 dias. O partido faz um levantamento para saber quantos filiados ainda não deixaram seus postos.

Comente agora
04
Fev
Tatiana Paraíso anuncia candidatura a deputada estadual
Postado por: Redação Voz da Bahia / 09:44h

Ex-secretária da Saúde de Salvador, a mulher do ex-prefeito João Henrique (PSL), Tatiana Paraíso (PSL), anunciou nesta terça-feira (4) a sua pré-candidatura a uma vaga na Assembleia Legislativa (AL-BA). Em entrevista ao Bahia Notícias, a presidente do PSL Mulher da Bahia afirmou que, caso eleita, deverá se dedicar às pautas femininas e da saúde. “É um momento muito apropriado para estar na luta pela maior participação da mulher. Nada como nós mesmas defendermos a nossa própria bandeira”, defendeu. Ela acredita que a sua experiência como médica e à frente da pasta municipal também deverá contribuir com avaliação das necessidades do estado. “Eu também quero contribuir na área da saúde, com foco nos cardiopatas e especiais”, afirma. O fato de o seu marido ter sido declarado inelegível por oito anos é minimizado pela pré-candidata, ao prever como positivo o impacto que João terá sobre a sua campanha. “O meu foco é nos mais carentes e a gestão de João Henrique foi focada neles. Se houver algum impacto, vai ser positivo. Não acredito que está inelegível”, opinou. Assim como a ex-secretária, o ex-prefeito também desacredita na inelegibilidade, adquirida após ter contas da administração rejeitada duas vezes, e anunciou, no final do ano passado, o seu desejo de concorrer a deputado federal.

Comente agora
04
Fev
PSDB pede apuração de doações a condenados do mensalão
Postado por: Letícia Oliveira / 08:01h

A bancada do PSDB na Câmara dos Deputados protocolou, nesta terça-feira, 4, na Procuradoria-Geral da República, pedido de apuração dos supostos crimes de apologia a crime ou a criminoso e lavagem de dinheiro no processo de arrecadação de doações para petistas condenados no esquema do mensalão. Os tucanos questionam ato de desagravo realizado no 5º Congresso do PT, em dezembro passado, e o volume de recursos encaminhado ao ex-deputado José Genoino e ao ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares. Na representação, o atual líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), que nesta tarde passa a função ao deputado da Bahia Antônio Imbassahy, questiona não só o volume de recursos doado aos petistas como o curto tempo em que a soma foi conseguida. Com o apoio de familiares, amigos, apoiadores e militantes petistas, José Genoino arrecadou mais de R$ 700 mil em doações por meio de um site criado exclusivamente para a “vaquinha eletrônica”. Com o recurso, obtido em aproximadamente 10 dias, o petista conseguiu pagar multa de R$ 667,5 mil, decorrente da condenação no processo do mensalão. Delúbio Soares usou a mesma estratégia e conseguiu arrecadar R$ 1 milhão. A multa imposta pelo Supremo Tribunal Federal a Delúbio foi de R$ 466,8 mil. (AE)

Comente agora
04
Fev
"Ficaria muito satisfeita se tivesse uma representante das mulheres como vice-governadora", diz Wagner
Postado por: Anacley Souza / 06:30h

Em entrevista a uma emissora de TV, o Governador Jaques Wagner reafirmou que Rui Costa é o candidato escolhido para sucessão do PT e o nome do vice será decidido depois do Carnaval .O governador disse que acha a participação da mulher fundamental, não é obrigatório, mas se tem como candidatos a governador e senador, Otto Alencar, dois homens, é a favor de ter uma mulher na chapa. Eu sinceramente ficaria muito satisfeito que a gente chegasse a um denominador comum e tivesse uma representante das mulheres como vice-governadora. Wagner disse que não escala time adversário e nem tem medo, mas respeita, pois qualquer eleição é dura. Se for Geddel é uma característica, a campanha vai correr de um jeito, se for Paulo Souto é outra característica. Então, cada um vai se portar de um jeito.(Record Bahia)

Comente agora
04
Fev
Eduardo Campos diz que 'país parou' e 'saiu dos trilhos' do desenvolvimento
Postado por: Anacley Souza / 06:03h

Possível candidato à Presidência da República na eleição de 2014, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), afirmou nesta terça-feira (4) ter a “percepção clara” de que o Brasil “parou” e saiu “dos trilhos” do desenvolvimento. No auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados, Campos lançou, ao lado da ex-senadora Marina Silva, as diretrizes para eventual governo. “É possível fazer melhorar o Brasil e fazer com que o país não saia dos trilhos. Seja de um assentamento rural, periferia no Sudeste, ou em qualquer cidade na Amazônia Legal que vamos, temos a clara percepção que as pessoas estão vendo que o país parou, saiu dos trilhos que vinha, que com idas e vindas estava avançando”, ressaltou o presidente do PSB. De acordo com Campos, a “sensação” de que o Brasil “freou”, impôs ao PSB lançar candidatura própria à Presidência da República. “De repente, houve a sensação da freada. Essa percepção clara nos impõe ao PSB, que ajudamos a construir a vitória do governo em 2010, a tomarmos a decisão unânime e mais dura [de se afastar do PT]”, disse.

Comente agora
04
Fev
Gasto em propaganda sobe 20% com Padilha na Saúde
Postado por: Anacley Souza / 04:53h

Antes de deixar o Ministério da Saúde para concorrer pelo PT ao governo paulista nas próximas eleições, Alexandre Padilha promoveu a maior alta dos gastos com publicidade da pasta desde o início do governo petista. As despesas alcançaram no ano passado R$ 232 milhões, com um crescimento de 19,7% acima da inflação sobre os desembolsos de 2012 –que já haviam crescido 18,6% sobre 2011. O ritmo de expansão desse biênio não tem paralelo em uma década, como mostram os dados do próprio ministério. O último registro de uma taxa de aumento expressivo aconteceu no ano eleitoral de 2006, quando os montantes envolvidos eram bem menores que os atuais. Tecnicamente, quase todos os gastos com publicidade da Saúde são classificados como de utilidade pública. Entre os exemplos tradicionais estão as campanhas de vacinação contra a paralisia infantil e as de prevenção de doenças como a Aids e a dengue. No entanto, essa classificação de despesa também abriga a promoção de programas que estão entre as vitrines eleitorais do governo Dilma Rousseff e de Padilha, como o Saúde Não Tem Preço e o Mais Médicos.(Folha)

Comente agora
04
Fev
Impasse entre Dilma e Temer sobre PMDB persiste
Postado por: Anacley Souza / 02:21h

A presidente Dilma Rousseff se reuniu na noite desta segunda-feira (3) com o vice-presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, por quase seis horas, em mais uma tentativa de acertar a nova fatia do PMDB no primeiro escalão. Antes do encontro, Dilma disse a Temer que poderia ampliar o espaço do PMDB em mais uma vaga, desde que o partido não reivindicasse Integração Nacional - pasta reservada para o PROS , a nova legenda do governador do Ceará, Cid Gomes. Indicados pela Câmara, dois dos cinco ministros do PMDB -- Antônio Andrade, da Agricultura, e Gastão Vieira, do Turismo -- anunciaram que deixarão os cargos até o carnaval para concorrer a mais um mandato parlamentar. A bancada do PMDB no Senado, por sua vez, insiste na nomeação de Vital do Rêgo (PB) para Integração, Portos ou Ciência e Tecnologia. "Nós aprovamos a indicação do Vital, mas não aceitamos ficar sem dois ministros do PMDB da Câmara em troca de um do Senado", afirmou o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ). "Ou temos dois ministérios ou não temos nenhum. Se for para ficar com menos, nós entregamos os cargos e ficamos independentes", emendou ele, escancarando a insatisfação. Atualmente, o PMDB controla cinco pastas (Minas e Energia, Previdência, Aviação Civil, Turismo e Agricultura).Informações e créditos são da Agência Estado.

