As comentadas


Boa tarde , Segunda-feira, 25/07/2016








Enquete



Reflita

Blog

Saúde

04
Abr
Deputado Rogério prestigia caminhada para marcar o Dia Mundial do Autismo em SAJ
Postado por: Redação Voz da Bahia / 16:54h

No último sábado, 2 de abril, Dia Mundial da Conscientização sobre o Autismo, o Grupo Abrace, de Santo Antônio de Jesus, formado por pais e apoiadores da causa, promoveu uma caminhada com o objetivo de chamar a atenção da gestão pública e da sociedade em geral, para a questão. O Autismo é um grave distúrbio do desenvolvimento que prejudica a capacidade do indivíduo se comunicar e interagir. Hoje são registrados mais de 150 mil casos por ano no Brasil. O Autismo não tem cura, mas o tratamento pode ajudar muito na qualidade de vida. O Deputado Estadual Rogério Andrade prestigiou a ação e falou da necessidade de atenção ao tema. "Em dezembro do ano passado foi sancionada a nova Lei Brasileira de Inclusão, que garante o acesso do autista a Políticas Públicas diferenciadas. O diagnóstico precoce, bem como estímulos realizados na intensidade adequada e com profissionais especializados são capazes de ajudar muito na qualidade de vida do autista", disse. O Deputado lembrou que grande parte da população não tem acesso a serviços públicos de pediatria e, quando têm, uma parcela grande de pediatras não está apta a reconhecer sinais de autismo em bebês. "Outro problema que as famílias enfrentam é a educação.

Comente agora
04
Abr
Campanha Antirrábica 2016 já começou em S. A. de Jesus
Postado por: Débora Ayane / 16:51h

Nesta segunda-feira (04), a secretária de saúde Laurijane Mercês e Carine Cristina no setor de vigilância epidemiologia avisaram por meio de entrevista à rádio Andaiá FM que desde o dia 30 de março foi iniciada a Campanha Antirrábica em Santo Antônio de Jesus que terminará no dia 30 de Abril. A vacina contra a raiva é gratuita e deve ser aplicada em cães e gatos para proteção dos mesmos e da população em geral. A vacina é a única maneira de prevenir a raiva, doença fatal que pode ser transmitida aos seres humanos por animais suscetíveis ao vírus. Os proprietários de cães devem levá-los presos em guias, enquanto os gatos devem ser transportados em gaiolas ou caixas especiais, para evitar acidentes. De acordo com Carine, haverá uma equipe vacinando nas Unidades de Saúde dos bairros, em dias marcados, amanhã a equipe estará na USF da Rádio Clube, “população da Rádio Clube, fiquem atentos, levem seus animais na Unidade de Atendimento para vacinação”, disse. Ainda segundo ela, de acordo com o cronograma desta semana, na quarta-feira a equipe estará no bairro do Amparo, na quinta-feira no Alto Sobradinho e na sexta-feira no Andaiá.

Redação Voz da Bahia

Comente agora
04
Abr
Campanha quer incentivar meninas a procurar vacinação contra HPV
Postado por: Anacley Souza / 12:14h

Meninas de 9 a 13 anos já começam a ser orientadas a procurar uma das 36 mil salas de vacinação no país para receber a dose contra o HPV. A campanha nacional de mobilização, coordenada pelo Ministério da Saúde, segue até 15 de abril. A dose, entretanto, pode ser encontrada nos postos de saúde durante todo o ano. A meta deste ano é vacinar pelo menos 80% das meninas de 9 anos de idade, público-alvo da campanha, formado por um total de 1,7 milhão de garotas. A imunização é feita em duas doses injetáveis – a primeira, de preferência, nos meses de março ou abril e a segunda, seis meses após a primeira. A orientação da pasta é que meninas de 10 a 13 anos que ainda não receberam a dose ou que não completaram o esquema vacinal também sejam imunizadas durante a campanha de mobilização. A proteção, segundo o ministério, só é conferida se todas as doses forem aplicadas.

Esquema vacinal – Meninas e mulheres, na faixa etária de 9 a 26 anos, vivendo com HIV ou aids também devem ser vacinadas. Neste caso, o esquema vacinal consiste em três doses – a segunda é administrada dois meses depois e a terceira, após seis meses. Dados do ministério apontam que cerca de 59 mil mulheres de 15 a 26 anos vivem com HIV ou aids no país atualmente.

Comente agora
04
Abr
Indígenas terão imunização contra H1N1 antecipada
Postado por: Dulce Santana / 08:09h

"Estamos longe da cidade e aqui ninguém pega doença de ar-condicionado do escritório e do trem." Foi dessa forma que o cacique Fabio, chefe da Aldeia Krukutu, no bairro da Barragem, extremo sul de São Paulo (a cerca de 40 quilômetros da Praça da Sé), tratou o surto de H1N1, que ainda não chegou aos povos indígenas. Os índios estão no grupo de risco da doença, assim como gestantes e idosos, e vão começar a receber a vacina na rede pública já na próxima segunda-feira, dia 11. "Teve surto de dengue, zika e chikungunya e aqui também ninguém adoeceu. Tomamos todos os cuidados necessários na tribo para evitar qualquer tipo de doença. E outra: vivemos no meio da natureza e preservamos o local. Isso ajuda na longevidade", explicou o cacique. Segundo ele, nem o guarani mais velho da aldeia, com 99 anos, fica doente. "Ele vive sozinho em uma área mais afastada, no meio do mato. Planta e colhe todo o dia e nunca teve nada." O território tem 26 hectares, é ocupado por 40 famílias indígenas e atendido por uma Unidade Básica de Saúde (UBS). Na aldeia ao lado, a Tenondé-Porã, a situação é a mesma. Uma das lideranças da tribo, a índia Jerá, usou o termo "tranquilo" para definir o clima. "Aqui ninguém teve nada." Situação semelhante é registrada no litoral paulista.

Comente agora
04
Abr
Por que as crianças suam tanto enquanto dormem?
Postado por: Anacley Souza / 08:03h

Existem crianças que suam muito enquanto dormem, ainda que a temperatura seja normal e não tenham muita roupa. Ensopam a roupa, os lençóis e inclusive chegam a molhar o cabelo. Segundo os estudos, quase 12% das crianças suam em abundância durante a noite. O curioso é que a maioria continua dormindo placidamente e é mais comum em meninos do que em meninas. Quando coloco meus filhos para dormir eu sempre lhes peço que não se cubram totalmente, já que mais tarde eu passo ‘fazendo a ronda’ e lhes cubro adequadamente. Por que eu lhes peço isso? Toda noite, inclusive sem edredom eu os encontro encharcados de suor. Já pude observar que esse suor se produz, sobretudo durante a primeira fase do sono e isso acontece de forma constante, seja no inverno ou no verão. A que isso se deve?

- Mudança de atividades: as crianças podem passar de um estado de atividade frenética ou com muita energia para dormir placidamente. No entanto, nesse processo, a energia, ao se reduzir, produz excesso de sudoração. É como quando praticamos esporte e continuamos suando uma vez terminado enquanto o corpo desacelera.

- Janta abundante: se a criança se deita logo após o jantar e a comida tenha sido muita, é normal que sue mais, já que a digestão provoca um aumento da temperatura do corpo, que o mesmo organismo compensa através do suor.

- A roupa de cama: às vezes, a cobertura dos colchões é feita de plástico, um material que impede a passagem do ar, e, portanto, gera mais calor. O excesso de mantas, colchas ou edredons também são responsáveis pelo suor das crianças.

Comente agora
03
Abr
1 em cada 11 adultos tem diabetes
Postado por: Anacley Souza / 22:15h

O Dia Mundial da Saúde é celebrado todo 7 de abril, e em 2016 o tema escolhido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para conscientização da população é Diabetes. Isso porque a doença está avançando muito em países de média e baixa renda. De acordo com a Federação Internacional de Diabetes (sigla IDF em inglês), até 2015, cerca de 415 milhões de pessoas foram diagnosticadas como diabéticas, o que significa que um em cada 11 adultos no mundo tem a doença. Além disso, um a cada sete partos é afetado por diabetes gestacional. A expectativa é que, em 2040, 642 milhões de pessoas sejam diagnosticadas. No Brasil, os casos de pessoas com a doença aumentaram 40% desde 2012, segundo o Ministério da Saúde. “A incidência de diabetes está maior a cada ano porque ela está diretamente ligada ao crescimento da obesidade no mundo, bem como ao sedentarismo e ao envelhecimento da população ”, explica Raquel Resende Silva, endocrinologista do Hospital São Camilo. Diabetes é uma doença crônica que ocorre quando o pâncreas não produz insulina suficiente ou quando o corpo não pode usar eficazmente a insulina que produz. A insulina, um hormônio que regula o açúcar no sangue, é responsável por fornecer a energia que precisamos para viver. Sem a presença dela no organismo, o açúcar se acumula a níveis prejudiciais no sangue. “Grande parte dos casos de diabetes é evitável, pois mudanças simples no estilo de vida são capazes de prevenir ou retardar o aparecimento de diabetes do tipo 2, tais como: manutenção do peso corporal, prática de atividades físicas com regularidade e adoção de uma dieta saudável”, ressalta Raquel.

