As comentadas


Boa noite , Sexta-feira, 26/08/2016








Enquete



Reflita

Blog

Saúde

12
Dez
Descubra quais são os alimentos mais saudáveis de todos
Postado por: Samile Macedo / 10:30h

São superalimentos, altamente benéficos à saúde e assumem-se como escolhas prioritárias nas refeições. Segundo a revista Fitness, existem dez alimentos que são considerados os mais saudáveis de todos. Um deles é o limão, que contém altos níveis de vitamina C e um poder alcalino como poucos outros. Brócolis vem em segundo lugar, conhecido como um escudo protetor contra o câncer.A verdura é rica em vitamina K e C, configurando-se como um dos principais aliados do organismo e dos ossos. Para os mais gulosos, o chocolate negro pode também ser incluído na dieta, uma vez que faz parte do leque dos alimentos mais saudáveis que podem ser ingeridos. O chocolate negro – com mais de 70% de cacau – é antioxidante, redutor da pressão sanguínea, inibidor do colesterol mau e impulsionador do colesterol bom. A batata é também um dos produtos essenciais à alimentação. A batata vermelha ajuda na produção de células, enquanto a batata doce é rica em vitamina A e uma das melhores escolhas para combater o cancro e a deficiência imunológica. No leque das proteínas de origem animal, o salmão assume-se como a escolha mais certeira, já que é rico em ácidos graxos ômega 3. Além de que ajuda a combater a depressão, o câncer, reduzir o risco de ataque cardíaco e prevenir o aparecimento de doenças cognitivas como o Alzheimer. Embora sejam uma fonte de gordura, mas da boa, as nozes são também um alimento ‘obrigatório’ na alimentação. Também rica em ácidos graxos ômega 3, este fruto seco reduz o colesterol, combate o cancro e melhora o sentido de humor. Ainda no que toca a gorduras, o abacate é também um dos principais alimentos. Capaz de reduzir o colesterol em 22%, o abacate é ainda um dos alimentos que melhor combate o risco de ataque cardíaco, diz a revista Fitness. 

Comente agora
12
Dez
Bebê pode ter nova doença ligada ao zika
Postado por: Samile Macedo / 07:53h

Médicos do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), ligado à Universidade de Pernambuco, da rede estadual de ensino, investigam o surgimento de novo quadro viral que pode estar ligado ao zika vírus ou ao chikungunya. Em um período de 15 dias, 20 crianças com até 8 meses de vida tiveram os corpos cobertos por bolhas, que se transformaram em feridas. Nenhuma tem microcefalia. A infectologista Regina Coeli Ferreira Ramos, do Huoc, conta que os bebês apresentaram sintomas como febre, irritabilidade e manchas vermelhas. Em três dias, essas manchas evoluíram para bolhas e depois viraram feridas, que chegam a tomar área extensa dos corpos. Os médicos que atenderam os pacientes suspeitam que seja uma arbovirose (vírus transmitidos por artrópodes, como os mosquitos). "Estamos avaliando se é zika ou chikungunya, porque estamos passando por surtos dessas doenças." A médica integra a equipe que está estudando os casos e criando um protocolo de atendimento para esses bebês. Foram coletadas amostras de sangue e do liquor (líquido da medula). Os resultados deverão ser conhecidos na próxima semana. Também foi levantado o histórico da gestação. O protocolo de atendimento estabelecerá os cuidados que os médicos terão com esses bebês. Uma das discussões é com relação ao uso de antibióticos. "Quando essas bolhas estouram, deixam a pele sensível e aberta a infecções." Regina, que participou no Rio de seminário organizado pelo Conselho Regional de Medicina (Cremerj), explicou que não há nenhuma relação com microcefalia. "As crianças são saudáveis, nasceram com perímetro cefálico dentro da normalidade", afirmou. A Secretaria de Saúde de Pernambuco confirmou o surgimento e investigação desses casos. A infectologista Heloísa Ramos Lacerda de Melo, coordenadora científica da Sociedade Brasileira de Infectologia e ex-presidente da Sociedade Pernambucana de Infectologia, disse que os sintomas não são tradicionais de nenhuma virose. "O que está se imaginando é que é um quadro novo. 

Comente agora
12
Dez
Vacina brasileira da dengue será testada em 17 mil pacientes
Postado por: Samile Macedo / 07:47h

Já começou a fase 3 de testes clínicos da vacina contra dengue do Instituto Butantan com o início da divulgação do recrutamento de voluntários. A instituição espera selecionar 17 mil pessoas em 13 cidades de 12 estados brasileiros para participarem da pesquisa. Os testes serão feitos em 14 centros de estudo credenciados pelo Butantan. Esta é a última fase de estudos antes que a vacina possa ser submetida à avaliação da Anvisa para registro. O anúncio dos detalhes sobre essa etapa foi feito na tarde desta sexta-feira (11) pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, pelo secretário de Saúde, David Uip, e pelo diretor do Instituto Butantan, Jorge Kalil. Dois terços dos voluntários receberão a vacina e um terço receberá placebo. O objetivo é verificar, depois de um período, se o grupo que foi vacinado teve uma redução considerável de casos de dengue em comparação ao grupo de controle. Ainda não há uma previsão sobre quanto tempo deve levar até a conclusão desta fase, mas pode-se esperar que demore de um ano a um ano e meio, segundo Kalil. "O tempo vai depender do recrutamento e incidência da dengue. Se tiver muita dengue, a eficácia da vacina pode ser ser comprovada mais rapidamente. Depende também se teremos os 4 sorotipos em todas as regiões." O desenvolvimento desta vacina é resultado de uma parceria entre o Instituto Butantan e os Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos (NIH). A vacina é feita com os próprios vírus da dengue, que foram modificados para que a pessoa desenvolva anticorpos contra os quatro sorotipos da dengue sem desenvolver os sintomas relacionados a eles. Os testes têm mostrado que bastará uma dose para que a vacina seja eficaz. Trata-se da vacina brasileira contra dengue em fase mais avançada de desenvolvimento, mas há outras iniciativas em andamento no mundo. 

Comente agora
12
Dez
Aprenda a fazer repelente que afasta mosquito da dengue e zika
Postado por: Samile Macedo / 07:05h

Durante os surtos de doenças graves transmitidas por mosquitos, a procura por repelentes aumenta tanto que algumas marcas somem das prateleiras de farmácias e mercados. Além diso, a OMS e o Ministério da Saúde alertam para o uso de repelentes que contenham substâncias como DEET ou Icaridina acima de 20% para adultos, e de 10% para crianças com mais de 2 meses de vida. Pensando nisso, o site Tua Saúde, sugere uma receita de repelente caseiro que é ótima opção para se proteger contra os mosquitos, por conta de aromas fortes, mas que não contém substâncias tóxicas que possam prejudicar o organismo, sendo assim seguro para adultos e gestantes. O repelente deve ser aplicado no corpo, especialmente quando há epidemias de dengue, zika e chikungunya, porque eles previnem a picada do mosquito Aedes Aegypti que transmite estas doenças.

Aprenda: Repelente seguro para adultos e gestantes. Um excelente repelente caseiro para o mosquito da dengue, que pode ser usado por adolescentes e adultos, incluindo as mulheres grávidas é o de cravo-da-índia, muito utilizado por pescadores, porque o cravo da índia é rico em óleo essencial e em eugenol, uma propriedade inseticida que afasta mosquitos, moscas e formigas.

  • Ingredientes:
  • 500 ml de álcool de cereais
  • 10 g de cravo-da-índia
  • 100 ml de óleo de amêndoas, mineral ou outro qualquer
  • Modo de preparo: Coloque o álcool e o cravo da índia num frasco escuro com tampa ao abrigo da luz por 4 dias. Mexa esta mistura 2 vezes por dia, de manha e à noite. Coe e junte o óleo corporal, agitando ligeiramente. Coloque o repelente num recipiente spray e aplique na pele diariamente.
Um comentário
11
Dez
Pesquisadora paraibana prevê 2016 caótico por causa do surto da zika
Postado por: Débora Ayane / 13:00h

O ano de 2016 pode ser caótico no Brasil por causa da proliferação do zika vírus . Essa é a previsão da médica paraibana Adriana Melo, especialista em medicina fetal e responsável pela iniciativa que acabou confirmando a associação entre o aumento no número de casos de microcefalia com a zika, inédita na medicina no Brasil e no mundo. Segundo ela, não combater o mosquito vai acarretar problemas que vão além da malformação que vem afetando os fetos. "De acordo com as pesquisas e os prognósticos feitos por nós, entre fevereiro e março do ano que vem todos os mosquitos Aedes aegypt poderão ter o vírus da zika. Atualmente, nem todo mosquito porta o vírus, mas com o passar do tempo vai ter a proliferação, caso não sejam tomada medidas drásticas. Parece que a população ainda não se deu conta da gravidade da situação", afirmou a especialista. Nesta sexta-feira (11) completa um mês que o governo federal declarou estado de emergência por conta do crescimento no número de casos de microcefalia no país. Desde então, o número de notificações na Paraíba cresceu de nove casos no dia 12 de novembro para 316 notificações até segunda-feira (5), sendo que em 40 deles a microcefalia foi descartada. Em todo o país, já são 1.761 casos em 13 estados e no Distrito Federal.

