As comentadas


Boa tarde , Domingo, 21/12/2014









Enquete



Reflita

Blog

Saúde

02
Out
Chikungunya já tem 722 casos suspeitos em 10 cidades baianas
Postado por: Letícia Oliveira / 09:58h

O Ministério da Saúde atualizou, ontem, o boletim que mostra o cenário da febre chikungunya, que vem assustando Feira de Santana, no Centro-Norte da Bahia, e confirmou o número de 33 casos da doença na cidade. O dado foi divulgado anteontem pela prefeitura do município e havia sido considerado “alto” pelo ministério. Segundo a pasta, chega a 722 o número de suspeitas da doença na Bahia, em dez municípios. Feira de Santana concentra 83,93% das suspeitas. De acordo com o Ministério de Saúde, os 33 casos foram confirmados até o último sábado, através de exames laboratoriais.O crescimento do número de notificações de casos suspeitos recebidos pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), no entanto, chama atenção para a cidade de Riachão do Jacuípe, no Nordeste do estado. Lá já são 99 notificações da doença. Além de Feira e Riachão, outras oito cidades têm suspeitas. (Correio)

Comente agora
02
Out
Campanha Outubro Rosa busca concientização sobre câncer de mama
Postado por: Redação Voz da Bahia / 08:31h
O já tradicional "Outubro Rosa" na Bahia, realizado pela Fundação José Silveira (FJS), o Instituto EcoD e o Movimento Pense Rosa, irá ganhar mais uma cor. A edição de 2014 da campanha, denominada "Pense Rosa + Pense Azul", tem a iniciativa mais ampla, voltada à saúde da mama e da próstata, dois dos tipos de câncer mais frequentes na população. A mobilização terá início com a inauguração do Espaço Rosa, no 3° Piso do Shopping Barra, na próxima quinta-feira (02), às 9 h. O estabelecimento irá funcionar até o dia 11 de outubro, contando com a comercialização de peças assinadas pelo artista plástico Bel Borba e produzidas por mulheres atendidas nos projetos sociais da FJS, pacientes e mães de pacientes do Instituto Bahiano de Reabilitação (IBR), durante a Oficina Rosa da fundação e terá a arrecadação revertida para a causa.
Comente agora
02
Out
Cantor Gian é internado após ler ofensas de Zezé
Postado por: Redação Voz da Bahia / 07:08h

O cantor Gian, dupla de Giovani, está internado no Hospital Albert Eisten, em São Paulo, desde segunda-feira (29), depois de sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). Segundo a coluna Retratos da Vida, do jornal Extra, o sertanejo passou mal após ler algumas críticas feitas por Zezé di Camargo à sua esposa, Tati Monteiro. “Vi umas notícias na internet relacionadas ao Instagram da minha mulher e fiquei incomodado quando li algumas colocações inadequadas e mentirosas. Ela tem quase 200 mil seguidores e isso incomoda algumas pessoas. E isso tudo me aborreceu. Não sei se foi por isso, mas logo depois comecei a me sentir mal e tive um AVC”, disse Gian. A blogueira é a melhor amiga de Zilu, ex-mulher de Zezé, e estaria sendo acusada de formar um complô com Tati, segundo postagem feita pelo próprio sertanejo, na segunda-feira, para atrapalhar o relacionamento dele com a namorada Graciele Lacerda. “Inclusive, uma dessas pessoas desse complô e a melhor amiga da Zilu é a esposa hoje do Gian, da dupla Gian e Giovane. Vocês sabiam que ela quando conheceu ele, ela era bailarina de um programa de TV e ele era casado? Ela se envolveu com ele, ele acabou com o casamento e está com ela. A Zilu condena a minha situação e a melhor amiga dela fez o mesmo. Que moral eles têm para julgar e me aporrinhar!”, criticou Zezé.

Comente agora
01
Out
Jovem de 18 anos passa por cirurgia para retirar 4kg de pelo de seu estômago
Postado por: Redação Voz da Bahia / 22:13h

Uma Jovem de 18 anos em Batken, Quirguistão, foi ao hospital fazer um procedimento médico para retirar uma bola de 4kg de pelo de seu estômago. Ayperi Alekseeva disse que as dores que sentia a impedia de comer e beber, até mesmo água. Após fazer um exame de raio X, os médicos perceberam que teriam que operar com urgência. “Era a única alternativa, nada mais resolveria o problema”, declarou o cirurgião Bahadir Bebezov ao site News.com.au. O cirurgião disse que a bola de pelo se formou porque a paciente tem o hábito de procurar pelos e pedaços de lã de carpete e comê-los, além de mastigar as pontas de seu cabelo. Depois de passar pela cirurgia, Ayperi disse que não continuará com a mania de comer pelo. A paciente hoje passa bem.

Comente agora
01
Out
Treinador Joel Santana poderá ter alta nas próximas 24 horas
Postado por: Redação Voz da Bahia / 19:16h

O ex-técnico do Bahia e atual comandante do Vasco, Joel Santana apresentou melhoras no quadro de saúde e deve deixar em breve o hospital onde está internado no Rio de Janeiro. De acordo com o boletim divulgado na tarde de hoje (1º) pelo Hospital Pró-Cardíaco de Botafogo, Joel evolui bem e está com o quadro estável, com possibilidade de alta nas próximas 24 horas. O técnico foi internado no último sábado (27) por apresentar fortes dores abdominais. Durante período no hospital, Joel realizou uma cirurgia para retirada da vesícula biliar, correção de uma hérnia na região umbilical e a retirada de dois cistos benignos do abdômen. (Ibahia)

Comente agora
01
Out
Brasil registra 79 casos de chikungunya
Postado por: Redação Voz da Bahia / 17:56h

Até o dia 27 de setembro, 79 casos de infecção pelo vírus chikungunya foram diagnosticados no Brasil. Do total, 41 foram transmitidos dentro do próprio país (casos autóctones). Outros 38 casos foram importados, ou seja, os pacientes foram infectados durante viagens a outros países. A informação foi divulgada pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (1º). Houve 33 casos de transmissão interna na Bahia e 8 no Amapá. Quanto aos casos importados, foram registrados 17 em São Paulo, 4 no Ceará, 3 no Rio de Janeiro e mais 3 em Roraima. Rio Grande do Sul, Paraná e Distrito Federal registraram dois casos, cada. Amazonas, Amapá, Goiás, Maranhão e Pará tiveram apenas uma notificação de caso importado. No dia 23 de setembro, o Ministério da Saúde já tinha anunciado o diagnóstico de 16 casos autóctones e 37 casos importados da doença. Os primeiros dois casos de transmissão interna do vírus haviam sido divulgados no dia 16. De acordo com a pasta, os casos importados foram detectados em pessoas que viajaram para países com transmissão da doença, como República Dominicana, Haiti, Venezuela, Ilhas do Caribe e Guiana Francesa.

Entenda o vírus
A infecção pelo vírus chikungunya provoca sintomas parecidos com os da dengue, porém mais dolorosos. No idioma africano makonde, o nome chikungunya significa "aqueles que se dobram", em referência à postura que os pacientes adotam diante das penosas dores articulares que a doença causa. Em compensação, comparado com a dengue, o novo vírus mata com menos frequência. Em idosos, quando a infecção é associada a outros problemas de saúde, ela pode até contribuir como causa de morte, porém complicações sérias são raras, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Comente agora
01
Out
Programa reforça enfrentamento do vício em crack no estado da Bahia
Postado por: Anacley Souza / 13:39h

A partir desta quarta-feira (01.10), as ações de prevenção e enfrentamento ao uso do crack na Bahia ganham um reforço por meio das ações do programa ‘Crack, é Possível Vencer’. A iniciativa do governo federal, implantada via Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP) e lançada pela manhã, no Porto da Barra, em Salvador, consiste na operação integrada entre policiais civis e militares, além da Guarda Municipal e outros órgãos estaduais e municipais de saúde e assistência social. Para auxiliar o trabalho dos profissionais, a infraestrutura utilizada conta com unidades móveis, câmeras de videomonitoramento e viaturas, num investimento total de R$ 4,5 milhões. O evento de lançamento teve a presença do secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, e do comandante geral da Polícia Militar, Coronel Alfredo Castro. A duas primeiras áreas a receber as ações na capital baiana são o bairro da Barra e o Centro Histórico, onde os ônibus já podem ser vistos no Porto da Barra e no Terreiro de Jesus, respectivamente. A unidade do Centro Histórico compreende também a região das Sete Portas. As equipes do programa atuarão ainda nas cidades de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), Itabuna, no sul do estado, Feira de Santana, a 108 quilômetros da capital, Juazeiro, no norte, e Vitória da Conquista, no sudoeste.

