As comentadas


Boa noite , Quinta-feira, 30/06/2016








Enquete



Reflita

Blog

Saúde

04
Mar
Bahia recebe mais de 220 mil cadernetas para gestantes sobre Aedes aegypti
Postado por: Redação Voz da Bahia / 11:27h

A Bahia receberá nas próximas semanas 223,4 mil unidades da Caderneta da Gestante. Entre o acompanhamento pré-natal no Sistema Único de Saúde (SUS) - com cartão de registro das consultas clínicas e odontológicas, além de resultados de exames -, a caderneta traz informações sobre prevenção e proteção contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. "É fundamental que a mulher, no momento da gravidez, tenha acesso a informações seguras e baseadas em evidências científicas sobre o processo de gravidez, parto e puerpério. É importante também que ela conheça seus direitos civis, quais são as rotinas recomendadas para as consultas de pré-natal e quais exames clínicos, laboratoriais e vacinas devem ser realizados durante o período. O acesso a essas informações contribui para um maior empoderamento dessas mulheres, fortalecendo a sua autonomia e protagonismo, assim como sua confiança nos processos naturais da gestação, parto e amamentação", explicou Maria Esther Vilela, coordenadora Geral de Saúde das Mulheres do Ministério da Saúde.

Comente agora
04
Mar
Anvisa aprova últimos testes de vacina contra dengue de laboratório japonês
Postado por: Dulce Santana / 09:25h

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o ensaio clínico de fase 3 da vacina contra a dengue, desenvolvida pelo laboratório japonês Takeda. A fase é a última etapa antes de a vacina ser submetida à avaliação para registro. A farmacêutica desenvolve a vacina desde 2013, quando comprou a americana Inviragen, que já trabalhava na vacina. "A avaliação foi realizada com a maior brevidade possível e de forma a garantir as etapas necessárias e essenciais para segurança e eficácia do produto final", disse a Anvisa. De acordo com o Bem Estar, a vacina pode ser aplicada em duas doses, com intervalo de três meses. Os testes clínicos devem ser feitos em 20,1 mil crianças entre 4 e 16 anos, de diferentes países. São esperados 4.770 participantes brasileiros. Os testes correspondem a uma vacina tetravalente, que previne contra os quatro sorotipos de dengue, baseada em uma forma atenuada do vírus da dengue 2. Outra vacina também está em fase de testes, desenvolvida pelo Instituto Butantan. A etapa deve começar com a vacinação de 1,2 mil voluntários pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Comente agora
04
Mar
Gasto extra com dengue é de R$ 20 por paciente
Postado por: Dulce Santana / 09:15h

Prefeituras do interior de São Paulo estão revendo projetos e cancelando obras para aplicar os recursos no combate ao mosquito Aedes aegypti e no atendimento a pacientes com dengue, chikungunya e zika. Em algumas, já falta dinheiro e os prefeitos pedem ajuda aos governos estadual e federal. Para Stênio Miranda, que preside o Conselho de Secretários de Saúde do Estado de São Paulo, a epidemia de dengue fez os municípios gastarem R$ 24 bilhões com a Saúde em 2015, enquanto o Estado gastou R$ 20 bilhões. "O impacto de custos adicionais provocados pela epidemia é de R$ 20 por habitante, podendo variar de acordo com as realidades locais. O custo principal é com recursos humanos, mas há gastos com medicamentos, soro para reidratação, exames de laboratórios, internações. As queixas dos secretários são unânimes." A prefeitura de Birigui, na região noroeste do Estado, decretou calamidade pública na terça, frente ao avanço da dengue. O decreto permite ao município adquirir medicamentos e soro para o tratamento dos pacientes e contratar mão de obra e serviços sem a necessidade de licitação. Também possibilita remanejar verbas destinadas a outros projetos.

Comente agora
03
Mar
Pancadas na cabeça sofridas por esportistas podem trazer sérios riscos
Postado por: Anacley Souza / 19:23h

Tontura, perda temporária da memória, alucinações e depressão são alguns dos sintomas que alguns ex-atletas profissionais apresentam e que podem pode ser facilmente confundidos com mal de Alzheimer, mas segundo o médico Rodrigo Freitas, especializado em medicina esportiva, todos esses sintomas são característicos de quem sofre traumas repetitivos no crânio em esportes como boxe, mma, futebol e outros. "O que muita gente pensa ser alzheimer ou alguma outra doença degenerativa, na verdade é uma patologia chamada encefolopatia traumática crônica. Ela acontece devido as pancadas recebidas repetidamente no crânio, ao qual chamamos de concussão e são comuns principalmente em esportes como luta e futebol". É comum vermos jogadores de futebol sofrerem pancadas durante uma partida, serem avaliados rapidamente e logo voltarem a campo, mas o médico alerta que caso não haja um acompanhamento, podem trazer sérios riscos a saúde deles. Um exemplo recente de casos como esse foi o volante da seleção alemã, Kramer, que na Copa do mundo em 2015, após levar uma pancada da cabeça ainda no primeiro tempo da decisão contra a Argentina o fez ter um branco na memória e não se recordar de nenhum momento daquela partida: "Pareceu uma pancada muito forte, até doeu um pouco assistir de novo.

Comente agora
03
Mar
Ministério vai mudar critério para notificar microcefalia, seguindo OMS
Postado por: Anacley Souza / 18:27h

O Ministério da Saúde vai mudar novamente o protocolo de notificação de microcefalia. O objetivo, desta vez, é seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), que estabelecem parâmetros distintos para meninos e meninas. Passarão a ser notificados como casos suspeitos de microcefalia meninas com circunferência craniana menor que 31,5 cm e meninos com medida menor do que 31,9 cm. Segundo a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde, ainda não foi definido quando a mudança entrará em vigor. No início da emergência de microcefalia no Brasil, todos os bebês com perímetro cefálico menor que 33 cm eram notificados como microcefalia. No início de dezembro, o ministério alterou esse parâmetro, que passou a ser de 32 cm. O Brasil já teve 5.909 notificações de microcefalia desde 22 de outubro de 2015 até 27 de fevereiro, segundo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (1º). Do total de notificações, 641 casos foram confirmados e 1.046 foram descartados; 4.222 casos continuam sob investigação. De acordo com o novo boletim, entre os casos confirmados, 82 tiveram exame positivo para o vírus da zika. Foram notificados ainda 139 óbitos por microcefalia após o parto ou durante a gestação, dos quais 31 foram confirmados para microcefalia ou alteração do sistema nervoso central, 12 foram descartados e 96 continuam em investigação. (Bem Estar)

Comente agora
03
Mar
Fiocruz de Pernambuco suspeita que muriçoca também seja vetor do zika vírus
Postado por: Débora Ayane / 14:27h

Resultados preliminares de um estudo feito pela Fiocruz Pernambuco indicam que o Aedes aegypti pode não ser o único vetor do zika vírus. O estudo liderado pela bióloga Constância Ayres Lopes detectou a presença do zika em alta carga viral na glândula salivar do Culex quinquefasciatus, a conhecida muriçoca. Foram realizadas três infecções, em laboratório, em 200 mosquitos. "Se o vírus alcança a glândula salivar, significa que o Culex pode disseminá-lo. Para comprovar isso, são necessários outros experimentos, com amostras de mosquito de campo", explicou Constância, para destacar em seguida que ainda cedo para assegurar a transmissão do Zika pela muriçoca. De acordo com o JC Online, para testar a possibilidade é preciso encontrar na natureza uma espécie de mosquito infectado com o vírus. Em seguida, o material de campo coletado deve ser analisado, sob acompanhamento da Secretaria Estadual de Saúde. A meta é analisar 10 mil pools de mosquito. "Vamos trazer o material para o laboratório e fazer o teste molecular na tentativa de detectar o vírus nessas espécies. Com esse resultado a partir da análise de uma grande quantidade de amostras, poderemos idealizar se o Aedes é vetor exclusivo, se existem outros vetores e qual importância de cada um no papel de transmissão", acrescentou. Os estudos seguintes podem mostrar o período de incubação do vírus no mosquito, a eficiência da transmissão e a rapidez de dispersão da doença no Brasil. O Culex passou a ser alvo de Constância depois que a pesquisadora perceber que a primeia epidemia do Zika fora do ambiente silvestre aconteceu na Micronésia (Oceania). Lá o Aedes é raro e os pesquisadores não analisaram o Culex, abundante em toda a região tropical.

