As comentadas


Boa noite , Sexta-feira, 29/04/2016








Enquete



Reflita

Blog

Saúde

29
Jan
Estado do E. Santo recebe 10 mil repelentes para distribuir às grávidas
Postado por: Anacley Souza / 08:53h

O governo do Espírito Santo recebeu nesta quinta-feira (28) 10 mil dos 75 mil repelentes solicitados para distribuir às grávidas de todos os municípios do estado. A entrega começa a partir desta sexta-feira (29) e a previsão é que todas as unidades de saúde tenham repelentes para entrega após o período de carnaval. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), os demais 65 mil produtos vão chegar até o final de fevereiro. O Espírito Santo vai ser o primeiro estado do país a realizar a distribuição. De acordo com a gerente de Vigilância em Saúde, Gilza Rodrigues, os medicamentos sairão da central em Vitória em direção às regionais de saúde, que ficam em São Mateus, Colatina e Cachoeiro de Itapemirim, além da Região Metropolitana, sediada em Cariacica. “Os municípios buscarão nessas regionais. Daí para lá, cada município entregará nas suas unidades de saúde. Todas as unidades de saúde do Espírito Santo terão repelentes”, falou Gilza. Os cálculos da quantidade do produto foram feitos com base no número de mulheres que fazem pré-natal nas unidade de saúde do estado. “Se elas se consultam na rede particular, não têm direito a adquirir o repelente gratuito”, destacou a gerente. Gilza explicou que a distribuição de repelentes vai depender da quantidade de gestante de cada município. “Nesse momento, prioritariamente, os municípios que já têm registros de gestantes com zika vírus e os que têm casos de microcefalia”, destacou. O medicamento vai ser entregue na consulta do pré-natal, mas, caso a gestante passe por ela antes da distribuição, ela pode adquirir depois em uma unidade de saúde do município. (Globo)

Comente agora
28
Jan
OMS estima que 4 milhões de pessoas terão Zika em 2016 nas Américas
Postado por: Anacley Souza / 21:52h

O continente americano deve ter entre 3 milhões e 4 milhões de casos de Zika em 2016. A estimativa é Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), braço da Organização Mundial da Saúde (OMS). O cálculo é baseado no número de infectados por dengue, doença transmitida pelo mesmo vetor, em 2015. A organização considerou também a falta de imunidade da população para chegar a esse número. A estimativa foi citada pelo diretor de Doenças Transmissíveis e Análise de Situação de Saúde da Opas, Marcos Espinal, em sessão da OMS sobre o vírus Zika. O continente americano registrou cerca de 2 milhões de casos de dengue no ano passado, sendo 1,5 milhão no Brasil. Semana passada a organização alertou que o vírus vai chegar a todos os países do continente americano, com exceção do Chile e do Canadá, onde não circula o vetor da doença, o mosquito Aedes aegypti. Durante a sessão, a diretora-geral da OMS, Margaret Chan, avaliou que a situação do vírus no mundo mudou drasticamente, e que o Zika, após ser detectado nas Américas em 2015, se espalha de forma explosiva. Até o momento, segundo a diretora-geral, 23 países reportaram casos da doença. Transmitido por um mosquito bem conhecido dos brasileiros, o vírus Zika começou a circular no Brasil em 2014, mas só teve os primeiros registros feitos pelo governo em maio de 2015. O que se sabia sobre a doença, até o segundo semestre de 2015, era que sua evolução era benigna e que os sintomas são parecidos, porém, mais leves do que os da dengue e da febre chikungunya, transmitidas pelo mesmo mosquito.

Comente agora
28
Jan
Mulher afirma detectar Mal de Parkinson pelo cheiro
Postado por: Anacley Souza / 19:45h

O marido de Joy Milne morreu com 65 anos. Ele era um anestesista antes de ter sido diagnosticado com o mal de Parkinson, aos 45 anos de idade. Cerca de uma a cada 500 pessoas sofrem com o mal de Parkinson -- são de 7 a 10 milhões de pessoas no mundo todo sofrendo com a doença. A condição é neurodegenerativa, incurável, afetando a forma como as pessoas se movimentam, conversam, interagem socialmente e dormem. A causa é uma lenta mortalidade de neurônios dopaminérgicos no cérebro. Ainda não sabemos por que esses neurônios são preferencialmente atacados ou exatamente quando começam a morrer. A britânica Joy notou que o cheiro do marido havia mudado muito antes do diagnostico clinico, seis anos antes. Imaginou que fosse o suor do marido junto com algum químico usado durante as anestesias. Segundo ela, o novo odor é difícil de descrever, é sutil como o almíscar e apareceu ocasionalmente. O cheiro foi ficando mais forte ao mesmo tempo que os sintomas de cansaço e descontrole motor ficavam cada vez mais evidentes em seu marido. Ela só foi conectar o novo cheiro com o mal de Parkinson quando participou de um evento de caridade para arrecadar fundos para a causa. Foi lá que ela encontrou diversas pessoas com o mesmo distinto cheiro. E foi por mero acaso que Joy comentou essa relação com um cientista inglês que achou o fato bizarro. O cientista, Dr. Tilo Kunath, desafiou Joy a um teste. Ela teria que distinguir entre 12 camisetas, quais haviam sido usadas por pacientes com Parkinson. O nariz de Joy foi quase infalível, “errou” apenas um. Ela identificou corretamente os seis pacientes. O individuo controle que ela havia supostamente havia classificado como doente erroneamente acabou sendo diagnosticado com Parkinson oito meses depois, quando os sintomas começaram a ficar evidentes nesse individuo.

Comente agora
28
Jan
Brasil tem 455 mil pessoas em tratamento contra o HIV
Postado por: Redação Voz da Bahia / 19:38h

Só em 2015, 81 mil pessoas começaram a usar medicamentos antirretrovirais para tratamento de HIV, totalizando em 455 mil o número de pacientes em terapia contra o vírus da Aids no país. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (28) pelo Ministério da Saúde, durante o lançamento da campanha de prevenção contra DST e Aids para o Carnaval 2016. O governo destacou que o número de pessoas em tratamento quase dobrou de 2009 para 2015, passando de 231 mil para os atuais 455 mil. Segundo o ministério, 91% dos brasileiros que estão em tratamento há pelo menos 6 meses apresentam carga viral indetectável no organismo, ou seja, têm níveis tão baixos de HIV que o vírus nem é detectado por exames. Pessoas nessa situação também não são capazes de transmitir o vírus. O número de testes realizados também subiu: foram 9,6 milhões de testes de janeiro a setembro de 2015, 22% a mais do que os 7,8 milhões realizados na mesma época de 2014. O objetivo do governo é que, até 2020, o Brasil alcance a meta estabelecida pela ONU, conhecida como 90-90-90: testar 90% da população brasileira, tratar 90% dos comprovadamente infectados e conseguir que 90% dos pacientes apresentem carga viral indetectável.

Comente agora
28
Jan
SAJ: Mãe pede apoio para realizar cirurgia de filha que sofre de adenoide, que pode deixá-la cega e surda
Postado por: Débora Ayane / 18:42h

Nesta quinta-feira (28), Eunice Cardoso moradora da Rua Justiniano rocha Galvão, através de um a rádio local, pede ajuda para a sua filha de 8 anos que precisa passar por uma cirurgia o mais rápido possível. A menina está com adenoide, que são duas pequenas glândulas compostas por tecido linfoide, semelhantes às amígdalas e aos linfonodos. Quando elas crescem muito, podem causar obstrução da passagem do ar respirado pelo nariz. Falta apenas 4 cm para que isso aconteça com a menina, que já tem dificuldade de respirar e de comer, segundo a mãe os médicos disseram que o quanto mais a cirurgia demorar o aumento da glândula pode contribuir para que a criança fique cega e surda. Eunice disse que desde 2013 está correndo atrás de uma cirurgia para a filha, ela conversou com o medico e conseguiu um desconto no valor da cirurgia que custa 4 mil reais, apesar do desconto ela não tem como pagar ainda. Eunice precisa de Dois mil e quinhentos reais para fazer a cirurgia da criança, “é difícil para uma mãe ver a filha nesse estado, a criança não consegue dormir se debate a noite toda eu peço ajuda as pessoas que podem me ajudar no pagamento dessa cirurgia”, concluiu. Telefone para contato: (75) 8370 7701 - Eunice

Redação Voz da Bahia

Comente agora
28
Jan
OMS estima que 4 milhões de pessoas terão Zika em 2016 nas Américas
Postado por: Débora Ayane / 17:40h

O continente americano deve ter entre 3 milhões e 4 milhões de casos de Zika em 2016. A estimativa é Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), braço da Organização Mundial da Saúde (OMS). O cálculo é baseado no número de infectados por dengue, doença transmitida pelo mesmo vetor, em 2015. A organização considerou também a falta de imunidade da população para chegar a esse número. A estimativa foi citada pelo diretor de Doenças Transmissíveis e Análise de Situação de Saúde da Opas, Marcos Espinal, em sessão da OMS sobre o vírus Zika. O continente americano registrou cerca de 2 milhões de casos de dengue no ano passado, sendo 1,5 milhão no Brasil.

