As comentadas


Bom dia , Quinta-feira, 30/06/2016








Enquete



Reflita

Blog

Saúde

09
Mar
Ministério da Saúde muda critério para definir microcefalia
Postado por: Anacley Souza / 19:11h

O Ministério da Saúde vai mudar a partir desta quarta-feira (9) os critérios que classificam uma criança com microcefalia. Até então, considerava-se que que bebês com circunferência da cabeça igual ou menor a 32 cm tinham a má-formação. Agora, com o novo parâmetro, a pasta passa a considerar referências diferentes para meninos e meninas: para os garotos, a medida será igual ou inferior a 31,9 cm e, para meninas, igual ou inferior a 31,5 cm. Segundo o coordenador-geral de Vigilância e Resposta às Emergências em Saúde Pública do Ministério da Saúde, Wanderson Oliveira, o objetivo da mudança é padronizar as referências para todos os países, valendo para bebês nascidos com 37 ou mais semanas de gestação. — Isso vai evitar que crianças normais entrem nas estatísticas e que as mães fiquem preocupadas. Na prática, teremos mais crianças adequadamente identificadas e menos crianças normais sendo investigadas. A aferição do perímetro deve ser feita, preferencialmente, após as primeiras 24 horas, ou até o fim da primeira semana do nascimento, explicou Oliveira. "Cada centímetro faz diferença e os serviços de saúde estão habilitados e capacitados para fazer essa medição. O que a OMS traz é um padrão internacional que vai nos ajudar a comparar os dados com outros países. Ainda de acordo com o coordenador-geral, a confirmação de microcefalia e a sua associação a outras infecções só pode ser feita após realização de exames complementares". Oliveira ainda disse que, caso o bebê nasça com perímetro cefálico normal e venha a apresentar algum problema, ela será acompanhada pela pediatria. "Todas as crianças que foram notificadas serão acompanhadas. Não haverá descarte pela mudança do perímetro" . De acordo com o coordenador, a OMS [Organização Mundial de Saúde] caracterizou também o que é microcefalia, microcefalia grave e microcefalia com anormalidade no cérebro.

Comente agora
09
Mar
Mucugê é a única cidade da Bahia sem doenças causadas pelo Aedes
Postado por: Anacley Souza / 18:15h

Dos 417 municípios da Bahia, apenas um ainda não registrou casos de dengue, chikungunya ou zika em 2016. Conforme a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), trata-se de Mucugê, cidade com 10.244 habitantes, segundo dados do IBGE, localizada na região turística da Chapada Diamantina, a cerca de 450 quilômetros de Salvador. Segundo a Sesab, de janeiro até 22 de fevereiro deste ano, foram notificados em todo o estado 7.700 casos suspeitos de dengue em 201 cidades; 1.777 de zika em 18 cidades; e 1.240 de chikungunya em 68 cidades.

Dengue: Em 2016, os 7.700 casos notificados representam um aumento de 405%, quando comparado ao mesmo período de 2015, quando foram registrados 1.920 casos. Do total de municípios da Bahia, a Sesab destaca que 201 (48,20%) notificaram a ocorrência da doença, entre os quais se destacam dez municípios por concentrarem 67,31% dos casos prováveis.

Comente agora
09
Mar
Veja dicas para se prevenir da infecção urinária
Postado por: Débora Ayane / 14:40h

Sente dores na hora de fazer xixi, vontade frequente de ir ao banheiro ou mudança no odor da urina? Você pode estar com infecção urinária. De acordo com o levantamento feito pela Secretaria da Saúde de São Paulo esta doença interna, em média, 94 pessoas por dia em hospitais públicos do Estado de SP.No ano de 2014 foram registradas 34.343 internações pela infecção, das quais 66,6% eram de pacientes do sexo feminino. O período de janeiro a março correspondeu a 28% das internações.Estudos apontam que alguns fatores contribuem para as mulheres serem mais suscetíveis à infecção, dentre eles a própria anatomia do corpo feminino. Para manter o canal da uretra sempre limpo, é fundamental ingerir bastante líquido e evitar segurar a urina, já que quando urinamos automaticamente lavamos a bexiga e evitamos a proliferação de bactérias.Foi realizado um levantamento dos sintomas da infecção urinária. Entre eles podem ser a dor ou ardência na hora de urinar, diminuição na quantidade de urina liberada, vontade frequente de ir ao banheiro e mudança no odor da urina. Em alguns casos mais graves, a infecção pode ocasionar febre e até a presença de sangue na urina. Dicas para prevenir a infecção urinária:

- Ingerir bastante água ou outros líquidos por dia, como sucos;

- Evitar segurar a urina;

- Higienizar as áreas genitais antes e depois de relações sexuais;

- Após a evacuação, ao higienizar a vulva e região perianal, limpar sempre no sentido de frente para trás, para evitar que bactérias passem do ânus para a vagina.

Comente agora
09
Mar
Casos suspeitos de microcefalia sobem para 863; 156 são confirmados
Postado por: Dulce Santana / 11:03h

Subiu de 817 para 863 o número de casos suspeitos de microcefalia na Bahia, segundo boletim atualizado divulgado nesta terça-feira (8) pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Ao todo, 156 casos foram confirmados, após realização de exames de imagem - o número de casos confirmados no último balanço era 136. Os números correspondem ao período de outubro de 2015 a 5 de março de 2016. Em todas as situações, os bebês nasceram com perímetro cefálico menor ou igual a 32 centímetros. O número de mortes pela doença na Bahia, divulgado no último boletim, era 24, mas a secretaria retificou a informação no boletim desta terça e disse que 23 óbitos foram notificados até então. Uma das mortes, que ocorreu na cidade de Eunápolis, na região sul, foi descartada como sendo causada por microcefalia, segundo a Sesab. Também em relação ao último boletim, o local da morte de uma das vítimas foi retificado para o município de Camaçari, na região metropolitana de Salvador. A morte havia sido registrada como sendo na cidade de Cruz das Almas, e a informação foi corrigida pela secretaria municipal de saúde. Os casos suspeitos divulgados nesta terça-feira pela Sesab foram notificados em 144 municípios, sendo que Salvador continua com o maior número (406). Os 23 óbitos foram registrados nos seguintes municípios: Alagoinhas (1); Barro Preto (1); Camaçari (3); Cravolândia ( 1); Campo Formoso (1); Crisópolis (1) ; Itabuna ( 1); Itapetinga (1); Olindina (1); Salvador ( 7); Tanhaçu (1); Senhor do Bonfim (1); Esplanada (1); Feira de Santana (1) ; Presidente Tancredo Neves (1).

Comente agora
09
Mar
Projeto que regulamenta uso da 'pílula do câncer' é aprovado na Câmara
Postado por: Dulce Santana / 10:39h

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (8) o Projeto de Lei 4.639/16, que autoriza a produção e o uso da fosfoetanolamina sintética aos pacientes com câncer. Segundo informações da Agência Brasil, o projeto permite que a pílula do câncer seja liberado para uso antes da conclusão das pesquisas destinadas para seu registro definitivo na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O projeto foi assinado por 25 deputados de diversos partidos e segue para o Senado. A justificativa do projeto cita que “pesquisadores vinculados ao Instituto de Química de São Carlos, da Universidade de São Paulo (USP), conseguiram desenvolver uma via de síntese laboratorial dessa substância naturalmente encontrada no corpo humano e passaram a distribuir o produto da síntese para doentes que não mais dispunham de alternativas terapêuticas eficazes contra os cânceres”. Pelo projeto, pacientes diagnosticados com neoplasia maligna poderão, por livre escolha, fazer uso da fosfoetanolamina sintética, desde que um laudo médico comprove o diagnóstico e que o paciente, ou seu representante legal assine um termo de consentimento e responsabilidade. A opção pelo uso voluntário da substância não elimina o direito de acesso a outras modalidades terapêuticas

Comente agora
09
Mar
Gilberto Gil tem alta e já está em casa: 'Está tudo bem', diz Flora Gil
Postado por: Redação Voz da Bahia / 09:42h

Gilberto Gil teve alta do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, na terça-feira, 8. A informação, noticiada primeiramente na coluna de Ancelmo Gois no "Globo", foi confirmada ao EGO pela mulher de Gil, Flora Gil. "Está sim, mas agora ele está dormindo. Está tudo bem", disse ela, informando que o cantor já está em casa e com a saúde em dia. O cantor esteve no hospital para uma série de exames de rotina, mas acabou ficando alguns dias internado. A internação acabou se estendendo ainda mais devido à ausência de um scanner de imagem, totalizando 12 dias. Procurada pelo EGO na segunda-feira, 7, uma das filhas do cantor, Bela Gil, confirmou a informação e tranquilizou os fãs sobre o estado de saúde de Gilberto. "Está tudo bem com o meu pai e talvez ele saia na quarta", disse a apresentadora. Gil apresentou um quadro de hipertensão arterial, confirmado pela assessoria do cantor. "É verdade. Ele apresentou apenas um pico na sua pressão, nada de mais, e foi fazer uma bateria de exames. Ele já está ótimo e está voltando para o Rio", disse o representante do artista em entrevista ao EGO no dia 29 de fevereiro. Na ocasião, o Hospital Sírio-Libanês informou que não tinha novas informações sobre o estado de saúde do cantor e que prevalecia o último boletim médico, publicado no dia 29 de fevereiro.