Comente agora
03
Abr
Por que exercícios físicos são importantes durante a gravidez
Postado por: Dulce Santana / 17:40h

Novas diretrizes americanas recomendam atividades físicas regulares e moderadas a gestantes. Ao contrário de 20 anos atrás, especialistas agora sabem que o exercício é benéfico tanto para a mãe quanto para o bebê. Vinte anos atrás, era comum que médicos recomendassem repouso absoluto a mulheres grávidas. O temor, naquela época, era que exercícios físicos pudessem afetar o crescimento do bebê na barriga, provocar contrações precoces ou até mesmo ocasionar um aborto. Hoje o discurso mudou. O Congresso Americano de Obstetras e Ginecologistas (Acog, na sigla em inglês) declarou expressamente que a atividade física durante a gestação oferece "riscos mínimos" às mulheres e é até benéfico para muitas delas. As últimas diretrizes do Acog - consideradas referência mundo afora - afirmam que a relação entre o exercício físico e o parto prematuro, o aborto espontâneo ou o crescimento fetal retardado "não foi fundamentada". Ao contrário, as mulheres deveriam ser "encorajadas a se dedicar a atividades aeróbicas e exercícios para o fortalecimento de sua condição antes, durante e depois da gravidez", afirma o órgão americano.

Comente agora
03
Abr
Dispositivo que detecta câncer de mama pela saliva é criado no México
Postado por: Dulce Santana / 14:58h

A detecção do câncer de mama cedo favorece seu tratamento, por isso que uma equipe do Centro Tecnológico de Monterrey (México) desenvolve um dispositivo para facilitar este processo através da saliva. Através do sensor incorporado em um filme ultrafino -de cerca de dois mícrons de espessura e dez milímetros de comprimento-, o dispositivo é capaz de detectar uma proteína conhecida como Cerb-b2. Esta proteína, que se localiza na saliva, é desenvolvida por "um grupo muito amplo de mulheres" que apresentam câncer de mama nos períodos iniciais, explica à Agência Efe o responsável da pesquisa, o médico Joaquín Esteban Oseguera Peña. A grande vantagem deste método é que antecipa a detecção da doença mesmo em mulheres que realizam auto-exame, já que a prova funciona quando o tumor é medido em mícrons -com um tamanho mil vezes menor do que quando pode ser detectado manualmente. A Cerb-b2 aparece em, aproximadamente, 98% das mulheres com câncer de mama. Com este aparelho "imediatamente poderia ser decidido se há esta proteína e, em consequência, quais são as probabilidades de que a pessoa esteja desenvolvendo câncer de mama", afirmou Oseguera, que lidera um grupo de pesquisa de oito pessoas no campus do Estado do México da instituição universitária. "A ideia fundamental -continua o médico- é que o dispositivo possa ser acessível a todo o público, sobretudo em lugares afastados ou de difícil acesso para equipes mais sofisticadas". Segundo o médico, é "provável" que a ideia de um dispositivo como este possa se estender a outros tipos de câncer vinculados com outras proteínas, embora seja necessitaria "fundamentá-lo com estudos". Por enquanto, a equipe de pesquisa entrou em contato "só em nível preliminar" com alguns hospitais públicos da área, e em aproximadamente um ano terá constituído todo o desenvolvimento adicional que permitirá realizar testes com pacientes. (G1)

Comente agora
03
Abr
Além de zika, grávidas agora buscam 'blindagem' contra H1N1
Postado por: Dulce Santana / 08:32h

Após aprender a conviver com os cuidados para evitar a contaminação com o vírus zika, as gestantes ganharam uma nova preocupação: prevenir-se do surto antecipado de H1N1. Repelente e álcool em gel viraram itens do dia a dia das grávidas, que fazem parte do grupo de risco para as duas doenças. Para evitar a gripe, que já fez 55 vítimas no estado de São Paulo, elas também enfrentam a saga para conseguir a vacina, em falta em várias clínicas. No fim do ano passado, a empresária Catarina Leite de Macedo, de 35 anos, deixou de ir ao casamento da cunhada e de visitar os parentes em Pernambuco com medo da zika. "Cancelei a passagem e meus pais vieram para cá. Só saio na base do repelente, meu médico mandou usar blusa de manga, roupas claras." Com a chegada fora de época da gripe, ela recebeu novas orientações. "Meu médico começou a mandar mensagem para todas as pacientes para a gente se vacinar. Saiu alertando." Foi quando começou a peregrinação para conseguir o imunizante. "Fui em seis clínicas de vacinação e só consegui na última. Fiquei quase três horas. Já tinha ligado para mais três e não tinha conseguido." A indicação foi tomar a vacina tetravalente, mas só estava disponível a versão trivalente. Mesmo assim, ela tomou. "É o meu primeiro filho. Já perdi (bebês) duas vezes e essa gestação está sendo supermonitorada.

Comente agora
02
Abr
Campanha nacional de vacinação contra a gripe começa no dia 30 de abril
Postado por: Dulce Santana / 13:27h

O Ministério da Saúde começou a enviar na sexta-feira (1º) para os estados a vacina contra a gripe. A entrega das doses aos municípios, segundo a pasta, é de responsabilidade dos governos estaduais. A campanha nacional de vacinação está prevista para ocorrer de 30 de abril a 20 de maio, mas alguns estados optaram por antecipar o início da imunização em razão de surtos de influenza A (H1N1), conhecida como gripe A. De acordo com o ministério, nas três primeiras remessas da vacina, a serem enviadas até o dia 15 de abril, os estados vão receber 25,6 milhões de doses, o que corresponde a 48% do total de lotes a serem encaminhados para toda a campanha deste ano. Do montante, 5,7 milhões serão entregues ao estado de São Paulo, onde já foram registradas cerca de 40 mortes atribuídas ao vírus H1N1. A partir do recebimento das vacinas, os estados podem definir estratégias de contenção, conforme suas análises de risco, para a vacinação da população-alvo, observando a reserva adequada do produto para a campanha nacional, informou o Ministério da Saúde. A pasta reforçou que, além da imunização, a população deve adotar medidas de prevenção para evitar a infecção por gripe. As ações de maior destaque incluem lavar sempre as mãos; evitar locais com aglomeração de pessoas (que facilitam a transmissão de doenças respiratórias); cobrir a boca com o braço ao tossir ou espirrar; utilizar álcool em gel nas mãos; e, caso julgue necessário, usar máscara de proteção. “A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza tem como objetivo reduzir as complicações e as internações decorrentes das infecções pelo vírus na população alvo da campanha, como gestantes, idosos e pessoas com comorbidades, as que têm mais risco de adoecer”, destacou o ministério. (Correio)

Comente agora
02
Abr
Fumar durante a gravidez altera o DNA do feto, diz estudo
Postado por: Dulce Santana / 11:48h

A gestante que fuma durante a gestação corre o risco de modificar o DNA do seu filho. A conclusão é de um estudo publicado pela revista "The American Journal of Human Genetics", o que poderia explicar seu vínculo com determinadas complicações na saúde dos bebês. Em um questionário, as mães tiveram que responder se fumaram frequentemente, ocasionalmente ou nada durante a gravidez. Em seguida, uma equipe internacional de pesquisadores analisou o DNA de 6.685 recém-nascidos e o comparou com o consumo de tabaco de suas mães, em um dos estudos mais completos já realizados sobre este tema. Os cientistas, que conseguiram mostras do DNA dos bebês através do sangue do cordão umbilical, identificaram nos filhos das mães fumantes com frequência 6.073 pontos onde o DNA tinha sido modificado se comparado aos bebês de mães não fumantes. Além disso, determinaram que essa coleção de genes está relacionada ao desenvolvimento dos pulmões e do sistema nervoso, com cânceres vinculados ao tabagismo e com defeitos de nascimento, como o lábio leporino. Em uma análise separada, muitas dessas alterações do DNA estavam presentes em crianças mais velhas cujas mães fumaram durante a gravidez. Agora, os cientistas irão analisar o material genético para para compreender melhor como as remodelações químicas do DNA podem influir no desenvolvimento da criança e em futuras doenças. (iBahia)

Comente agora
02
Abr
Hospital das Clínicas inicia atendimento de microcefalia dia 13
Postado por: Dulce Santana / 11:33h

O Hospital das Clínicas iniciará as atividades do Centro de Assistência Multidisciplinar de Microcefalia da Bahia a partir do dia 13 deste mês. A unidade oferecerá atendimento multidisciplinar a pacientes com a doença congênita. Os diagnosticados serão encaminhados pela Rede SUS da Bahia, o que inclui a Maternidade Climério de Oliveira e a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). A criança com a confirmação da doença passará, no mesmo dia, por avaliações dos setores de pediatria, neuropediatria, infectologia pediátrica, oftalmologia, otorrino, fisioterapia e terapia ocupacional, fonoaudiologia e ultrassom. O Hospital das Clínicas é um dos nove hospitais universitários do Nordeste que serão "centros confirmadores" do zika vírus e da microcefalia. Atualmente, o Brasil tem mais de quatro mil crianças com suspeita de microcefalia em investigação. Na Bahia, o número de morte de bebês com suspeita de microcefalia subiu de 24 para 27 óbitos. Foram notificados 550 casos em 128 municípios baianos até o dia 26 de março. (Correio)

