As comentadas

Boa tarde , Terça-feira, 29/07/2014









Enquete



Reflita

Blog

Saúde

17
Abr
SAJ: Coordenador de Assistência Farmacêutica informa que já tem medicação nos PSFs
Postado por: Anacley Souza / 10:35h

Após vários dias sem medicação nos Postos de Saúde da Família e no Centro de Atenção Psicossocial, o Coordenador de Assistência Farmacêutica de Santo Antônio de Jesus, Andri Tibério, falou em entrevista a Recôncavo FM que algumas medicações  já estão disponíveis nos postos. “Não recebemos na totalidade. Mais aqueles mais procurados já estão disponíveis”, declarou. Segundo o coordenador, a falta de medicação está totalizada em apenas 10% de sua capacidade mais ainda faltam alguns como, anticoncepcional injetável, remédios para diabetes e reguladores de pressão, que não tem garantia de chegada, “o fornecedor nos assegurou que faria a remessa, mais não existe um tempo estipulado”, informou. Ainda de acordo Tibério algumas marcas não podem ser substituídas, o que vem dificultando ainda mais o abastecimento nas farmácias, devido ao contrato de licitação, “existem marcas que não podemos receber, pois não são licitadas, estamos aguardando a liberação de laudo da Controladoria”, ressalta. Finalizando a entrevista, o responsável pelas farmácias no município disse que 8 itens importantes, destinados ao CAPS estão em falta aguardando liberação do governo. O responsável pelo órgão disse acreditar na brevidade da entrega junto aos fornecedores, e espera resolver o problema o mais rápido possível.

Redação Voz da Bahia

Comente agora
17
Abr
Estudo preliminar aponta risco similar de câncer para cigarros eletrônicos e comuns
Postado por: Redação Voz da Bahia / 08:11h

Um estudo preliminar feito em laboratório e apresentado no início deste ano mostrou que o vapor com nicotina dos cigarros eletrônicos gerou o desenvolvimento de câncer em alguns tipos de células humanas da mesma forma que a fumaça de cigarros normais. A pesquisa, financiada pelos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos, foi realizada por cientistas da Universidade de Boston, da Universidade do Sudoeste do Texas e da Universidade da Califórnia. O resultado do estudo foi apresentado em um encontro de pesquisadores de câncer de pulmão e contraria a crença de que os cigarros eletrônicos causam menor risco da doença por não queimar tabaco. As células humanas de pulmão foram modificadas pelos cientistas para que elas tivessem marcadores de suscetibilidade para o desenvolvimento de câncer. Após isso, elas foram expostas ao vapor dos cigarros eletrônicos durante quatro horas, enquanto outras células foram expostas à fumaça de cigarros comuns. A expectativa é de que o estudo interesse a autoridades do setor, como a Organização Mundial de Saúde, que quer regulamentar a venda do dispositivo. Com informações do The New York Times. (BN)

Comente agora
16
Abr
Hoje 16 de abril é comemorado o dia mundial da Voz
Postado por: Marcus Augusto DRT 5719 / 20:08h

16 de Abril é o dia Mundial da Voz. Proposto em 2002 é comemorado pela primeira vez em 2003. Pode-se afirmar que o seu objetivo foi alcançado – dar visibilidade à VOZ. É unanimemente reconhecido que a população em geral está muito mais alerta às alterações da voz, e que tem permitido o diagnóstico precoce de novas doenças. Mas importa salientar que a par do diagnóstico precoce, promovem-se também a Prevenção enquanto multiplicam agressões que podem comprometer a voz, o nosso principal meio de comunicação. Passar um dia rouco já é o suficiente para perceber o quanto a voz é importante para o ser humano. Por meio dela, conseguimos comunicar nossos pensamentos e emoções, além de revelarmos muito da nossa personalidade. Os cuidados com esse meio de expressão é essencial. "Cuidar da voz é uma questão de condicionamento físico. Ela precisa estar forte para aguentar as variações do dia a dia", aconselha a fonoaudióloga Thays Vaiano. "O ideal é prestar atenção nos sinais que a voz nos dá. Ficar rouco com frequência, sentir dor, dificuldade na hora de falar ou viver com a garganta coçando são sinais de que algo vai mal", completa a especialista. Para evitar esses incômodos e garantir uma voz saudável, confira 10 dicas de fonoaudiólogos: 

1. Invista na maçã! A fonoaudióloga Thays Vaiano explica que a fruta tem ação adstringente, ou seja, "limpa" a garganta, trazendo alívio e bem-estar...

Comente agora
16
Abr
Exercícios pélvicos são aliados em casos de ejaculação precoce
Postado por: Letícia Oliveira / 16:51h

Uma  nova pesquisa sugere que os exercícios para o assoalho pélvico podem ajudar homens que sofrem com a ejaculação precoce. As informações são do Daily Mail. O estudo italiano mostra que este tipo de atividade, feita por 12 semanas consecutivas, tem efeitos benéficos. Os exercícios focados na região são utilizados com frequência por homens com incontinência, especialmente depois de cirurgias como, por exemplo, para o câncer de próstata. Anteriormente, eles já haviam sido testados com relação à impotência, mas esta é a primeira vez em que são utilizados em casos de ejaculação precoce. Um grupo de 40 homens entre 19 e 46 anos que sofrem da condição foi treinado para exercitar os músculos do assoalho pélvico em um período de 12 semanas. No início do experimento, a média de tempo até a ejaculação era de 31,7 segundos. Depois de 12 semanas de teste, este tempo aumentou para 146,2 segundos (2 minutos e 26 segundos), ou seja, mais do que quatro vezes. Do total de participantes, 33 mostraram evolução positiva durante o período.

Comente agora
16
Abr
Sto. Antº de Jesus: Ministério da Saúde prevê que UPA comece a funcionar em junho, diz presidente do conselho
Postado por: Letícia Oliveira / 15:26h

Marcos Augusto Lessa, presidente do Conselho Municipal de Saúde de Santo Antônio de Jesus, em entrevista a Andaiá FM, comentou sobre a entrega dos novos postos de saúde do município e a reforma daqueles que estão em situação inadequada. De acordo com ele, a reforma dos prédios dá a impressão de que ainda vai demorar, visto que a Secretaria de Saúde não dá uma certeza quando é questionada. Marcos disse que os recursos são próprios ou do Ministério da Saúde para melhoria da qualidade e atendimento nos postos de saúde. Segundo o presidente, o Conselho questionou sobre a praticidade de se fazer uma reforma num imóvel que tem previsão de ser entregue, porém é preocupante por parecer não haver uma predisposição na construção das novas unidades. Lessa convidou os vereadores para cobrar junto ao Conselho, para que o prefeito Humberto Leite se sensibilize e tome as providências necessárias. “Esperamos que os vereadores ajam com objetivo de sensibilizar a gestão municipal a fazer com que essas obras andem, como, por exemplo, a questão da Unidade de Pronto Atendimento, que está emperrada. As questões políticas devem ser deixadas de lado e a UPA colocada em andamento”, salientou. Ele completou que o Ministério da Saúde esteve na cidade, fez uma inspeção e foi estabelecido que no mês de junho as unidades iniciarão o atendimento, porém, ele alertou, que não viu a prefeitura se mobilizar para que isso aconteça.

Falta de medicamentos: A respeito da falta de medicamentos na cidade, o presidente do Conselho afirmou que há dois problemas, sendo um na gestão ou decisão de comprar, onde envolve também a Secretaria de Educação e a distribuição dos remédios. “É preciso haver controle maior dessa ação para que o remédio chegue a quem precisa. O medicamento está disponível, mas é entregue a pessoas que não comprova a necessidade do mesmo”, disse. Para o entrevistado, deveria ter alguma comprovação no momento da entrega do remédio, provando que a pessoa não tem condições de compra-lo.

Redação Voz da Bahia - Letícia Oliveira

Comente agora
16
Abr
HRSAJ abre Inscrições do Processo Seletivo para Maqueiro
Postado por: Redação Voz da Bahia / 14:43h

No período de 17 a 23 de abril de 2014, estarão abertas inscrições para o Processo Seletivo para  Agente Operacional (Maqueiro) do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. Os interessados deverão entregar currículo na Portaria Administrativa do HRSAJ.  O Processo Seletivo constará de etapas de avaliação de conhecimentos e habilidades específicas ao cargo, de caráter eliminatório e classificatório.