Comente agora
28
Jan
Células-tronco podem tratar disfunção erétil em homens que tiveram câncer de próstata
Postado por: Débora Ayane / 17:31h

Um transplante de células tronco no pênis pode solucionar problemas de ereção enfrentados por homens que tiveram câncer de próstata recentemente. É o que defende um estudo publicado nesta quinta-feira (28) na revista European Urology. A impotência sexual é uma sequela comum da remoção cirúrgica do câncer de próstata. "Doze pacientes que sofriam de disfunção erétil grave após o câncer de próstata receberam um transplante de células-tronco no pênis. Depois de seis meses, os pacientes perceberam melhorias significativas na relação sexual, ereção, rigidez peniana e qualidade do orgasmo", resume o Instituto Nacional Francês de Saúde e Pesquisa Médica (Inserm) em comunicado.

Comente agora
28
Jan
Pesquisa explica por que pessoas ganham peso diferente comendo a mesma comida
Postado por: Anacley Souza / 10:01h

Alimentos que fazem algumas pessoas ganharem peso têm poucos efeitos em outras, e os motivos estão sendo investigados em uma pesquisa sendo feita pelo Israel. Pode ser a hora de repensarmos nossas dietas, diz a médica Saleyha Ashan, que participou do programa da BBC Trust me, I'm a Doctor (Confie em mim, sou médico, em tradução literal), que foi conhecer a pesquisa israelense in loco. "Admito que, como a maioria da população, estou em uma eterna batalha para perder peso. No meu caso, é mais uma preocupação com saúde do que com estética", diz Ashan. "Tenho síndrome de ovário policístico e um histórico familiar de diabetes tipo 2, e isso me coloca em alto risco de desenvolver diabetes. Sempre me preocupei com os alimentos que como, mas mesmo assim nunca vi nenhuma mudança no meu peso, enquanto alguns amigos comem o que querem sem engordar nada. Parece que eles podem 'quebrar todas as regras'." Mas talvez isso ocorra apenas porque nós estávamos errados quanto a essas regras, pondera Ashan. O Weizmann Institute of Science, de Israel, está monitorando mil pessoas em detalhes, minuto a minuto, para ver exatamente como seus corpos reagem à comida - e os primeiros resultados estão reescrevendo as regras da nossa relação com a alimentação. Quando comemos, o nível de açúcar no nosso sangue sobe - e são muito importantes para a nossa saúde tanto a velocidade com que o açúcar atinge seu pico quanto a rapidez com que nossos corpos lidam com isso e voltam ao normal. Picos constantes podem levar a diabetes tipo 2, nos fazer acumular mais gordura e aumentar o risco de outras doenças. 

Comente agora
28
Jan
Hospital Irmã Dulce inaugura aparelho usado em radioterapia
Postado por: Anacley Souza / 08:44h

As Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) inauguraram, nesta quarta-feira, 27, o serviço de radioterapia da instituição. Desde maio do ano passado, o hospital conta com setor de oncologia, mas ainda faltava a parte de radioterapia para oferecer tratamento integral aos pacientes com câncer. Para ficar pronto, a instituição contou com doações de toda a sociedade e com ajuda dos governos federal e estadual. "O acelerador linear é um equipamento extremamente complexo e, para iniciarmos, foi preciso uma série de medidas e controles. Mas, finalmente, conseguimos", declarou a superintendente das Osid, Maria Rita Pontes, durante a solenidade de inauguração. "Nele, é feito um processo de simulação do tratamento, em que é calculada a radiação no paciente e, então, define-se o tipo de método que será utilizado", explicou o físico-médico Luiz Manso. Ele ressaltou que se trata de um aparelho caro e que só é fabricado fora do Brasil, além de ser necessária a ajuda de toda a sociedade para a manutenção. A sala de radioterapia, além de contar com o aparelho e todos os outros acessórios auxiliares, possui uma parede coberta por desenhos de peixes, que, de acordo com o médico, funciona como um tranquilizante para os pacientes. A equipe participante dessa fase do tratamento é composta por radioterapeuta, físico-médico, enfermeiras e técnico em radioterapia. A primeira paciente a usar o serviço, nesta quarta, foi a comerciante Valda Luciana Souza, 52, que estava impossibilitada de concluir o tratamento em outro hospital porque o aparelho do local não suportava o peso dela. "Foi uma emoção muito grande ser a primeira a usufruir dessa comodidade para a população. Agora, tenho a sensação de que meu tratamento está completo", ressaltou a comerciante, que está na luta para completar todas as etapas contra um câncer de mama. A capacidade de atendimento do ambulatório é de até 2 mil pessoas por mês. Isso significa que esses pacientes não precisarão ficar na fila esperando por vaga. Para ser atendido, só precisa ser encaminhado pelo médico para o Irmã Dulce, devendo comparecer com todos os exames feitos e o diagnóstico em mãos. Quem ainda não é paciente do hospital e deseja marcar consulta oncológica deve fazê-lo das 7h às 19h. Os documentos exigidos são: RG, cartão do SUS e comprovante de residência.

Comente agora
28
Jan
Zika multiplica microcefalia, diz estudo brasileiro; País investiga 3.448 casos
Postado por: Anacley Souza / 07:14h

O Ministério da Saúde vai apresentar nesta quinta-feira, 28, à Organização Mundial da Saúde (OMS) os resultados de um novo estudo que aponta que as chances de um bebê ter microcefalia são multiplicadas se a mãe for contaminada pelo zika vírus. Conforme o boletim mais recente, são investigados 3.448 relatos suspeitos de microcefalia e o País já confirmou 270 casos da má-formação. Com perspectivas de que uma vacina só saia em três anos, o governo ampliará o combate ao vetor, o Aedes aegypti, e para isso usará 220 mil militares das Forças Armadas para visitar cerca de 3 milhões de residências. O debate sobre como lidar com a doença, que se espalha por diversos países, passou a fazer parte das prioridades da OMS nos últimos dias e, nesta quinta, a entidade organiza reunião especial para tratar do assunto. "O mundo inteiro está preocupado", disse ao jornal O Estado de S. Paulo a diretora-geral da OMS, Margaret Chan. Ela fará um alerta inicial no encontro, seguido por uma declaração da diretora da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), além de intervenções do Brasil e dos EUA. Um dos principais pontos do encontro, porém, será a apresentação da pesquisa que estabelece uma relação entre o zika e a microcefalia pelo diretor do Departamento de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Claudio Maierovitch. "O estudo mostrará que mulheres contaminadas pelo zika têm um índice de desenvolver microcefalia em seus bebês elevado muitas vezes", disse o chefe da delegação brasileira nas reuniões da OMS, Jarbas Barbosa.