Comente agora
04
Fev
Escrevi um livro, não fiz um inquérito, diz Romeu Tuma Jr. ao ser questionado sobre provas contra PT
Postado por: Anacley Souza / 01:03h

Em um livro intitulado "Usina de dossiês" encabeçada pelo PT contra adversários políticos Tuma Jr. afirma que Lula, em sua época de sindicalista, colaborava com seu pai, Romeu Tuma, então delegado do Dops (Departamento de Ordem Política e Social), como informante da ditadura militar --segundo a obra, Lula usava codinome "Barba". O livro ainda diz que o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, teria admitido, na época do assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel, a existência de caixa dois na prefeitura do município do ABC paulista para o financiamento de campanhas do partido. "Eu escrevi um livro, eu não fiz um inquérito. Você está lendo um livro. O dia em que você quiser ver provas, peça o inquérito e nós conversamos", respondeu Tuma Jr. ao repórter Fernando Gallo, do jornal "O Estado de S.Paulo", que integrou a bancada de entrevistadores do programa e perguntou se o ex-secretário tinha provas, além de seu próprio testemunho, para algumas das acusações feitas no livro.

Comente agora
03
Fev
Diretor de conservação de estradas de Stº. Antº. Jesus afirma que pediu demissão do cargo ao prefeito
Postado por: Redação Voz da Bahia / 18:08h

O Diretor de Conservação de Estradas de Santo Antônio de Jesus Jorge Ribeiro, afirmou ao Voz da Bahia que pediu demissão do cargo nesta segunda-feira (03), ao prefeito Humberto Leite (PDT). Jorge alegou que solicitou sua saída da prefeitura por problemas particulares, ele não quis dizer quais dificuldades eram essas. O próprio Jorge, em conversa com a nossa reportagem, alegou que o gestor não aceitou sua exoneração, “Humberto foi totalmente contra essa situação, aí resolvi ficar após uma conversa com o mesmo”, declarou. A reportagem do Voz da Bahia insistiu, mais o diretor pronunciou que depois iria abrir o seu coração, e dizer o porquê de ter proclamado sua saída, “depois com calma eu falo com vocês sobre este assunto”, concluiu.

  1. Reportagem: Voz da Bahia
Comente agora
03
Fev
Wagner diz que a Bahia é campeã nos investimentos públicos de várias áreas desde 2007
Postado por: Redação Voz da Bahia / 16:54h

Não tenho dúvida, e me orgulho muito disso, de ter dado tudo de mim até agora, e vou continuar até o final do ano, deixando a Bahia cada vez mais preparada para cada dia gerar mais emprego, mais desenvolvimento e mais tranquilidade para nossa gente”. É o que declara o governador Jaques Wagner, no seu programa de rádio desta terça-feira (4), ratificando o que afirmou durante a leitura da sua mensagem na reabertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa da Bahia na segunda (3). Naocasião, ele fez um balanço dos últimos sete anos de gestão, quando, como afirmou, o Estado da Bahia se tornou “campeão em investimento em água e saneamento, estrada, universidades, ensino médio profissionalizante, geração de emprego, contratação de novos policiais”, entre outras áreas. Wagner destaca ainda no programa os resultados da viagem que realizou, na semana passada, ao Japão e à China, “quando plantamos boas sementes para atrair novos investimentos”, e da entrega de estradas recuperadas interligando os municípios de Itaberaba e Rui Barbosa, no último final de semana. 

Comente agora
03
Fev
Senador Walter Pinheiro: "Esperamos levar a banda larga para as aldeias da Bahia"
Postado por: Letícia Oliveira / 10:03h

Profissionais, empresários e estudantes da UFRB, participaram do Iº Fórum Baiano de Comunicação e Democracia, realizado na última quinta-feira (30), no Hotel Matiz, bairro Costa Azul, em Salvador. O evento foi promovido pelo Conselho de Comunicação Social da Bahia, em parceria com a Secretaria de Comunicação do Estado (Secom), e contou com palestrantes de importância nacional para as discussões sobre temas como TV Digital e o mercado da comunicação. Em entrevista a Andaiá FM, o senador Walter Pinheiro, que estava presente, destacou que esse momento é importante para discutir a comunicação, não como um mero instrumento, mas sim para abrir um novo tempo para as pessoas continuarem ouvindo o rádio. “A comunicação tem que chegar no lugar, onde as pessoas vivem tentando mudar a realidade, não somente para acessar ou assistir a distância as transformações que se processam. Estamos ampliando os serviços e diminuindo a distância entre o cidadão e a comunicação. Esperamos levar a banda larga para as aldeias da Bahia, para que esses locais sejam transformados em lugares mundiais.

Sobre a TV digital, ele afirmou que ela obrigatoriamente deve ter chegado para servir como instrumento de interação, então a digitalização do espectro tem que permitir melhoria no sinal e na interatividade, é uma ferramenta que leva em casa e pode ser um canal de retorno, onde as pessoas também entram para acessar a rede social. “Por isso apresentamos um projeto de lei para disputar essa questão no Brasil e ganhamos de forma muito enfática”, completou. Com relação ao termo “Cidades Digitais”, ele destacou que é o local, onde as pessoas podem melhorar as conduções para que o Poder Público local preste cada vez mais serviços com eficiência, utilizando o que a tecnologia dispõe, abra mais as contas, permitindo transparência para que o cidadão possa fiscalizar e, principalmente, que esse tenha condição de acessar serviços iguais a todos e quaisquer lugar do mundo.

Redação Voz da Bahia - Letícia Oliveira

Comente agora
03
Fev
Lídice descarta hipótese de vice de quem quer que seja
Postado por: Letícia Oliveira / 08:13h

A coluna Raio Laser, da Tribuna da Bahia, informa em sua edição de hoje que a senadora Lídice da Mata (PSB) já fez chegar a interlocutores do presidente nacional de seu partido, governador de Pernambuco e presidenciável Eduardo Campos que não há hipótese de aceitar abrir mão de seu projeto de concorrer ao governo para ser vice de quem quer que seja na disputa pela sucessão estadual de outubro. Lídice foi convencida a disputar o governo pelo próprio Campos. Diz a nota que, para começo de conversa, Lídice fez chegar ao presidenciável socialista que tem um compromisso com a candidatura da ex-ministra Eliana Calmon ao Senado e que não brinca em serviço. Informa a mesma coluna que as conversas em torno da ida de Lídice para a vice levariam em conta desde a chapa encabeçada pelo petista Rui Costa, que até hoje não definiu o nome de seu principal companheiro de chapa, até outra eventualmente encabeçada pelo peemedebista Geddel Vieira Lima na hipótese de ele se afastar do projeto de unidade que era pretendido na Bahia pelo PMDB, o PSDB e o DEM, partido do prefeito ACM Neto.