 Requisitos:

  • Ensino Médio completo,
  • 06 meses de experiência  
Comente agora
16
Abr
Pensar que alimento é rico em calorias acelera metabolismo
Postado por: Redação Voz da Bahia / 10:44h

Muitas pessoas estudam cuidadosamente os rótulos dos alimentos na tentativa de determinar se o produto engorda ou é saudável. Um novo estudo sugere que o conteúdo do rótulo pode ser quase tão importante como o produto em si e cientistas descobriram que o metabolismo das pessoas acelera quando acreditam que estão consumindo um alimento muito rico em calorias. As informações são do Daily Mail. Por outro lado, o metabolismo fica mais lento quando comemos algo que nossos corpos acreditam ter poucas calorias. A psicóloga Alia Crum, da Columbia Business School de Nova York, fez um estudo para saber o efeito que os rótulos provocavam nas pessoas: ela ofereceu milk-shakes a voluntários, parte dos copos com etiquetas de 620 calorias e outra informando 140 calorias. Ao medir os níveis do hormônio da fome, após o consumo da mesma quantidade do produto, ele percebeu que as pessoas que beberam o milk-shake de alto teor calórico diminuíram em três vezes os níveis do hormônio – que controla a fome e a velocidade do metabolismo - do que o outro grupo de voluntários. A sugestão de Crum para as pessoas que querem perder peso é comer alimentos leves, mas que as façam acreditar que são altamente calóricos.

Comente agora
16
Abr
Pais jovens também sofrem de depressão pós-parto
Postado por: Anacley Souza / 09:43h

A depressão pode pegar em cheio pais jovens nos primeiros anos de paternidade, é o que aponta estudo feito pela Northwestern University, nos EUA. “Não são só mães recentes que precisam ser examinadas para depressão, pais sofrem riscos também”, afirma o pediatra Craig Garfield, autor do primeiro estudo a identificar quando jovens pais estão em maior risco de desenvolver sintomas depressivos. Segundo a pesquisa, homens que se tornaram pais perto de completar 25 anos e que vivem com os filhos são a parcela mais afetada. Para este público, os sintomas de depressão podem crescer em até 68% nos primeiros cinco anos de paternidade. É interessante notar que os sinais da doença eram menos notados antes durante a gravidez e aumentaram drasticamente após o nascimento da criança. Em comparação, pais jovens que não vivem com os filhos não têm um aumento tão grande nos sintomas nos primeiros momentos da paternidade. Para eles, os traços depressivos apareciam com maior incidência durante a gravidez e diminuíam gradualmente depois do nascimento.

Efeito nos filhos:  Depressão dos pais tem um efeito negativo sobre as crianças, especialmente durante os primeiros anos, que são chave para criar o vínculo com o bebê. Estudos anteriores mostravam que pais deprimidos estão mais sujeitos a usar castigos corporais, ser mais estressados, ler e interagir menos com as crianças e até mesmo negligenciarem os cuidados com os filhos.

Comente agora
16
Abr
Perfeccionismo é fator de risco como tabagismo e obesidade
Postado por: Redação Voz da Bahia / 09:02h

a pesquisa sugeriu que pessoas perfeccionistas não apenas sofrem com estresse psicológico, como se sentem pressionadas e podem desenvolver doenças como síndrome do intestino irritável, insônia, doenças cardíacas e até chegar à morte precoce. De acordo com a psicóloga Danielle Molnar, da Universidade de Brock, o perfeccionismo é um fator de risco comparável ao tabagismo e à obesidade. As informações são do Daily Mail. Estima-se que duas em cada cinco pessoas mostram tendências perfeccionistas. Graças às redes sociais, como o Facebook e o Twitter, um número crescente está preocupado em parecer perfeito, afirmou o professor de psicologia da Universidade de York, no Canadá, Gordon Flett. "É natural querer ser perfeccionista em uma área de sua vida, como o trabalho", disse ele. Mas, quando se torna uma necessidade obsessiva no relacionamento, saldo bancário e corpo, podem afetar não apenas os relacionamentos, mas a saúde.

Comente agora
16
Abr
Mais Médicos atinge meta na Bahia em quinta etapa
Postado por: Anacley Souza / 08:24h

Em sua quinta etapa, o Programa Mais Médicos irá alocar mais 147 profissionais em municípios baianos, segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Vindos de Cuba, Espanha e de outros estados brasileiros, os médicos irão ampliar o atendimento da atenção básica na Bahia a partir de amanhã. Mas, diferente do que foi divulgado pela Sesab, o Ministério da Saúde (MS) informou que só 47 médicos serão enviados ao interior. Não há previsão para uma nova etapa, já que eles completam a meta de 1.155 profissionais. Ontem, um dos participantes do programa faleceu em Salvador: o cubano Pedro Juan Tamayo Martin, que trabalhava na USF de São José de Baixo, no Subúrbio Ferroviário. Segundo a prefeitura, a suspeita é que ele tenha sofrido um infarto. (Correio)

Comente agora
16
Abr
Fumar maconha uma vez por semana pode mudar a anatomia do cérebro danificando estruturas, diz pesquisa de Harvard
Postado por: Anacley Souza / 08:17h

Basta usar a droga de uma a duas vezes por semana para ter regiões do cérebro bastante importantes afetadas. Essas regiões estão envolvidas com a emoção e motivação de uma pessoa, aponta a pesquisa. Estudos anteriores já apontaram que o princípio ativo da maconha, o THC (tetrahidrocanabinol) consegue reestruturar, neurologicamente falando. Mas este é o primeiro estudo que mostra o impacto negativo do consumo esporádico da droga. Os pesquisadores da Harvard Medical School e da Universidade Northwestern, nos EUA, analisaram ressonâncias magnéticas do cérebro de 20 jovens consumidores de maconha com idade entre 18 e 25 anos. Também compararam o cérebro com 20 jovens nas mesmas idades que nunca fumaram a droga. Os pesquisadores descobriram grandes diferenças em duas áreas do cérebro, o núcleo accumbens e a amígdala. Ambos são ligados às emoções e motivações, e também são associadas ao vício. O núcleo de accumbens dos consumidores de maconha era excepcionalmente grande, enquanto a amígdala estava deformada. “As pessoas acham que o uso recreativo, apenas algumas vezes por semana, não fará nenhum mal.

Comente agora
16
Abr
Senado aprova anistia a planos de saúde multados pela ANS
Postado por: Redação Voz da Bahia / 07:40h

O Senado aprovou nesta terça-feira (15) a medida provisória 627/2013, que altera a cobrança de impostos sobre o lucro obtido por empresas brasileiras em suas operações fora do país. Além disso, a MP adapta as leis brasileiras a um novo sistema de contabilidade internacional. Enviada pelo governo ao Congresso em novembro de 2013, a MP agora segue para sanção presidencial. O texto estabelece que companhias nacionais no exterior terão oito anos para recolher o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), com a obrigação de incorporar ao balanço contábil do primeiro ano ao menos 12,5% do total. As parcelas pagas a partir do segundo ano serão atualizadas pela taxa "Libor", somada à variação do dólar americano no período. As empresas poderão optar por esse modelo a partir de 1º de janeiro de 2015, mas a MP permite a antecipação para janeiro de 2014. As condições foram alteradas na Câmara. O projeto original do governo estabelecia o prazo de cinco anos para recolhimento dos tributos, com a exigência de que o primeiro ano contábil incluísse no mínimo 25% do valor. Apesar dos mais de quatro meses de discussão da matéria, o governo não informou qual o impacto financeiro das modificações tributárias. A medida também beneficia a Petrobras, ao estabelecer que o lucro obtido no exterior com o arrendamento de equipamentos ou empréstimos de bens relacionados à exploração de petróleo e gás não será computado para pagamento do Imposto de Renda e da CSLL. 

Comente agora
15
Abr
Cebola, uva e melancia garantem longevidade; veja os nutrientes
Postado por: Marcus Augusto DRT 5719 / 19:38h

Sabemos que uma boa alimentação é a base para uma vida longa... Mas, às vezes, excluímos alguns hábitos que são cruciais para atingir o objetivo da longevidade. Uma pesquisa realizada pela Universidade College de Londres, por exemplo, revela que a ingestão de frutas e legumes deve variar, no mínimo, entre cinco e sete porções diárias. Isso porque ao ingerir essa quantidade de alimentos você previne o câncer, doenças cardiovasculares e reduz ainda em até 42% o risco de morte precoce. A pesquisa levou em consideração os dados do Censo da Saúde do Reino Unido coletando informações sobre a saúde de 65 mil pessoas, além de analisar a dieta e o estilo de vida dos entrevistados. Constatou-se, então, que o risco de morte precoce provocada por câncer, doenças cardíacas ou derrame cai conforme a maior ingestão desses alimentos. Ou seja, não hesite em deixar seu prato repleto de frutas e legumes! E na hora de escolher um dos dois, embora ambos sejam importantes, dê preferência aos legumes! Eles têm um efeito protetor bem maior do que o das frutas. Além disso, há outros três nutrientes que também são essenciais para o organismo. Quer saber quais são? Eu fiz uma seleção deles para vocês!