Comente agora
03
Mar
Acordar cedo afeta produtividade no trabalho, dizem cientistas; jornada deveria começar às 10h
Postado por: Redação Voz da Bahia / 12:39h

Escalas de trabalho não alinhadas ao relógio biológico do funcionário pode explicar baixa produtividade no ambiente profissional. Um estudo feito pelo professor Cristopher Barnes, da Foster School of Business, pertencente à Universidade de Washington, nos Estados Unidos, mostrou que trabalhadores cansados tendem a cometer mais erros graves e a sofrer acidentes de trabalho - ao contrário daqueles que têm seu relógio biológico em conformidade com sua jornada de trabalho: se sentem mais concentrados, menos estressados e relativamente mais saudáveis. De acordo com uma reportagem do BBC, a produtividade está relacionada ao ritmo circadiano, que varia de pessoa para pessoa. O professor do Instituto de Psicologia Médica da Universidade Ludwig-Maximillian, em Munique, Till Roenneberg, explica que nossas vidas não costumam considerar o ritmo que tínhamos no passado, quando passávamos mais tempo do lado de fora sob a luz natural. O início do expediente às 8h ou 9h da manhã vai contra o relógio biológico dos empregados. O pesquisador estima que mais de 70% das pessoas acordam mais cedo do que deveriam, se o objetivo era estarem descansadas e produtivas. O neurocientista Paul Kelly, da Universidadede Oxford, no Reino Unido, defende que a jornada de trabalho ideal deveria começar às 10h. "Não é racional começar a jornada às 8h", concluiu.

Comente agora
03
Mar
Cruz das Almas: secretária nega morte por microcefalia
Postado por: Redação Voz da Bahia / 07:57h

A secretária de Saúde de Cruz das Almas, Soze Bispo, negou na tarde desta quarta-feira (2/3) que o município tenha registrado um caso de morte por microcefalia. A cidade aparece na lista divulgada pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB), mesmo não constando no último boletim divulgado pelo órgão, relacionado à coleta de dados entre outubro de 2015 e fevereiro deste ano. De acordo com a secretária, o caso notificado pela Maternidade José Maria Magalhães Neto, em Salvador, envolve uma mulher que é natural de Cruz das Almas, mas reside em Camaçari (RMS). "Apesar de a cidade ter sido incluída de forma equivocada na lista dos 136 municípios que tiveram registro de morte em decorrência da doença, não há um só caso de morte por microcefalia em Cruz das Almas”, rebateu a secretária. A coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Rose Oliveira, disse que assim que soube da notícia, entrou em contato por telefone com paciente, Elizete Santos de Jesus. Segundo a mãe do bebê, a microcefalia foi detectada ainda no período gestacional, o que resultou no óbito da criança. “A vigilância Epidemiológica, em parceria com a Atenção Básica, tem dado toda assistência as gestantes que foram infectadas pelo Zika Virus”. (Bocão News)

Comente agora
03
Mar
Bahia tem 31 profissionais de saúde infectados por HIV e hepatite após acidentes ocupacionais
Postado por: Redação Voz da Bahia / 00:08h

Em 2015, acidentes ocupacionais infectaram com o vírus do HIV e da hepatite 31 trabalhadores da área de saúde na Bahia. Os dados são do Sistema de Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (Sinan), vinculado ao Ministério da Saúde. De acordo com a enfermeira e especialista em Controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde da empresa Sol-Millennium, Karine de Araújo, o número é considerado elevado, mas pode ser agravado se considerado os casos não notificados. “O que a gente tem notificado é 31, mas se fizer conta com 91% que não são notificados, esse número aumenta muito”, afirmou ao Bahia Notícias, antes de realizar uma palestra para funcionários de saúde das redes pública estadual e municipal de saúde. O encontro “NR 32 e prevenção de acidentes com material biológico: impacto na utilização de dispositivos de segurança” foi realizado nesta quarta-feira (2), no Fecomércio.“Está tendo muito acidente com perfuro[cortantes], muitos hospitais ainda não estão seguindo a norma de segurança do trabalho [a NR 32] e, por não seguirem, nossos profissionais estão expostos, usando seringas e agulhas comuns”, explicou. De acordo com a especialista, o ideal é que os profissionais de saúde utilizem equipamentos e medidas de segurança, por exemplo, uma seringa que não permite o contato com a agulha contaminada [veja foto]. “O preço é um pouco maior, porém, quando vê os benefícios, o preço é um investimento. Um profissional doente gera um custo para a instituição, fora o fator emocional. Quando profissional tem acidente com agulha ou seringa contaminada, ele precisa ser afastado, tomar medicação, profilaxia. Isso gera um transtorno enorme e ele corre risco de contrair HIV, hepatite, mais de 20 patologias transmitidas pelo sangue”, acrescentou. 

Comente agora
02
Mar
Família de professor de Santo Antônio de Jesus faz campanha por direito à pílula contra o câncer
Postado por: Anacley Souza / 22:43h

A família do professor Élio de Carvalho, 58 anos, lançou uma campanha nas redes sociais para pressionar a Universidade de São Paulo (USP) a liberar o uso da pílula contra o câncer. Um abaixo assinado que já conta com mais de nove mil assinaturas foi lançado para exigir a instituição cumpra uma liminar da Justiça e envie a segunda remessa do medicamento. Professor e sociólogo de Santo Antônio de Jesus, Élio Carvalho, 58 anos, foi diagnosticado com câncer de língua em março de 2015. Ele iniciou o tratamento contra a doença no hospital Aristides Maltez, mas seu quadro piorou e a família conseguiu transferi-lo para o Hospital do Câncer de Jales, em São Paulo. “Em novembro chamaram a gente e disseram que ele já estava com os dias contados. O que eu fiz? Eu li sobre a fosfoetanolamina na internet. Procurei o lattes do professor que desenvolveu, Gilberto Chierice, vi que era sério e entrei na justiça para conseguir o direito à pílula”, contou o estudante Caio Machado, 26.

Melhora: Uma liminar concedida por um juiz de Santo Antônio de Jesus assegurou o direito do professor de receber o medicamento, que não é comercializado nem distribuído por não ter passado pelos testes requeridos a fim de ser liberado ao público. “Com a pílula meu pai melhorou muito. Ele tomava 16 comprimidos de morfina por dia. Com a fosfo ele não tomava nenhum remédio de dor. Os ferimentos sumiram, o aspecto da língua melhorou e os tumores foram secando e ele conseguiu andar”, relatou Caio. Lá, ele passou por sessões de quimioterapia e radioterapia, mas não teve resultados. Seu filho, então, começou a pesquisar terapias alternativas e descobriu a "pílula do câncer",  que são cápsulas de fosfoetanolamina sintética desenvolvidas pelo Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP). A família recebeu 180 cápsulas, que foram ingeridas por 30 dias. “Quando a primeira remessa acabou, a Procuradoria da USP se recusou a mandar mais comprimidos. Disseram que estavam acostumados a ouvir histórias tristes como as nossas”, disse Caio. Hoje a família do professor luta mais uma vez na justiça pelo direito de receber o remédio. "Se isso for placebo não sei o que é cura. Não é falso milagre. As pessoas indicam pra gente coisas mirabolantes. Nenhuma funcionou como a fosfo. É mais fantástico que qualquer analgésico”, afirmou o estudante.

Um comentário
02
Mar
Pesquisa da Fiocruz comprova presença do Zika no pernilongo
Postado por: Anacley Souza / 20:11h

Foi confirmada nesta quarta-feira pela pesquisadora Constância Ayres, a facilidade de disseminação do Zika vírus em mosquitos culex (pernilongos comuns) contaminados em laboratorio. A pesquisa, um projeto desenvolvido pela Fundação Oswaldo Cruz, afirma que: “Isso significa que, em laboratório, o vírus conseguiu escapar de algumas barreiras no mosquito e chegou à glândula salivar”.Segundo informações do Portal G1, a bióloga apresentou os resultados preliminares da investigação que mostram a disseminação do vírus para a glândula salivar do mosquito, por onde aconteceria a transmissão da doença para humanos. Isso foi possível após realizar três infecções em cerca de 200 mosquitos culex (as duas primeiras em dezembro do ano passado e a terceira em fevereiro), a pesquisa mostra a competência vetorial do pernilongo em laboratório.“Nas casas e onde acontecem registros de caso de zika estão sendo coletados mosquitos das duas espécies (Aedes aegypti e culex). Trazemos esse material para o laboratório e fazemos os testes moleculares para detectar o vírus nessas espécies. Tendo realizada uma grande quantidade de amostras, poderemos ter uma ideia se o Aedes é o vetor exclusivo, se existem outros vetores e qual a importância de cada um no papel da transmissão”, afirmou Ayres. Apurado pelo G1, ainda serão necessários alguns meses (entre 6 e 8 ) para se obter uma respota definitiva da pesquisa: “Ainda vai levar um tempo para termos o resultado final. O ideal é analisar o maior número possível de mosquitos, em torno de 10 mil, para ter uma ideia da dispersão, comparar diferentes bairros e ver se coincide com os casos da doença de zika e microcefalia”.

Comente agora
02
Mar
Doenças da tireoide são sete vezes mais frequentes em mulheres
Postado por: Anacley Souza / 19:43h

Se você faz dieta e exercícios físicos diariamente, mas não consegue emagrecer ou emagrece sem fazer esforço, fique em alerta, pode ser problema na tireoide! Além de alterações no peso corpóreo, as doenças tireoidianas podem ter muitos outros sintomas. O hipotireoidismo e hipertireoidismo são apontados como os principais responsáveis por essas irregularidades e são sete vezes mais frequentes em mulheres do que em homens, principalmente após os 50 anos. “Acredita-se que a gestação e alterações hormonais, que ocorrem principalmente durante a menopausa, são fatores que predispõem a doenças autoimunes da tireoide”, conta a endocrinologista do Hapvida, Aline Garcia. É muito importante conhecer as principais diferenças entre as duas doenças: o hipotireoidismo e o hipertireoidismo. Ambas diagnosticadas através da história clínica, exame físico e confirmação laboratorial com dosagem dos hormônios tireoidianos TSH e T4 Livre.