Comente agora
03
Fev
Geddel Vieira Lima (PMDB) será candidato ao governo do Estado
Postado por: Anacley Souza / 06:52h

Agora é oficial, o ex-ministro da Integração Nacional e presidente estadual do PMDB, Geddel Vieira Lima, será candidato ao governo do Estado na eleição deste ano. Geddel participou de uma reunião com o prefeito ACM Neto na última sexta-feira (31) para tratar do assunto. Porém, ainda não ficou definida a composição de toda a chapa das oposições. E este papel cabe ao prefeito, que atua como o articulador da oposição. (Metro1)

Um comentário
03
Fev
Risco de faltar energia elétrica no Brasil é ‘zero’, diz ministro
Postado por: Anacley Souza / 06:02h

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse nesta segunda-feira (3) que é “zero” o risco de faltar energia no país, por conta da falta de chuvas e queda no nível dos reservatórios de hidrelétricas. Ele anunciou, porém, que o governo já estuda novas medidas para evitar que a conta pelo maior uso das usinas térmicas e devido à alta no valor da energia, seja repassada de uma vez aos consumidores. "Estamos com mais de 40% [de armazenamento de água] nos principais reservatórios e não enxergamos nenhum risco de desabastecimento de energia. Risco zero”, disse Lobão após participar da cerimônia de posse de novos ministros, no Palácio do Planalto, em Brasília. De acordo com último levantamento do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), no domingo (2) os reservatórios do Sudeste e Centro-Oeste registravam armazenamento médio de 39,98%. As hidrelétricas dessas duas regiões são responsáveis por cerca de 70% da produção de energia no país.

Comente agora
03
Fev
Dilma dá posse a quatro novos ministros
Postado por: Anacley Souza / 05:01h

A presidente Dilma Rousseff deu posse nesta segunda-feira (3) a quatro novos ministros de Estado. Em seu discurso, a chefe do Executivo saudou os novos integrantes do primeiro escalão e desejou "sorte" ao antigos auxiliares que irão disputar as eleições de outubro. "Alguns de nossos ministros decidiram buscar nas urnas a execução de novas tarefas. É o que farão Gleisi Hoffmann [Casa Civil] e Alexandre Padilha [Saúde], aos quais desejo muito sucesso na nova caminhada", disse Dilma durante o discurso. Com a disputada cerimônia do Palácio do Planalto, Dilma oficializou a primeira etapa da sua primeira reforma ministerial. O agora ex-ministro da Educação Aloizio Mercadante é o novo chefe da Casa Civil. Já o secretário-executivo do Ministério da Educação , José Henrique Paim, foi promovido ao comando da pasta; o médico Arthur Chioro assumiu o Ministério da Saúde no lugar de Alexandre Padilha, que deixou o cargo para uma provável candidatura ao governo de São Paulo; e o porta-voz da Presidência da República Thomas Traumann foi nomeado titular da Secretaria de Comunicação Social, substituindo a ministra Helena Chagas. A cerimônia de posse teve início por volta das 11h20 desta segunda-feira, no Palácio do Planalto. Parlamentares e outros ministros devem participar do evento. As nomeações dos quatro novos ministros e as exonerações das quatro pessoas que deixaram seus postos foram publicadas nesta segunda no Diário Oficial da União.(G1)

Comente agora
03
Fev
Alice Portugal diz que Wagner fez o melhor governo e Rui está preparado
Postado por: Anacley Souza / 03:36h

Conhecida pela fidelidade ao projeto encabeçado pelo PT no Estado, desistindo, inclusive, de disputar a prefeitura de Salvador em 2012 para ceder à aliança partidária com Nelson Pelegrino (PT), a deputada federal Alice Portugal, uma das grandes lideranças do PCdoB no Estado, destaca o apoio à candidatura de Rui Costa (PT) ao governo baiano.

Segundo a comunista, “Rui está preparado para o enfrentamento”. “É um candidato bom, um jovem político já testado nas urnas, que tem uma facilidade enorme para a ação administrativa”. Ela faz elogios à gestão Wagner ao dizer que “foi o melhor governo da história da Bahia” e destaca a naturalidade da possibilidade de seu nome surgir para o posto de vice. “O meu nome acaba surgindo como um elo de ligação com as mulheres”, comenta. Para a deputada, a fadiga é um diagnóstico da oposição. O “carlismo” ficou 40 anos e eles não se julgavam fadigados, que já era uma fadiga crônica dos direitos do povo. Nesses últimos 10 anos nós tivemos avanços enormes. Acabamos de ter a maior seca da história da Bahia, dos últimos 60 anos, seguramente. Você não viu uma criança morrer de gastroenterite. Nós tivemos danos animais, danos patrimoniais, na lavoura, mas não tivemos danos humanos. O governador Jaques Wagner reformou e construiu estradas, avançou nos hospitais e tem problemas também. (Tribuna)

Um comentário
03
Fev
Governo publica no Diário Oficial mudanças em quatro ministérios
Postado por: Anacley Souza / 02:42h

O DOU (Diário Oficial da União) desta segunda-feira (3), oficializa as mudanças promovidas pela presidente Dilma Rousseff em quatro ministérios. O documento traz a exoneração de Gleisi Hoffmann do comando da Casa Civil e a nomeação de Aloizio Mercadante, que deixa o Ministério da Educação, para assumir o lugar de Gleisi. Para o MEC, foi nomeado José Henrique Paim Fernandes, que atuava como secretário executivo da pasta. Também foi publicada a nomeação do ex-porta-voz do Planalto Thomas Timothy Traumann como ministro da Secretaria de Comunicação Social, substituindo Helena Chagas, cuja exoneração também está no DOU. Ainda foi oficializada a saída de Alexandre Padilha do cargo de ministro da Saúde. Para o lugar dele foi nomeado Ademar Arthur Chioro dos Reis, ex-secretário de Saúde de São Bernardo do Campo, no ABC paulista. O Diário Oficial de hoje ainda traz mudanças em outros cargos de alguns ministérios. Márcia Aparecida do Amaral foi exonerada do cargo de secretária executiva do Ministério da Saúde. O documento não indica quem será o substituto dela no cargo. Ainda na Saúde, foram exonerados os atuais ocupantes dos cargos de consultor jurídico, diretora de Programa da Secretaria Executiva, subsecretário de Assuntos Administrativos da Secretaria Executiva, além do secretário de Gestão Estratégica e Participativa e da diretora de Atenção à Saúde Indígena da Secretaria Especial de Saúde Indígena. Eliane Aparecida de Cruz foi nomeada assessora especial do novo ministro da Saúde. Na Casa Civil, o novo secretário executivo da pasta é Luiz Antonio de Mello Rebello. Ele entra no lugar de Leones Dall'Agnol, que fazia parte da equipe de Gleisi. A posse dos quatro novos ministros está marcada para esta manhã no Palácio do Planalto. A cerimônia, que será presidida por Dilma, tem início programado para as 11 horas.(R7)

Comente agora
02
Fev
Senado e Câmara voltam ao trabalho com pauta trancada
Postado por: Letícia Oliveira / 10:55h

Em 2013, o Congresso reagiu às reivindicações populares de rua e acelerou o ritmo de votação de matérias. Agora, em 2014, começa com baixa expectativa em relação aos resultados do Legislativo. Com calendário justo, em função do Carnaval no início de março, os jogos da Copa do Mundo em junho e o início da disputa eleitoral em julho, os parlamentares que retomam as atividades nesta segunda-feira, ainda terão o desafio de destrancar a pauta de votações e retomar discussões que foram iniciadas no ano passado. Em 2013, o Congresso reagiu às reivindicações populares de rua e acelerou o ritmo de votação de matérias. Agora, em 2014, começa com baixa expectativa em relação aos resultados do Legislativo. Com calendário justo, em função do Carnaval no início de março, os jogos da Copa do Mundo em junho e o início da disputa eleitoral em julho, os parlamentares que retomam as atividades nesta segunda-feira, ainda terão o desafio de destrancar a pauta de votações e retomar discussões que foram iniciadas no ano passado. No Senado, a Medida Provisória (MP) 626/13 impede que outras votações avancem. A matéria, que prevê R$ 2,5 bilhões em crédito extraordinário para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), impede, por exemplo, que os senadores votem projetos como o que regulamenta a criação ou extinção de órgãos públicos. 