Comente agora
27
Jan
Curso de qualificação da assistência perinatal vai aprimorar atendimento às gestantes em S. A. de Jesus
Postado por: Anacley Souza / 23:16h

Os profissionais que trabalham no atendimento das gestantes e recém-nascidos no Hospital e Maternidade Luís Argolo irão participar do Programa de Qualificação da Assistência Perinatal de classificação de risco á gestante, promovido pelo Projeto Rede Cegonha do governo federal. Em entrevista a Andaiá FM, a superintendente do Hospital Ludmilla Reis disse que o momento é de muita expectativa e mais uma oportunidade para diminuir os índices de mortalidade e agregar valores aos processos de trabalho. Os organizadores do Projeto o enfermeiro sanitarista Manoel Henrique e a coordenadora da ala de emergência do Hospital Roberto Santos a enfermeira Marcia disseram que esta é mais uma ação da Secretaria Estadual de Saúde vem promovendo em parceria com os municípios e a Santa Casa para organizar a assistência obstétrica do Hospital sendo este uma Unidade importante para a região, "o Luís Argolo é um Hospital de referência e com este programa iremos transformar a estruturação tendo um plano de trabalho já traçado para o atendimento”, salientou. A maternidade já participa da Rede Cegonha que oferece atendimento humanizado para gestantes e nesta qualificação, será usado parâmetros do Ministério da Saúde onde visa o atendimento por classificação de risco a gestante a ao recém-nascido, “usaremos sempre o critério clínico de gravidade reorientando a emergência do serviço e redução da mortalidade materno-infantil”, garantiu. Todos os profissionais, do médico ao enfermeiro, da auxiliar a recepcionistas passaram pela oficina de assistência nesta quarta-feira (27). Manoel Henrique informou que a partir de fevereiro, será iniciada as reformas de reestruturação do hospital para implantação da Unidade semi-intensiva de Neonatologia, aprimoração do projeto Canguru, além da reforma da estrutura para implante do Centro de Parto Normal. Para Ludimilla Reis, essa proposta trará maior tranquilidade tanto aos especialista quanto as puérperas.

Redação Voz da Bahia

Comente agora
27
Jan
Santo Amaro recebe programa Saúde sem Fronteiras Odontologia
Postado por: Anacley Souza / 21:25h

O programa Saúde sem Fronteiras Odontologia (Odontomóvel) está atendendo em Santo Amaro da Purificação (distante a 71 km de Salvador). Na unidade móvel, trabalham até dez dentistas e outros profissionais, em tendas instaladas na parte externa. O programa foi retomado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) em fevereiro de 2015 e, segundo a secretaria, já realizou 609.480 procedimentos em três unidades móveis, com 24 consultórios.

Comente agora
27
Jan
Governo mobiliza 220 mil militares para combater mosquito da dengue
Postado por: Anacley Souza / 20:12h

O governo federal anunciou nesta quarta-feira (27) que 220 mil militares vão ajudar no combate ao mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue, da febre chikungunya e do vírus zika. Em coletiva de imprensa, o ministro da Defesa, Aldo Rebelo, informou que os homens das três Forças Armadas vão atuar em 356 municípios. “As Forças Armadas já exercem essa função auxiliar desde o primeiro momento de combate ao mosquito Aedes aegypti. Agora estamos intensificando a mobilização onde há uma incidência maior”, disse Aldo Rebelo. Dos 356 municípios, 115 concentram grande quantidade de casos de microcefalia, que podem ter sido provocados pelo vírus zika. A atuação das Forças Armadas vai complementar as ações desenvolvidas pelo Ministério da Saúde, estados e municípios. Aldo Rebelo informou que a ação dos militares será dividida em quatro etapas. A primeira ocorrerá até o dia 4 de fevereiro quando os militares farão um mutirão para erradicar criadouros do mosquito em instalações das Forças Armadas em todo o país. No dia 13 de fevereiro, quando ocorrerá a segunda fase, 220 mil homens e mulheres das Forças Armadas farão uma ação de conscientização para orientar a população no combate ao mosquito. Os militares irão distribuir panfletos com um número de telefone local que irá receber denúncias de locais onde haja proliferação do mosquito.

Nova etapa:  Entre os dias 15 e 18 de fevereiro, um contingente de 50 mil militares fará nova visita, em ação coordenada com o Ministério da Saúde e autoridades locais, para inspecionar possíveis focos de proliferação nas casas e, se for o caso, aplicar larvicida.

Comente agora
27
Jan
9 sinais que mostram: você anda bebendo pouca água
Postado por: Anacley Souza / 19:48h

1- Sensação de boca seca: Se você não bebe água, as mucosas da boca e da garganta não ficam lubrificadas e dão essa sensação.

2- Pele seca: Falta de água pode significar, também, falta de suor, impossibilitando o organismo de limpar impurezas. Sem água e sem suor, a pele seca e te prejudica.

3- Sede: O que não significa estar com a boca seca. Já ficou de ressaca?

4- Olhos secos: A falta de água no organismo faz com que os canais lacrimais se sequem, afetando os olhos e, muitas vezes, deixando-os vermelhos.

5- Dor nas articulações: Compostos 80% por água, as articulações e os discos cartilaginosos precisam de água.

6- Diminuição da massa muscular: Antes, durante e depois dos exercícios é sempre importante beber água, pois os músculos também têm relevante quantidade de água entre seus componentes.

7- Cansaço e sonolência: Sensações de cansaço e sonolência ocorrem, também, quando o corpo precisa “emprestar” água do sangue, ocasionando falta de oxigênio.

8- Sensação constante de fome: O fato de a comida conter líquido é uma das explicações para o aumento da fome quando um organismo está desidratado.

9- Envelhecimento precoce: A desidratação é bem prejudicial às estruturas internas do corpo. Detalhe: quanto mais velho ficamos, menor a nossa capacidade de reter água.

Um comentário
27
Jan
Dr. Luciano Ramos, mastologista do IMDI, explica: Nem toda doença da mama é câncer
Postado por: Redação Voz da Bahia / 16:12h

A mama, que basicamente é formada de glândula mamária e tecido adiposo, não é um órgão exclusivo das mulheres. Homens também possuem mama, porém não são desenvolvidas, vez que os homens não sintetizam em seu organismo, hormônios responsáveis pelo desenvolvimento das mamas. Assim sendo, homens e mulheres, principalmente as mulheres, que são o foco de nossa atenção, podem em algum momento de suas vidas desenvolverem algum tipo de doença na mama que na maioria das vezes, não é câncer.

Vamos começar pelos principais sinais e sintomas das doenças da mama.

Os principais sinais e sintomas que levam uma mulher a procurar um médico ginecologista – especialista do aparelho genital feminino e mama ou o mastologista, que dedica-se somente ao estudo e compreensão das doenças da mama, são:dor na mama, vermelhidão, inchaço,presença de secreção saindo do mamilo,feridas e caroços ou nódulos que podem estar acompanhados de outros fatores como febre, prostração, íngua ou caroço na axila, entre outros. Caso Você esteja percebendo algum destessinais e sintomas relacionados a mama, procure um médico ginecologista oumastologista e não fique tensa ou com medo, pois eles saberão lhe ajudar. Abaixo, elaboramos uma lista com as principais doenças da mama...

Um pequeno número de mulheres podem nascer com doenças da mama já instaladas, chamadas de anomalias congênitas, que podem vir a aparecer após o início da adolescência ou na fase adulta. É importante que mediante qualquer suspeita, procure imediatamente um especialista, pois estudos mostram que a prevenção é a melhor forma de se combater as doenças da mama e aquelas que atingem as mulheres de forma geral. As anomalias congênitas que são base para doenças da mama estão listadas abaixo:

Comente agora
27
Jan
Rede Cegonha será implantada no Hospital e Maternidade Luís Argolo
Postado por: Débora Ayane / 15:48h

Na manhã desta quarta-feira (27), uma equipe de enfermeiro e sanitarista esteve em Santo Antônio de Jesus e anunciou que o Hospital e Maternidade Luís Argolo passará por algumas mudanças em breve. Segundo Manoel Henrique, as diretrizes de implantação da Rede Cegonha já estão em curso desde 2015, “neste ano será dado um grande avanço com um plano de ação estabelecido entre Secretaria Estadual de Saúde e a Santa Casa prevendo a implantação de serviços de reorganização de fluxos que dará um resultado mais prático e resolutivo”, disse. Manoel Henrique, um dos coordenadores e apoiadores do projeto Rede Cegonha da SESAB (Secretaria de Saúde do Estado da Bahia), pronunciou que a entidade passará por mudanças que poderá promovê-la a uma categoria de referência em atendimento para gestantes e parturientes, “é mais uma ação do” Governo do Estado partindo da Secretaria de Saúde, com parceria da gestão do hospital e de outros municípios voltada à organização da Assistência Obstétrica no Luís Argolo tendo em vista que o hospital tem uma função importante na região”, pontuou.

Segundo Manoel, há um plano de trabalho já traçado, com metas e recursos e a vinda de sua equipe é para dar mais um passo para a organização, “foram reunidos todos os profissionais da área, enfermeiros, técnicos, recepcionistas e para estes está sendo feito uma oficina de Implantação do Acolhimento com Classificação de Risco em Obstetrícia, com uso do protocolo do Ministério da Saúde, na implantação deste serviço fundamental para assistência ao parto e nascimento”, expôs.