Comente agora
11
Dez
Anvisa libera última fase de testes da vacina da dengue
Postado por: Samile Macedo / 11:52h

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta sexta-feira (11) o Instituto Butantan a iniciar a fase 3 de estudos da vacina contra dengue. Esta é a última etapa para protocolar o registro da imunização, quando serão avaliadas qualidade, segurança e eficácia do produto. Em nota, a agência disse que tem acompanhado todos os procedimentos, “o que contribuiu para o processo de análise fosse realizado dentro dos padrões internacionais de qualidade, uma vez que a liberação de uma vacina para teste em milhares de pessoas, como ocorre na fase 3, exige que se tenha absoluta certeza da segurança do produto”. O pedido do Instituto Butantan para iniciar a fase III ocorreu em 10 de abril. A Anvisa disse considerar importante que seja disponibilizada em breve imunização segura e eficaz. O desenvolvimento desta vacina é resultado de uma parceria entre o Instituto Butantan e os Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos (NIH). A vacina é feita com os próprios vírus da dengue, que foram modificados para que a pessoa desenvolva anticorpos contra os quatro sorotipos da dengue sem desenvolver os sintomas relacionados a eles. Os testes têm mostrado que bastará uma dose para que a vacina seja eficaz. Trata-se da vacina brasileira contra dengue em fase mais avançada de desenvolvimento, mas há outras iniciativas em andamento no mundo (leia mais abaixo). Os testes clínicos vêm sendo realizados pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP) e Hospital das Clínicas da Facultade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HC-FMRP-USP). 

Comente agora
11
Dez
Ministro admite acelerar análise da 'pílula do câncer'
Postado por: Samile Macedo / 07:45h

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, sinalizou na quarta-feira (9), que apoia a proposta do governador Geraldo Alckmin (PSDB) de autorizar o uso da fosfoetanolamina sintética, conhecida como "pílula do câncer", antes do fim dos testes clínicos da substância. "Tivemos uma reunião com o governador e ele está defendendo que, após os ensaios de fase 1, a gente possa liberar essa droga como uso compassivo, ou seja, para pessoas que já tenham usado todas as drogas disponíveis e estejam em estado terminal, uma vez que, pelo estágio 1, ela já demonstrou ser uma droga segura. Acho que é um caminho que a gente pode seguir", disse Castro, após almoço com empresários em São Paulo. O secretário da Saúde, David Uip, afirmou que a fase 1 do estudo deverá durar seis meses e os detalhes do protocolo de pesquisa, que será coordenado pelo Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, serão apresentados na próxima semana.

Prisão - Na terça-feira (8) suspeitos de vender cápsulas de fosfoetanolamina sintética foram presos pela Polícia Civil no Distrito Federal. Os envolvidos seriam de uma mesma família proveniente do interior de São Paulo. Os suspeitos teriam furtado cópia da fórmula na Universidade de São Paulo (USP), em São Carlos (SP). Procurado, o Instituto de Química disse que "nunca houve nenhum tipo de furto em suas dependências e a fórmula é protegida por patente". As cápsulas eram produzidas ilegalmente no interior paulista e cada frasco era comercializado por R$ 180. As entregas eram feitas via correio para todo o País e até para o exterior. Os suspeitos estariam faturando mensalmente mais de R$ 900 mil. 

Comente agora
11
Dez
Vacina MenB é importante e está disponível apenas nas clinicas particulares
Postado por: Samile Macedo / 07:10h

Em maio de 2015, uma nova vacina foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no Brasil. A substância foi desenvolvida para imunizar o organismo contra a meningite bacteriana causadas por meningococos do patógeno do sorotipo B. Mas ela está disponível apenas nas clinicas particulares e que custa em média R$600 a R$800 a dose. A meningite é uma inflamação na membrana que envolve o cérebro e a medula espinhal. Cerca de 20% dos casos da doença é do tipo B e os sintomas são bastante semelhantes ao do tipo C, o mais comum. "O indivíduo afetado tende a desenvolver confusão mental, irritabilidade, febre, cefaleia, vômitos e letargia, além de abaulamento de fontanela em bebês", explica Luana Santiago, pediatra do Hapvida Saúde. Em crianças maiores de 1 ano, outro sintoma comum é rigidez de nuca. Segundo a médica, o diagnóstico geralmente é feito pela anamnese e exame físico, porém, em alguns casos, podem ser necessários exames de imagem, como radiografias e tomografias, além de culturas sanguíneas. "O tratamento depende da etiologia da meningite e, sendo bacteriana, é feito antimicrobianos injetáveis em ambiente hospitalar", ressalta. 

Comente agora
10
Dez
Planos de saúde oferecerão novos exames e próteses em 2016
Postado por: Anacley Souza / 23:29h

A partir de janeiro os planos de saúde serão obrigados a oferecer 21 novos procedimentos médicos, de acordo com as novas regras da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) divulgadas em outubro. Entre as novidades estão exames, testes rápidos, próteses e ampliação de sessões de fonoaudiologia e fisioterapia. A cada dois anos a ANS, órgão regulador do setor, inclui novos procedimentos e medicamentos que devem ter cobertura obrigatória nos planos de saúde. A escolha é feita em consultas públicas com a participação das operadoras, dos prestadores de serviço e dos consumidores. Para o sócio diretor da VIS Corretora, Filipe Maciel, os novos procedimentos aplicados aos planos são importantes para a melhoria do atendimento aos pacientes. Ele avalia, porém, que as mudanças deveriam se estender também para consultas particulares (em que poderia haver reembolso do plano) e a rede pública de saúde. “Não deveria existir diferenças entre a consulta particular fora do plano de saúde e a feita com a cobertura do plano”, explica Maciel. Segundo ele, os planos de saúde devem ficar mais caros após a fase de teste das novas regras – que dura um ano – para que as operadoras de saúde possam cobrir os procedimentos. A advogada especialista em direito do consumidor, Giselle Tapai, observa que as medidas da ANS são preventivas.

Comente agora
10
Dez
7 coisas que você não sabia sobre cárie em bebês
Postado por: Anacley Souza / 23:13h

Cárie e parece um assunto batido, mas sabia que a doença acomete bebês e compromete sua saúde bucal para o resto da vida? O cirurgião-dentista, Fausto Medeiros Mendes, professor de Odontopediatria da Faculdade de Odontologia da USP, fala sobre as principais dúvidas que podem ajudar a prevenir que os pequenos sejam pegos pelos “bichinhos que comem os dentes”.

Quais são as formas de transmissão de cáries em bebês? 
Na verdade, a cárie não é transmitida, é uma doença causada por microrganismos que existem na boca naturalmente.

Comente agora
10
Dez
Fiocruz desmente boatos sobre danos neurológicos causados pela zika e médico esclarece dúvidas
Postado por: Débora Ayane / 18:16h

Na quarta feira (09), a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) informou em nota que não há qualquer comprovação cientifica que ligue ocorrências de problemas neurológicos em crianças e idosos ao vírus zika. Essa nota foi divulgada via redes sociais para desmentir mensagens que circulam em grupos de Whatsapp. Nestas mensagens, pesquisadores da Fiocruz descobriram que a zika provoca danos neurológicos em crianças e idosos. Uma entrevista com o vice-presidente de pesquisa e laboratório de referencia da Fiocruz, Dr. Rodrigo Stabeli, emitida nesta quinta-feira via Radio Andaiá FM, expõe seus esclarecimentos. Rodrigo conta que como qualquer outra infecção viral e bacteriana, pode-se ter casos de complicações em crianças e idosos, como qualquer outra infecção.

Relação entre a Zica e a síndrome de guillain-barré: Segundo o doutor, a síndrome de Guillain-Barré é uma doença neuro-imunológica, ela atinge o sistema nervoso por uma ação imunológica em defesa do nosso corpo e é caracterizada por fraqueza progressiva nas pernas, acompanhada de paralisia muscular. De acordo com Rodrigo, essa síndrome considerada rara, está associada à zika vírus e além desta, pode também acarretar outros tipos de infecções.

Gravidas devem ter cautela: Ainda de acordo com Rodrigo, está surgindo uma epidemia de zika com sintomas brandos, porém pode trazer complicações para as gestantes. O desenvolvimento de sistema nervoso do embrião ocorre normalmente no primeiro trimestre da gestação, neste momento deve haver muita vigilância e cuidados, através do pré-natal e realizando exames essenciais para qualidade de vida da mãe e do bebê. E não deixar de se prevenir da picada do mosquito Aedes aegypti transmissor da dengue e chikungunya, conforme o doutor, o uso de repelentes é uma boa opção, “qualquer repelente disponível em farmácia não causa efeito adverso nas grávidas”, contudo é importante que as grávidas leiam as indicações de uso do repelente.