Comente agora
02
Fev
Disputa política trava PEC contra trabalho escravo há 15 anos
Postado por: Letícia Oliveira / 02:28h

Mais de 100 anos após ser abolida no papel, a escravidão ainda é uma realidade no Brasil. Só em 2013, o Ministério Público Federal abriu 702 procedimentos para apurar denúncias de casos de trabalhadores em condições análogas à escravidão (submissão a trabalhos forçados ou a jornada exaustiva; condições degradantes de trabalho; restrição, por qualquer meio, de locomoção em razão de dívida com o empregador ou preposto) no País. Enquanto isso, uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que determina a expropriação de terras onde for flagrado esse tipo de irregularidade tramita no congresso há 15 anos e ainda não foi aprovada. Para as autoridades responsáveis por punir os infratores, a aprovação da PEC é essencial para inibir o crime, uma vez que a legislação atual é branda e tornaria rentável ao empregador manter este tipo de prática, mesmo com as sanções aplicadas quando há condenação. Por outro lado, membros da bancada ruralista no Congresso dizem que a redação atual da emenda poderia levar a injustiças, com irregularidades trabalhistas sendo tratadas como escravidão, e pedem uma alteração na definição de trabalho análogo à escravidão no Código Penal antes que a PEC seja aprovada. 

Comente agora
01
Fev
Multa para Dirceu é calculada em quase R$ 1 milhão
Postado por: Redação Voz da Bahia / 11:48h
A Vara de Execuções Penais do Distrito Federal calculou em R$ 971.128,92 a multa que o ex-ministro José Dirceu deverá pagar pela condenação no processo do mensalão. Além do pagamento da multa, Dirceu foi condenado a 10 anos e 10 meses de prisão. Atualmente, ele cumpre pena de 7 anos e 11 meses em regime semiaberto pela condenação por corrupção ativa. No outro crime em que foi condenado, formação de quadrilha, Dirceu ainda aguarda julgamento de recurso. A assessoria do Tribunal de Justiça do DF, responsável pela Vara de Execuções Penais, informou que Dirceu ainda não foi notificado do valor da multa. A partir da notificação, que ainda não tem data para ocorrer, Dirceu tem 10 dias para fazer o pagamento. A multa estipulada pelo STF foi de 260 dias-multa no valor de 10 salários mínimos (no montante vigente à época do crime, de R$ 260). Na época do fim do julgamento do mensalão, esse valor girava em torno R$ 676 mil. A Vara de Execuções Penais, no entanto, faz o cálculo levando em conta inflação do período após o fim do julgamento. O pagamento da multa de condenados vai para o Fundo Penitenciário Nacional, usado para melhorias nas condições dos presídios.
Comente agora
01
Fev
Presidente do Juventude PMDB denuncia abandono das praias da ilha
Postado por: Letícia Oliveira / 09:51h

Montanhas de lixo amontoadas na faixa de areia das praias do município de Vera Cruz, localizado na Ilha de Itaparica. Este descaso foi flagrado e denunciado pelo presidente do grupo Juventude PMDB na Bahia, Luciano Simões Filho, que criticou a situação de abandono da cidade, que é administrada pelo PT. “Em passagem pelo município de Vera Cruz, mais precisamente nas praias da Conceição, Coroa e Barra do Pote, flagramos o descaso com a nossa ilha, ponto turístico visitado por milhares de estrangeiros e brasileiros de outros lugares do país. Infelizmente, o modelo PT de governar só prioriza a cooptação de partidos políticos, esquecendo de cuidar do povo e da limpeza das cidades”, disse Luciano. Na rede – Não é difícil encontrar em sites na internet fotos postadas por banhistas que, indignados, fotografam o lixo acumulado nas ruas e na areia das praias. No Blog da Ilha é possível ver imagens da localidade de Cacha-Prego, onde o lixo causa prejuízos e vergonha aos comerciantes e moradores. (Politicalivre)

Comente agora
01
Fev
Pesquisas eleitorais podem definir novo Presidente da República
Postado por: Letícia Oliveira / 08:48h

A nove meses do brasileiro ir às urnas para decidir quem ocupará o Palácio do Planalto, as pesquisas eleitorais são cada vez mais frequentes. Reconhecidos pela credibilidade, institutos de pesquisa de opinião — como Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística), DataFolha e MDA Pesquisas — apontam os políticos preferidos dos eleitores. Embora parte do eleitorado e mesmo os próprios políticos coloquem as pesquisas eleitorais sob suspeita, especialistas garantem que elas influenciam e podem até definir uma eleição. Isso porque, quando publicadas, os candidatos ganham visibilidade em todo o País, já que o nome fica em evidência e pode direcionar o olhar do eleitor. Os marqueteiros políticos explicam que tanto os candidatos como os partidos que estão no governo acabam, pela exposição maior na mídia, abrindo vantagem sobre os adversários, que têm que se manter em evidência por outros meios — indo às ruas, usando as redes sociais ou aparecendo em eventos e lugares que chamem a atenção na imprensa para serem “lembrados” pelo povo.

Comente agora
01
Fev
"Isso sai na urina", diz Lula a Lupi sobre acusação de corrupção
Postado por: Letícia Oliveira / 03:21h

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou com Carlos Lupi (PDT) sobre a denúncia de corrupção da qual seu ex-ministro do Trabalho é alvo. Segundo a Folha de S. Paulo, Lula confortou Lupi e o incentivou a processar a empresária Ana Cristina Aquino, que acusa o pedetista de receber propina para acelerar o registro de um sindicato. "O Lula me falou: 'Lupi, esquece, isso sai na urina'", relatou o ex-ministro. "Ele disse que é isso aí, que eu tô certo em processar", completou ele, sobre o conselho do ex-presidente. A denunciante diz que levou uma bolsa com R$ 200 mil ao gabinete de Lupi à época em que chefiava o Ministério do Trabalho; ele disse que irá processá-la por calúnia, injúria e difamação. (Terra)

2 comentários
31
Jan
Geddel x Souto: Escolha do candidato a governador é adiada e oposição entra em conclave
Postado por: Redação Voz da Bahia / 15:39h

Nada de fumaça branca ou o anúncio de “habemus candidato” no bloco da oposição, comandado por DEM, PMDB e PSDB. Depois de reuniões com os dois pretendentes ao cargo de postulante do grupo a governador, o prefeito ACM Neto (DEM) e os aliados não chegaram a uma conclusão. O democrata conversou com o correligionário e pré-candidato, o ex-governador Paulo Souto, no final da manhã desta sexta-feira (31) e, no início da noite, terminou o encontro do gestor com o outro pré-candidato, o presidente do PMDB na Bahia, Geddel Vieira Lima. O clima é de conclave, já que praticamente ninguém fala e, quem se arrisca a uma declaração sobre o assunto, mantém o tom de cautela. “A conversa não foi concluída, mas o processo está se afunilando”.

