Voz


PodCast



Enquete




Blog

Política

Temer tem 30 dias para pagar multa na Justiça Eleitoral
Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 20/07 11:30h

O presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), tem 30 dias contados a partir desta terça-feira, 19, para pagar a multa no valor de R$ 80 mil referente ao processo no qual foi condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por doação acima do permitido na legislação. Por esta condenação, Temer pode ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa caso tente se candidatar a um cargo eletivo nos próximos oito anos. O peemedebista deverá retirar uma Guia de Recolhimento da União (GRU) na 5ª Zona Eleitoral, no bairro de Jardim Paulista, na zona sul de São Paulo, e retornar ao local para informar o pagamento. Se perder o prazo, o presidente em exercício entra no cadastro da Dívida Ativa da União. O pagamento da multa não anula os efeitos da condenação, segundo a Justiça Eleitoral. Temer foi condenado no início de maio por unanimidade no plenário do TRE-SP por ter feito doações acima do limite imposto pela legislação eleitoral na campanha de 2014, na qual o peemedebista concorreu na chapa da então candidata Dilma Rousseff (PT). Segundo a representação ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral, o então candidato a vice doou ao todo R$ 100 mil para dois candidatos do PMDB do Rio Grande do Sul a deputado federal, Alceu Moreira e Darcísio Perondi, que receberam R$ 50 mil cada um.

Comente agora
Lauro de Freitas: Vice rompe com Márcio Paiva por alegar ‘acordão’
Política  Postado por Willyam Reis - 20/07 07:35h

O vice-prefeito de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), Bebel Carvalho, rompeu com o prefeito Márcio Paiva (PP). O anúncio do desligamento ocorreu na noite desta terça-feira (19). Carvalho alegou "desalinhamento com a macropolítica estadual, que quer governar também Lauro de Freitas" e disse que o cenário político é de um acordão entre o PP e o PT. Para o vice da cidade, o João Leão e Rui Costa “estão de mãos dadas também em Lauro de Freitas”. Segundo ele, a candidatura de Márcio à reeleição favorece a eleição de Moema Gramacho (PT), outra postulante às eleições de outubro. O fato, conforme Carvalho, justifica a posição de Leão em manter a candidatura de Paiva, mesmo diante de uma rejeição de mais de 80% do atual prefeito. "Sinto que meu amigo Márcio Paiva está desmotivado e não gostaria de participar, mas hoje ele é refém do processo. O seu partido o obriga a ter uma candidatura para que em 2018 o PP e PT tenham um grande palanque em Lauro de Freitas", continuou. "Isso tem cheiro de acordão". Ao se desligar do prefeito, Bebel declarou que disponibilizará os cargos ocupados na gestão municipal de Paiva. Sobre as eleições deste ano, Bebel afirmou que caminhará com o projeto de Chico Franco (DEM), que em Lauro de Freitas conta com o apoio do prefeito de Salvador, ACM Neto. (BN)

Comente agora
Prazo para convenções políticas começa nesta quarta; especialista critica mudanças
Política  Postado por Willyam Reis - 20/07 07:20h

Até o momento morna, a temperatura política deve aumentar a partir desta quarta-feira (20), quando as eleições devem começar efetivamente. Após as mudanças promovidas pela minirreforma política, começa no dia de 20 de julho e vai até 5 de agosto o prazo para realização das convenções partidárias, espaços onde as siglas tomarão importantes decisões sobre os caminhos que devem trilhar na corrida eleitoral que culminará no pleito de 2 de outubro. Segundo Jaime Barreiros, professor da Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e analista judiciário do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), as convenções definem “o futuro dos partidos nas eleições”. “As convenções existem para que os partidos possam definir seus candidatos. Ou se realizarão ou não coligações com outros partidos. É quando os partidos definem qual será a estratégia de cada um nas eleições”, explicou em entrevista ao Bahia Notícias. Para este ano, estão previstas novidades vindas com as mudanças na legislação eleitoral. O prazo para realização das convenções, por exemplo, foi modificado e encurtado. Antes, ocorriam entre 10 e 30 de junho, em um período de 20 dias. Agora, com o novo prazo e o atraso no calendário eleitoral, a quantidade de dias para as convenções caiu para 15. A alteração é criticada por Barreiros. “É algo negativo, pois reduziram o período de debate. A eleição é o período onde as pessoas discutem seu voto. É importante que o povo tenha tempo para maturar seu voto”, avaliou. No rádio e na TV, a propaganda partidária obrigatória, que começa no dia 26 de agosto, passa de 90 para 45 dias, em uma medida para reduzir o custo das campanhas. Para Barreiros, entretanto, a medida é um “engodo”. “Nós fizemos também uma flexibilização da chamada pré-campanha.

Comente agora
Prazo para convenções políticas começa nesta quarta; especialista critica mudanças
Política  Postado por Anacley Souza - 20/07 00:00h

Até o momento morna, a temperatura política deve aumentar a partir desta quarta-feira (20), quando as eleições devem começar efetivamente. Após as mudanças promovidas pela minirreforma política, começa no dia de 20 de julho e vai até 5 de agosto o prazo para realização das convenções partidárias, espaços onde as siglas tomarão importantes decisões sobre os caminhos que devem trilhar na corrida eleitoral que culminará no pleito de 2 de outubro. Segundo Jaime Barreiros, professor da Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e analista judiciário do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), as convenções definem “o futuro dos partidos nas eleições”. “As convenções existem para que os partidos possam definir seus candidatos. Ou se realizarão ou não coligações com outros partidos. É quando os partidos definem qual será a estratégia de cada um nas eleições”, explicou em entrevista ao Bahia Notícias. Para este ano, estão previstas novidades vindas com as mudanças na legislação eleitoral. O prazo para realização das convenções, por exemplo, foi modificado e encurtado. Antes, ocorriam entre 10 e 30 de junho, em um período de 20 dias. Agora, com o novo prazo e o atraso no calendário eleitoral, a quantidade de dias para as convenções caiu para 15. A alteração é criticada por Barreiros. “É algo negativo, pois reduziram o período de debate. A eleição é o período onde as pessoas discutem seu voto. É importante que o povo tenha tempo para maturar seu voto”, avaliou. No rádio e na TV, a propaganda partidária obrigatória, que começa no dia 26 de agosto, passa de 90 para 45 dias, em uma medida para reduzir o custo das campanhas.

Comente agora
Cunha desiste de recurso no STF contra ação de improbidade
Política  Postado por Débora Ayane - 19/07 13:07h

O deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) desistiu de recurso em que pedia ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que fosse suspenso processo de improbidade administrativa apresentado contra ele pelo Ministério Público Federal (MPF) à 6ª Vara Federal em Curitiba. O documento com a desistência foi protocolado ontem (18) no STF pela defesa de Cunha. Na época em que apresentou o recurso, Cunha argumentava que deveria ser julgado pelo STF por ser presidente da Câmara dos Deputados. No documento, os advogados de Cunha pedem que seja homologada a desistência da ação "tendo em vista que o ora reclamante [Cunha] renunciou à Presidência da Câmara dos Deputados”, o que para os advogados, levou à perda do objeto da ação. Cunha renunciou ao cargo no dia 7 de julho. O relator da ação é o ministro Teori Zavascki. Em junho deste ano, a defesa de Cunha recorreu ao STF para suspender a decisão do juiz Augusto César Pansini, da 6ª Vara Federal em Curitiba, que determinou a indisponibilidade dos bens de Cunha e da mulher dele, Cláudia Cruz. A defesa alegava que os fatos da ação que tramita na primeira instância eram os mesmos de um inquérito que tramita no STF. Para os advogados, o envio da ação para a 6ª Vara violava a competência do STF e pediam que o processo osse suspenso até que houvesse uma decisão da Corte com relação a competência do caso. Com informações da Agência Brasil.