Hipotireoidismo: O hipotireoidismo ocorre quando a glândula tireoide produz hormônios em quantidades menores que as necessárias. A especialista aponta que entre os sintomas mais frequentes estão o cansaço, dores nas pernas, ganho de peso, queda de cabelos, unhas quebradiças entre outros. “Vale ressaltar que no homem, umas das manifestações mais comuns é a redução da libido”, observa a endocrinologista.

Comente agora
02
Mar
Má postura e mudança climática podem causar dor de cabeça
Postado por: Débora Ayane / 17:15h

A má postura pode ser uma das causas da dor de cabeça. A neurologista Thaís Vila, em entrevista ao Bem Estar, acrescentou que a disfunção temporomandibular, sinusite e hérnia de disco também podem provocar a dor. De acordo com o programa, a patologia tem origens diversas. Por exemplo, também pode ser causada pela variação climática abrupta, que estressa o organismo e pode ser um gatilho para a enxaqueca. Estímulos sensoriais, como barulho, cheiro, claridade, atividade física, jejum, mudança de rotina de sono, álcool, mudanças hormonais e estresse emocional também desencadeiam a dor de cabeça. A fisiatra Milene Ferreira recomenda alguns tratamentos para a dor. Entre os mais eficazes, segundo a profissional, estão fisioterapia, agulhamento, pilates, RPG e toxina botulínica.

Comente agora
02
Mar
Pornô não causa dependência, diz pesquisa; cérebro reage como em outros vícios
Postado por: Redação Voz da Bahia / 13:11h

Depois da revelação de Terry Crews sobre seu vício em pornografia, o assunto voltou à tona. Um estudo da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, feito com 19 homens enquanto assistiam a filmes pornográficos mostrou que foram ativados nos cérebros dos voluntários os mesmo pontos de "recompensa" acionados quando um viciado vê sua droga favorita. Um outro estudo, desta vez da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, revela que o cérebro tem desempenho similar ao registrado em outras dependências, mas há restrições. "Depois diverge. Quando você vê pornografia, há aumentos nos dispositivos de aprendizado e recompensa. Porém, não é possível ver outros sinais", disse a pesquisadora Nicole Prause, segundo o Uol. Nicole observa que o cérebro de pessoas viciadas em jogos de azar dá pistas mais consideráveis. Naquelas que dizem sofrer da compulsão por pornô, a resposta é bem menor. Sendo assim, a pesquisadora conclui que os modelos científicos atuais apontam que pornografia não causa dependência.

Comente agora
02
Mar
Casos de microcefalia sobem para 641 e 4.222 são investigados
Postado por: Dulce Santana / 09:27h

Os números subiram desde a última divulgação na semana passada, no dia 23. Até então, os casos confirmados de microcefalia eram 583. O Ministério da Saúde confirmou 641 casos de microcefalia e outras alterações do sistema nervoso, sugestivos de infecção congênita, de acordo com novo boletim divulgado hoje (1º) pela pasta. Outras 1.046 notificações foram descartadas, mas o ministério e os estados investigam ainda 4.222 casos suspeitos em todo o país. Os números subiram desde a última divulgação na semana passada, no dia 23. Até então, os casos confirmados de microcefalia eram 583. Do total de casos de microcefalia confirmados, 82 foram notificados por critério laboratorial específico para o vírus Zika. Na semana passada, eram 67. O Ministério da Saúde ressalta, no entanto, que esse dado não representa, adequadamente, todos os casos relacionados ao vírus. A pasta considera que houve infecção pelo Zika na maior parte das mães que tiveram bebês, cujo diagnóstico final foi de microcefalia. Ainda de acordo com a divulgação, os 1.046 casos descartados apresentaram exames normais ou apresentarem microcefalias e/ou alterações no sistema nervoso central por causas não infecciosas.

Comente agora
02
Mar
Medo do Zika: procura por clínicas que congelam embriões cresce em Salvador
Postado por: Dulce Santana / 08:44h

Em uma clínica, houve uma redução de 30% de mulheres e casais que buscam o centro para realizar tratamento. Muitas mulheres estão decidindo congelar embriões para esperar para engravidar em um momento que corram menos riscos. Nas clínicas que fazem fertilização in vitro em Salvador, a procura pela vitrificação - o congelamento - aumentou, comparando com o ano passado. “Elas estão vindo para fazer a transferência depois que a situação se estabilizar, com tranquilidade. É uma solução, porque uma mulher de 38, 39 anos, não pode esperar para engravidar, porque óvulo envelhece”, disse a especialista em reprodução Genevieve Coelho, diretora da clínica IVI Salvador. Na IVI, a demanda aumentou cerca de 20%. O diretor do diretor do Centro de Medicina Reprodutiva (Cenafert), Joaquim Lopes, reforça que mulheres mais velhas devem analisar a situação. “A idade pesa na balança. Cabe ao médico ter uma atitude esclarecedora, levantando os prós e os contras”. No Cenafert, houve uma redução de 30% de mulheres e casais que buscam o centro para realizar tratamento.

Comente agora
02
Mar
Gilberto Gil teve picos de pressão alta, diz assessoria do músico
Postado por: Redação Voz da Bahia / 06:46h

O cantor Gilberto Gil teve dois picos de pressão alta durante sua internação no Hospital Sírio-Libanês, na região central de São Paulo. Ele está internado desde 25 de fevereiro. A assessoria do músico informou ao G1 que ele procurou o hospital para fazer check-up de rotina, pois ele acabou de voltar de turnê de shows com Caetano Veloso pela Europa. Ele vai voltar a viajar com Caetano para shows nos Estados Unidos, Peru e Chile a partir de 3 de abril. Os dois também devem retornar para alguns países europeus atendendo a pedidos de fãs e empresários locais. Gil permaneceu mais tempo em observação no hospital atendendo a pedido do médico Roberto Kalil Filho, informou a assessoria do músico ao G1. O músico também é acompanhado pelo médico Paulo Cesar Ayrosa Galvão. A assessoria do cantor disse que "ele está ótimo e pronto para ter alta". O hospital, no entanto, informou nesta terça-feira que não há previsão de alta para Gil.

Comente agora
02
Mar
Estoque de sangue em Salvador está em situação crítica, diz Hemoba
Postado por: Redação Voz da Bahia / 06:40h

O estoque de bolsas de sangue da Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia (Hemoba) está em situação crítica, segundo informações divulgadas nesta terça-feira (1º) pela própria entidade. Segundo a assessoria de imprensa do hemoba, o fato de alguns dos doadores apresentarem sintomas de viroses, além de doenças como zika, chikungunya e denhue, faz com que eles não compareçam aos postos de coleta de sangue. Conforme a Hemoba, em Salvador 32% dos doadores estão inaptos. A fundação aconselha aos doadores que tiveram viroses a esperar cerca de 30 dias para voltar a doar, caso os sintomas tenham desaparecido. A Hemoba destaca ainda que atua com estoque de emergência e não falta sangue para urgência. Apenas as cirurgias eletivas, que podem ser remarcadas sem prejudicar o paciente é que sofrem alterações de datas por conta da falta de bolsas de sangue.

Novo posto: No dia 22 de fevereiro, a fundação inaugurou o primeiro posto de coleta de sangue em uma unidade do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), em Salvador. O é instalado no bairro de Cajazeiras e irá operar como mais uma opção para os doadores que desejam auxiliar no aumento dos estoques da Hemoba. 

Comente agora
01
Mar
Laboratórios da Bahia e outros 3 estados pesquisam teste que detecta vírus da zika em 15 minutos
Postado por: Anacley Souza / 22:13h

Uma parceria entre laboratórios e empresas de pesquisa médica de três estados desenvolverá um kit de teste rápido para diagnosticar o contágio do vírus da zika. Segundo anúncio feito nesta terça-feira (1) no parque tecnológico Tecnopuc, em Porto Alegre, o teste consistirá na coleta de uma pequena amostra de sangue da ponta do dedo do paciente, que, em 15 minutos, ficará sabendo se contraiu o vírus da zika. "A proposta é desenvolver um teste rápido para utilizar na ponta do serviço. Não requer estrutura laboratorial. É como um teste de gravidez, a diferença é que será preciso dar uma picada no dedo, como um teste de glicose que os diabéticos fazem, para colocar uma gota de sangue em um dispositivo", explica o diretor do Laboratório Farmacêutico do RS (Lafergs), Paulo Mayorga, que também é presidente da Associação dos Laboratórios Oficiais do Brasil (Alfob). O produto deverá ficar pronto para ser registrado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em seis meses. A iniciativa é de uma parceria entre a empresa FK Biotec, de Porto Alegre; o Lafergs, o Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco (Lafepe) e a Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico (Bahiafarma). Segundo Mayorga, há a possibilidade de que o teste detecte também se o paciente contraiu dengue ou febre chikungunya. "Vamos concentrar nossos primeiros esforços na questão do zika, mas meta é obter uma resposta em relação às três doenças", diz.

