Voz


PodCast



Enquete





Blog

Comportamento

Ciência comprova: pais tratam melhor as filhas do que os filhos

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 26/05 21:19h
Ciência comprova: pais tratam melhor as filhas do que os filhos

A ciência acaba de comprovar o que a maioria dos irmãos que têm irmãs já sabiam: os pais tratam melhor as filhas do que os filhos. De acordo com um estudo publicado recentemente no periódico científico Behavioral Neuroscience, pais tendem a ser mais carinhosos, atenciosos e a utilizar uma linguagem mais emocional quando conversam com as filhas. Enquanto com os filhos, a predominância é de palavras relacionadas a competição. Além disso, a tristeza, por exemplo, foi um tópico muito mais abordado em conversas com as meninas do que com os meninos.

A pesquisa: Para chegar a essa conclusão, a equipe de pesquisa da Universidade Emory, nos Estados Unidos, analisou um grupo de 52 pais homens com filhos pequenos de ambos os sexos, com idade entre um e três anos de idade, durante um período de 48 horas. Eles gravaram trechos de conversas entre os pais e as crianças para identificar como eles interagiam entre si, quais palavras utilizavam e como se comportavam. Os pais também passaram por exames cerebrais enquanto observavam imagens de seus filhos, de crianças desconhecidas e de adultos desconhecidos felizes, tristes e com expressões neutras.

Comente agora

Veterinária orienta como ajudar o pet a superar o luto

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 26/05 14:47h
Veterinária orienta como ajudar o pet a superar o luto

A cena de Cosmo, o golden retriever do músico Kid Vinil, em seu velório deixou muita gente emocionada e trouxe a questão do luto para o mundo dos pets. Assim como seus donos, os bichinhos de estimação também podem sofrer com a perda em caso de morte. “Os pets têm sentimentos, podem sentir a falta de alguma pessoa ou de um outro bichinho que deixou de conviver com eles”, explica a veterinária Karina Mussolino, gerente técnica de clínicas da Petz. Por isso, é importante dar atenção e apoio aos pets nessa situação, orienta a Dra. Karina. “Evite, num primeiro momento, deixá-los sozinhos; pois eles precisam de companhia para não ficarem estagnados. Procure levar para passear e brincar, oferecer brinquedos e petiscos, para entreter e animar seu ambiente”, comenta a veterinária. A dica é deixar os brinquedos em local acessível para que ele possa se distrair. Além das bolinhas e pelúcias, existem modelos onde é possível esconder a ração ou petiscos, entretendo o pet até que ele descubra uma forma de conseguir a comida escondida.

Comente agora

Estudo avalia se uso excessivo de celular pelos pais pode estimular mau comportamento em crianças

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 25/05 09:31h
Estudo avalia se uso excessivo de celular pelos pais pode estimular mau comportamento em crianças

erá que o excesso de tempo que os pais passam interagindo com seus celulares ou tablets pode ter algum impacto negativo no comportamento das crianças? Pesquisadores da Universidade de Michigan e da Universidade do Estado de Illinois decidiram avaliar essa possível relação em um pequeno estudo, publicado nesta quarta-feira (24) na revista "Child Development". Para fazer essa análise, os pesquisadores levaram em conta questionários respondidos por pais e mães de 170 famílias. Esses pais foram questionados sobre seus hábitos de uso de smartphones, tablets, laptops e outras tecnologias e sobre como esses equipamentos atrapalham momentos em família, como refeições, conversas, brincadeiras e outras atividades.

Comente agora

10 atitudes simples para te ajudar a superar a insegurança

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 21/05 09:04h
10 atitudes simples para te ajudar a superar a insegurança

abe quando bate aquele medo ou aquela sensação de impotência que não te deixa seguir em frente? Essa é a insegurança, uma sensação conhecida por quase todo mundo justamente porque ela não precisa aparecer como um problema constante e de forma geral. Na verdade, a insegurança está presente em diferentes aspectos da vida, dependendo de cada pessoa e de suas experiências anteriores. “Quando falamos de insegurança, falamos de algo muito amplo. Isso é importante de se colocar porque não necessariamente eu sou uma pessoa insegura em todos os âmbitos. Posso ser uma pessoa insegura sexualmente, mas, por outro lado, sou segura profissionalmente. Posso falar bem em público, mas não conseguir lidar com meu nu. Ou então, sou segura pra estar entre os amigos mas, em contrapartida, não consigo dialogar com os meus pais. Então, a insegurança acontece de acordo com a personalidade, com a essência e com a experiência, aquilo que a pessoa arrecadou e aquilo que ela absorveu”, explica a psicóloga clínica Pâmela Magalhães. É com o exercício de um rever histórico-pessoal que se pode perceber onde a insegurança de cada um está mais destacada e então começar a fazer movimentos para se livrar dela de uma vez.

Comente agora

Colo de mãe é santo remédio em qualquer idade, diz psicoterapeuta

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 20/05 08:36h
Colo de mãe é santo remédio em qualquer idade, diz psicoterapeuta

Quando você é criança, é no colo da mãe que está todo o conforto, afago e segurança que você precisa. Mas, segundo a ciência, o sentimento persiste em qualquer idade. “Na vida de qualquer pessoa, independentemente da idade em que ela esteja, nada será tão alentador quanto a voz e o amparo da sua mãe”, segundo o psiquiatra e psicoterapeuta Amaury Cantilino, em entrevista ao UOL. "A mãe suaviza angústias e, muitas vezes, alivia fisicamente o que a criança ou o adulto sentem", continua. O vínculo estabelecido na gestação é fortalecido após o parto, graças ao neurohormônio ocitocina, que estimula a saída do leite materno e age no cérebro aumentando a sensação de apego. "Esse vínculo vai persistindo, deixa marcas e perdura ao longo da vida. Essa é a vantagem da mãe em relação a qualquer outra pessoa", explica Amaury. Segundo ele, o amparo materno influencia todo o organismo e diminui a incidência de cortisol no organismo, conhecido como hormônio do estresse, o que nos faz lidar melhor, inclusive, com as doenças.

Comente agora

Mais de 50% da população brasileira é sedentária, diz pesquisa

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 19/05 14:51h
Mais de 50% da população brasileira é sedentária, diz pesquisa

Atividade física é algo pouco praticado pelos brasileiros. É o que mostra a pesquisa do IBGE, divulgada dia 17, que analisou a população a partir dos 15 anos de idade e de diferentes classes sociais. Os números trazem um alerta: 62,1% dos brasileiros não fazem nenhuma atividade física. Dentre os principais motivos apresentados estão a falta de tempo e baixa renda. De acordo com o IBGE, pessoas que ganham mais de cinco salários mínimos por mês praticam mais atividades físicas em comparação a quem ganha entre um e três salários. Segundo o cirurgião cardíaco, Dr. Marcelo Sobral, praticar exercícios físicos não se limita apenas a uma classe social. "É possível fugir do sedentarismo fazendo caminhadas ou corridas ao ar livre, há parques que também oferecem aparelhos aeróbicos, sendo possível sem nenhum custo e fazem muito bem à saúde".