Um comentário
27
Jan
Bebês com microcefalia receberão salário mínimo mensalmente
Postado por: Anacley Souza / 10:56h

O governo deve anunciar nos próximos dias uma medida que busca proteger famílias pobres com crianças portadoras de microcefalia. Os bebês terão direito a receber um salário mínimo por mês, desde que a família comprove renda mensal de até R$ 220 por pessoa. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a lista de municípios onde foram registrados casos da má-formação já foi repassada pelo Ministério da Saúde para que o Ministério do Desenvolvimento Social cruze os dados com o cadastro de benefícios sociais do governo. O recurso oferecido às crianças com microcefalia faz parte do Benefício de Proteção Continuada (BPC), que garante um salário mínimo mensal a idosos com mais de 65 anos e pessoas com deficiência que não tenham como se sustentar e não podem ser sustentadas pela família. Sem incluir os casos do problema que pode estar ligado ao Zika vírus, o orçamento do BPC estima pagamento de R$ 48,3 bilhões neste ano. Com dados até 16 de janeiro, o último boletim do Ministério da Saúde registra 3.893 casos suspeitos de microcefalia no país. Para solicitar o benefício, é necessário agendar uma perícia no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Comente agora
26
Jan
Grávidas com passagem para países com zika poderão cancelar voo
Postado por: Anacley Souza / 21:16h

Grávidas com passagem aérea comprada das companhias TAM (brasileira) e LAN (chilena) para países da América Latina que tenham registrado casos de infecção pelo zika vírus poderão antecipar seu retorno ou cancelar a viagem sem custos adicionais. Em comunicado divulgado nesta terça-feira, 26, o Grupo Latam, que reúne as duas empresas, oferece alternativas para gestantes com viagens internacionais para os seguintes países: Brasil, Colômbia, El Salvador, Guatemala, Guiana Francesa, Haiti, Honduras, Martinica, México, Panamá, Paraguai, Puerto Rico, Suriname e Venezuela. As passageiras grávidas que já chegaram a esses países poderão adiantar o retorno (sujeito à disponibilidade de assentos), sem cobranças adicionais. Já as gestantes com voos programados poderão alterar o destino do voo (sujeito ao pagamento de possíveis diferenças de tarifas) ou solicitar o reembolso do bilhete gratuitamente. Para usufruir dessas facilidades, a passageira deverá apresentar declaração médica mencionando o número de semanas de gestação. Os benefícios também serão concedidos aos acompanhantes que estejam viajando com a grávida no mesmo voo. O zika vírus está associado à microcefalia em bebês recém-nascidos, além de outras enfermidades. Autoridades de saúde dos Estados Unidos já recomendaram que gestantes evitem viajar ao Brasil e a países que tenham registrado casos do vírus.

Comente agora
26
Jan
Seis motivos para treinar que não implicam em só perder peso
Postado por: Débora Ayane / 17:38h

Quando se pergunta a alguém o motivo que levou a se inscrever na academia, a resposta tende a ser a mesma de sempre: ‘quero perder peso’.Esse é exatamente motivo pelo qual treinar se torna um martírio para muitas pessoas, que desistem semanas depois por não verem os resultados desejados.Segundo o Huffigton Post, existem seis ótimos motivos para frequentar a academia (ou para praticar exercício físico) e que nada têm que ver com a perda de peso:

1. Novas amizades. Quando a ida a academia se torna frequente (três a quatro vezes por semana), é comum se estabelecer alguns laços e se criar algumas novas amizades.

2. Melhor saúde mental. É certo que o exercício físico é um aliado da boa saúde mental e da criatividade.

Comente agora
26
Jan
São Paulo não notificou cerca de 200 bebês com microcefalia, desrespeitando determinação
Postado por: Débora Ayane / 15:43h

Apesar do relativamente baixo número de casos de microcefalia registrados em São Paulo - 18, de acordo com o último boletim do Ministério da Saúde -, o estado apresenta um número quase 12 vezes superior. Segundo o jornal El País, apenas em 2015 foi registrada a existência de 210 casos do problema, dos quais 159 nasceram apenas entre novembro e dezembro. Ainda segundo a reportagem, a discrepância está ligada às notificações de suspeita da doença.

Comente agora
26
Jan
Número de casos suspeitos de microcefalia na Bahia sobe para 533
Postado por: Débora Ayane / 13:29h

O número de casos notificados de microcefalia na Bahia subiu para 533, de acordo com boletim da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Os dados são de outubro de 2015 até a última segunda-feira (25). Até o dia 18 de janeiro, eram 496 casos suspeitos da doença no estado. É considerado microcefalia o nascimento de bebês com perímetro cefálico menor ou igual a 32 centímetros. Na Bahia, 93 municípios registram casos suspeitos. Salvador tem o maior número de incidência (309), correspondendo a 58% do total de casos.

Comente agora
26
Jan
OMS investiga caso de transmissão do zika por contato sexual
Postado por: Redação Voz da Bahia / 11:20h

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse nesta segunda-feira, 25, que está investigando um caso de transmissão do zika vírus por contato sexual. "O zika já foi isolado em sêmem humano, e já foi descrito um possível caso de transmissão sexual de pessoa-para-pessoa", afirmou um comunicado da entidade. Apesar da evidência, a OMS afirmou que ainda é necessário mais investigação para confirmar a transmissão por contato sexual. Por enquanto, a única forma de transmissão confirmada é pelo mosquito Aedes Aegypti. Em maio de 2011, um estudo publicado na revista científica "Emerging Infectious Diseases" relatou o caso de um cientista americano que viajou para o Senegal e desenvolveu os sintomas do zika após voltar para o EUA. Logo depois sua esposa, que não deixou os EUA, também foi infectada pela doença. Esse caso levantou a hipótese da transmissão por via sexual. Mas a OMS não informou se a investigação atual tem relação com essa ocorrência. A OMS diz que o zika já está presente em 21 países e deve se espalhar todos os países das Américas, com exceção do Canadá e Chile. (ATarde)

Comente agora
26
Jan
Descubra quando a comida 'diet' nem sempre quer dizer saudável
Postado por: Anacley Souza / 09:15h

As dietas de baixo consumo de gordura estão perdendo a credibilidade e um processo para lá de semelhante ocorre com alguns dos chamado alimentos dietéticos. Muitas dessas comidas têm adição de açúcar e aditivos para susbtituir a gordura - o que, para alguns médicos, é pior para quem quer perder peso. Até porque as calorias já deixaram de ser todas iguais. Se você está de dieta, é melhor que consuma alimentos integrais, que contam com mais nutrientes que aqueles de qualidade mais baixa ou os processados, que embora tenham menos calorias, não são tão nutritivos. E há algumas outras dicas básicas para evitar algumas armadilhas.Estudos mostram que alimentos descritos como de baixa gordura acabam sendo consumidos em maior quantidade. Em uma das pesquisas, voluntários consumiram 28% mais chocolates cobertos de açúcar e de baixa gordura do que os normais, o que resultou em 54 calorias extras.Os testes mostraram ainda que pessoas com sobrepeso ingerem muito mais comida com o selo low fat do que pessoas com peso normal. E que todo mundo subestima a quantidade de calorias que consome quando se trata de alimentos de baixa gordura. Outro estudo descobriu que a etiqueta "light" faz com que as pessoas aumentem o tamanho das porções, independentemente de o alimento ser saudável ou não. Se um alimento tem o selo de baixa gordura, essa gordura de menos deu lugar a mais açúcar ou adoçantes. E muita gente assume que está comendo menos calorias. Uma corrente de pensamento comum entre os nutricionistas hoje em dia é que uma dieta alta em "gordura boa" é melhor de uma de baixa gordura, mas inadvertidamente alta em açúcar.