Comente agora
09
Mar
Mucugê é a única cidade da Bahia que ainda não registrou dengue, zika ou chikungunya
Postado por: Redação Voz da Bahia / 06:59h

Enquanto 288 municípios na Bahia sofrem com o zika vírus, outros 237, com a chikungunya e mais 380 registraram agravo da dengue no ano passado, uma cidade no território da Chapada Diamantina vive outra realidade. A 462 quilômetros de distância da capital baiana, Mucugê ainda não registrou casos autóctones de nenhuma das três doenças, cujos vírus são transmitidos pelo mosquito Aedes aegypti. A superintendente de Vigilância Sanitária da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), Ita de Cácia, relatou ao Bahia Notícias que não foi encontrado nenhum vetor da dengue, zika e chikungunya na cidade, mas ainda não se sabe o porquê. “Merece estudo. A gente está com proposta para ver qual a condição, se é ambiental, se é o cuidado dos moradores, o que está acontecendo”, adiantou, sem precisar um momento para o início dos estudos, já que todos os esforços da Sesab estão direcionados aos municípios que têm maior incidência. A secretária de Saúde do município, Silvana Medrado, sugere que as condições climáticas podem favorecer a situação em Mucugê. “Acredito que por ser um município de clima frio, a mais de 900 metros acima do mar, não é clima propício para o Aedes aegypti.

Comente agora
08
Mar
Transmissão sexual do Zika é mais comum do que se pensava
Postado por: Anacley Souza / 21:51h

A Organização Mundial da Saúde alertou nesta terça-feira (8) que a transmissão do Zika vírus por relação sexual é mais comum do que se imaginava. Um comitê de emergência aumentou as recomendações para a prevenção da doença. Logo após a reunião em Genebra, na Suíça, veio o anúncio. A diretora da OMS, Margarete Chan orientou grávidas com parceiros que estiveram em países com surto do vírus a usarem camisinha ou até evitar relação sexual, além de recomendar que gestantes não viajem para áreas afetadas. O encontro foi marcado após novos estudos indicarem a ligação entre Zika e má-formação de bebês e também do vírus com a Síndrome de Guillain-Barre. Segundo a organização, nove países, entre eles o Brasil, registraram crescimento da síndrome que até então era rara e provoca paralisia. Chan destacou que a microcefalia é agora apenas uma entre várias anormalidades associadas ao Zika durante a gravidez. A OMS também ressaltou a importância de intensificar estudos que podem comprovar definitivamente a relação entre essas anomalias e o vírus, tarefa que o Brasil assume como protagonista, já que aqui há o maior número de casos documentados. A primeira pesquisa que acompanhou grávidas que tiveram comprovadamente o vírus foi feita no Rio de Janeiro e revelou que, além da má-formação do feto, o Zika pode provocar também alterações na placenta diminuindo a quantidade de nutrientes e de oxigênio para o bebê.

Comente agora
08
Mar
Teste com "pílula do câncer" em humanos é liberado por comissão
Postado por: Anacley Souza / 21:21h

O protocolo de pesquisa com a fosfoetanolamina sintética, substância conhecida como "pílula do câncer", foi aprovado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa do Conselho Nacional de Saúde (Conep/CNS). A substância se apresenta com potencial para curar o câncer, mas ainda não foi testada em seres humanos e não tem liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser usada como medicamento. A aprovação do órgão é necessária para a realização de testes em seres humanos utilizando a fórmula. Segundo a Conep, a liberação foi feita no último dia 4, e, após a análise de todo o protocolo de análises clínicas, a comissão sugeriu apenas que "não haja limitação de ressarcimento ao participante da pesquisa", referindo-se à verba utilizada para transporte e alimentação dos pacientes. A Secretaria Estadual da Saúde informou que "não foi notificada sobre a aprovação e aguarda o parecer da Conep, inclusive, para saber se todos os requisitos para o desenvolvimento do protocolo de pesquisa foram atendidos".

Testes : Desenvolvida pelo professor aposentado Gilberto Chierice, do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP) em São Carlos, a fosfoetanolamina sintética tem sido o centro de polêmicas após relatos de que seria capaz de curar pacientes com câncer. Durante anos, foi distribuída gratuitamente, mas, até o momento, não há comprovação científica de que tem eficácia. Em dezembro do ano passado, a Secretaria Estadual de Saúde anunciou que os testes com a substância seriam realizados em quatro hospitais de referência, entre eles o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), com a participação de até 1 mil pacientes. O investimento informado na época foi de R$ 2 milhões. Na fase inicial do estudo, dez pacientes serão submetidos ao teste de segurança de dose. Caso eles não apresentem efeitos colaterais, grupos de 21 pacientes para cada tipo de câncer selecionado vão tomar a pílula. Dez tipos de câncer serão submetidos ao tratamento com a substância: cabeça e pescoço, mama, colo uterino, próstata, estômago, fígado, pulmão, pâncreas, melanoma, cólon e reto.

Comente agora
08
Mar
Diabetes duplica o risco de doença cardiovascular
Postado por: Dulce Santana / 11:45h

As pessoas com diabetes têm um risco duas vezes maior de vir a sofrer de um episódio de doença cardiovascular do que a população não diabética. Esta é a principal causa de morbilidade e mortalidade entre os diabéticos, sendo responsável por cerca de 80% do total de mortes registradas. Sendo que este risco continua “aumentando exponencialmente depois de o diabético ter um evento cardiovascular, como por exemplo um enfarte do miocárdio ou um AVC. Nestes casos, o risco passa a ser quatro vezes maior e não apenas duas”, explica Pedro Matos, cardiologista e membro da Sociedade Portuguesa de Diabetologia, em comunicado enviado ao Notícias ao Minuto. Pedro Matos sublinha que estes riscos se apresentam para ambos os tipos de diabetes, embora na diabetes tipo 2 sejam superiores. O especialista alerta para a diferença dos sintomas da doença cardiovascular no doente diabético: “Nas pessoas com diabetes, os sintomas da doença cardíaca podem ser diferentes. Nem sempre ocorrem os habituais sinais de alarme, como a angina ou a dispneia, devido à presença frequente de neuropatia autonômica, uma complicação da diabetes nem sempre identificada”. Para tentar prevenir episódios cardiovasculares, o especialista destaca que os doentes diabéticos devem ser “rigorosos no controle da pressão arterial e do colesterol” e que não devem desconsiderar a importância do controle da glicêmia e a mudança do estilo de vida “através de uma alimentação saudável e prática de atividade física regular”, conclui. (Notícias ao Minuto)

Comente agora
08
Mar
S. A. de Jesus: Diretora médica fala sobre os óbitos de recém-nascidos na maternidade da cidade
Postado por: Dulce Santana / 10:26h

Na manhã desta terça-feira, o gerente do Cemitério Municipal de Santo Antônio de Jesus, Luís Santos, falou sobre a grande quantidade de bebês recém-nascidos mortos na cidade. “Antes era um bebê morto a cada seis meses, agora é diariamente. Hoje mesmo foram dois”, realatou. Segundo ele, nos últimos dias foram mais de 05 bebês sepultados no cemitério local, sendo que a quadra reservada para o sepultamento das crianças está lotada, afirmou o gerente. A diretora médica da Maternidade Luiz Argolo, Dra. Jussara Argolo esclareceu as notificações em entrevista à Rádio Andia FM. De acordo com a diretora, as mortes ocorridas ultimamente foram de bebês natimortos (bebês que já nasceram mortos), sendo que dois eram de outros municípios vizinhos. E, o outro que faleceu estava internado há 21 dias com cardiopatia e microcefalia, onde aguardava a regulação que não saiu e acabou vindo a óbito. Ela ainda ressaltou que o caso do bebê com microcefalia não havia relação com o vírus da zika. “Então de 311, só dois óbitos, não acho que seja um percentual tão grande a ponto de ter uma denúncia de excesso de óbito. As pessoas antes de falar alguma coisa, o correto é procurar se informar“, finalizou.

Redação Voz da Bahia/ Dulce Santana

Comente agora
08
Mar
Brumado registra mais de 300 notificações de zika vírus
Postado por: Dulce Santana / 08:37h

A última atualização da Vigilância Epidemiológica (Vigep) de Brumado aponta que as notificações suspeitas de Zika Vírus chegaram a 305 no município, na última semana. Somente nos dois primeiros meses do ano, já foram registradas mais notificações do que em todo ano de 2015, quando foram registradas 256 notificações. O relatório foi atualizado na manhã desta segunda-feira (7) destacando ainda 78 notificações de dengue, sendo 05 casos confirmados, 05 descartados e 68 aguardando análise laboratorial - já a chikungunya teve apenas duas notificações suspeitas que ainda aguardam análise. Apresentando um mapa do levantamento, o coordenador do setor de endemias, Fábio Azevedo, relatou ao site Brumado Notícias que a maioria das notificações ocorre nos Bairros São Félix e Malhada Branca. O coordenador apontou que as localidades só não estão em situação mais crítica por conta da iniciativa dos agentes de endemias, que vêm distribuindo piabas predadoras do mosquito transmissor nas caixas das residências. No entanto, ele explica que devido aos terrenos baldios e casas abandonadas na região, onde não há supervisão, o mosquito tem se proliferado. Embora reduzida, com a nova remessa do larvicida, a Vigep vai realizar uma programação ainda mais intensa nas localidades citadas com borrifação costal dos produtos. A secretaria municipal de saúde aguarda que o estado libere o carro fumacê para auxiliar nos trabalhos.