Comente agora
01
Out
4ª DIRES promoverá palestras educativas para combater a febre chikungunya em S. A. de Jesus e região
Postado por: Anacley Souza / 13:09h

Em entrevista a Recôncavo FM, o supervisor de endemias em Santo Antônio de Jesus. Wanderson de Jesus, falou a respeito da nova epidemia disseminada pelo mosquito Aedes aegypti, a febre chikungunya, que é uma doença viral parecida com a dengue, transmitida por um mosquito comum em algumas regiões da África. Nos últimos anos, inúmeros casos da doença foram registrados em países da Ásia e da Europa. Recentemente, o vírus CHIKV foi identificado na cidade de Feira de Santana. Segundo o supervisor, em uma reunião promovida pela 4ª DIRES, na última segunda-feira (29) foram discutidas ações a serem adotadas no município no intuito de combater e prevenir a febre, “representantes de saúde de municípios da região participaram e um plano de contingência foi instaurado para o combate da CHIKV”, fala. Para o agente de saúde, a ação é a mesma contra o mosquito da dengue, como a extinção de criadouros, manutenção e limpeza de calhas, diminuição total de focos além de visitas constantes aos domicílios. O período de incubação da doença é de aproximadamente  cinco dias após a picada do inseto e os principais sintomas são, dores de cabeça, dor e ardência nos globos oculares, dores assimétricas nas articulações e febre persistente. Um trabalho educativo será instaurado em escolas e comunidades para que a sociedade esteja ciente da nova doença. Em relação ao contágio de dengue, Wanderson de Jesus salientou que este ano houve uma baixa nas notificações e revelou que no primeiro semestre apenas cinco casos de dengue foram confirmados das 25 notificações feitas junto ao órgão, “iremos fechar nosso ciclo de visitas, no entanto residências fechadas tem dificultado nosso trabalho”, finaliza.

Redação Voz da Bahia

Comente agora
01
Out
Antibiótico antes dos 2 anos pode dar obesidade
Postado por: Redação Voz da Bahia / 09:25h

As crianças que são tratadas com antibióticos de amplo espectro antes dos dois anos de idade enfrentam um risco maior de desenvolver obesidade infantil, alertou um estudo americano publicado nesta segunda-feira (29). A pesquisa, publicada na revista científica "JAMA Pediatrics", é a mais recente a encontrar um vínculo entre problemas de peso e antibióticos, que combatem as infecções bacterianas, mas também afetam a benéfica microflora intestinal, que coloniza os intestinos. Especialistas do Hospital Infantil da Filadélfia analisaram dados de saúde de quase 65 mil crianças, tratadas em clínicas de cuidados primários, entre 2001 e 2013. As incluídas no estudo foram acompanhadas por cinco anos. Mais de dois terços das crianças estudadas foram expostas a antibióticos antes dos dois anos. O aumento do risco da obesidade variou entre 2% a 20% e foi observado, particularmente, em crianças que tinham sido tratadas com antibióticos quatro ou mais vezes aos 2 anos de idade. Estes antibióticos de amplo espectro, usados para combater uma série de bactérias, também estão relacionados com o risco de problemas de peso na infância. "Nenhuma associação foi vista entre obesidade e antibióticos de espectro reduzido" destacou o estudo, que descreveu o uso de antibióticos de amplo espectro em crianças abaixo dos dois anos como um dos fatores relacionados à obesidade na infância. O estudo recomendou que diretrizes de tratamento para doenças pediátricas comuns exijam limites no uso de antibióticos e a preferência por medicações de espectro reduzido.

Comente agora
01
Out
Para Ministério da Saúde, número de infectados pela chikungunya em Feira é ‘alto’
Postado por: Redação Voz da Bahia / 08:50h

A febre Chikungunya não está dando descanso a Feira de Santana, no Centro-Norte do estado. Ontem, a Secretaria da Saúde do município informou que já são 33 casos confirmados da doença: há 19 novos, além dos 14 que já haviam sido divulgados na semana passada. Além disso, 562 suspeitas estão sendo investigadas. Os novos casos foram constatados por critério clínico — enquanto os anteriores comprovados por exames laboratoriais. No total, houve 606 notificações de Chikungunya na cidade — mas 11 casos foram descartados. No entanto, nem o Ministério da Saúde nem a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) confirmaram os novos casos, porque as ocorrências não foram atestadas por exames médicos. Para os órgãos, o número da Secretaria da Saúde de Feira é “muito alto”. É possível, inclusive, que nem todos casos sejam realmente Chikungunya – pode ser dengue ou algum outro tipo de virose. Hoje, o Ministério e a Sesab divulgam um novo boletim com os números de casos registrados no estado e no resto do país.

Comente agora
01
Out
Outubro Rosa: Inca prevê 2,5 mil casos de câncer de mama na Bahia em 2014
Postado por: Redação Voz da Bahia / 08:15h

Durante todo o mês de outubro várias ações vão alertar a população sobre os riscos do câncer de mama na Bahia. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), são previstos 2.560 casos novos de câncer de mama no estado até o final de 2014, 980 destes em Salvador. O Outubro Rosa, movimento internacional surgido na Califórnia, EUA, em 1997, tem como objetivo chamar a atenção para a prevenção e diagnóstico precoce do tumor, que é o mais comum entre as mulheres e o segundo tipo mais frequente no mundo. Na Bahia, a iniciativa envolve associações, sociedades e fundações que realizam palestras e eventos sobre o tema. Descoberto no início, o tumor tem grandes chances de ser controlado. No entanto, a doença costuma ser diagnosticada tardiamente, o que eleva a taxa de mortalidade de pacientes que sofrem com o tumor. Com informações do A Tarde.

Comente agora
01
Out
Hábitos saudáveis podem cortar risco de diabetes gestacional pela metade
Postado por: Anacley Souza / 07:48h

Quase metade dos casos de diabetes gestacional pode ser evitada com a adoção de um estilo de vida saudável antes e durante a gravidez, incluindo uma boa alimentação, prática de exercícios físicos e, no caso das fumantes, o fim do tabagismo. É o que aponta uma pesquisa feita nos Estados Unidos e divulgada nesta terça-feira no site do periódico BMJ. O diabetes gestacional acomete entre 1% e 3% das grávidas e é mais comum em mulheres obesas. A maioria das gestantes com a doença desenvolve o problema por não conseguir produzir insulina suficiente para regular sua taxa de glicose. Entre as possíveis complicações decorrentes estão problemas respiratórios no bebê e hipertensão na mãe. Após o parto, os sintomas costumam desaparecer, mas muitas mulheres que tiveram a doença acabam desenvolvendo diabetes tipo 2 nos anos seguintes. As conclusões do novo estudo se basearam nos dados de cerca de 14 000 mulheres que fizeram parte de um levantamento nacional nos Estados Unidos entre 1989 e 2001.

Comente agora
01
Out
Secretaria de Saúde de S. A. de Jesus afirma que criança com meningite já foi encaminhada para Salvador
Postado por: Anacley Souza / 07:08h

Em contato com a Andaiá FM, a enfermeira Graziele Freitas, representante da Secretaria de Saúde de Santo Antônio de Jesus afirmou que a criança diagnosticada com meningite já foi encaminhada a uma Unidade de saúde na capital baiana. Segundo a agente de saúde, pessoas que mantiveram contato com o garoto nos últimos dias, deverão estar fazendo procedimento de profilaxia para esclarecer dúvidas e afastar quaisquer suspeitas de contágio. Ainda de acordo Graziele, um pessoal especializado junto à secretaria, esteve presente na instituição de ensino para que dúvidas fossem tiradas e afastar o medo que, de fato, ocorre entre pais, professores e alunos, “as salas são arejadas e não há indícios de contágio. Quanto mais amplo é o diagnostico maior a chance de resistência. Estamos tomando medidas para que não se prolifere a doença”, fala.