Comente agora
01
Abr
Mutirão descarta 95 casos notificados de microcefalia em 116 exames
Postado por: Anacley Souza / 21:26h

Um mutirão realizado pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES) começou a revelar, nesta sexta-feira (1º), uma mudança no quadro de acompanhamento dos casos suspeitos de microcefalia associada ao vírus da zika. Em cerca de nove horas de trabalho, na Associação de Assistência à Criança com Deficiência (AACD), na área central do Recife, médicos avaliaram 116 bebês notificados com microcefalia. E concluíram que 95 deles não tinham a malformação cerebral, com o se acreditava antes. Dos 116 casos analisados, 14 foram confirmados com microcefalia e sete seguem em análise. O resultado dos primeiros testes deixou aliviado o secretário de Saúde de Pernambuco, Iran Costa. “Isso é bom para o estado e para as famílias. Esse mutirão vai definir quem tem que cuidar e quem terá a suspeita afastada. Essa indefinição causa muito sofrimento para as famílias. Com o mutirão, tiramos esse estigma de cima [das famílias]”, afirmou. Para Costa, cada passo é importante em um momento em que a doença ainda é desconhecida. Ele lembra que Pernambuco tem um número alto de notificações, porque começou a notificar antes dos outros estados. “Na época, ainda incluíamos bebês com 33 centímetros de diâmetro cefálico. O protocolo foi desenhado e com o passar do tempo as coisas foram se estabilizando. É assim mesmo, depois vai estabilizando. Espero que esse número [de descartes] ainda aumente bastante”, observou. Os exames estão sendo feitos por neuropediatras. Em quatro salas, eles submetem as crianças a testes clínicos e a ultra-sonografia.

Comente agora
01
Abr
USP manda fechar laboratório da pílula do câncer
Postado por: Anacley Souza / 19:42h

O laboratório do Instituto de Química (IQSC) da Universidade de São Paulo (USP), em São Carlos, que produz a fosfoetanolamina sintética, foi fechado nesta sexta-feira (1º) a pedido do reitor da USP de São Paulo, Marco Antônio Zago. O motivo é que o químico responsável pela produção da cápsula está em Cravinhos (SP) para ajudar a fabricar o composto em um laboratório particular contratado pelo governo paulista que vai fazer os testes clínicos em humanos a partir do mês que vem. Desenvolvida no campus de São Carlos para o tratamento de tumor maligno, a substância é apontada como possível cura para diferentes tipos de câncer, mas não passou por esses testes em humanos e não tem eficácia comprovada, por isso não é considerada um remédio. Ela não tem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e seus efeitos nos pacientes ainda são desconhecidos Na quinta-feira (31), oficiais de justiça, advogados e pacientes voltaram ao Instituto de Química da USP para tentar com mandados de busca e apreensão pegar as cápsulas de fosfoetanolamina sintética, mas a universidade continuava descumprindo as determinações judiciais, assim como ocorreu na quarta (30). A USP foi procurada novamente, mas não se manifestou sobre o assunto. O químico Salvador Claro Neto disse que não existe mais a substância no laboratório da universidade.

Comente agora
01
Abr
No combate ao Aedes, carro fumacê iniciará seus trabalhos a partir desta segunda-feira em S. A. de Jesus
Postado por: Débora Ayane / 18:21h

Santo Antônio de Jesus receberá o carro fumacê do Governo do Estado para tentar combater o Aedes aegypti que tem aterrorizado os bairros da cidade. A diretora da Vigilância a Saúde Daiane Mascarenhas, por meio da Rádio Andaiá FM nesta sexta-feira (01), disse que a partir de segunda-feira (04) o carro já atuará nos bairros e este é mais um compromisso da gestão do município pensando na saúde pública e no combate ao mosquito, “a solicitação desse carro se deu por conta do aumento das notificações, mesmo com a realização de mutirões e orientações, não tem sortido tanto efeito como esperado”, explicou. O carro já está no município, passando por alguns ajustes, para a partir de segunda-feira estar fazendo a pulverização primeiramente nos bairros de maior incidência, “já temos um roteiro programado, será iniciado na Rádio Clube para a Rua José de Almeida e adjacências, da Welington Figueiredo para o bairro São Benedito, descerá para a Avenida ACM, pulverizará a região do Bairro São Paulo e próximo a invasão do DERBA. Após estes locais o carro será dirigido ao bairro Irmã Dulce, Calabar, Nossa Senhora das Graças, Urbis 2 e finalizar no bairro do Cajueiro”, citou.

Um comentário
01
Abr
A partir de agosto, diploma em medicina dependerá de teste final
Postado por: Anacley Souza / 18:17h

O diploma de Medicina estará, a partir de agosto, condicionado à participação em um exame de avaliação dos estudantes, informou nesta sexta-feira, 1º, o Ministério da Educação (MEC). As provas serão aplicadas em caráter pedagógico a alunos dos segundo e quarto anos de faculdade; no sexto (e último), porém, quem não atingir a nota de corte não poderá se formar. Cerca de 20 mil estudantes que ingressaram nos cursos de Medicina em 2015 já devem ser submetidos ao exame, aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no segundo semestre deste ano. A medida responde a uma resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE publicada em 2014 - e que estimava um prazo de dois anos para sua implementação. A Avaliação Nacional Seriada dos Estudantes de Medicina (Anasem será um componente curricular obrigatório e os alunos e as instituições que não se inscreverem ou não participarem estarão sujeitos a “penalidades” que ainda não foram definidas. O conteúdo da prova será nos moldes do Revalida - exame que certifica diplomas médicos expedidos por instituições estrangeiras para que passem a valer também no Brasil. No segundo e quarto anos, a prova será apenas escrita e com conteúdo proporcional ao que o estudante já aprendeu. “Isso vai permitir que as escolas de medicina acompanhem a evolução de seus alunos e trabalhem para melhorar seu processo de formação”, disse o reitor da Universidade Federal do Ceará (UFCE) Henry Campos, representante da subcomissão do Revalida.

Comente agora
01
Abr
Planserv altera critérios de concentração de serviços credenciados a partir desta sexta
Postado por: Débora Ayane / 17:57h

O Planserv - Assistência à Saúde dos Servidores Estaduais altera a partir desta sexta-feira (1) os critérios de concentração da rede credenciada. O número de atendimentos por localidade passará a ser estabelecido de acordo com o número de beneficiários por macrorregião, no caso dos municípios do interior do estado, e por distrito sanitário, na capital baiana. "Essa realocação vista atender as demandas dos beneficiários do Planserv em seus domicílios, evitando deslocamentos desnecessários e onerosos. A meta é atender melhor um número maior de beneficiários em todo o estado", explicou Cristina Cardoso, coordenadora geral do Planserv. De acordo com a gestora, a mudana ajudará ainda uma análise regionalizada do perfil dos usuários. "Ao identificar que em uma determinada região ou distrito há um grande número de beneficiários com mais de 60 anos de idade, por exemplo, podemos sugerir a implantação de um programa de saúde do idoso na localidade, para incentivar a prevenção de doenças nessa faixa etária", acrescentou. A redistribuição dos recursos foi publicada nas portarias dos editais de credenciamento publicadas no Diário Oficial do Estado desta sexta.

Comente agora
01
Abr
Obesidade afeta 641 milhões de adultos no mundo
Postado por: Débora Ayane / 16:47h

A obesidade afeta 641 milhões de adultos ou 13% da população mundial adulta e pode chegar a até 20% em 2025 se o ritmo atual da epidemia continuar, mostra estudo divulgado hoje (1/4). “Em 40 anos, passamos de um mundo onde as pessoas obesas são mais do que aquelas que estão com baixo peso”, disse o professor Majid Ezzati, do Imperial College de Londres, que coordenou o estudo divulgado na revista médica britânica The Lancet. Segundo o estudo, um em cada oito adultos é obeso, número que mais do que duplicou desde 1975 e que deve aumentar para um em cada cinco até 2025. O trabalho, considerado um dos mais abrangentes feitos até agora, teve como base dados de cerca de 19 milhões de pessoas com 18 anos ou mais, residentes em 186 países. O coordenador do estudo alertou para a ameaça de uma crise de “obesidade severa” e de doenças provocadas pelo alto teor de gordura, de dietas ricas em açúcar, que provocam aumento da tensão arterial e do colesterol. “Haverá consequências para a saúde de uma magnitude que não sabemos”, afirmou Majid Ezzati. O trabalho mostra ainda que nos homens a obesidade triplicou de 3,2% da população em 1975 para 10,8% em 2014 (cerca de 266 milhões de pessoas). Nas mulheres, a obesidade cresceu de 6,4% em 1975 para 14,9% em 2014 (cerca de 375 milhões). Em 2014, as pessoas mais gordas do mundo viviam nos países da Polinésia e Micronésia, onde 38% dos homens e mais de metade das mulheres são obesos, revela o estudo. Cerca de 118 milhões dos obesos do mundo vivem nos Estados Unidos, no Reino Unido, na Irlanda, Austrália, no Canadá e na Nova Zelândia. No outro extremo, segundo o estudo, o Timor-Leste, a Etiópia e a Eritreia são os países onde vivem as pessoas com menos peso.