Comente agora
01
Mar
Nasa paga R$ 70 mil para repouso e uso de maconha
Postado por: Anacley Souza / 21:45h

A Nasa procura pessoas dispostas a passar alguns dias completamente relaxadas. A função deste profissional é ficar deitado e fumar maconha por 70 dias, tudo isso pelo salário de US$ 18 mil dólares, aproximadamente R$ 70 mil reais na cotação atual. As informações são do site norte-americano Health Cure Center.O objetivo do estudo é encontrar formas de preservar a saúde e a segurança dos astronautas durante longos períodos de viagem pelo espaço. O repouso é uma boa forma de simular viagens em gravidade zero, sem peso nem tensão nos músculos. Os pesquisadores também querem entender como a maconha vai influenciar no corpo das pessoas. Esse foi o jeito mais acessível encontrado pela Nasa pra analisar as mudanças corporais que ocorrem durante as viagens. A partir dos resultados, os cientistas desejam descobrir como o estado fisiológico das pessoas em condições de gravidade zero afetam o processo das missões e sua capacidade de executar tarefas específicas, além de preparar medidas para combater qualquer deficiência que estas condições podem impor. Durante todo o período que o 'profissional' estiver em descanso ele será submetido a testes cardíacos, ósseos e musculares além de testes nos seus sistemas circulatórios e nervoso, estado nutricional e a capacidade do corpo de combater infecções.

Um comentário
01
Mar
OMS afirma que 60% dos casos de surdez podem ser prevenidos
Postado por: Anacley Souza / 21:40h

Ao todo, 60% dos casos de surdez, um problema que afeta 5% da população mundial e especificamente 32 milhões de crianças, podem ser prevenidos, garantiu nesta terça-feira a Organização Mundial da Saúde (OMS). "A perda da audição em crianças pode ser prevenida com uma detecção antecipada, a imunização e através de bons programas de saúde para mães e filhos", afirmou a psicóloga e coordenadora do Departamento de Deficiência e Reabilitação da OMS, Alarcos Cieza. Dos 60% dos casos evitáveis, 31% se devem a doenças como sarampo, caxumba, rubéola ou meningite. Outros 17% correspondem a complicações durante o parto, incluindo nascimentos prematuros, bebês abaixo do peso ou com icterícia. Segundo a OMS, 4% de casos estão relacionados ao uso em mulheres grávidas e recém-nascidos de remédios que têm efeitos prejudiciais à audição da criança, enquanto 8% se deve a má-formação não congênita. "É certo que 40% restante é irreversível (causas genéticas), mas uma detecção e uma intervenção antecipada são essenciais para melhorar o desenvolvimento pessoal e social da criança", explicou a especialista.

Comente agora
01
Mar
Anvisa aprova novo medicamento para tratar obesidade em adultos
Postado por: Anacley Souza / 21:20h

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, nesta segunda-feira (29) um novo medicamento para tratar obesidade em adultos. O Saxenda tem como princípio ativo a liraglutida, mesmo do Victoza, já usado no país para tratamento de diabetes tipo 2. Ambos são produzidos pelo laboratório dinamarquês Novo Nordisk. Até então, só havia dois remédios aprovados no Brasil para tratamento de obesidade - a sibutramina e o orlistat - e médicos criticavam a limitação do arsenal terapêutico para lidar com o problema. "A chegada de um novo medicamento para tratamento de obesidade é extremamente bem-vinda, mas isso não modifica em nada a recomendação de que qualquer perda de peso seja baseada em mudanças na alimentação e prática de atividades físicas", diz o endocrinologista Alexandre Hohl, Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Sbem). O Saxenda será indicado para adultos com IMC maior que 30 ou maior do que 27 no caso dos que têm ao menos um problema de saúde relacionado ao peso, como pré-diabetes, diabetes tipo 2, hipertensão arterial, dislipidemia ou apneia obstrutiva do sono. Hohl explica que o medicamento imita a ação do GLP1, substância produzida pelo corpo que reduz o apetite. Entre os efeitos colaterais que podem ocorrer estão náuseas e vômitos.

Comente agora
01
Mar
Há 5 tipos de dor de cabeça, saiba identificar o seu
Postado por: Anacley Souza / 19:03h

A cefaleia é uma das reclamações mais frequentes nos consultórios médicos. E as causas do desconforto podem variar muito. Existem diferentes tipos de dor de cabeça . Saber identificá-los pode contribuir para a sua. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 90% das pessoas sofrem ou já sofreram com dor de cabeça. Esse é, também, um dos problemas que mais geram no país. Conheça possíveis causas para esse sintoma e saiba o que fazer para se livrar do incômodo.Estresse, sinusite, enxaqueca e várias outras causas podem resultar no desconforto. Ao contrário do que muita gente pensa, o problema não causa uma dor no cérebro , mas, sim, nas veias, nos músculos e nas terminações nervosas. A dor que atinge, de fato, as células cerebrais é sinal de um problema mais grave. Os tipos de dor de cabeça variam, também, em suas características. Enquanto algumas são latejantes, outras apresentam sensações de pontadas ou de pressão. Além disso, a duração e a frequência também estão associadas à causa do problema. Confira algumas das mais comuns.

1. Enxaqueca: Uma crise costuma durar longas horas e acomete principalmente a região das têmporas , em ambos os lados da cabeça. Quem sofre de enxaqueca intensa também pode ter sensibilidade à luz e a sons. O tratamento deve ser feito com acompanhamento de um médico, já que as dores costumam ser frequentes e incapacitantes. Fora disso, compressas e massagens podem aliviar o quadro.

2. Tensão e estresse: Esse é um dos tipos de dor de cabeça mais comuns. A dor geralmente acomete a testa e o alto do crânio e pode ser desencadeada por problemas familiares, ou profissionais. Além disso, hábitos pouco saudáveis e consumo excessivo de álcool, café e outras substâncias também estão associados ao desconforto.

3. Alimentação: Alguns alimentos podem levar a dores de cabeça, especialmente em pessoas predispostas. Gordura em excesso , açúcar e café devem ser evitados por esses indivíduos. Esse último age dilatando os vasos sanguíneos, inclusive do cérebro, o que pode causar o problema.

4. Problemas oculares: Pacientes que passam por grandes esforços visuais também podem se queixar de cefaleia. Hipermetropia e astigmatismo sem uso de óculos ou lentes de contato tendem a causar o desconforto.

5. Sinusite: A inflamação dos seios da face também causa o sintoma. A dor costuma atingir as maçãs do rosto e a região acima dos olhos. Junto vêm outros incômodos, como secreção e coriza.

Comente agora
01
Mar
Caderneta orienta gestante sobre prevenção contra Aedes aegypti
Postado por: Anacley Souza / 18:16h

Em meio à epidemia do vírus Zika no país, a nova versão da Caderneta da Gestante, recém-lançada pelo Ministério da Saúde, traz informações sobre prevenção e proteção contra o mosquito Aedes aegypti. O documento é utilizado no acompanhamento do pré-natal por profissionais de saúde e por mulheres no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). A nova caderneta inclui um cartão de acompanhamento do pré-natal para registrar consultas clínicas e odontológicas, resultados de exames e vacinas, além de orientações sobre como será o acompanhamento no pré-natal, informações sobre cuidados na gestação, sinais de trabalho de parto, fisiologia do parto humanizado e cuidados com o puerpério e amamentação. “A caderneta favorece a qualificação da atenção pré-natal à medida que os procedimentos e condutas clínicas são realizados e avaliados, sistemática e periodicamente, em todas as consultas, junto com possíveis diagnósticos, que são devidamente registrados no documento. Isso permite um fluxo melhor de informações entre os profissionais, serviços de saúde e um cuidado mais adequado à paciente”, informou o ministério. Ainda de acordo com a pasta, estão sendo investidos R$ 3,7 milhões para a impressão de 3.192.737 cadernetas e fichas perinatais, instrumento de registo do pré-natal que será anexado ao prontuário da gestante e que servirá como espelho da caderneta. (Agência Brasil)

Comente agora
01
Mar
S. A. de Jesus: Vereador denuncia mortes de bebês no Hospital Luís Argolo por falta de aparelhos
Postado por: Débora Ayane / 16:49h

O vereador Luís do Alto (PP) denunciou incidências graves ocorrentes no Hospital e Maternidade Luís Argolo em Santo Antônio de Jesus. Em entrevista emitida nesta terça-feira (01) por meio de rádio local, o edil disse que houve duas vidas ceifadas neste mês de fevereiro na Santa Casa de Misericórdia, porque não iniciaram o funcionamento da UTI neonatal, promessa de um convênio com o Governo do Estado, “um contrato seria firmado do Governo com a Santa Casa para que seja implantada a UTI neonatal, obstetrícia, pediatria, cirurgia eletiva e até o momento não acontece, procurará Ludmila Reis (provedora da Unidade de Saúde) para saber em qual pé está esse convênio para que possamos ter a UTI neonatal evitando mais mortes”, concluiu.