Comente agora
Cunha organizou pelo menos três encontros entre Temer e presidente da Andrade Gutierrez
Política  Postado por Willyam Reis - 19/07 10:02h

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), organizou pelo menos três encontros entre o presidente interino Michel Temer (PMDB) e o presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Azevedo. Os encontros não foram registrados na agenda oficial do então vice-presidente. De acordo com reportagem de O Globo, as informações constam no anexo do relatório da Polícia Federal sobre perícia feita em um celular do executivo. A assessoria de Temer confirmou um dos encontros, realizado em 2014, três meses antes das eleições, no gabinete da Vice-Presidência, anexo do Palácio do Planalto. A assessoria do interino argumentou "razões técnicas" para não incluir a reunião na agenda oficial. Temer afirmou que Azevedo anunciou no encontro uma doação ao PMDB - naquele ano, a Andrade Gutierrez doou R$ 11,4 milhões ao partido. “Você pode sair e ir ao Jaburu me encontrar e ao michel se quiser”, escreveu Cunha em 30 de julho de 2014 ao empresário, que questionou: "Que horas no Michel?”. “Michel eu vou às 12 e fico até 14h30”, respondeu Cunha. “Chego às 14h, ok?”, confirmou o executivo. Meia hora depois, o deputado corrigiu: “Não será mais Jaburu e sim gabte da vice”. A resposta de Azevedo foi “Ok”. Segundo a publicação, Cunha e Azevedo acertaram entre 2011 e 2014 mudanças "em segredo" de textos legislativos, encontros e até pagamentos a serem realizados em contas do PMDB e de empresa do deputado. Os dois usavam WhatsApp e aplicativos que destroem mensagens. Em 4 de abril de 2012, Cunha tentou intermediar com Temer em São Paulo, quando o vice tinha audiências oficiais registradas na agenda. "O Michel cansou de te esperar e foi embora. Fiquei só eu", escreveu Cunha às 15h49. "Você é que me interessa.

Comente agora
TRE reduz tempo de propaganda do PT por defesa de Lula em horário gratuito
Política  Postado por Willyam Reis - 19/07 08:55h

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) determinou nesta segunda-feira (18) que o tempo de televisão do PT em inserções partidárias seja reduzido em 12,5 minutos no próximo semestre. O relator do processo, desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin, defendeu que houve desvirtuamento da propaganda político-partidária ao destinar seu tempo para defesa política de um filiado – o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O tribunal seguiu o relator e entendeu que o diretório estadual do PT em São Paulo descumpriu regras estabelecidas para a propaganda gratuita. “O dinheiro público deve custear a propaganda partidária com finalidade definida em lei. Qualquer outra ação deve ser feita às custas do partido”, disse o desembargador. Segundo o TRE-SP, a lei estabelece que a propaganda gratuita deve: “difundir os programas partidários; transmitir mensagens aos filiados sobre a execução do programa partidário, dos eventos com estes relacionados e das atividades congressuais do partido; divulgar a posição do partido em relação a temas político-comunitários; promover e difundir a participação política feminina”. Cabe recurso da decisão. (BN)

Comente agora
LEM: Chapa de pré-candidatos vem a Salvador pedir apoio a Neto
Política  Postado por Willyam Reis - 19/07 08:31h

Com uma chapa que tem como pré-candidatos a prefeito e vice de Luís Eduardo Magalhães, no extremo oeste, o empresário Júnior Marabá e o produtor Odacil Ranzo, o DEM, o PSDB e o PMDB devem marchar juntos nas eleições deste ano. Nesta segunda-feira (18), os dois estiveram em Salvador para pedir “a benção” e apoio do prefeito da capital, ACM Neto. A dupla pretende fazer uma gestão inspirada no correligionário. “Nossa referência de administração pública é o prefeito ACM Neto, que deu novos ares a Salvador com a sua competente gestão. Queremos levar este exemplo para Luís Eduardo”, afirma Júnior Marabá. Os postulantes estavam acompanhados pelo peemedebista Pacífico Murata, e se encontraram também com o presidente estadual do PMDB, Lúcio Vieira Lima, e com o presidente estadual do PSDB, João Gualberto, além do presidente estadual do DEM, José Carlos Aleluia. Em evento do DEM em Salvador, ocorrido em junho deste ano, o prefeito da capital disse que ajudaria nas candidaturas coligadas no interior baiano, mas afirmou que não sairia da capital, por conta da candidatura dele à reeleição em Salvador. (BN)

Comente agora
Juiz recusa relatoria de inquérito sobre Lula e Delcídio
Política  Postado por Anacley Souza - 18/07 22:08h

O juiz federal Ricardo Soares Leite redistribuiu um inquérito em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-senador Delcídio de Amaral estão envolvidos. No inquérito, eles são acusados de tentar impedir que o Nestor Cerveró, ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, assinasse acordo de delação premiada na Operação Lava Jato. O juiz entendeu, em decisão assinada na última sexta (15), que o inquérito não deveria ter sido distribuído para a 10ª Vara Federal no Distrito Federal, onde ele atua, que é especializada em lavagem de dinheiro, justamente pelo fato do processo tratar-se de suposto crime de embaraço e investigação penal e não de lavagem. A decisão do juiz foi motivada por uma petição emitida pela defesa do ex-presidente, na qual ele contestava a distribuição do inquérito para a 10° Vara Federal. A defesa de Lula alegou que houve um erro na classificação do processo. O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), remeteu o processo para a Justiça Federal de Brasília, no dia 24 de junho, por entender que a suposta tentativa de embaraçar as investigações ocorreu na capital federal.

Comente agora
Dilma Rousseff faz comparação entre situação política no Brasil e na Turquia
Política  Postado por Anacley Souza - 18/07 21:01h

A presidente Dilma Rousseff comparou a situação política do Brasil e da Turquia durante um pronunciamento estudantes e representantes de associações de professores em São Bernardo do Campo, em São Paulo, nesta segunda-feira (18). "Lá, você tem um machado que quebra a árvore da democracia, enquanto no golpe parlamentar são parasitas atacando a árvore", disse a petista. Ela ainda afirmou que o processo de impeachment no Brasil consiste em um "golpe parlamentar", enquanto na Turquia há um golpe "verdadeiramente militar". Para a petista, existe uma "ambição pelo parlamentarismo" no país. No evento em São Paulo, Dilma voltou a sustentar que não cometeu crime de responsabilidade, acusação que sustenta o pedido de impeachment contra ela.

Comente agora
PT perde tempo de propaganda na televisão por defesa de Lula
Política  Postado por Anacley Souza - 18/07 18:17h

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), na sessão plenária desta segunda-feira, 18, julgou que o PT não cumpriu as regras estabelecidas para a propaganda partidária gratuita no primeiro semestre deste ano ao usar parte do tempo a que tem direito na TV para fazer "defesa política" do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Por esse motivo, a Corte decretou a perda de 12,5 minutos do tempo na televisão a que a agremiação teria direito nos próximos semestres. As informações foram divulgadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (Processo 13876). O relator do processo, desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin, considerou que houve "desvirtuamento da propaganda político-partidária" e foi acompanhado pelos demais magistrados na decisão. Segundo o desembargador, o partido destinou seu tempo na televisão à defesa política de um filiado, no caso, Luiz Inácio Lula da Silva, o que não caberia à propaganda gratuita. "O dinheiro público deve custear a propaganda partidária com finalidade definida em lei. Qualquer outra ação deve ser feita às custas do partido", advertiu Cauduro Padim. (Estadão Conteúdo)

Comente agora
Homem é ameaçado após protestar contra aliança dos partidos Rede e PSC
Política  Postado por Willyam Reis - 18/07 07:24h

Após protestar contra a aliança que envolve os partidos Rede, de Marina Silva, e PSC, de Bolsonaro e Feliciano, um militante da Rede diz que foi ameaçado por telefone. Pessoas que se identificaram como "advogados de Guarulhos" ameaçaram Sandro Nicodemo, de Santo André, dizendo que estavam "de olho" para processá-lo "se cometesse deslizes", segundo a colunista Monica Bergamo. Andreia Gouveia Vieira, coordenadora de comunicação executiva nacional do partido, diz que Sandro fez bem em registrar o fato. "Agora precisa fazer denúncia por escrito para que a Rede possa dar início a uma investigação", aconselha. (Noticias ao Minuto)