Comente agora
01
Abr
Ministério da Saúde começa a enviar vacina contra gripe aos estados
Postado por: Dulce Santana / 10:33h

O Ministério da Saúde começa a enviar hoje (1º) aos estados a vacina contra a gripe. A entrega das doses aos municípios, segundo a pasta, é de responsabilidade dos governos estaduais. A campanha nacional de vacinação está prevista para ocorrer de 30 de abril a 20 de maio, mas alguns estados optaram por antecipar o início da imunização em razão de surtos de influenza A (H1N1), conhecida como gripe A. De acordo com o ministério, nas três primeiras remessas da vacina, a serem enviadas até o dia 15 de abril, os estados vão receber 25,6 milhões de doses, o que corresponde a 48% do total de lotes a serem encaminhados para toda a campanha deste ano. Do montante, 5,7 milhões serão entregues ao estado de São Paulo, onde já foram registradas cerca de 40 mortes atribuídas ao vírus H1N1. “A partir do recebimento das vacinas, os estados podem definir estratégias de contenção, conforme suas análises de risco, para a vacinação da população-alvo, observando a reserva adequada do produto para a campanha nacional. O cronograma de distribuição aos estados é elaborado de acordo com a entrega da vacina pelo laboratório produtor. As vacinas serão enviadas em seis remessas”, informou o ministério. A pasta reforçou que, além da imunização, a população deve adotar medidas de prevenção para evitar a infecção por gripe.

Comente agora
01
Abr
Obesidade afeta 641 milhões de adultos no mundo e pode chegar a 20% da população mundial
Postado por: Dulce Santana / 09:35h

A obesidade afeta 641 milhões de adultos ou 13% da população mundial adulta e pode chegar a até 20% em 2025 se o ritmo atual da epidemia continuar, mostra estudo divulgado nesta sexta-feira (1º). "Em 40 anos, passamos de um mundo onde as pessoas obesas são mais do que aquelas que estão com baixo peso”, disse o professor Majid Ezzati, do Imperial College de Londres, que coordenou o estudo divulgado na revista médica britânica The Lancet. Segundo o estudo, um em cada oito adultos é obeso, número que mais do que duplicou desde 1975 e que deve aumentar para um em cada cinco até 2025. O trabalho, considerado um dos mais abrangentes feitos até agora, teve como base dados de cerca de 19 milhões de pessoas com 18 anos ou mais, residentes em 186 países. O coordenador do estudo alertou para a ameaça de uma crise de “obesidade severa” e de doenças provocadas pelo alto teor de gordura, de dietas ricas em açúcar, que provocam aumento da tensão arterial e do colesterol. “Haverá consequências para a saúde de uma magnitude que não sabemos”, afirmou Majid Ezzati. O trabalho mostra ainda que nos homens a obesidade triplicou de 3,2% da população em 1975 para 10,8% em 2014 (cerca de 266 milhões de pessoas). Nas mulheres, a obesidade cresceu de 6,4% em 1975 para 14,9% em 2014 (cerca de 375 milhões). Em 2014, as pessoas mais gordas do mundo viviam nos países da Polinésia e Micronésia, onde 38% dos homens e mais de metade das mulheres são obesos, revela o estudo. Cerca de 118 milhões dos obesos do mundo vivem nos Estados Unidos, no Reino Unido, na Irlanda, Austrália, no Canadá e na Nova Zelândia. No outro extremo, segundo o estudo, o Timor-Leste, a Etiópia e a Eritreia são os países onde vivem as pessoas com menos peso. (Correio)

Comente agora
01
Abr
Foi inaugurado em Sapeaçú o Hospital de Cirurgias do Recôncavo Baiano
Postado por: Dulce Santana / 09:05h

Foi inaugurado nesta quinta-feira  (31), o Hospital de Cirurgias do Recôncavo Baiano na cidade de Sapeaçú.  Gerido pelo Instituto Brasileiro de Desenvolvimento de Administração Hospitalar irá atender pacientes de baixa, média e alta complexidade em procedimentos cirurgicos clinicos.  Estiveram presidente na cerimônia de inauguração do prefeito da cidade Jonival Lucas, o superintendente do instituto e o secretário de saúde do município, Dr.Raul Molina,  além de autoridades públicas da região, que relataram a importância do hospital para toda a região. “Nós temos a felicidade junto com a secretaria de saúde do estado, abrir as portas de um hospital que alguns anos estava fechado na nossa cidade, e com um cunho diferente; teremos um hospital para atendimento regional, voltado para cirurgias do recôncavo”, declarou Molina. Para  o prefeito, a unidade hospitalar irá atender os pacientes realizando cirurgias de pequeno porte, trazendo para a população maior tranquilidade nos atendimentos cirúrgicos. De acordo com Jonival, existe uma parceria entre o governo e secretário do estado onde tem visado a melhoria da qualidade da saúde apresentado nos projetos realizado pelo governador da Bahia Rui Costa (PT).

Redação Voz da Bahia

Comente agora
31
Mar
O cochilo da tarde pode fazer mal ao coração
Postado por: Anacley Souza / 23:11h

Embora tirar uma soneca a tarde seja o sonho de quase todas as pessoas, a prática pode aumentar o risco de morte prematura. De acordo com um estudo apresentado esta semana durante a 65ª Sessão Científica Anual do American College of Cardiology, tirar um cochilo de mais de 40 minutos ou ficar excessivamente cansado durante o dia está associado a um maior risco de síndrome metabólica. A síndrome metabólica é uma condição que envolve diversos fatores, como pressão arterial, colesterol e açúcar no sangue elevados e excesso de gordura ao redor da cintura. Todos esses, por sua vez, estão relacionadas a um aumento do risco de doença cardíaca. Pesquisadores da Universidade de Tóquio decidiram avaliar dados de 21 estudos observacionais, envolvendo 307.237 pessoas para avaliar o impacto da soneca - prática comum em várias partes do mundo - na saúde das pessoas. Os participantes responderam questões relacionadas ao seu nível de cansaço durante o dia, duração de sonecas e histórico clínico. Os resultados mostraram uma forte associação entre o tempo de cochilo e o risco de desenvolvimento de síndrome metabólica. De acordo com os autores, quanto mais longa for a soneca, pior. Felizmente, cochilos de até 30 minutos possuem efeito contrário: fazem bem ao coração. "O sono é um componente importante do nosso estilo de vida saudável, bem como a dieta e o exercício. Pequenos cochilos podem ter um efeito benéfico sobre nossa saúde, mas nós ainda não sabemos a força desse efeito ou o mecanismo pelo qual ele funciona," disse Tomohide Tamada, principal autor do estudo, reforçando que são necessárias mais pesquisas sobre o assunto.

Comente agora
31
Mar
Após campanha na internet, professor com câncer receberá nova remessa de pílula da USP
Postado por: Anacley Souza / 21:10h

Uma simples carta enviada pelos Correios no último dia 28 renovou as esperanças do professor Élio Martis Carvalho. Tendo como remetente o Instituto de Química de São Carlos da Universidade de São Paulo (USP), o documento pôs fim a uma espera angustiante. Após três meses, ele vai receber a segunda remessa de cápsulas da substância fosfoetanolamina, apontada como “pílula do câncer”. Em estado terminal devido a um agressivo câncer na língua, Carvalho, morador de Santo Antônio de Jesus, enxerga na substância sua “tábua de salvação” na tentativa de refrear o avanço da doença que pode levá-lo à morte. Foi isto o que aconteceu quando ele começou a consumir as cápsulas e experimentou uma grande melhora em seu quadro clínico. Entretanto, após a USP suspender o fornecimento, o professor apresentou um rápido agravamento de seu estado de saúde. Para tentar evitar a morte do pai, seu filho, o estudante Caio Machado, criou uma petição online para pressionar a universidade a enviar novas remessas do componente. A iniciativa parece ter dado certo, já que a família conquistou seu objetivo. O estudante agradece o apoio de quem aderiu à campanha. “Fiquei muito satisfeito e feliz de ver que meu esforço não foi em vão”, comemorou. A família, entretanto, está receosa. O tratamento com a substância é longo e todos têm medo de enfrentar novamente o drama da suspensão do fornecimento. “A gente fica receoso se a USP vai continuar mandando o medicamento. Quando alguém fica sem tomar a fosfo por muito tempo, a doença volta com força total. Para alguém com um câncer como o do meu pai, ficar mais três meses sem a substância pode ser fatal”, explicou. Apesar do medo, Machado não esconde a felicidade de poder ver seu pai se recuperar. A substância deve chegar à casa da família em dentro de uma semana. (Bahia Notícias)

Comente agora
31
Mar
Sobrepeso prejudica a memória, aponta pesquisa
Postado por: Anacley Souza / 12:17h

Em um estudo recente, pesquisadores de Cambridge descobriram que pessoas com sobrepeso (IMC acima de 25) tiveram um desempenho pior em testes de memória. A pesquisa foi publicada no The Quarterly Journal of Experimental Psychology. O experimento foi feito com 50 participantes entre 18 e 35 anos e índice de massa corporal (IMC) entre 18 (normal) e 51 (obesos). Eles participaram de um teste de memória no qual eles precisavam esconder diferentes objetos em um cenários distintos. Depois de dois dias, eles precisavam dizer quais objetos tinham sido escondidos e em qual lugar. No resultado, as pessoas com sobrepeso e obesas tiveram um desempenho pior no teste. Foi constatado que o rendimento caia conforme o IMC aumentava. Os resultados indicam que o aumento do IMC pode levar a mudanças estruturais e funcionais no cérebro que reduzem a capacidade de recordar.