Comente agora

Saiba como reduzir o apetite por alimentos gordurosos

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 18/05 21:18h
Saiba como reduzir o apetite por alimentos gordurosos

A maioria das pessoas gostaria de reduzir a vontade de comer alimentos gordurosos. Mas, como fazer isso? De acordo a ciência, é mais simples do que você imagina e ainda pode vir com outros benefícios, como ficar mais fitness. Um estudo da Universidade Leeds, do Reino Unido, mostrou que a prática regular de atividade física nos faz optar por alimentos mais saudáveis em vez dos gordurosos e calóricos. Segundo os pesquisadores, aqueles que mais se exercitam são 15% menos propensos a optar por junk foods, por exemplo. Isso porque os exercícios fornecem prazer e estímulo suficientes para inibir o desejo incontrolável por comida.

Benefício duplo: O estudo, que será apresentado no Congresso Europeu de Obesidade, em Portugal, acompanhou 180 participantes com idade entre 18 e 70 anos, durante uma semana. Cada um recebeu um bracelete que monitorava as atividades físicas. Os resultados mostraram que aqueles que praticavam exercícios por mais de três horas por dia, tinham 15% menos chances de sucumbir a uma alimentação não saudável. Em vez disso, preferiam alimentos com baixo teor de gordura. Já os que se exercitavam menos não obtiveram o mesmo efeito, demonstrando significante interesse por alimentos mais gordurosos.

Redutor do desejo: Na segunda fase do estudo, 34 participantes receberam, sem saber, um mingau rico em calorias ou uma versão de baixa caloria. Aqueles que se exercitaram mais, inconscientemente, comeram menos na próxima refeição após o mingau se tivessem consumido a versão energética.

“Sentir-se estimulado ao fazer exercícios significa que as pessoas não irão procurar recompensas em outros lugares, nem mesmo na comida”, disse Graham Finlayson, líder da equipe de pesquisa, ao Daily Mail. “Ficar estimulado após a atividade física significa que as pessoas não procurarão recompensa em outros lugares. O que nós descobrimos é que há uma clara relação entre a quantidade de atividade física moderada e vigorosa – que aumenta a freqüência cardíaca e faz suar – e o desejo de comer alimentos ricos em gordura. As pessoas que fizeram menos exercício consideraram alimentos ricos em gordura mais recompensadores, enquanto aquelas que praticaram muita atividade física, acharam esses alimentos menos atraentes.”, explicou o autor.

Comente agora

Ler livros a bebês é mais benéfico do que se imagina, diz estudo

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 17/05 10:58h
Ler livros a bebês é mais benéfico do que se imagina, diz estudo

Um novo estudo apresentado recentemente no encontro anual das Paediatric Academic Societies sugere que ler livros a crianças de seis meses pode ser muito benéfico. Segundo os pesquisadores da escola de medicina da Universidade de Nova York, ler filhos a bebês no início da infância pode ajudar a fortalecer o vocabulário e as capacidades de leitura que a criança terá quatro anos depois e ainda antes de entrarem na escola. Os cientistas monitoraram, durante quatro anos e meio, 250 pares de mães e bebês para observar o quão bem as crianças percebiam as palavras, bem como o grau da sua literacia e capacidades de leitura. Segundo o Independent, os autores do estudo afirmaram que o hábito impacta de forma duradoura na linguagem, alfabetização e capacidades de leitura precoces. “O que aprendem quando se lê para um bebê surte efeito quatro anos depois, quando estão prestes a começar a escola".

Comente agora

Aos 100 anos, gêmeas mais velhas do Brasil fazem ensaio fotográfico

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 17/05 07:53h
Aos 100 anos, gêmeas mais velhas do Brasil fazem ensaio fotográfico

Esse é o ensaio mais fofo que você vai ver na internet. Gêmeas brasileiras que comemoram 100 anos fizeram uma sessão fotográfica temática de arrancar suspiros! A dupla Paulina Pignaton Pandolfi e Maria Pignaton Pontini nasceram em Ibiraçu, interior do Espírito Santo, no dia 24 de maio de 1917 e vão ganhar festão em comemoração aos 100 anos de vida. Uma fotógrafa de 28 anos, Camila Lima, assistiu à uma reportagem na televisão sobre a saúde e disposição das duas e resolver dar de presente um ensaio no estilo “smash the cake”, geralmente feitos com bebês e criancinhas se lambuzando com bolo. A dupla não só arrasou nas fotos mas também na vitalidade e espontaneidade durante o ensaio, confira as imagens e se delicie com a segunda dupla de gêmeas mais velhinhas do Brasil.

 

Comente agora

Encontro vai discutir identidades trans e travestis no candomblé e no cristianismo

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 15/05 11:32h
Encontro vai discutir identidades trans e travestis no candomblé e no cristianismo

Espaço Cultural da Barroquinha, no centro de Salvador, vai sediar um debate que irá discutir as identidades trans e travestis no cristianismo e no candomblé. O evento será na quarta-feira (17) e o acesso é com base no esquema "Pague Quanto Puder. O encontro será iniciado às 14h30, com a mesa O Acolhimento da Transgeneridade no Cristianismo, mediada pelo pesquisador e cristão Ailton Da Silva Santos, da COCIS – Comunidade Cristã Inclusiva do Salvador. Na roda, estarão o padre anglicano Bruno Almeida, o pastor Tárcito Fernando, da Igreja Batista de Nazaré, assim como a advogada feminista Laina Crisóstomo.

Comente agora

Homenagem do Voz da Bahia: Sentimento de mãe. Assista!

Comportamento  Postado por TV Voz da Bahia - 15/05 00:48h
Comente agora

Homenagem do Voz da Bahia: Sentimento de mãe. Assista!

Comportamento  Postado por TV Voz da Bahia - 14/05 23:26h
Comente agora

Homenagem do Voz da Bahia: Sentimento de mãe. Assista!

Comportamento  Postado por TV Voz da Bahia - 14/05 22:51h
Comente agora

Homenagem do Voz da Bahia: Sentimento de mãe. Assista!

Comportamento  Postado por TV Voz da Bahia - 14/05 18:40h
Comente agora

Homenagem do Voz da Bahia: Sentimento de mãe. Assista!

Comportamento  Postado por TV Voz da Bahia - 14/05 18:26h
Comente agora

Guilherme de Pádua casa na igreja e posta fotos em redes sociais

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 14/05 18:00h
Guilherme de Pádua casa na igreja e posta fotos em redes sociais

Dois meses depois de casar em cartório, Guilherme de Pádua, de 47 anos, celebrou a união com a maquiadora Juliana Lacerda, 30, em igreja Batista de Belo Horizonte, na última sexta-feira (13). Condenado pelo assassinato da atriz Daniella Perez, o ex-ator postou diversas imagens do terceiro casamento nas redes sociais. O casamento ocorreu 20 anos após da condenação do ex-ator, que hoje é pastor evangélico, pelo assassinato de Daniella, filha de Gloria Perez, com quem contracenava na novela "De Corpo e Alma". Pádua cumpriu 19 anos e seis meses da pena de 25 aos de detenção por homicídio qualificado. “Casei no cartório, agora só falta na igreja. Glória a Deus! Pra todo sapato velho existe um pé descalço! Ei! (Você aí) que tá sem esperança de se casar, calma! Se até eu arrumei, você também vai arrumar!”, escreveu Guilherme na ocasião do casamento civil, nas redes sociais. Guilherme também fez revelações íntimas em uma parte do texto direcionada para sua mulher. “Ju, minha esposa linda, você me conheceu numa fase tão difícil da minha vida e mesmo assim não desistiu de mim! Você é fortinha, heim, loira? Te peço perdão por meus medos, meus traumas, minhas inseguranças, dúvidas... ".