Comente agora
Aos poucos, Dilma começa a fazer sua mudança para Porto Alegre
Política  Postado por Willyam Reis - 18/07 07:10h

Há dois meses afastada da presidência da República, Dilma Rousseff já está retirando alguns dos seus objetos do Palácio da Alvorada. Segundo O Globo, desde que o processo de impeachment começou, há dois meses, Dilma não conseguiu, ainda, obter mais votos de senadores contra a interrupção do seu mandato. Aliados, porém, dizem que é possível reverter o placar. Desde que o presidente interino Michel Temer restringiu suas viagens, as viagens para a capital gaúcha são as únicas que Dilma continua fazendo em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB). Nas viagens, a presidente afastada sempre leva duas malas com seus pertences de volta à cidade onde morava antes de assumir a presidência. Enquanto a votação não chega, a petista mantém o discurso de que o Brasil sofre um golpe. "Isso aqui vai ficar registrado como golpe. Dilma está sendo vítima de um projeto de retirada dos direitos trabalhistas. Tenho certeza de que ela será inocentada pela História", disse o senador Lindbergh Farias (PT-RJ). O senador acredita que a batalha contra o impeachment não está perdida. (Noticias ao Minuto)

Comente agora
Datafolha: 46% dos brasileiros não votariam no ex-presidente Lula em 2018
Política  Postado por Débora Ayane - 17/07 15:04h

O ex-presidente Lula (PT) é o nome mais rejeitado entre os brasileiros entre os possíveis candidatos da eleição presidencial de 2018. Segundo levantamento do Instituto Datafolha, 46% dos eleitores entrevistados não votariam no petista.No levantamento, Lula é seguido por Aécio Neves (PSDB), Michel Temer (PMDB), José Serra (PSDB) e Jair Bolsonaro, cujos índices de rejeição são de, respectivamente, 29%, 29%, 19% e 19%. Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB), Ciro Gomes (PDT) e Luciana Genro (PSOL) também tiveram mais de 10% das citações e não seriam votados por 17%, 16%, 13% e 12% dos brasileiros, respectivamente.A pesquisa Datafolha foi divulgada neste sábado (16) e ouviu 2.792 eleitores de 171 municípios do País entre os dias 14 e 15 de julho. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Eleições: 

Comente agora
Após eleição na Câmara, Cunha diz a aliados que foi ‘traído’ e ‘abandonado’ por Temer
Política  Postado por Débora Ayane - 17/07 09:15h

O ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ficou irritado com a falta de apoio do presidente interino Michel Temer à candidatura de Rogério Rosso (PSD-DF) à presidência da Casa. De acordo com a Folha de S. Paulo, Cunha afirmou a aliados que se sentiu “traído” e “abandonado” pelo correligionário. Já aliados do “centrão”, bloco que tinha na candidatura de Rosso seu representante, disseram que pode haver retaliação ao governo em votações. Com receio de uma possível ofensiva, o presidente interino telefonou nesta sexta-feira (15) para líderes do “centrão” e garantiu que não pretende “desidratar” o bloco. Entretanto, a explicação não teria convencido Cunha, que se mostrou incomodado com o empenho do governo para eleger Rodrigo Maia (DEM-RJ) no segundo turno da eleição na Câmara. Em junho, após uma reunião com Temer, Cunha criou expectativa de que, caso renunciasse ao comando da Câmara, o Palácio do Planalto o ajudaria a eleger um de seus aliados: Rogério Rosso. Com ele, esperava articular por uma pena mais branda na análise do processo de cassação de seu mandato, que será votado em plenário.

Comente agora
Apesar de promessas, ruas ficam esvaziadas após impeachment
Política  Postado por Débora Ayane - 17/07 08:52h

As panelas silenciaram. A temperatura das ruas baixou. Tudo parece ter voltado à velha normalidade. Mas, alto lá, não era contra a corrupção? Não haveria resistência contra aquilo que foi chamado de golpe? Onde estão "coxinhas" e "mortadelas"? Para onde foi todo mundo?No dia 13 março deste ano, a imprensa trombeteava "a maior manifestação da história do País". Segundo estimativa da Polícia Militar, mais de 3 milhões de brasileiros foram às ruas para pedir a saída de Dilma Rousseff da Presidência da República. Dias depois, apoiadores de Dilma também tomaram as ruas e arregimentaram milhares de manifestantes Brasil afora, conforme a PM e organizadores.Atos de abrangência nacional ocorreram até que o afastamento provisório de Dilma fosse votado, em 12 maio. Depois disso, um protesto contra o governo interino contou com atos em quase todas as capitais e levou muita gente à Avenida Paulista, mas a PM não divulgou o público presente. Desde então, só manifestações pontuais, aqui e acolá, nada muito retumbante. A promessa de incendiar o País acabou por não se concretizar. E, ao menos por enquanto, a luta contra a corrupção também se acanhou.A jornalista Carla Louise, que esteve em diversas manifestações a favor do impeachment, confessa que o seu afã já não mais é o mesmo. "Eu sou uma que diminuí o ativismo depois que a Dilma foi afastada. Mesmo não confiando no Michel Temer, acho que ele tem feito algo pela economia. É ‘marotagem’ dizer que a corrupção acaba com a saída dela (Dilma), mas também é cedo demais para sair às ruas e derrubar ele (Temer)."

Comente agora
Muritiba: Inelegível, "Babão" deve anunciar Danilo ou Luciano para majoritária
Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 17/07 01:28h

Após surgir como terceira força política na cidade, o ex-vereador Luciano de Miranda desiste de se lançar candidato ao executivo e firma acordo com ex-prefeito Epifânio Marques Sampaio (PRB), que se encontra inelegível por 8 anos, após a Câmara de vereadores rejeitar seu exercício financeiro de 2012, quando governou o município serrano. Além da Casa, o Tribunal de Contas dos Municípios também optou pela reprovação das contas públicas do ex-prefeito que comandou a cidade por dois mandatos. Impossibilitado diante Lei Complementar nº 64 (Ficha Limpa) o líder político apresentará na Convenção partidária do seu grupo político marcado para dia 30 de julho no clube Arlindão os nomes do filho Danilo Sampaio – Danilo de Babão – ou do ex-vereador Luciano Cunha – Luciano de Miranda – para disputar o pleito de outubro contra o atual prefeito Roque Luís Dias dos Santos – Roque Isquem (PDT) e o vereador em exercício Dr. José Carlos Brandão – PSD -. Danilo é a primeira opção de “Babão”, mas a rejeição de popularidade do jovem empresário pode culminar numa outra opção, que seria Luciano de Miranda, que no cenário com quatro postulantes ao Paço Municipal pontua bem em terceiro lugar. De acordo com fontes ligadas ao Voz da Bahia, uma pesquisa foi encomendada para saber a realidade da dupla que disputa o apoio do ex-prefeito.

Reportagem e Fotos: Voz da Bahia

Um comentário
Lula lidera corrida pela presidência em 2018, mas não ganharia no segundo turno
Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 16/07 19:27h

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desponta como um dos favoritos para a disputa presidencial em 2018. Nos quatro cenários de primeiro turno estipulados pelo instituto Datafolha - variando entre eles o candidato do PSDB - ele aparece como líder. No entanto, o petista não venceria o segundo turno em nenhum dos confrontos contra Aécio Neves (PSDB), José Serra (PSDB), Geraldo Alckmin (PSDB) ou Marina Silva (Rede). Além disso, Lula é o candidato com a maior porcentagem de rejeição entre os brasileiros, com 46%, seguido de Aécio Neves (29%), Michel Temer (PMDB) (29%), José Serra (19%) e Jair Bolsonaro (19%). Nos quatro cenários do primeiro turno, Lula aparece com 22% ou 23% das intenções de voto e cresceu desde o último levantamento, em abril deste ano. Por outro lado, Marina e os três concorrentes tucanos apresentaram queda. Já no segundo turno, o petista seria derrotado pela por 44% a 32%; Aécio e Alckmin venceriam por 38% a 36%; e Serra ganharia por 40% a 35%. No entanto, o cenário ainda pode variar pois aproximadamente um quarto dos entrevistados pelo Datafolha disseram que no primeiro turno votariam em branco ou nulo ou não quiseram opinar sobre suas preferências. (BN)