Comente agora
31
Mar
Hospital das Clínicas passa a ser Centro Confirmador do zika vírus e da microcefalia
Postado por: Dulce Santana / 11:47h

O Hospital das Clínicas de Salvador integra um grupo de nove hospitais universitários do Nordeste que passam a ser Centros Confirmadores do zika vírus e da microcefalia. Esses hospitais começam a adotar um modelo único de atendimento a partir de abril. Com o protocolo único, os pacientes com suspeita de zika e microcefalia conseguirão realizar todos os exames e ter o seu diagnóstico no mesmo dia. Atualmente, o Brasil tem mais de quatro mil crianças com suspeita de microcefalia em investigação. “Decidimos adotar um modelo diferenciado e transformar os hospitais em centros confirmadores da microcefalia, principalmente. Muitas pessoas têm dificuldade de se deslocar até o hospital diversas vezes; então, esse esforço conjunto vai facilitar e dar agilidade aos procedimentos”, ressaltou o coordenador de Gestão Clínica da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), José Eduardo Fogolin. A ideia do modelo único de atendimento surgiu no I Fórum Regional dos Hospitais e Maternidades Ebserh no Nordeste. Na ocasião, ficou definido que as unidades, observando suas características próprias, vão propor um fluxo de atendimento aos pacientes para que todos consigam ser atendidos em uma única data. A ideia é realizar cerca de 480 atendimentos por mês nas unidades participantes da ação. “As confirmações da doença, além de ajudarem no tratamento do paciente, ainda facilitam os estudos de casos e incidências para identificar localidades em que o governo federal precisa intensificar o combate ou entender mais sobre o zika vírus e a microcefalia”, destacou Fogolin (Correio)

Comente agora
30
Mar
ANS divulga lista de hospitais de qualidade no atendimento
Postado por: Anacley Souza / 18:49h

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que regula os planos de saúde do País, divulgou nesta semana uma lista de 131 hospitais que atendem critérios de qualidade na assistência à população. Esta é a primeira vez que a agência reguladora divulga informações sobre os prestadores. O objetivo, segundo o órgão, é dar elementos para que os consumidores possam acompanhar e avaliar os serviços. A lista de hospitais mostra todos os estabelecimentos que apresentam certificação máxima de qualidade. Para avaliar o desempenho das unidades de saúde, três indicadores foram levados em conta: segurança do paciente, qualidade da assistência (acreditação) e índice de readmissão hospitalar (reinternação em até 30 dias da última alta). A acreditação, ou qualidade da assistência dos hospitais, mede por procedimentos externos os processos adotados na instituição para garantir o padrão de atendimento. O fornecimento das informações é de caráter voluntário dos hospitais e a ANS considera que essa estratégia mede quais instituições estão realmente interessadas em melhorar o serviço. Foi disponibilizada ainda uma lista de hospitais com Núcleo de Segurança do Paciente cadastrado na Anvisa. Desde 2014, foram cadastrados núcleos em 1.338 hospitais, de um total de 6 mil estabelecimentos.

Comente agora
30
Mar
Ministro quer que fosfoetanolamina seja legalizada como suplemento
Postado por: Anacley Souza / 18:19h

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera, recomendou nesta quarta-feira (30), que a fosfoetanolamina seja legalizada como suplemento alimentar junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), segundo nota de sua pasta. "Achamos que uma saída seria a produção da fosfoetanolamina como suplemento alimentar, mediante orientações, obviamente. É preciso ficar bem claro que isso não substituiria nenhum acompanhamento médico, nem tratamentos com eficácia comprovada." O ministro ressaltou a necessidade de que um laboratório público ou privado peça aprovação à Anvisa para produzir a substância: "Iremos procurar uma empresa credenciada pelo governo de São Paulo para verificar se há interesse, ou então algum instituto de pesquisa que tenha condições de escalonar isso. Depois, o próprio mercado se acertaria à demanda." Na opinião de Pansera, essa medida poderia evitar que pacientes recorram a fontes desconhecidas para obter a substância. "Sabemos que existe um mercado subjacente desse produto. A proposta é que seja legalizado no momento como suplemento alimentar, para que ganhe as prateleiras das farmácias e das lojas especializadas, enquanto o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) soma esforços com o governo de São Paulo para continuar a pesquisa em seres humanos, nas fases necessárias para se comprovar que é ou não um medicamento", disse Pansera, segundo material de divulgação do ministério.

Comente agora
30
Mar
Chocolate faz mal à saúde dos pets, afirma médica veterinária
Postado por: Débora Ayane / 16:35h

A Páscoa já passou, mas o consumo de chocolates ocorre durante todo ano e nessas horas muitos cedem aos olhinhos pidões que não aguentam ouvir um barulho de embalagem sendo aberta, que já correm para garantir seu pedaço. O problema é quando o assunto reúne pets e chocolates, a coisa assume contornos muito sérios. De acordo com a médica veterinária Bárbara Benitez, cães e gatos não podem consumir chocolate, porque esse alimento contém teobromina, um componente que é muito tóxico para esses animais. “Mesmo em pequenas quantidades o chocolate, que é delicioso para nós, pode ser muito prejudicial aos pets”, esclarece. A médica ressalta ainda que o ideal é que cães e gatos não consumam alimentos que tenha adição de açúcar. “O ideal é que consumam apenas o açúcar proveniente de fontes naturais, como a cenoura, batata-doce e frutas como mamão, maçã”, ensina, lembrando que a quantidade desses alimentos, deve ser balanceada. “O tutor deve sempre ter acompanhamento veterinário, conforme peso e atividade do cão, esse especialista vai indicar as quantidades corretas de cada alimento”, pontua.

Comente agora
30
Mar
Dengue aumenta 52,6% nos primeiros 2 meses do ano; mortes chegam a 51
Postado por: Débora Ayane / 15:37h

O número de casos de dengue no Brasil este ano já é 52,3% maior do que o do mesmo período de 2015, ano que teve a maior epidemia de dengue da história do país. Nas primeiras oito semanas do ano, houve 396.582 casos prováveis de dengue, segundo o novo boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde. No mesmo período de 2015, tinham sido 259.827 casos.Do total de casos, 56,2% são da região Sudeste, 18% do Nordeste, 13,2% do Centro-Oeste, 8% do Sul e 4,9% do Norte.Apesar do aumento do número de casos, o número de mortes por dengue teve uma redução em relação ao ao passado. De acordo com o boletim, houve 51 mortes confirmadas por dengue nos primeiros dois meses do ano, contra 197 óbitos pela doença no mesmo período de 2015.O boletim destacou como municípios com grande incidência de dengue em relação ao tamanho da cidade os municípios de Campanário (MG), que teve 11.304,6 casos por 100 mil habitantes, Coronel Fabriciano (MG), com 3.460 casos por 100 mil habitantes, Ribeirão Preto (SP), com 1.335,2 por 100 mil habitantes e Belo Horizonte (MG), com 1.273,9 por 100 mil habitantes.

Chikungunya

O país registrou também 3.748 casos de chikungunya até a oitava semana epidemiológica, dos quais 284 tiveram confirmação com exames laboratoriais. Os casos foram registrados em 18 unidades da federação.

Zika

O Ministério da Saúde não tem divulgado o número total de casos de infecção pelo vírus zika no país. Mas, nesta terça-feira, um boletim do Ministério da Saúde confirmou que o vírus já tem circulação autóctone em todos os estados do país.