Comente agora
31
Jan
Jânio Quadros: Ex-prefeito é condenado por mau uso de verba da educação
Postado por: Letícia Oliveira / 11:12h

A Justiça Federal condenou o ex-prefeito Hermes Bonfim Cheles Nascimento, de Jânio Quadros, no centro-sul baiano, e outros dois ex-membros da comissão de licitação do município por improbidade administrativa. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), o ex-gestor fez mau uso de recursos da educação, repassados pelo Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) em 1999. À época, Nascimento teria firmado convênio com o FNDE para apoiar o Programa de Garantia da Renda Mínima. Segundo as investigações, ao invés de repassar os recursos às famílias cadastradas no programa, o ex-gestor comprou e supostamente entregou alimentos aos beneficiários, o que caracteriza um desvio na finalidade do convênio. Além disso, são levantadas outras ações ilícitas em processos de pagamentos e procedimento licitatório. A Justiça condenou Nascimento à perda de função pública que estiver exercendo quando do trânsito em julgado, suspensão dos direitos políticos por seis por anos e proibição de contratar com o poder público ou receber benefícios, incentivos fiscais ou creditícios pelo prazo de cinco anos. (BN)

Comente agora
31
Jan
‘PSB não tem nenhuma dívida’, afirma Lídice, ao descartar reaproximação com PT
Postado por: Letícia Oliveira / 10:34h

Pré-candidata ao governo do Estado, a senadora Lídice da Mata (PSB) afirmou nesta sexta-feira (31) que seu partido “sempre foi leal” nos sete anos em que integrou a base de aliados do PT. “Se há um partido que não pode se queixar do PSB é o PT. Porque sempre o apoiamos nos momentos difíceis, inclusive nos seus consecutivos projetos de lançar carreira solo”, disse, antes de completar com uma provocação: “Nós não temos nenhuma dívida para ser paga ao PT. Estamos zerados nesta questão”. As declarações foram feitas em entrevista coletiva, realizada durante o lançamento do livro “Convivendo com o Semiárido”, no município de Juazeiro, no Vale-São Franciscano da Bahia. A socialista disse ainda que “não cogita a possibilidade” de abandonar seu projeto ligado ao Executivo para ingressar na chapa petista, como vice do pré-pleiteante situacionista, o chefe da Casa Civil, Rui Costa. “O PSB tem a mim e a Eliana Calmon [pré-candidata ao Senado pelo PSB] na disputa pelo poder”, cravou. (BN)

Comente agora
31
Jan
Em carta de demissão, ministra de Comunicação rebate a críticas do PT
Postado por: Anacley Souza / 05:36h

A ministra da Secretaria de Comunicação Social (Secom), Helena Chagas, na carta de demissão à presidente Dilma Rousseff, respondeu às críticas do PT de que não destinava verbas de publicidade para a mídia alternativa. Helena disse que manteve o “critério da mídia técnica”, adotado no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas o cadastro de veículos foi ampliado, totalizando 9.963 em todos os estados brasileiros. A carta foi divulgada nesta sexta-feira pela assessoria de imprensa do Palácio do Planalto. Na carta, ela agradece à presidente pela oportunidade e confiança nos três anos em que ficou no governo. Disse que foi “um período de significativas realizações do governo, cuja divulgação se deu com todo o entusiasmo e engajamento desta secretaria”. A ministra afirmou que preservou e aprimorou o critério da mídia técnica, o que possibilitou “a oportuna e equilibrada publicidade governamental de tais ações públicas, trazendo ao cidadão informação clara e objetiva a respeito de seus direitos e das oportunidades que lhe eram postas”.Helena diz que formalizou o pedido de demissão “conforme entendimentos anteriormente mantidos”, logo na abertura da carta de demissão. “Acredito ter contribuído, com meu trabalho e com o esforço dos servidores da Secom, para a imagem positiva que V. Exa. e seu governo têm junto aos brasileiros, como justo reflexo do desempenho da gestão pública nesses três anos em que tive o privilégio de compor seu ministério”, afirmou. Ela será substituída pelo porta-voz da Presidência, Thomas Traumann. Helena não deverá participar da campanha eleitoral de Dilma e entrará em quarentena, conforme prevê a legislação.(O Globo)

Comente agora
31
Jan
Organizadores de 'rolezinhos' filiam-se a grupo ligado ao PCdoB
Postado por: Redação Voz da Bahia / 04:56h

Organizadores dos chamados rolezinhos em São Paulo se filiaram na última segunda-feira à União da Juventude Socialista (UJS), entidade ligada ao PCdoB e que comanda a União Nacional dos Estudantes (UNE). De acordo com a UJS, entre os novos membros está Vinicius Andrade, um dos líderes do rolezinho ocorrido no Shopping Itaquera, na zona leste da capital, no último dia 11. Segundo Vinicius, a UJS o fez enxergar a necessidade de construir uma nova sociedade, onde as necessidades da juventude da periferia sejam atendidas. “Não queremos briga, arrastão e violência. Queremos apenas nos encontrar, nos divertir, beijar na boca e ocupar todos os espaços sem sofrer preconceito por parte da elite ou violência por parte da polícia. Não iremos desistir e, com o apoio da UJS, vamos até o fim”, disse ele. “Quando organizamos o ‘rolezinho’ no Shopping Itaquera, os ‘coxas’ não respeitaram nem as meninas que foram até lá. Violência foi pouco. Tapa na cara, cassetetes e xingamentos. Quem passava tomava e ouvia: vai sua piranha”, contou Vinicius aos membros da UJS no seminário preparatório para o 17° congresso da entidade.

Comente agora
31
Jan
Ministério da Saúde lança Política Nacional voltada às pessoas com doenças raras
Postado por: Anacley Souza / 04:52h

As pessoas que vivem com doenças raras vão contar com atendimento diferenciado no Sistema Único de Saúde. Entre as complicações estão a deficiência de Hormônio do Crescimento e a síndrome de Williams, que afeta o desenvolvimento comportamental e os movimentos. A partir da Política Nacional de Atenção Integral às Pessoas com Doenças Raras, os usuários do SUS, vão poder ter acesso a uma rede de atendimento capaz de fazer o diagnóstico e oferecer tratamento para cerca de oito mil doenças raras existentes. Para o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a nova política irá mudar a vida de 200 milhões de brasileiros que precisam de tratamento especializado. Segundo Padilha, para acolher adequadamente cada paciente, o SUS precisará se reorganizar e se humanizar. Ele acrescenta que será necessário certas mudanças no sistema de saúde, assim como nos profissionais da área. No Brasil, cerca de 15 milhões de brasileiros podem ter algum tipo de doença rara.(R7)

Comente agora
31
Jan
Sucessor escolhido por Dilma para substituir Mercadante é réu em processo na Justiça
Postado por: Anacley Souza / 03:00h

O secretário executivo do Ministério da Educação e futuro ministro da pasta, José Henrique Paim Fernandes, é réu em ação civil pública que tramita desde 2006 na Justiça Federal em São Paulo, acusado de improbidade administrativa. Ele foi denunciado pelo Ministério Público Federal por supostas irregularidades em convênio firmado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) do qual era presidente. O convênio, no valor de R$ 491 mil, foi assinado em 2005 com a ONG Central Nacional Democrática Sindical (CNDS). Destinava-se a alfabetizar jovens e adultos. Auditores do Tribunal de Contas da União detectaram irregularidades como ausência de documentos na prestação de contas e falta de provas de pagamentos efetuados. Um contrato anterior, no valor de R$ 532,2 mil, havia sido firmado em 2004, mas a ONG não prestou contas dele no prazo legal. Além disso, professores que trabalhavam para a CNDS denunciaram que não estavam sendo pagos pelas aulas que davam. O fato levou o Ministério Público a recomendar ao Fundo que não assinasse novos contratos com a ONG. A recomendação, no entanto, não foi seguida e o Fundo assinou outro contrato com a CNDS no ano seguinte. Pouco tempo depois, a ONG fechou as portas e seus dirigentes desapareceram, retardando o trabalho da Justiça, que tenta notificá-los para prestarem depoimento. Por isso, Paim segue como réu em um processo que corre há quase oito anos. (Agência Estado)