Comente agora
26
Jan
Universidade dá primeiro passo para remédio contra infecção generalizada
Postado por: Anacley Souza / 07:55h

A Faculdade de Medicina da USP em Ribeirão Preto (SP) descobriu uma proteína capaz de interromper o processo inflamatório. Segundo o pesquisador Dario Zamboni, coordenador do estudo, este é o primeiro passo no desenvolvimento de um medicamento capaz de controlar a sepse, ou infecção generalizada, uma das principais causas de morte em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). A molécula descoberta, batizada pelos pesquisadores de IcaA, é encontrada dentro da bactéria Coxiella burnetii, responsável por causar um tipo de pneumonia pouco comum, mas agressiva ao corpo humano. Zamboni explica que o estudo teve início em 2008, quando o grupo de 17 pesquisadores brasileiros, além de profissinais da Austrália e dos Estados Unidos, estudava a capacidade dessa bactéria se instalar no organismo e conseguir inibir a ação do sistema imunológico. "A gente sabe que pouquíssimas bactérias são capazes de deixar uma pessoa doente. Quando se tem uma bactéria muito virulenta, patogênica, ela tem estratégias para enganar o sistema imune e conseguir causar a doença. E essa bactéria é muito eficaz nisso", afirma. A partir daí, os pesquisadores passaram a estudar esse mecanismo e, segundo Zamboni, descobriram que a proteína IcaA não consegue induzir a ativação da caspase 1, a molécula responsável por causar o processo inflamatório. "A inflamação é um processo complexo mediado por uma série de processos e uma série de moléculas, mas ela começa dentro de uma célula. Depois, ela vai para fora da célula e começa a inflamar o tecido inteiro", diz o biólogo. Zamobi afirma, entretanto, que a descoberta da IcaA é só o início do estudo, uma vez que existem outros tipos de proteína que também inibem o processo inflamatório.

Comente agora
26
Jan
Grávidas do Bolsa Família receberão repelentes contra o Aedes aegypti
Postado por: Anacley Souza / 06:31h

O governo federal distribuirá gratuitamente repelentes de mosquitos a grávidas que participam do programa Bolsa Família. A ação busca intensificar o combate ao mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue, febre chikungunya e o vírus Zika, responsável pelo aumento dos casos de microcefalia no país. O ministro da Saúde, Marcelo Castro, informou nesta segunda-feira (25) que vai se reunir na quarta-feira (27) com os fabricantes de repelentes para estudar a viabilidade de fornecer a quantidade necessária. Segundo ele, o governo trabalha com o número médio de 400 mil gestantes em todo o país. “Às demais pessoas, recomendamos que usem os repelentes. São produtos seguros, registrados e aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e as pessoas podem comprar em farmácias para usar”, afirmou. Marcelo Castro se reuniu com outros ministros e a presidente Dilma Rousseff para discutir ações de exterminação do mosquito. Na sexta-feira (29), a presidente visitará a Sala Nacional de Coordenação e Controle do Plano de Enfrentamento à Microcefalia, em Brasília, de onde conduzirá uma reunião por videoconferências com os governadores, cada um nas respectivas salas estaduais de combate ao mosquito. Em entrevistas a jornalistas na noite desta segunda-feira, ele informou que, para o dia 13 de fevereiro, está sendo planejada uma ação que colocará nas ruas 220 mil homens das Forças Armadas para “visitar casa por casa do Brasil”, distribuindo panfletos e orientando as famílias a participarem da mobilização contra o Aedes aegypti. “Há 30 anos que esse mosquito habita o país e não conseguimos eliminá-lo. Se a sociedade brasileira não chamar a si esta responsabilidade neste momento grave de uma das crises maiores de saúde pública já vivida em qualquer tempo no Brasil, não seremos vitoriosos”, acrescentou Marcelo Castro. De acordo com o ministro, o governo não vai “economizar nada” e fará “tudo que for necessário” no combate ao mosquito, que, segundo ele, é a forma mais eficaz de evitar o vírus Zika.

Comente agora
25
Jan
Saúde destina recursos para custeio de cirurgias eletivas em 18 municípios baianos entre eles S. A. de Jesus
Postado por: Redação Voz da Bahia / 22:54h

O Ministério da Saúde determinou, em portaria publicada no Diário Oficial da União desta segunda­feira (25), o remanejamento de recursos financeiros destinados ao custeio da execução dos procedimentos cirúrgicos eletivos na Bahia. A decisão considera estratégia para ampliação do acesso aos procedimentos no Sistema Único de Saúde (SUS), redefinida em julho de 2015. Estão incluídos na portaria os municípios de Alagoinhas, Candeias, Cansanção, Feira de Santana, Gandu, Irecê, Jequié, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Muritiba, Paramirim, Santa Luz, Santo Antônio de Jesus, São Felix, São Sebastião do Passé, Vitória da Conquista, Iaçu e Itaberaba. A portaria ressalta ainda que o remanejamento não acarretará impacto financeiro para o ministério

Comente agora
25
Jan
Se perder luta contra dengue, país terá geração com retardo mental, diz ministro
Postado por: Anacley Souza / 22:01h

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, disse nesta segunda-feira (25) que, caso perca a batalha com o mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue e o zika vírus, o Brasil pode herdar uma geração de brasileiros com retardo mental. Segundo ele, essa não é uma visão pessimista e sim "realista". "Essa batalha que vamos travar agora, não podemos perder. Senão, nós teremos uma geração brasileiros que vão ter retardo mental, vão ter pouco desenvolvimento cerebral, dificuldade de conduzir a si próprias e vão precisar de cuidados especiais no resto da vida", disse o ministro. "O ano passado foi o ano em que nós tivemos o maior número de casos, o que isso significa? Que o mosquito, até agora, está ganhando a batalha. Nós estamos perdendo, ele está aumentando a sua participação", declarou Castro. Também nesta segunda-feira, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que o vírus vai se proliferar por todos os países das Américas.

Comente agora
25
Jan
O que a ciência ainda não descobriu sobre a menopausa
Postado por: Anacley Souza / 21:44h

A BBC Brasil falou de alguns dos mistérios da menopausa que continuam sem ter uma resposta. Trata-se das dúvidas acerca do objetivo da menopausa, da forma como funciona e do tratamento mais indicado. Baseando-se em estudos, livros e reportagens feitas pela revista Nature, a publicação revela o pouco que ainda se sabe sobre esta condição feminina, tida como uma “caraterística distintiva dos humanos” e que se deve, possivelmente, a algo chamado ‘hipótese da avó’, que se refere ao fato da mulher viver mais do que a sua idade reprodutiva. A libertação mais reduzida de estrogênio por parte dos ovários depois dos 40 anos é uma das causas apontadas para a chamada menopausa, contudo, cada mulher tem a sua maneira de reagir a esta perda hormonal, o que dificulta o diagnóstico preciso deste problema feminino. Até 2002, era comum receitar às mulheres uma terapia à base de reposição hormonal, um tratamento que poderia atenuar os sintomas da menopausa (palpitações, ansiedades e ataques de pânico), mas que colava a saúde da mulher em risco, uma vez que aumenta a possibilidade de se sofrer um ataque cardíaco. Embora esta técnica tenha sido contestada, o especialista em metabolismo John Stevenson, do Hospital Royal Brompton, revelou na conferência da Sociedade Britânica da Menopausa que a reposição hormonal pode ser “provavelmente o melhor tratamento para as mulheres pós-menopausa”, continuando, porém, a solução em aberto.

Comente agora
25
Jan
Cientistas criam macacos transgênicos para estudar autismo
Postado por: Anacley Souza / 21:04h

Cientistas chineses criaram os primeiros macacos geneticamente modificados que exibem comportamentos relacionados ao autismo. De acordo com o estudo, publicado nesta segunda-feira (25) no periódico científico Nature, o objetivo é que os macacos ajudem na compreensão do distúrbio em humanos e no desenvolvimento de tratamentos. Até o momento, a pesquisa do autismo é feita em roedores, animais que possuem uma biologia bastante diferente dos primatas. Alguns cientistas, contudo, levantam questões sobre a eficácia de modelos animais no estudo do distúrbio, que ainda tem causas desconhecidas pela medicina. Para criar os macacos transgênicos, os pesquisadores da Academia Chinesa de Ciências, em Xangai, desenvolveram macacos afetados pela duplicação do gene MECP2, uma falha genética que, em humanos, é responsável por uma síndrome rara. Essa desordem se apresenta na infância e provoca uma série de sintomas - alguns iguais aos vistos no espectro do autismo, como dificuldades de interação social. De acordo com os pesquisadores, os macacos exibiram comportamentos muito similares a pacientes humanos com autismo, como padrões repetitivos de comportamento, altos níveis de ansiedade e problemas de interação social. Uma segunda geração de macacos também apresentou a síndrome e os comportamentos do espectro autista. Segundo os cientistas, os macacos tinham propensão a andar em círculos em suas jaulas, mostrando-se defensivos e com altos níveis de stress, além de serem antissociais. Os sintomas se mostraram mais severos no sexo masculino, como em humanos. "Junto com progressos recentes na aplicação de novas técnicas de edição genética em macacos, nosso estudo abre o caminho para o uso eficiente de macacos geneticamente modificados para estudar desordens cerebrais", afirmam os autores no estudo.