Comente agora
30
Mar
Cientistas desenvolvem pulseira capaz de monitorar concentração de glicose no sangue
Postado por: Dulce Santana / 07:57h

Pesquisadores do Institute for Basic Science, de Seul, criaram uma pulseira capaz de monitorar a concentração de glicose no sangue e aplicar uma medicação para controle em caso de necessidade. De acordo com a revista Superinteressante, o dispositivo possui sensores que detectam sinais de que houve uma alta na glicose sanguínea, como mudanças na temperatura da pele e no pH do suor do usuário. O dispositivo também tem micro agulhas que ficam protegidas por uma camada mais fina. Em situação de glicemia alterada, pequenos filamentos são aquecidos e dissolvem a camada, liberando as agulhas responsáveis por injetar o medicamento Metformina, que facilita a absorção da glicose pelas células. O dispositivo, feito de um material forte e flexível à base de carbono, foi testado em ratos com diabetes e em dois homens adultos que também tinham a doença com resultados satisfatórios. Contudo, de acordo com a publicação, os cientistas precisam solucionar problemas relacionados à extrema sensibilidade dos filamentos ao calor. Ainda não há informações sobre os possíveis custos dessas pulseiras. (BN)

Comente agora
30
Mar
Ministério da Saúde começa a distribuir aos estados vacina contra H1N1 no dia 1º
Postado por: Redação Voz da Bahia / 07:23h

O Ministério da Saúde divulgou o calendário de distribuição da vacina contra a gripe A (H1N1). A campanha nacional terá início no dia 30 de abril, porém, no dia 1º a pasta começa a distribuir o imunizante aos estados. Normalmente os surtos de H1N1, um dos tipos da Influenza A, acontecem a partir de junho, com a chegada do inverno, mas, no estado de São Paulo, por exemplo, casos graves da doença começaram a ser registrados mais cedo. A campanha nacional vai de 30 de abril a 20 de maio, mas, com a chegada do imunizante mais cedo, os estados e municípios poderão antecipar a aplicação da forma mais conveniente para a região. Segundo o Ministério da Saúde, nas três primeiras remessas, que vão de 1º a 15 de abril, os estados receberão 25,6 milhões de doses, que corresponde a 48% do total a ser enviado para a campanha deste ano. Desse montante, serão entregues 5,7 milhões de doses para o estado de São Paulo. Na capital paulista, oito pessoas morreram este ano em decorrência do vírus. No ano passado não houve registro de mortes. A ocorrência da Influenza A (H1N1) é maior no inverno.

Comente agora
29
Mar
Vírus do zika já circula em todo o Brasil
Postado por: Anacley Souza / 21:59h

A transmissão do zika já ocorre em todo o País. Boletim divulgado pelo Ministério da Saúde identifica a circulação do vírus também no Acre, Amapá, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, Estados que até semana passada não identificavam registros de transmissão local. PUB A mudança atesta a velocidade de propagação do vírus, transmitido pelo Aedes aegypti. "A transmissão ocorre numa rapidez muito maior, por exemplo, que chikungunya", afirmou ao jornal O Estado de S.Paulo o diretor do Departamento de Vigilância em Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch. Não há uma explicação para esse comportamento. Uma das hipóteses, no entanto, é o tipo de sintoma provocado nos pacientes, mais leve do que os da dengue e da chikungunya. "Como em alguns casos a doença não traz sintomas, pessoas infectadas se expõem mais, ficando mais suscetíveis a picadas de mosquitos", completou o diretor. Quanto mais mosquitos contaminados, maior o potencial de propagação da doença. Além do aumento da expansão da circulação do vírus, o boletim indica o crescimento do número de casos suspeitos de microcefalia. A má-formação pode ser provocada por inúmeras causas, como alcoolismo da gestante, problemas genéticos e infecções. Há suspeitas de que a síndrome pode também ser provocada pela infecção do feto pelo zika.

Comente agora
29
Mar
Bahia notifica 550 casos de microcefalia em 128 municípios, 1 é registrado em S. A. de Jesus
Postado por: Anacley Souza / 19:14h

De acordo com o novo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) nesta terça-feira (29), até 26 de março deste ano, 550 casos de microcefalia foram notificados em 128 municípios. Desses, 27 óbitos foram registrados nos municípios de Alagoinhas (1), Anguera (1), Camaçari (3), Conceição do Jacuípe (1), Cravolândia (1), Crisópolis (1), Monte Santo (1), Barro Preto (1), Campo Formoso (1), Itabuna (1), Itapetinga (1), Olindina (1), Salvador (6), Tanhaçu (1), Esplanada (1), Feira de Santana (1), Tancredo Neves (1), Santo Antônio de Jesus (1), Simões Filho (1) e Senhor do Bonfim (1). Ainda de acordo com a Sesab, 161 casos foram confirmados a partir da realização de exames de imagem ou exame laboratorial, enquanto 61 foram descartados. O novo boletim atende aos novos parâmetros de notificação impostos pelo Ministério da Saúde (MS), que determinam diferentes critérios de verificação para síndrome a depender do gênero da criança (perímetro cefálico menor que 31,9cm para bebês do sexo masculino, e perímetro cefálico menor que 31,5cm para bebês do sexo feminino). (Bahia Notícias)

Comente agora
29
Mar
Tome sol e aumente a sua expectativa de vida
Postado por: Anacley Souza / 18:46h

Tomar sol frequentemente aumenta a expectativa de vida ao reduzir o risco de morte por doenças cardiovasculares e outras condições não cancerosas. É o que indica um estudo publicado recentemente no periódico científico Journal of Internal Medicine. O trabalho, conduzido por pesquisadores do Hospital Universitário Karolinska e da Universidade de Lund, ambos na Suécia, acompanhou 29.518 mulheres durante 20 anos. Os resultados mostraram que aquelas que evitam o sol vivem de 0,6 a 2,1 anos menos do que as mulheres que tomam banho de sol com frequência. De acordo com os autores, a exposição ao sol reduz o risco de doença cardíaca e outras condições não cancerosas. Os resultados sugeriram, inclusive, que a falta de sol pode ter o mesmo impacto do tabagismo sobre a expectativa de vida. "Descobrimos que não fumantes que se não se expunham ao sol corriam um risco de morte semelhante ao de fumantes com alto índice de exposição solar. Isso indica que evitar a exposição ao sol pode ser um fator de risco da mesma magnitude do tabagismo", disse Pelle Lindqvist, principal autor do estudo. Ainda são necessários outros estudos para saber os motivos. Uma das possibilidades a ser avaliadas é o efeito da vitamina D, composto produzido pelo organismo na exposição solar. Apesar dos resultados, os autores ressaltam que a exposição aos raios UV está diretamente relacionada ao aumento do risco de câncer de pele. Por isso, especialistas recomendam o uso diário de protetor solar 30 minutos antes da exposição ao sol.

Comente agora
29
Mar
Febre alta e erupções na pele podem ser exantema súbito
Postado por: Débora Ayane / 14:28h

Depois de várias noites vendo seu bebê com febre, os pais percebem manchas vermelhas cobrindo seu corpo e bate aquela preocupação. Entre os diagnósticos possíveis está o exantema súbito, uma doença viral que costuma ser inofensiva.Mais comum em crianças de seis meses a dois anos de idade, vale a pena ficar atento aos sintomas. Ainda que não seja grave, o estado febril constante pode exigir tratamento médico.

Causas do exantema súbito

O exantema súbito também é conhecido como roséola, uma infecção geralmente leve, que costuma afetar crianças e, ocasionalmente, adultos. Dois tipos de vírus de herpes causam essa doença, que provoca vários dias de febre, seguidos por uma erupção cutânea.Antes do século 20, as crianças com esse quadro eram diagnosticadas com sarampo, rubéola ou escarlatina. Foi apenas em 1913 que essa síndrome específica foi reconhecida, distinguindo-se das demais como uma doença benigna, autolimitada e que ocorre quase que exclusivamente em crianças pequenas.A causa mais comum é o vírus herpes humano do tipo 6, mas a causa também pode ser o e tipo 7. Tal qual outras doenças virais, como o resfriado comum, ela se espalha de pessoa para pessoa através do contato com secreções ou saliva de quem está infectado.O grupo de risco são crianças entre seis a 18 meses, porque ainda não tiveram tempo para desenvolver anticorpos contra muitos vírus. Já os bebês recém-nascidos ainda estão protegidos pelos anticorpos passados ​​de sua mãe e não costumam ser alvos. Entre as possíveis complicações está a epilepsia febril.

Comente agora
29
Mar
Batata doce é mais calórica que a inglesa, mas pode ajudar mais na dieta; entenda
Postado por: Redação Voz da Bahia / 12:17h

Além de tapioca, frango linhaça, chia e clara de ovo, a batata doce é outro alimento que não sai do cardápio de quem procura emagrecer com saúde e está também sempre presente nas refeições “marombas” de quem quer turbinar os efeitos do treino na academia. O que pode causar surpresa para muitos, portanto, é que a batata doce é mais calórica que a inglesa. Uma porção de 100g de batata doce contém 86 calorias, enquanto a mesma quantidade da batata inglesa possui 64 calorias. Então como a primeira opção do tubérculo é capaz de te ajudar mais na dieta?

Segundo a nutricionista funcional Andrezza Botelho, apesar de ser mais calórica que a batata inglesa, a batata doce possui mais vantagens pelos componentes nutricionais e funções antioxidantes, anti-inflamatórias, que previnem o envelhecimento, auxiliam no emagrecimento e ainda previnem doenças crônicas.

A especialista ainda explica que batata doce possui baixo índice glicêmico, ou seja, são digeridos e absorvidos mais devagar, evitando picos de insulina. O fato contribui para o controle do apetite, garante saciedade e ainda evita o acúmulo de energia na forma de gordura. Além disso, o alimento é boa fonte de vitaminas C e do complexo B, minerais e reduz os riscos de desenvolver diabetes.