Comente agora
31
Jan
ACM Neto se reúne com Paulo Souto e Geddel para definir candidato das oposições
Postado por: Anacley Souza / 01:21h

O ex-governador Paulo Souto (DEM) e o ex-ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima (PMDB) terão reuniões individuais, nesta sexta-feira (31), com o prefeito de Salvador ACM Neto, em local e horário a serem definidos, com o objetivo de bater o martelo sobre quem será o candidato das oposições nas eleições estaduais deste ano. Enquanto o presidente peemedebista na Bahia não esconde de ninguém o desejo de disputar novamente o Palácio de Ondina, após a derrota no último pleito, o ex-chefe do Executivo baiano por duas vezes – de 1995 a 1999 e de 2003 a 2007 –, embora tenha perdido as duas últimas campanhas (2006 e 2010) para o governador Jaques Wagner, é o atual líder das pesquisas e tem sido conclamado por correligionários e familiares a aceitar o desafio.

3 comentários
30
Jan
Ex-ministra da Justiça Eliana Calmon afirma: "De zero a dez, dou nota cinco ao governo Wagner"
Postado por: Redação - Letícia Oliveira / 18:13h

Eliana Calmon já foi juíza federal, procuradora da República, ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e corregedora nacional de Justiça. Em 2014, já aposentada, a ex-magistrada decidiu enfrentar um novo desafio: concorrer a um cargo no Senado. Eliana Calmon esteve no município de Santo Antônio de Jesus no recôncavo baiano e falou com a repórter Marcus Augusto Macedo do Voz da Bahia sobre a sua pré-candidatura ao senado pelo PSB (Partido Socialista Brasileiro), contou qual a sua intenção em entrar para a política e demonstrou conhecer os obstáculos que deverá superar para fazer a diferença, caso seja eleita. 

Voz da Bahia: Como aconteceu seu envolvimento na conjuntura política do país? Foi um projeto de vida ou uma consequência?

Eliana Calmon – Foi uma consequência por eu ter assumido o cargo de Corregedora Nacional de Justiça, daí eu comecei a verificar que as pessoas tem a dificuldade de pedir providências aos serviços públicos que não são eficientes e quando procuram alguém para resolver o problema não recebem respostas e ficam muito soltas sem saber o que fazer. É interessante que até os próprios órgãos públicos tem dificuldades de receber essas informações. Fui procurada pela ministra de Direitos Humanos, mas tenho dificuldade de me comunicar com o Poder Judiciário, estou sendo cobrada pelo Tribunal Internacional em razão de deficiência da justiça e justamente por ter essa dificuldade de a quem recorrer para ser uma voz do judiciário. Eu comecei a descobrir isso dentro do Poder Judiciário que é mais organizado, imagine-nos outros patamares. É preciso que tenhamos serviços públicos mais eficientes, então foi aí que eu comecei a pensar na necessidade de ter pessoas mais responsáveis cuidando das suas atividades específicas e só a política pode mudar essa realidade, a lei não vai mudar. A cidadania também é importante, com participações da população, que enfrenta e cobra dos poderes públicos essa sintonia com quem está na ponta e precisando ter esses serviços públicos. 

Voz da Bahia: Depois da sua aposentadoria do STJ a senhora foi assediada por vários partidos políticos. Por que decidiu escolher o PSB para filiar-se?

Eliana Calmon - O PSB tinha projetos parecidos com aqueles que eu idealizava, foi um partido que saiu da base do PT, após ter construído junto ao partido as políticas públicas como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, dentre outros. O partido saiu do tapete petista por que não estava aceitando esta submissão do mesmo e as elites que já estão dando sinais que estão esgotadas, por que passaram pelo Brasil e nada fizeram. Eduardo Campos se retirou da base do PT para dar segmento a uma política diferenciada, onde existe mais seriedade no cumprimento do dever e combate a corrupção, pois o nosso medo é que ela fique desenfreada e não tenhamos caixa para manter as políticas públicas que já conseguimos. Esperamos poder avançar nelas para dar educação e saúde. Optei pelo PSB, por isso e por uma razão histórica. O partido foi criado pelo baiano João Mangabeira, e isso me encantou por que eu sou muito baiana, então eu disse nada melhor do que um partido que está dentro dos meus objetivos e é baiano.

  1. "O maior problema da Justiça baiana é gestão"

Voz da Bahia: Com sua experiência e visão, qual o maior problema que a nossa justiça?

Eliana Calmon – O maior problema da Justiça Baiana é a gestão, que é péssima com desperdício de recursos financeiros, econômicos e humanos. Não há objetividade por não haver preocupação de servir aos nossos jurisdicionados. 

Voz da Bahia – A morosidade da Justiça é uma reclamação constante da população baiana. Isso é o que mais atrapalha o andamento dos processos? Qual a sua análise sobre essa questão?

Eliana Calmon – A falta de gestão termina tendo reflexo na ponta, onde estão os magistrados de primeiro grau que é o primeiro degrau para realizar justiça, mas faltam servidores, em compensação esses se multiplicam nos tribunais e gabinetes, e se nós fizermos uma brincadeira, todos os servidores do gabinete tem que vim trabalhar, não haverá espaço físico para conter todos os que estão lotados nos gabinetes, então isso é que faz a dificuldade. Faltam recursos humanos e materiais, pois o primeiro a ser abastecido é o tribunal, que tem carro, informática e tudo mais e a primeira instância não tem nada. Os juízes padecem dessa infraestrutura. 

Voz da Bahia – Como está sua preparação para eleição 2014? Já há algum planejamento para pleitear uma conquista para o senado?

Eliana Calmon – Nessa pré-campanha qualquer coisa pode ser feita. A Legislação Eleitoral determina que só a partir da convenção seja possível se fazer qualquer atividade política. Nesse momento o que eu estou fazendo é justamente me tornando mais conhecida, fazendo o que eu sei fazer e sempre fiz palestras para as pessoas saberem quem eu sou fora do judicial. 

Voz da Bahia - O que pensa a cidadã Eliana Calmon?

Eliana Calmon – Pensa que o Brasil está numa fase muito difícil onde é preciso que nós façamos a reorganização de toda a sociedade, a começar do poder mais forte da república, que é o Legislativo. É dele que vêm as leis e é preciso que nós melhoremos a qualidade das pessoas que estão hoje em política, essas estão despreparadas e adquire certa notoriedade por ser jogador de futebol, jornalista, locutor, boxeador, o que seja. Essas pessoas se candidatam e a população vota isso é preocupante, por que não são pessoas preparadas, e sim, que dão pulo no gato. O nível de corrupção no Brasil é muito alto e isso tudo começa no Poder Legislativo, todas as operações policiais das quais eu participei começaram nesse poder, que é forte. O vetor disso tudo é a política, a eleição e o financiamento de campanha. Enquanto não fizermos a reforma política para fazermos uma boa gestão, quanto a financiamento de campanha, não adianta Polícia Federal, Justiça ou processo que não vamos dar conta dos corruptos. Precisamos eliminar as causas e a consequência da corrupção, que está como causa maior no meu entender. 

Voz da Bahia: Nesse primeiro momento da pré-campanha a senhora está buscando alianças nos municípios do interior. Como está sendo em Santo Antônio de Jesus?