Redação Voz da Bahia

Comente agora
01
Mar
Gilberto Gil está internado há 5 dias em SP, diz hospital Sírio-Libanês
Postado por: Redação Voz da Bahia / 14:32h

O cantor Gilberto Gil está internado no Hospital Sírio-Libanês, na região central de São Paulo, desde a quinta-feira (25) da última semana, informou a assessoria de imprensa do hospital na manhã desta terça-feira (1º). Gil deve permanecer em observação e tratamento clínico por conta de um quadro de hipertensão arterial. As equipes médicas que o acompanham são coordenadas pelos médicos Roberto Kalil Filho e Paulo Cesar Ayrosa Galvão, de acordo com o boletim médico divulgado pelo hospital. Na manhã de segunda-feira (29), a assessoria do cantor disse que ele esteve no local no sábado (27) para exames de rotina e que tinha sido liberado no mesmo dia. (G1)

Comente agora
01
Mar
Bahia registra 817 casos de microcefalia e 24 mortes por causa da condição
Postado por: Débora Ayane / 14:14h

Entre outubro de 2015 e 27 de fevereiro deste ano, já foram notificados 817 casos de microcefalia em 136 municípios baianos. Entre eles, Salvaodr continua com maior número de casos, 395. Os dados são da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). O balanço divulgado nesta terça-feira (1º) informa que dos 214 casos investigados, 136 foram confirmados e outros 78 foram descartados. Em relação às mortes, 24 bebês com a condição neurológica vieram a óbito em 17 municípios: Salvador (7), Camaçari (2), Alagoinhas (1), Barro Preto (1), Cravolândia (1), Campo Formoso (1), Crisópolis (1), Itabuna (1), Cruz das Almas (1), Itapetinga (1), Eunápolis (1), Olindina (1), Tanhaçu (1), Senhor do Bonfim (1), Esplanada (1), Feira de Santana (1) e Presidente Tancredo Neves (1).

Comente agora
01
Mar
Sobe para 24 número de morte de bebês com microcefalia na Bahia
Postado por: Dulce Santana / 11:53h

Das 817 notificações, 214 casos já foram investigados com a realização de exames de imagem e 136 foram confirmados. Subiu de 15 para 24 o número de mortes em bebês com suspeita de microcefalia na Bahia. O dado foi divulgado na manhã desta terça-feira (1º) pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Além das mortes, o número de notificações de casos de microcefalia em aumento alarmante. Até o dia 27 de fevereiro, foram informados 817 casos de bebês com perímetro cefálico menor ou igual a 32 centímetros. Ainda de acordo com a Sesab, os casos foram notificados em 136 municípios, sendo que Salvador continua com o maior número de casos notificados, são: 395. A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep) está investigando todas as notificações. Do total, 214 casos já foram investigados com a realização de exames de imagem, sendo que desses, 136 foram confirmados e 78 foram descartados. As mortes foram registradas nos seguintes municípios de Alagoinhas, Barro Preto, Camaçari, Cravolândia, Campo Formoso, Crisópolis, Itabuna, Cruz das Almas, Itapetinga, Eunápolis, Olindina, Salvador, Tanhaçu, Senhor do Bonfim, Esplanada, Feira de Santana, Presidente Tancredo Neves.

Comente agora
01
Mar
Medicamentos piratas representam 15% e colocam em risco pets e humanos
Postado por: Dulce Santana / 10:44h

Os animais podem estar correndo sério risco de morte. Isto porque, segundo informações da Folha de S. Paulo, cerca de 15% dos medicamentos para animais vendidos no Brasil são piratas. Não são apenas os animais de estimação que correm riscos. Aves, bovinos, suínos e equinos também estão em perigo. Os medicamentos piratas seriam provenientes de países vizinhos bem como de fabricação interna. Mas não são apenas os animais que correm perigo. Como um medicamento sem validade não fará efeito sobre o animal, a doença poderá ser prejudicial aos humanos também. Henrique Uchio Tada, presidente-executivo da Alanac (Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Nacionais), afirma ao jornal que o problema deve levantar um sinal de alerta para as autoridades competentes. (Notícias ao Minuto)

Comente agora
01
Mar
Bahia e outros dois estados desenvolvem kit para rápido diagnóstico do zika
Postado por: Redação Voz da Bahia / 09:36h

A Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico (BahiaFarma) se unirá ao laboratório FK-Biotec (Laboratório Farmacêutico do Rio Grande do Sul - Lafergs) e ao Laboratório Farmacêutico de Pernambuco - Lafepe, nesta terça-feira (1º), para anunciar uma parceria no combate às doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. Os laboratórios desenvolverão um kit para diagnóstico rápido do zika vírus, da dengue e da chikungunya. "A tecnologia vai determinar, por exemplo, se o paciente já foi ou não contaminado por um desses vírus. Através de um painel, vai mostrar a situação de cada doença no organismo da pessoa. Ou seja, vai mostrar se ela já entrou em contato com os vírus e se apresenta imunidade. Para mulheres em idade gestacional e grávidas, será um avanço significativo ter esse conhecimento", explica Fernando Kreutz, médico e pesquisador da PUC/RS, e diretor-presidente do Grupo FK-Biotec. O kit será o primeiro no Brasil a detectar a presença do vírus no organismo humano, ativo ou não, e determinar se a pessoa está imune ao vírus. Durante a coletiva de imprensa nesta terça, no Parque Tecnológico da PUC/RS - Tecnopuc, em Porto Alegre, serão apresentados os prazos para o desenvolvimento do kit, as características da tecnologia, os valores de investimento, o volume de testes necessários para controle da epidemia no país e o protótipo do teste.e

Comente agora
01
Mar
Anvisa aprova primeira droga contra obesidade no país; remédio chega ao mercado no 2º semestre
Postado por: Redação Voz da Bahia / 09:15h

O tratamento de obesidade ganhou um novo aliado nesta segunda-feira (29). A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o Saxenda, primeira droga contra a doença no país, desde 1998. O medicamento tem o mesmo princípio ativo do Victoza, aprovado no país em 2010 para controle da diabetes tipo 2, cujo efeito colateral era a redução de peso. O Saxenda deve chegar ao mercado no segundo semestre deste ano, a custar pelo menos R$ 400. De acordo com a Folha, o princípio do Victoza, a liraglutida, foi estudada especificamente para a obesidade e aprovada com este fim nos Estados Unidos, no Canadá e na Europa. A diferença é a dose maior. "Já havia pistas de que a liraglutida poderia ser eficaz na perda de peso, mas não sabíamos com se comportaria em não diabéticos", disse João Eduardo Salles, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia. O uso do Saxenda é indicado para adultos com Índice de Massa Corporal (IMC) de 30 ou mais, equivalente à obesidade, ou 27 ou mais, referente ao sobrepeso. A condição de uso é que haja pelo menos uma outra doença associada ao peso.

Comente agora
01
Mar
Carro fumacê voltará a circular em Santo Antonio de Jesus
Postado por: Débora Ayane / 07:54h

A secretária de saúde Laurijane Mercês, em entrevista emitida nesta segunda-feira (29) por meio da Rádio Andaiá, comentou sobre a morte do idoso e sobre as suspeitas de zika, inclusive as providências que deverão ser tomadas e a volta do carro fumacê. O bairro São Benedito recebeu atenção especial dos agentes por ser o local onde há maior infestações de mosquito em toda a cidade. Embora o trabalho tenha sido continuo de mobilizar e ajudar as pessoas a unir-se nessa luta, houve um caso semana passada no qual um idoso morador do bairro, faleceu neste último sábado por suspeitas de zika, sobre isso a secretária Laurijane avisa que esse caso deve ser avaliado. "Todo paciente que perceber alterações em seu organismo deve se deslocar ao Posto de Saúde para avaliação, se notificado o médico direciona para realização de todos os exames necessários para saber se de fato a pessoa contraiu a doença e no caso do idoso, saber o que gerou essa morte. Precisamos de fato avaliar, todos os exames são enviados para o LACEN (Laboratório Central de Saúde Pública) e após o retorno do laboratório que comprovamos de fato que a pessoa contraiu a zika ou outra arbovirose, todos os casos devem ser notificados em unidades de saúde”, disse.

Carro Fumacê: Esse carro é somente encaminhado quando há grandes surtos de epidemias, e segundo a secetária, na próxima “segunda-feira (07), será encaminhado ao Governo do Estado a solicitação para que o carro fumacê venha para Santo Antonio de Jesus. Ela informou ainda, que conforme um parâmetro feito de 2013 até 2016, está comprovado que a maioria das arboviroses vem crescendo continuamente no município.