Ao contrair o vírus a partir do 8º mês:

Comente agora
10
Dez
Insulina: qual a forma correta para aplicação de aplicar?
Postado por: Débora Ayane / 17:56h

Pessoas portadoras de Diabetes que necessitam utilizar insulina, o fazem porque seu organismo não a produz ou produz em quantidade insuficiente, necessitando de complementação diária. Como ela é administrada de forma injetável, vale ter atenção aos locais de aplicação. Confira: Regiões lateral direita e esquerda do abdome, mais ou menos uns três dedos distante do umbigo, face anterior e lateral externa da coxa, face posterior do braço e quadrante superior lateral externo das nádegas, conforme demonstrado na figura;É muito importante fazer o rodízio do local de aplicação visando a melhor absorção da insulina e a prevenção de machucados; Deve-se organizar as aplicações por região escolhida, explorando uma determinada área até que se esgotem as possibilidades de aplicação, respeitando-se o intervalo de 2 cm entre aplicações em um mesmo local; A aplicação feita no abdome é a de maior velocidade de absorção, seguida dos braços, coxas e nádegas;

Comente agora
10
Dez
S. A. de Jesus: HRSAJ emite nota sobre caso Bruna, internada com paralisia cerebral devido a suposto erro médico
Postado por: Débora Ayane / 14:40h

O Hospital Regional de Santo Antonio de Jesus emitiu nesta quinta-feira (10) seu posicionamento em meio ao caso Bruna, menina de 11 anos que  deu entrada no Regional na manhã de quarta-feira (9). A garota se encontra em estado deplorável e respirando com ajuda de aparelhos, pois segundo a mãe, devido a uma suposta overdose na medicação prescrita pelo médico acarretou a vítima uma possível paralisia cerebral. Após a reunião da Comissão médica na manhã desta quinta-feira (10), o hospital emitiu, por meio de uma radio local, uma nota oficial mostrando seu posicionamento:

 Confira abaixo a nota: 
“Com relação a reclamação da ouvinte Adriana na manhã desta quinta-feira (10) sobre o estado clínico da sobrinha, informamos que neste momento a equipe técnica do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus tem como foco principal garantir a assistência necessária a paciente, utilizando de todos os esforços necessários que o quadro requer neste momento. A direção garante que o caso já esta sendo apurado e após conclusão o Hospital Regional de forma transparente e responsável, se colocará a disposição para quaisquer esclarecimentos adicionais que se fizerem necessário. Atenciosamente Assessoria de Comunicação do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus".

Redação Voz da Bahia - Débora Ayane

2 comentários
10
Dez
Salvador lidera registros de microcefalia na Bahia
Postado por: Débora Ayane / 14:34h

“Temos de garantir o envolvimento de todos no combate ao mosquito Aedes aegypt, inclusive dos municípios baianos e, principalmente, daqueles que registraram casos de microcefalia em recém-nascidos provocados pelo zika vírus”, afirmou, nesta quarta-feira (9), o governador Rui Costa, que vai convocar, na próxima semana, os prefeitos dos municípios que registraram casos de microcefalia para discutir estratégias de combate ao mosquito.A capital baiana foi a cidade que registrou o maior número de ocorrências da microcefalia em recém-nascidos. Dos 86 casos registrados até o último dia 3 pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde da Bahia, 53 deles ocorreram em Salvador.Este número segue o padrão estabelecido pelo Ministério da Saúde, no qual considera microcéfalos os bebês com perímetro encefálico igual ou inferior a 32 centímetros.Uma das ações adotadas pelo governo baiano para o acompanhamento do quadro epidemiológico no estado é a implantação do Centro de Operações de Emergências em Saúde do Governo da Bahia, que entra em operação hoje (10). O centro é coordenado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e contará com participação de outros órgãos estaduais, Ministério da Saúde, além de especialistas de diversas áreas, como sanitaristas, epidemiologistas, infectologistas, obstetras, neuropediatras. Serão produzidos boletins semanais, divulgados sempre as segundas, a partir das 15h.

Comente agora
10
Dez
Ministério da Saúde distribuirá repelente para gestantes de todo o país
Postado por: Débora Ayane / 13:20h

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, anunciou nesta quarta-feira (9) que o governo federal distribuirá repelente para as gestantes de todo o país como uma das ações de combate ao surto de microcefalia associado ao zika vírus. A medida foi definida na terça em reunião do ministro com todos os governadores, em Brasília. "Vamos fazer uma parceria com o laboratório do Exército, que já produz repelente para os militares", disse Castro. De acordo com o ministro, embora as ações federais contra o surto de microcefalia e zika sejam prioritárias para o Nordeste, região mais afetada, as grávidas de todos os estados do país receberão o produto de forma gratuita. Castro não informou quando a distribuição será iniciada, mas disse que o laboratório do Exército trabalhará em sua capacidade máxima de produção para iniciar a oferta dos repelentes o mais rápido possível. (BN)

Comente agora
10
Dez
S. A. de Jesus: Mãe relata que a filha fica internada na UTI do HRSAJ após receber 5 tipos de remédios e 3 doses de Diazepam
Postado por: Samile Macedo / 13:08h

Na manhã de ontem, quarta-feira (09), uma senhora de prenome Bárbara, residente na localidade conhecida como Invasão do DERBA em Santo Antônio de Jesus denunciou que uma criança de 11 anos estava com derrame cerebral e respirando com a ajuda de aparelhos no Hospital Regional após um médico da unidade ter prescrita uma injeção a base do composto Diazepam que é um tipo de relaxante muscular também utilizado para tratar de ansiedade e insônia para a paciente a fim de tratar uma dor de cabeça que a mesma estava sentindo e a mandado de volta para casa. De acordo com a cidadã, após mãe e filha retornarem para a residência, a menina ficou com a pele roxeada além de se debater constantemente. Retornando para a unidade hospitalar, o estado de saúde da paciente estava grave e ela foi encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva.

Versão da mãe: O caso chegou a Assessoria de Comunicação do HRSAJ que solicitou a presença imediata da família no setor. Nesta quinta-feira (10) em entrevista a Recôncavo Fm, Sandra de Jesus Santos, a mãe da criança relata que por volta de 1h30 da madrugada do referido dia levou a garota que estava sentindo dores de cabeça e febre para o hospital, daí o médico que a atendeu sequer teria examinado a menina antes de prescrever cinco tipos de medicamentos injetáveis para a enfermeira aplicar. “Ele deu a autorização para a enfermeira aplicar cinco tipos de medicamento na minha filha, quando a funcionária começou o procedimento até falou ‘esse remédio está em excesso para essa criança, são muitos remédios, essa menina pode até chegar a ter ânsia de vômito’. Logo depois de dar a injeção, minha filha começou a vomitar, aí o médico passou na sala e perguntou como ela estava, sem ao menos tocar ou olhar para ela, eu disse que a menina estava em cima da maca gemendo e ele simplesmente saiu, indo para o quarto onde estava. Posteriormente veio a enfermeira dizendo que tinha de aplicar o Diazepam na criança e daí aplicou mais três doses de remédios, além dos que tinha dado, então minha filha que já estava vomitando, ficou praticamente sedada, delirando, aí o médico disse ‘ah, quando acordar, pode ir com a criança para casa’ aí a enfermeira informou que eu tinha que levar a menina de carro pelo fato de estar sedada, isso por volta das 7h da manhã, então o doutor mandou a funcionária liberar e sequer veio ver a criança”, contou Sandra. A mãe desesperada ainda relatou que a garota voltou para a residência sedada, chegando lá, começou a passar mal e ficar sufocada. Sandra disse ter achado que se tratava apenas do efeito das muitas medicações injetadas, porém, momentos mais tarde a criança começou a revirar os olhos, deu uma convulsão seguida por uma parada cardíaca dentro de casa e retornou para o HRSAJ praticamente sem vida por volta das 16h da tarde da última terça-feira onde outro médico atendeu, procurou reanimar a paciente, encaminhando-a para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Hipótese de paralisia cerebral:

Comente agora
10
Dez
Salvador lidera casos de microcefalia na Bahia; prefeitos serão convocados para reunião
Postado por: Samile Macedo / 10:39h

Boletim da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) apontou que Salvador foi o município que registrou maior número de casos de microcefalia no estado. Do total de 86 casos registrados até o último dia 3 pela Vigilância Epidemiológica da Sesab, 53 ocorreram na capital baiana. O número segue o padrão estabelecido pelo Ministério da Saúde, que considera microcéfalos os bebês com perímetro encefálico igual ou inferior a 32 centímetros. Na próxima semana, os prefeitos dos municípios que registraram casos de microcefalia para discutir estratégias de combate ao Aedes aegypti, mosquito vetor do Zika vírus. "Temos de garantir o envolvimento de todos no combate ao mosquito Aedes aegypt, inclusive dos municípios baianos e, principalmente, daqueles que registraram casos de microcefalia em recém-nascidos provocados pelo Zika vírus", afirmou nesta quarta-feira (9) o governador Rui Costa. No final de novembro, o Ministério da Saúde confirmou a relação entre a zika e o atual surto de microcefalia. (BN)

Comente agora
10
Dez
Plantão de ocorrências registradas na emergência do HRSAJ nas últimas 24h
Postado por: Samile Macedo / 10:21h

-Jair Raimundo de Jesus, 46 anos residente no Bairro Santa Madalena em Santo Antônio de Jesus, vítima de agressão física.

-Ronaldo Nascimento dos Reis, 19 anos, morador da Fazenda Boa Vista zona rural de Santo Antônio de Jesus deu entrada no Hospital Regional após ter sofrido acidente com motocicleta.

-Graciete de Jesus Pinto, 36 anos, residente na Rua Nova do Cajueiro em Santo Antônio de Jesus, vítima de acidente com motocicleta.

-Menor de iniciais J.S.S, morador do bairro Loteamento Salomão em Santo Antônio de Jesus, deu entrada no HRSAJ vítima de colisão entre bicicleta e automóvel.

-Jineanderson de Jesus Figueredo, 30 anos, residente em Santo Antônio de Jesus deu entrada na emergência do Hospital Regional vítima de seis disparos de arma de fogo enquanto estava em Salinas da Margarida, dois projéteis atingiram a região da face, três atingiram o tórax e o outro feriu o antebraço esquerdo. Jineanderson passou por cirurgia e se encontra em estado grave.