Comente agora
07
Mar
Deputado viabiliza unidade móvel de Rastreamento de Câncer de Mama para S. A. de Jesus
Postado por: Redação Voz da Bahia / 23:34h

Para homenagear o mês a mulher, o deputado Rogério Andrade viabilizou  diversas ações de saúde para o município trazendo a vinda da Unidade Móvel do Programa Estadual de Rastreamento do Câncer de Mama, que irá realizar mais de 720 Mamografias em Santo Antônio de Jesus. Nos dois finais de semana próximos, de 11 a 13 e 18 a 20), a Unidade estará realizando 120 mamografias por dia, gratuitas, para mulheres na faixa etária de risco (50 a 69 anos). "A nossa parceria mais uma vez é com a ONG Amigas do Peito, que realiza um belíssimo trabalho na cidade através de campanhas de prevenção contra o câncer de mama e apoio a mulheres que são diagnosticadas com a doença", disse o deputado. O agendamento começou hoje (7) e esta semana acontece todos os dias na Casa Rosa - sede da ONG Amigas do Peito, na Rua Castro Alves - em frente a UNIFACS, das 8h às 12h e das 14h às 17h30; na quarta e na quinta-feira (8 e 9), também será feito no Colégio Rômulo Almeida durante todo o dia. E na tarde dessa terça-feira (8), no Centro Espírita José Petitinga, na Rua Alan Kardec, próximo a Cesta do Povo. "A melhor forma de demonstrar carinho é cuidando. Por isso me preocupo tanto com ações na área de saúde. O diagnóstico precoce é fundamental para aumentar as chances de sucesso no tratamento. Estou certo de que há muito a ser feito ainda! Mas também estou certo de que juntos faremos muito mais!", alertou Rogério.

Comente agora
07
Mar
Duas pessoas morreram e 10 casos de H1N1 foram notificados na Bahia
Postado por: Anacley Souza / 22:32h

Em pouco mais de dois meses, duas pessoas morreram com H1N1 na Bahia. Do início deste ano até o dia 3 de março, já são 10 casos notificados da gripe, sendo cinco confirmados. O número está muito acima do registrado no mesmo período de 2015, quando apenas um caso foi registrado, de um paciente vindo de São Paulo. A vacina continua sendo o meio mais eficaz, mas só volta a ser aplicada no mês de abril. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) ainda não sabe o motivo do aumento de casos da doença nesse ano, já que os pacientes confirmados não tiveram contato entre eles. Os casos estão sendo estudados. A principal forma de prevenir a doença é a vacina, que é renovada anualmente. A gripe pode ser transmitida quando uma pessoa doente tosse próximo a outra, porque o vírus fica na saliva e sobrevive até oito horas no ambiente. Por isso, a indicação é lavar as mãos várias vezes ao dia, com água e sabão. A doença tem sintomas parecidos com os da gripe comum, mas é bem mais agressiva. O paciente sente dores no corpo, tosse, febre e mal estar, mas eles geralmente permanecem por mais tempo. "Vai evoluir com uma tosse que persiste e a parte respiratória começa a ficar bastante comprometida. Se evoluir para uma pneumonia por H1N1, então é um caso bastante grave", explica a pneumologista, Tatiana Galvão. "Ele [o paciente] vai precisar ser internado em uma UTI, utilizar medicações de suporte para a parte respiratória, além da medicação específica para o vírus", acrescenta. Ramon Saavedra, coordenador de imunização da Sesab, explica que a vacina precisa ser renovada a cada ano.

Comente agora
07
Mar
E continuam as promoções da Farmácia de Cristina em S. A. de Jesus. Confira!
Postado por: Redação Voz da Bahia / 21:43h

A Farmácia Santana de Cristina em Santo Antônio de Jesus está recheada de promoções. Confira abaixo a relação dos produtos:

Promoção Fraldas Pampers:

Fralda Pampers Total Confort tamanhos P-50/M-44/G-38/XG-34/XXG-30 por apenas R$ 43,90

Promoção Lolly Baby: 

Na compra de qualquer produtos da marca  Lolly Baby você preenche um cupom e concorre a uma linda cadeira Baby para refeição.

Além de todas essa vantagens, você comprando na Farmácia Santana, ainda pode aferir sua  pressão e tem aplicação de injeção grátis no próprio estabelecimento ou em casa com os Técnicos em Enfermagem; Antonia Teixeira, Jaciara Bonfim e Aloísio Oliveira. O serviço é gratuito. Além de todas essas vantagens, a Farmácia tem a farmacêutica Elli Daiane Rodrigues / CRF: 7435, que permanece de plantão em horário comercial.

Veja fotos:

Endereço: Rua 7 de Setembro, nº100 – Centro- Santo Antonio de Jesus - BA

Entrega em domicílio; Ligue:

Comente agora
07
Mar
Segundo especialistas, amamentar não atrapalha a alimentação
Postado por: Anacley Souza / 21:36h

Existe um mito que diz que a amamentação pode atrapalhar a alimentação da criança, diminuindo seu apetite e prejudicando a aceitação de alimentos. Mas a verdade é que o leite materno é a principal fonte de nutrição do bebê até um ano de idade, e funciona como um suplemento alimentar perfeito acima de um ano. Por isso, deixe o bebê mamar feliz. O leite materno constitui mais de 70% dos nutrientes que o bebê precisa . Até o primeiro ano, os alimentos é que são complementares. Mesmo que o bebê aceite muita comida, sempre precisará mamar, já que os alimentos ainda não são digeridos completamente, e não suprem as necessidade nutricionais tal qual o leite materno. Na fase de introdução alimentar, o bebê está conhecendo os alimentos, sabores, texturas, tamanhos e cores. O melhor para que o bebê aceite os alimentos nessa fase é deixar ele se divertir e compartilhar a refeição com a família. Quando comer, como comer e o que comer são comportamentos que aprendemos por imitação. Permitir que o bebê compartilhe da experiência de se sentar junto dos pais na mesa e experimentar os alimentos, pegá-los com suas mãos, é o melhor incentivo. Com o tempo, ele vai pegar pequenos pedaços com os dedos, de forma a praticar a motricidade fina, fazendo movimento de pinça com seus dedinhos. Neste momento, os pais podem desafiar o bebê, colocando pedacinhos de cenoura cozidos, ervilhas ou pedacinhos de batata pequenos no pratinho; deixando-o brincar. Mostrar como deve segurar e comer, colocar na sua boca e provar como é gostoso. Melhor ainda é deixar que ele mesmo pegue os alimentos de seu prato! Ele se sentirá feliz de fazer o mesmo que a mamãe faz. O Ministério da Saúde sugere que o bebê, em torno de um ano de idade, já pode compartilhar a alimentação familiar. E é claro que ela deve ser saudável .

Comente agora
07
Mar
Fisiculturista sofre mal súbito e morre em academia
Postado por: Redação Voz da Bahia / 18:28h

A fisiculturista Alicia Bibianni Costa, 29 anos, morreu após sofrer um mal súbito durante o treino em uma academia do estado do Natal. De acordo com informações da Polícia Militar, publicadas na matéria do site G1 Rio Grande do Norte, a atleta que também é dentista, estava treinando e sentiu dores abdominais. Ela foi socorrida, mas sofreu duas paradas cardíacas no hospital e morreu. Ainda segundo a polícia, ela foi socorrida ao Pronto-socorro Clóvis Sarinho e, em seguida, levada para o Natal Hospital Center. Lá, Alicia sofreu duas paradas cardíacas e não resistiu. Ainda não se sabe o que teria provocado as paradas cardíacas. Alicia Bibianni deixou dois filhos.


Comente agora
07
Mar
Rio tem queda histórica de focos do Aedes aegypti no verão
Postado por: Débora Ayane / 17:44h

Balanço da infestação pelo mosquito Aedes aegypti no Rio, feito pela Secretaria Municipal de Saúde, entre os dias 18 e 24 de fevereiro deste ano, mostrou a menor quantidade de larvas do inseto na história do município para o período de verão: 0,9%. O resultado coloca a cidade na faixa verde, que representa baixo risco para ocorrência da doença. O índice é considerado satisfatório quando está abaixo de 1% de larvas do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.De acordo com a secretaria, o baixo índice de infestação pelo Aedes aegypti se deve ao constante trabalho de prevenção, conscientização e colaboração da população. As ações de combate aos criadouros do mosquito são feitas o ano inteiro, mesmo nos meses de baixa incidência da doença, e reforçados nos meses mais quentes.

Comente agora
07
Mar
Gilberto Gil continua internado em hospital de São Paulo
Postado por: Redação Voz da Bahia / 13:23h

O cantor, compositor e ex-ministro da Cultura, Gilberto Gil, continua internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e não há previsão de alta, de acordo com informações do hospital. Ele foi internado no dia 25 de fevereiro devido a um quadro de hipertensão arterial e desde então segue em tratamento e observação. As equipes médicas que o acompanham são coordenadas pelos médicos Roberto Kalil Filho e Paulo Cesar Ayrosa Galvão.