Comente agora
15
Abr
Cubano do programa 'Mais Médicos' morre em Salvador
Postado por: Redação Voz da Bahia / 19:24h

Um profissional cubano do programa "Mais Médicos", que atuava em Salvador desde de dezembro do ano passado, morreu na tarde de segunda-feira (14). De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a suspeita é que Pedro Juan Tamayo Martin tenha sofrido uma parada cardiorrespiratória. A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) foi acionada e deve fazer a repatriação do corpo. De acordo com a Secretaria, o médico trabalhava na Unidade de Saúde da Família São José de Baixo, no subúrbio ferroviário de Salvador. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML). (G1)

Comente agora
15
Abr
Comer pouco na gravidez aumenta risco de ter filhos obesos
Postado por: Letícia Oliveira / 17:07h

Um estudo publicado no American Journal of Obstetrics and Gynecology alerta que o peso das mães durante a gestação pode ser determinante para a saúde futura do bebê. Aquelas mulheres que comem demais ou de menos durante a gravidez têm iguais chances de terem filhos obesos, principalmente as futuras mães que têm peso normal quando engravidam. As informações são do site inglês Daily Mail. Mais de 4 mil mulheres grávidas e seus filhos foram observados. Deste total, 20,4% de meninos e meninas nascidos de mães que engordaram mais do que o aconselhável eram considerados acima do peso para crianças entre 2 e 5 anos, comparado com 19,5% dos bebês de mulheres que ganhavam menos peso e apenas 14,5% dos filhos daquelas que ficavam na média sugerida. No entanto, os dados mais revelantes são de como as mulheres de peso normal se comportam na gravidez: aquelas que engordam demais têm 80% mais chance de ter um filho obeso do que aquelas que comem o recomendado. Já as futuras mães que comem menos do que deveriam e não ganham peso suficiente aumentam para 63% o risco de seus filhos serem crianças obesas.  

Comente agora
15
Abr
Nova regra da Anvisa acelerará certificação de produtos
Postado por: Anacley Souza / 12:35h

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) editou uma nova regra que deverá facilitar a certificação de produtos de saúde. As novidades estão presentes na resolução nº 15 da Anvisa, sobre os requisitos relativos à comprovação do cumprimento de Boas Práticas de Fabricação para fins de registro de Produtos para Saúde, publicada esta semana no Diário Oficial da União. A agência acredita que essa resolução favorecerá o registro de novas tecnologias no país. A agência explica que foram estabelecidas três mudanças importantes. Uma das novidades é que a Anvisa poderá utilizar relatório de auditoria emitido por terceiros como subsídio para emissão do Certificado de Boas Práticas de Fabricação (CBPF). Nesse sentido, atualmente a agência participa de um projeto-piloto de auditoria única que reúne Canadá, Estados Unidos, Austrália e Japão. "Um trabalho articulado entre as agências reguladoras de todo o mundo é essencial em um contexto onde a produção dos equipamentos é global, pois nenhuma agência, de forma isolada, dará conta da demanda de inspeções e auditorias que vem se desenhando para os próximos anos", comenta o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Barbano. A segunda novidade é que a Anvisa não vai mais emitir o CBPF para os produtos das classes I e II, que são as classes de menor risco, como luvas, seringas e alguns instrumentais cirúrgicos. Tal simplificação atingirá cerca de 400 empresas que atualmente aguardam a emissão do Certificado, o que equivale a 25% dos pedidos que aguardam a certificação, informa a Anvisa. A terceira medida é a permissão para que o protocolo de solicitação do CBPF seja aceito para a apresentação dos pedidos de registro, revalidação e alterações de produtos das classes III e IV, de maior risco. Isso significa que o fabricante não terá que aguardar a concessão do certificado para que a análise dos seus produtos seja iniciada. Com os dois processos ocorrendo em paralelo, o tempo de chegada de novos equipamentos no mercado deve ser reduzido, já que a análise do produto poderá ser feita enquanto a fábrica aguarda a certificação.

Comente agora
15
Abr
Obesidade e sobrepeso infantil aumentam 1.000% no Brasil em 40 anos, diz estudo
Postado por: Anacley Souza / 12:11h

Problemas como obesidade e sobrepeso afetam 39% das crianças brasileiras. O número representa um crescimento de 1.000 % em um espaço de 40 anos, informou o médico e pesquisador brasileiro Víctor Rodríguez Matsudo, um dos responsáveis pelo Estudo Internacional de Obesidade Infantil, desenvolvido em vários países. Matsudo considera a taxa "extremamente alta" e advertiu que a tendência é a porcentagem continuar elevada. "A tendência é dramática porque a quantidade de crianças com excesso de peso é muito maior do que a de que têm obesidade, de modo que em pouco tempo aumentará a quantidade de crianças obesas", comentou. De acordo com os dados do estudo, a atividade física praticada pelos adolescentes é maior que a realizada pelas crianças na puberdade. Os adolescentes também praticam mais exercícios do que os que estão na escola primária. Matsudo também afirma que crianças de sete e oito anos "não estão fazendo nada, e não têm uma experiência agradável da atividade física, mas gastam o dia inteiro na internet porque as mães acham que é lindo que crianças com dois anos saibam usá-la", relatou. Segundo o médico, há 90% de possibilidades de uma criança sedentária se tornar também um adulto sedentário. Para Matsudo, o país precisa "encarar as novas evidências". O sedentarismo é a segunda causa de morte no mundo. "A prevalência do sedentarismo é a maior de todas as doenças", disse. Informações do Terra.

Comente agora
15
Abr
Placa para bruxismo pode agravar apneia; entenda e trate.
Postado por: Anacley Souza / 09:44h

Quem sofre de apneia e bruxismo, dois importantes distúrbios do sono, sabe como eles podem prejudicar, e muito, a qualidade de vida. Para piorar, quando ocorrem simultaneamente, uma doença pode agravar a outra. A apneia obstrutiva do sono é a forma mais comum da doença e ocorre por um colapso da região posterior da garganta. Com isso a passagem de ar é interrompida e a pessoa para de respirar repetidamente durante o sono. Uma apneia não tratada pode desencadear noites turbulentas e, consequentemente, oscilações de humor, como o estresse e a ansiedade. Assim, esse cenário se torna perfeito para piorar o bruxismo, um distúrbio caracterizado pelo ranger dos dentes. As causas podem ser, desde fatores estressantes externos, como outras perturbações do sono. “A apneia não causa o bruxismo, mas pode agravá-lo. Por outro lado, a apneia controlada pode fazer com que o bruxismo retorne a níveis toleráveis”, diz Marcelo Bolzan, coordenador do curso de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial da FUNDECTO-USP.

Tratamento:  Para as apneias moderadas e leves existem aparelhos que avançam a mandíbula e aumentam a passagem de ar, o que diminui o número de apneias por hora. “Esse tratamento melhora a qualidade do sono e, por conseguinte, diminui a intensidade do bruxismo.

Comente agora
14
Abr
Pai desabafa sobre SUS: posso internar meu filho em estádio?
Postado por: Redação Voz da Bahia / 21:59h

esabafo de um pai sobre as condições do hospital no qual o filho de 4 anos está internado repercutiu nas redes sociais. A postagem, de 9 de abril, tinha, até as 19h30 desta sexta-feira, mais de 6 mil compartilhamentos. Alexandre Blauth conta que o filho está no Hospital da Criança Conceição, em Porto Alegre. Segundo ele, há uma “briga ferrenha por: esparadrapos, antibióticos, etc”. Ele ainda reclama das condições de limpeza do local. Blauth compara as condições do Sistema Único De Saúde (SUS) aos investimentos feitos para a Copa do Mundo de Futebol e criticou a fala de Pelé de que “não se faz Copa com hospital” – na verdade, a frase foi dita pelo também ex-jogador Ronaldo Nazário. “Senhor pelé, tem esparadrapo no maracana, no beirario ou na arena do gremio? Posso internar meu filho em algum desses estadios? O exame que meu filho tem que fazer tem lá? (SIC).” O Terra entrou em contato com o hospital para saber um posicionamento da instituição sobre os problemas. Até o horário de publicação, não houve resposta.

Comente agora
14
Abr
Cardiologista do HRSAJ tira dúvidas da população no Voz da Bahia. Confira:
Postado por: Letícia Oliveira / 17:17h

Dr. Marcos Cerqueira, cardiologista do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus prestou entrevista a Rádio Recôncavo FM e respondeu a perguntas da população.

Pergunta – Quais os casos cardiovasculares mais sérios que chegam ao Hospital Regional?

Dr. Marcos Cerqueira – O nosso trabalho é muito amplo e grande, atendemos a demanda de cardiologia de todo Recôncavo da Bahia do SUS, tem a causa básica de internação e procura relacionada a dor no peito. Muitas vezes pacientes infartados procuram nossa unidade em busca do atendimento ou então que são transferidos de outros hospitais de municípios vizinhos já com os sintomas de infarto de miocárdio. Muitas vezes também pacientes com edema agudo de pulmão, que por vários motivos o pulmão dessa pessoa se enche de líquido, disfunção do coração também são casos registrados. Outro caso frequente é a arritmia, algumas vezes são graves.