Comente agora
29
Mar
Em operação, Saeb identifica 145 irregularidades em afastamentos por licença médica
Postado por: Redação Voz da Bahia / 08:50h

A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) identificou, por meio da Operação “Licença Médica”, 145 indícios de irregularidades no afastamento de servidores, que realizavam outras atividades remuneradas, prática proibida por lei. A pasta investiga ainda outros 381 servidores. Entre os casos verificados pela Saeb, está a de um médico intensivista (especialista em Unidade de Tratamento Intensivo), que conseguiu 462 dias de licença, mas continuou trabalhando em uma prefeitura no interior do Estado. “A Secretaria da Administração tem a obrigação de zelar pelo erário. Nós não pudemos permitir pagamentos de gastos sem o devido amparo legal”, afirma o secretário da Administração, Edelvino Góes. A operação, realizada após denúncias pela Corregedoria Geral do Estado (CGR/Saeb), em parceria com a Junta Médica do Estado, identificou, entre os 145 servidores, médicos, professores, dentistas, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, policiais civis, dentre outros profissionais, que chegaram a ficar de 200 a até mais de 400 dias de licença médica, apresentando atestados reiteradamente. Os atestados e relatórios médicos informavam doenças de diagnósticos subjetivos, como patologias de ordem psicológica. Ao todo, a partir do sistema de perícia da Junta Médica, a Corregedoria identificou 5.764 servidores que obtiveram licenças por prazos acima de 15 dias entre janeiro de 2014 e agosto de 2015. Os dados dessa lista foram cruzados com dados do Cadastro Nacional de Informações do INSS, de forma a verificar a existência de servidores com outros vínculos empregatícios.

Comente agora
29
Mar
Ministério libera vacinação antecipada contra H1N1
Postado por: Dulce Santana / 07:41h

Diante da antecipação do surto de gripe H1N1 identificada em São Paulo, o Ministério da Saúde vai permitir a antecipação da vacinação contra a doença. Ao contrário do que ocorria em outros anos, Estados interessados poderão começar a imunizar grupos considerados mais vulneráveis antes da campanha nacional, que terá início em 30 de abril. Assim que o imunizante começar a chegar nos Estados, a vacinação já poderá ser feita, a critério de cada governo. Em São Paulo, o primeiro lote está previsto para ser liberado nesta sexta-feira - nos demais Estados, a partir de segunda. Cada administração deverá divulgar o calendário que adotará. A estratégia em parte atende a um pedido feito ontem pelo governo de São Paulo. Nos primeiros três meses deste ano, o número de casos registrados de H1N1 já superou o que foi relatado em todo o País entre janeiro e dezembro de 2015. Do começo do ano até o dia 19, foram registrados 305 casos e 46 mortes no Brasil. Em todo o ano passado, houve 141 casos e 36 óbitos. "Foi uma surpresa o surto nesta dimensão. E sobretudo o período”, afirmou o coordenador do Controle de Doenças da Secretaria da Saúde de São Paulo, Marcos Boulos. Na semana passada, com o aumento do número de casos, o Estado solicitou ao Ministério da Saúde o envio de doses da vacina usadas durante a campanha de 2015.

Comente agora
28
Mar
Intoxicação alimentar: o que é, como tratar e evitar
Postado por: Anacley Souza / 21:13h

Com a chegada do verão e das altas temperaturas, os alimentos se deterioram mais rápido. Isso quer dizer que os cuidados com a ingestão, com o preparo e com o armazenamento da comida devem ser redobrados. Só que, nessa época do ano, não é tão fácil fazer isso. Muitas famílias viajam de férias e acabam comendo mais fora de casa – inclusive na praia. E acredite: basta um pequeno descuido para contrair uma intoxicação alimentar. Aprenda como identificar o problema e o que você pode fazer para prevenir a sua família dessa situação.

Sinais de intoxicação: Os sintomas da intoxicação alimentar são bem parecidos com os de uma virose: insdiposição, dor abdominal, flatulência, vômitos, distensão abdominal (barriga inchada) e diarreia. Às vezes, também pode haver febre. A má notícia é que não há muito o que fazer além de ingerir bastante líquido e repousar.Isso porque, o maior risco da intoxicação é que a criança fique desidratada, devido à perda de líquidos. Diminuição de diurese, que é o volume de urina, olhos encovados e turgor da pele (quando a cútis perde a elasticidade e fica mais marcada, como a de pessoas mais velhas) podem indicar desidratação. Além disso, quando falta líquido no organismo, o coração bate mais rápido e as mucosas ficam secas. “Nesse caso, os pais precisam dar o soro de hidratação oral e procurar um médico para receber todas as orientações.

Comente agora
28
Mar
Vacinação contra H1N1 na rede pública terá inicio a partir do final de abril
Postado por: Anacley Souza / 19:24h

A campanha nacional de vacinação contra a influenza H1N1 acontecerá entre 30 de abril e 20 de maio, de acordo com o Ministério da Saúde (MS). A vacina, que já está disponível na rede privada, será priorizada na rede pública para crianças de seis meses a cinco anos, gestantes, idosos, profissionais da saúde, povos indígenas e pessoas portadoras de doenças crônicas ou que comprometam a imunidade. O anúncio feito pelo MS nesta segunda-feira (28) aconteceu no mesmo dia em que o Governo de São Paulo solicitou a antecipação da vacinação contra o vírus no estado, diante do surto da doença. Contudo, a pasta afirmou que não seria possível atender ao pedido, uma vez que o medicamento só é entregue pelo laboratório responsável nos meses que antecedem o inverno. Até 19 de março, o MS registrou, em todo o Brasil, 46 óbitos por H1N1.

Comente agora
28
Mar
Associada a adultos, pedra nos rins também atinge crianças
Postado por: Anacley Souza / 18:11h

Pedras nos rins causam não apenas um desconforto, mas uma dor quase insuportável. Muitos adultos que tiveram a doença comentam que essa é uma das piores dores que existem. Agora, imagina uma criança passar por isso?! Pois é, por isso precisamos estar atentos e saber a melhor forma de tratar. Assim como o adulto, a criança tem a cólica renal como sintoma da doença. Porém, por ser pequena, ela não sabe descrever bem o que sente. “Em geral, elas sentem muita dor abdominal, às vezes, reflete nas costas, e também pode haver sangue na urina. Em alguns casos, pode até ter sintomas que são confundidos com infecção urinaria”, afirma a pediatra especializada em nefrologia Flávia Nassif, mãe de Lara e Luisa. Dos casos de pedra nos rins na infância, 20% costumam estar relacionados a um problema genético. Então se os pais já tiveram o problema, a atenção deve ser maior. “Normalmente, não é necessário fazer cirurgia para a retirada dos cálculos, apenas a implosão da pedra com o laser”, explica Alex Meller, urologista da UNIFESP e da Sociedade Brasileira de Nefrologia, pai de Alice. As crianças têm uma facilidade de eliminar a pedra, porque o canal por onde ela sai é mais maleável. As crises de dor, geralmente são acompanhadas de vômito, devido à intensidade do incômodo. “Quando o problema é genético, um monitoramento deve ser feito a cada seis meses, porque as pedras se formam rapidamente. Já quando este não é o caso, o monitoramento a princípio deve ser feito entre três e seis meses; podendo mudar para um ano se não houver o aparecimento de cálculos”, diz Alex Meller. Existem algumas coisas que você pode fazer para evitar o aparecimento de pedras nos rins, como diminuir a ingestão de sódio, beber muito líquido e praticar atividade física, conforme explica Flávia Nassif.

Comente agora
28
Mar
Após se casar às pressas devido a câncer, mulher tem recuperação surpreendente
Postado por: Débora Ayane / 16:03h

Uma paciente com câncer de ovário progressivo decidiu se casar às pressas com seu marido após o diagnóstico. No entanto, para surpresa até mesmo dos médicos, foi registrada uma recuperação notável após a cerimônia. Sereena Scott, 32 anos, casou-se com seu noivo, Robert, 37, na enfermaria do hospital. "Robert era minha força e fez seu melhor para manter meu espírito elevado", afirmou Sereena em entrevista ao Daily Mail. Após a cerimônia, a quimioterapia mostrou resultados significativos, com redução do tumor. "Eu nunca imaginei que o casamento iria simbolizar o início de um novo capítulo, todos nós pensávamos que eu estava prestes a morrer", disse. Já fora do hospital, Sereena ainda precisa fazer check-ups a cada três meses. "Eu não posso esperar para começar meu futuro com Robert. Nós esperamos adotar uma criança". Em outubro de 2015, o casal realizou uma nova cerimônia para simbolizar a recuperação de Sereena.