Comente agora

De casa para o trabalho: como a dupla jornada afeta a vida das mães

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 14/05 15:30h
De casa para o trabalho: como a dupla jornada afeta a vida das mães

Às 6h da manhã o despertador toca e começa a correria: café da manhã, dar banho nos filhos, correr para atender os horários da escola complementar e do trabalho. Nesse momento, uma vasta agenda e orientação de equipe. No intervalo para o almoço, outra maratona: sair do trabalho, buscar as crianças, dar almoço, levá-las ao colégio e voltar para a agenda laboral. Essa é parte da rotina da servidora pública Caroline Paranayba, de 35 anos, mãe de dois filhos: Enrico (4) e Lorenzo (6). "É um grande desafio. Por mais que eu tente agregar soluções, às vezes não encontro serviços que possam se conectar aos meus horários de trabalho", afirma. Segundo a pesquisa "Mercado de Trabalho: conjuntura e análise", publicada em abril deste ano pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a elevação da participação feminina no mercado de trabalho configura-se como um dos fenômenos mais marcantes ao longo das últimas décadas. Ainda assim, as atividades dedicadas aos afazeres domésticos recaem majoritariamente sobre as mulheres, o que traz consequências ainda mais significativas para as mães.

Comente agora

Grupo protesta contra ação de loja que ironiza 'culpa' de dona Marisa

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 14/05 02:26h
Grupo protesta contra ação de loja que ironiza 'culpa' de dona Marisa

Mulheres do ABCD paulista realizaram um protesto, em São Bernardo do Campo, neste sábado (13), em frente a uma das unidades das Lojas Marisa, contra a ação publicitária que o grupo desenvolveu para o Dia das Mães, ironizando o depoimento do presidente Lula ao juiz Sérgio Moro, na última quarta-feira (10). "Se sua mãe ficar sem presente, a culpa não é da Marisa", diz frase que foi estampada nos perfis virtuais das lojas e gerou polêmica entre os internautas. As manifestantes seguravam cartazes que pediam respeito à memória da ex-primeira-dama do Brasil, que morreu no último mês de fevereiro. Elas estavam acompanhadas da deputada Ana do Carmo (PT-SP). Segundo informações da Folha de S. Paulo, em depoimento ao juiz Sergio Moro, na quarta, o petista rechaçou a acusação de que a OAS teria reformado um tríplex para ele no condomínio Solaris, em Guarujá (SP). Moro questionou por que dona Marisa visitou o apartamento em 2014, o que seria uma prova do interesse do casal no imóvel. Lula disse desconhecer esse episódio e afirmou que, na época, ele já havia desistido da compra. "Eu não sabia que tinha tido visita. Não sei o senhor tem mulher, mas nem sempre ela pergunta para a gente o que vai fazer." A peça publicitária da cadeia de roupas pegou carona na ideia de que Lula teria responsabilizado a esposa no caso - a defesa do ex-presidente disse, em nota, que "a Lava Jato atenta contra memória de Marisa".

Comente agora

Igrejas precisam parar de ser “prostitutas” de políticos, pede bispo; assista

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 14/05 01:48h
Igrejas precisam parar de ser “prostitutas” de políticos, pede bispo; assista

A tão propagada necessidade de separação entre Igreja e Estado é algo debatido na maioria dos países ocidentais, que apesar de terem um berço cristão nos últimos anos se deixaram levar pela agenda esquerdista que tenta manter vivo o marxismo ateísta. Durante a Conferência Internacional de Pastores e Líderes, em Dallas, Estados Unidos, ocorreu um debate durante um painel sobre “As polêmicas da política e do púlpito”. Uma parte da conversa acabou sendo amplamente divulgada nas redes sociais, mostrando a insatisfação do conhecido autor, o bispo T.D. Jakes. “Nós realmente nos tornamos prostitutas para os políticos”, afirmou Jakes. Ele acredita que os líderes religiosos podem trabalhar juntos com os governos pelo bem do povo, mas não deveriam estar subjugados. “O problema da igreja é que as vezes nós apoiamos um partido político ou outro, quando na verdade nunca iremos concordar totalmente com nenhum deles”, explicou. “Acabamos sendo contaminados de algum jeito, quando associamos nossa identidade a qualquer [partido] e agimos como se esta fosse a escolha de Deus para o corpo de Cristo”, assegurou. Durante a discussão, onde estavam presentes vários líderes evangélicos, tanto conservadores quanto liberais, alguns levantaram a questão de taxação das igrejas, o que para alguns movimentos seria uma medida coerente.

Assista abaixo: 

Comente agora

Sete comportamentos que irritam os profissionais da beleza

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 13/05 14:27h
Sete comportamentos que irritam os profissionais da beleza

Fazer uma manicure pode mudar o humor de muita mulher, mas não quando está apressada respondendo a dezenas de e-mails enquanto a profissional tenta arrumar as unhas. O site Pure Wow destaca os sete comportamentos que podem irritar (muito) os profissionais da beleza e que devem ser evitados a todo o custo, para que todos consigam deixar o salão mais relaxados e felizes:

1. Chegar depois da hora marcada. Já aconteceu a todos, mas deve sempre se certificar de que marca o seu atendimento em um horário que consiga cumprir. E se chega mesmo muito atrasada, não espere que consigam te encaixar na agenda. É preciso mostrar respeito pelas agendas e pelos horários de cada um.

2. Demorar uma eternidade a escolher a cor que vai querer usar. Tente já ir para o salão com uma ideia do tom que quer usar e depois se tiver dúvidas entre duas ou três cores, peça à manicure para testar nas suas unhas e depois decida.

Comente agora

6 regras de etiqueta para quem vai visitar bebês recém-nascidos

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 12/05 14:55h
6 regras de etiqueta para quem vai visitar bebês recém-nascidos

O bebê finalmente nasceu, após nove meses de espera e ansiedade geral, e todo mundo quer visitar e levar presentes para o novo chegado. O problema é que a ansiedade muitas vezes é tanta que as pessoas só pensam em conhecer a criança sem se preocupar se os pais (ou o próprio bebê) estão preparados para receber visitas. Para você não ser uma pessoa inconveniente e atrapalhar os novos pais, é melhor seguir certas regras de etiquetas, compiladas pelo UOL:

1. Agende a visita e não demore

O bebê acabou de nascer e você já quer conhecê-lo? Calma, não tenha tanta pressa. Consulte primeiro os pais da criança para saber se pode e qual o melhor horário. Jamais, em hipótese alguma, chegue sem avisar, pegando a todos desprevenidos, nem demore horas na visita, pois todos ainda estão se adaptando à nova rotina e estão muito cansados.