Comente agora
09
Dez
Senado aprova licença-maternidade maior para mãe de bebê prematuro
Postado por: Anacley Souza / 22:48h

O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (9), por unanimidade, uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que aumenta o período de licença-maternidade para as mães de bebês prematuros. O texto ainda precisa ser analisado pela Câmara dos Deputados. De acordo com o texto, a licença é estendida pelo período em que o recém-nascido estiver internado no hospital, podendo chegar a até 12 meses. Na prática, o projeto estabelece que o prazo de licença maternidade convencional, de 4 meses, só começa a contar depois que o bebê sair da internação. A versão original do texto não colocava limites, mas o próprio autor da proposta, senador Aécio Neves (PSDB-MG), sugeriu uma alteração, após negociação com o governo, para colocar o limite de um ano. “A partir da aprovação dessa emenda à Constituição, a licença-maternidade para mães de filhos pré-maturos só passa a contar após a alta daquela criança, mas o tempo de internação será limitado a um máximo de 8 meses. Portanto, o tempo de internação, atendendo a uma demanda do governo, para que pudéssemos votar por unanimidade, terá um limite de 8 meses. Somado aos 4 meses, [...] o prazo máximo, portanto, dessa licença, nos casos obviamente mais graves, de filhos pré-maturos, seria, portanto, de 12 meses”, disse Aécio no plenário. Antes da fala do senador tucano, o líder do governo no Congresso, senador José Pimentel (PT-CE), já havia falado que o governo aprovaria a PEC se o prazo pudesse chegar a 12 meses. “Não é o ideal, porque você passa a ter o teto, mas, pelo menos, assegura à família uma proteção maior”, afirmou o senador petista.

Comente agora
09
Dez
Ministério da Saúde negocia distribuição de repelente de mosquito para grávidas
Postado por: Anacley Souza / 18:36h

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, disse nesta quarta-feira (9), na capital paulista, que está em negociação com o Exército para produção de repelente que será distribuído para mulheres grávidas. “Nós sabemos que houve grande consumo de repelente. Nós estamos em contato com o laboratório do Exército, que fabrica normalmente esses repelentes para suas tropas. Entramos em contato e vamos estabelecer uma parceria”, declarou após evento do Seminário Lide, que reuniu mais de 400 lideranças empresariais da área da saúde. Castro informou que os repelentes serão distribuídos somente para mulheres grávidas do país, com exceção do Rio Grande do Sul, onde o vírus Zika ainda não circula. “Estamos dando atenção especial às gestantes e mulheres em período fértil. É o nosso grande foco. É drama humano, de dimensões extraordinárias, uma mulher grávida saber que foi picada por um mosquito. Ela vai entrar, seguramente, em pânico, porque sabe das consequências que isso poderá trazer para o seu filho”, declarou. O ministro destacou também a atenção à Região Nordeste, onde estão registrados o maior número de casos de microcefalia relacionados ao vírus Zika. O Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado nesta terça-feira (8), mostra que são 1.761 casos suspeitos em 422 municípios brasileiros, sendo que Pernambuco permanece como o estado com o maior número de casos (804). O ministro reforçou a necessidade de as mulheres, além de usarem repelente, priorizem roupas que deixam o corpo encoberto e, se possível, coloquem tela nos apartamentos.

Comente agora
09
Dez
México aprova a primeira vacina contra dengue
Postado por: Anacley Souza / 18:15h

Nesta quarta-feira, a Cofepris, autoridade regulatória mexicana para a aprovação de medicamentos, aprovou a vacina contra a dengue. A imunização previne contra os quatro sorotipos do vírus causador da doença e abre caminho para a redução dos casos em países endêmicos. Desenvolvida pela Sanofi Pasteur, a imunização é indicada para pessoas com idade entre 9 e 45 anos e deve ser administrada em três doses, com um intervalo de seis meses entre elas. A aprovação baseou-se em estudos clínicos realizados com mais de 40.000 voluntários de diferentes idades, países e etnias. Os resultados mostraram 66% de proteção global contra os quatro sorotipos e redução de casos graves. "A prevenção é importante. Mas, ainda mais a redução das mortes e dos casos graves", disse Sheila Homsani, diretora médica da Sanofi Pasteur Brasil. A nova vacina não protege contra o zika, vírus transmitido pelo mesmo mosquito da dengue, o Aedes aegypti. De acordo com a médica, o registro da vacina contra a dengue já foi submetido para aprovação em 20 países, incluindo o Brasil. "Esperamos que a Anvisa dê seu aval até o começo do ano que vem, Certamente, essa aprovação no México, que também é um país endêmico da doença com um grande número de casos registrados anualmente irá contribuir para isso", disse a médica.

Comente agora
09
Dez
Número de casos suspeitos de microcefalia dobra em uma semana
Postado por: Débora Ayane / 15:22h

O número de casos suspeitos de microcefalia praticamente dobrou em uma semana no Rio de Janeiro. Foram identificados 45 bebês com a suspeita da má-formação, informou o secretário de Estado de Saúde, Felipe Peixoto, nesta quarta-feira, 9. Até a semana passada, eram 23. A média histórica do Estado era de 13 bebês e desde que o Estado tornou obrigatória a notificação de grávidas com manchas vermelhas no corpo, a secretaria recebeu 341 comunicações. Eram 150 até a quarta-feira, 2. "O sistema de vigilância está muito sensível. A ideia é captar o maior número de casos para que a gente possa entender o cenário do Rio de Janeiro e saber a correlação entre zika e microcefalia. É importante destacar que alguns desses casos serão descartados ao longo da investigação", disse o subsecretário de saúde, Alexandre Chieppe. Dos 45 casos de microcefalia, 36 são bebês já nascidos e nove ainda estão sendo gestados. Desse total, 15 mulheres relataram manchas vermelhas no corpo durante a gravidez.

Comente agora
09
Dez
Mulheres com ovários policísticos são propensas a ter filhos autistas
Postado por: Débora Ayane / 15:15h

Um estudo publicado na revista científica Molecular Psychiatry revela que as mulheres que sofrem de ovários policísticos são mais propensas a ter um filho autista. A síndrome dos ovários policístico é um problema hormonal que afeta uma em cada dez mulheres e que é uma das principais causas da infertilidade. Esta condição, provocada por quistos nos ovários, é marcada por níveis anormalmente altos do hormônio masculina androgênio, que pode provocar acne, crescimento excessivo do cabelo, aumento de peso e problemas de ovulação. De acordo com os investigadores do Karolinska Institutet em Estocolmo, é a ‘super produção’ desta hormônio que pode afetar o desenvolvimento do cérebro do feto e o sistema nervoso. Como revela Kyriaki Kosidou, principal investigador, ao Huffington Post, as mulheres que sofrem desta síndrome, e que têm excesso de peso, têm ainda mais probabilidades de dar à luz uma criança com autismo. (Notícias ao Minuto)

Comente agora
09
Dez
Médicos residentes entram em greve por tempo indeterminado em todo território nacional
Postado por: Anacley Souza / 14:42h

Mesmo depois de ter realizado uma paralisação de alerta no dia 24 de setembro para chamar atenção do governo para o sucateamento das condições de atendimento ao público, a categoria não teve retorno satisfatório dos ministérios da Saúde e Educação em relação às reivindicações apresentadas pela Associação Nacional dos Médicos Residentes (ANMR). Pelo menos 30% dos residentes vão continuar com as atividades para garantir o atendimento emergencial aos pacientes. Esta paralisação faz parte Movimento Nacional de Valorização da Residência Médica, criado pela ANMR e lançado no dia 27 de agosto, durante o VI Fórum Nacional de Ensino Médico realizado por entidades médicas. Desde então foi dado prazo de resposta para que o governo apresentasse respostas às nove pautas colocadas pelo movimento. Após este prazo, a avaliação da entidade é que apenas três reivindicações tiveram algum avanço, número ainda insuficiente para garantir a qualidade da Residência Médica no país. "45% das vagas em programas de residência médica no Brasil estão ociosas, e ainda assim o governo amplia de forma indiscriminada novas vagas de residência, mesmo sem conseguir avaliar os programas já abertos para averiguar possíveis razões para tamanha ociosidade. Ao passo que novas vagas são abertas, o investimento na educação e saúde é insuficiente, e os programas estão cada vez mais sucateados.

Comente agora
09
Dez
Para evitar picada do mosquito aedes, secretário pede que mulheres não usem saia
Postado por: Débora Ayane / 14:35h

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas Boas, chamou a atenção para o surto de doenças causadas pelo mosquito aedes aegypti, a exemplo da dengue, zica, chikungunia, síndrome da Guillain-Barré e agora a microcefalia que é causada em bebês, cujas mães tiveram uma das anomalias causadas pelo referido mosquito.Em entrevista à rádio Metrópole FM, Vilas Boas ressaltou que é preciso se proteger contra o temido mosquito. "As mulheres devem evitar serem picadas pelo mosquito. Uma recomendação que as pessoas têm feito sempre: pedem para as mulheres usarem manga comprida. Mas, antes da manga comprida, a primeira coisa que as mulheres têm que fazer é parar de andar de saia! Tem que andar de calça, porque se tem muito mais área exposta nas pernas do que nos braços. Ao invés de andar com um vestidinho curto, coloca uma saia com uma meia comprida, até a metade da canela, aí já protege uma grande parte do corpo”, explicou o secretário.A Bahia já registrou 150 casos de suspeitas de microcefalia. "Vamos investir pesadamente em diagnósticos para combater a sífilis congênita. Temos até segunda feira, 86 casos de microcefalia. Tivemos 64 notificações, mas ainda não validamos, porque não se mediu o tamanho do cérebro", informou o titular da Sesab. (Bocão News)

Comente agora
09
Dez
Justiça determina que a ANS reduza o número de cesáreas
Postado por: Débora Ayane / 14:01h

O Ministério Público Federal instituiu uma ação civil em face da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) objetivando a expedição de regulamentação que determine, entre outras questões, a redução do número de cesarianas e a adoção de práticas humanizadas no nascimento. A sentença foi redigida pelo juiz federal Victorio Guizio Neto, no dia 30 de novembro de 2015 e salienta o problema do excesso do número de cesarianas reconhecido pelo poder público, assim como por todos os demais setores envolvidos. Desta forma, as políticas adotadas para a modificação desta situação foram, exclusivamente, voltadas para a promoção de campanhas de esclarecimento à população. Apesar disso, não houve obtenção de qualquer resultado positivo, a taxa de cesáreas só tem aumentado ao longo dos anos. No Brasil, no ano de 2003, a taxa de cesárea do SUS ficou em 27,5% e no setor da saúde suplementar, em 2004, atingiu o índice de 79,7% o que afirma configurar uma enorme discrepância entre o sistema público e o privado, segundo a sentença pública.