Comente agora
Para 50%, Temer deve continuar; 32% querem volta de Dilma, diz Datafolha
Política  Postado por Débora Ayane - 16/07 17:46h

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (16) aponta que 50% dos entrevistados prefere a permanência do presidente em exercício, Michel Temer, até 2018. Para 32%, o melhor seria o retorno da presidente afastatada, Dilma Rousseff, ao cargo. De acordo com o Datafolha, outros 4% disseram que nenhum dos dois deve continuar na Presidência e 3% afirmaram preferir a realização de novas eleições para a escolha de um novo presidente. Já 2% deram "outras respostas" e 9% disseram que não sabem. A pesquisa foi realizada nos dias 14 e 15 de julho e entrevistou 2.792. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%. A perfunta feita aos entrevistados foi: "o que é melhor para o país?" Avaliação do governo Temer O Datafolha também fez a primeira pesquisa para avaliar a opinião dos brasileiros sobre o governo Temer. Dois meses após o peemedebista assumir o cargo, 42% dos entrevistados disseram que seu governo é regular. Para 31%, é ruim ou péssimo. Já 14% avaliaram como ótimo e bom. Outros 13% não souberam responder. A aprovação de Temer, aponta o Datafolha, é semelhante à de Dilma no início de abril, pouco antes de seu afastamento, quando 13% opinaram que o governo da petista era ótimo ou bom. Já aqueles que, na mesma pesquisa de abril, avaliavam o governo Dilma como ruim ou péssimo eram 65%.

Comente agora
Dilma acusa revista de atacar sua honra e de seus familiares
Política  Postado por Débora Ayane - 16/07 16:50h

Após a veiculação da matéria “As mordomias ilegais da família de Dilma”, da revista IstoÉ, publicada neste sábado (16), a presidente afastada Dilma Rousseff emitiu uma nota à imprensa, por meio do seu Twitter, afirmando que providências legais cabíveis serão tomadas contra o repórter, a direção da revista e a Editora Três.Na reportagem, Paula Rousseff e Rafael Covolo, filha e genro da petista, teriam sido flagrados usando veículos pagos pelo governo para cumprir compromissos pessoais. "No total, oito carros e dezesseis pessoas integram o aparato responsável pela condução e proteção da família da presidente afastada", diz a publicação.Em nota, Dilma alega que não se pode expor, de maneira "desonesta e vil a honra de pessoas". Esclarece que "ao contrário do que informa IstoÉ, a segurança dos presidentes da República no Brasil, assim como de seus familiares, é assegurada por determinação legal". No anúncio oficial, a exposição de locais frequentados pelos familiares de Dilma por parte da IstoÉ "coloca em risco a segurança dos parentes da Presidenta da República. A revista terá de responder civil e criminalmente na Justiça por tal conduta". Veja na íntegra:

  • "A respeito da revista IstoÉ, que veicula neste sábado, 16 de julho, a matéria “As mordomias ilegais da família de Dilma”, a Assessoria de Imprensa da Presidenta Dilma Rousseff anuncia:
Comente agora
Juiz atende pedido da defesa e devolve denúncia sobre obstrução da Lava Jato
Política  Postado por Débora Ayane - 16/07 16:36h

O juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, devolveu nesta sexta-feira (15) a denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outras seis pessoas sobre a suposta compra do silêncio de Nestor Cerveró, para que o ex-diretor da Petrobras não passasse informações à Operação Lava Jato. Segundo o G1, ele passou o caso para o Setor de Classificação e Distribuição (Secla), que deve encaminhá-lo para outra vara. A decisão atendeu um pedido dos advogados de Lula, que pediam que a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) não fosse para um juiz de uma vara especializada. Ricardo Leite sustenta que ele cuida especificamente de processos sobre crimes financeiros e lavagem de dinheiro e a denúncia da PGR trata de obstrução de Justiça. Agora, a Secla deve sortear o caso para outra vara.

Comente agora
Dilma sobre golpe na Turquia: 'governo eleito não pode ser derrubado'
Política  Postado por Débora Ayane - 16/07 13:50h

A presidente afastada Dilma Rousseff se manifestou na manhã deste sábado (16), através do Twitter, sobre a tentativa de golpe militar na Turquia, que ocorreu na noite de sexta-feira nas cidades de Istambul e Ancara. "A tentativa de golpe na Turquia é preocupante. Um governo eleito não pode ser derrubado. Nem pela violência. Nem por artimanhas jurídicas. O presidente Erdogan foi eleito pelo povo da Turquia", lembra a presidente. "No Brasil, o impeachment tem de ser repudiado. Democracia é preservar a vontade popular", defendeu em seguida. A tentativa de tomada de poder pelos militares deixou 265 mortos e 1.440 feridos até o momento. Segundo o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, 20 militares que lideraram o golpe foram assassinados e 2.839 soldados foram presos. O ato do Exército turco, porém, foi abortado pela reação popular. Turcos foram às ruas e chegaram a subir ou deitar-se em frente a tanques de guerra.

Comente agora
Filha e genro de Dilma usam carros oficiais de forma ilegal, revela revista
Política  Postado por Débora Ayane - 16/07 10:28h

A filha da presidente Dilma Rousseff, Paula Rousseff, e o seu marido, Rafael Covolo, usam quatro carros blindados, com placas frias, no seu dia-a-dia. De acordo com a IstoÉ, oito funcionários são usados pela família para passeios como levar o cachorro ao petshop, salão de beleza e pegar os filhos na escola. De acordo coma revista, quem banca a estrutura é o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência. Nas últimas semanas, reportagem de Istoé flagrou os carros oficiais entrando e saindo do condomínio Vila de Leon, zona sul de Porto Alegre, onde moram os familiares de Dilma, para levá-los a compromissos do dia a dia. Nos locais frequentados por Paula Rousseff, em geral, há um alvoroço quando ela desembarca com o carro oficial e os seguranças em volta. Embora a filha da presidente afastada tente manter a discrição, não há como não reconhecê-la. O aparato em torno dela desperta a atenção dos funcionários. OUTRO LADO - O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência afirmou que “permanece realizando a segurança da Presidenta Dilma e de seus familiares, de acordo com o disposto no inciso VII do Art 6º da Lei Nr 10.683, de 28 de maio de 2003”. O problema, segundo a publicação, é que o referido “amparo legal” não prevê o uso de carros oficiais para fazer o transporte da família da presidente afastada. Em tese, apenas a escolta para segurança seria permitida.

Comente agora
PMDB-MG indica comando de Furnas
Política  Postado por Débora Ayane - 16/07 09:00h

O presidente em exercício Michel Temer escolheu o engenheiro Ricardo Medeiros para comandar Furnas. A indicação foi feita pela bancada do PMDB de Minas, dando a largada para as nomeações no setor elétrico. Temer vai aproveitar os próximos 15 dias de recesso parlamentar para compor diretorias de estatais e o segundo escalão do governo. Atualmente no cargo de diretor de Operação e Manutenção de Furnas, Medeiros substituirá Flávio Decat, que estava na presidência da empresa desde o primeiro mandato da presidente afastada Dilma Rousseff. Houve uma disputa pela vaga entre deputados do PMDB de Minas e do Rio. Temer afirmou, porém, que a indicação para a estatal, tradicionalmente, sempre ficou com a bancada mineira. Com informações do Estadão Conteúdo.

Comente agora
Conquista: PCdoB e PV oficializam chapa para eleições a prefeito do município
Política  Postado por Débora Ayane - 16/07 08:07h

O PC do B e PV oficializaram uma parceria com objetivo de disputar o executivo municipal em Vitória da Conquista nas eleições do próximo dia dois de outubro. O anúncio foi feito durante uma coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira (15) pelo pré-candidato a prefeito, o deputado estadual Jean Fabrício Falcão, e pelo seu pré-candidato a vice, o ex-deputado federal Edigar Mão Branca. Segundo informações do Blog do Anderson, a dupla aproveitou a ocasião para defender o início das obras da barragem do Rio Catolé, uma das possíveis soluções para a crise hídrica enfrentada pela região. Ainda de acordo com a publicação, outros partidos devem anunciar apoio visando às eleições de 2016, a exemplo de PTN e PROS.