Algumas medidas de observação deverão ser tomadas para as pessoas que mantiveram contato com o garoto e no reduto onde residia. É de total importância a observação de sintomas como: 

  1. Dor de cabeça
  2. Febre persistente
  3. Vômito
  4. Mal estar no pescoço como se estivesse endurecido

Redação: Voz da Bahia

Comente agora
01
Out
Bahia e Amapá registram mais de 800 casos suspeitos de chikungunya
Postado por: Redação Voz da Bahia / 06:58h

Em uma semana, o número de casos confirmados de febre chikungunya mais que dobrou no município baiano de Feira de Santana, passando de 14 para 33. O município já contabiliza 562 suspeitas de febre chikungunya entre seus moradores. Para combater o novo vírus, a Secretaria Municipal da Saúde intensificou as ações para impedir a proliferação dos mosquitos transmissores da doença – Aedes aegypti e Aedes albopictus – por meio de visitas domiciliares e ações educativas. As primeiras transmissões registradas no Brasil ocorreram no extremo norte do país, em Oiapoque, no Amapá, na segunda semana deste mês. Até o momento, o município reportou para a Vigilância Epidemiológica do Amapá 158 casos suspeitos da doença, com oito confirmações. No entanto, o secretário de Saúde de Oiapoque, Oscar Morais, diz que já são quase 300 casos suspeitos da doença no município. Apesar do grande número de casos para uma população de cerca de 35 mil pessoas, Morais garante que o sistema está suportando a demanda, já que a maioria dos doentes está sendo tratada em casa. Entre os suspeitos, estão os casos de dois indígenas da Aldeia Manga, que fica a 15 quilômetros de Oiapoque e tem pouco mais de 900 moradores. Segundo a coordenadora do Distrito Sanitário Especial Indígena Amapá e Norte do Pará, Nilma Pureza, até o ano passado, tinha sido constatada a presença dos mosquitos transmissores da doença nas aldeias indígenas, porém, nova análise epidemiológica está sendo feita para avaliar a situação.

Comente agora
30
Set
Ingredientes naturais substituem batom na nécessaire de quem possui alergia
Postado por: Anacley Souza / 16:38h

O assunto vem à tona todas as vezes que se fala sobre os hábitos de beleza e o visual de Marina Silva, candidata à presidência. Por causa de uma alergia, Marina não pode usar batom e nem a maioria dos cosméticos e maquiagens. Mas isso não a impede de colocar uma corzinha nos lábios. Muitas mulheres passam por esse problema, e muitas vezes se veem sem saída. Mas não precisa ser assim. O importante é descobrir qual elemento do batom causa a alergia. “O correto é procurar um médico dermatologista para descobrir o que pode e não pode ser usado”, aconselha o maquiador Vito Mariela, do Liceu de Maquiagem. Coceira, inchaço e vermelhidão nos lábios depois de aplicar o batom são os sintomas mais comuns de alergia. “Batom que contêm lanolina em sua composição, ingrediente que vem da lã, pode causar alergia. Corante e gordura demais na formulação do cosmético também podem agredir as peles mais sensíveis e causar acne”, explica a dermatologista Ligia Kogos. Quem tem alergia ou sensibilidade aos batons deve evitar especialmente os que prometem longa duração. “Os ingredientes são mais aderentes a pele e também mais difíceis de sair, causando um pouco de irritação”, adverte Ligia.

Alternativas: Para colorir os lábios sem sofrer com irritação da pele, Vito sugere “produtos de tratamento que ajudam com alergias e ainda têm um pouco de cor”.

Comente agora
30
Set
Uso de antibiótico antes dos 2 anos eleva risco de obesidade infantil
Postado por: Anacley Souza / 13:52h

Um novo estudo americano é mais um a sugerir a que os antibióticos podem levar a problemas relacionados ao peso. Segundo a pesquisa, feita com quase 65 000 crianças, o uso desses medicamentos antes dos 2 anos de idade aumenta a probabilidade de obesidade infantil. O trabalho, publicado nesta segunda-feira no periódico Jama Pediatrics, foi feito no Hospital Infantil da Filadélfia. Os pesquisadores analisaram dados de 64 580 crianças, recolhidos entre 2001 e 2013. O uso de antibiótico antes dos 2 anos de idade pode aumentar em até 20% a chance de obesidade infantil, principalmente se são prescritos antibióticos de amplo espectro e mais do que quatro vezes. Segundo o estudo, mais de dois terços das crianças tomaram antibióticos antes de completarem dois anos. Entre elas, a chance de obesidade infantil foi de 2% a 20% maior do que o de crianças que não foram expostas ao tratamento nessa faixa etária. Os principais fatores que contribuíram com a diferença desse risco foram a frequência do uso de antibiótico e o tipo do medicamento usado. Por exemplo, a maior propensão à obesidade infantil foi observada em crianças que foram tratadas com antibióticos pelo menos quatro vezes antes dos dois anos.

Comente agora
30
Set
Instituto Fernando Filgueiras recebe Prêmio Benchmarking Saúde
Postado por: Redação Voz da Bahia / 13:16h

O Instituto Fernando Filgueiras que faz a gestão do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus é vencedor na categoria Prêmio Especial – Categoria - Organização Social (OS.  Aconteceu na quinta-feira, 25, no Espaço Solar Cunha Guedes (Salvador) a cerimônia de entrega do Prêmio Benchmarking Saúde 2013, evento considerado Oscar da Saúde na Bahia. Em noite de gala só para convidados, estiveram premiados gestores e instituições do segmento no estado, que foram destaque ao longo do ano passado pelo desempenho empresarial. Em sua quarta edição, o prêmio é realizado pela Revista Diagnóstico, mais influente publicação do trade de saúde nacional.  Entre os vencedores na categoria: Prêmio Especial - Destaque OS - esteve presente a equipe do Instituto Fernando Filgueiras que faz a gestão do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, primeiro Hospital Público da Bahia, Certificado pela ISO e Acreditado Nível II pela Organização Nacional de Acreditação (ONA).  O Diretor Geral do Instituto Fernando Filgueiras, Alex Carvalho, avaliou a premiação. “Para nós é uma honra receber um prêmio que é considerado o Oscar na Saúde. A premiação não nos envaidece, pelo contrário, esse reconhecimento nos impulsiona ainda mais e reafirma nosso compromisso com o bom desenvolvimento do setor hospitalar, resultando em melhor oferta de serviços e mais investimentos em boas práticas humanizadas; quero agradecer¸ em especial, a todos os nossos colaboradores que diariamente se dedicam ao trabalho com afinco e dedicação”. 

Comente agora
30
Set
Epidemia de ebola na África deixa 3,7 mil crianças órfãs
Postado por: Letícia Oliveira / 11:02h

Pelo menos 3,7 mil crianças perderam um ou ambos os pais na Guiné, Libéria e Serra Leoa, países afetados pela epidemia de ebola na África. Um dos principais problemas que os menores enfrentam é o isolamento dos familiares por medo de que possam ser contagiados pela doença letal. De acordo com estimativas do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef, na sigla em inglês) divulgadas nesta terça-feira (30), a intensificação da epidemia nas últimas semanas pode fazer a quantidade de órfãos dobrar até meados de outubro. "Sabemos que os números que temos são somente a ponta do iceberg", disse Manuel Fontaine, diretor regional da Unicef para a África Ocidental. “O estigma é o principal problema que enfrentamos. É raríssimo na África que as famílias não assumam o cuidado dos seus filhos. Isso mostra o medo que reina", disse Fontaine.

Comente agora
30
Set
Aluno de escola municipal de S. A. de Jesus é diagnosticado com meningite meningocócica tipo C
Postado por: Letícia Oliveira / 08:33h

Um caso de meningite meningocócica foi registrado no município de Santo Antônio de Jesus. A criança portadora da bactéria estuda no Colégio Municipal Florentino Firmino de Almeida, localizado no Bairro São Paulo, onde reside o garoto. A enfermeira Grazielle Luz, técnica da Vigilância Epidemiológica da 4ª Dires, esclareceu a situação, relatando que foi de fato diagnosticada a meningite do Tipo C e a criança foi transferida para o Hospital Santo Antônio (Irmã Dulce) em Salvador no fim da tarde do último domingo (28). A respeito do contato do menino com as demais crianças da escola, ela destacou que a grande preocupação são os contatos íntimos, ou seja, dentro de casa, as pessoas que passaram mais de quatro horas com a criança nos dias que antecederam os sintomas, “de quinta-feira até no sábado, fizemos o levantamento de quem foram essas pessoas, ou seja, a mãe que dormiu com ele, irmã, dois primos, que estiveram no momento do vômito e limparam e mais uma amiga, que mora na casa, além desses contatos pedimos que a Vigilância do Município visitasse a escola justamente para tentar conter esse pânico que é característico quando se descobre esse problema tão agressivo e contagioso”, complementou. Segundo a técnica, foi pedido para observar como era a sala da criança contaminada, em questões de vacinação, sendo que o último dia que a criança foi a escola, foi na última quinta-feira (25), que passou 2 horas dentro do âmbito escolar, “pelo que foi informado a sala é arejada, então para estas crianças não houve indicação de quimioprofilaxia. Quanto mais ampla é a quimioprofilaxia para pessoas que não tiveram contato significativo com a pessoa doente, maior a chance de resistência desse tipo de meningite meningocócica, isso quer dizer que se nesse ano há o terceiro caso no HRSAJ, pode ser que o ano que vem o vírus venha mais resistente e há número maior de casos. O antibiótico que usamos para tratar pode não ser eficaz nesse caso, além do mais a medicação utilizada é de controle restrito do Ministério da Saúde, porque pode provocar problemas no fígado, renais e muitas indisposições gastrointestinais”,  explanou