Eliana Calmon: Eu ainda não sei, mas no município há uma forte militância do PSB, grande simpatia pelas candidaturas de Lídice da Mata, que puxa como governadora. Eliana Calmon, que é uma ilustre desconhecida começa a se mostrar em Santo Antônio de Jesus, já sendo bastante conhecida por que não tinha noção de como me conhecem aqui. O que eu quero dizer é que essas alianças são importantes, mas hoje, existe a ideia da fragilidade do sistema de partidos políticos, de que se vote em pessoas e não em partidos, isso termina beneficente a mim que pertenço a um partido pequeno e é maléfico para aqueles que são os caciques dos grandes partidos. Eu entendo que essa política está errada, pois temos de ter partidos fortalecidos a partir de ideologias e bases próprias para evitar os partidos de aluguel. 

Voz da Bahia - Numa campanha a senhora concorda com o financiamento de empresas privadas? Como analisa essa vertente?

Eliana Calmon - Ninguém pode ignorar a necessidade de financiamento de campanha, não aquelas milionárias, por que isso é uma loucura num país com o nível de pobreza, que tem o Brasil, dizendo-se, inclusive, que não tem dinheiro para educação, que os hospitais estão todo defasado e para um único candidato já foi cobrado R$ 150 milhões. Vamos multiplicar isso por cidades e ver o quanto dá, isso é uma fábula, então está errado. Eu entendo que o governo tem suas economias mais debilitadas, temos a necessidade de que o sistema empresarial concorra para as campanhas, agora não é possível que se concorra para pessoas e que não haja a contabilização disso, pois você começa a privilegiar aqueles que se comprometem ao “Tome Lá, Dá Cá”. O financiamento deve ser monitorado pelo governo devidamente regulamentado e deve-se fazer sempre a contabilização através dos partidos, de onde vem o dinheiro. 

Voz da Bahia - A Justiça tem interferido nas atividades legislativas?

Eliana Calmon - A justiça tem interferido muito, principalmente, o Supremo Tribunal Federal. Eu vejo isso como um país moderno, no mundo inteiro, onde houve a revisão crítica do direito e que essa é a tônica, por que depois da segunda guerra mundial o que se chegou a conclusão é que o poder mais isento é o Judiciário, por ficar equidistante podendo fazer a avaliação de tudo que se passa nos demais poderes. No momento em que há um claro desinteresse do Legislativo em legislar determinada matéria, cabe ao STF, por ordem constitucional, fazê-lo em suprimento àquilo que deixou de fazer. Isso é uma novidade para o Brasil, mas para o mundo não.

Voz da Bahia - Por que a escolha de se candidatar ao Senado, e não a outro pleito, já que na Bahia há muitos nomes fortes que iram concorrer a este mesmo cargo. Não acha ser uma eleição para senhora bastante difícil?

Eliana Calmon - Eu entendo que não tenho perfil, nem idade de enfrentar o Executivo, pois ele precisa antes de tudo, de forma física para poder fiscalizar. A Bahia é enorme e está dividida em várias regiões que ninguém dá conta de fiscalizar, o que é absolutamente necessário nesse caso. Eu entendo que sendo uma fiscal e cobradora muito grande, me acabaria sendo, por exemplo, uma governadora, pois eu viveria quatro anos muito difíceis em minha vida. Como deputada estadual ou vereadora, eu digo que vi os problemas do Brasil e a Bahia e hoje tenho uma visão maior do que posso fazer, então no momento em que me inclinei numa possível candidatura a Senado, eu objetivei participar de um poder que eu sei a pretensão, se lá chegar. Não olhei as dificuldades, pois se tivesse visto ficaria em Brasília, por que as ofertas lá foram muito mais fortes do que aqui. Muitos me desestimularam a vim para a Bahia, porém ainda assim eu vim, porque há uma terceira via, que estamos trilhando, fazendo uma política diferente. Temos candidatos fortíssimos ao Senado, como Otto Alencar, que tem tudo para ganhar, mas com um sistema velho. Será que no sistema novo irá permanecer? Eu vou tentar ver se abro a política para novos horizontes e pessoas novas. 

Voz da Bahia - Ainda acredita no “Carlismo”?

Eliana Calmon - O carlismo acabou ele se esvaiu por que não tinha mais espaço para o Coronelismo, nem o neto de Antônio Carlos tem os mesmos posicionamentos, eu acho que ele é um pouco vítima daquilo que acabou. Existem ainda os viúvos de Antônio Carlos que continuam fazendo política, e lamentavelmente na Bahia dá certo. Vamos pensar no futuro e é exatamente em nome dele que eu estou me candidatando. 

  1. "Os processos não usarei como arma de campanha"

Voz da Bahia - A senhora no CNJ (Conselho Nacional de Justiça) fez inúmeras denúncias e possui vários documentos em mãos que comprovam desvios de dinheiro, corrupção ativa, desse trabalho árduo, que teve como aliada a imprensa, pode ser dito que o Governo e a Justiça baiana tem um viés ligado à corrupção?

Eliana Calmon - Eu já declarei que não farei uso de qualquer informação que eu tenha recebido pela minha atividade como Corregedora, pois isso não está correto. Como magistrada eu sou uma coisa, recebi confidencialmente aquelas informações em processos sigilosos e que precisam ser trabalhados para chegar ao final, quando transformados em processo, como estão sendo, virão à tona, eu não anteciparei isso nem usarei como uma arma de campanha, significaria uma deslealdade. Claro que existe corrupção, tem funcionário fantasma, tem nome, endereço, grau de parentesco, nepotismo, desvio e muita coisa mais. Muitos desvios na parte precatória, de material e informática estão sendo apurados, mas é um “cupim nacional”. Eu acho que isso termina pesando sobre os ombros dos dirigentes maiores, porém não sabemos quem efetivamente colocou a mão na massa, quase todos os Tribunais do Brasil são assim. O pior que eu vi foi no estado de Tocantins, existem Tribunais com sistema hierárquico ultrapassado, com prepotência muito grande e domínio de sentar na cúpula do Poder Judiciário, mas tudo isso só acontece por falta de gestão e é trabalhado pelo CNJ. 

Voz da Bahia - A senhora disse que a Bahia tem que ser melhorada. O que Eliana Calmon propõe para essa reforma no estado?

Eliana Calmon - A proposta é que cada um cumpra com seu dever, sem ser apenas um grande administrador político, mas sim administrador da coisa pública, pois existem duas faces de qualquer gestor e são esses, mas é preciso ser os dois ao mesmo tempo. O Governo do PT na Bahia é um grande articular político, o governador é um homem simpático que não percebe ninguém a olhos vistos, porém em termos de gestão deixa a desejar.

Eliana Calmon em entrevista a Marcus Augusto: "Nota 5 ao governo Wagner"

Voz da Bahia - Se a senhora pudesse avaliar o atual governo Jaques Wagner com uma nota, qual seria? 

Eliana Calmon - De 0 a 10, eu dou nota 5 ao atual governo da Bahia, ao governo Jaques Wagner. Na primeira gestão tinha bons secretários, mas na segunda gestão só se preocupou com a feitura do sucessor e isso acabou prejudicando, sem falar na gestão com Brasília, muita viagem, deixando a Bahia muito sozinha. 

Voz da Bahia - O Meio Ambiente tem sido muito discutido no Brasil, principalmente a respeito da conservação das nascentes, rios, matas, e etc... Aqui ao lado, acompanhando a nossa entrevista tem o santantoniense Yuri Pithon um batalhador na conservação do Meio Ambiente do recôncavo. Qual sua opinião a respeito dessa questão muito importante para todo o país? 