Publicidade

Comente agora
28
Mar
Colômbia verifica relação entre Zika vírus e 41 casos de bebês com microcefalia
Postado por: Dulce Santana / 10:22h

O Instituto Nacional de Saúde (INS) da Colômbia está em processo de análise de 41 casos de microcefalia registrados no país. Os pesquisadores pretendem descobrir se há relação entre a malformação e o vírus Zika, que já infectou 58.838 pessoas, segundo o último boletim do INS. Foram notificados, no total 50 casos de microcefalia em recém-nascidos, porém nove deram negativos para o Zika. O órgão ainda alertou, de acordo com o site Terra, que o número pode variar "devido à notificação tardia". Foram registrados também 381 casos de síndrome de Guillain-Barré e outras complicações ligadas ao Zika, "com antecedentes de doença febril compatível com infecção pelo vírus. A Colômbia calcula que podem nascer 500 bebês com microcefalia provocada pelo Zika. Autoridades sugerem que mulheres evitem ficar grávidas durante a expansão do vírus.

Comente agora
28
Mar
Empresas e países fazem 'corrida' contra o zika
Postado por: Dulce Santana / 09:25h

Quase 70 anos depois de ter sido identificado na África, o vírus zika mobiliza de forma inédita a comunidade internacional em busca de uma solução. Esquecido por décadas, o vírus apenas passou a ser alvo de atenção depois dos casos de microcefalia no Brasil e diante da constatação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de que até 4 milhões de pessoas poderiam ser afetadas apenas nas Américas em 2016. Uma corrida foi lançada em institutos de pesquisa e em multinacionais em busca de novos produtos. Se durante anos os incentivos econômicos eram inexistentes para produzir alguma resposta, hoje as empresas sabem que quem chegar primeiro será amplamente recompensado por um mercado ávido por qualquer novidade no combate ao zika ou ao mosquito Aedes aegypti. Documentos internos da OMS obtidos pela reportagem revelam a dimensão da corrida. No total, 96 companhias e institutos têm se lançado na busca por soluções para o vírus zika - 31 instrumentos de diagnósticos têm sido pesquisados, além de 27 vacinas, 8 produtos de terapia e 10 novos instrumentos de controle do vetor. Levantamento da OMS mostra que a participação de países emergentes tem sido importante, ainda que limitada à busca por novas formas de controlar o mosquito.

Comente agora
27
Mar
Luis Fernando Verissimo é internado com pneumonia no Rio
Postado por: Redação Voz da Bahia / 20:47h

O escritor Luis Fernando Verissimo, 79 anos, está internado para tratar uma pneumonia. O colunista recebe cuidados médicos desde sexta-feira (25) no hospital Pró-Cardíaco, no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro. A reportagem tentou contato com a família do escritor, mas não obteve respostas. No final de 2012, Verissimo chegou a ficar 24 dias internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, vítima de uma infecção. Na ocasião, o escritor passou por sessões de hemodiálise e precisou da ajuda de aparelhos para respirar. Com informações do Estadão Conteúdo.

Comente agora
27
Mar
Mosquitos já transmitem 37 vírus no Brasil
Postado por: Débora Ayane / 15:11h

Após o vírus zika surpreender com sua rápida disseminação e possível associação com a microcefalia, especialistas brasileiros alertam para os riscos de outras doenças virais transmitidas por mosquitos, as chamadas arboviroses. Nas últimas três décadas, mais que dobrou o número de arbovírus catalogados no Brasil. Segundo registros do Instituto Evandro Chagas, órgão referência em medicina tropical e vinculado ao Ministério da Saúde, já circulam no território nacional 210 arbovírus, ante 95 na década de 1980. Pelo menos 37 são capazes de provocar doenças em humanos e três deles chamam a atenção por já terem causado pequenos surtos em áreas urbanas. Uma delas é a febre do Mayaro, doença com sintomas parecidos com os da chikungunya e transmitida por mosquitos do gênero Haemagogus, mesmo vetor da febre amarela silvestre. A arbovirose já foi registrada em vários Estados do Norte e Centro-Oeste. Os mais recentes dados epidemiológicos disponíveis no site do Ministério da Saúde mostram que, entre dezembro de 2014 e junho de 2015, foram 197 notificações distribuídas por nove Estados brasileiros. Não há registros de mortes provocadas pela doença, mas, assim como na chikungunya, os infectados podem permanecer com dores articulares por semanas ou meses.

Comente agora
27
Mar
OAB recebe denúncia de entidades médicas de mortes evitáveis no SUS
Postado por: Redação Voz da Bahia / 13:41h

O Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Médica Brasileira (AMB) entregaram ao presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, uma denúncia sobre milhares de mortes que poderiam ter sido evitadas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), em todo o país, por falta de medicamento e infraestrutura. “O dinheiro que entra pelo ralo da corrupção deveria ser investido em todas as áreas sociais. Os senhores aqui me trazem exemplos contumazes de que a saúde é uma das áreas mais afetadas. Em resumo, significa dizer que a corrupção tem tirado vidas”, diz Lamachia. O presidente do CFM, Carlos Vital, lembrou a infraestrutura precária dos hospitais públicos no País. “São questões primárias da atenção à saúde que estão em falta. Faltam quimioterápicos nos protocolos básicos, condições de acesso à hemodiálise, à radioterapia, à atenção à maternidade infantil, e os pacientes simplesmente morrem.

Comente agora
27
Mar
Fundação de Saúde das Américas recomenda vacinação para idosos
Postado por: Débora Ayane / 11:54h

A Fundação Saúde das Américas (FSA) elaborou uma recomendação para melhorar a cobertura vacinal em outras fases da vida, para além da infância, com foco, principalmente, na imunização de idosos. De acordo com a recomendação, governos e cidadãos devem se empenhar em oferecer e exigir vacinação gratuita aos grupos de alto risco, como gestantes, imunocomprometidos e trabalhadores idosos, além de profissionais de saúde. A fundação quer que as vacinas sejam disponibilizadas gratuitamente, e, quando isso não puder acontecer, que sejam disponibilizadas informações acessíveis, inclusive para analfabetos. Ao jornal Correio Braziliense, o presidente da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), João Bastos Freire Neto, afirma que o contexto de proteção no Brasil é exceção, pois através do Sistema Único de Saúde (SUS) e de um calendário vacinal, é realizado a imunização de grupos de risco. O presidente da associação destaca que no país há um plano de vacinação específico para idosos e que são acessíveis a população.

Comente agora
27
Mar
Hospital Ernesto Simões recebe nova emergência
Postado por: Dulce Santana / 08:51h

O Governo do Estado inaugura, no dia 29, a nova emergência do Hospital Geral Ernesto Simões Filho, que contará também com um centro avançado de diagnóstico por imagem. A unidade foi totalmente reconstruída e permite a ampliação do número de leitos de emergência, passando de 19 para 36. A obra possibilita ainda ampliar os leitos de internação do hospital, saltando de 121 para 211, com a liberação de áreas antes ocupadas pelo banco de sangue, laboratório e equipamentos.O hospital ganhará ainda um dos mais modernos centros diagnósticos por imagem do estado, que será construído anexo à emergência. “Serão instalados modernos equipamentos de ressonância, tomografia computadorizada e raios-X, possibilitando exames cardiovasculares, oncológicos e neurovasculares, todos de alta complexidade. Assim, reafirmamos o nosso compromisso de ampliar e qualificar a assistência”, afirmou o secretário. Com investimento de R$ 7,2 milhões na obra da emergência, o Governo do Estado desativa o atendimento na estrutura provisória de contêineres climatizados no estacionamento, que funcionou por dois anos e sete meses, prazo que durou a reforma.

Comente agora
26
Mar
Estudo diz que três cafés por dia reduzem em 57% chances de cirrose
Postado por: Dulce Santana / 22:42h

Um estudo publicado nos Estados Unidos mostrou que beber duas xícaras de café por dia pode reduzir os riscos de cirrose hepática em 43%. Segundo o site "I Fucking Love Science", um time de pesquisadores compilou dados de nove estudos pré-existentes sobre o poder da cafeína no fígado e publicou o novo resultado no boletim "Alimentary Pharmacology and Therapeutics". A cirrose é um desgaste do fígado provocado principalmente por alcoolismo e obesidade, que em casos extremos pode levar à falência do órgão. Entre 1980 e 2010, o índice de vítimas da doença no mundo cresceu de 675 mil para mais de um milhão.

Comente agora
26
Mar
'Tomo a pílula do câncer desde 2005', diz pesquisador
Postado por: Anacley Souza / 18:01h

Doutor em biotecnologia, o pesquisador Marcos Vinícius de Almeida é um dos detentores da patente da fosfoetanolamina sintética, a "pílula do câncer", que voltou aos holofotes nesta semana após o Senado aprovar o Projeto de Lei que libera o uso da substância. Desenvolvida pelo professor aposentado Gilberto Chierice, do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP) São Carlos, a substância não tem autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser usada como medicamento e também não foi ainda testada em seres humanos. Professor da Universidade Municipal de São Caetano do Sul, Almeida afirma que também toma a substância, mas não contra o câncer. Diz ainda que vai realizar estudos e que não descarta a possibilidade de o grupo detentor lançá-la como um suplemento, caso são seja liberada como medicamento. Leia os principais trechos da entrevista concedida ao jornal O Estado de S. Paulo.

Como o senhor recebeu a notícia da liberação da fosfoetanolamina pelo Senado?

Na realidade, foi uma surpresa.

Comente agora
Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com