2. Não faça visitas doente

Mesmo que a visita esteja marcada, não vá visitar um recém-nascido caso você esteja doente. “Na presença de qualquer sinal de gripe, resfriado, náusea, diarreia, dor de garganta ou cabeça a visita deverá ser desmarcada. Esses sintomas podem significar o início de um quadro viral ou bacteriano que pode ser transmitido aos pais ou ao recém-nascido e ter consequências bem danosas, como uma internação hospitalar”, explica Débora Passos, pediatra da Maternidade Pro Matre Paulista.

Comente agora

Mães brasileiras preferem ganhar viagem de presente, mostra estudo

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 12/05 08:03h
Mães brasileiras preferem ganhar viagem de presente, mostra estudo

O Estudo Geral de Meios (EGM), da Ipsos, revela que viajar é a maior vontade das mães brasileiras. A pesquisa ouviu mais de 12 mil mães, em nove cidades brasileiras, e apurou que o desejo de 32,7% delas é realizar uma viagem pelo país ou para o exterior. O maior índice está em Brasília (42,6%), seguido por Belo Horizonte (41,5%) e São Paulo (39,2%). A segunda preferência apontada pelas entrevistadas é a de adquirir eletrodomésticos e/ou móveis para casa. 32% das entrevistas escolheram essa opção, principalmente as mães da região Nordeste. Nas capitais do Ceará, Bahia e Pernambuco a incidência foi de 37,7%, 36,1% e 35,2%, respectivamente. Os smartphones também não ficaram de fora da lista de desejos.

Comente agora

Cuidar dos filhos cansa tanto como trabalhar, aponta estudo

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 11/05 08:46h
Cuidar dos filhos cansa tanto como trabalhar, aponta estudo

Fazer com que os filhos comam um pouco mais de verdura, apressá-los para chegar na escola na hora ou levá-los a todos seus compromissos, como aniversários, aulas de música, inglês, natação ou consultas no médico são alguns dos principais ingredientes que conduzem a um desgaste físico e emocional total de um a cada 10 pais que somam todas essas atividades com o seu trabalho e afazeres pessoais. É o que afirma um estudo publicado na última edição da revista científica “Frontiers in Psycology” e conduzido pela Universidade Católica de Lovanio, na Bélgica, no qual participaram cerca de 2 mil pais.

Comente agora

Tento ajudar pessoas oprimidas pela religião, diz Priscilla Alcântara na Globo

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 11/05 00:50h
Tento ajudar pessoas oprimidas pela religião, diz Priscilla Alcântara na Globo

A ex-apresentadora de programa infantil e atual cantora gospel participou nesta terça-feira (9) do programa ‘Conversa com Bial’ da Rede Globo. Com 20 anos de idade, sendo 14 anos de vida pública, ela contou que aprendeu a lidar bem cedo com as críticas. Depois de anos no ‘Bom Dia & Cia’ (SBT) ela migrou para a carreira de youtuber. Em seu canal, “Vlog de Tudo”, a jovem fala principalmente sobre questões espirituais. Durante o programa ela disse que estuda muito a Bíblia e acredita que seus vídeos são influência positiva para muitos. “Eu ajudo pessoas que de algum modo foram frustradas ou traumatizadas com a religião. Ajudo todo mundo que precisa de uma esperança na vida. A maioria são jovens, que de alguma forma elas me veem como amiga”. Depois, rebateu os que não simpatizam com suas posturas: “A religião muitas vezes oprime e sobrecarrega o homem, sendo que a cruz nos fez livres da escravidão. Muitas vezes essas pessoas foram frustradas com a religião, e eu tento ajuda-las a não descontar essa frustração, que a religião trouxe, em Deus”. Também disse que não se importa com a opinião dos evangélicos que não concordam com suas declarações, muitas vezes polêmicas: “Existem muitas pessoas religiosas que não gostam do que eu faço, por sair do padrão, mas eu tenho uma vida com Deus, que nunca me impôs algum tipo de rótulo então”. Ressaltando que não gosta de pregar uma religião, mas sim a pessoas de Jesus, com quem tem intimidade.

Assista abaixo: 

Comente agora

“Homossexualidade não é um pecado pior que os outros”, diz John Piper

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 10/05 23:52h
“Homossexualidade não é um pecado pior que os outros”, diz John Piper

John Piper, conhecido teólogo e autor de livros, foi confrontado com uma questão que é recorrente na abordagem que os cristãos fazem sobre o movimento gay. “A homossexualidade é pior para a sociedade que outros pecados?”. Em sua resposta, divulgada no programa de rádio online que mantém, ele explicou que outros pecados como ganância e orgulho são muito mais comuns que o comportamento homossexual. “Não tenho dúvidas que uma quantidade muito maior de pessoas terão suas vidas arruinadas nesta e na outra vida por causa de pecados como ganância, orgulho, egoísmo e raiva excessiva do que aqueles que serão arruinadas pelo comportamento homossexual pecaminoso”, ressaltou. Ele explicou sua posição com dois argumentos: “Por um lado, esses pecados são mais comuns que a relação sexual homoafetiva. Segundo, esses pecados (ganância, orgulho, egoísmo e raiva excessiva) são mais sutis e passam mais facilmente como algo aceitável”. Piper também disse acreditar que “a homossexualidade não é um pecado pior e nem tão comum quando ganância, orgulho, egoísmo e raiva”. 

Assista ao vídeo abaixo: 

O teólogo acredita que essa questão passou a receber muito mais atenção que os outros não por que “destrói mais as pessoas”, mas por que é notícia. “Não são os cristãos que colocam seguidamente a homossexualidade na imprensa”, lembra, “mas somos forçados a explicar nossa posição sobre o assunto publicamente, seja pela pregação ou por escrito, com tanta frequência por que a mídia fez disso algo tão importante que precisamos explicar aos não cristãos como nós vemos isso”. Lembrou ainda que este pecado, ao contrário de tantos outros, possui defensores articulados e insistentes, por isso o assunto aparece tanto. “Se todos os pecados estivessem sendo defendidos com a mesma veemência, provavelmente falaríamos mais sobre eles”, provoca.

Comente agora

Fome noturna: 10 dicas para evitar a compulsão

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 10/05 14:01h
Fome noturna: 10 dicas para evitar a compulsão

A fome noturna é mais comum do que se imagina e estudos apontam que 25% das pessoas com excesso de peso possuem o hábito. Tanto que os cientistas identificaram que alguns casos podem ser caracterizados como Síndrome, cujos sintomas são: excesso de fome à noite, o que leva a um alto consumo de calorias e ausência de fome durante a manhã, perda de controle sobre a quantidade de comida ingerida, distúrbio marcado (perturbação emocional) em episódios de compulsão, comer mais rapidamente do que o normal, comer até sentir-se desconfortavelmente cheio, comer grandes quantidades de alimentos, mesmo sem sentir fome física, comer sozinho por vergonha, armazenar alimentos para consumir secretamente mais tarde, nunca se sentir satisfeito ou saciado, não importa a quantidade de alimento consumido, entre outros. De acordo com o médico Juliano Pimentel, o problema pode ser causado pela dificuldade em dormir e as consequências são o maior risco de obesidade, doença cardíaca, diabetes e hipertensão; aumento da ansiedade, depressão e irritabilidade;

Comente agora

10 fatos surpreendentes sobre bebês que você provavelmente não sabe

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 10/05 12:49h
10 fatos surpreendentes sobre bebês que você provavelmente não sabe