Pergunta – Qual a primeira orientação dada ao paciente que sofreu distúrbio no coração?

Comente agora
14
Abr
Descubra o que há de bom e ruim para a sua saúde no consumo de chocolate
Postado por: Redação Voz da Bahia / 13:38h

Se junto com a magia de ganhar ovos de Páscoa vem a culpa por devorá-los, saiba que o chocolate é considerado um alimento saudável, mas só se consumido com moderação. Ele é fonte de vitaminas, de antioxidantes (que previnem o envelhecimento) e consegue até minimizar a tensão pré-menstrual (TPM). Mas como todo exagero alimentar faz mal, o consumo em demasia pode também causar uma série de problemas. Todos são unânimes em concordar que a melhor opção é o chocolate amargo, rico em cacau. É no fruto que estão os principais benefícios do chocolate. A nutricionista Rita Fleury, consultora de educação e saúde alimentar, explica que o percentual de gordura dos chocolates variam muito e destaca que na versão ao leite a substância também aparece, só que mais tímida, enquanto no chocolate branco só lhe resta a manteiga de cacau – ou seja, apenas a gordura hidrogenada.

Comente agora
14
Abr
Termina greve dos médicos da Maternidade do HGRS
Postado por: Anacley Souza / 11:54h

Chegou ao fim neste domingo (13) a greve dos médicos da Maternidade do Hospital Roberto Santos, que já durava mais de 15 dias. Após uma rodada de negociações realizada na Secretaria de Saúde, no último dia 10, uma proposta assinada pela Diretoria Geral da Rede Própria e a superintendente da Secretaria de Atenção à Saúde (Sais), Gisélia Souza, foi enviada aos médicos obstetras, que aceitaram a proposta em assembleia. Agora, segundo informações do Sindicato dos Médicos da Bahia, os profissionais se mantêm em estado de greve, até que todos os pontos acordados sejam cumpridos. Em relação às condições de trabalho dos profissionais, foram garantidas ações como a capacitação dos médicos em ultrassonografia obstétrica que iniciará, segundo o documento, em maio, com vagas disponibilizadas para todos os obstetras, além do início da reforma do Centro Obstétrico para o próximo dia 22 e a conclusão da reforma da enfermaria “A” marcada para até o dia 30 de maio. A aquisição de mais dois cardiotocógrafos, além de cinco detectores fetais de mesa e seis portáteis, que ficarão disponíveis nos consultórios, sala de observação e pré-parto, também está previsto no acordo. Quanto à escala, de acordo com a proposta aceita, serão disponibilizados vínculos via Fundação José Silveira para substituição dos vínculos PJ (pessoa jurídica) e também para preenchimentos de postos vagos da escala. Entre as queixas dos médicos, estava o déficit de plantonistas, o que, segundo a categoria, estava levando a escalas de trabalho com dois e até mesmo um obstetra quando o correto seriam quatro profissionais.(Aratu)

Comente agora
14
Abr
Engordar demais ou de menos na gravidez eleva risco de obesidade ou sobrepeso no filho
Postado por: Anacley Souza / 10:40h

Ganhar quilos acima ou abaixo do recomendado na gestação aumenta o risco de gerar um bebê que futuramente tenha sobrepeso ou obesidade. O dado é de um estudo feito pelo Centro de Pesquisa de Saúde Kaiser Permanente, publicado nesta segunda-feira no periódico American Journal of Obstetrics and Gynecology. Os autores da pesquisa adotaram as diretrizes do Instituto de Medicina, uma entidade de saúde americana sem fins lucrativos, para ganho de peso na gravidez. A recomendação é de 5 a 9 quilos extras para grávidas obesas (IMC 30 ou maior), 7 a 11 quilos para aquelas com sobrepeso (IMC 25 a 29), 11 a 15 quilos para mulheres com peso normal (IMC 18.5 a 25) e 12 a 18 quilos para gestantes com baixo peso (IMC menor que 18.5). O cálculo do IMC é feito dividindo-se o peso pela altura ao quadrado. Em um dos maiores estudos a avaliar a relação entre ganho de peso na gravidez e obesidade infantil, os pesquisadores revisaram dados de 4 145 mulheres que responderam a um questionário de 2007 a 2009, logo após dar à luz. Os cientistas revisaram também o histórico médico das crianças que nasceram, quando elas tinham de 2 a 5 anos.

Comente agora
14
Abr
Líder mundial em cesáreas, Brasil 'desvaloriza' parto normal
Postado por: Redação Voz da Bahia / 09:35h

Quando a fotógrafa Daniela Toviansky, de 35 anos, ficou grávida, passou a frequentar aulas de hidroginástica com outras gestantes em estágios próximos de gravidez. Ela lembra que, entre uma aula e outra, todas manifestavam um desejo em comum: ter filhos por parto normal. "Todas acabaram fazendo cesárea", conta Daniela, que se tornou a exceção. Seu bebê, Sebastião, nasceu após 40 semanas de gestação e da forma como ela queria. O que aconteceu com as colegas da fotógrafa é uma amostra fiel da situação vivida por muitas grávidas no Brasil hoje, especialmente entre as classes mais altas, em um processo que muitos especialistas vêm chamando de "a indústria da cesárea brasileira".  Com 52% dos partos feitos por cesarianas - enquanto o índice recomendado pela OMS é de 15% -, o Brasil é o país recordista desse tipo de parto no mundo. Na rede privada, o índice sobe para 83%, chegando a mais de 90% em algumas maternidades. A intervenção deixou de ser um recurso para salvar vidas e passou, na prática, a ser regra.

Comente agora
14
Abr
Plantão de emergências durante o final de semana no HRSAJ
Postado por: Anacley Souza / 08:11h

Deu entrada na emergência do Hospital Regional, Erivan de Jesus Barbosa, 29 anos, residente na Av. Juracy Magalhães  em Santo Antônio de Jesus vítima de tentativa de homicídio por arma de fogo. Não há informações sobre motivação nem autoria do crime que foi relatado no Posto Policial lotado na Unidade Hospitalar onde está sendo investigado. A vítima segue interna em estado grave.  

- Ademilson de Jesus, residente na localidade rural  do Riacho Grande na cidade de Valença,  deu entrada na emergência do HRSAJ após ser atingido por  disparos de arma de fogo. Socorrido por populares e encaminhado para a unidade hospitalar onde passou por procedimento cirúrgico onde permanece internado em estado grave. A motivação e autoria do crime não foram divulgadas. O caso foi registrado no Departamento de Homicídios da cidade de Valença onde segue investigação.

 - Renivaldo dos Santos, 31 anos, residente na cidade de  Aratuípe,  fora vítima de homicídio naquela cidade. Socorrido primeiramente em uma Unidade Hospitalar da Região foi transferido para a emergência do Hospital Regional devido a gravidade de seus ferimentos. O caso foi registrado no Posto Policial Lotado no HRSAJ onde segue investigação. Não há informações sobre o estado de saúde da vítima.

Balanço das ocorrências:

15 vítimas de acidente com motocicleta; 

- 7 vítimas de acidente com carro de passeio;

- 3 vítimas de tentativa de homicídio por arma branca;

- 1 vítima de atropelo;

- 2 vítimas de acidente com caminhão

Comente agora
14
Abr
Saulo vai raspar a cabeça em campanha para Martagão Gesteira
Postado por: Redação Voz da Bahia / 07:53h

O cantor Saulo vai mudar o visual. A novidade não é um ato de vaidade, e sim, uma ação de solidariedade. O artista vai raspar a cabeça para uma campanha do setor de oncologia do Martagão Gesteira - Hospital da Criança. O momento em que Saulo vai dar "até logo" as madeixas loiras e passar a zero ainda não foi definido, mas será filmado e fotografado pela instituição. A ideia é usar o material em publicidades para incentivar a doação para o hospital filantrópico, que atende, em média, 120 crianças por dia. (ATarde)

Um comentário
14
Abr
Ministério da Saúde avaliará estudo que questiona eficácia do Tamiflu
Postado por: Anacley Souza / 07:01h