Comente agora
Pesquisa revela que a população agora sabe que há um governo no Brasil
Política  Postado por Anacley Souza - 15/07 23:12h

Uma pesquisa interna entregue pelo Ibope ao Palácio do Planalto, na última semana, fez transbordar o ânimo dos integrantes do governo de Michel Temer. Os dados, guardados a sete chaves pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, revelam uma melhora em pelo menos parte dos índices. O parâmetro é a sondagem realizada pelo mesmo instituto no início deste mês, a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Segundo o levantamento, a parcela da população que avalia o governo de Michel Temer como bom e ótimo subiu de 13 para 15%. Já entre os que consideram a gestão regular, o apoio passou de 35 para 39% dos brasileiros. A margem de erro é de dois pontos percentuais. O discreto, mas importante aumento na popularidade ocorreu na semana em que o peemedebista completou seu segundo mês no poder. Retrata os primeiros resultados positivos da gestão, depois de alguns percalços no início do mandato na seara política, que fizeram com que o presidente tivesse de promover mudanças pontuais na Esplanada dos Ministérios. No balanço divulgado pelo próprio Planalto com as consideradas conquistas dos primeiros 60 dias, predomina o discurso de austeridade e a retórica de eficiência “para colocar o Brasil de volta aos trilhos do desenvolvimento econômico e social”. São citados como exemplo a aprovação da Lei das Estatais e a redução de nove ministérios com o congelamento de 4,3 mil cargos comissionados, que deve trazer uma economia de R$ 230 milhões anuais. O envio da Proposta de Emenda Constitucional que limita o aumento dos gastos públicos à inflação do ano anterior é outro ponto ressaltado.

Comente agora
Dilma vai ao Planalto pela 2ª vez após afastamento para tratar dor de dente
Política  Postado por Anacley Souza - 15/07 21:43h

A presidente afastada, Dilma Rousseff, retornou nesta sexta-feira (15) ao Palácio do Planalto pela segunda vez desde que o Senado decidiu abrir o processo de impeachment contra ela, em 12 de maio. Não foi ali falar com nenhum servidor e muito menos procurar o presidente em exercício, Michel Temer, que desde a noite de quinta-feira (14) está em São Paulo. O que levou Dilma ao Planalto foi uma forte dor de dente. Preocupada e com receio de precisar refazer um canal a poucas horas de viajar para Teresina (PI), onde à noite participará de mais um ato público "em defesa da democracia", a presidente afastada procurou a dentista Gisele, que sempre a atendeu, no Serviço Médico do Planalto. Ficou ali durante 35 minutos, mas, para sua felicidade, não precisou tratar de canal. Após tirar raio-x, enfrentou apenas uma sessão de limpeza. "Vocês conhecem alguém que goste de ir a dentista?", perguntou ela, apressada. "Eu confesso que tenho medo". A primeira vez que Dilma voltou ao Planalto, após 12 de maio, não faz muito tempo. O motivo também foi a dor de dente. No Palácio, o Serviço Médico não está situado no prédio principal, mas no anexo, no bloco ao lado do gabinete da Vice-Presidência da República, onde antes ficava Temer.

Comente agora
Planalto inicia demissões de mais de 2 mil comissionados da gestão Dilma
Política  Postado por Anacley Souza - 15/07 20:13h

O Palácio do Planalto deu iniciou nesta sexta-feira (15) a demissão dos servidores comissionados do governo Dilma Rousseff. Ao todo, serão atingidos 2.010 cargos de confiança da gestão petista. Desse total, serão demitidos 1.087 servidores com cargos DAS 3 (Direção e Assessoramento Superior 3); 757 servidores com DAS 4; 135 servidores com DAS 5; 28 servidores com DAS; além de 3 cargos de natureza especial. (Blog do Camarotti)

Comente agora
Bolsonaro faz postagem polêmica sobre atentado em Nice, na França
Política  Postado por Anacley Souza - 15/07 19:48h

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) fez uma postagem polêmica em seu Twitter na noite desta sexta-feira (15), ao comentar sobre o atentado ocorrido em Nice, na França, na última quinta (14), onde um caminhão atropelou e matou mais 80 pessoas. Para ele, foram as armas dos policiais franceses que impediram que mais pessoas fossem assassinadas. O parlamentar reafirmou seu posicionamento em relação a defesa do uso de armas de fogo. "O q evitou q terrorista matasse + inocentes na França ñ foram abraços coletivos, pombinhas ou "especialistas", FORAM AS ARMAS DOS POLICIAIS!"

Comente agora
Com recesso, pedido de cassação de Eduardo Cunha e impeachment de Dilma ficam para agosto
Política  Postado por Anacley Souza - 15/07 18:53h

Apesar de um impedimento constitucional, o Congresso Nacional iniciará na segunda-feira (18) um período de recesso branco, durante o qual constarão da agenda apenas sessões de debates, sem deliberações, o que na prática significa férias informais para senadores e deputados. Nesta sexta-feira, a calmaria nos corredores da Câmara contrasta com a agitação dos últimos dias, quando foram votados um recurso de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) contra a cassação de seu mandato e a eleição do deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) como novo presidente da Casa. A Constituição prevê o recesso parlamentar nas últimas duas semanas de julho até 1º de agosto, mas impede que ele seja gozado caso a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do ano subsequente não tenha sido votada antes de 17 de julho. Este ano, a demora na composição da Comissão Mista de Orçamento e a agenda atribulada no Senado e na Câmara devido à crise política foram as justificativas dos parlamentares para não votar a LDO de 2017 antes do recesso. Isso não impediu, no entanto, que o Senado e a Câmara decidissem iniciar o recesso branco. Isso significa que serão realizadas somente sessões de debates, sem votações ou a presença obrigatória dos parlamentares. As comissões também não funcionarão. Dívida dos estados – Na Câmara, projetos de grande importância para o governo do presidente interino da República, Michel Temer, terão que aguardar até o retorno dos deputados, em agosto. Entre essas matérias estão o projeto de lei que renegocia a dívida dos estados com a União e o que desobriga a Petrobras de participar de todos os projetos do pré-sal. O governo aguarda com ansiedade a votação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que estipula um teto para os gastos públicos. A matéria está parada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

Comente agora
Entre a cruz e a espada: ACM Neto é pressionado por PRB e PMDB pela vice
Política  Postado por Débora Ayane - 15/07 15:55h

O prefeito ACM Neto (DEM) vive um dilema no processo de escolha de quem vai ocupar a vaga de vice na eventual tentativa de reeleição para o Palácio Thomé de Souza. O cenário até então desenhado mostrava um favoritismo do PMDB com o deputado estadual Bruno Reis, porém o PRB iniciou uma negociação paralela para emplacar João Roma, após a direção nacional dar o aval para que a deputada federal Tia Eron participe do pleito como candidata a prefeita. O principal argumento – que tem deixado o prefeito com alerta ligado – são pesquisas que apontariam um potencial de crescimento até um teto de 20%, o que tornaria o segundo turno ainda mais provável em Salvador. A preocupação do prefeito é tamanha que ele embarcou para Brasília, numa tentativa de encontrar o presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, ministro Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Viu frustrada a conversa. Pereira só deve conversar com ACM Neto quando retornar de viagem, o que não deve acontecer nos próximos dias. Para o PRB, a condição de mulher negra potencializa os votos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), que comanda o partido, além da disponibilidade de suportes de comunicação – em alusão os próprios meios da IURD e a possibilidade de críticas à gestão de ACM Neto nas emissoras controladas pelo grupo, o que também não auxiliariam no processo político. Como os irmãos Geddel e Lúcio Vieira Lima não escondem a predisposição em lutar para que o PMDB indique o candidato, o impasse está formado. Nas entrelinhas políticas, a dupla peemedebista pressiona ACM Neto e não aceitam que Roma, que iniciou a disputa como um azarão, seja alçado à condição de vice. Do lado do PRB, acontece situação similar, porém oposta. O partido não acata outro nome que não o do ex-chefe de gabinete do prefeito - com direito a um veto ao nome de Bruno Reis. Caso não aconteça a indicação de Roma, Tia Eron sairá candidata. ACM Neto está entre a cruz e a espada. Nesta disputa, um gigante vai cair. (BN)