Bebês, esses seres fofos, cheios de sono, fome e... enigmáticos. Saber sobre o que passa na cabeça de um bebê e o que estão sentindo pode ser um verdadeiro desafio para os pais. A ciência ainda estuda sobre a biologia dos bebês e a neurociência ainda não sabe tudo sobre estes pequenos seres. Confira alguns fatos que a ciência já descobriu sobre os bebês e que você provavelmente não sabia, segundo o site Mistérios do Mundo:

  1. 1. Um bebê humano tem 60 ossos a mais que um adulto.
  2. 2. Um bebê recém-nascido tem cerca de um copo de sangue em seu corpo.
  3. 3. Os bebês nascem sem bactérias em seus sistemas digestivos, mas isso alguns dias após o parto.
  4. 4. Os recém-nascidos só enxergam em preto e branco por alguns meses.
Comente agora

28% das mulheres deixam emprego após se tornarem mães

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 09/05 12:56h
28% das mulheres deixam emprego após se tornarem mães

A maternidade pode representar uma pausa na carreira de muitas mulheres. Pesquisa realizada pela Catho mostra que 28% deixaram o mercado de trabalho após a chegada dos filhos. Percentual cinco vezes maior do que a dos homens – entre eles, apenas 5% deixam o emprego para cuidar das crianças. Ainda de acordo com a pesquisa, mesmo entre os homens que resolvem dar um tempo no trabalho para tomar conta da criança, 49% deles voltam ao emprego em menos de seis menos. Por outro lado, a situação é um pouco mais complicada para as mães. “As mulheres acabam abrindo mão da vida profissional em prol da maternidade por muito mais tempo, o que dificulta ainda mais a retomada”, explicou a gerente de relacionamento com cliente da Catho, Kátia Garcia.

Comente agora

Depressão e bullying: qual o papel da escola e da família?

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 08/05 09:49h
Depressão e bullying: qual o papel da escola e da família?

Os dados assustam e fazem uma alerta para os pais, responsáveis e as instituições de ensino. De acordo com os índices divulgados pela BBC Brasil, entre 1980 a 2014 a taxa de suicídio aumentou 28%. Além disso, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o País é o campeão mundial do transtorno de ansiedade e o quinto colocado em pessoas com depressão. Com esses dados, estima-se que 11,5 milhões de brasileiros sofram de depressão. Tendo em vista esse cenário e a divulgação de casos de jovens que passaram a atentar contra a própria vida; participando de desafios e jogos, como o da ‘Baleia Azul’, chegando inclusive a se mutilar; o alerta ficou ainda mais agudo entre as instituições de ensino e os pais desses adolescentes. Diante do problema, inúmeros questionamentos vieram à tona e a preocupação em relação à responsabilidade em prol da formação dos valores, do caráter e do fator emocional desses adolescentes tem aumentado.

Comente agora

A ciência confirma: xingar deixa você mais forte

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 06/05 10:06h
A ciência confirma: xingar deixa você mais forte

Pesquisadores da Universidade de Keele, na Grã-Bretanha, e da Long Island University Brooklyn, nos Estados Unidos confirmaram cientificamente que xingar aumenta a força durante exercícios físicos. A descoberta foi anunciada nesta sexta-feira, na Conferência Anual da Sociedade Britânica de Psicologia, pelo psicólogo Richard Stephens, da Universidade de Keele. “Sabemos de nossas pesquisas anteriores que xingar torna as pessoas mais capazes de tolerar a dor. Seguindo essa linha, nós esperávamos que também tornaria as pessoas mais fortes”, disse Stephens. Para confirmar a teoria, os pesquisadores mediram a intensidade com que 29 pessoas faziam um exercício de curta duração e alta intensidade na bicicleta ergométrica falando palavrões e o compararam com a mesma atividade feita sem xingamentos. Eles também fizeram um teste de Handgrip – aparelho que testa a força de pressão das mãos – com 52 participantes com e sem xingamentos.

Comente agora

Baianos estão casando mais no Civil, revela estudo

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 05/05 09:21h
Baianos estão casando mais no Civil, revela estudo

O mundo vem mudando e, com ele, também vem acontecendo mudanças no comportamento, em várias áreas, da sociedade em geral. Um desses exemplos tem sido o aumento no número de uniões estáveis aqui na Bahia em detrimento dos casamentos, apesar de os casais ainda preferirem, em sua maioria, a união tradicional. De acordo com um levantamento feito pelo Colégio Notarial do Brasil (CNB), que atua nos tabelionatos de notas em todo o país, mais de 13.500 uniões deste tipo foram realizadas no estado entre os anos de 2013 e 2016. Apesar de ter tido uma queda registrada entre 2013 e 2015, de 39%, essa modalidade de aliança voltou a crescer entre 2015 e 2016 em pouco mais de 34% na Bahia (2.463 no primeiro ano contra 3.309 no segundo).

Comente agora

Treinar a empatia, compaixão e altruísmo são a chave da felicidade

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 04/05 21:49h
Treinar a empatia, compaixão e altruísmo são a chave da felicidade

Treinar a felicidade, será que dá? A bióloga, pesquisadora do Instituto do Cérebro Elisa Kozasa explicou que a ciência já provou que sim no último programa da série ‘Meditação: se ligue em você’, do Bem Estar. Testes feitos com crianças bem pequenas mostram que, mesmo que elas tenham que parar de brincar, estão sempre dispostas a ajudar. Pesquisadores mostraram que a compaixão é um traço da evolução humana e também pode ser treinada. A pediatra e consultora Ana Escobar mostrou em que idade o nosso cérebro pode ser moldado com mais facilidade. Treinar a empatia, a compaixão e o altruísmo são a chave da felicidade. Estudo mostram que as pessoas nascem com a bondade inata, e é que é preciso alimentá-la, treiná-la ao longo da vida para nos tornarmos seres humanos melhores e mais felizes. E a meditação também torna a pessoa mais feliz.

Comente agora

6 mitos muito comuns sobre exercícios que você precisa saber

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 03/05 17:42h
6 mitos muito comuns sobre exercícios que você precisa saber

No mundo fitness, existem muitas informações e recomendações para ganhar massa magra e diminuir massa gorda, para quem deseja a hipertrofia ou mesmo para quem deseja apenas aumentar a resistência. Qualquer que seja o seu objetivo na academia, todo mundo sempre está pronto a dar algum conselho sobre o que é melhor para a sua saúde ou músculos. Contudo, nem todas as verdades absolutas estão realmente certas. A BBC Mundo selecionou os seis maiores mitos do mundo fitness e trata de desmistificá-los:

1. É preciso fazer muito exercício para ficar em forma

Não, não tem. E cada organismo funciona de uma maneira diferente. Em pouco tempo é possível alcançar resultados, segundo estudos científicos. O mais importante é o bem-estar e não um corpo super atlético e tonificado. "Uma pessoa está em boa forma física quando faz check up médico e os resultados são positivos, tem uma alimentação adequada, está psicologicamente estável e pratica esportes regularmente em nível recreativo e o aproveita", afirma o professor de educação física Juan Francisco Marco.