  1. Colégio Municipal Florentino Firmino de Almeida

Um comentário
29
Set
Dezoito pacientes ficam cegos após realizar cirurgia em mutirão de cidade paulista
Postado por: Anacley Souza / 15:39h

A sala de cirurgia esconde um mistério. Vinte e três pessoas com catarata passaram por ela em um mesmo dia com uma só esperança: voltar a enxergar como antes. Agora, 12 delas dizem que estão cegas de um olho. O mutirão da cirurgia de catarata aconteceu no dia 6 de agosto no Hospital Municipal de Barueri, na Grande São Paulo. A intenção da prefeitura era melhorar a visão de um grupo de moradores da cidade, a maioria com mais de 60 anos, que tinha a doença, mas ainda conseguia ler, escrever, dirigir e até trabalhar. Só que, depois da cirurgia, a vida dessas pessoas mudou para pior. A catarata é uma doença que acontece quando o cristalino, a lente natural dos nossos olhos, vai escurecendo e fica opaco. A cirurgia, considerada simples, consiste em trocar o cristalino embaçado por uma lente artificial. Segundo documentos da investigação do hospital, os problemas começaram ainda durante as cirurgias. Dezoito pacientes reclamaram de muita dor. Nos dias seguintes, o próprio médico que fez a operação, doutor André Vidoris, detectou um problema ainda mais grave: um ferimento na córnea em 20 dos 23 pacientes.

Comente agora
29
Set
Pediatras americanos recomendam uso de DIU a adolescentes
Postado por: Anacley Souza / 13:28h

A Academia Americana de Pediatria (APA, sigla em inglês) divulgou nesta segunda-feira um documento no qual recomenda o uso do DIU (dispositivo intrauterino) e implantes hormonais a adolescentes sexualmente ativas. Segundo a entidade, esses métodos têm menores chances de falhar em comparação com abordagens mais comuns entre as mais jovens, como a pílula, adesivos contraceptivos e injeções. No entanto, a APA lembra que nenhum método contraceptivo exclui a necessidade de se usar camisinha em toda relação para prevenir doenças sexualmente transmissíveis e aumentar a proteção contra uma gravidez indesejada. O DIU deve ser inserido no útero por um médico e impede a subida dos espermatozoides pelas trompas. A contracepção acontece porque o cobre presente no dispositivo tem ação espermicida, ou seja, o método não libera hormônios. Uma vez inserido, dura de sete a dez anos. Já implantes hormonais são inseridos sob a pele do braço da mulher, e o efeito das substâncias liberadas duram até três anos.

Comente agora
29
Set
Ministério destinará R$ 164 milhões por ano para nefrologia em 17 cidades da Bahia; entre elas S. A de Jesus
Postado por: Redação Voz da Bahia / 13:13h

A Bahia vai receber por ano R$ 163.851.031,20 para procedimentos em Nefrologia – que cuida de doenças do aparelho urinário – o que inclui atendimentos de média e alta complexidade no tratamento de rins. O valor se refere à atualização do limite financeiro anual previsto pelo Ministério da Saúde (MS) e já conta a partir da competência deste mês. Ao todo, 17 municípios (todos com mais de 60 mil habitantes) receberão o aporte do MS. Além de Salvador, que terá o maior valor, com R$ 39.304.746,12; Feira de Santana é a segunda em aporte, com R$ 18.817.772,52; e Vitória da Conquista, vem em terceiro, com R$ 11.901.968,88. Entram na relação, Jequié, com R$ 6.572.569,68; Itabuna, R$ 6.566.466.72, e Juazeiro, R$ 5.917.262,88. A decisão foi publicada na edição desta segunda-feira (29) no Diário Oficial da União.  (BN)

Comente agora
29
Set
Vida saudável afasta risco de doenças cardiovasculares
Postado por: Redação Voz da Bahia / 06:48h

No Dia Mundial do Coração, comemorado nesta segunda-feira (29), a Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro (Socerj) lembra que as doenças cardiovasculares são as que mais matam no mundo moderno. O diretor da Socerj, Serafim Borges, informou à Agência Brasil que entre 300 mil e 400 mil mortes ocorrem por ano no Brasil devido a doenças cardiovasculares. Elas incluem a doença isquêmica do coração, que é o infarto agudo do miocárdio, e as doenças cerebrovasculares, os chamados acidentes vasculares cerebrais (AVC). Para reduzir esse risco, Borges disse que o mais importante é que as pessoas tenham vida saudável, com atividades física e alimentação adequada. “E aqueles que já tenham doenças em desenvolvimento, como hipertensão e diabetes, deverão controlá-las melhor”. Acrescentou que outros fatores de risco controláveis são o fumo e o excesso de bebida alcoólica. Segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão, um em cada três brasileiros em idade adulta sofre com a pressão arterial elevada. No Brasil, a mortalidade relacionada à doença arterial coronariana oscila entre 11,3 e 2,5 óbitos por 100 mil habitantes. O cardiologista Serafim Borges informou que a atividade física reduz em até 45% a mortalidade cardiovascular. “Ela dá, realmente, uma proteção grande”. Por isso, reiterou que é importante que as pessoas saiam do sedentarismo e tenham, dentro do possível, uma alimentação adequada, com corte de gorduras animais saturadas, evitando o que possa trazer problemas ao sistema cardiovascular.  

Comente agora
28
Set
Pesquisa: 7% dos pacientes com câncer deixam tratamento por efeito colateral
Postado por: Letícia Oliveira / 15:40h

De acordo com uma pesquisa realizada com 7.899 pessoas da França, Alemanha, Itália, Reino Unido e Espanha e que foi apresentada neste domingo no Congresso ESMO 2014, 7% dos pacientes oncológicos interrompem o tratamento pelos efeitos colaterais. "Dentre esses 7% (531 de um total de 7.899), 87% seguiam um tratamento citotóxico e 13% um tratamento hormonal", explicou Reena Khanna, da empresa de consultoria "IMS Health" em Londres e primeira signatária do trabalho. A informação foi recolhida pelos próprios oncologistas a partir de questionários; cada especialista apresentou uma seleção de seus casos mais recentes. Os 531 casos analisados de pacientes que interromperam seus tratamentos por efeitos colaterais foram registrados entre janeiro e dezembro de 2013 nos cinco países participantes. Os cânceres com maior taxa de interrupção de tratamento neste estudo coincidiram com os mais prevalentes. Assim, entre os cinco países, 22% dos que deixaram o tratamento tinham um tumor de mama; 14% um câncer colorretal e 13% câncer de pulmão de não pequenas células. Aproximadamente 65% dos pacientes europeus que interromperam o tratamento recebiam quimioterapia, em 39% dos casos uma combinação de citostáticos tradicional com um ou mais fármacos, e o resto algum tratamento dirigido. Os principais efeitos secundários para provocar o abandono foram neutropenia -baixa drástica de defesas - (36%), náuseas e vômitos (23%), anemia (21%), neuropatia (17%) e mucosite (15%).

Comente agora
28
Set
Grávidas aderem à dança do ventre
Postado por: Letícia Oliveira / 11:34h

Há um mês, os movimentos ritmados da dança do ventre fazem parte dos cuidados com a gestação da enfermeira obstetra Thaís Rodrigues Bernardo, de 29 anos. Grávida de três meses e meio, ela se uniu às gestantes que, cada vez mais, estão aderindo à dança como alternativa para manter a forma e preparar o corpo para o parto. "Eu sinto muito bem-estar durante a aula, a gente acaba se movimentando bastante e alongando o corpo." A bailarina Pâmella Souza, de 30 anos, dá aulas de dança do ventre para gestantes há um ano e diz que o parto é o foco das aulas. "A dança do ventre trabalha movimentos circulares de quadril que são externados naturalmente durante o parto. As aulas preparam para que elas façam isso de forma consciente." Segundo Pâmella, a modalidade ajuda a melhorar a postura e a aumentar a flexibilidade. Coordenador do conselho editorial da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (Sogesp), Leopoldo de Oliveira Tso recomenda o uso de roupas e calçados adequados para a prática de qualquer exercício. "A atividade física diminui o estresse e a retenção de líquidos e ajuda no fortalecimento muscular, que é importante no parto", afirma. O educador físico e doutorando em obstetrícia da Unifesp Antonio Roberto Doro recomenda a prática de exercícios um mês após o parto normal. Em caso de cesária, a liberação deve ser dada pelo médico. (Estadão)

Comente agora
28
Set
Mais Médicos não prioriza municípios do Nordeste
Postado por: Letícia Oliveira / 10:07h

Dados obtidos pelo jornal Folha de S. Paulo apontam que 1.660 municípios do Brasil – 539 do Sul e outros 446 do Nordeste – receberam apenas um novo médico do programa “Mais Médicos”. Segundo o levantamento com base na Lei de Acesso à Informação, o esforço do governo federal para distribuir ao menos um profissional do Mais Médicos a todas as prefeituras que fizeram essa solicitação manteve no sufoco municípios onde a carência está acima da média nacional. As regiões Norte e Nordeste que, antes do programa, tinham 2,21 postos médicos ocupados para cada mil habitantes, quase a metade dos 4,08 de Sul e Sudeste, segundo pesquisa Demografia Médica no Brasil, não tiveram prioridade para receber profissionais, segundo o jornal. O programa, lançado em 2013 e uma das principais bandeiras da campanha à reeleição da presidente, está espalhado por 3.780 municípios, com 14 mil médicos, sendo 79% deles cubanos. Há cidades que pediram quatro médicos, por exemplo, mas só receberam um, como Barcarena (PA), com 112 mil habitantes, Aurora (CE), 24 mil, e Croatá (CE), 17 mil.