Redação Voz da Bahia

6 comentários
29
Fev
Estudo liga obesidade a memória ruim
Postado por: Anacley Souza / 21:28h

Uma pesquisa da Universidade de Cambridge apontou uma ligação entre pessoas com sobrepeso e a memória ruim. Os pesquisadores testaram 50 participantes com idades entre 18 e 35 anos, com índices de massa corporal (IMC) variando de 18 até 51 - um IMC de 18-25 é considerado saudável, 25-30 excesso de peso, e mais de 30 obesos. Os participantes realizaram um teste de memória onde foram convidados para ocultar itens em torno de cenas complexas (por exemplo, um deserto com palmeiras). Após dois dias eles tinham que lembrar quais itens tinham escondido, onde os tinha escondido , e quando eles foram escondidos. No geral, a equipe encontrou uma associação entre IMC mais alto e pior desempenho nas tarefas. Os pesquisadores dizem que os resultados podem sugerir que as mudanças estruturais e funcionais no cérebro anteriormente encontrados em pessoas com IMC superior pode ser acompanhada por uma redução da capacidade para formar e/ou recuperar memórias episódicas . Como o efeito foi demonstrado em adultos jovens, ele adiciona à evidência crescente de que as deficiências cognitivas que acompanham a obesidade podem estar presente no início da vida adulta. "Entender o que impulsiona o nosso consumo e como nós instintivamente regulamos o nosso comportamento alimentar está se tornando cada vez mais importante, dado o aumento da obesidade na sociedade. Sabemos que, em certa medida fome e saciedade são impulsionados pelo equilíbrio dos hormônios em nossos corpos e cérebros, mas fatores psicológicos também desempenham um papel importante - nós tendemos a comer mais quando estamos distraídos com televisão ou trabalho, por exemplo”, disse o pesquisador Dr. Lucy Cheke.

Comente agora
29
Fev
Ação anti-Aedes esteve em 79% das casas no país, diz ministro da Saúde
Postado por: Anacley Souza / 20:01h

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, disse nesta segunda-feira (29) que a ação contra focos do mosquito Aedes aegypti esteve presente em 79% dos domicílios urbanos brasileiros. A meta do governo federal era visitar 100% das casas até o fim de fevereiro. A ação foi efetiva em 64% dos casos. Em 15% dos lares do país, não havia ninguém na residência. Segundo o ministro, a prioridade é estar presenta nas capitais e nas cidades com mais de 50 mil habitantes com incidência de dengue igual ou maior a 100 casos por 100 mil habitantes, entre novembro e dezembro de 2015. De acordo com o ministro, não há prazo para que todas as residências sejam inspecionadas. Castro diz que as ações são de responsabilidade de estados e municípios. “Vários estados já conseguiram visitar 100% das residências. Nos que não fecharam, estamos estimulando, ligando e permanentemente cobrando e exigindo [das salas estaduais criadas para monitorar o avanço das doenças relacionadas ao Aedes].” As visitas podem ser feitas por agentes comunitários de saúde, membros do Exército ou da Polícia Militar, por exemplo. Em dezembro passado, o governo tinha estabelecido que visitaria todos os imóveis até o fim de janeiro. Ao fim do primeiro prazo, o secretário-executivo do ministério, Neilton Oliveira, negou que a meta tenha sido descumprida. “Não há insegurança e não há nenhum atraso. A gente está tranquilo”, disse. “A prioridade não é matar o mosquito. É não deixá-lo nascer.” O mosquito Aedes aegypti pode transmitir dengue, febre amarela, chikungunya e o vírus da zika – ligado à microcefalia.

Comente agora
29
Fev
Mais de 50% das pessoas acima de 60 anos sofrem de catarata
Postado por: Anacley Souza / 18:59h

Mais de 50% das pessoas acima de 60 anos e algumas mais jovens sofrem de catarata. A catarata é um turvamento progressivo do cristalino (lente natural do olho), interferindo na absorção da luz que chega à retina. Os portadores de catarata a descrevem como se estivessem olhando através de uma queda d’água ou de uma folha de papel vegetal, com embaçamento gradual ou diminuição da visão. A leitura fica mais difícil e dirigir carro pode se tornar perigoso. O portador de catarata pode se sentir incomodado por luz forte ou ver halos ao redor de luzes. No início, a mudança no grau dos óculos pode até ajudar, mas o avanço da catarata a visão vai diminuindo progressivamente. confira os tipos da enfermidade:

Senil - Surge em função do envelhecimento, quando o cristalino perde suas caracteristicas (transparência e mobilidade).

Congênita - Está presente no portador desde seu nascimento. Em geral, ocorre quando a gestante sofre de rubeola no início da gravidez.

Inflamatória - catarata causada por inflamações intra-oculares. Dor, vermelhidão, cansaço visual e sensibilidades a luz podem ser sinais de que algo não vai bem.

Metabólica - catarata causada por alterações do metabolismo como: diabetes, colesterol alto, doenças do fígado e problemas hormonais.

Traumática - decorrente de agressão física, grandes quedas ou acidentes automobilisticos que lesionam o cristalino.

Medicamentosa - surge pelo uso abusivo de alguns medicamentos como colírios e corticóides.

Comente agora
29
Fev
Pesquisa liga calvície ao envelhecimento de células-tronco
Postado por: Anacley Souza / 18:12h

O envelhecimento de células-tronco pode ser a causa da perda de cabelo ao longo dos anos. Uma pesquisa liderada pela médica japonesa Emi Nishimura, da Universidade Médica e Odontológica de Tóquio, identificou pela primeira vez que o desgaste progressivo de células está relacionado diretamente à calvície. Publicado em 4 de fevereiro na revista Science, o estudo pode ajudar na criação de novos métodos contra a perda de cabelo. As células-tronco podem ser programadas e utilizadas para cumprir diversas funções no organismo, uma vez que são capazes de se transformar em outros tipos de célula. Elas também podem se replicar, gerando outras células idênticas. No entanto, as células-tronco do couro cabeludo tem um ciclo de vida diferente das demais espalhadas no corpo humano: após um longo período de produção de fios, elas envelhecem e não conseguem mais se renovar, fazendo com que os fios deixem de ser produzidos. Os especialistas marcaram células-tronco do couro cabeludo com uma tinta especial para poder acompanhar seu crescimento e envelhecimento. Eles então verificaram que, ao envelhecer, as células-tronco perdem sua versatilidade e se transportam para a camada externa da pele. Lá, acabam produzindo queratina e, finalmente, se desfazem na superfície epitelial. Para entender o motivo da "morte" das células-tronco que produzem os cabelos, Nishimura e sua equipe analisaram os ciclos de crescimento das células nos folículos capilares de camundongos. Os pesquisadores identificaram que o acúmulo de danos no DNA das células conforme envelhecem leva à destruição de uma proteína chamada Colágeno 17A1.

Comente agora
29
Fev
Ministério passa a ligar a famílias para monitorar assistência à microcefalia
Postado por: Débora Ayane / 16:25h

O Ministério da Saúde anunciou, nesta segunda-feira (29), que está fazendo, desde o dia 22 de fevereiro, um mapeamento das condições de atendimento de bebês nascidos com microcefalia no Brasil. O serviço consiste em telefonar aos familiares de cada criança com suspeita de microcefalia notificada nos últimos meses para verificar quais exames já foram realizados e quais faltam realizar, que tipo de acompanhamento o bebê está tendo nas redes de atenção básica e especializada e se já teve início a estimulação precoce e a reabilitação. Entre os exames previstos para o bebê com suspeita de microcefalia estão os de ultrassonografia e tomografia, além dos testes do pezinho, orelhinha e olhinho. Segundo o Ministério da Saúde, o objetivo do novo serviço é obter um panorama de como está a assistência a essas crianças para poder organizar os fluxos de atendimento e oferecer apoio aos estados e municípios. OMS recomendou exames de imagem Em 25 de fevereiro, a OMS divulgou um documento no qual recomendou que bebês com casos mais extremos de microcefalia nas áreas afetadas pela zika passem or diagnósticos de imagem como ressonância magnética e tomografia computadorizada. Esses exames, segundo as novas diretrizes, são necessários para buscar possíveis anormalidades cerebrais, que vão além do pequeno diâmetro da cabeça em si. Pelos novos parâmetros, casos de microcefalia passam a ser divididos em três tipos: "microcefalia", "microcefalia severa" e "microcefalia severa com anormalidade cerebral". (G1)

Comente agora
29
Fev
No Brasil, Nobel de Medicina defende vacina de HPV também para meninos
Postado por: Débora Ayane / 15:16h