Comente agora
07
Mar
Confira o Plantão do Hospital Regional durante o final de semana
Postado por: Dulce Santana / 10:38h

Deram entrada na emergência do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, as vítimas:

- A menor de iniciais, V.S.S, 15 anos; Juscelina Amor de Jesus, 31 anos; Adailton dos Santos, 26 anos; Crislane dos Santos Souza e Maria Neves dos Santos, 39 anos, foram vítimas de um capotamento, ambos moradores do Bairro Vermelho.

-Ednei Conceição dos Santos, 24 anos, residente em Santo Antônio de Jesus, vítima de golpe por arma branca.

-Romildo da Silva Do Carmo, 40 anos, residente em Muritiba, vítima de golpe por arma branca.

_Murilo dos Santos Souza, 23 anos, residente na zona rural de Santo Antônio de Jesus, vítima de disparo por arma de fogo.

-Atailton Santos Barreto, 20 anos, residente na zona rural de Santo Antônio de Jesus, vítima de disparo por arma de fogo.

-Manuel dos Santos Reis, 52 anos, residente em Santo Antônio de Jesus, vítima de capotamento.

Comente agora
07
Mar
SAJ: Resultado das mamografias já estão prontos, informa coordenação da ONG Amigas do Peito
Postado por: Anacley Souza / 10:33h

A ONG Amigas do peito em Santo Antônio de Jesus em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde informa que o resultado das mamografias que foram realizadas no mês de janeiro já estão disponíveis. As mulheres que participaram do programa deverão comparecer na sede das Amigas do Peito na Rua Castro Alves, nº 399, centro de Santo Antônio de Jesus. É necessário levar um documento de identidade com foto. Caso o paciente não possa comparecer poderá mandar um portador que deverá levar o documento além da identidade do titular do exame, “é uma forma de garantir que o exame seja entregue de forma correta”, disse Sandra. O atendimento será realizado de segunda a quinta-feira das 08: as 12h e das 14h as 17h.

Redação Voz da Bahia

Comente agora
07
Mar
S. A. de Jesus: Vereador Uberdan fala sobre o estado de saúde do seu filho e agradece o apoio recebido
Postado por: Dulce Santana / 09:48h

O vereador Uberdan Cardoso (PT), falou na manhã desta segunda (07) na Andaiá FM sobre o estado de saúde do filho que se encontra internado em salvador há 21 dias. “Antes de tudo eu queria agradecer, por que vi uma comoção geral com essa situação do meu filho, onde eu recebi milhares de ligações e mensagens nesses últimos 21 dias”, expôs emocionado. O filho do vereador foi acometido de um problema súbito, uma bactéria que teria entrado na corrente sanguínea alojando-se no quadril provocando uma infecção na região Sacrilíaca (a articulação sacrilíaca pode ser uma fonte de dor na região lombar baixa e nádegas podendo acometer até 15% da população. Esta articulação é formada pela junção dos ossos do sacro e ilíacos bilaterais), fazendo com que o adolescente perdesse os movimentos momentaneamente. Uberdan, emocionado agradeceu todo apoio que vêm recebendo durante esse período difícil: “agradeço toda a sociedade de Santo Antônio de Jesus, aos amigos da região, da imprensa, pessoal da igreja católica, das igrejas protestantes, de outras religiões, colegas de trabalhos, colegas do meu filho. Queria agradecer em público e, dizer que ele tem melhorado, porém, continua internado”, relatou. Segundo ele, o diagnóstico demorou de ser dado por que levou muito tempo investigando e não descobria, pelo motivo dos exames solicitados estarem normais. Ele falou que só depois de uma avaliação de outros médicos, foi diagnosticada a doença; uma bactéria causada devido a uma unha encravada.

Comente agora
07
Mar
Epidemia de zika revela ciência forte no país e falta de recursos
Postado por: Dulce Santana / 08:22h

O caráter único da epidemia de zika – que se espalhou muito rapidamente pelo país levantando a suspeita de ser responsável pelo aumento de casos de microcefalia e outros problemas neurológicos – pode ter pelo menos uma consequência positiva: abriu oportunidade para a ciência brasileira se destacar em responder rapidamente a uma emergência de saúde. Provavelmente pela primeira vez em torno de um problema biomédico, a comunidade científica nacional foi muito ágil em se articular, fazer parcerias locais e com instituições estrangeiras e redirecionar esforços dos laboratórios para uma nova causa. Mas essa rápida mobilização, apontam líderes de alguns dos principais grupos de pesquisa, ainda não foi seguida por contrapartida de oferta de recursos do governo federal, o que pode ser um entrave em breve para o avanço dos estudos. “Desde que observamos o aumento nos casos de microcefalia, em outubro, e, a partir do momento em que o Ministério da Saúde decretou a emergência sanitária nacional, em 11 de novembro, a ciência se reorganizou de tal forma que logo começou mostrar evidências muito significativas, que fizeram, por exemplo, o governo mudar sua postura de vigilância e agilizar uma campanha contra o Aedes aegypti”, relata Rodrigo Stabeli, vice­presidente de pesquisa e laboratórios de referência da Fiocruz.

Comente agora
07
Mar
Morre Sérgio Costa, diretor-executivo do Correio
Postado por: Redação Voz da Bahia / 00:17h

Morreu no início deste domingo, por volta das 20h, o diretor executivo do jornal Correio, Sérgio Costa, 55 anos. Costa era carioca, mas morava há anos na Bahia. Pelo Twitter, o governador Rui Costa lamentou o fato. "A imprensa perde um profissional que soube valorizar o seu trabalho. Peço que Deus conforte deus amigos e familiares", lamentou. Costa deixa uma mulher e três filhos. (BN)

Comente agora
06
Mar
Nova caderneta da gestante orienta contra Aedes aegypti
Postado por: Anacley Souza / 16:57h

O Ministério da Saúde acaba de lançar a nova Caderneta da Gestante, instrumento de acompanhamento do pré-natal dirigido aos profissionais de saúde e mulheres gestantes que usam os serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). O documento inclui um cartão de acompanhamento do pré-natal para registrar as consultas clínicas e odontológicas, os resultados dos exames e vacinas, entre outras informações. Nesta edição, a caderneta traz, entre outras novidades, informações sobre prevenção e proteção contra o mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue, o chikungunya e o vírus Zika. O documento contempla as diretrizes de boas práticas na assistência ao pré-natal, parto e nascimento e as propostas da Estratégia Rede Cegonha, devidamente alinhadas à Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher. Trata-se de um instrumento interativo, que contém espaços para a gestante e seu/sua parceiro/a fazerem anotações e registrarem impressões sobre o momento que estão vivendo, além de ajudar a esclarecer as dúvidas mais frequentes. Na nova caderneta, os profissionais de saúde poderão registrar todos os dados das consultas e informações clínicas da gestante, e será disponibilizada em todos os serviços de saúde que realizam pré-natal pelo SUS no Brasil. Para as gestantes e seus familiares, trata-se de um documento muito útil, uma vez que traz orientações sobre como será o acompanhamento pré-natal, informações importantes sobre os cuidados na gestação, sinais de trabalho de parto, fisiologia do parto humanizado e cuidados com o puerpério (período de 42 dias após o parto) e amamentação.

Comente agora
06
Mar
Cientistas buscam ferramentas para bloquear a infecção da malária
Postado por: Anacley Souza / 15:45h

Um grupo de cientistas está investigando a interação entre o parasita Plasmodium vivax, causador da maior parte dos casos de malária no Brasil, e os mosquitos anofelinos, hospedeiros da doença, em busca de meios para impedir a transmissão da infecção a humanos. “Nosso objetivo é tentar entender como o parasita que causa a malária interage com o mosquito para, no futuro, criar ferramentas que possam bloquear essa transmissão”, explicou o responsável da pesquisa Henrique Silveira. O pesquisador disse que os mosquitos transmissores da doença, o Anopheles, têm mais sucesso em conter a infecção do que os seres humanos. Evidências experimentais demonstram que o inseto pode desenvolver mecanismos eficazes para interromper o ciclo de vida do parasita. Os cientistas querem desvendar o transcritoma do mosquito, ou seja, descobrir quais são as proteínas produzidas pelo hospedeiro quando o parasita invade seu intestino. “Assim saberemos quais os mecanismos ativados. O conhecimento das respostas do mosquito à infecção proporcionará uma ferramenta poderosa para bloquear a transmissão da malária”, esclareceu Silveira. Ao longo do estudo, desenvolvido com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), os mosquitos estão sendo infectados e depois dissecados, com o uso de uma lupa e agulhas de disseção para coletar o material biológico e caracterizar os genes associados à infecção. Após esta fase, os cientistas checam se há intervenção nos genes para analisar como eles agem ao longo da infecção. “Nós já temos alguns resultados preliminares e até o final do ano teremos o transcritoma e a publicação dos genes expressos e que são transcritos durante a invasão do parasita”, garante Henrique SIlveira.