Comente agora
25
Jan
Teste rápido para detectar HIV será oferecido em evento que comemora Visibilidade Trans
Postado por: Anacley Souza / 19:44h

Durante o evento “Da Alegria, do Mar e de Outras Consciências”, que comemora o Dia Nacional da Visibilidade Travesti e Trans, em Salvador, serão disponibilizados testes rápidos para detectar anticorpos do vírus HIV. O teste é realizado com fluído oral e o resultado, que é sigiloso, fica disponível após 30 minutos. Essa, e outras atividades, ocorrem no Teatro Gregório de Mattos, de sexta a domingo (29 a 31), das 18h às 21h, com entrada gratuita. “Qualquer pessoa poderá realizar o teste, que é rápido e gratuito”, destaca o padre Alfredo Dorea, gerente administrativo da Instituição Beneficente Conceição Macedo (IBCM). A iniciativa é fruto da parceria entre a IBCM e o do projeto Viva Melhor Sabendo, realizado pelo Ministério da Saúde. “Da Alegria, do Mar e de Outras Consciências”, que está na sua terceira edição, também debaterá o tema Universo Trans e o Mercado de Trabalho.

Comente agora
25
Jan
Mais da metade dos profissionais decidem continuar no Mais Médicos
Postado por: Anacley Souza / 19:36h

Mais da metade dos brasileiros que optaram no começo de 2015 por trabalhar durante um ano pelo Mais Médicos renovaram seus contratos e poderão ficar por até mais três anos no programa. Os outros 1.173 postos que ficaram em aberto serão disputados pelos 12.791 médicos inscritos no último edital, que devem indicar as opções de cidades até quarta-feira (27) no site do programa. De acordo com a Agência Brasil, no total, em janeiro do ano passado 2.246 profissionais optaram pela modalidade do programa que concede 10% de bônus em notas para ingresso em residências médicas de todo o país, depois de um ano de experiência em unidades básicas dos locais indicados pelo Ministério da Saúde. Destes, 1.266 (56%), que já têm direito ao bônus, escolheram permanecer na vaga. O bônus na nota foi o diferencial que atraiu médicos com registro nos Conselhos Regionais de Medicina brasileiros a aderirem ao programa. Antes disso, a maioria dos participantes eram médicos cubanos, que vinham pelo convênio entre Cuba e Brasil, intermediado pela Organização Pan-Americana da Saúde. “Quem está no programa quer continuar”, avaliou o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Hêider Pinto. Ele considerou que este índice de renovação foi uma boa surpresa, já que o esperado era que ao final de um ano os médicos saíssem do programa. Para o secretário, o investimento do governo em infraestrutura da atenção básica, também previsto no Programa Mais Médicos, está fazendo com que os profissionais se interessem por trabalhar nessa área. O secretário considera a possibilidade de uma parte dos médicos sair em março, depois de resultados das seleções de residência médica. “Mesmo que porventura alguns saiam em março, o índice de permanência está mostrando que se o [Programa Mais Médicos] não é a primeira opção, é a segunda. É uma diferença importante, porque antes a gente não tinha médicos querendo atuar na atenção básica”, disse Hêider Pinto. A cada três meses o Ministério da Saúde lança um novo edital do programa para repor vagas de médicos que tiveram o tempo de atuação concluído ou que desistiram do programa. O programa está com 18.240 vagas autorizadas em 4.058 municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI).

Comente agora
25
Jan
Zika deve chegar a quase todos os países das Américas, alerta Opas
Postado por: Débora Ayane / 16:33h

Todos os países do continente americano provavelmente terão a circulação interna do vírus Zika, com exceção do Chile e Canadá. O alerta foi feito hoje (25) pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), vinculada à Organização Mundial da Saúde (OMS), em nota sobre transmissão e prevenção do vírus que pode casuar microcefalia em crianças. Desde maio do ano passado 21, países das américas registraram transmissão interna do vírus. A “rápida disseminação” do Zika pelo continente, segundo a organização, se deve à presença do mosquito em todos os países, menos no Canadá e Chile, e também ao fato de a população não ter imunidade ao vírus.

Comente agora
25
Jan
Excesso de álcool no carnaval pode provocar arritmias cardíacas, alerta médico
Postado por: Débora Ayane / 16:26h

A Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro (Socerj) divulgou hoje (25) um alerta sobre os riscos do consumo excessivo de bebidas alcoólicas para o coração. Segundo o diretor de Qualidade Assistencial da Socerj, Luiz Eduardo Camanho, o consumo de bebidas aumenta não ocorre só no carnaval, mas também durante outras datas festivas, e isso pode provocar a chamada Holiday Hearth Syndrome, ou síndrome cardíaca de feriado, descrita em 1978. De acordo com o cardiologista, há uma relação comprovada entre o consumo excessivo de álcool e a ocorrência de arritmia cardíaca, em especial a fibrilação atrial.

Comente agora
25
Jan
Presença de HPV oral aumenta em 22 vezes risco de câncer na cabeça e pescoço
Postado por: Débora Ayane / 14:26h

Um estudo desenvolvido pela Escola de Medicina Albert Einstein, em Nova York, EUA, descobriu que pessoas com Papilomavírus Humano (HPV) na boca tem 22 vezes mais risco de desenvolver algum tipo de câncer na região da cabeça e pescoço. Baseada na análise de 97 mil pessoas durante quatro anos, a pesquisa avaliou pessoas que continuavam saudáveis e outras que entravam em contato com o HPV-16. O vírus causou, segundo o jornal O Globo, incidência muito maior de desenvolvimento de câncer. "Este estudo mostra que o uso de células da bochecha, facilmente recolhidas, pode ajudar a prever o risco de as pessoas desenvolverem câncer de cabeça e pescoço", afirmou o professor de Medicina Ilir Agalliu, um dos autores.

Comente agora
25
Jan
Idosos, muita atenção com a pressão alta. Cardiologista dá dicas
Postado por: Redação Voz da Bahia / 14:03h

As doenças cardiovasculares no Brasil matam 300 mil pessoas por ano, sendo que 15% (45 mil pessoas) são hipertensos. Dos mais de 10 milhões de idosos, em média 40% são hipertensos e boa parte não sabem que têm a pressão alta. Já sabemos que os eventos cardiovasculares graves (infarto do miocárdio e derrame) tendem a acontecer no início da manhã, em geral com a subida da pressão ao acordar. Desta forma, tratar a pressão evitando o pico matinal exagerado reduziria em 40% as chances do derrame e em 20% a do infarto. O ideal é que a pressão seja medida pelo menos duas vezes ao ano pelo seu cardiologista, que também solicitará exames de controle (teste ergométrico, ECO, MAPA) se necessário. O grande desafio do tratamento da pressão alta, principalmente nos idosos, é fazer com que eles tomem a medicação, pois só 50% o faz corretamente. Os idosos também apresentam a chamada hipertensão arterial sistólica isolada, isto é, só têm a pressão máxima, ou sistólica, aumentada. Os trabalhos mostram que quanto mais idoso, maior a chance deste tipo de hipertensão, e mais risco de morte por doenças cardiovasculares. A pressão alta deve ser tratada até o fim da vida e as medicações mais modernas são extremamente eficientes, seguras e sem efeitos colaterais.

Dietas e exercícios ainda são formas de ajudar a combater a pressão alta. Leia mais em www.euvaldorosa.com.br

Comente agora
25
Jan
Anvisa apreende lote falsificado de medicamento genérico
Postado por: Anacley Souza / 12:42h

Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada hoje (25) no Diário Oficial da União determina a apreensão e a inutilização do Lote 1704 do medicamento genérico succinato sódico de cloranfenicol 1grama, pó liófilo para solução injetável intravenosa. O antibiótico é indicado para vários tipos de infecções causadas por bactérias. De acordo com o texto, tanto o Lote 1704, fabricado em julho de 2013 e com validade até julho de 2015, quanto o Lote 1704, fabricado em julho de 2014 e com validade até julho de 2016, são desconhecidos pela empresa Novafarma Indústria Farmacêutica Ltda, que possui o registro do produto. “O lote citado é uma falsificação do medicamento, já que a empresa desconhece a existência do mesmo [lote]”, informou a Anvisa. A resolução entra em vigor hoje. Com informações da Agência Brasil.