Comente agora
28
Set
Problemas relacionados à postura podem aparecer antes de engatinhar
Postado por: Letícia Oliveira / 09:46h

Tensão muscular e reclamações de dores nas costas, no pescoço e na nuca podem indicar problemas importantes. Para evitar que essas dores se agravem no futuro e comprometam o desenvolvimento saudável das crianças, é importante que os pais fiquem atentos à postura delas desde o primeiro engatinhar, já que é na infância que a estrutura óssea irá se desenvolver mais. “Quando falamos de criança, ela pode desenvolver um problema desde o momento do nascimento. O parto força a coluna cervical barbaramente. Ela terá mais probabilidade de problemas de coluna se tiver passado por uma cesárea ou por um nascimento com dificuldade”, afirma Flávio Calixto, especialista em chiropatia e coordenador do Instituto Brasileiro de Coluna. Ainda na primeira infância, podem surgir mais sinais de alerta. Se o bebê se recusa a engatinhar ou tem dificuldades de coordenar movimentos das pernas e das mãos ao mesmo tempo, optando por engatinhar com o bumbum, por exemplo, é preciso ficar atento. A criança pode estagnar nesse movimento durante alguns meses e não apresentar evolução. Se isso ocorre, é preciso buscar orientação médica. Pode ter havido alguma microlesão nos membros envolvidos no movimento de engatinhar, o que impediria o bebê de se movimentar por conta própria.

Comente agora
28
Set
Doação de sangue: Campanha nas redes sociais incentiva as pessoas
Postado por: Letícia Oliveira / 09:31h

A vontade de doar sangue levou nesse sábado (27.09), o bombeiro carioca, Kleber Aleixo ao Instituto Estadual de Hematologia Arthur Siqueira de Cavalcanti (Hemorio). Ele costuma incentivar os amigos a fazerem doações. “A doação de sangue é algo bem explícito. Você doa, não sabe para quem vai, mas sabe que está fazendo o bem. Também sou doador de medula e de órgãos. Está na minha carteira de identidade. Fazer o bem é bom porque é nosso dever de ser humano”, disse. Mas não foi só o fato de ser doador que fez Kleber ir, neste sábado, junto com dois colegas de profissão ao Hemorio. O bombeiro, que também é estudante de engenharia industrial de controle e automação, viu no Facebook a campanha de doação de sangue “CasamentoVermelho”, que ocorre hoje no Rio e em Curitiba. A ação é resultado da união virtual entre as duas cidades. A partir de uma mensagem da prefeitura de Curitiba na rede social dizendo que aceitava pedidos de casamento, a hashtag #AceitaCuritiba, passou a ter milhares de compartilhamentos. O pedido de casamento foi oficializado no dia 18 e outras prefeituras também participaram e de forma descontraída, cederam igrejas para celebrar a união, se ofereceram para padrinhos e até para uma lua de mel.

Comente agora
27
Set
Doadores mostram interesse em financiar tratamento sanguíneo contra o ebola
Postado por: Letícia Oliveira / 15:43h

A Oganização Mundial da Saúde (OMS) disse neste sábado que está recebendo perguntas de doadores e organizações com as quais colabora sobre os requerimentos para acelerar o uso do tratamento experimental contra o ebola baseado no sangue de pacientes que se recuperaram. Os interessados em financiar esta forma de tratamento -utilizada em estrangeiros e em alguns poucos trabalhadores da área da saúde locais que se contagiaram- desejam conhecer as necessidades em termos de pessoal e de formação que requerem, assim como de equipamentos e provisões, e o quanto isso custaria. Os anticorpos presentes no sangue de alguém que conseguiu se curar do ebola servem para que um doente lute contra o letal vírus. A diretora geral adjunta da OMS, Marie-Paule Kieny, explicou hoje que os tratamentos baseados no sangue do convalescente (plasma ou soro sanguíneo) estão gerando "entusiasmo". Por um lado, a diretora apontou que é porque são métodos que estão disponíveis de maneira relativamente fácil e, por outro, porque os países afetados "não têm que esperar que alguém fabrique os remédios", o que depende das companhias farmacêuticas e laboratórios. Kieny lembrou que o soro sanguíneo é utilizado em outros tratamentos, além do ebola, "com um registro de segurança que, a princípio, é muito bom".

Comente agora
27
Set
Novo tratamento reduz náuseas e vômitos da quimioterapia
Postado por: Letícia Oliveira / 14:09h
Um novo tratamento baseado no fármaco cisplatino reduz as náuseas e vômitos em pacientes que necessitam de quimioterapia, segundos resultados de um estudo apresentado neste sábado no Congresso da Sociedade Europeia de Oncologia Médica (ESMO), realizado em Madri. O doutor Martin Chasen, autor principal do estudo e diretor médico de Cuidados Paliativos do Centro do Câncer do Hospital de Ottawa, no Canadá, explicou que "este fármaco representa uma diferença significativa na forma em como as pessoas toleram a quimioterapia". O especialista afirmou que os resultados dos testes clínicos, em fase III, constatam que os pacientes não experimentam uma perda em sua qualidade de vida e, de fato, muitos mostram uma grande melhora. "Devemos tratar as náuseas e o vômito, não só o câncer", acrescentou Chasen. Outro estudo, também em fase III, apresentado hoje no ESMO, indica que um novo fármaco (anamorelina) aumenta o apetite e a massa corporal de pacientes com câncer de pulmão avançado que sofrem de anorexia e caquexia pela doença. "A anorexia e a caquexia são alguns dos sintomas mais angustiantes e preocupantes associados ao câncer avançado, tanto para os pacientes como para seus parentes", afirmou a doutora Jennifer Temel, do Hospital Geral de Massachusetts, em Boston (EUA.), principal investigadora do estudo. O presidente do Grupo de Trabalho de Cuidados Paliativos de ESMO, o professor Florian Strasser, qualificou estes testes como promissores e acrescentou é base para um tratamento múltiplo para os pacientes que sofrem com esta doença.
Comente agora
27
Set
Mulher perde 80 kg com cirurgia bariátrica para ter filhos
Postado por: Letícia Oliveira / 11:13h

Para salvar sua fertilidade, uma mulher se submeteu à cirurgia bariátrica como única alternativa para ainda conseguir ser mãe. Com informações do site do jornal britânico Daily Mail. Joanne Cooper, 31, foi aconselhada por médicos a perder peso para conseguir engravidar. Com o procedimento, perdeu cerca de 80 kg e ainda passou por uma cirurgia para remover o excesso de pele. Os quilos foram se acumulando com o tempo por meio de uma combinação de comer por conveniência e dos efeitos da síndrome do ovário policístico, que descobriu ter aos 16 anos de idade. “Só tive uma menstruação entre os 12 e 17 anos. Quando fui diagnosticada, o ganho de peso fez mais sentido”, relembra. Apesar do problema de saúde, Joanne diz que também adquiriu hábitos ruins de alimentação. “Eu comia um monte de comidas ruins, como pizza e massa”. Além disso, ela trabalhava em um pub, então costumava beber depois do trabalho e parar para comer apenas depois das duas da manhã. Com apenas 23 anos, já pesava cerca de 150 kg. “Sofria de dor nas costas e ficava sem ar quando andava. Tinha muitos problemas de saúde”, lembra. Então ela decidiu ir ao médico para saber se sua fertilidade estava comprometida. “Estava noiva e ter filhos estava em jogo.”