O Ministério da Saúde irá fazer uma avaliação “em profundidade” de um estudo divulgado na última quinta-feira que contesta a eficácia do medicamento Tamiflu (oseltamivir) contra a gripe. Segundo o trabalho, não há evidência de que o Tamiflu seja eficaz contra o vírus H1N1. O máximo que ele faria, diz o documento, seria reduzir a duração da enfermidade de 7 para 6,3 dias. Já os efeitos colaterais seriam amplos, com náuseas, vômitos e, em casos mais raros, problemas renais e psicológicos O ministério afirma que irá avaliar, além do estudo em questão, outros que possam ser desenvolvidos para “garantir sempre que as condutas preconizadas estejam baseadas nos mais sólidos conhecimentos científicos disponíveis”. A pasta, no entanto, reiterou em nota a indicação do medicamento para o tratamento de casos graves e de pessoas com fatores de risco. “Essa indicação se baseia em estudos clínicos e é respaldada por recomendações de instituições de referência, como a OMS (Organização Mundial da Saúde) e o Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos.” O ministério afirmou ainda que “estudos realizados no Brasil têm confirmado a importância da administração do oseltamivir, rapidamente, nas situações indicadas como medida capaz de reduzir complicações e mortes” causadas pela gripe. Polêmica O estudo, publicado no “British Medical Journal”, foi elaborado pela Cochrane Collaboration, um grupo de cientistas que investiga a efetividade de remédios no mundo, e é um dos mais abrangentes a contestar alguns dos benefícios do remédio. A OMS (Organização Mundial da Saúde), no entanto, mantém a recomendação da droga antigripal. Em 2009, quando houve um surto mundial de H1N1, também conhecido como gripe suína, a OMS recomendou que os países estocassem o medicamento.(Folha)

Comente agora
13
Abr
60% das brasileiras de mais de 60 anos mantêm vida sexual ativa
Postado por: Redação Voz da Bahia / 18:28h

De acordo com a psiquiatra Carmita Abdo, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, 50% a 60% das mulheres brasileiras de mais de 60 anos mantêm uma vida sexual ativa. 'Tenho uma vida sexual sem grilos. É só acender um fósforo que tudo pega fogo', garante a aposentada Ana Maria Vieira, de 64 anos, três filhos e cinco netos. Aos 84 anos, Irene Zarantonello é frequentadora dos bailes do Carinhoso, em SP. '(Sexo) É como comer, ir ao banheiro, é importante para a saúde. Antes, era mais beijo e abraço. Hoje, tem umas posições bacanas', explica. Viúva há 11 anos, Ana Maria Vieira namora há quatro o também aposentado Nilvio Machado, de 75. 'Pode até não ter tanta quantidade, mas a qualidade é muito maior'. A aposentada Marli Westphal, de 63 anos, dois filhos e uma neta, é um exemplo de como mulheres da terceira estão também preocupadas com o corpo. Marli corre 10 km todo dia, faz musculação e pilates. 'Quanto mais exercícios eu faço, melhor eu me sinto. Estou muito satisfeita com o meu corpo', diz. 'Tudo funciona melhor. O sexo está quase 100% mais gostoso do que quando eu era jovem.' (Daniel Teixeira / Estadão)

Comente agora
13
Abr
Cirurgião critica o tratamento de câncer pelo SUS em S. A. de Jesus e na Bahia
Postado por: Letícia Oliveira / 14:34h

O Dia Mundial de Combate ao Câncer é um comemorado no dia 08 de Abril, mas não há nada de fato para comemorar, uma vez que o câncer é a 2ª doença que mais mata pessoas no mundo todo, em especial câncer de pele, e a data tem o objetivo de conscientizar as pessoas da importância de consultar sempre médicos e estar sempre cuidando da saúde. Para falar sobre o assunto, o cirurgião geral, Dr. Antônio Carlos, foi entrevistado durante o programa Acorda Cidade na Recôncavo FM. O médico destacou que houve grandes avanços no combate ao câncer não só no ponto de vista tecnológico, de equipamentos e medicamentos, mas sim de treinamento humano. “Hoje você vê tumores que, até então, por exemplo, não havia condição técnica de abordar. Uma cirurgia minimamente invasiva como um tumor de pott é só colocar pinças no céu da boca do paciente, tirando-o sem abrir a cabeça do mesmo. O de pâncreas que até então era incurável, hoje com o avanço se retira com 100% de cura”, explicou. Segundo Antônio, infelizmente nos países considerados de 3º mundo, apesar de não concordar que o Brasil é a 6ª economia do mundo, houve uma regressão do ponto de vista do tratamento de câncer no SUS, que regrediu em comparação há algumas décadas. Com relação ao tratamento no município de Santo Antônio de Jesus, ele relatou que há alguns anos atrás a Santa Casa realizava cirurgia de próstata, tireoide, vesícula e mioma pelo SUS e hoje nenhum procedimento cirúrgico é feito, assim como a região. “Houve uma regressão no ponto de vista do tratamento de câncer na região. O paciente que tem um câncer de pele, por exemplo, fica penando sem fazer a cirurgia, levando até meses ou anos na fila de espera”, disse.

Comente agora
13
Abr
Site indica 11 alimentos que ajudam a resolver inchaço na barriga
Postado por: Letícia Oliveira / 13:06h
Para quem vive indisposto com aquele inchaço que aparece toda vez que se alimenta e ainda quer uma boa imagem do abdômen, um site listou 11 alimentos que ajudam a resolver o problema. Confira abaixo as dicas do site FitSugar e os benefícios que você pode conseguir.  
Mamão: Mamão ajuda a digestão e ainda previne a constipação. As enzimas dele (papaína e quimopapaína) também colaboram para quebrar as proteínas e a acalmar o estômago, o que promove um ambiente ácido saudável. 
Grãos integrais: Opte por grãos integrais em vez de grãos refinados. Além de serem cheios de nutrientes e antioxidantes, são ricos em fibras insolúveis, que ajudam a manter o funcionamento do intestino. Quinoa, em particular, é também boa fonte de potássio, que ajuda a evitar o inchaço. 
Banana: Às vezes, a sensação de inchaço é o resultado de comer alimentos ricos em sódio. O alívio para esse desconforto pode ser tão simples quanto comer banana. Rica em potássio, a fruta auxilia a eliminar o excesso de sódio do corpo.



Comente agora
13
Abr
Pesquisa aponta que 64% de mulheres de Salvador não sabem identificar a endometriose
Postado por: Letícia Oliveira / 10:39h

Uma pesquisa revela que cerca de seis milhões de mulheres sofrem com endometriose no Brasil. Em Salvador, 64% das entrevistadas do levantamento desconhecem a doença. Os dados são de um estudo feito neste ano pela Associação Brasileira de Endometriose e Ginecologia Minimamente Invasiva (SBE). O mesmo levantamento aponta que 53% das mulheres em todo o país não sabem identificar o problema que provoca dores, sangramento irregular e é uma das principais causas de infertilidade e perda de qualidade de vida entre a população feminina. No mundo, a enfermidade afeta mais de 170 milhões. Para chegar aos resultados no Brasil, a SBE entrevistou dez mil mulheres, com idade acima de 18 anos, em Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador. O resultado reforça o fato de que as mulheres ainda não estão bem informadas sobre a endometriose, o que dificulta a detecção e tratamento da doença. A endometriose é a inflamação do endométrio, tecido que reveste a parede do útero. Quando as células do endométrio, em vez de serem expelidas durante a menstruação, voltam aos ovários e ao abdômen, elas se multiplicam e causam sangramento. Informações do Estado de Minas.

Comente agora
13
Abr
Doenças transmitidas por insetos matam 1 milhão de pessoas por ano no mundo
Postado por: Letícia Oliveira / 10:01h

Uma picada de inseto às vezes parece inofensiva, mas pode trazer uma grande dor de cabeça. Mosquitos, moscas, carrapatos e caramujos de água doce são exemplos de pequenos bichos que causam doenças graves, podendo levar à morte. Para chamar atenção sobre o assunto, a Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou a campanha: “Pequenas picadas: grandes ameaças”. Neste ano, o órgão destaca que doenças como a malária, dengue, leishmaniose e febre amarela podem ser prevenidas, porém ainda afetam as regiões mais pobres, sobretudo os que moram em áreas rurais. A estimativa é que um milhão de pessoas morrem todos os anos de doenças transmitidas por insetos e o número de pessoas infectadas supera um bilhão. Além disso, mais da metade da população mundial correm o risco de serem infectados. De todas as enfermidades causadas por vetor, a mais letal é a malária. Estima-se que tenha causado 660 mil mortes em 2010, sendo as crianças africanas mais atingidas. No entanto, a OMS ressalta que a doença que mais cresce em número de vítimas no mundo é a dengue, cuja incidência aumentou 30 vezes nos últimos 50 anos. “A globalização do comércio e deslocamentos rápidos entre continentes, assim como mudanças no meio ambiente, como alteração do clima e urbanização tem exercido grande impacto na transmissão de doenças transmitidas por vetor, inclusive causando seu aparecimento em países onde eram antes desconhecidas”, afirma a OMS.