Comente agora
06
Mar
7 mitos sobre o diabetes tipo 2, uma doença silenciosa
Postado por: Anacley Souza / 14:53h

A manifestação mais comum do diabetes, o chamado diabetes tipo 2, responde por 90% dos cerca de 370 milhões de casos mundiais da doença. E é esse tipo de diabetes que tende a afetar cada vez mais pessoas por estar relacionado diretamente ao estilo de vida moderno, que muitas vezes combina sedentarismo com má alimentação. Apesar da ampla disponibilidade de informações a respeito da doença, ainda existem muitas dúvidas sobre a maneira correta de controlar o diabetes, o momento adequado para visitar o médico, a eficácia dos medicamentos e o impacto do diabetes na qualidade de vida dos pacientes. Confira a seguir os 7 mitos sobre o diabetes tipo 2 constatados em uma pesquisa desenvolvida pela MEDIMIX Internacional a pedido da Janssen Latino-américa com 425 pacientes em 5 países da América Latina: Brasil, Colômbia, México, Argentina e Guatemala.

Mito 1 – Se não houver sintomas, o diabetes está controladoRealidade: O diabetes tipo 2 pode não apresentar sintomas físicos, mas isso não significa que esteja sob controle. O monitoramento constante da glicose no sangue é a única forma de certificar-se de que o diabetes está controlado.

Mito 2 – Pessoas com diabetes não podem comer doces e chocolatesRealidade: Se for incluído como parte de uma dieta saudável ou combinado com exercícios, os doces, chocolates e outras sobremesas podem ser consumidos por pessoas com diabetes. O segredo é restringir seu consumo a pequenas porções e reservá-los apenas para ocasiões especiais.

Comente agora
06
Mar
Estudo revela que felicidade em excesso pode causar síndrome do coração partido
Postado por: Redação Voz da Bahia / 13:23h

Quase todo mundo busca a felicidade, mas o que muitos não sabem é que, em excesso, ela pode vir a fazer mal ao coração. Isso é o que o diz um estudo publicado recentemente no jornal científico European Hearj Journal, de acordo com a revista Veja. Segundo a pesquisa, episódios de alegria intensa, como casamentos, nascimentos e festas surpresas podem causar um raro problema cardíaco, conhecido como síndrome de Takotsubo ou síndrome do coração partido. Caracterizada por uma fraqueza temporária dos músculos do coração, a doença leva a uma deformação do ventrículo esquerdo e provoca dores no peito, perda de fôlego e morte. Realizado por pesquisadores da Universidade de Zurique, na Suíça, o estudo analisou dados dos primeiros 1.750 pacientes diagnosticados com a síndrome em nove países diferentes. Destes, 485 tiveram a síndrome após episódios emocionais. A maioria dos casos, 96%, sucedeu momentos tristes, como a morte de um cônjuge ou filho, preocupação com uma doença e problemas de relacionamento. Mas o resultado surpreendente foi os outros 4%, desencadeados após momentos de alegria. "Nossas descobertas sugerem que acontecimentos felizes e tristes da vida podem partilhar caminhos emocionais semelhantes. Os médicos devem estar cientes disso e também considerar que os pacientes que chegam à emergência com sinais de infarto, como dor no peito e falta de ar, depois de um acontecimento feliz podem estar sofrendo tanto quanto um paciente que passou por um evento emocional negativo", declarou a coautora do estudo, Jelena Ghadri. A pesquisa também concluiu que a síndrome do coração partido é mais comum em mulheres, que registram 95% de todos os casos. Já a idade média para o desenvolvimento da doença é entre os pacientes de 65 a 71 anos.

Comente agora
06
Mar
Casos de zika na Colômbia sobem para mais de 47 mil; três morrem por Guillain-Barré
Postado por: Anacley Souza / 11:39h

O número de pessoas infectadas pelo Zika vírus na Colômbia aumentou 11,8% na última semana e chegou a 47.771, incluindo 8.890 grávidas, mas ainda não foram registrados oficialmente casos de microcefalia relacionados à doença, informou neste sábado o Instituto Nacional de Saúde. O boletim informa que na última semana o número de gestantes que contraíram o vírus subiu 16,6%. A Colômbia é o segundo país com mais casos de Zika na América Latina e Caribe, atrás do Brasil. Apesar de um médico ter apontado na sexta-feira o primeiro caso de microcefalia relacionado ao Zika vírus em um recém-nascido do norte do país, o Instituto Nacional de Saúde só reconheceu como "provável" um caso em um feto que foi abortado aos seis meses de gestação. As autoridades de saúde colombianas já registraram três casos de pessoas que foram infectadas pelo Zika e depois desenvolveram a síndrome de Guillain-Barré e morreram. Ainda há bastante desconhecimento sobre o Zika, inclusive se o vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti realmente causa microcefalia, uma má-formação cerebral em recém-nascidos. O Brasil já confirmou mais de 640 casos de microcefalia e considera que a maioria está relacionada com infecções de Zika nas mães. Mais de 4.200 casos suspeitos estão sendo investigados no país.

Comente agora
06
Mar
Diferença entre dengue, zika vírus e chikungunya é sutil, diz especialista
Postado por: Anacley Souza / 10:55h

As três viroses que mais assustam o Brasil no momento - dengue, Zika e chikungunya - são doenças infecciosas agudas transmitidas pelo mesmo vetor, o mosquito Aedes aegypti. As semelhanças não param por aí: todas elas podem provocar febre, dor e manchas pelo corpo. “A diferença é sutil e o diagnóstico precisa ser clínico e epidemiológico, levando em conta a situação de infecções naquela localidade”, explicou a infectologista e epidemiologista Helena Brígida. A integrante do Comitê de Arboviroses da Sociedade Brasileira de Infectologia destacou que, no caso da dengue, o sintoma de maior destaque é a febre, sempre alta e de início súbito, em entrevista à Agência Brasil. Já a característica mais marcante na infecção por chikungunya são as dores nas articulações, bem mais intensas que nas outras duas doenças. Por fim, o Zika tem como principal manifestação manchas pelo corpo bastante avermelhadas e que coçam muito, além de joelhos e tornozelos inchados. “A gente tem que perguntar ao paciente se coça muito, se ele teve febre, se a febre passa quando ele toma remédio, se há dor nas juntas, se o pé está inchado. Não dá pra dizer logo de cara o que é. O médico tem que ouvir todo o conjunto de sintomas para definir a melhor conduta”, destacou. A especialista contou ainda que, em seis horas de plantão em um único dia, se deparou com quatro casos de Zika em seu consultório.

Comente agora
06
Mar
Saúde no Bairro chega ao Alto Santo Antônio, ação viabilizada pelo deputado Rogério Andrade
Postado por: Redação Voz da Bahia / 09:01h

O Programa Saúde no Bairro chega ao Alto Santo Antônio, em Santo Antonio de Jesus, nos próximos dias 5 e 6 de março (sábado e domingo), numa parceria entre a Associação Comunitária do Alto Santo Antônio e o Instituto Santana, articulada pelo mandato do Deputado Rogério Andrade. Nessa edição, em comemoração ao mês da mulher, os atendimentos foram ampliados. No total serão oferecidos aos moradores do bairro, 80 consultas com médico clínico, 100 exames preventivos e 400 coletas para realização de diversos tipos de exames cada um ( mulheres: TSH - T4 LIVRE - HEMOGRAMA - TGO - TGP - UREIA - CREATININA e homens: PSA - TGO - TGP - UREIA -CREATININA - GAMA GT. A ação irá acontecer  no Pátio da Igreja Católica local, na Rua 12 e para ser atendido o paciente só precisa apresentar RG, Cartão do SUS e comprovante de residência. Além da Igreja Católica, a ação conta com o apoio da ONG Amigas do Peito, que fará palestra e distribuirá material informativo sobre a prevenção do câncer de mama. (Ascom)

2 comentários
06
Mar
'Cangaceiro da dengue' mata 5 mil larvas de Aedes por semana na UnB
Postado por: Anacley Souza / 08:22h

Conhecido como "cangaceiro da dengue" pelos alunos da Universidade de Brasília (UnB), o piauiense Marcílio Sales, de 43 anos, trabalha "caçando" focos do Aedes aegypti pelo campus. Ele diz eliminar 5 mil larvas do mosquito semanalmente utilizando como "armas" uma bicicleta, caule de timbó – cipó encontrado no cerrado – e potes recicláveis pretos. O prestador de serviço trabalha há 16 anos em uma pequena sala na prefeitura da universidade. Ele foi contratado para combater a proliferação de insetos no campus, como mosquitos e escorpiões. Além de "caçar" o Aedes aegypti, Sales também cria esculturas do inseto, utilizando ferro reciclado. Segundo ele, o objetivo é conscientizar a comunidade por intermédio de palestras em escolas e na própria UnB. "Faço um trabalho de extermínio. O mosquito é sábio, inteligente. Ele se esconde da população, adora um local escuro. Por isso coloco o pote preto, entende? Dentro dos copinhos, jogo capim com água. O cheiro ruim atrai o Aedes aegypti e ele deposita os ovos nas tiras de madeiras. Depois de sete dias, mato todos e percebo onde está o foco do mosquito. Depois, a equipe de dedetização vem até o local e faz o trabalho", explica. O serviço é feito de 8h às 17h. De bicicleta, o "cangaceiro da dengue" percorre todo o campus Darcy Ribeiro, localizado no Plano Piloto. Alguns trabalhos de extermínio também já foram realizados em Ceilândia. A principal "arma" contra o mosquito, segundo Sales, é a planta Serjania lethalis, conhecida popularmente como timbó, que age na água, matando as larvas e evitando que o Aedes se prolifere.