Comente agora
27
Set
Pacientes com Alzheimer mantêm vivas as emoções mesmo com perda de memória
Postado por: Letícia Oliveira / 06:59h

Os pacientes com Alzheimer podem sentir emoções mesmo quando se esquecem do motivo que as causou por causa da doença, afirmou Edmarie Guzmán-Vélez, que comandou uma pesquisa sobre o tema publicada na revista "Cognitive and Behavioral Neurology". O estudo assinala que, apesar de os pacientes não conseguirem se lembrar de uma visita recente de um ente querido ou que não receberam os cuidados devidos, essas ações podem ter um impacto em seus sentimentos. Em entrevista para a Agência Efe, Edmarie destacou que é importante que familiares e cuidadores aprendam a se comunicar com o paciente com Alzheimer para fazer com que sintam emoções positivas. "Talvez o paciente não se lembre do motivo que o levou a comer seu prato favorito, mas esse momento de felicidade, esse sentimento positivo vai continuar em sua mente", garantiu Edmarie, autora principal do estudo e doutoranda em psicologia clínica na Universidade de Iowa. "Por outro lado, se acontece alguma coisa que o faça se sentir triste, esse sentimento vai a permanecer durante um tempo, o que significa que é extremamente importante que nos dediquemos a tentar induzir emoções positivas e minimizar o máximo possível as emoções negativas", acrescentou. A equipe de pesquisadores da Universidade de Iowa mostrou para 17 pessoas sem a doença e a 17 com Alzheimer fragmentos de filmes tristes e alegres, que resultaram em emoções como risos e lágrimas.

Comente agora
26
Set
Bahia começará a fazer transplante de coração e pulmão
Postado por: Letícia Oliveira / 16:20h

O Ministério da Saúde credenciou o Hospital Ana Nery (HAN), no bairro da Caixa D'Água, em Salvador para iniciar o procedimento de transplante cardíaco. A unidade de saúde já está em fase de estruturação e treinamento dos profissionais, além de aguardar a autorização para realizar transplante de pulmão. A Secretaria da Saúde (Sesab), pretende implantar um Banco de Multitecidos (pele, osso e válvulas cardíacas), que será financiado com recursos do Ministério da Saúde. O coordenador estadual do Sistema de Transplantes, Eraldo Moura, afirma que o banco está passando por fase de estudo. "A gente está tratando do projeto arquitetônico e definindo o local onde será instalado”, explicou. Ainda de acordo com Eraldo, há quatro anos, o índice de rejeição era 10% maior.

Comente agora
26
Set
Menopausa faz mulher roncar que nem homem
Postado por: Letícia Oliveira / 16:13h

Segundo uma pesquisa feita pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), na capital paulista, cerca de 32% das mulheres roncam durante o sono. E, embora os homens ainda dominem esse problema - a cada quatro homens que roncam, uma mulher tem o problema -, quando chega a menopausa o índice se equipara, segundo a Associação Brasileira do Sono. Foi durante a menopausa que a dona de casa, Maria de Fátima, descobriu que o ronco, problema que tanto a fez brigar com seu marido, agora fazia parte da sua vida. “Eu sempre reclamei que meu marido roncava. Achava péssimo e atrapalhava demais o meu sono. Por isso que quando ele começou a dizer que eu roncava, não acreditei. Achei que ele estava tirando uma com a minha cara. Imagina, eu roncar? Eu sou mulher”, diz a dona de casa. Mas era verdade. Maria de Fátima estava sofrendo todas as alterações hormonais típicas dessa fase. “Até a menopausa, o hormônio sexual feminino protege a via aérea, para evitar ronco e apneia durante períodos gestacionais. Com o fim do ciclo reprodutivo, o organismo diminui a disponibilidade hormonal e, assim como os homens, as vias aéreas não ficam mais sob proteção, aumentando a chances de ronco”, diz Alessandro Silva, cirurgião buco-maxilo-facial da clínica Interclin.

Comente agora
26
Set
Ebola: vacinas experimentais estarão disponíveis no início de 2015
Postado por: Letícia Oliveira / 08:39h

Milhares de vacinas experimentais contra o vírus ebola, desenvolvidas pelas companhias britânica GSK e norte-americana NewLink Genetics, deverão estar disponíveis no início de 2015, informou nesta sexta-feira (26) a Organização Mundial da Saúde (OMS). “A GSK deverá ter 10 mil doses disponíveis no início do próximo ano”, informou Marie-Paule Kieny, subdiretora-geral da OMS, em entrevista hoje (26) em Genebra. "A NewLink Genetics, que doou cerca de mil doses à OMS, deverá dispor de alguns milhares mais de vacinas nos próximos meses”, acrescentou a subdiretora. No que se refere ao soro ZMapp, que não passou por ensaios clínicos mas que foi administrado a muitas pessoas infectadas pelo vírus, os estoques estão esgotados no mundo inteiro. “Algumas centenas de doses” do soro, de acordo com Marie-Paule, deverão estar disponíveis até o fim do ano, mas não serão suficientes para ter grande impacto sobre a epidemia. Não existe uma vacina ou tratamento específico homologado contra o ebola. A OMS autorizou neste mês a utilização de terapias à base de sangue, como os soros convalescentes, nos países afetados. “A transfusão de sangue foi iniciada em pequena escala”, disse Kieny, lembrando que a OMS espera que o número de transfusões aumente no início do próximo ano.

Comente agora
26
Set
Aumento de manequim indica mais risco de câncer, diz estudo
Postado por: Letícia Oliveira / 08:16h

Precisar vestir saias com numeração cada vez maior ao longo da vida pode ser um sinal de alerta para risco de câncer, de acordo com uma pesquisa do University College London. O estudo apontou que mulheres que subiram um tamanho de saia a cada década após os 20 anos tinham um risco 33% maior de ter câncer de mama após a menopausa. Entretanto, especialistas apontaram limitações na metodologia do estudo, como se basear na memória das mulheres para lembrar seus tamanhos de saia aos 20 anos de idade e não considerar mudanças na padronização dos tamanhos de roupas ao longo das décadas. Observar o tamanho da saia a partir dos 20 anos pode ser uma maneira simples de controlar o ganho de peso, disseram os pesquisadores à publicação científica BMJ Open. A obesidade, especialmente a gordura na barriga, é um conhecido fator de risco para o câncer. "Se o tamanho da saia puder ser confirmado por outros como um bom indicador do risco de câncer de mama em mulheres mais velhas, seria uma maneira muito simples e fácil de monitorar o ganho de peso", disse à BBC a pesquisadora Usha Menon, do Departamento de Câncer de Mulheres.

Comente agora
26
Set
País está sob o risco de epidemia de Chikungunya; Feira de Santana tem 306 casos suspeitos
Postado por: Letícia Oliveira / 07:00h

O bairro George Américo, em Feira de Santana, é dividido em ruas com nomes de letras, organizado em ordem alfabética: A1, B1, C1, D1, E1... Por lá, a febre Chikungunya já tomou conta do alfabeto inteiro. Uma rua, especificamente, está chamando a atenção dos moradores pela quantidade de suspeitas da nova febre: a Rua R1, bem próxima à policlínica do bairro, que anda lotada. “Eu não peguei ainda... Aqui a gente diz ainda, porque essa coisa já tomou quase tudo, de fora a fora”, disse um morador, enquanto indicava uma casa vizinha, onde a família inteira já enfrenta os sintomas há alguns dias. “Meu marido tá indo trabalhar a pulso, para não ficar em casa. Eu já estou sentindo há uns dez dias e minha irmã já adoeceu também. Tem dia que meus dedos ficam tão inchados que eu tenho que tirar o anel”, contou a dona de casa Rosemeire Alves de Jesus, 28 anos, moradora da casa 511. A Chikungunya, cujo nome de batismo significa “andar curvado”, no idioma kamakonde, falado em tribos da Tanzânia — país africano onde a doença apareceu pela primeira vez, nos anos 1950 — é transmitida pelo Aedes Aegypti, o mosquito da dengue, e pelo primo dele, o Aedes Albopictus. Mas nem a dengue é tão comum na R1: “Começou este mês e foi pegando todo mundo de vez”, disse Rosemeire.