Comente agora
25
Jan
Saúde destina recursos para custeio de cirurgias eletivas emS. A. de Jesus e mais 17 municípios baianos
Postado por: Anacley Souza / 12:13h

O Ministério da Saúde determinou, em portaria publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (25), o remanejamento de recursos financeiros destinados ao custeio da execução dos procedimentos cirúrgicos eletivos na Bahia. A decisão considera estratégia para ampliação do acesso aos procedimentos no Sistema Único de Saúde (SUS), redefinida em julho de 2015. Estão incluídos na portaria os municípios de Alagoinhas, Candeias, Cansanção, Feira de Santana, Gandu, Irecê, Jequié, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Muritiba, Paramirim, Santa Luz, Santo Antônio de Jesus, São Felix, São Sebastião do Passé, Vitória da Conquista, Iaçu e Itaberaba. A portaria ressalta ainda que o remanejamento não acarretará impacto financeiro para o ministério.

Comente agora
25
Jan
Agência da ONU para energia atômica oferece tecnologia nuclear contra vírus zika
Postado por: Anacley Souza / 10:11h

Usar a radiação nuclear para eliminar ou reduzir a população do mosquito Aedes aegypti, que transmite o vírus zika, será um dos temas centrais que o diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica da Organização das Nações Unidas (AIEA), Yukiya Amano, apresentará a vários países em viagem pelas Américas que começa na segunda-feira (25). O vírus Zika está relacionado ao aumento de casos de microcefalia em bebês na América Latina. “A tecnologia para a esterilização de insetos é muito eficaz na redução ou erradicação da população de mosquitos e outros portadores de doenças”, explicou Amano em entrevista na véspera de partir para o Panamá, primeira escala da visita de duas semanas pela região da América Central e México. O diplomata japonês recordou que a agência da ONU para energia atômica, que zela pelo uso pacífico da tecnologia nuclear, tem muita experiência nesta técnica para o controle de pragas. Amano destacou também que a organização tem capacidade para reagir com rapidez a crises deste tipo e deu como exemplo o surto de ebola na África em 2014. Na época, a agência enviou em poucas semanas uma missão aos países africanos afetados. Com o uso de tecnologia nuclear, o tempo necessário para diagnosticar o ebola nesses países foi reduzido de quatro dias para quatro horas.

Comente agora
25
Jan
Verão: pais devem ficar atentos à desidratação infantil
Postado por: Anacley Souza / 09:53h

A combinação de altas temperaturas, típicas do verão brasileiro, com o período de férias escolares e viagens em família pode se transformar em um prato cheio para o aumento de casos de desidratação infantil nesta época do ano. O alerta é da Sociedade Brasileira de Pediatria. Em entrevista à Agência Brasil, o presidente do departamento Científico de Pediatria Ambulatorial da entidade, Tadeu Fernandes, explicou que o quadro de desidratação consiste na perda de água pelo organismo por meio de vômitos, diarreia ou mesmo pelo suor. “Muitas crianças ficam desidratadas por causa do calor, do excesso de exposição ao sol ou quando não há uma preocupação, por exemplo, em manter o quarto fresquinho. A criança perde calor pela pele, transpirando. Isso acontece principalmente entre crianças pequenas, que não têm boa reposição.” Segundo o especialista, alimentos mal acondicionados podem atuar como grandes vilões durante o verão, sobretudo em praias, festas e restaurantes. “No verão, se a gente não conserva direito os alimentos, eles estragam mais rápido. Um iogurte comprado no mercado, por exemplo, ao entrar em contato com as altas temperaturas do porta-malas, pode já chegar em casa azedo e, posteriormente, é servido à criança.” Dicas simples de prevenção, de acordo com o pediatra, incluem evitar pedir gelo para sucos e rodelas de limão ou laranja em refrigerantes. “Onde essas frutas estavam guardadas e há quanto tempo? Será que esse gelo foi feito com água filtrada ou da torneira? A ideia é limitar o risco.” Também é preciso ficar atento para ofecer água constantemente para as crianças.

Comente agora
25
Jan
Governo da República Dominicana confirma dez casos de vírus zika
Postado por: Anacley Souza / 07:01h

A República Dominicana informou que foram confirmados dez casos do vírus zika, suspeito de causar graves deficiências congênitas em recém-nascidos. O ministro da Saúde da República Dominicana, Altagracia Guzman, disse que os testes de laboratório das amostras enviadas para os Estados Unidos confirmaram dez em 27 casos suspeitos. “À luz desta descoberta é indispensável a adoção de medidas rigorosas em toda a nação para evitar e conter esta doença”, disse Guzman. O vírus zika tem sido relacionado com casos de microcefalia e outras alterações congênitas em recém-nascidos e com maior incidência de abortos em mulheres grávidas. As medidas propostas para conter a doença incluem a erradicação do mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue, a febre chikungunya e o vírus zika. (Agência Lusa)

Comente agora
24
Jan
Após ser transferida pelo GRAER, criança santoantoniense morre em Salvador
Postado por: Redação Voz da Bahia / 22:32h

Uma menina de apenas um ano e nove meses de idade estava internada no HRSAJ (Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus) com problemas respiratórios (pneumonia) desde o dia 10 de janeiro e o estado de saúde da menor  havia se agravado de modo que ela estava respirando com a ajuda de aparelhos. Dias depois, a paciente foi transferida em um helicóptero da GRAER (Grupamento Aéreo da Polícia Militar) para um hospital na capital baiana. Neste domingo (24), a garotinha não resistiu e veio a óbito. Familiares informaram a nossa reportagem, que alguns órgãos haviam parado de funcionar. Eles alegaram que tudo se deu pela demora da transferência, e as más condições que a criança foi tratada. O corpo foi velado na no velório paroquial e sepultado na tarde de hoje sob muita comoção no cemitério local. A família está inconformada com o que aconteceu.

Reportagem Voz da  Bahia

Comente agora
24
Jan
Casos do Zika vírus são confirmados na Itália, Espanha, Inglaterra e Portugal
Postado por: Débora Ayane / 15:54h

Quatro países da Europa já confirmaram casos de contágio do vírus Zika. Neste domingo (24), a Itália anunciou para a imprensa local que quatro pessoas, procedentes do Brasil, contraíram a doença em março de 2015, mas se recuperaram totalmente. Já no Reino Unido foram confirmados ontem três quadros de Zika em britânicos que voltaram ao país apos viajarem pela América do Sul. As vítimas foram infectadas na Guiana, Colômbia e Suriname. Na Espanha, duas mulheres que moram na Catalunha foram diagnosticadas com o vírus.Sendo as autoridades de saúde local, elas foram infectadas durante viagens aos seus países de origem na América do Sul, no fim de 2015.

Comente agora
24
Jan
Prefeitura do RJ anuncia novas medidas para combater Aedes aegypti nas Olimpíadas
Postado por: Débora Ayane / 11:12h

A Prefeitura do Rio anunciou, no último sábado (24), novas medidas para combater o mosquito Aedes aegypti durante os Jogos Olímpicos - período em que milhares de turistas de dentro e fora do país são esperados na cidade. De acordo com informações da BBC Brasil, na semana passada, autoridades de saúde americanas emitiram alerta para que mulheres grávidas evitem viajar para o Brasil e outros 13 países da América Latina que possuem a presença comprovada do vírus zika.

Comente agora
24
Jan
Hanseníase ainda é rodeada de estigmas pela insuficiência de ações governamentais
Postado por: Débora Ayane / 07:29h

Apesar de ser uma doença difícil de adquirir, a Hanseníase ainda possui uma série de estigmas alimentadas pela quantidade insuficiente de ações governamentais ao seu respeito, mesmo sendo instituído em 31 de janeiro o Dia Mundial de Luta contra a doença. “Um dos grandes problemas da hanseníase é que esta é uma doença negligenciada, pouco estudada e pouco conhecida. Os médicos e profissionais da área de saúde são poucos treinados para reconhecer a doença, principalmente no estágio inicial”, lamenta o dermatologista e presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia da Bahia (SBD-BA), Paulo Machado. De acordo com o médico, o Brasil é o segundo país em número de casos de hanseníase, perdendo apenas para Índia.