Comente agora
09
Dez
Tratamento contra câncer de próstata pode duplicar risco de Alzheimer
Postado por: Samile Macedo / 12:26h

O tratamento antiandrogênico contra o câncer da próstata quase duplica o risco dos homens virem a sofrer da doença de Alzheimer, face aos que não recorrem a esta terapia, segundo uma análise de dados clínicos de dois hospitais norte-americanos. Quanto maior for a duração deste tratamento, que bloqueia o funcionamento da testosterona e impede a sua ação, maior é o risco dos homens serem diagnosticados com Alzheimer, concluíram os investigadores deste estudo que foi publicado na segunda-feira na revista médica Journal of Clinical Oncology. A pesquisa não prova que o tratamento antiandrogénico aumenta este risco, mas aponta claramente esta possibilidade. Estes resultados corroboram outras evidências segundo as quais um baixo nível de testosterona, o hormônio masculino, diminuiria a resistência do cérebro contra a doença de Alzheimer nas pessoas que envelhecem. "Com base nos resultados do nosso estudo, o aumento do risco de Alzheimer é um efeito potencial do tratamento antiandrogênico, mas são necessárias mais pesquisas antes de alterar a prática médica para o tratamento do câncer da próstata", explicou Nigam Shah, professor adjunto de informática biomédica da Universidade de Stanford (Califórnia) e principal autor do estudo. Os androgênios, os hormônios masculinos, desempenham um papel essencial ao estimular o crescimento das células cancerosas da próstata. Por isso, as terapias que suprimem a produção dos androgênios são frequentemente usadas contra o câncer. As estimativas indicam que cerca de 500 mil homens norte-americanos com tumores na próstata são tratados com antiandrogênicos. Mas o fato de reduzir fortemente a atividade destes hormônios pode ter efeitos secundários nefastos, referem os autores. 

Comente agora
09
Dez
Uso de antibióticos na criação de animais ameaça a saúde humana; veja motivo
Postado por: Samile Macedo / 11:07h

Fazendeiros e criadores precisam cortar drasticamente o uso de antibióticos em seus cultivos e criações de animais, porque essa atividade está se tornando uma ameaça à saúde humana, segundo um relatório publicado no periódico Review on Antimicrobial Resistance. O uso abusivo destas substâncias tem feito com que algumas doenças sejam atualmente quase impossíveis de serem combatidas. Mais da metade dos antibióticos no mundo são usados em animais, muitas vezes para fazer com que cresçam mais rápido. O relatório científico ainda indica novos parâmetros para o uso de antibióticos em animais. A administração excessiva destes medicamentos na criação de animais ganharam novo destaque no mês passado, quando, na China, pesquisadores advertiram que estamos à beira de uma "era pós-antibióticos". Os cientistas descobriram uma bactéria resistente à colistina, antibiótico usado quando outros meios usualmente empregados para combatê-la haviam falhado. Aparentemente, ela surgiu em animais criados por agricultores e também foi detectada em pacientes em hospitais. 

Excesso - Em alguns casos, antibióticos são usados para tratar infecções em animais doentes, mas a maioria é usada de forma profilática em animais saudáveis para prevenir infecções ou aumentar seu ganho de peso - uma prática controversa e mais comum em criações intensivas. A expectativa é de que o consumo de antibióticos no mundo aumente 67% até 2030. Só nos Estados Unidos, são usadas anualmente 3,4 mil toneladas destas substâncias em pacientes e 8,9 mil toneladas em animais. 

Comente agora
09
Dez
Guillain-Barré cresce em ao menos 6 estados; relação com zika é estudada
Postado por: Redação Voz da Bahia / 09:14h

Especialistas veem uma “forte evidência” de que o aumento de casos da síndrome de Guillain-Barré em algumas regiões tem relação com a chegada do zika vírus ao Brasil. A síndrome afeta o sistema nervoso e pode provocar fraqueza muscular e paralisia – geralmente temporária – dos membros. Até o momento, porém, o Ministério da Saúde não confirma a correlação. O ministério está estudando a situação e deve divulgar as conclusões sobre o assunto em breve. Pelo menos seis estados observaram um aumento significativo de ocorrências da síndrome este ano. Em Pernambuco, foram 130 casos de Guillain-Barré em 2015. No ano passado, tinham sido só 9. O Rio Grande do Norte teve um aumento de 23 para 33 casos de 2014 para 2015. No Piauí, houve 42 casos em 2015, contra 23 casos em 2014.

Comente agora
09
Dez
Plantão de ocorrências registradas na emergência do HRSAJ nas últimas 8h
Postado por: Samile Macedo / 08:39h

-Gabriel Amâncio Gonçalves, 44 anos residente na Rua Nossa Senhora das Graças em Santo Antônio de Jesus, vítima de acidente com motocicleta.

-Luciano Souza Monteiro, 38 anos morador de Conceição do Almeida foi vítima de acidente com moto.

-André dos Santos, 20 anos, residente no bairro Alto Santo Antônio em Santo Antônio de Jesus, deu entrada na emergência do Hospital Regional sendo vítima de golpe desferido por arma Branca.

-Jair Raimundo de Jesus 46 anos, morador do bairro Santa Madalena em Santo Antônio de Jesus, vítima de agressão física.

Comente agora
09
Dez
Zika infectou ao menos 500 mil neste ano, diz Ministério da Saúde
Postado por: Samile Macedo / 07:27h

Apontado como responsável pelo aumento de casos de microcefalia no País, o zika vírus infectou ao menos meio milhão de brasileiros neste ano, de acordo com a estimativa mais otimista do Ministério da Saúde. Na previsão mais pessimista, foi contaminado 1,4 milhão de pessoas, segundo o Protocolo de Vigilância e Resposta à Microcefalia e ao Zika, divulgado nesta terça-feira, 8. O Brasil já soma 1.761 casos suspeitos de má-formação, com 19 mortes de bebês notificadas. Para o ministro da Saúde, Marcelo Castro, a situação é "gravíssima". O governo federal publica, pela primeira vez, uma projeção sobre o grau de disseminação do zika pelo País. Embora ainda não existam testes em quantidade e qualidade suficientes para diagnosticá-lo e, como em 80% dos casos o paciente infectado não apresenta sintomas, o ministério fez uma projeção com base em casos descartados de dengue - as duas doenças têm sintomas semelhantes - e em referências da literatura médica internacional. O ministério chegou ao número mínimo de 497.593 casos e máximo de 1.482.701. Por se tratar de uma doença nova em território nacional, não havia teste de sorologia específico para o zika no início da epidemia e, portanto, também não era possível, sem métodos diagnósticos, exigir das prefeituras a notificação obrigatória de todos os casos, como acontece com a dengue. A estimativa foi feita considerando apenas os 19 Estados com circulação autóctone (interna) do vírus confirmada por laboratório. Considerando a projeção mais conservadora, São Paulo é o Estado com o maior número de casos estimados: 236 mil. Em seguida, aparecem Minas (54 mil), Paraná (42 mil), Ceará (38 mil) e Pernambuco (34 mil). O documento no qual constam as projeções também estabelece diretrizes aos profissionais de saúde e áreas técnicas para lidar com casos suspeitos e pacientes confirmados de microcefalia. 

Comente agora
08
Dez
Mortes por malária caem para menos de 500 mil; África faz progresso, aponta OMS
Postado por: Anacley Souza / 23:57h

O número de pessoas mortas pela malária diminuiu para menos de 500.000 no ano passado, refletindo os imensos progressos obtidos contra a doença transmitida por mosquito em algumas das áreas anteriormente mais atingidas da África subsaariana. O relatório anual de malária da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostrou uma importante redução nas mortes, de 839.000 em 2000 para 438.000 em 2015, e um aumento significativo na quantidade de países a caminho da eliminação da doença. As medidas de prevenção da malária, como redes para camas e fumigação dentro e fora dos ambientes, evitaram milhões de falecimentos e economizaram milhões de dólares em custos com saúde ao longo dos últimos 14 anos em muitos países africanos, declarou o relatório. Enquanto a África continua sendo a recordista mundial de casos de malária, desde 2000 o índice de óbitos resultantes da doença caiu 66 por cento em todas as faixas etárias e recuou 71 por cento entre crianças menores de 5 anos. A diretora-geral da OMS, Margaret Chan, disse que o progresso foi possível "por meio da adoção em grande escala" de uma prevenção eficaz e de ferramentas de tratamento. "Na África subsaariana, mais da metade da população agora dorme com redes tratadas com inseticidas antimosquito, em comparação com meros 2 por cento em 2000", escreveu ela no relatório publicado nesta terça-feira. Nigéria e República Democrática do Congo são os dois países que responderam por mais de 35 por cento das mortes por malária no mundo em 2015.