Comente agora
25
Set
Dez alimentos que fazem bem para a pele, segundo dermatologista
Postado por: Marcus Augusto DRT 5719 / 19:58h

A alimentação saudável faz muito bem para a pele e pode ajudar a reduzir a quantidade de maquiagem que se usa todos os dias. A dermatologista e especialista em Medicina Estética, Mariana Pinheiro Machado, membra da Sociedade Brasileira de Medicina Estética, explica que alimentos com efeito oxidante ajudam a evitar a formação de radicais livres, que provocam o envelhecimento das células e de todo o organismo. Por isso, dar atenção a essa capacidade dos alimentos ajuda a garantir a elasticidade e vitalidade da pele. “Na verdade não existem alimentos que sejam bons só para a pele. Muitos ajudam a aumentar a resistência e aspecto saudável dela e também terão efeitos por todo o corpo. É realmente uma ótima alternativa escolher bem o que se come”, diz Mariana Pinheiro Machado. A dermatologista listou dez alimentos que faz bem para a pele. Confira:

  1. Tomate: Fonte de licopeno, que é otimo pra pele porque aumenta a tolerância à radiação ultravioleta e é antioncogênico (evita o desenvolvimento de câncer).
  2. Melancia: Também é fonte de licopeno e é rico em água, que ajuda na hidratação da pele.
  3. Espinafre: Fonte de luteína, que tem efeito antioxidante e faz bem para o DNA da pele.

Comente agora
25
Set
Menino de três anos pesa 70kg e espera por exame no ES
Postado por: Redação Voz da Bahia / 19:38h

  1. Foto: TV Gazeta

"Ele é um neném ainda, pede colo, e eu não posso dar". O desabafo é da dona de casa Josiane de Jesus, mãe de Misael, uma criança de três anos que já pesa 70 quilos. Segundo ela, o filho engorda cerca de três quilos por mês. A suspeita é de que ele sofra de um síndrome, mas a família não tem dinheiro para pagar o exame que poderia diagnosticar a doença. Com dificuldades para realizar atividades básicas, como andar e respirar, a criança aguarda a autorização do exame. A Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) disse que o exame está em processo de compra, porque é raro e caro, e que esse processo deve ser finalizado até o final deste mês. Misael nasceu com 3,750 kg, peso considerado normal, mas, segundo a mãe, começou a engordar desde os primeiros meses de vida. "Ele engordava 300 gramas por mês, que é mais do que o esperado. Os médicos alertavam, mas eu dizia que não estava dando nada do que ele não poderia comer. Com um aninho, ele engordava cerca de três quilos por mês e não parou mais", contou. Josiane contou que levou o filho ao médico para tentar descobrir o que causa o aumento de peso exagerado da criança, mas que o caso continua sendo um mistério para a família. "Começamos a correr atrás e marcamos uma consulta com uma endocrinologista. Ele fez um exame e então descobrimos que ele tem Hipotireoidismo, o que o faz engordar. Desde antes dos dois anos de idade ele toma remédio por conta disso, mas parece que depois do remédio ele engordou ainda mais", disse.

Comente agora
25
Set
"Parece que os ossos vão quebrar”, diz mulher com suspeita de Febre Chikungunya
Postado por: Anacley Souza / 16:43h

“É um negócio estranho mesmo”, afirma Zenita Lobo de Souza, 45 anos, sobre os sintomas que vem sentindo há mais de uma semana. Ela é uma das cerca de 300 pessoas que aguardam o resultado do exame para saber se tem a Febre Chikungunya na Bahia. Segundo a mulher, ela sente dores no corpo, febre alta e dor de cabeça, todos os sintomas da doença que já atingiu 14 pessoas no município, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Zenita, que é moradora do George Américo, bairro com maior incidência da doença, afirmou que mais quatro pessoas de sua família estão com o sintoma: o marido, filho, nora e sobrinho. A mulher disse que o médico passou dipirona e paracetamol, mas mesmo com o medicamento a dor não passa, “só faz aliviar”. "Dói tudo, até o vento quando passa na gente parece que os ossos vão quebrar. É um negócio estranho mesmo, viu?!", revela. O sobrinho de Zenita, Dimerson dos Santos Almeida, 20, disse que está com os sintomas há dois dias e não sabe quanto tempo vai levar para melhorar. "Passaram duas injeções, eu tomei, mas não explicaram direito não. Mandaram para casa repousar um pouco e tomar muito liquido", conta. De acordo com o Ministério da Saúde, equipes já se encontram em Feira de Santana e estão trabalhando em conjunto com a Secretaria Estadual de Saúde. Além de intensificar ações de prevenção e vigilância da doença, as equipes dão orientação para a busca ativa de casos suspeitos e a implementação de ações para reduzir, com maior rapidez, a população dos mosquitos transmissores.

Comente agora
25
Set
Remédios X Gravidez: entenda os riscos de auto-medicar durante a gestação
Postado por: Anacley Souza / 16:25h

 Engravidar, infelizmente, não evita que a futura mamãe sinta dores de cabeça, garganta, na coluna, enfim, as mesmas experimentadas pelas mulheres que não estão à espera de um bebê. Sem falar dos enjoos e vômitos que muitas vezes impedem que a gestante mantenha sua rotina normalmente. Em situações corriqueiras, você recorre àquele comprimido que resolve qualquer dor ou ainda a um chazinho que sua avó te ensinou a fazer que é tiro e queda. E se você estiver grávida? Será que dá para manter esses hábitos? A afirmação que diz que mulheres grávidas não devem tomar nenhum tipo de remédio está correta. Gestantes devem manter distância não apenas dos medicamentos sintéticos, mas também dos homeopáticos, florais e chás. Mesmo que o remédio seja natural ou que você conheça alguma outra futura mamãe que tenha utilizado determinado medicamento que fez bem a ela, não use nada por conta própria Quando sentir algum sintoma, por mais simples que seja, não hesite em procurar um médico. Somente ele poderá indicar o melhor tratamento para seu caso. Não esqueça que existem muitos remédios que não devem ser ingeridos por gestantes, pois podem causar desde malformação fetal até um aborto, especialmente no primeiro trimestre da gestação. O que fazer quando a mamãe faz uso contínuo de algum medicamento, como antidepressivos ou remédios para males crônicos, como doenças cardíacas ou renais, por exemplo? Em casos assim, o médico avaliará cada caso individualmente, afinal é preciso pensar que em situações como essas, ficar sem a medicação apresenta mais riscos para a futura mamãe do que ingeri-los.

Comente agora
25
Set
Anvisa determina apreensão e inutilização de xampu sem registro
Postado por: Anacley Souza / 12:11h

Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada hoje (24), no Diário Oficial da União, determina a suspensão da fabricação, distribuição, divulgação, comercialização e do uso do produto Brushing Progress – Shampoo Antioxidante da marca Essencial Cosméticos, fabricado pela empresa Relux Indústria e Comércio de Cosméticos Ltda. De acordo com o texto, o produto não possui registro, notificação ou cadastro na Anvisa. Já a empresa não possui autorização de funcionamento e, segundo a agência, usa na rotulagem do xampu dados de endereço, CNPJ e autorização de funcionamento referentes à empresa Indústria e Comércio de Cosméticos Reluz Ltda., que desconhece a existência do produto. A Anvisa determinou, ainda, a apreensão e a inutilização das unidades do xampu encontradas no mercado. A resolução entra em vigor nesta quarta-feira. (Agência Brasil)

Comente agora
25
Set
Ministério da Saúde atualiza dados de Chikungunya nesta quinta-feira
Postado por: Redação Voz da Bahia / 08:59h

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, e o secretário Estadual de Saúde da Bahia, Washington Couto, atualizam nesta quinta-feira (25), às 10h30, os casos da Febre Chikungunya no estado. Na ocasião, serão reforçadas as medidas de prevenção e as ações conjuntas realizadas para o combate à doença. O evento acontece no Pestana Bahia Hotel, no Rio Vermelho. (Metro1)

Comente agora
24
Set
Anvisa define normas para volta dos emagrecedores ao mercado
Postado por: Redação Voz da Bahia / 20:25h

A Anvisa aprovou, nesta terça-feira (23), uma resolução que estabelece as normas para a volta dos inibidores de apetite ao mercado. Os medicamentos femproporex, anfepramona e mazindol deixaram de ser vendidos no Brasil em 2011, quando a Anvisa os proibiu. No início do mês, porém, o Senado suspendeu essa decisão, liberando os remédios novamente. Agora, a Anvisa definiu as regras para a volta da comercialização desses produtos. A resolução deve ser publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (26), de acordo com o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Barbano. "Acaba a proibição. O problema é que os registros estão cancelados, então as empresas vão ter que pedir novos registros. A norma indica que, enquanto não houver um novo registro, as farmácias de manipulação não vão poder manipular", diz Barbano. Entre as exigências para o registro, estão a apresentação de estudos que comprovem a segurança e a eficácia das drogas."Estamos cumprindo a decisão do Congresso, mas não vamos permitir que produtos que não tenham comprovação de eficácia e segurança fiquem no mercado."Barbano acrescentou que, quando voltarem ao mercado, esses medicamentos estarão sob o mesmo tipo de controle que a sibutramina.