Comente agora
13
Abr
Anvisa: Nova regra acelerará certificação de produtos de saúde
Postado por: Letícia Oliveira / 08:08h

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) editou uma nova regra que deverá facilitar a certificação de produtos de saúde. As novidades estão presentes na resolução nº 15 da Anvisa, sobre os requisitos relativos à comprovação do cumprimento de Boas Práticas de Fabricação para fins de registro de Produtos para Saúde, publicada esta semana no Diário Oficial da União. A agência acredita que essa resolução favorecerá o registro de novas tecnologias no País. A Anvisa explica que foram estabelecidas três mudanças importantes. Uma das novidades é que a Anvisa poderá utilizar relatório de auditoria emitido por terceiros como subsídio para emissão do Certificado de Boas Práticas de Fabricação (CBPF). Nesse sentido, atualmente a agência participa de um projeto-piloto de auditoria única que reúne Canadá, Estados Unidos, Austrália e Japão. “Um trabalho articulado entre as agências reguladoras de todo o mundo é essencial em um contexto onde a produção dos equipamentos é global, pois nenhuma agência, de forma isolada, dará conta da demanda de inspeções e auditorias que vem se desenhando para os próximos anos”, comenta o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Barbano.

Comente agora
12
Abr
Jovem perde memória após acidente, mas não esquece vício em cigarro
Postado por: Anacley Souza / 10:46h

No dia 1º de novembro de 2013, o caixa de uma casa de shows Thiago Matos voltava de moto do trabalho quando sofreu um grave acidente. Ele ficou quase um mês internado no hospital e passou 19 dias em coma. Quando saiu do coma, Thiago tinha perdido a memória, não reconhecia parte das pessoas, como a própria irmã e a avó, mas não havia se esquecido do vício de fumar. “Perdi a memória com o acidente. Lembro bem que eu pedia cigarro para todo mundo, depois que saí do coma. Não sabia o nome das pessoas, mas pedia cigarro”, conta o jovem morador de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul. Evidentemente, ninguém deu nenhum cigarro para Thiago. E o mês de abstinência compulsória o ajudou a abandonar o vício. Já faz cinco meses que ele não fuma. Perdi a memória com o acidente. Não sabia o nome das pessoas, mas pedia cigarro" O caixa, que hoje tem 24 anos de idade, começou a fumar muito jovem, por volta dos 10 anos. O vício começou do hábito de acender cigarros no fogão para a mãe e para a avó. “Eu não culpo minha mãe, nem minha avó, o errado fui eu. (...) Elas não deixavam, falavam para eu não fumar, mas quando vi, já estava fumando.” Durante o período em que esteve internado, Thiago teve pneumonia e precisou ser submetido a uma traqueostomia. “Os médicos disseram que meu pulmão estava muito sujo de nicotina. Por pouco não morri. (...) Peguei pavor de acontecer de novo isso, de furar minha garganta. Nunca mais quero saber de cigarro, não quero nem sentir o cheiro”, diz. Antes de parar de fumar, ele consumia cerca de dois maços de cigarro por dia. Thiago diz que o primeiro mês foi o mais sofrido, mas que agora já lida melhor com a situação. Ao voltar do hospital, ele jogou fora um pacote de cigarros que tinha guardado em casa. “Espero nunca cair em tentação.”(Bem Estar)

Comente agora
12
Abr
Crise na Saúde: Ministério Público faz exigências para que Hospital Jaar Andrade continue funcionando
Postado por: Anacley Souza / 10:04h

Caso a Justiça acate pedido do Ministério Público estadual, o Hospital Jaar Andrade, na capital do estado, pode ter que readaptar suas instalações e rever procedimentos operacionais em diversas áreas. A ação civil pública, de autoria da promotora de Justiça Joseane Suzart, foi proposta após inúmeras irregularidades serem detectadas pela Diretoria de Vigilância Sanitária (Divisa) da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia. Ela requer, em caráter liminar, que o local seja obrigado a zelar pela higiene dos recursos materiais e humanos utilizados, e cumprir as normas legais e técnicas “para não continuar colocando em risco a situação dos usuários”, conforme destacou Joseane Suzart. O hospital deverá adequar número de leitos nos apartamentos, regularizar aspectos do centro cirúrgico, calibrar e renovar aparelhos de climatização, entre outras melhorias. Outro aspecto citado pela ação é providenciar instalações devidas, “uma vez que as existentes são precárias e não atendem às necessidades atuais de operação da unidade”, como afirmou a promotora. O hospital é investigado desde 2013, e chegou a firmar um termo de ajustamento de conduta “que não foi cumprido”. Para a autora, não há “qualquer outra solução extrajudicial possível, considerando que o estabelecimento não tem condições de obter nem mesmo a renovação da Licença Sanitária necessária ao seu funcionamento, conforme informou a Divisa”. (Mistério Público da Bahia)

Comente agora
12
Abr
Com Aedes aegypti como transmissor, vírus chikungunya pode proliferar no Brasil, diz estudo
Postado por: Anacley Souza / 08:46h

Depois de ter causado epidemias na Ásia, África, Europa e Caribe, o vírus chikungunya tem grande chance de proliferar no Brasil e em outros países americanos, de acordo com um estudo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) em parceria com o Instituto Pasteur. A pesquisa foi publicada no Journal of Virology e afirma que em cidades populosas, como o Rio de Janeiro, com grande infestação de um dos vetores da doença, o mosquito Aedes aegypti (também transmissor da dengue), o risco de disseminação é muito alto. A preocupação dos pesquisadores com o avanço da doença na América Latina foi o relatos de casos suspeitos da febre do chikungunya na ilha de Saint Martin, no Caribe, segundo o coordenador do estudo, Ricardo Lourenço, do Laboratório de Hematozoários do IOC. "Desde 2004, o vírus vem se alastrando pelo mundo e já houve registro de casos importados no Brasil, envolvendo pessoas que viajaram para outros países. A transmissão da doença em solo brasileiro ainda não ocorreu, mas a pesquisa recém-concluída revela que há um risco real e é preciso agir para evitar uma epidemia grave, uma vez que os mosquitos transmissores são os mesmos da dengue", disse. Assim como a dengue, não há vacina e remédio específico contra o chikungunya, apenas hidratação e uso de medicamentos para tratar os sintomas da doença, que são semelhantes ao da dengue, mas somam-se a dores nas articulações que podem durar vários dias. Com informações do portal Terra.

Comente agora
12
Abr
Ministério diz que vai analisar estudo que questiona eficácia da vacina para H1N1
Postado por: Anacley Souza / 08:25h

O Ministério da Saúde informou que vai avaliar em profundidade o estudo da Cochrane Collaboration – rede independente e global de pesquisadores especializada em revisões sistemáticas na área da saúde – que concluiu que o medicamento antiviral tamiflu (oseltamivir) não evita a disseminação da gripe e nem reduz as complicações perigosas da doença, apenas ajuda com os sintomas. O estudo foi publicado na quinta-feira (10). No combate ao vírus H1N1, segundo o estudo britânico, o medicamento não seria mais eficaz do que um paracetamol, analgésico popular usado em vários países. O tamiflu tem sido usado em larga escala no Brasil e no mundo para o combate ao vírus H1N1 desde a pandemia de gripe A de 2009. Em nota, o Ministério da Saúde afirmou, no entanto, que “o antiviral oseltamivir (tamiflu) é indicado para o tratamento de casos graves e de pessoas com fatores de risco. Esta indicação se baseia em estudos clínicos e respaldada por recomendações de instituições de referência, como a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos”. O ministério acrescenta ainda que "estudos realizados no Brasil têm confirmado a importância da administração do oseltamivir, rapidamente, nas situações indicadas como medida capaz de reduzir complicações e mortes decorrentes da influenza (gripe)." Em 2009, um levantamento feito pela Central Estadual de Regulação Hospitalar, da Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul, já havia chegado a uma conclusão preliminar de que o tamiflu poderia não determinar uma evolução melhor do paciente.(Bem Estar)

Comente agora
11
Abr
Para evitar desabastecimento, cai imposto de importação de silicone
Postado por: Redação Voz da Bahia / 23:07h

Para evitar o desabastecimento do mercado interno, a Câmara de Comércio Exterior (Camex) decidiu reduzir o Imposto de Importação do chamado "gel de silicone", utilizado, entre outros, na fabricação de próteses mamárias. Poderão ser adquiridas do exterior 132 toneladas do produto com tarifa reduzida. Com a medida, o imposto de importação cai de 14% para 2% por doze meses. O governo também informou que foi reduzido o imposto de importação de outros produtos por conta do possível desabastecimento do mercado brasileiro. Entre eles, estão: carbonato de bário (alíquota cai de 10% para 2% por 6 meses - produto é usado pelas indústrias de cerâmica, vidros e cristais) e óleo de palmiste (imposto cai de 10% para 2% por seis meses - produto é usado pela indútria alimentícia e cosmética, entre outros). Também foi reduzido o imposto de importação da "adiponitrila" - composto químico usado na fabricação da poliamida (náilon) - de 12% para 2% por 12 meses para 30,7 mil toneladas. O objetivo também é evitar o desabastecimento do produto no mercado interno.