Comente agora
08
Dez
S. A. de Jesus não apresentou nenhum indício de microcefalia, garante diretora da Vigilância a Saúde
Postado por: Anacley Souza / 23:37h

O crescente número de casos de microcefalia tem deixado o comitê de Vigilância a Saúde da cidade de Santo Antônio de Jesus preocupados já que o vírus da Zyca, causador da epidemia pode ser transmitido pelo mosquito Aedes aegypti vetor também da dengue e da febre Chikungunya. Em entrevista a Andaiá FM na noite desta terça-feira, a diretora do órgão, Daiane Mascarenhas falou sobre ações realizadas no município para o combate ao mosquito. De acordo Mascarenhas, equipes de agentes de endemias estão trabalhando no combate e na prevenção mesmo sem a distribuição do larvicida que deixou de ser distribuído pela SESAB, “com esta falta precisamos que população lute junto conosco. Com trabalhos educativos e de prevenção iremos combater esse mal eliminando totalmente os focos em nossa cidade”, colocou. Mutirões estão sendo organizados em diversos bairros, principalmente onde levantamentos feitos pela Vigilância Sanitária apontou alto índice de contaminação, “As pessoas precisam se aliar nessa batalha contra o mosquito; é um vizinho orientando o outro e mantendo sempre nossa casa livre de possíveis ninhos,” ressaltou. Daiane salientou a importância da educação e pede que a população denuncie os donos de terrenos baldios abandonados, para que a vigilância em saúde possa entrar em contato com esses proprietários para que façam a limpeza desses locais. Santo Antônio de Jesus não registrou nenhum caso de microcefalia e de acordo Daiane Mascarenhas, os profissionais de saúde que atendem ao município assim como a rede particular de atendimento médico estão sendo capacitados para identificar sinais da epidemia e lidar de foram Clínica casos que possam aparecer.

  1. Redação Voz da Bahia
Comente agora
08
Dez
Como escolher o protetor solar para crianças
Postado por: Anacley Souza / 20:28h

As crianças possuem a pele mais sensível e, por isso, precisam usar protetor solar não apenas no verão, mas diariamente. Quanto mais clara a pele, maior deve ser o fator de proteção. E na estação mais quente do ano os cuidados devem ser reforçados, especialmente quando há exposição ao sol na praia ou na piscina. Para cada idade e tipo de pele é necessário um cuidado diferente. “A idade mínima para começar o uso do filtro solar é de seis meses. A aplicação antes desta idade não é recomendada", alerta a dermatologista Maria Helena Garrone, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Segundo ela, o indicado para crianças menores de seis meses é manter o bebê na sombra com camisetas e chapéu, principalmente das 10h às 17h, quando o sol é mais forte. "A pele de crianças nessa fase é muito sensível e se faz necessário um produto com alta proteção, com fórmula hipoalergênica”, explica. O fator de proteção indicado para crianças é sempre acima de 30 e, caso a pele seja muito clara, o melhor é optar por um FPS maior do que 40. A forma de aplicar o protetor na pele também é importante: é preciso esperar 30 minutos após passar o produto.

Comente agora
08
Dez
Tratamento contra câncer de próstata pode duplicar risco de Alzheimer
Postado por: Anacley Souza / 20:19h

O tratamento antiandrogênico contra o câncer da próstata quase duplica o risco dos homens virem a sofrer da doença de Alzheimer, face aos que não recorrem a esta terapia, segundo uma análise de dados clínicos de dois hospitais norte-americanos. Quanto maior for a duração deste tratamento, que bloqueia o funcionamento da testosterona e impede a sua ação, maior é o risco dos homens serem diagnosticados com Alzheimer, concluíram os investigadores deste estudo que foi publicado na segunda-feira na revista médica Journal of Clinical Oncology. A pesquisa não prova que o tratamento antiandrogénico aumenta este risco, mas aponta claramente esta possibilidade. Estes resultados corroboram outras evidências segundo as quais um baixo nível de testosterona, o hormônio masculino, diminuiria a resistência do cérebro contra a doença de Alzheimer nas pessoas que envelhecem. "Com base nos resultados do nosso estudo, o aumento do risco de Alzheimer é um efeito potencial do tratamento antiandrogênico, mas são necessárias mais pesquisas antes de alterar a prática médica para o tratamento do câncer da próstata", explicou Nigam Shah, professor adjunto de informática biomédica da Universidade de Stanford (Califórnia) e principal autor do estudo. Os androgênios, os hormônios masculinos, desempenham um papel essencial ao estimular o crescimento das células cancerosas da próstata.

Comente agora
08
Dez
Fiocruz testa 'DST de mosquito'
Postado por: Anacley Souza / 19:12h

Pesquisadores do Instituto Oswaldo Cruz, ligado à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), estão liberando no ambiente ovos de Aedes aegypti contaminados com uma bactéria que impede o mosquito de transmitir a dengue. Essa é uma nova etapa do projeto científico "Eliminar a Dengue: Desafio Brasil", que desde setembro do ano passado solta mosquitos infectados pela bactéria na forma adulta. A intenção dos pesquisadores ao deixarem os ovos contaminados eclodirem é que o mosquito esteja mais bem adaptado ao clima da região em que vai viver. O ministro da Saúde, Marcelo Castro, disse que essa é uma das pesquisas mais promissoras para o combate ao Aedes aegypiti, que transmite também zika e chikungunya. "O mosquito, quando contaminado por essa bactéria, perde a capacidade de transmitir a dengue. E admite-se que isso ocorra com zika e chicungunya também. Quando o mosquito macho contaminado cruza com a fêmea, transmite a bactéria. É uma DST (doença sexualmente transmissível) de mosquito que vamos espalhar", brincou o ministro no lançamento da campanha "10 Minutos Salvam Vidas", da Secretaria de Estado de Saúde. A bactéria Wolbachia está presente na maioria dos insetos, como o pernilongo, e foi introduzida em ovos do Aedes aegypiti por microinjeção. Se a fêmea estiver contaminada, a prole já terá a bactéria, que passa a ser transmitida naturalmente de geração em geração. Se apenas o macho estiver infectado, os ovos que ele fertilizar não eclodem. "Os mosquitos utilizados não são estéreis nem sofrem nenhum tipo de modificação genética.

Comente agora
08
Dez
Você sabe o que é hematúria e por que ela acontece?
Postado por: Anacley Souza / 18:13h

Hematúria é a perda de sangue pela urina. Normalmente há a presença de algum sangue na urina, mas em muito pequena quantidade. Diz-se que há hematúria quando se constata a presença de cinco ou mais hemácias por campo da análise microscópica do sedimento urinário, confirmada em pelo menos duas amostras de urina. Diz-se que a hematúria é macroscópica quando há perda visível de grande quantidade de sangue pela urina, o que confere a ela uma coloração avermelhada clara (cor de caldo de carne) ou marrom (cor de coca-cola), quando o sangramento for intenso. Alguns alimentos, como beterraba, páprica e ruibarbo e algumas medicações podem alterar a cor da urina e dar uma falsa impressão de hematúria. Diz-se que ela é microscópica quando apenas há perda de pequena quantidade de sangue, não havendo alteração da cor da urina. A hematúria microscópica só pode ser diagnosticada por uma análise feita ao microscópio. A hematúria é um sinal que não pode ser ignorado, porque tanto pode dever-se a algo simples e fisiológico, como um exercício físico mais intenso, como a algo grave, como um tumor, por exemplo. Em geral, a hematúria sinaliza alguma doença dos rins ou do trato urinário, mas também pode dever-se a uma causa extra-urinária, como uma doença hematológica ou metabólica, por exemplo.

Quais são as causas mais comuns de hematúria? As hematúrias podem ter causas muito simples, transitórias e fisiológicas, como menstruação, exercícios físicos e atividade sexual, ou outras, patológicas e, por vezes, graves.

Comente agora
08
Dez
Saúde lança protocolo emergencial de vigilância e resposta à microcefalia
Postado por: Débora Ayane / 14:55h

O Ministério da Saúde lançou hoje (8) um protocolo emergencial de vigilância e resposta aos casos de microcefalia relacionados ao vírus Zika. O objetivo, segundo a pasta, é passar informações, orientações técnicas e diretrizes para profissionais de saúde e equipes de vigilância. O documento contém a definição de casos suspeitos de microcefalia durante a gestação, o parto ou após o nascimento. Também traz critérios para a exclusão de casos suspeitos e apresenta um sistema de notificação e investigação laboratorial. Há ainda orientações sobre como deve ser feita a investigação epidemiológica de casos suspeitos e sobre o monitoramento e análise dos dados. O protocolo também traz informações sobre o reforço do combate ao Aedes aegypti. O diretor de Vigilância das Doenças Transmissíveis, Cláudio Maierovitch, lembrou que, desde ontem (7), a medida padrão adotada para a triagem de bebês com microcefalia passou a ser 32 centímetros (cm) e não mais 33 cm, conforme preconizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Comente agora
08
Dez
Devido ao atraso nos repasses da Secretaria de Saúde de SAJ motoristas paralisam atividades
Postado por: Samile Macedo / 14:38h

Os motoristas que prestam serviços à Secretaria de Saúde de Santo Antônio de Jesus paralisaram as atividades nesta terça-feira (08) devido ao atraso de dois meses no pagamento. Um dos condutores de prenome Luís relatou à Rádio Andaiá FM que há dois meses, os servidores não recebem os salários. “Trabalhamos para a empresa Lorentur e a empresa disse que está apenas aguardando os repasses salariais por parte da prefeitura para fazer o pagamento”, disse Luís à rádio Andaiá FM. De acordo com informações havia quatro meses de atraso no repasse da Secretaria de Saúde para a empresa, devido a isso o empreendimento conseguiu fazer o pagamento de um dos meses, mais ainda falta pagar dois meses para a categoria. Um cidadão de prenome Rupino explicou que o salário de R$3.000 mil reais foi baixado para R$2.000mil reais e além dessa questão ele conta que o veículo usado para trabalho danifica constantemente, prejudicando até os pacientes que tem exames importantes a fazer. “Creio que as nove vans que prestam serviços à Secretaria de Saúde estão com as atividades paralisadas. A categoria só voltará quando o dinheiro sair”, assegurou Luís. Até o fechamento desta matéria a Secretaria de Saúde não havia dado quaisquer esclarecimentos.