Comente agora
23
Jan
Brumado: registrado primeiro nascimento de bebê com microcefalia no Município
Postado por: Redação Voz da Bahia / 21:14h

O nascimento do primeiro bebê com microcefalia no município de Brumado, no sudoeste baiano, foi registrado na última terça-feira (19). A informação foi confirmada pelo secretário municipal de Saúde, Cláudio Feres, ao site Brumado Notícias. Segundo o titular da pasta, os pais da criança são do Distrito de Itaquaraí, zona rural de Brumado, mas desde outubro do ano passado estavam em uma comunidade rural de Dom Basílio. O estado da gestante vinha sendo acompanhado no Posto de Saúde da Família (PSF) de Itaquaraí. Assim que a Secretaria tomou conhecimento do fato, encaminhou o bebê, uma menina, para passar por uma bateria de exames pediátricos no Hospital Professor Magalhães Neto, onde a equipe médica confirmou o caso. Os médicos ainda não sabem se o caso está ligado ao Zika Vírus, uma vez que há outras patologias que também podem ocasionar a microcefalia. Foram recolhidas amostras de material da mãe do bebê para os exames laboratoriais.

Comente agora
23
Jan
Ex-presidente Lula faz exames de rotina em hospital de São Paulo
Postado por: Débora Ayane / 16:18h

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, neste sábado (23), para avaliação médica de rotina. Segundo boletim médico, foram feitos exames físicos, ressonância nuclear magnética, PET-CT e nasofibrolaringoscopia - procedimento médico realizado para diagnosticar e localizar doenças da laringe e da mucosa nasal. Todos os exames apresentaram resultados normais, de acordo com o hospital. As equipes médicas que o acompanharam foram coordenadas pelos médicos Roberto Kalil Filho e Artur Katz. Segundo assessores do ex-presidente, os exames fazem parte do acompanhamento periódico que pacientes devem ter após tratamento contra o câncer.

Comente agora
23
Jan
Valença: Mutirão faz 462 cirurgias de catarata
Postado por: Débora Ayane / 15:22h

A Santa Casa de Misericórdia de Valença vai realizar, neste sábado (23/1) e domingo (24), 462 cirurgias de catarata através do SUS. A ação faz parte do Mutirão realizado pela instituição, em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB) e também com a DayHorc - Hospital de Olhos Ruy Cunha. A iniciativa contou ainda com o apoio da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, Igreja Matriz. Nos primeiros dias de atendimento, que aconteceu na quinta (21) e sexta-feira (22), foram realizados 719 atendimentos e agendadas 59 cirurgias para o próximo mutirão. Estão aptos a serem atendidos aqueles que tiverem a partir de 60 anos de idade ou que possam diagnóstico prévio de catarata, sendo necessário efetuar cadastro através da Secretaria de Saúde Municipal e apresentar identidade, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Na segunda-feira (25), passarão por revisão médica. A Santa Casa realiza o procedimento também através de convênios e particular.

Comente agora
23
Jan
SMS monta estratégia de vacinação e acusa Ministério da Saúde de não cumprir cronograma
Postado por: Débora Ayane / 11:10h

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Salvador montou um esquema de vacinação no qual serão priorizados os grupos de risco, como recém-nascidos, gestantes e acidentados. A prefeitura justifica a medida acusando o Ministério da Saúde de descumprir o cronograma de entrega de itens do calendário nacional de imunização, como as vacinas contra as hepatites A e B, soro antirrábico e antitetânica. De acordo com a estratégia, no caso da vacina contra hepatite B, foram mantidos estoques nas maternidades e em unidades de referência dos 12 distritos sanitários da capital, priorizando os recém-nascidos, gestantes e pessoas que sofreram acidentes biológicos ou abuso sexual.

Comente agora
22
Jan
Repórter do Cidade Alerta fica um mês sem falar após AVC
Postado por: Redação Voz da Bahia / 23:13h

A repórter Leniza Krauss, do Cidade Alerta , da Rede Record, sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) enquanto gravava uma matéria no dia 11 de novembro de 2015 e precisou ser socorrida às pressas pela equipe. Em entrevista ao site oficial do programa, a jornalista, que voltou ao trabalho nesta semana, contou como foi viver este momento delicado. Por conta do AVC, a repórter, de 37 anos, teve sequelas e chegou a perder os movimentos do rosto, pernas e braços. Segundo Leniza, o momento mais difícil foi quando se deu conta que tinha perdido a voz. “Demorou muito para voltar, fiquei quase um mês sem falar. Eu pensava: “gente, como vou trabalhar sem voz, preciso dela”. Cheguei a pensar que nunca mais fosse falar. Eu não queria acreditar, mas não vou mentir, isso passou pela minha cabeça sim”, contou. Sobre voltar a gravar, ela disse que foi uma mistura de saudade e medo. “Eu pensava: “será que ainda sei fazer uma matéria?”. Mas na hora que ligamos a câmera, deslanchou. Parecia que estava afastada por apenas um dia”, disse. Felizes com sua volta, os colegas de trabalho comemoraram. “Alegria na redação!!! @lenizakrauss voltou!!! Superação. Alegria. Vida”, escreveu o apresentador Reinaldo Gottino em seu Instagram. Nas redes sociais, a jornalista também compartilhou momentos de descontração com a equipe em seu primeiro dia de trabalho após ter alta médica. “Celebrando a vida e comemorado a volta ao trabalho!!! Dia de abraços, beijos, emoções, alegria, bolo maravilhoso e agradecimentos! Um Re-começo cheio de amor! De volta ao trabalho que tanto amo! Super obrigada amigos! Vocês são essenciais!!! Vamos com tudo! Vamos com muita fé e Deus sempre, sempre a frente nos abençoando todos os dias!”, postou ela.

Comente agora
22
Jan
Saúde acha focos de Aedes em 3% de 7,48 milhões de casas vistoriadas
Postado por: Anacley Souza / 20:25h

Agentes de saúde encontraram focos do mosquito Aedes aegypti em 3% das 7,48 milhões de residências visitadas em todo o país desde o início de janeiro até esta quinta-feira (21). De acordo com o Ministério da Saúde, o número de casas vistoriadas representa 15,2% dos 49,2 milhões de dormicílios em áreas urbanas do país. A pasta informou que oito estados não repassaram o balanço de visitas. Segundo o ministério, foram removidos todos os criadouros de mosquito encontrados. O secretário-executivo do ministério, Neilton Oliveira, afirmou que todas as residências brasileiras serão vistoriadas até o fim de fevereiro. Em dezembro do ano passado, o governo tinha estabelecido que visitaria todos os imóveis até o fim de janeiro. Oliveira negou que a meta tenha sido descumprida. “Não há insegurança e não há nenhum atraso. A gente está tranquilo”, disse. “A prioridade não é matar o mosquito. É não deixá-lo nascer.”Como explicação para a nova meta, ele mencionou a demora de estados em implementar as chamadas “salas de coordenação e controle”, um grupo de ação criado para traçar estratégias de combate à dengue.

Comente agora
22
Jan
Gorduras boas e coração: uma relação de 'amor' agora provada
Postado por: Anacley Souza / 19:15h

As gorduras boas são as maiores aliadas na prevenção das doenças cardiovasculares. Esta é a conclusão de um estudo em grande escala publicado no site Journal of the American Heart Association. Segundo a Forbes, a investigação defende que a substituição de gorduras saturadas (como as que estão presentes em alimentos processados e também em algumas manteigas e margarinas) por gorduras insaturadas (como a do azeite, abacate, peixe e frutos secos) tem um efeito altamente benéfico na saúde cardíaca. Para os investigadores, o segredo está no consumo regular de ácidos gordos ómega 6 em detrimento das gorduras saturadas (principalmente de origem animal, como carne, leite e queijo) e dos hidratos de carbono e amidos processados que comummente são ingeridos. Dariush Mozaffarian, da Universidade de Boston, diz mesmo que não comer gorduras boas é “um problema maior” do que comer gorduras más. Para a investigação, os cientistas analisaram e cruzaram dados de mais de três bilhões de pessoas de 186 países, de forma a perceberem em que medida era pior não comer gorduras boas ou comer muitas gorduras más. Depois, conta a Forbes, foi criado um método de previsão de quantas vidas poderiam ser salvas no mundo fazendo a simples substituição de gorduras, dando preferência, claro, às boas. E os resultados não poderiam ser mais surpreendentes. Não comer gorduras boas poderia matar 710 mil pessoas. Das 10% de mortes estimadas devido a problemas de coração, apenas 3,6% seriam provocadas pelo excesso de consumo de gorduras saturadas.

Comente agora
Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com