Em visita ao Brasil na semana passada, o médico virologista alemão Harald zur Hausen - laureado com o prêmio Nobel de Medicina de 2008 por ter descoberto a relação entre o papilomavírus humano (HPV) e o câncer do colo do útero - defendeu que a vacinação contra HPV se estenda também aos meninos. Hoje, no Brasil, a vacina é oferecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS) a meninas de 9 a 13 anos de idade, em três doses.“Se vacinássemos somente os meninos, provavelmente preveniríamos mais casos de câncer do colo do útero do que vacinando somente meninas”, disse zur Hausen nesta sexta-feira (26) em entrevista a meios de comunicação no A.C.Camargo Cancer Center, em São Paulo, onde participou de um evento científico.O virologista contou ainda que ficou desapontado em saber que o Brasil só introduziu a vacina contra HPV no calendário nacional de vacinação em 2014 e considera que o atraso em relação a outros países pode significar que o país deixou de evitar muitos casos de câncer do colo do útero. Segundo o Instituo Nacional de Câncer (Inca), 70% dos casos desse tipo de câncer são provocados pelos dois tipos oncogênicos de HPV que estão incluídos na imunização. Leia, abaixo, os principais trechos da entrevista com o cientista:

Comente agora
29
Fev
Transplante de medula óssea pode ser usado no tratamento da doença de Crohn
Postado por: Débora Ayane / 14:18h

Conhecido no tratamento de tumores hematológicos, o transplante de medula óssea é uma nova possibilidade de tratamento para quem sofre da doença de Crohn. O transplante é usado em casos graves da patologia, em que não há resposta a nenhum outro tratamento. "Temos estudos que mostram que até 50% dos pacientes passam a não ter mais necessidade de utilizar medicamentos para o controle da doença de Crohn após o transplante. Cerca de 40% não ficam completamente curados, mas melhoram o estado de saúde e passam a responder aos medicamentos. Apenas 10% não manifestam melhora", revela Aline Miranda de Souza, hematologista e coordenadora do Centro de Transplante de Medula Óssea da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo.

Comente agora
29
Fev
Idoso morre após apresentar sintomas associados ao Zika Vírus em S. A. de Jesus
Postado por: Anacley Souza / 12:06h

Um senhor de 87 anos faleceu no último sábado (27), por suspeitas de ter contraído o Zika Vírus. Segundo informações de familiares que concederam entrevista a Andaiá FM, o idoso chegou a ser levado diversas vezes ao Hospital por apresentar sintomas e padecer de dores, “ele gritava de dor e febre alta. Foi muito sofrimento”, informou. A família informou que o homem foi internado no Hospital Regional e apenas foi receitado medicamentos para combater as dores. Exames para a detecção da síndrome foram realizados, no entanto não há resultados que comprove o diagnóstico, “o médico nos disse que tudo indicava para o vírus da Zika mais não podia receitar nenhum medicamento além do paracetamol porque a doença ainda está em estudo”, afirmou. Inconformados, familiares pedem aos órgão públicos que mantenha vigilância sobre o assunto e que intensifiquem mais nos mutirões, “ as pessoas estão ficando doentes, outros morrem e não há um diagnóstico preciso. No um bairro há muitas grávidas , crianças e idosos que são os mais sensíveis a doença. É preciso combater esses focos para que tragédias não aconteçam”, completou. Se comprovado, essa é a primeira morte por Zika Vírus na cidade de Santo Antônio de Jesus. 

Redação Voz da Bahia

Um comentário
29
Fev
Cardiologista fala sobre aneurisma da aorta torácica
Postado por: Redação Voz da Bahia / 11:24h

Um aneurisma da aorta torácica é uma área dilatada na parte superior da aorta, a maior artéria do corpo humano, que é responsável por transportar o sangue rico em oxigênio para as demais partes do organismo.

Causas

As causas exatas do aneurisma da aorta torácica são desconhecidas, mas fatores que podem contribuir para o desenvolvimento de um aneurisma incluem:

Aterosclerose

Quando as paredes das artérias ficam repletas de placas de gordura, elas se tornam menos flexíveis e mais estreitas. Este processo, chamado deaterosclerose, é facilitado quando a pessoa tem o colesterol alto e a pressão arterial elevada.

Doenças do tecido conjuntivo

As pessoas que nascem com síndrome de Marfan, uma doença genética que afeta o tecido conjuntivo no corpo, estão sob um risco maior de desenvolver um aneurisma da aorta torácica. Além desta, outras doenças do tecido conjuntivo, como as síndromes de Ehlers-Danlos e Loeys-Dietz, podem contribuir para a ocorrência de um aneurisma da aorta torácica.

Outras condições médicas

Comente agora
29
Fev
Combate ao zika: Itamaraty envia comunicados a 227 postos no exterior.
Postado por: Dulce Santana / 11:21h

O Ministério das Relações Exteriores entrou no combate ao zika vírus desde o dia de lançamento das ações do Governo federal, quando a presidente Dilma visitou o Rio de Janeiro. Entre as principais ações, enviou instruções a 227 postos do Brasil no exterior, e publica artigos de embaixadores na mídia internacional. A equipe do MRE fez levantamento dos contatos dos principais veículos de comunicação na região fronteiriça do Brasil, “envolvendo a rede de 26 Consulados estabelecidos nessas áreas'', para divulgar ações do Executivo no combate à epidemia. Segundo o Itamaraty, “desde o início da epidemia do vírus Zika, o ministro Mauro Vieira determinou uma atuação rápida e firme em diferentes aspectos que concernem a pasta: no atendimento consular a brasileiros que necessitam de auxílio no exterior e no fornecimento de informações a estrangeiros que buscam viajar ao Brasil, apresentando com transparência dados atualizados e informando os cuidados necessários ao viajantes'', entre outras ações. Os escritórios consulares do ministério em capitais do Brasil também receberam orientações e diplomatas atuaram em algumas cidades diretamente junto com tropas do Exército, no movimento de ministros do Executivo de visitas a bairros. (Uol)

Comente agora
29
Fev
SAJ: "Projeto Todos pela Cidadania", realizou sua segunda edição Bairro São Jerônimo
Postado por: Dulce Santana / 11:06h

O projeto "Todos pela Cidadania" realizou no último domingo (28), sua segunda edição. O bairro contemplado dessa vez foi o São Jerônimo, onde foram realizados atendimentos de saúde e consultoria jurídica. O idealizador do projeto, o médico Everaldo Ferreira Júnior, recém-nomeado ao cargo de Secretário de Cultura de Santo Antônio de Jesus, recôncavo baiano, em entrevista falou sobre as parcerias de instituições nesta ação solidária: “Nós estamos muitos felizes com a receptividade e o apoio da população, a ajuda do prefeito Humberto Leite e das instituições como a Associação Comercial, o Cartório de Dona Olga, o nosso amigo Dr. Antônio, advogado que está fazendo a consulta jurídica, Dr. Mauro dias da Sensorial, que está aqui conosco atendendo e o nosso amigo Rodrigo, do Laboratório da Cidade. Então são vários parceiros que estão contribuindo para trazer a Cidadania para os bairros periféricos da cidade", disse o médico. Ele ainda falou sobre as condições da saúde pública no município, “Essa situação da saúde é uma coisa generalizada, estamos vivendo um problema por falta de recursos. O Hospital Regional tem 4 meses sem receber, o Instituto Fernandes Figueira paga os funcionários, mas está sem receber o recurso do estado. Então é difícil você fazer saúde sem dinheiro, mas esse trabalho que estamos fazendo aqui é um trabalho voluntário”, afirmou Everaldo. O próximo bairro a receber os serviços será a comunidade do Barro Vermelho no mês de março.

Reportagem e fotos: Voz da Bahia

Um comentário
29
Fev
No Nordeste, vítimas da microcefalia enfrentam o abandono
Postado por: Anacley Souza / 08:53h

Há dois meses, quando a prima do interior entregou em suas mãos o pequeno José Pedro, a balconista Alessandra Dias, de 34 anos, de Camaragibe, região metropolitana do Recife, não se impressionou com a microcefalia. "Assim que o vi, me apaixonei", contou. O bebê faz parte de um universo ainda não dimensionado de crianças abandonadas pelas famílias após a constatação da má-formação. Desde outubro, quando a notificação se tornou compulsória, houve 209 registros de microcefalia em Pernambuco. Por isso, Alessandra diz entender o gesto da mãe biológica. "Ela tem outros quatro filhos, um com deficiência mental. A família é muito carente e disse que não tinha como criá-lo com os cuidados necessários. Não tive dúvidas, agarrei e nunca mais vou soltar este menino. É meu filho", disse. Casada há quatro anos e sem filhos biológicos, Alessandra e o marido, o motorista Ivan Lima, de 38 anos, que apoiou o gesto da mulher, foram à Defensoria Pública de Pernambuco para entrar com o processo de guarda oficial de José Pedro, hoje com 6 meses. O garoto é acompanhado pela equipe médica do Instituto Materno Infantil Professor Fernando Figueira, referência no atendimento à microcefalia no Estado. "Já sabemos que ele tem problema na audição, mas a visão está normal. Estamos fazendo tudo o que os médicos mandam. Não temos medo, temos amor", disse Alessandra. A doméstica Denise Carla, de 33 anos, também virou mãe adotiva de um bebê com microcefalia. O "presente", como ela diz, chegou na noite do Natal: os pais biológicos da criança tinham decidido entregá-la a um abrigo, quando um amigo da família os levou até Denise. "Foi um susto, mas também uma das maiores emoções da minha vida", conta. O bebê sofreu uma parada respiratória no parto, ficou com sequelas nas mãos e recebe tratamento no Hospital Universitário Oswaldo Cruz.