Comente agora
Influência em queda: Eduardo Cunha é abandonado pelo PMDB
Política  Postado por Willyam Reis - 15/07 12:19h

Que a situação do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) não está favorável não é nenhuma novidade. Mas para sua própria surpresa, até mesmo os colegas de partido decidiram abandoná-lo. Na última quinta-feira (14), durante a votação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), apenas dois dos seis deputados do PMDB que estiveram presentes na sessão votaram a favor do relatório de Ronaldo Fonseca (PROS-DF), que pedia a anulação parcial do parecer do Conselho de Ética da Casa favorável à cassação do mandato. Segundo o site O GLOBO, apenas Carlos Marun (MS), e Hugo Motta (PB), ambos fiéis aliados do peemedebista, votaram com Cunha. Os demais — José Fogaça (RS), Rodrigo Pacheco (MG), Valtenir Pereira (MT) e Vitor Valim (CE) — apoiaram a decisão do Conselho de Ética. A influência em queda de Cunha também pode ser notada pela ausência dos deputados mais próximos de Cunha na Câmara. Paulinho da Força (SD-SP) e André Moura (PSC-SE), sequer apareceram na sessão para votar. Nem mesmo as legendas do centrão, bloco liderado pelo ex-presidente da Casa, renderam votos a ele. No PP, Cunha possuiu um voto a favor e outro contra. Já no PR, três dos cinco parlamentares votaram contra o relatório, e no PSD os quatro que votaram se manifestaram contra o ex-presidente. João Campos (PRB-GO) também votou contra Cunha. Vale lembrar que seu voto foi responsável pela aprovação do processo no Conselho. Inicialmente, o relatório de Fonseca foi rejeitado pela CCJ, porém os aliados de Cunha pediram votação nominal e logo o resultado sacramentou a derrota de Cunha. Foram os parlamentares do PT que ocuparam os principais lugares na CCJ.

Comente agora
Deputado estadual soldado Prisco lança campanha de esclarecimento à sociedade
Política  Postado por Willyam Reis - 15/07 12:06h

Aumento dos assassinatos de policiais, déficit no efetivo das policias civil e militar, ausência de investimentos na segurança pública, suspensão do benefício da Conder, reajuste zero dos servidores públicos e descumprimento do acordo firmado entre o Governo do Estado e PMs e BMs no ultimo movimento reivindicatório, em abril de 2104, são alguns dos temas abordados nos oito outdoors que fazem parte da Campanha “A sociedade precisa saber”.A campanha foi lançada, em Salvador, na manhã de quarta-feira (13), pelo deputado estadual soldado Prisco e Aspra com o objetivo de chamar atenção da sociedade e apresentar a real situação da segurança pública no Estado da Bahia.

A iniciativa do parlamentar conta a VERDADEIRA SITUAÇÃO DA SEGURANÇA PÚBLICA em placas instaladas nos seguintes pontos:

  1. *Avenida Pinto de Aguiar/ Viaduto Paralela (Sentido São Rafael);
  2. *Rua Edith Mendes/ Próximo ao Empório Itaigara;
  3. *BR-324 (Próximo ao Horto Bela Vista, saída de Mussurunga (Sentido Av. Paralela);
  4. *Rua Oswaldo Cruz/Rio Vermelho (Próximo a Mac Donald´s);
  5. *subida do viaduto Barra Avenida/ Vale do Canela;
  6. *Ladeira da Concha Acústica (atrás do Complexo de Delegacias);
  7. *Vale do Ogunjá/ Roteiro Ceasa (sentido Vasco da Gama.
  • #ACOMPANHENOSSOMANDATO
  • #JUNTOSSOMOSFORTES
  • #PORMAISSEGURANÇA

Comente agora
Passé: TCM pune prefeito por terceirização total de saúde
Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 15/07 09:22h

O prefeito de São Sebastião do Passé, Janser Mesquita (PMDB), foi multado em R$ 20 mil por terceirizar integralmente os serviços de saúde. Segundo decisão do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), desta quinta-feira (14), o gestor desobedeceu à lei quando contratou uma cooperativa na gestão de 2015. À época, a prefeitura celebrou contrato com a Cooperativa de Profissionais em Saúde e Equivalentes – CPS, ao custo anual de R$6.888.755,64. A entidade foi contratada para a prestação dos serviços de gestão e gerenciamento das atividades médicas e odontológicas com o objetivo de assegurar assistência universal e gratuita à população no hospital municipal. Conforme o relator do processo, conselheiro Raimundo Moreira, que acompanhou a posição do Ministério Público de Contas, as contratações são ilegais, porque transferiram para uma pessoa jurídica intermediária o exercício de toda a atividade, ou seja, a prestação total do serviço de saúde, atividade essencial que não é passível de terceirização. Além disso, as atribuições são típicas de cargos permanentes, que só podem ser preenchidos por concurso público. Ainda cabe recurso da decisão.

Comente agora
Russomano lidera corrida para prefeitura de SP
Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 15/07 08:17h

O pré-candidato à prefeitura e S. Paulo, o deputado federal Celso Russomanno (PRB), partido ligado à Igreja Universal, lidera a corrida e supostamente venceria todos os adversários no segundo turno. As simulações foram feitas pelo Datafolha, faltando um mês para o início da campanha eleitoral. De acordo com a pesquisa, divulgada pela Folha de S. Paulo, Russomanno tem 25% das intenções de voto, seguido pelas ex-prefeitas Marta Suplicy (PMDB), com 16%, e Luiza Erundina (PSOL), com 10% e em quarto lugar está o prefeito Fernando Haddad (PT), que tenta a reeleição e aparece com 8%, empatado tecnicamente com João Doria, que tem 6%. A pesquisa, que ouviu 1.092 pessoas, foi realizada entre a terça (12) e a quarta-feira (13). A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. Contudo, a candidatura de Russomanno pode impedida caso caso o Supremo Tribunal Federal confirme condenação dele por peculato (desvio de dinheiro público). Ele foi acusado de empregar uma funcionária de seu gabinete na Câmara como gerente de sua produtora de vídeo em São Paulo. Se os juízes mantiverem a decisão, ele pode ser enquadrado como ficha suja. O julgamento deve acontecer no início de agosto.

Comente agora
Marqueteiro do PT cogita negociar delação premiada, após decisão de esposa
Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 15/07 08:12h

O marqueteiro João Santana cogita seguir o caminho da esposa Mônica Moura e negociar um acordo de delação premiada. O publicitário, até então reticente com a colaboração, está preso em Curitiba desde fevereiro com a esposa e tentou o quanto pôde evitar a delação. De acordo com a coluna Painel, Santana temia afugentar futuros clientes, já que o sigilo profissional era a garantia de que poderia continuar fazendo campanhas. A publicação confirmou as tratativas com pessoas que acompanham o caso e investigadores afirmaram que as negociações estão mornas, mas a defesa de João Santana nega a negociação.