Comente agora
06
Mar
Excesso de alegria pode provocar doença no coração
Postado por: Anacley Souza / 07:08h

Um estudo suíço concluiu que dores no peito e falta de ar podem estar associados ao excesso de alegria. Os pesquisadores do Hospital Universitário de Zurique indicam que pelo menos 1 entre cada 20 casos da cardiomiopatia de Takotsubo, uma alteração no ventrículo esquerdo do coração ligada ao estresse, é causado por alegria em excesso. Segundo reporta o UOL, as conclusões foram divulgadas na publicação científica European Heart Journal. A publicação explica que a condição geralmente é temporária, pois os pacientes geralmente se recuperam. Foram analisados 1.750 pacientes. Os médicos identificaram que alguns deles apresentaram problemas cardíacos causados por uma série de ocasiões felizes, entre elas: uma festa de aniversário, o casamento de um filh, um reencontro de amigos após 50 anos,tornar-se av, a vitória de uma equipe esportiva, ganhar em um cassino. Os pesquisadores apontam que a maioria dos casos era de mulheres que passaram pela menopausa. Jelena Ghadri, uma das cientistas, explica que o estudo revelou a existência de mais mecanismos por trás da cardiomiopatia de Takotsubo, desafiando o estereótipo de quem sofre da doença - geralmente definido como paciente da "síndrome do coração partido". "A doença também pode ser causada por emoções positivas. Os médicos precisam estar a par de que pacientes que chegam à emergência de um hospital também podem estar sofrendo da síndrome de Takotsubo mesmo depois de um evento feliz", disse. Ainda segundo a publicação, Ghadri esclarece que os resultados sugerem que tristeza e alegria compartilham o mesmo "caminho emocional" que leva à doença.

Comente agora
05
Mar
Saúde nega que restrição de doação de sangue de homossexuais é discriminatória
Postado por: Anacley Souza / 11:08h

Após um questionamento das Defensorias Públicas da Bahia e da União (DP-BA e DPU), o Ministério da Saúde negou que a Portaria 2712/13 seja discriminatória por proíbe a doação de sangue por homens que tiveram relações sexuais com outros homens, em 12 meses. As Defensorias questionaram a portaria em janeiro deste ano, e recomendou que o Ministério da Saúde alterasse o dispositivo por entender que é inconstitucional. Os órgãos ainda pediram que a pasta expedisse determinação aos hemocentros do país para que retificassem os formulários de cadastro de doadores de sangue com a supressão do item referente à inaptidão temporária da doação de sangue para homens que se relacionaram com outros homens. Por conta da polêmica do tema, uma audiência pública sobre a alteração da portaria, será realizada em São Paulo. Na resposta ao questionamento, o Ministério da Saúde afirmou que a inaptidão para a doação de sangue em casos de homens que mantiveram relações sexuais com outros homens ou com as parceiras sexuais destes nos últimos doze meses consiste em critério não baseado "na orientação sexual em si do indivíduo, mas na prática de homens que fizeram sexo com homens e nas evidências científicas disponíveis sobre o tema". De acordo com o defensor público estadual Felipe Noya, a realização da audiência pública para discutir o assunto é uma tentativa das defensorias em estabelecer diálogo institucional com o objetivo de possibilitar a resolução extrajudicial da questão.

Comente agora
05
Mar
Primeiro caso autóctone do vírus Zika é confirmado em São Paulo
Postado por: Anacley Souza / 10:01h

O primeiro caso autóctone (quando a doença é contraída na própria cidade e não vem de pessoas que viajaram para regiões afetadas) do vírus Zika foi identificado na cidade de São Paulo. A informação foi confirmada na noite desta sexta-feira pela Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo. O vírus foi detectado em uma mulher, 28 anos, com 30 semanas de gestação. Ela é moradora do bairro Freguesia do Ó, na zona norte da capital. O caso foi notificado no dia 3 de fevereiro. Segundo a secretaria, o exame ultrassom morfológico apresentou normalidade no feto. Mesmo assim, a paciente foi encaminhada para fazer o pré-natal no Hospital Escola e Maternidade Vila Nova Cachoeirinha, por ser referência para gestação de alto risco. A paciente, que não teve seu nome revelado, apresentou os primeiros sintomas no dia 30 de janeiro e disse não ter viajado para fora do estado. No dia 3 de fevereiro, foram coletados urina e sangue da paciente e, no dia 25 de fevereiro, o resultado foi confirmado como positivo para o vírus. No dia seguinte, foi feita uma nova coleta de sangue e novamente o resultado foi positivo. O local onde vive a gestante e todo o entorno foi visitado para exterminar criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor do vírus, informou a secretaria.

Comente agora
05
Mar
Anvisa libera últimos testes de vacina da dengue de laboratório japonês
Postado por: Anacley Souza / 07:34h

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou, nesta quinta-feira (3), a aprovação do ensaio clínico de fase 3 da vacina contra dengue desenvolvida pela farmacêutica japonesa Takeda. Esta é a última etapa antes que a vacina possa ser submetida à avaliação para registro. Segundo a Anvisa, a vacina deve ser aplicada em duas doses com intervalo de três meses. Os testes clínicos devem ser feitos em 20.100 crianças de 4 a 16 anos de vários países. No Brasil, são esperados 4.770 participantes. "A avaliação foi realizada com a maior brevidade possível e de forma a garantir as etapas necessárias e essenciais para segurança e eficácia do produto final", afirmou a agência em nota na qual reiterou que a vacina da dengue é assunto prioritário para o órgão. A Takeda está na corrida pela vacina de dengue desde 2013, quando comprou a americana Inviragen que já estava desenvolvendo uma vacina. De acordo com o laboratório, a vacina tetravalente (que previne conta os quatro sorotipos da dengue) em estudo pela empresa é "uma vacina quimérica recombinante baseada em uma forma atenuada do vírus da dengue 2, que fornece o 'esqueleto' genético para todos os quatro vírus da dengue".

Comente agora
04
Mar
Salvador e cidades do interior estão em falta de vacinas na rede pública
Postado por: Anacley Souza / 22:39h

As vacinas que fazem parte do calendário nacional de imunização e são aplicadas de graça não estão sendo encontradas nos postos de saúde de Salvador e de cidades do interior do estado. Na capital baiana, a situação não atinge apenas postos de saúde, mas também a rede particular. A estudante Vanessa Borges conta que foi até a Unidade de Saúde da Família, no bairro do Garcia, e saiu preocupada porque não conseguiu a vacina contra a hepatite B para o filho, que nasceu há três dias. "A gente precisa cuidar dele, proteger, e vem no posto de saúde e não tem [vacina]. A gente fica impotente, sem saber o que fazer. A informação é que [a vacina] não tem em posto nenhum e que não sabe quando vai chegar. Eu não sei o que fazer. Como é que o governo deixa faltar vacina para umas crianças tão pequeninhas?", reclama. No Multicentro de Saúde do bairro de Amaralina, falta a vacina de reforço contra a poliomelite. A mesma que a administradora Hellen MIlazzo, mãe da pequena Maria Clara, não encontrou no 5º Centro de Saúde, na Avenida Centenário. "A sensação é de incompetência dos órgãos públicos. E ainda perguntei se posso fazer particular, mas não posso, porque não tem. Então, tenho que aguardar mesmo", diz. Segundo a chefe da central de vacinas de Salvador, a enfermeira Irenalda Azevedo, o Ministério da Saúde não está cumprindo o cronograma de distribuição de vacinas que combatem diversas doenças como hepatite B, raiva, tétano, difteria e a coqueluche. Já no caso da falta do reforço para a poliomelite, o motivo é uma mudança na fórmula da vacina. "Essa vacina está sofrendo uma mudança na sua composição. A gente trabalhava com a vacina trivalente, que protegia contra três tipos de vírus da pólio e agora vamos passar a trabalhar com a vacina bivalente, que protege contra dois tipos. Como essa vacina [bivalente] ainda está em processo de fabricação e testes, ela ainda não está disponível para uso. O que foi passado por esse plano de erradicação da poliomielite no mundo, é que nós teremos esse abastecimento a partir do mês de abril, onde começaremos a trabalhar com a 'pólio gotinha', que é a oral, para o reforço. Mas a vacina para menor de um ano, aos dois, quatro e seis meses, que é a poliomielite desativada, não está em desabastecimento e continua disponível nos postos de saúde", explicou Azevedo. Por meio de nota, o Ministério da Saúde disse que enviou, no final de fevereiro, 250 mil doses de vacinas hepatite A, hepatite B, difteria, tétano e coqueluche para a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab).