2. É melhor fazer exercícios pela manhã

O ritmo circadiano, ou relógio biológico, é o que regula o funcionamento de cada organismo e sua capacidade de desempenhar funções e atividades ao longo do dia. Tem gente que trabalha melhor de madrugada, tem gente que "funciona" melhor depois do almoço e há quem não consiga fazer exercícios de manhã. A manhã é um ótimo horário para fazer exercícios, mas não para todo mundo - tudo depende do relógio biológico, do clima, da luminosidade e até das estações. O melhor mesmo é fazer exercícios no horário em que você se sente melhor. O recomendável é, apenas, não fazer exercícios após às 9 ou 10 da noite, para não atrapalhar no sono e na produção de melatonina.

3. Os tênis mais caros são os melhores

Quando for procurar um tênis que se adeque às suas necessidades, não significa quer o mais caro será o melhor. O mais importante é escolher calçados que sejam cômodos e que tenham espaço para que o pé possa expandir durante a prática de exercícios.

4. É preciso comer muito carboidrato, ou proteína, ou fruta

Não existe uma dieta específica nem perfeita para fazer exercícios, ela varia de organismo para organismo. Uma boa dieta é recomendável para ter melhor rendimento, mas somente um especialista poderá lhe indicar a ideal. Na nutrição, não existe receita milagrosa.

5. O suor é sempre bom para o exercício

Cada pessoa sua de uma forma bem específica e ele varia de pessoa para pessoa e não significa, necessariamente, que se está emagrecendo - apenas perdendo água. O suor é um mecanismo de termoregulação e desintoxicante, mas o líquido perdido deve ser reposto.

6. É preciso alongar antes do exercício

Segundo a BBC Mundo, é recomendável, mas não essencial e depende mais da intensidade do exercício. O tipo de alongamento também é importante. (Noticias ao Minuto)

Comente agora

5 sinais de que você anda muito estressado

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 03/05 15:57h
5 sinais de que você anda muito estressado

Estresse: conjunto de perturbações orgânicas e psíquicas provocadas por vários estímulos ou agentes agressores, como frio, doença, emoção, choque cirúrgico, condições de vida muito ativa, excesso de trabalho, etc. Todos estes e outros agentes, de forma conjunta ou isolada, levam a um aumento da produção e libertação de cortisol, hormônio que atua perante uma situação de estresse e que tem um impacto altamente nocivo na saúde quando se apresenta em níveis exagerados. Quando se apodera do organismo, o cortisol consegue ter um efeito direto e negativo na saúde física e mental, dando origem a uma série de sintomas que podem se prolongar e que podem ainda causar um novo aumento dos níveis de cortisol. Sim, é um círculo vicioso nem sempre fácil de prevenir ou controlar. A insônia, diz o site Hello Giggles, é uma das consequências mais comuns do estresse e das que mais tende a agravar conforme os níveis de cortisol aumentam. Na prática, estar estressado tira (literalmente) o sono e esta incapacidade de dormir nada mais faz do que deixar a pessoa ainda mais estressada.

Comente agora

7 coisas que você jamais deve fazer de manhã cedo

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 03/05 14:46h
7 coisas que você jamais deve fazer de manhã cedo

Todos os dias somos bombardeados com informações sobre o que é saudável e o que não é, o que você deve fazer para viver uma vida melhor, o que deve comer, vestir, pensar e evitar. Mas nem sempre as pessoas dão especial atenção ao que fazem logo ao acordar, um momento importantíssimo do dia e que influencia diretamente as próximas 12 horas. Para ter mais produtividade, para ter menos estresse, para começar o dia com a energia alta e continuar assim ao longo do dia, existem certos hábitos que devem ser abandonados totalmente, segundo o Independent:

1. Não adie o despertador: Este hábito faz seu cérebro voltar ao ciclo de sono, de acordo com o site ASAP Science. Quando você acorda novamente, interrompe um sono profundo, o que te fará se sentir "grogue". Quando você acorda de uma vez, após uma noite completa de sono, tende a ficar menos sonolento.

2. Não beba café: Sim, café ajuda a acordar, mas não necessariamente após acordar. O corpo produz um hormônio chamado cortisol, que nos faz sentir mais acordados, porém a cafeína interfere na produção deste hormônio, o que faz o corpo se tornar mais dependente de cafeína e produzir menos cortisol. Espere até por volta das 10 h para beber a primeira xícara.

Comente agora

Jovem cristão cria desafio “Baleia Branca”

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 01/05 12:43h
Jovem cristão cria desafio “Baleia Branca”

Recentemente o polêmico jogo da “Baleia Azul” causou um grande impacto na sociedade brasileira. A brincadeira incita os adolescentes a cumprirem 50 desafios que envolvem automutilação e suicídio. Em contrapartida a este jogo que busca jovens com fragilidade emocional, Donizete Fernandes (21), morador de Anápolis (GO), criou o “Baleia Branca”, uma versão do ‘bem’ para a mesma faixa etária. Após perceber a gravidade do caso, o jovem que atua na administração de páginas cristãs no Facebook, ficou motivado a tomar alguma iniciativa para combater essa ameaça, surgiu então o aplicativo. O jogo tem apoio de um shopping e do governo municipal de Anápolis. Ele se baseia em desafios que promovem o bem-estar social: doação de sangue, ajudar entidades carentes, plantar uma árvore, auxiliar uma pessoa com necessidade, etc. A divulgação da nova versão do jogo contará com a distribuição de panfletos em locais públicos, e de grande circulação de pessoas na cidade.

Comente agora

Liberto pelo evangelho, ex-usuário de crack abre clínica para viciados

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 30/04 14:46h
Liberto pelo evangelho, ex-usuário de crack abre clínica para viciados

O funcionário público Altair Araújo de Macedo é mais um bom exemplo de pessoas que conseguem superar o vício através da fé. Atualmente ele lidera um grupo de apoio para pessoas que desejam se libertar do vício em drogas no Rio Grande do Norte, onde mora. “Minha história nas drogas começou com 10 anos de idade, quando os meus pais se separaram. Aí fomos morar em Natal, na casa da minha tia, que era nada menos que uma das piores traficantes ali de Cidade Nova. Ela fumava aquelas drogas, maconha, e jogava as ‘piúbas’ fora, e eu, uma criança inocente, ia lá e começava a fumar. Quando minha mãe percebeu eu estava viciado”, lembra Altair. Algum tempo depois, Altair acabou entrando para o mundo do crime e passou a traficar. Também foi apontado como suspeito de um assassinato, mas o crime que nunca foi provado. “Eu era conhecido como Altair, o Lampião do Carrasco. Eu gostava de andar com um facão e uma faca de doze, naquela época ninguém tinha um .38. No ano de 1995, vários colegas meus morreram. Depois fui morar ali no bairro da Primavera, e foi quando eu conheci o crack”, explica. Ele morou na rua e em casas abandonadas. Sobre essa época ele relata: “Muitas vezes eu ficava dias e noites, até quatro dias aqui dentro, o que tinha era só um papelão, uma garrafa de água e drogas, maconha. Muito, muito ruim mesmo. Porque foi aqui que eu conheci verdadeiramente o crack. O final de todos que conhecem essa droga é uma ruína dessa. Tento esquecer, mas muitas vezes falo como testemunha, para edificar outras vidas”. Altair quase morreu após ter uma overdose. Sua primeira esposa dele morreu de AVC, e os dois filhos se afastaram. Ele chegou ao “fundo do poço” e só conseguiu sair de lá após ter conhecido uma igreja evangélica. 