Redação: Voz da Bahia

Comente agora
08
Dez
Descubra o que acontece com seus seios quando você engorda ou emagrece
Postado por: Redação Voz da Bahia / 12:36h

Os seios são formados por tecidos gordurosos. Isso quer dizer que não possuem músculos. Eles são apoiados na musculatura peitoral e é essa região que deve ser fortalecida através de ginástica localizada ou prática de esportes. As atividades mais indicadas para tonificar os seios são a natação, o vôlei, o handebol e o basquete. Quando você engorda ou emagrece demais, os seios, que são recheados principalmente por tecido gorduroso, quando esse tecido aumenta ou diminui, o desenho do peito se altera também.

Flacidez e estrias: Mas cuidado, o fato de engordar e depois emagrecer bruscamente, o chamado efeito sanfona, pode trazer consequências terríveis para os seios. As variações podem acabar com a elasticidade da pele das mamas, trazendo flacidez e fazendo aparecer as indesejáveis estrias. Se você engordar muito, seu peito deve ficar maior também. Afinal, ele é formado basicamente de gordura. O processo inverso acontece quando você emagrece ou malha demais: a gordura some e, com isso, o peito diminui. Na teoria, a musculação pode fazer seu corpo crescer, porque ao se exercitar você está ganhando massa muscular. Mas, na prática, isso não funciona para as áreas do corpo com muita gordura localizada.

Rigidez e diminuição: Nesses casos, a atividade física vai fazer o tecido adiposo diminuir. E esse é o casos dos seios: como eles são formados basicamente por gordura, quando você aumenta a quantidade de massa magra, pode acabar reduzindo medidas. Mas só no caso de treinamentos excessivos, como de nadadores profissionais ou que praticam o fisiculturismo, que acabam transformando a maior porcentagem desse tecido em músculo. Com exercício, você tende a ganhar músculo e perder gordura. E como os seios são formados basicamente por tecido adiposo e glândulas mamárias (que só mudam de tamanho com alterações hormonais), existe o risco de o tamanho do peito diminuir um pouquinho.

Comente agora
08
Dez
Casos suspeitos de microcefalia chegam a 1.761 no Brasil
Postado por: Redação Voz da Bahia / 12:25h

O Ministério da Saúde investiga as mortes de 19 crianças com suspeitas de microcefalia desde o início do ano até o dia 5 de dezembro em oitos estados do país e se esses possíveis casos de malformação têm relação com o zika vírus. Em uma semana, o número de casos suspeitos de microcefalia passou de 1.248 para 1.761, um aumento de 41%. A microcefalia é uma condição rara em que o bebê nasce com o crânio do tamanho menor do que o normal. A microcefalia é diagnosticada quando o perímetro da cabeça é igual ou menor do que 32 cm – o esperado é que bebês nascidos após nove meses de gestação tenham pelo menos 34 cm. O perímetro foi revisado pelo ministério no último dia 4. Antes, a microcefalia era apontada nos casos de circunferência craniana menor do que 33 cm. Os casos de morte sob investigação são no Rio Grande do Norte (7), Sergipe (4), Rio de Janeiro (2), Bahia (2), Maranhão (1), Ceará (1), Paraíba (1) e Piauí (1). Segundo o levantamento apresentado pela pasta, Pernambuco ainda é a unidade da federação que apresenta o maior número de casos (804) suspeitos da malformação. Em seguida, estão os estados de Paraíba (316), Bahia (180), Rio Grande do Norte (106), Sergipe (96), Alagoas (81), Ceará (40), Maranhão (37), Piauí (36), Tocantins (29), Rio de Janeiro (23), Mato Grosso do Sul (9), Goiás (3) e Distrito Federal (1). 

Comente agora
08
Dez
Prevenção de doenças e promoção da saúde na terceira idade
Postado por: Redação Voz da Bahia / 11:53h

"Doutor, eu não sinto nada, mas estou aqui para começar a me prevenir, porque, afinal de contas, eu já estou com uma certa idade.”

Este é, frequentemente, o início do diálogo travado entre paciente e médico na primeira consulta com o geriatra. O paciente deseja ‘iniciar sua prevenção’, expressão que traz implícitas a pergunta sobre o que cabe a ele fazer para viver uma vida longa e produtiva e a expectativa sobre o que o médico lhe dirá. Comumente, ele espera que sejam solicitados exames e que sejam prescritos vários medicamentos, sobretudo vitaminas, com o propósito de prevenir ou de retardar o envelhecimento. Mas, qual o real papel do geriatra para ajudar o paciente a viver mais e melhor?

Sabemos que uma parte dos problemas de saúde que podemos ter na velhice tem origem genética, outra depende das exposições ambientais que nosso organismo venha a sofrer e uma terceira parte depende do nosso estilo de vida, isto é, das nossas escolhas. E é justamente nesta última que nos cabe intervir.

De forma geral, a prevenção se faz em três níveis:

  1. a) A prevenção primária, que é tudo que fazemos no intuito de remover causas e fatores de risco de um problema de saúde antes que a doença ocorra. Inclui a promoção da saúde e a proteção específica contra certas doenças (ex.: imunização, exercícios físicos).
Comente agora
08
Dez
Estudo revela que obesidade masculina afeta espermatozoides
Postado por: Redação Voz da Bahia / 09:00h

Um estudo dinamarquês, publicado no periódico Cell Metabolism, constatou que o peso do homem afeta a informação genética contidas nos espermatozoides e pode fazer com que os filhos tenham propensão à obesidade. Segundo informações do G1, pesquisadores da Universidade de Copenhague concluiram que os espermatozoides de homens magros e gordos têm marcadores epigenéticos diferentes, o que talvez possa mudar o comportamento dos genes. "Quando uma mulher está grávida, ela precisa se cuidar. Mas, se a implicação de nosso estudo for verdadeira, então as recomendações devem ser dirigidas aos homens também", disse Romain Barres, chefe da pesquisa. Na pesquisa, foram examinados os espermatozoides de seis homens obesos, antes e depois de uma cirurgia para redução de peso; de 13 homens magros (com IMC abaixo de 30); e de dez homens moderadamente obesos. No período de uma semana, já foi possível notar mudanças epigenéticas, que alteram a forma como os genes se manifestam no corpo, em especial os que são conhecidos por controlarem o apetite e por regularem o desenvolvimento do cérebro, nos espermatozoides dos obesos que fizeram a cirurgia. "Até descobrirmos mais, quem quer ser pai ou mãe deve tentar ser mais saudável possível no momento da concepção e não ser atraído por dietas da moda ou outras atividades para tentar influenciar a saúde de seus filhos de maneiras que ainda não compreendemos completamente", concluiu Barres.

Comente agora
08
Dez
ANS publica normas para contratos entre planos de saúde e hospitais
Postado por: Samile Macedo / 08:08h

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou nesta segunda-feira (07) normas para reajustes a serem aplicados aos contratos firmados entre operadoras de planos de saúde e hospitais. A base de cálculo definida é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ao qual será aplicado um Fator de Qualidade, estabelecido pela ANS para se chegar ao percentual de reajuste. Definidas pela Lei 13.003, em dezembro de 2014, as regras valem somente para a falha na negociação entre as empresas (pessoas jurídicas) e apenas quando não houver um índice previsto no contrato ou acordo entre as partes na livre negociação de reajustes. "A lei 13.003 trouxe para a ANS a obrigação de estabelecer um índice de reajuste para prestadores, caso a negociação não seja efetiva. O que queremos agora é incluir a questão da qualidade dos serviços na formação da rede de atendimento ao consumidor e estimular o debate sobre sua importância, ainda tão pouco debatida no nosso país", afirma a diretora de Desenvolvimento Setorial, Martha Oliveira. Para os hospitais, as normas já valem a partir de 2016. Para este tipo de estabelecimento de saúde, o Fator de Qualidade será aplicado ao reajuste dos contratos da seguinte forma: 105% do IPCA para os estabelecimentos acreditados, ou seja, com certificação de qualidade; 100% para hospitais não acreditados, mas que participem e cumpram critérios estabelecidos nos projetos da ANS, como o Projeto Parto Adequado, e outros indicadores de qualidade; e de 85% para unidades que não atenderem nenhum desses critérios.