Comente agora
29
Fev
Despesa de Salvador em saúde é de R$ 0,59 por dia; investimento é pior do Brasil
Postado por: Dulce Santana / 08:10h

A despesa média por pessoa em saúde na capital baiana é R$ 0,59. De acordo com levantamento do Conselho Federal de Medicina, Salvador amarga o pior resultado entre as 27 capitais, seguida de Macapá (R$ 0,66 por pessoa), Rio Branco (R$ 0,88), Manaus (R$ 0,99) e Boa Vista (R$ 1,35). Na edição do Fantástico deste domingo (28), uma reportagem sobre o tema mencionou a Maternidade Climério de Oliveira como exemplo da crise pela qual passa o setor. Por causa da falta de leitos, uma gestante em pré-trabalho de parto ficou pelo menos três horas sentada em uma cadeira. "Não é o mais adequado, mas o possível a ser feito, porque nossos cidadãos precisam nascer", afirmou à reportagem Paulo Gomes Filho, um dos diretores da maternidade. Apesar dos dados, o secretário estadual de Saúde (Sesab), Fábio Vilas-Boas, também chegou a declarar que não há reclamações sobre o sistema de saúde. "Não existe colapso, nem existe crise na saúde do Estado da Bahia", garantiu. Nesta segunda-feira (29), o vereador José Trindade (PSL) criticou os serviços oferecidos à população soteropolitana. "Os poucos serviços oferecidos pela gestão de ACM Neto [prefeito, DEM] estão sobrecarregados e oferecem atendimentos acelerados e com pouca qualidade; os moradores de Salvador não têm cobertura de saúde e vivem a peregrinar entre unidades em busca de atendimento", declarou.

Comente agora
29
Fev
Doenças ligadas ao Aedes provocam queda de 25% nas doações de sangue
Postado por: Dulce Santana / 07:59h

As doenças ligadas ao mosquito Aedes aegypti provocaram queda nas doações de sangue em 2016. Segundo o jornal A Tarde, nos primeiros dois meses do ano, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia (Hemoba) registrou déficit de 25% no número de doações. A Hemoba atende 26 regiões do interior, além de Salvador, e na última sexta-feira (26) tinha nível crítico de sangue do tipo A-, AB-, O- e O+. Além disso, o estoque dos tipos B- e A+ estavam em nível de alerta. O baixo nível se deve especialmente à recomendação médica para pacientes de zika, dengue ou chikungunya de evitar a doação de sangue por pelo menos 30 dias. "Coletamos, hoje, cerca de 150 bolsas por dia. Para que o Hemocentro trabalhe em uma situação confortável, o ideal é que tenhamos, diariamente, 200 bolsas. Então, eventualmente, precisamos negar pedidos de sangue para cirurgias eletivas para priorizar os casos graves, de emergência", disse o coordenador do setor de coleta do Hemoba, Marcelo Matos, em entrevista ao A Tarde.

Comente agora
29
Fev
Aprovadas pesquisas com seres humanos para vacina contra a zika
Postado por: Dulce Santana / 07:35h

A Comissão Nacional de Ética em Pesquisa autorizou o Ministério da Saúde a conduzir pesquisas com seres humanos para desenvolver uma vacina contra o vírus zika. A informação foi divulgada, na manhã desta segunda (29), pelo colunista Lauro Jardim, de O Globo. Combate ao mosquito. Os pesquisadores listam seis eixos de atuação, que vão desde o controle do mosquito até a criação de um protocolo de tratamento, além do desenvolvimento de testes confiáveis e de uma vacina contra a doença. O trabalho, publicado no jornal científico inglês The Lancet, é assinado por oito autores: os p esquisadores da Fiocruz Mauricio Barreto, Manoel Barral-Netto, Rodrigo Stabeli, Paulo Buss e Paulo Gadelha, além de Pedro Vasconcelos, do Instituto Evandro Chagas, Naomar Almeida-Filho, da Universidade Federal do Sul da Bahia, e Mauro Teixeira, da Universidade Federal de Minas Gerais. A pedido da BBC Brasil, um dos autores do estudo, o epidemiologista Mauricio Barreto, pesquisador da Fiocruz na Bahia, detalhou o passo a passo das propostas para uma agenda científica de combate ao Aedes e ao vírus Zika. Estudioso há mais de 20 anos do vírus da dengue, Barreto diz que é preciso dar uma resposta à sociedade, ansiosa diante de uma epidemia pouco conhecida, mas alerta: o conhecimento sobre o vírus da Zika ainda é escasso. Resultados científicos exigem investimento e devem demorar. (Bocão News)

Comente agora
28
Fev
Tomar copo d'água em jejum pode reduzir o mau hálito matinal
Postado por: Redação Voz da Bahia / 18:49h

Estudo publicado no Jornal Internacional de Higiene Bucal sugere que tomar um copo d’água em jejum é um modo eficiente de reduzir o mau hálito matinal que incomoda tantas pessoas. Pesquisadores chegaram à conclusão de que tanto a água ingerida, como usada em bochecho, chega a reduzir 60% das substâncias que contribuem para essa sensação desagradável. Na opinião de Katia Izola, professora da Escola de Aperfeiçoamento Profissional da APCD (Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas), o mau hálito matinal não necessariamente está relacionado à doença halitose, mas a um acúmulo de bactérias na boca durante as horas de sono. Nesse sentido, enxaguar a boca é uma solução provisória para combater o incômodo – já que escovar bem os dentes é sempre a melhor opção. “Aquelas pessoas que preferem tomar o café da manhã primeiro e escovar os dentes depois podem se beneficiar desse recurso de ingerir um copo d’água em jejum.

Comente agora
28
Fev
USP desenvolve equipamento que faz cegos perceberem obstáculos por meio dos sons
Postado por: Débora Ayane / 18:06h

O Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da Universidade de São Paulo (USP), em São Carlos, está desenvolvendo um equipamento que possibilitará a pessoas com deficiência visual enxergar obstáculos por meio do som. O aparelho detecta os objetos ao redor da pessoa e produz sons, ouvidos via um fone de ouvido, que dão ao usuário a sensação de estarem saindo dos objetos. “A pessoa consegue sentir a posição de onde vem o som. O som não está sendo emitido pelo obstáculo, é o equipamento que detecta a posição do obstáculo e produz artificialmente um som que parece estar vindo dali”, explicou o coordenador do projeto, professor do ICMC Francisco José Mônaco. O sistema, batizado de SoundSee, funciona em um dispositivo portátil, menor do que um aparelho de celular, que pode ser carregado no bolso. Segundo o professor, o equipamento usa um mecanismo de ecolocalização, o mesmo do qual se utilizam alguns animais, como os morcegos, que emitem sons e escutam o eco produzido pelos obstáculos para se guiarem. Com o auxílio de um software, que calcula a posição dos obstáculos, o aparelho gera sons tridimensionais que auxiliam o usuário a detectar a presença dos obstáculos.

Comente agora
28
Fev
Sergipe pode estar sob ataque tríplice de vírus
Postado por: Débora Ayane / 11:46h

Uma porta após a outra, a história se repete. Manchas vermelhas pelo corpo, coceira, febre, dores musculares e nas articulações. Difícil achar uma casa no Bairro Industrial de Aracaju que não tenha alguém com alguma combinação desses sintomas. Pode ser dengue, zika ou chikungunya. Mas qual? Os sintomas são muito parecidos, as pessoas nem sempre buscam atendimento médico e isso é um problema para os cientistas que investigam a disseminação dos vírus transmitidos pelo Aedes aegypti.O pesquisador Paolo Zanotto, do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP), não consegue esconder o espanto. "Estamos na boca do leão. Isso aqui é uma sopa de vírus."O cenário é ainda mais preocupante do que ele imaginava. Líder de uma equipe de pesquisadores paulistas que foi a Sergipe colaborar com as equipes locais na investigação da epidemia, Zanotto suspeita que os três vírus estejam circulando simultaneamente na população, e essa combinação possa estar implicada no desenvolvimento da microcefalia e outras más-formações congênitas.

Comente agora
28
Fev
Pesquisadores buscam soro para combater o zika
Postado por: Débora Ayane / 10:56h

Na corrida contra o tempo para enfrentar a epidemia de microcefalia, um grupo de pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e do Instituto Vital Brazil está trabalhando para desenvolver um soro contra o zika. A ideia é que o produto seja injetado nas grávidas que contraírem a doença para diminuir a carga viral no organismo e assim reduzir o risco de transmissão aos fetos.A pesquisa por um soro foi citada como prioritária pelo ministro da Saúde, Marcelo Castro, na visita da diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan. A expectativa é de que o soro leve menos tempo de desenvolvimento do que uma vacina. Ainda assim, serão necessários de dois a três anos até que esteja liberado para uso humano.O trabalho começa no Laboratório de Engenharia de Cultivos Celulares (LECC) da UFRJ. Células manipuladas geneticamente produzem proteínas da estrutura externa do vírus.

Comente agora
Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com