Comente agora
04
Mar
Zika circula em 41 países e territórios; Guillain-Barré aumentou em oito
Postado por: Anacley Souza / 21:17h

Desde o início de 2015, 41 países e territórios já registraram transmissão local do vírus da zika, segundo um novo boletim divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta sexta-feira (4). O mais recente país em que a circulação local do vírus foi detectada foi Laos, no sudeste asiático. Só nas Américas, 31 países e territórios já têm casos autóctones da infecção. O relatório também destaca que, em três países, houve transmissão local do vírus mesmo sem a presença do mosquito Aedes aegypti, o que sugere a ocorrência de transmissão sexual: Estados Unidos, França e Itália.té agora, o aumento de casos de microcefalia só foi registrado no Brasil, onde foram feitas 5.909 notificações entre 22 de outubro de 2015 e 27 de fevereiro de 2016. Casos da malformação potencialmente ligados ao vírus, porém, foram identificados também na Colômbia e na Venezuela nesta sexta-feira (leia mais abaixo). O relatório acrescentou que foi observada uma possível relação entre a síndrome de Guillain-Barré e o vírus da zika em oito países ou territórios entre 2015 e 2016: Brasil, Suriname, Venezuela, El Salvador, Colombia, Martinica, Porto Rico e Panamá. Nesta sexta-feira, foi anunciado que um feto cuja mãe provavelmente foi infectada pelo vírus da zika na Venezuela teve microcefalia e acabou morrendo.

Comente agora
04
Mar
Mulheres abandonam o uso da pílula
Postado por: Anacley Souza / 19:50h

"Pare de tomar a pílula/ porque ela não deixa nosso filho nascer." Era 1970 e Odair José cantava sobre os comprimidos que enfim separavam sexo e gravidez. Depois da revolução sexual da década anterior, a pílula significava liberdade para muitas mulheres. Mais de quarenta anos depois, porém, brasileiras se dizem presas à pílula. Elas fazem parte de um movimento que vem crescendo nas redes sociais e discute como parar de tomar esse anticoncepcional e quais são os métodos alternativos a ele, incluindo a tabelinha. No Facebook, grupos sobre o assunto chegam a ter 25 mil participantes. Uma página, com 80 mil curtidas, ajuda a explicar o motivo: em "Vítimas de Anticoncepcionais, unidas pela vida", mulheres contam as experiências negativas que tiveram ao tomar os contraceptivos orais. Os relatos vão de mudanças de humor a enxaquecas diárias e casos de trombose (formação de coágulo dentro de vaso sanguíneo). Segundo a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), contraceptivos com drospirenona, gestodeno ou desogestrel levam a um risco 4 a 6 vezes maior de desenvolver tromboembolismo venoso em um ano. Os laboratórios que produzem as pílulas mais populares no país, Bayer (Diane 35, Yaz), Eurofarma (Selene) e Libbs (Elani Ciclo), afirmam que os benefícios para o corpo superam os problemas.

Comente agora
04
Mar
Aspirina reduz o risco de câncer, principalmente de estômago e intestino
Postado por: Anacley Souza / 18:43h

Tomar aspirina regularmente ajuda a reduzir o risco de câncer. De acordo com um estudo publicado recentemente no periódico cientifico JAMA Oncology, a ingestão regular de pequenas doses do medicamento pode diminuir a probabilidade de desenvolvimento de tumores em geral, sobretudo os cânceres de estômago e de intestino. Para chegar a tais resultados, pesquisadores americanos acompanharam dados de saúde de 136.000 pacientes, ao longo de 36 anos. Os resultados mostraram que os voluntários que tomavam aspirina regularmente - duas vezes por semana ou mais - por, no mínimo, seis anos, tinham um risco 3% menor de desenvolver qualquer tipo de câncer. No que diz respeito a tumores de estômago e intestino, essa redução foi ainda maior: 15% e 19% respectivamente. "Ainda não estamos no ponto em que podemos recomendar a aspirina para a prevenção do câncer. Mas as pessoas devem, sim, discutir o assunto com seus médicos, particularmente aquelas com fatores de risco, como histórico familiar para o câncer gastrointestinal", disse Andrew Chan, um dos autores do estudo. Embora ainda não se saiba como a aspirina protege contra tumores, acredita-se que o efeito benéfico seja decorrente de sua ação na espessura do sangue. Muitas vezes o corpo tem dificuldade para eliminar células cancerosas porque as plaquetas do sangue podem se prender a elas e as esconder do sistema imunológico. Dessa forma, os autores suspeitam que o medicamento aja na luta contra a produção precoce de tumores. Apesar dos resultados animadores, é preciso lembrar que muitas vezes o uso da aspirina pode trazer efeitos colaterais como sangramentos e úlceras estomacais.

Comente agora
04
Mar
Mutirão avalia audição de bebês com microcefalia na Bahia
Postado por: Débora Ayane / 17:11h

Um mutirão para avaliar a audição de bebês com microcefalia confirmada será realizado pelo Centro Estadual de Prevenção e Reabilitação de Deficiências (Cepred) no sábado (5), em Salvador. Os atendimentos também serão feitos entre a terça-feira (7) e o sábado (12).As crianças que participarem do mutirão serão avaliadas através de dois exames, o de Potencial Evocado Auditivo do Tronco Encefálico (BERA) e o Otoemissão Acústica Evocadas (OEA).O atendimento será destinado a bebês de Salvador e do interior do estado. Nos dias 5, 7, 8 e 9, durante todo o dia, serão avaliadas crianças da capital baiana. No dia 10, pela manhã, o atendimento também é para os bebês de Salvador. Já no turno da tarde e no dia 11 durante todo o dia serão examinadas as crianças do interior do estado. O dia 12 será reservado para os bebês que moram nos municípios da região metropolitana de Salvador.As crianças serão atendidas pela equipe multidisciplinar do Cepred. Os bebês terão acompanhamento na própria unidade ou em outras instituições. Os que tiverem necessidade vão fazer o trabalho de reabilitação.De acordo com a diretora do Cepred, Normélia Quinto, os atendimentos serão agendados pela secretarias municipais de saúde e informado às mães das crianças. “Caso alguma mãe não tenha sido contactada pela secretaria municipal de saúde, orientamos que ela busque o órgão para que seja feita a marcação”, informou.

Comente agora
04
Mar
Cientistas dizem ter encontrado prova da relação entre microcefalia e vírus Zika
Postado por: Débora Ayane / 15:46h

Cientistas divulgaram hoje (4) ter encontrado a primeira prova de uma ligação biológica entre o vírus Zika, com grande propagação na América Latina, e a microcefalia em recém-nascidos. Segundo Guo-li Ming, professor de neurologia no Instituto Johns Hopkins de Engenharia Celular, nos Estados Unidos, e um dos responsáveis pelo estudo, os testes de laboratório revelam que o vírus atinge as principais células envolvidas no desenvolvimento do cérebro, destruindo-as ou desativando-as. A microcefalia é um distúrbio de desenvolvimento fetal que resulta em um perímetro do crânio infantil menor que o normal, com consequências no desenvolvimento do bebê. Os resultados do estudo são a primeira prova concreta da existência de uma ligação entre o vírus, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, e a microcefalia. Até agora, de acordo com Guo-li Ming, as evidências encontradas eram circunstanciais.

Comente agora
04
Mar
Plano de saúde recorre e é poupado pela Justiça de cobrir reprodução in vitro de cliente
Postado por: Débora Ayane / 13:12h

A Justiça baiana deu parecer favorável a um plano de saúde que estava em um impasse com uma cliente. A Caixa de Assistência à Saúde dos Empregados da Codevasf (Casec) foi poupado de custear a fertilização in vitro de uma assistida baiana. A decisão do desembargador Gesivaldo Britto, relator do agravo de instrumento no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), se baseou na falta de "risco à saúde ou à sobrevivência" da cliente. "Não se tratando de cobertura para tratamento de enfermidade, mas sim para a finalidade de reprodução, sem que se tenha explícito o risco à saúde ou à sobrevivência da agravada, inexiste, prima facie, a alegada obrigatoriedade de cobertura do procedimento pelo plano de saúde recorrente", concluiu o magistrado. Segundo decisão publicada no Diário da Justiça Eletrônico desta sexta-feira (4), a cliente havia conseguido pela Justiça que o plano custeasse o tratamento, para evitar transmissão de doença genética para o feto. O desembargador, no entanto, considerou que a inseminação artificial não está no rol de cobertura obrigatória da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Comente agora
04
Mar
Pesquisadores pernambucanos vão à Suiça discutir o Zika
Postado por: Dulce Santana / 11:34h

Três pesquisadores pernambucanos da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), foram convidados pela diretora-geral da OMS, Margareth Chan, que esteve no Brasil na semana passada, para participar de uma longa reunião em Genebra, na Suíça. De acordo com informações divulgadas pelo G1, o objetivo do encontro é estabelecer estratégias internacionais de ação contra as arboviroses e discutir o tratamento das complicações da microcefalia associada ao zika. A vice-presidente do Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães (CPqAM/Fiocruz), Constância Ayres, e a pesquisadora visitante, Celina Turchi Martelli, embarcam neste sábado (5) para a europa, onde ficarão por uma semana. (Notícias ao Minuto)

Comente agora
04
Mar
Bahia recebe mais de 220 mil cadernetas para gestantes sobre Aedes aegypti
Postado por: Redação Voz da Bahia / 11:27h

A Bahia receberá nas próximas semanas 223,4 mil unidades da Caderneta da Gestante. Entre o acompanhamento pré-natal no Sistema Único de Saúde (SUS) - com cartão de registro das consultas clínicas e odontológicas, além de resultados de exames -, a caderneta traz informações sobre prevenção e proteção contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. "É fundamental que a mulher, no momento da gravidez, tenha acesso a informações seguras e baseadas em evidências científicas sobre o processo de gravidez, parto e puerpério. É importante também que ela conheça seus direitos civis, quais são as rotinas recomendadas para as consultas de pré-natal e quais exames clínicos, laboratoriais e vacinas devem ser realizados durante o período. O acesso a essas informações contribui para um maior empoderamento dessas mulheres, fortalecendo a sua autonomia e protagonismo, assim como sua confiança nos processos naturais da gestação, parto e amamentação", explicou Maria Esther Vilela, coordenadora Geral de Saúde das Mulheres do Ministério da Saúde.