Comente agora

Torcedor que está tatuando camisa do Fla vai processar quem ofendê-lo

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 29/04 17:19h
Torcedor que está tatuando camisa do Fla vai processar quem ofendê-lo

Sabe o torcedor do Flamengo que ficou famoso por anunciar que estava fazendo uma tatuagem da camisa do clube em tamanho real? Pois então, ele agora prometeu processar quem ofendê-lo. José Maurício dos Anjos, que é de Joinville, Santa Catarina, diz ter recebido muitas mensagens ofensivas nas redes sociais pelo fato de decidir registrar na pele o seu amor pelo rubro-negro carioca. De acordo com o jornal Extra, o torcedor e o tatuador Robinho já estão em contato com um escritório de advocacia na cidade catarinense. “Muitos pensam que a internet é uma ‘terra sem lei’, por isso ofendem a honra das pessoas e de seus familiares, na certeza que estarão impunes, mas a partir de agora todos que me ofenderam ou à minha família serão responsabilizados civilmente”, publicou José Maurício no Instagram. Maurício passou por mais uma sessão da tatuagem nesta quinta-feira (27). A tatuagem em questão pode custar até R$ 10 mil, mas Robinho está fazendo gratuitamente para o amigo. Assista no vídeo acima. (Noticias ao Minuto)

Comente agora

É preciso falar sobre bullying, depressão e suicídio, alertam especialistas

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 29/04 15:19h
É preciso falar sobre bullying, depressão e suicídio, alertam especialistas

“Depressão é uma doença que faz a gente parar de enxergar a realidade que está a nossa volta. Por mais que alguém diga que você é bonita, bem-sucedida, nada disso adianta quando a gente está com esse defeito na cabeça, que diz exatamente o contrário”, conta Nauzila Campos, de 25 anos. A jornalista, advogada e modelo convive com a doença desde 2015. No mês em que a Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta para o aumento de casos de depressão, especialistas e pessoas em tratamento destacam a necessidade de debater o assunto e de lidar com a influência do bullying sobre a depressão e da depressão sobre o suicídio. O número de pessoas que vivem com depressão, segundo a OMS, cresceu 18% entre 2005 e 2015. A estimativa é de que, atualmente, mais de 300 milhões de pessoas de todas as idades sofram com a doença no mundo. “No pior dos casos, a depressão pode levar ao suicídio, segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos”, destaca a OMS.

Comente agora

Como ter um estilo de vida mais amigo do ambiente

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 29/04 08:34h
Como ter um estilo de vida mais amigo do ambiente

Adotar um estilo de vida mais ambientalista e sustentável não é tão complicado como parece. O segredo é seguir alguns truques que devem passar a ser praticados diariamente, fazendo parte de uma rotina individual e também familiar. Seguir o exemplo da França, que baniu o uso de plásticos, é apenas um exemplo de como é fácil ter um estilo de vida mais amigo do ambiente. Mas existem outros tão ou mais eficazes e igualmente práticos e fáceis, como é o caso da exclusão da carne pelo menos uma vez por semana. Além de diminuir a emissão de gases e do efeito de estufa, a redução do consumo de carne ajuda ainda a preservar a vida animal e também humana. Um estudo da Universidade de Oxford revelou que quanto menos carne as pessoas consumirem, mais vidas serão preservadas no futuro.

Comente agora

Fotos de comida no Instagram incentivam alimentação saudável

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 27/04 19:26h
Fotos de comida no Instagram incentivam alimentação saudável

Fotografar seu café da manhã ou suas refeições ao longo do dia e postar as imagens no Instagram pode ajudar sua saúde, indica um estudo que será apresentado em maio durante a Conferência sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais, nos Estados Unidos. Segundo os resultados pesquisa, pessoas que costumam divulgar fotos de comida na rede social utilizam as postagens para monitorar sua própria dieta e acabam entrando mais em contato com conteúdos saudáveis de outros usuários. Além disso, elas também recebem mais apoio de seus seguidores para cumprir suas metas de alimentação. Segundo os cientistas, esses resultados serão usados para desenvolver ferramentas que sejam capazes de estimular hábitos saudáveis no geral. Em vez de utilizar métodos tradicionais para observar o que andam comendo, como diários e aplicativos nos quais a pessoa deve escrever tudo o que come, alguns usuários fotografam os alimentos ingeridos durante o dia e compartilham as imagens no Instagram, geralmente utilizando alguma hashtag.

Comente agora

Transtornos psíquicos são 3ª maior causa de afastamento do trabalho

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 27/04 09:33h
Transtornos psíquicos são 3ª maior causa de afastamento do trabalho

Nos últimos quatro anos, transtornos mentais e comportamentais, como altos níveis de estresse, foram a terceira maior causa de afastamento dos trabalhadores brasileiros. Mais de 17 mil casos de concessão do auxílio-doença e da aposentadoria por invalidez foram registrados entre 2012 e 2016 com este motivo, segundo o Boletim Quadrimestral sobre Benefícios por Incapacidade, divulgado parcialmente nesta quarta-feira (26) pelo governo federal. De acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o estresse pode causar alterações “agudas e crônicas” no comportamento das pessoas, principalmente “se o corpo não consegue descansar e se recuperar” das atividades trabalhistas.

Comente agora

Brasileiros frequentam mais teatros e cinemas, diz pesquisa

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 25/04 21:44h
Brasileiros frequentam mais teatros e cinemas, diz pesquisa

Pesquisa nacional divulgada hoje (24) pela Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ) sobre os hábitos culturais dos brasileiros revela que 56% dos entrevistados – o correspondente a cerca de 86 milhões de pessoas – frequentaram pelo menos uma atividade cultural no ano passado, com avanço de três pontos percentuais em comparação a 2015. Em relação a 2008, o resultado mostrou incremento de 13 pontos percentuais.  A sondagem foi feita em parceria com o Instituto Ipsos, entre os dias 30 de novembro e 12 de dezembro de 2016, com uma amostra de 1.200 pessoas, em oito capitais (Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Florianópolis, Salvador, Recife, Porto Alegre e Brasília) e em mais 64 cidades do país. A principal atividade mencionada foi a leitura de livros, revelando a prática por 37% dos entrevistados e aumento de seis pontos percentuais comparativamente ao início da série histórica, em 2007.

Comente agora

Nomes de ruas: detalhes de uma sociedade ainda machista

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 24/04 08:59h
Nomes de ruas: detalhes de uma sociedade ainda machista

Todos os dias a população brasileira vivencia a cidade. Indo para o trabalho, escola, faculdade, para o shopping, cinema, centro da cidade ou flanando, as pessoas sentem os centros urbanos e as ruas que os constituem. Em meio a todos os elementos do cotidiano, alguns se questionam: que ruas são essas que passamos todos os dias e se cristalizam como referências? Quem são essas pessoas que nomeiam as metrópoles brasileiras? Por que a maioria das homenagens, em nomes de ruas e locais públicos, são para homens nas cidades? De acordo com uma pesquisa realizada em 2012, pela Secretaria de Direitos Humanos e Segurança Cidadã (SDHSC), no Recife havia, na época, 11.761 logradouros dos quais 561 eram nomeados por mulheres.