Comente agora
S. A. de Jesus: PMDB poderá vir anunciar apoio à pré-candidatura de Rogério Andrade
Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 15/07 01:46h

* Na foto ao lado: Chileno, Lúcio e Géo

Informações dão conta de que o PMDB em Santo Antônio de Jesus deverá anunciar, nesta sexta-feira (15), o possível apoio a pré-candidatura de Rogério Andrade (PSD) a prefeito em Santo Antônio de Jesus. A legenda, até então, também vinha sendo "paquerada" pelo grupo capitaneado pelo então prefeito Humberto Leite (DEM). O PMDB é conduzido no município pelo presidente, Geraldo Reis, conhecido Geo, conta ainda com a abnegação de todo diretório e um trabalho que segundo eles, contribui para o desenvolvimento do município. Dentre os nomes no partido também fazem parte: Ernesto Aravena, popular “Chileno” e Jorge Maynard. Falando em “Chileno”, ontem ele comemorou idade nova ao lado dos amigos e correligionários. Vamos aguardar as démarches e a confirmação do apoio do PMDB na política do município. (Informações: TV-SAJ/ Mascarenhas)

Comente agora
Moro diz ao STF que pedido de Lula para anular grampos telefônicos ‘não é consistente’
Política  Postado por Anacley Souza - 14/07 19:51h

O juiz Sérgio Moro afirmou em manifestação enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o pedido da defesa do ex-presidente Lula para anular as interceptações telefônicas feitas pela força-tarefa da Lava Jato “não é consistente”. A declaração consta de resposta ao pedido de esclarecimentos feito pelo presidente do STF, Ricardo Lewandowski, para que Moro explicasse a divulgação de gravações de Lula com diversos políticos que possuem foro privilegiado, entre eles a presidente afastada Dilma Rousseff, e, por isso, só podem investigadas com autorização do Supremo. A defesa pede que a Corte anule a validade das interceptações como prova. Na manifestação, Moro ponderou que as investigações e as gravações voltaram para a Justiça do Paraná após análise do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF, seguiu a decisão de Teori e que não há investigação de pessoas com foro privilegiado. "Em nenhum momento, há qualquer autorização deste juízo, ao contrário do que parece sugerir o reclamante [Lula], para investigação de autoridades com foro por prerrogativa de função", disse o juiz.

Comente agora
Rogério Andrade ajuda viabilizar pagamento de servidores em SAJ e evitar a demissão de vigilantes
Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 14/07 18:52h

O Deputado Rogério Andrade conseguiu viabilizar junto ao Secretário de Educação do Estado, Walter Pinheiro, o pagamento dos salários dos servidores terceirizados e a manutenção dos vigilantes das escolas estaduais de Santo Antônio de Jesus. O anúncio foi feito pelo próprio deputado em reunião com os trabalhadores na noite desta quarta-feira (13) no Auditório do Antonius Imperial Hotel. “O secretário me ligou pessoalmente, afirmou que estava indo hoje à tarde ao Banco do Brasil contra a orientação da Procuradoria Geral do Estado, junto com o secretário da fazenda e um representante do Ministério do Trabalho e iria botar na conta de cada terceirizado o salário de Maio e que se não houvesse nenhum problema com a procuradoria, na próxima semana, será depositado o mês de junho. Sobre os pagamentos de abril: o da Basetec foi repassado na terça-feira (12), já o da Sandes, ele preferiu não passar esse recurso para a empresa e também vai depositar na conta de vocês.” – declarou. Rogério também explicou que conseguiu reverter junto ao Secretário, à diminuição do número de vigilantes das escolas, que acontecerão em todas as cidades com menos de 100 mil habitantes: “Aproveitamos o contato do senador para explicar que mesmo tendo aparecido no Censo 2010 com 90.949, Santo Antônio de Jesus já ultrapassou a marca dos 100 mil habitantes nas projeções do próprio Censo. Dessa forma, o secretário reconsiderou e os vigilantes das escolas municipais que seriam demitidos, serão mantidos.” – anunciou. Na próxima terça-feira (19), o Deputado participará de uma reunião com o Secretário Walter Pinheiro, em Salvador, para defender também a manutenção do número de servidores terceirizados nas escolas.

Comente agora
Prefeito de Wenceslau Guimarães é multado pelo TCM
Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 14/07 17:57h

O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quinta-feira (14/07), multou em R$2 mil o prefeito de Wenceslau Guimarães, Nestor Vicente dos Santos, e determinou a realização de inspeção para avaliar a real situação patrimonial do município, vez que o gestor, desde o exercício de 2013, não encaminha o inventário dos bens do ativo permanente municipal. A ausência do inventário foi apontada com ressalvas nas contas relativas ao exercício de 2013 e determinada a imediata regularização da situação. Apesar de notificado, o gestor não apresentou defesa. A relatoria concluiu que o prefeito se omitiu no dever de preservar o erário e os bens municipais, e que o prazo proposto foi suficiente para que a administração adotasse as medidas necessárias à regularização do acervo documental do município. Considerando o expressivo valor escriturado no Balanço Patrimonial para bens patrimoniais de R$ 23.732.679,62, foi determinada a inspeção. Cabe recurso da decisão.

Comente agora
Esplanada: TCM multa prefeito por irregularidades na contratação de artistas
Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 14/07 17:50h

O Tribunal de Conta dos Municípios (TCM) multou o prefeito de Esplanada, Litoral Norte e Agreste Baiano, Rodrigo de Castro Lima, em R$5 mil por irregularidades na contratação de atrações artísticas nos anos de 2014 e 2015. Na sessão desta quinta-feira (14), o conselheiro substituto Antônio Carlos da Silva, e relator do processo, constatou a existência de irregularidade quanto ao vínculo de exclusividade entre as empresas contratadas e os artistas. Das 48 apresentações artísticas, 18 vieram com cartas de exclusividade desacompanhadas de comprovantes de que seus signatários eram os representantes legais daquelas atrações e de que, portanto, possuíam legitimação para firmá-las. A Corte também alegou que nos quatro processos de inexigibilidade analisados não existe ustificativa para os preços pagos. Ainda cabe recurso da decisão.

Comente agora
TRE-BA derruba liminar para suspender processos contra prefeito de Santo Amaro
Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 14/07 17:48h

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) derrubou uma liminar com objetivo de suspender os processos contra o prefeito do município de Santo Amaro, Recôncavo, Ricardo Machado (PT). Na sessão da última quarta-feira (13), o relator do caso, juiz José Edivaldo Rocha Rotondano, decidiu que o recurso não era válido. Desta forma, as ações contra o mandatário seguem normalmente. De acordo com a assessoria de imprensa do TRE-BA, a decisão não implica necessariamente no afastamento de Machado do cargo. Uma decisão judicial expedida no início deste ano afastou o gestor de suas funções por 180 dias e determinou a indisponibilidade de R$ 5 milhões do político. A decisão partiu de uma ação civil pública ajuizada pelo promotor de Justiça João Paulo Schoucair, que apontava diversos atrasos em obras de responsabilidade do governo municipal.

Comente agora
Vereador vai à Brasília pedir auditoria nas obras do Rio Camaçari
Política  Postado por Débora Ayane - 14/07 17:18h

O líder da oposição em Camaçari, vereador Antonio Elinaldo (DEM), solicitou do deputado federal Paulo Azi (DEM) apoio no pedido de realização de auditoria nas obras de revitalização do Rio Camaçari, a ser feita pelo Ministério da Cidade, para apurar desvio de recursos federais na gestão do ex-prefeito Luiz Caetano (PT). Ao lado do presidente do Democratas no município, Helder Almeida, Elinaldo esteve com o deputado em Brasília, durante audiência na Câmara Federal. A obra de revitalização do rio encontra-se paralisada e até o momento foram realizados apenas 48% dos serviços contratados, sendo que o recurso liberado para o desenvolvimento do projeto já chega a R$107 milhões. “Isso é um escândalo. Não temos dúvida que o PT está patrocinando mais um grande escândalo em Camaçari”, afirmou o vereador. Elinaldo também discutiu em Brasília a captação de recursos para Camaçari junto à Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional. Na ocasião, ele também solicitou apoio ao deputado federal José Carlos Aleluia (DEM).(Política Livre)

Comente agora
Para escapar do impeachment, Dilma deve fazer acenos à equipe econômica de Temer
Política  Postado por Débora Ayane - 14/07 16:36h

O afago da presidente afastada Dilma Rousseff ao ministro da Fazenda Henrique Meirelles foi uma atitude calculada. Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, ao dizer que o titular da pasta “é uma pessoa competente na área dele”, Dilma acatou orientações de que deve sinalizar a permanência da equipe econômica caso reassuma a Presidência da República. Ainda de acordo com a publicação, os acenos devem continuar e Dilma mostrará também disposição a fazer mudanças no time político, vendendo um projeto de governabilidade, com menos nomes do PT nos cargos de alto escalão. Apesar disso, a chance de reverter o impeachment no Senado ainda é avaliada como remota.