Sobretaxa

Comente agora
11
Abr
Dormir pouco pode matar neurônios
Postado por: Anacley Souza / 14:58h

Em outro estudo, publicado pelo "Journal of Neuroscience", os cientistas identificaram que a privação de sono crônica pode ter efeitos ainda mais graves para a saúde. A investigação utilizou experimentos em camundongos e simulou um padrão de sono considerado ruim, mas que é comum em pessoas que trabalham em turnos noturnos e conseguem dormir apenas quatro ou cinco horas durante o dia. Analisando os resultados obtidos, os pesquisadores identificaram que as cobaias chegaram a perder até 25% dos neurônios de uma parte do cérebro chamada de tronco cerebral. O estudo é a primeira evidência de que noites mal dormidas podem levar à morte de células cerebrais. Mais experimentos devem ser realizados para investigar quais seriam as extensões desses danos em humanos. (Revista Nossa Saúde)

Comente agora
11
Abr
Estudo questiona eficácia e bilhões gastos em tamiflu
Postado por: Anacley Souza / 13:34h

Em 2009, em meio à pandemia de gripe A (chamada inicialmente de gripe suína), vários governos - entre eles o brasileiro - gastaram bilhões de dólares na compra de um remédio que, segundo um novo estudo, não seria mais eficiente do que um analgésico comum. Segundo uma análise da Cochrane Collaboration, uma rede independente e global de pesquisadores e profissionais de saúde, o medicamento antiviral tamiflu (oseltamivir) não evita a disseminação da gripe e nem reduz as complicações perigosas da doença, apenas ajuda com os sintomas. No combate ao vírus H1N1, o medicamento não seria mais eficaz do que um paracetamol, analgésico popular usado em vários países. A Roche, fabricante do tamiflu, e outros especialistas afirmam, entretanto, que a análise da Cochrane Collaboration apresenta falhas.  O medicamento foi receitado em larga escala durante a epidemia de gripe suína em 2009 em vários países do mundo. Na Grã-Bretanha, o Tamiflu começou a ser estocado em 2006, quando algumas agências de saúde previam que uma pandemia de gripe que poderia matar até 750 mil pessoas na Grã-Bretanha. O governo britânico gastou 473 milhões de libras (quase R$ 2 bilhões) na compra do medicamento.

Comente agora
11
Abr
Chocolate amargo é opção para prevenir doenças do coração
Postado por: Letícia Oliveira / 12:08h
Para ter uma Páscoa saudável, não é preciso abrir mão do chocolate - basta escolher o tipo certo. Enquanto o chocolate branco ou ao leite é rico em calorias e gordura, o chocolate meio amargo tem menos calorias e é rico em substâncias antioxidantes, que protegem o coração. A fonte disso está nos flavonoides, uma substância encontrada no cacau e que age como protetor cardiovascular, reduzindo o risco de aterosclerose. Essa doença consiste no acúmulo de gordura nos vasos sanguíneos, o que pode resultar em infarto e AVC (Acidente Vascular Cerebral). Estas configuram doenças cardiovasculares, que lideram as causas de morte no país com quase 30% de todos os óbitos. A recomendação do chocolate meio amargo acontece por ele ser mais rico em cacau, que concentra os flavonoides. “Essa substância auxilia a diminuição da formação de placas de gordura, reduzindo o colesterol ruim (LDL) e aumentando a retirada de colesterol da corrente sanguínea pelo fígado”, explica o Dr. Daniel Magnoni, nutrólogo e cardiologista do HCor. O cacau também possui óleo de theobroma, outro agente com propriedades antioxidantes. Além de reduzir o LDL, a substância contribui para aumentar a taxa do HDL, conhecido como bom colesterol.
Comente agora
11
Abr
Comissão de biossegurança aprova mosquito da dengue transgênico
Postado por: Redação Voz da Bahia / 10:20h

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou nesta quinta-feira (10) a liberação comercial de um mosquito transgênico criado para controlar a população do Aedes aegypti selvagem, que transmite a dengue. O mosquito ainda não estará no mercado imediatamente. Segundo nota da CTNBio, um parecer será publicado no Diário Oficial da União e, a partir daí, órgãos de registro e fiscalização terão 30 dias para se manifestar. Após esse período, caberá à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitir autorizações e registros para o uso em campanhas de saúde pública. Segundo o órgão, ligado ao Ministério da Ciência, é o primeiro inseto geneticamente modificado a obter licença no Brasil. Os integrantes do órgão aprovaram por 16 votos a 1 a produção da linhagem OX513A, desenvolvida pela empresa britânica Oxitec, que já realiza ensaios no país desde 2011, na cidade de Jacobina (BA). Os testes são aplicados pela Universidade de São Paulo (USP) em parceria com a organização social Moscamed. A tecnologia consiste em produzir em laboratório mosquitos machos com dois genes diferentes do Aedes aegypti original. Fêmeas que vivem na natureza e cruzam com esses espécimes modificados geram filhotes que não conseguem chegar à fase adulta. Além disso, as crias do OX513A herdam um marcador que os torna visíveis sob uma luz específica, o que, segundo a Oxitec, facilita o monitoramento e assegura o controle dos insetos.

Comente agora
11
Abr
Crianças com alergia ao leite de vaca exigem atenção especial na Páscoa
Postado por: Letícia Oliveira / 10:19h

Com a Páscoa chegando, supermercados e lojas ostentam em seus corredores armações onde penduram centenas de ovos de chocolate que encantam as crianças com seus papéis coloridos, desenhos de personagens e a variedade de tamanhos. No entanto, para quem tem em casa ou na família criança com Alergia à Proteína do Leite de Vaca (APLV) essa época pode não ser uma das mais tranquilas, afinal, o que dar aos pequenos que não podem consumir produtos que contenham proteínas do leite e seus traços? No Brasil, a APLV tem ficado mais conhecida uma vez que o problema atinge atualmente uma em cada 20 crianças. Seguir a dieta isenta das proteínas do leite à risca é muito importante, mesmo nesta data comemorativa, uma vez que um inocente pedaço de ovo de Páscoa pode desencadear na criança os sintomas da APLV, por exemplo, sangue nas fezes, refluxo, reação de pele, irritabilidade e dores abdominais, entre outros. Um cuidado ainda maior precisa ser destinado às crianças que apresentam reações graves, como o choque anafilático. Seja no período da Páscoa e durante todo o ano, é imprescindível que as famílias sigam as orientações do médico ou do nutricionista responsável pelo tratamento da criança. Algumas marcas já produzem ovos de Páscoa isentos de proteínas do leite e traços da mesma, no entanto, segundo a nutricionista Renata Pinotti, “indicá-las é delicado pois as empresas têm mudado as informações sobre seus produtos com freqüência.

Comente agora
11
Abr
Diminuição da atividade física aumenta obesidade, alerta professor americano
Postado por: Letícia Oliveira / 08:27h

A diminuição da atividade física com o passar do tempo dificulta o consumo das calorias ingeridas e é parcialmente responsável pela crescente obesidade no mundo, segundo o pesquisador americano e professor da Universidade da Carolina do Sul Robin Shook. O cientista americano, um dos principais palestrantes nesta semana do V Congresso Internacional de Atividade Física e Saúde Pública, no Rio de Janeiro, afirmou à Agência Efe que, diante dessa relação inversamente proporcional entre exercícios e obesidade, "tentamos conseguir com que as pessoas aumentem suas atividades e, deste modo, melhorem a regulação da energia". Shook declarou que parte do trabalho que os homens desenvolveram historicamente mostra que enquanto se aumenta a atividade física, é possível igualmente aumentar o consumo de calorias para compensá-lo e manter o peso corporal, algo que não ocorre no sentido contrário. Além disso, ele declarou que, tradicionalmente, na hora de encontrar uma causa para o aumento do peso corporal - o que atualmente é considerado uma pandemia -, os cientistas se concentram no consumo de alimentos. "Nossos estudos mostram que, se você é fisicamente ativo, é muito mais possível que regule a quantidade de comida que deveria consumir", disse.

Comente agora
11
Abr
Central de Marcação responde à reclamação de cidadã
Postado por: Letícia Oliveira / 07:58h

Em entrevista a Rádio Recôncavo FM, Ana Freitas, Gerente de Controle e Avaliação da Central de Marcação, respondeu ás reclamações de uma cidadã que denunciou demora na marcação de exames. Ela explicou que a forma de marcação foi mudada, como já havia sido falado em outra oportunidade, com objetivo de mudar o longo tempo de espera. “Com essa mudança estão recebendo as requisições no período de 15 dias, essas são avaliadas com relação ao tempo que a pessoa está esperando. Avaliamos quem está esperando a mais tempo e aquelas que tem relatório médico mais antigo é marcado”, comentou. Segundo Ana, quando o médico envia um relatório pedindo uma marcação com gravidade e este está com data muito antiga, a coordenadora Carline avalia a siatuação e depois marca, seguindo os requisitos. “Por mais que queiramos prestar serviço a população, a gente ainda não tem um quantitativo de vaga que alcance a população, então precisamos seguir critérios”, afirmou. A gerente ressaltou que se a requisição for marcada estará no Posto de Saúde, caso contrário ficará na Central de Marcação até o mês seguinte.