Eliana Calmon - Eu tenho uma formação ligada a cultura do meio ambiente, tenho dois cursos de direito ambiental fora do país e eu julgo questões ambientais. Eu era a segunda turma do STJ, estou muito enfronhada nessa questão de meio ambiente e essa questão foi o que me aproximou da Marina Silva, por isso mesmo, eu me filiei também a Rede de Sustentabilidade, que embora não seja um partido reconhecido tem tudo que é necessário e o principal, a base ideológica. O PSB é o abrigo que o Rede encontrou para viabilizar a difusão das ideologias.

  1. Vereador de SAJ Antônio Barreto, Eliana Calmon e Yuri Phiton

Voz da Bahia - Obrigado doutora Eliana Calmon pela entrevista.

Eliana Calmon - Gostaria de agradecer a vocês do Voz Bahia por um bate-papo franco e direcionado para fatos importantes, meus parabéns.

  1. Reportagem e Fotos: Voz da Bahia
Comente agora
30
Jan
Delúbio arrecada R$ 1 milhão para multa do mensalão
Postado por: Redação Voz da Bahia / 16:07h

O site criado pela família do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, condenado no processo do mensalão, arrecadou mais de R$ 1 milhão em oito dias para o pagamento da multa imposta peloSupremo Tribunal Federal (STF), segundo informações do site divulgadas nesta quinta-feira (30). O valor superou em mais de R$ 500 mil a quantia estipulada pela Justiça, de R$ 466,8 mil.O prazo para pagamento da quantia termina nesta sexta (31). Segundo o advogado Celso Villardi, que defende Delúbio, a multa será quitada dentro do prazo. Preso em novembro, Delúbio cumpre pena de 6 anos e 8 meses por corrupção ativa em regime semiaberto em Brasília. Obteve autorização para trabalhar na CUT durante o dia e começou no novo emprego no dia 20 de janeiro, com salário de R$ 4,5 mil. Além de corrupção, também foi condenado por formação de quadrilha, mas aguarda julgamento de recurso no STF que pode reverter a pena de mais 2 anos e 3 meses.

Comente agora
30
Jan
Governo e líderes da base na Câmara buscarão acordo para destravar pauta
Postado por: Letícia Oliveira / 10:27h

Diante da falta de acordo para concluir a votação de temas polêmicos que trancam a pauta da Câmara dos Deputados, como o Marco Civil da Internet, o governo deve reunir-se com líderes da base aliada na semana que vem para definir a pauta de votações e sua atuação nas negociações, afirmou nesta quinta-feira o líder do governo na Casa, Arlindo Chinaglia (PT-SP). Chinaglia, que participou na manhã desta quinta de reunião com a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e os líderes do governo do Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), e no Congresso, José Pimentel (PT-CE), disse que no encontro da próxima semana também será reforçado o pedido do governo para que o Legislativo se abstenha de aprovar projetos que tenham impactos sobre a economia. "Essa foi a primeira reunião formal entre a Secretaria de Relações Institucionais e a liderança do governo... nós fizemos um levantamento da pauta legislativa", disse o líder a jornalistas ao chegar ao Congresso. "Não poderíamos avançar sem termos uma melhor avaliação dos líderes de bancada", afirmou. O Congresso retoma suas atividades na segunda-feira. A reunião entre os líderes e Ideli deve ocorrer no mesmo dia, após sessão de abertura do ano legislativo.

Comente agora
30
Jan
Pesquisa aponta Neto como prefeito mais bem avaliado do Brasil com 51% de aprovação
Postado por: Letícia Oliveira / 09:22h

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), aparece no topo da lista de gestores municipais mais bem avaliados do país, em pesquisa Vox Populi encomendada pelo Grupo Bandeirantes e obtida pelo Bahia Notícias nesta quinta-feira (30). Segundo o levantamento, o trabalho do democrata é considerado bom ou ótimo por 51% da população soteropolitana. Em segundo lugar, está o prefeito de Recife, Geraldo Julio (PSB), com 39%, pouco à frente do líder do Executivo de Porto Alegre, José Fortunati (PDT), aprovado por 36% dos entrevistados. Na direção contrária, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), teve o pior índice entre as capitais pesquisadas: somente 1% dos paulistanos avaliam como ótima a sua administração. (BN)

4 comentários
30
Jan
Governo publica exoneração do chefe de gabinete do Ministro do Trabalho
Postado por: Letícia Oliveira / 07:43h

O governo federal publicou na edição desta quinta-feira (30) do "Diário Oficial da União" a exoneração do chefe de gabinete do ministro do Trabalho, Manoel Dias, Rodrigo Minotto. O ato de exoneração é assinado pela ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann. O Ministério do Trabalho informou que Minotto pediu exoneração da pasta, pois pretende se candidatar a deputado estadual em Santa Catarina nas eleições deste ano. Para o lugar dele, segundo ato também assinado por Gleisi, foi nomeado o secretário adjunto do PDT, André Roberto Menegotto – segundo o PDT, ele deixará o cargo no partido na próxima semana. (G1)

Comente agora
30
Jan
Acusado de propaganda antecipada, Garotinho pede orações para derrubar decisão judicial
Postado por: Anacley Souza / 06:41h

Sob ameaça de ser condenado por propaganda antecipada, o pré-candidato do PR ao governo do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, pediu a evangélicos que orem para tentar derrubar uma decisão da Justiça Eleitoral. Na última terça-feira (28), o Tribunal Regional Eleitoral do estado determinou que Garotinho interrompesse o cadastro de fiéis a quem distribui brindes com seu nome, sob pena de multa diária de R$ 5 mil. Cada kit inclui carteirinha personalizada, livro e camiseta na qual o pré-candidato se apresenta como “Irmão Garotinho”. Em liminar, o desembargador do TRE Wagner Cinelli disse que há “reais indícios” da prática de campanha antecipada. Garotinho ainda pode recorrer judicialmente e usou o site Palavra de Paz para pedir orações contra a decisão. “Por decisão judicial, o envio do kit do intercessor Palavra de Paz foi suspenso temporariamente. Pedimos a você, que faz parte de nossa rede de oração, intercessão por esta causa”, diz o texto. Com informações da Folha de São Paulo.

Comente agora
30
Jan
Ministro Joaquim Barbosa volta ao Brasil nesta quinta e reassume STF na próxima segunda-feira(3)
Postado por: Anacley Souza / 05:02h

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, retorna ao Brasil nesta quinta-feira (30) após mais de uma semana de compromissos em Paris e Londres, onde se reuniu com juristas, autoridades e proferiu palestra sobre a Justiça brasileira. O magistrado reassume o comando da Suprema Corte nesta segunda (3) e, até lá, quem ficará na presidência do tribunal será o ministro Ricardo Lewandowski, que é vice-presidente do STF. Barbosa saiu de férias no começo de janeiro, mas interrompeu o descanso por conta da viagem internacional. Antes de deixar a função, decretou o fim do processo do mensalão para o deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP), mas não expediu o mandado de prisão. Os ministros Cármen Lúcia e Lewandowski, que assumiram a presidência do tribunal provisoriamente por conta da ausência de Joaquim Barbosa, não tomaram nenhuma decisão sobre o caso. A expectativa é de que uma decisão sobre a prisão de João Paulo só seja tomada na semana que vem, quando Joaquim Barbosa reassumir a função. Durante a viagem, Barbosa chegou a criticar os colegas de tribunal por não terem assinado a ordem de prisão do parlamentar, mas ninguém se envolveu na polêmica.(G1)

Comente agora
Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com