Comente agora
Em primeiro dia como presidente da Câmara, Rodrigo Maia visita Aécio Neves
Política  Postado por Débora Ayane - 14/07 16:11h

No primeiro dia na presidência da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse que é fundamental que a Câmara e o Senado trabalhem juntos na discussão dos temas de interesse da sociedade. Ele citou como prioridades projetos ligados à agenda econômica e a reforma política. Maia vai se encontrar, na tarde de hoje (14), com o presidente do Senado, Renan Calheiros. “Nós, deputados e senadores, vamos trabalhar juntos, construir pautas em conjunto para que a gente possa superar a crise, reformar muitos temas no Brasil em conjunto. É fundamental que Câmara e Senado voltem a ter um diálogo saudável, o que deixamos de ter há muito tempo”, disse hoje (14) após visita ao senador Aécio Neves (PSDB-MG). O primeiro ato do presidente da Câmara na Casa foi a visita ao gabinete de Aécio Neves, que é também presidente do PSDB, para agradecer o apoio a sua eleição. A legenda apoiou a candidatura de Maia. Depois, ele passou no gabinete do senador Fernando Bezerra (PSB-PE), mas não encontrou o parlamentar. Maia esteve ainda na liderança do PMDB e do DEM, mas não encontrou parlamentares nos locais. No fim da manhã, foi recebido pelo presidente interino, Michel Temer, no Palácio do Planalto. A reforma política foi um tema discutido com o senador Aécio Neves.

Comente agora
Senador líder do PSDB distribui chocolate "Golpe" a colegas
Política  Postado por Débora Ayane - 14/07 15:45h

O senador Cássio Cunha Lima, líder do PSDB no Senado, distribuiu, na sessão desta quarta-feira (13), barras do chocolate peruano 'Golpe'. A revista Época conta que o doce foi entregue a alguns senadores da comissão do impeachment. A senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) foi uma das que recebeu um chocolate. Ela publicou em seu perfil no Twitter uma foto ao lado de Cunha Lima. A publicação explica que o chocolate 'Golpe' é vendido em países vizinhos cujo slogan é "Com apenas um Golpe, mata a fome".(N. ao Minuto)

Comente agora
Rodrigo Maia diz que diálogo entre Câmara e Senado será 'fundamental'
Política  Postado por Débora Ayane - 14/07 14:35h

Eleito novo presidente da Câmara dos Deputados na madrugada desta quinta-feira (14), o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) afirmou, após visitar o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que trabalhará em conjunto com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).Para Maia, é “fundamental” que Câmara e Senado "voltem a dialogar". Durante o período em que esteve à frente da Câmara, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) protagonizou embates com Renan Calheiros. O senador peemedebista ensaiou aproximação com o Planalto no final do ano passado, enquanto Cunha liderava a ala do PMDB que defendia rompimento com o PT e o afastamento da presidente Dilma Rousseff.“Vou trabalhar junto com presidente Renan Calheiros e nós, deputados e senadores, vamos trabalhar juntos, para construir pautas em conjunto para que a gente possa superar a crise. É fundamental que Câmara e Senado voltem a ter diálogo saudável, que deixamos de ter há muito tempo”, afirmou o novo presidente da Câmara.Cunha também criticava publicamente o fato de ter virado réu na Operação Lava Jato enquanto Renan Calheiros ainda é investigado em inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) por suposta participação no esquema de corrupção da Petrobras.

Comente agora
Derrotado: CCJ rejeita recurso de Cunha e cassação vai a plenário
Política  Postado por Débora Ayane - 14/07 12:57h

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) rejeitou nesta quinta-feira (14) o parecer do deputado Ronaldo Fonseca (PROS-DF), que pedia a anulação da votação do relatório do Conselho de Ética que opinou favoravelmente à cassação do mandato do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Agora o processo de cassação de Cunha vai ao plenário da Casa. Foram 48 contrários ao parecer do relator; 12 favoráveis e nenhuma abstenção. Os favoráveis à cassação apoiaram a indicação do deputado Max Filho (PSDB-ES) como novo relator do processo. A indicação foi aceita pelo presidente da CCJ, Osmar Serraglio (PMDB-PR), que chegou ao cargo com apoio de Cunha. A nova relatoria significa que o processo de Cunha pode terminar ainda hoje na CCJ e chega ao plenário da Câmara em agosto. Os aliados de Cunha tentam reverter a indicação. Ronaldo Fonseca recomendava a realização de uma nova votação no Conselho de Ética para analisar o processo de perda de mandato. No documento, ele defendia que fosse anulada a votação do relatório final no Conselho de Ética por entender que deveria ter sido usado o painel eletrônico para o registro dos votos, o que não aconteceu.

Comente agora
Temer posta no Twitter vídeo para beneficiários do Bolsa Família e promete 'muitos empregos'
Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 14/07 12:14h

O presidente interino Michel Temer (PMDB) gravou um vídeo para os beneficiários do Bolsa Família em que tenta tranquilizá-los sobre o benefício. A gravação foi publicada no perfil do peemedebista no Twitter e em um dos momentos destaca que o governo federal se preocupa com a situação da população. "Quero dizer a você que o governo federal está preocupado com a sua vida, com a possibilidade da sua subsistência e por isso você, que vive basicamente do Bolsa Família, deve ter esta notícia, esta valorização do Bolsa Família", declarou Temer, lembrando dos quase R$ 20 de aumento no benefício. O presidente interino disse ainda que está trabalhando para abrir "muitos empregos" e "num dado momento" o país terá emprego para todos.

Comente agora
MPF pede que Lula explique bens apreendidos em cofre
Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 14/07 11:58h

O Ministério Público Federal (MPF) solicitou ao juiz Sérgio Moro, responsável pela operação Lava Jato, que determine a manifestação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre os bens apreendidos em um cofre no do Banco do Brasil. Os procuradores pedem um prazo de cinco dias para que Lula explique a data e a circunstância em que cada item foi recebido. Os bens foram encontrados durante a 24ª fase da Operação Lava Jato. Moro já tinha atendido um pedido semelhante do MPF antes do processo ser remetido ao Supremo Tribunal Federal (STF). Com o retorno do caso para a primeira instância, é provável que o juiz federal peça novamente os esclarecimentos. Em nota, o Instituto Lula defendeu que não há ilegalidades nos fatos apontados pelo MPF, e que o juiz Sérgio Moro deve antes se manifestar sobre o pedido da defesa do ex-presidente para que ele se declare impedido de atuar no caso. Os bens citados foram retirados do Palácio do Planalto pelo ex-presidente e guardados em um cofre em São Paulo por cinco anos, sem qualquer custo. Entre os itens estão moedas de ouro, medalhas, esculturas e até uma espada e uma adaga.

Comente agora
MP recomenda que prefeito de Miguel Calmon exonere secretária que é sua esposa
Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 14/07 11:55h

O promotor de Justiça Pablo Antônio Cordeiro de Almeida recomendou, nesta quarta-feira (13), que a prefeitura e a Câmara de Vereadores de Miguel Calmon exonerem a atual secretária de Assistência Social do município, Leila Cristina Souza da Rocha Sampaio, em até cinco dias. Leila é esposa atual prefeito, Nadson Roberto Sampaio. Segundo o promotor, ela não possuía qualquer especialização na área assistencial à época que assumiu o cargo pela primeira vez, ainda no mandato do prefeito Humberto Miranda Oliveira. Almeida defende que a exoneração visa coibir a prática de nepotismo, já que é necessário “resguardar a imagem da gestão pública, privilegiando-se critérios objetivos e impessoais na formação da equipe que prestará serviço à sociedade local”. Além de Leila, o Ministério Público do Estado também orienta que seja exonerado qualquer outro agente com cargo público em comissão ou função de confiança que seja parente, cônjuge ou companheiro de outros agentes nomeados por critérios de parentesco em detrimento da capacidade funcional. (BN)

Comente agora

As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com