Comente agora
08
Dez
Ortorexia pode levar ao isolamento social e causar desnutrição
Postado por: Samile Macedo / 06:46h

O termo ortorexia – junção dos termos gregos "ortho", correto, e "orexis", apetite – surgiu no livro "Health Food Junkies" (Viciados em comida saudável) do médico americano Steven Bratman. Conta a Folha de S. Paulo que o livro de 1997 já falava sobre a tendência do "vício" fora de limites por alimentos supostamente perfeitos. Mesmo com muitas pesquisas sobre o tema, a ortorexia ainda não é reconhecida como um transtorno alimentar distinto nos manuais de referência mas tem sido cada vez mais presente nos consultórios. A ortorexia também causa emagrecimento excessivo mas é diferente da anorexia. Em entrevista à Folha, a médica nutróloga Maria del Rosario, diretora da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia) disse que a principal questão é a autoimagem corporal. "Quem tem anorexia se olha no espelho e se enxerga gordo, mesmo estando muito magro. O ortoréxico não costuma ter esse problema. Ele se vê magro, mas muda a alimentação por uma questão de saúde", explica. Uma pessoa com ortorexia se impõe tantas restrições que acaba sem conseguir comer com a família e os amigos. Isso causa isolamento e pode levar a ansiedade e depressão, segundo del Rosario.

Comente agora
07
Dez
Diabetes e Bebidas: E então Doutor como ficam as festas de fim de ano?
Postado por: Anacley Souza / 23:14h

As bebidas alcoólicas não precisam ser totalmente abolidas do cardápio de fim de ano! Com a chegada das festas de final de ano, fica impossível não abusar um pouquinho dos petiscos, comidas mais pesadas e bebidas alcoólicas. Mas, e os diabéticos? Bem, quem sofre com essa síndrome metabólica já sabe que tem algumas restrições alimentares. Com relação às bebidas, não é diferente, porque é preciso tomar algumas precauções quando se decide experimentar algum drink, seja com bebida destilada ou não. Para que você possa saborear com muita moderação sua bebida preferida, damos algumas dicas de como bebericar sem alterar seu nível de açúcar no sangue.

Cerveja: Uma cerveja de 350 ml tem cerca de 15 gramas de carboidratos; já o chopp claro tem de 3 a 6 gramas de carboidrato. As cervejas light também contam com poucos carboidratos e são uma boa aposta quando bate aquela vontade de experimentar uma bebida bem geladinha durante as festas de Natal e Réveillon. Contudo, tenha cuidado com as cervejas artesanais, pois a maioria delas tem o dobro do álcool e das calorias de uma cerveja feita industrialmente.

Vinho: Algumas pesquisas afirmam que o vinho (tinto ou branco) ajuda o organismo a utilizar melhor a insulina e pode até reduzir a propensão de desenvolver diabetes tipo 2.

Comente agora
07
Dez
Em meio a boatos, Ministério da Saúde nega casos de complicações da zika em crianças
Postado por: Anacley Souza / 22:41h

Boatos têm se espalhado nas redes sociais por causa do surto de microcefalia na região Nordeste. Recentemente, tem circulado pelo WhatsApp um áudio de uma moça com sotaque pernambucano "alertando" uma amiga: "É uma informação de fonte segura, vice, o negócio da zika não está só afetando as gestantes não, ela afeta crianças de até sete anos. A criança fica com sequelas neurológicas graves e tem muitas crianças chegando no hospital já em coma", diz a moça. Em nota, o Ministério da Saúde diz que não há nenhum registro do tipo no Brasil. "O Ministério da Saúde informa que não há casos documentados sobre as sequelas provocadas pelo zika em crianças a partir do nascimento. No entanto, todas as possíveis consequências relacionadas ao vírus zika continuam sendo investigadas. Enquanto não forem encerradas as investigações, tudo será considerado e estudado. As informações serão atualizadas e divulgadas à medida que houver conclusões sólidas", diz a nota. Quem também atesta que o conteúdo da mensagem não procede é o neuropediatra Camilo Vieira - do Departamento de Neurologia da Sociedade Baiana de Pediatria, da Maternidade de Referência Prof. José Maria de Magalhães Netto eda clínica CITTA. Segundo Camilo, os sintomas da zika em crianças são os mesmo que em adultos, e não deixa sequelas. “A população tem que ter cuidado com as informações que recebe e que repassa, buscar órgãos competentes, como o Ministério da Saúde, ou a Secretaria Municipal da Saúde, para se certificar das informações que chegam”, adverte o médico.

Comente agora
07
Dez
Homens inférteis correm risco maior de ter diabetes e doenças do coração
Postado por: Anacley Souza / 19:09h

Homens diagnosticados com infertilidade correm maior risco de desenvolver outros problemas de saúde, como diabetes, doença isquêmica do coração e abuso de álcool e drogas, quando comparados aos homens férteis. É o que diz um estudo publicado nesta segunda-feira, no periódico cientifico Fertility and Sterility. No estudo, pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade Stanford, nos Estados Unidos, analisaram os registros de saúde de mais de 115.000 homens férteis, inférteis e também daqueles submetidos à vasectomia em idade reprodutiva. Os resultados mostraram que, dos três grupos, os inférteis tinham as maiores taxas de risco para quase todas as doenças investigadas, incluindo cardíacas e diabetes. Além disso, homens com a forma mais severa de infertilidade corriam o maior risco de desenvolvimento de doenças renais e abuso de álcool. Os resultados permaneceram iguais mesmo após ajustes para outros fatores, como obesidade, tabagismo e utilização de cuidados de saúde. De acordo com os autores, esses resultados são surpreendentes, principalmente pela faixa etária dos participantes: a idade média era de 30 anos. "Os homens em idade reprodutiva normalmente só vão ao médico quando há um grande problema. Na maior parte do tempo a fertilidade é uma das primeiras coisas que os traz ao médico, por isso essa pode ser uma oportunidade para examiná-los para outros problemas de saúde e ver o que está acontecendo com sua saúde geral", disse Eisenberg, principal autor do estudo.

Comente agora
07
Dez
Número de suspeitas de microcefalia sobe para 150 na Bahia, aponta Sesab
Postado por: Redação Voz da Bahia / 18:45h

Foram identificados na Bahia 150 casos suspeitos de microcefalia até o dia 3 de dezembro. O novo balanço da Secretaria de Saúde estadual foi divulgado nesta segunda-feira (7). Há três dias, eram 112 a quantidade de notificações. Ao todo, seis bebês já morreram em decorrência da doença. Os óbitos ocorreram nas seguintes cidades: Salvador (1), Itapetinga (1), Olindina (1), Tanhaçu (1), Camaçari (1) e Itabuna (1). De acordo com a Sesab, dos 150 casos registrados, 86 estão confirmados com perímetro encefálico igual ou menor que 32 centímetros. Além disso, há ainda 64 notificações sem informações sobre o perímetro encefálico. As cidades com maior número de suspeitas que têm indicativo de perímetro são Salvador (53), Lauro de Freitas (4) e Camaçari (3). A Secretaria ressalta a importância de que a suspeita, notificação e registro de casos de microcefalia sejam computados para o processo de investigação, para a identificação de causas e acompanhamento da evolução dos casos. A Sesab aponta que todos os casos que se enquadrem na definição do Ministério da Saúde sejam comunicados em até 24 horas pela equipe do local onde foi realizado o diagnóstico. (G1)

Comente agora
07
Dez
Quando levar seu filho ao urologista?
Postado por: Débora Ayane / 17:18h
  • Nesta entrevista, o médico urologista pediátrico e professor da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, Dr. Ubrajara Barroso, fala sobre os principais problemas urológicos que acometem meninos e meninas na infância e adolescência. Conheça essa especialidade da medicina.
  • Quais os principais problemas uropediátricos? A urologia peditátrica trata de problemas genitais e urinários das crianças. Problemas comuns como a fimose, a ausência de testículo no escroto (criptorquidia) ou alterações congênitas mais proeminentes como o canal uretral que nasce fora da posição habitual (tipo ou epispádia), ambiguidades genitais e a bexiga que nasce para fora (extrofia de bexiga) são alguns exemplos de alterações genitais. No âmbito das alterações urinárias, as mais comuns são a incontinência urinária durante o dia ou durante o sono (enurese noturna), a bexiga neurogênica, as dilatações renais (hidronefroses) e o refluxo de urina da bexiga ao rim (refluxo vesicoureteral). Outro problema frequente que a urologia pediátrica lida é a infecção urinária. O urologista pediátrico atua também na prevenção, na orientação do cuidado genital, do largar a fralda e, na adolescência, na orientação sexual e no exame genital e urinário.
  • Urologista pediátrico cuida apenas de meninos? Não. Depois dos seis meses de idade as meninas têm mais infecção urinária que os meninos.
Comente agora
07
Dez
HRSAJ: Confira resultado final do processo seletivo para Nutricionista
Postado por: Redação Voz da Bahia / 16:31h

O Hospital Regional de Santo Antonio de Jesus (HRSAJ) libera a lista final dos aprovados em cadastro de reserva no Processo Seletivo 2015.2, para a vaga de Nutricionista Clínico. Abaixo, segue a relação dos convocados:

ALINE DOS SANTOS ROCHA

- TIALLA RAVENNA SILVA SANTOS

- DANIELLE SAMPAIO LEMOS

- SUMARA OLIVEIRA MATOS

O Hospital Regional esta localizado na Rua Cosme e Damião, no Bairro do Andaiá. Para maiores informações, entrar em contato através do (75) 3162.1400.

Comente agora
Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com