Comente agora
04
Mar
Anvisa aprova últimos testes de vacina contra dengue de laboratório japonês
Postado por: Dulce Santana / 09:25h

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o ensaio clínico de fase 3 da vacina contra a dengue, desenvolvida pelo laboratório japonês Takeda. A fase é a última etapa antes de a vacina ser submetida à avaliação para registro. A farmacêutica desenvolve a vacina desde 2013, quando comprou a americana Inviragen, que já trabalhava na vacina. "A avaliação foi realizada com a maior brevidade possível e de forma a garantir as etapas necessárias e essenciais para segurança e eficácia do produto final", disse a Anvisa. De acordo com o Bem Estar, a vacina pode ser aplicada em duas doses, com intervalo de três meses. Os testes clínicos devem ser feitos em 20,1 mil crianças entre 4 e 16 anos, de diferentes países. São esperados 4.770 participantes brasileiros. Os testes correspondem a uma vacina tetravalente, que previne contra os quatro sorotipos de dengue, baseada em uma forma atenuada do vírus da dengue 2. Outra vacina também está em fase de testes, desenvolvida pelo Instituto Butantan. A etapa deve começar com a vacinação de 1,2 mil voluntários pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Comente agora
04
Mar
Gasto extra com dengue é de R$ 20 por paciente
Postado por: Dulce Santana / 09:15h

Prefeituras do interior de São Paulo estão revendo projetos e cancelando obras para aplicar os recursos no combate ao mosquito Aedes aegypti e no atendimento a pacientes com dengue, chikungunya e zika. Em algumas, já falta dinheiro e os prefeitos pedem ajuda aos governos estadual e federal. Para Stênio Miranda, que preside o Conselho de Secretários de Saúde do Estado de São Paulo, a epidemia de dengue fez os municípios gastarem R$ 24 bilhões com a Saúde em 2015, enquanto o Estado gastou R$ 20 bilhões. "O impacto de custos adicionais provocados pela epidemia é de R$ 20 por habitante, podendo variar de acordo com as realidades locais. O custo principal é com recursos humanos, mas há gastos com medicamentos, soro para reidratação, exames de laboratórios, internações. As queixas dos secretários são unânimes." A prefeitura de Birigui, na região noroeste do Estado, decretou calamidade pública na terça, frente ao avanço da dengue. O decreto permite ao município adquirir medicamentos e soro para o tratamento dos pacientes e contratar mão de obra e serviços sem a necessidade de licitação. Também possibilita remanejar verbas destinadas a outros projetos.

Comente agora
03
Mar
Pancadas na cabeça sofridas por esportistas podem trazer sérios riscos
Postado por: Anacley Souza / 19:23h

Tontura, perda temporária da memória, alucinações e depressão são alguns dos sintomas que alguns ex-atletas profissionais apresentam e que podem pode ser facilmente confundidos com mal de Alzheimer, mas segundo o médico Rodrigo Freitas, especializado em medicina esportiva, todos esses sintomas são característicos de quem sofre traumas repetitivos no crânio em esportes como boxe, mma, futebol e outros. "O que muita gente pensa ser alzheimer ou alguma outra doença degenerativa, na verdade é uma patologia chamada encefolopatia traumática crônica. Ela acontece devido as pancadas recebidas repetidamente no crânio, ao qual chamamos de concussão e são comuns principalmente em esportes como luta e futebol". É comum vermos jogadores de futebol sofrerem pancadas durante uma partida, serem avaliados rapidamente e logo voltarem a campo, mas o médico alerta que caso não haja um acompanhamento, podem trazer sérios riscos a saúde deles. Um exemplo recente de casos como esse foi o volante da seleção alemã, Kramer, que na Copa do mundo em 2015, após levar uma pancada da cabeça ainda no primeiro tempo da decisão contra a Argentina o fez ter um branco na memória e não se recordar de nenhum momento daquela partida: "Pareceu uma pancada muito forte, até doeu um pouco assistir de novo.

Comente agora
03
Mar
Ministério vai mudar critério para notificar microcefalia, seguindo OMS
Postado por: Anacley Souza / 18:27h

O Ministério da Saúde vai mudar novamente o protocolo de notificação de microcefalia. O objetivo, desta vez, é seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), que estabelecem parâmetros distintos para meninos e meninas. Passarão a ser notificados como casos suspeitos de microcefalia meninas com circunferência craniana menor que 31,5 cm e meninos com medida menor do que 31,9 cm. Segundo a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde, ainda não foi definido quando a mudança entrará em vigor. No início da emergência de microcefalia no Brasil, todos os bebês com perímetro cefálico menor que 33 cm eram notificados como microcefalia. No início de dezembro, o ministério alterou esse parâmetro, que passou a ser de 32 cm. O Brasil já teve 5.909 notificações de microcefalia desde 22 de outubro de 2015 até 27 de fevereiro, segundo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (1º). Do total de notificações, 641 casos foram confirmados e 1.046 foram descartados; 4.222 casos continuam sob investigação. De acordo com o novo boletim, entre os casos confirmados, 82 tiveram exame positivo para o vírus da zika. Foram notificados ainda 139 óbitos por microcefalia após o parto ou durante a gestação, dos quais 31 foram confirmados para microcefalia ou alteração do sistema nervoso central, 12 foram descartados e 96 continuam em investigação. (Bem Estar)

Comente agora
03
Mar
Fiocruz de Pernambuco suspeita que muriçoca também seja vetor do zika vírus
Postado por: Débora Ayane / 14:27h

Resultados preliminares de um estudo feito pela Fiocruz Pernambuco indicam que o Aedes aegypti pode não ser o único vetor do zika vírus. O estudo liderado pela bióloga Constância Ayres Lopes detectou a presença do zika em alta carga viral na glândula salivar do Culex quinquefasciatus, a conhecida muriçoca. Foram realizadas três infecções, em laboratório, em 200 mosquitos. "Se o vírus alcança a glândula salivar, significa que o Culex pode disseminá-lo. Para comprovar isso, são necessários outros experimentos, com amostras de mosquito de campo", explicou Constância, para destacar em seguida que ainda cedo para assegurar a transmissão do Zika pela muriçoca. De acordo com o JC Online, para testar a possibilidade é preciso encontrar na natureza uma espécie de mosquito infectado com o vírus. Em seguida, o material de campo coletado deve ser analisado, sob acompanhamento da Secretaria Estadual de Saúde. A meta é analisar 10 mil pools de mosquito. "Vamos trazer o material para o laboratório e fazer o teste molecular na tentativa de detectar o vírus nessas espécies. Com esse resultado a partir da análise de uma grande quantidade de amostras, poderemos idealizar se o Aedes é vetor exclusivo, se existem outros vetores e qual importância de cada um no papel de transmissão", acrescentou. Os estudos seguintes podem mostrar o período de incubação do vírus no mosquito, a eficiência da transmissão e a rapidez de dispersão da doença no Brasil. O Culex passou a ser alvo de Constância depois que a pesquisadora perceber que a primeia epidemia do Zika fora do ambiente silvestre aconteceu na Micronésia (Oceania). Lá o Aedes é raro e os pesquisadores não analisaram o Culex, abundante em toda a região tropical.

Comente agora
03
Mar
Acordar cedo afeta produtividade no trabalho, dizem cientistas; jornada deveria começar às 10h
Postado por: Redação Voz da Bahia / 12:39h

Escalas de trabalho não alinhadas ao relógio biológico do funcionário pode explicar baixa produtividade no ambiente profissional. Um estudo feito pelo professor Cristopher Barnes, da Foster School of Business, pertencente à Universidade de Washington, nos Estados Unidos, mostrou que trabalhadores cansados tendem a cometer mais erros graves e a sofrer acidentes de trabalho - ao contrário daqueles que têm seu relógio biológico em conformidade com sua jornada de trabalho: se sentem mais concentrados, menos estressados e relativamente mais saudáveis. De acordo com uma reportagem do BBC, a produtividade está relacionada ao ritmo circadiano, que varia de pessoa para pessoa. O professor do Instituto de Psicologia Médica da Universidade Ludwig-Maximillian, em Munique, Till Roenneberg, explica que nossas vidas não costumam considerar o ritmo que tínhamos no passado, quando passávamos mais tempo do lado de fora sob a luz natural. O início do expediente às 8h ou 9h da manhã vai contra o relógio biológico dos empregados. O pesquisador estima que mais de 70% das pessoas acordam mais cedo do que deveriam, se o objetivo era estarem descansadas e produtivas. O neurocientista Paul Kelly, da Universidadede Oxford, no Reino Unido, defende que a jornada de trabalho ideal deveria começar às 10h. "Não é racional começar a jornada às 8h", concluiu.

Comente agora
Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com