Comente agora
24
Set
Prêmio Benchmarking Saúde elege os melhores do setor na Bahia
Postado por: Redação Voz da Bahia / 15:14h

“O Instituto Fernando Filgueiras que faz a gestão do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus é vencedor na categoria Prêmio Especial – Categoria - Organização Social (OS)”.

Acontece na quinta-feira, 25, no Espaço Solar Cunha Guedes (Salvador) a cerimônia de entrega do Prêmio Benchmarking Saúde 2013, evento considerado Oscar da Saúde na Bahia. Em noite de gala só para convidados, serão premiados gestores e instituições do segmento no estado, que foram destaque ao longo do ano passado pelo desempenho empresarial. Em sua quarta edição, o prêmio é realizado pela Revista Diagnóstico, mais influente publicação do trade de saúde nacional. Entre os vencedores na categoria: Prêmio Especial - Destaque OS - está o Instituto Fernando Filgueiras que faz a gestão do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, primeiro Hospital Público da Bahia, Certificado pela ISO e Acreditado Nível II pela Organização nacional de Acreditação (ONA). 

O Diretor Geral do Instituto Fernando Filgueiras, Alex Carvalho, avalia a premiação. 

Comente agora
24
Set
Número de transplantes de órgãos cai, mas fila de espera também diminui
Postado por: Anacley Souza / 13:04h

Embora o número de transplante de órgãos no Brasil venha registrando queda ao longo dos últimos dois anos, a quantidade de pessoas na fila de espera também está diminuindo. Segundo o Ministério da Saúde, houve um grande aumento dos transplantes nos anos anteriores, levando à redução da fila. Foi essa queda no número de pessoas que precisam passar por transplante que fez a quantidade de doações diminuir de 2012 para cá, informou o ministério. A queda se deu principalmente no transplante de córnea, que é mais simples e cuja fila de espera foi zerada em alguns estados. O balanço foi divulgado nesta quarta-feira pelo ministério, durante o lançamento da nova campanha de doação de órgãos. No próximo sábado, 27 de setembro, é comemorado o Dia Nacional da Doação de Órgãos. Dados do Ministério da Saúde mostram que, em junho deste ano, havia 37.736 pessoas na fila de espera, contra 64.774 em 2008. A queda em relação a 2013, quando havia 38.074 pessoas na fila, foi menor. No primeiro semestre de 2014, foram feitos 11,4 mil transplantes, dos quais 6,6 mil de córnea, 3,7 mil de órgãos sólidos (coração, fígado, rim, pâncreas e pulmão), e 965 de medula óssea. É uma queda de de 1,5% em relação aos 11.569 transplantes do primeiro semestre de 2013, quando já havia sido registrada uma diminuição de 6,3% na comparação com o mesmo período de 2012.

Comente agora
24
Set
Grandes marcas vão reduzir 20% calorias de refrigerantes nos EUA
Postado por: Anacley Souza / 12:27h

Os refrigerantes fabricados nos Estados Unidos ficarão menos calóricos. Os maiores fabricantes da bebida no mundo, Coca-Cola, PepsiCo e Dr Pepper, entraram em um acordo com a Associação Americana de Bebidas e a Aliança Por Uma Geração Mais Saudável e se comprometeram a diminuir 20% do índice calórico dos seus produtos até o fim deste ano. O acordo ocorreu na última terça-feira (23), durante uma conferência realizada pela Fundação Clinton. Presente no encontro, o ex-presidente americano Bill Clinton alertou para o risco oferecido pela quantidade calórica deste tipo de bebida e afirmou que a redução de 20% das calorias nos refrigerantes "pode ser um passo fundamental em nossa luta contra a obesidade". Para cumprir o acordo, os fabricantes se comprometeram a vender as bebidas em embalagens menores, além de promover o maior consumo de água mineral, além de introduzir ao mercado novas opções de bebidas com menos calorias. Outro ponto definido no acordo é que essas bebidas mais saudáveis terão um posicionamento específico nas prateleiras dos supermercados, para que os consumidores possam encontrá-las com maior facilidade e, assim, aumentar o consumo. (Correio)

Comente agora
24
Set
Mosquito mutante é testado no Rio de Janeiro para combater a dengue
Postado por: Redação Voz da Bahia / 10:48h

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) começou a testar nesta quarta-feira (24) uma forma inovadora de combater a dengue na cidade do Rio de Janeiro. Mosquitos modificados em laboratório foram liberados nesta manhã no bairro de Tubiacanga, na Ilha do Governador, zona norte, onde moram 3 mil pessoas. Semanalmente serão liberados aproximadamente dez mil Aedes aegypti infectados com a bactéria Wolbachia, encontrada no meio ambiente e capaz de impedir a transmissão da dengue pelo mosquito. Na primeira fase do projeto, iniciado há dois anos, os pesquisadores monitoraram a população de mosquitos na região com o apoio dos moradores do bairro. A pesquisa com os mosquitos mutantes começou na Austrália, em 2009, por uma iniciativa sem fins lucrativos que integra o Programa Eliminate Dengue: Our Challenge, traduzido para Eliminar a Dengue: Desafio Brasil. O líder da pesquisa no país, Luciano Moreira, explicou que a expectativa é de que, até o final do ano, toda população de Aedes aegypti seja infectada pela Wobachia e esteja livre do vírus da dengue em Tubiacanga. As liberações serão feitas por aproximadamente três ou quatro meses e vai depender dos resultados sobre a capacidade dos mosquitos com Wolbachia de se instalarem no local. “Quando essa bactéria é colocada no Aedes aegypti, ela bloqueia o vírus da dengue. Precisaremos de aproximadamente um a dois anos para constatar se realmente houve redução do número de casos”, disse Moreira. (Flavia Villela, Agência Brasil)

Comente agora
24
Set
Saúde de Feira notifica 307 casos suspeitos de chinkungunya com 14 confirmações
Postado por: Letícia Oliveira / 08:40h

A Secretaria de Saúde de Feira de Santana notificou 307 casos suspeitos de chinkungunyaentre 31 de agosto até esta terça-feira (23), com 14 confirmações da febre. Os registros foram feitos em 27 localidades do município, sendo a maioria no bairro de George Américo, que apresentou 220 (72%) notificações, seguido pelo povoado Rio do Peixe (Distrito de Jaguara) com 29(9%), bairro Campo Limpo com 18(6%) e Sobradinho com 5(2%). Ainda segundo a pasta de saúde de Feira, os casos apontados não têm vínculo com pessoas que trouxeram o vírus de países com transmissão da doença, o que caracteriza transmissão local. Conforme nota da secretaria, os sinais e sintomas mais frequentes relatados pelos pacientes foram mialgia (dor muscular), artralgia (dor nas articulações), febre e cefaleia (dor de cabeça). (BN)

Comente agora
24
Set
Ministério da Saúde lança campanha de doação de órgãos
Postado por: Letícia Oliveira / 06:56h

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, lança nesta quarta-feira (24), em Brasília, a nova campanha de doação de órgãos. O ministro apresentará ainda o balanço de transplantes e entregará troféus de reconhecimento por iniciativas voluntárias de estímulo à doação de órgãos. A divulgação marca a semana de comemoração do Dia Nacional da Doação de Órgãos (27 de setembro).

Comente agora
23
Set
Brasil registra 14 casos de chikungunya em uma semana, todos em Feira de Santana
Postado por: Marcus Augusto DRT 5719 / 22:28h

O número de casos de febre chikungunya no Brasil subiu de 2 para 16 em uma semana. Os 14 pacientes que tiveram a confirmação da infecção moram na cidade de Feira de Santana. Equipes do Ministério da Saúde foram enviadas para o local para tentar identificar como a doença atingiu a cidade. A pasta não informou, até o momento, o bairro em que residem os pacientes e se há relação de parentesco ou convivência entre eles. A doença é transmitida pela picada dos mosquitos Aedes Aegypti e Aedes Albopictus infectados pelo vírus. Os mosquitos também são transmissores da dengue. Além de um mecanismo de transmissão semelhante, a febre chikungunya e a dengue apresentam sintomas parecidos: febre alta, dor muscular e nas articulações, manchas na pele e dor de cabeça. A doença que acaba de desembarcar no Brasil, no entanto, não tem a forma hemorrágica - algo que reduz o risco de morte do paciente. Por outro lado, a infecção pode trazer problemas crônicos nas articulações, que somente podem ser contornados com fisioterapia. O maior risco de propagação do chikungunya é de janeiro a maio. Semana passada, o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, não quis fazer previsões sobre a dimensão de uma eventual epidemia. Ele lembrou que a transmissão é rápida - a exemplo do que ocorre com a dengue. Além disso, toda a população brasileira é suscetível. De acordo com ele, o ministério está se preparando para o pior cenário.

Comente agora
Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com