Redação Voz da Bahia - Letícia Oliveira

Um comentário
11
Abr
Pacientes que nasceram sem vagina ganham órgão feito com suas células
Postado por: Redação Voz da Bahia / 07:39h

Quatro jovens que nasceram sem vaginas ou com vaginas anormais receberam implantes de material cultivado em laboratório feito a partir de suas próprias células, no mais recente caso de sucesso na criação de órgãos de substituição que até agora incluem também traqueias, bexigas e uretras.Testes de acompanhamento mostraram que as novas vaginas não se diferenciam do tecido próprio das mulheres e seu tamanho cresceu à medida que as mulheres, que receberam os implantes quando adolescentes, amadureciam. Todas as quatro mulheres já são sexualmente ativas e relatam função vaginal normal. Duas das quatro, que nasceram com um útero funcional, mas sem vagina, agora menstruam normalmente. Ainda não está claro se essas mulheres poderão ter filhos, mas o fato de estarem menstruando sugere que seus ovários estão funcionando normalmente, por isso a gravidez pode ser possível, disse o Dr. Anthony Atala, diretor do Centro Médico Batista Wake Forest, do Instituto de Medicina Regenerativa do Estado da Carolina do Norte.

Comente agora
11
Abr
Secretaria da Saúde de Juazeiro reforça trabalho de prevenção de doenças
Postado por: Letícia Oliveira / 07:07h
O secretário de saúde, Cássio Garcia, participou nesta quinta feira (10) do Programa Sem Fronteiras onde divulgou as ações que estão sendo realizadas pela pasta durante o período chuvoso na cidade, principalmente nos bairros mais atingidos. Cássio Garcia destacou a força tarefa que vem sendo feita pelos agentes de endemias. “A chuva é necessária, mas traz transtornos com o acúmulo de água ou contaminação da água vinda dos canais ou dos esgotos que podem levar o contágio de doenças como leptospirose, hepatite A, diarréia, dengue, leishmaniose, dentre outras”, afirmou. O titular da pasta lembrou que as doenças podem ser evitadas se a população tomar os devidos cuidados para minimizar os riscos e os problemas causados pela chuva, principalmente a proliferação da dengue. “Os profissionais dão dicas durante as visitas às residências. A equipe da Vigilância Epidemiológica está preparada e mobilizada, dando atenção especial a toda população, orientando inclusive, que as pessoas evitem o contato com as águas acumuladas e escoem águas de pneus, lixos, garrafas e fechem as caixas d’água”, informou.
Comente agora
10
Abr
Especialista mostra que apneia do sono aumenta o risco de uma morte súbita
Postado por: Letícia Oliveira / 15:32h

Uma pesquisa da Fundação Britânica do Pulmão mostrou que uma em cada três pessoas perde, em média, 23 dias de sono por ano, em virtude do ronco do companheiro. Mas o barulho, que pode causar brigas entre casais e até mesmo a separação, deixou de ser um incômodo apenas para o parceiro e pode ser sinal de uma doença grave para quem o emite: a apneia. Os portadores da doença, caracterizada por paradas respiratórias que ocorrem durante o sono e duram, no mínimo, 10 segundos, apresentam risco elevado de morte súbita por causa cardíaca, segundo estudo publicado pelo Centro de Distúrbios do Sono estadunidense. No Brasil, 33% da população sofre com o problema, segundo o Ministério da Saúde. No entanto, a maioria nem sabe que tem a doença, já que apenas um exame que monitora o sono é capaz de diagnosticá-la, a polissonografia. “Entre as causas mais comuns da apneia estão o mau posicionamento da mandíbula, excesso de peso, obstrução parcial das vias aéreas superiores e algumas alterações hormonais. Mulheres apresentam maior risco quando entram na menopausa”, explica Kenya Felicíssimo, única dentista na Bahia com certificação em Odontologia do Sono.

Comente agora
10
Abr
Novo vírus pode se espalhar por todo o Brasil com a vinda de estrangeiros
Postado por: Letícia Oliveira / 13:59h

É grande a possibilidade de um novo vírus se espalhar pelo Brasil. O alerta é da Fundação Oswaldo Cruz e do Instituto Pasteur, que fizeram um estudo em conjunto. O vírus chikungunya vem se alastrando pelo mundo desde 2004 e já causou epidemias na Ásia, África, Europa e Caribe. A transmissão em solo brasileiro ainda não aconteceu, mas a pesquisa da Fiocruz alerta para o risco disso acontecer com a vinda de turistas estrangeiros para a Copa do Mundo. O preocupante é que o vírus é transmitido pelo aedes aegypti, o mesmo que transmite a dengue e a febre amarela - um mosquito que existe em todas as partes do Brasil. Ainda não existe vacina, nem remédio contra o chikungunya. Os sintomas são semelhantes aos causados pela dengue: febre e dores no corpo, além de fortes dores nas articulações. O tratamento é parecido: bastante água para hidratar e remédios que aliviam os sintomas.

Comente agora
10
Abr
Alterar enzima pode ajudar a tratar obesidade e diabetes tipo 2
Postado por: Letícia Oliveira / 13:46h

Alterar os níveis de uma enzima do corpo pode ajudar a melhorar o tratamento contra obesidade e diabetes tipo 2, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira na revista britânica "Nature". A pesquisa foi realizada por uma equipe da Escola de Medicina de Harvard (EUA) liderada por Barbara Kahn, em parceria com Charles Brenner, da Universidade de Iowa. Os cientistas alteraram os níveis da enzima nicotinamida N-metiltransferasa (NNMT) em ratos, que se encontra principalmente no fígado, e analisaram sua influência na obesidade e no diabetes tipo 2. O corpo humano tem várias enzimas, algumas produzidas pelo corpo e outras pelos alimentos, que colaboram para o seu funcionamento. Segundo os pesquisadores, a redução da enzima NNMT nos ratos ajudou a proteger os animais da obesidade induzida pela dieta e das consequências do excesso de peso. Kahn e os cientistas avaliaram um grupo de ratos que tinham obesidade e diabetes, e registravam altos níveis de NNMT no fígado e no tecido adiposo branco. Os pesquisadores diminuíram a quantidade de enzima NNMT com medicamentos conhecidos como oligonucleotídeos antisense (ASSO).

Comente agora
10
Abr
Mulher diz que morte do pai foi resultado de negligência médica em hospital de Laje
Postado por: Anacley Souza / 12:43h

Nesta quinta-feira (10), uma cidadã fez uma denúncia contra o Hospital Municipal Vereador Ranulfo José de Almeida na cidade de Laje. Em entrevista a repórter Bruna Leal da rádio Recôncavo Fm, Marinalva de Jesus, filha do paciente relatou o acontecimento e denunciou descaso no atendimento. De acordo com a entrevistada, seu pai, deu entrada no Hospital de Laje com sintomas de AVC (Acidente Vascular Cerebral) no último domingo (6) e foi internado como paciente comum, “alertamos ao médico e ele disse apenas que meu pai estava somente com a pressão alta”, recorda. De acordo a denunciante todos os sintomas foram relatados ao médico, como citou, dormência nas pernas e nos braços e fortes dores de cabeça, “meu pai foi colocado no soro e vomitou nas dependências da sala e o médico o internou”, fala. Marinalva falou que nenhum exame foi solicitado e na terça-feira (8) recebeu alta sem nenhuma melhora, “ele falava embolado, não reconhecia as pessoas e não se movia direito. Estava nítido que seus movimentos estavam limitados e sua perna estava paralisada”, contou.

Marinalva salientou que não contente com o atendimento médico e devido às dores de cabeça de seu pai ter se intensificado ela o trouxe para uma consulta particular com um neurologista em Santo Antônio de Jesus. De acordo a denunciante foi solicitado uma tomografia de urgência onde foi identificado o derrame cerebral, “Dr. Agenor encaminhou meu pai para ser internado no Hospital Regional onde ficou internado na UTI”, ressaltou.

Marinalva, em entrevista disse que o quadro de saúde de seu pai piorou e foi constatada morte cerebral, “os médicos só puderam retirar os aparelhos depois de confirmada a morte em um exame. Meu pai morreu por negligencia médica. Estou aqui denunciando a falta de responsabilidade dos médicos no hospital de Laje. Não quero que algo desse tipo se repita com outras pessoas”, salienta. A denunciante e a família disse que procurarão o Ministério Público e dará inicio a um processo contra o hospital e contra o médico e comprovará que seu pai morreu vítima de negligência.

  1. Redação: Voz da Bahia
Comente agora
Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com