Comente agora

Taxa de suicídio entre jovens sobe 10% desde 2002

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 22/04 14:06h
Taxa de suicídio entre jovens sobe 10% desde 2002

e assunto mantido entre quatro paredes a tema de série na internet, o suicídio de jovens cresce de modo lento, mas constante no Brasil: dados ainda inéditos mostram que, em 12 anos, a taxa de suicídios na população de 15 a 29 anos subiu de 5,1 por 100 mil habitantes em 2002 para 5,6 em 2014 - um aumento de quase 10%. Os números obtidos com exclusividade pela BBC Brasil são do Mapa da Violência 2017, estudo publicado anualmente a partir de dados oficiais do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde. Um olhar atento diante de uma série histórica mais longa de dados permite ver que o fenômeno não é recente nem isolado sobre o que acontece com a população brasileira. Em 1980, a taxa de suicídios na faixa etária de 15 a 29 anos era de 4,4 por 100 mil habitantes; chegou a 4,1 em 1990 e a 4,5 em 2000. Assim, entre 1980 a 2014, houve um crescimento de 27,2%. Criador do Mapa da Violência, o sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz destaca que o suicídio também cresce no conjunto da população brasileira. A taxa aumentou 60% desde 1980. Em números absolutos, foram 2.898 suicídios de jovens de 15 a 29 anos em 2014, um dado que costuma desaparecer diante da estatística dos homicídios na mesma faixa etária, cerca de 30 mil.

Comente agora

Baleia Azul: Temor chega aos pais e às escolas baianas

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 21/04 13:08h
Baleia Azul: Temor chega aos pais e às escolas baianas

São quase dois meses cumprindo tarefas, quase sempre escondidas dos pais, e que podem resultar em morte. O assunto suicídio veio à tona recentemente por dois motivos: o ‘jogo’ mortal russo Baleia Azul, que estabelece desafios, cujo resultado é pôr fim à própria vida, e a série 13 Reasons Why (Os 13 Porquês), da Netflix, que trata de bullying e suicídio. No Brasil, mais de 10 casos de tentativas de suicídio entre adolescentes já estão em investigação e o temor chegou aos pais e às escolas. Um dos casos mais recentes aconteceu na Bahia. No início da tarde de ontem, o corpo da adolescente Ana Vitória Sena de Oliveira, 16 anos, foi encontrado no Rio São Francisco, na cidade de Petrolina (PE). Segundo a polícia, há a suspeita de que Ana Vitória, que morava em Juazeiro, no norte baiano, e estava desaparecida desde a última segunda-feira (17), tenha cometido suicídio. Segundo a polícia, não há sinais aparentes de violência. A garota deixou uma carta de despedida aos pais e ao namorado, em que diz “neste momento estou pulando da ponte”. No celular dela, os familiares encontraram o ‘jogo’. Outra adolescente, de 17 anos, fez uma inscrição no pulso com a palavra “Fim”, na cidade de São Félix, no Recôncavo Baiano, e foi internada em um hospital da cidade. O ‘jogo’ Baleia Azul começou na Rússia e o boato de que suicídios estariam relacionados a ele chegou ao Brasil este ano. Junto com ele, a suspeita de que as tentativas aqui também estariam relacionadas ao jogo. Diante do viral, a Polícia Federal, em Pernambuco, emitiu um comunicado para alertar pais e responsáveis sobre os riscos. 

Indução: 

Comente agora

Está sempre com fome? Saiba qual pode ser o culpado

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 20/04 19:42h
Está sempre com fome? Saiba qual pode ser o culpado

Você sente muita fome? Talvez você esteja consumindo muito sódio. O alimento, apontado como um dos maiores vilões da saúde no momento, também pode atrapalhar a dieta e não só pela razão comumente associada a ele, o inchaço. Um novo estudo, publicado recentemente no periódico científico Journal of Clinical Investigation, sugere que a ingestão de grandes quantidades de sódio aumenta a sensação de fome, o que pode contribuir para o ganho de peso. Além disso, ao contrário do que diz a sabedoria popular, o consumo de altos níveis da substância pode fazer você beber menos líquido e não mais, segundo informações do site especializado Health.com. No estudo, pesquisadores alemães e americanos acompanharam dez astronautas russos que participaram de programas de simulação de voo entre 2009 e 2011.

Comente agora

Depressão e falta de suporte na adolescência têm levado muitos jovens ao suicídio

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 20/04 10:39h
Depressão e falta de suporte na adolescência têm levado muitos jovens ao suicídio

A cidade de Monção, no interior do Maranhão, dormia silenciosamente, como de costume. Mas em uma casa, aquele silêncio típico se rompia por um alarido de dor: era o sofrimento da família de Thalia Menezes, adolescente de apenas 16 anos de idade, encontrada morta, no próprio quarto, onde gostava de passar as horas. Thalia se suicidou. Segundo pessoas mais próximas da família, a adolescente escreveu uma carta, onde mencionou sofrer depressão e não conseguir conviver com os abusos sexuais sofridos dentro de casa, cometidos pelo padrasto, a quem Thalia chamava de pai. Embora tudo leve a crer que, de fato, Thalia se matou, a polícia do Maranhão entrou no caso e investiga se, de fato, houve crime sexual e violência doméstica, que possam ter levado a jovem a tirar a própria vida. Mas as dúvidas em volta da morte de Thalia não tangem somente os supostos traumas que desencadearam a depressão.

Comente agora

A coisa mais importante na igreja é o sermão, indica pesquisa

Comportamento  Postado por Wilyam Reis - 19/04 16:58h
A coisa mais importante na igreja é o sermão, indica pesquisa

Uma nova onda na igreja contemporânea tenta usar slogans como relacional, relevante ou intencional para definir seus ministérios. Em alguns lugares grande parte do investimento é na estrutura do prédio, com o uso de tecnologia de ponta. Outros preferem apostar em grupos de louvor com músicos muito bem preparados e repertório “contagiante”. Contudo, uma nova pesquisa do Instituto Gallup revela que as pessoas que frequentam os cultos estão procurando mesmo é por pregação centrada na Bíblia. “Sermões que ensinam sobre as Escrituras” são a razão número um para motivar os fiéis a irem a um culto. Os pesquisadores descobriram que 82% dos evangélicos e 76% dos cristãos em geral consideram sermões com lições bíblicas o fator mais importante das reuniões religiosas (cultos/missas). Eles também estão procurando por maneira de aplicar o que aprendem, já que 80% dos evangélicos e 75% dos cristãos em geral valorizam mais sermões que conectam a fé a sua vida cotidiana. Os evangélicos são mais propensos a citar a importância do conteúdo do sermão que os católicos – cerca de dois terços dos entrevistados admitem que é isso o que mais os atrai para a igreja. Pregação sobre a Escritura e sua relevância foram melhor avaliados que programas para crianças (68% dos evangélicos), trabalhos de ação comunitária (61%) e atividades sociais (49%). “Numa cultura distraída e superficial como a nossa, as pessoas começam a sentir fome por algo raro: o foco, o equilibrado e o profundo”, acredita o pastor Matt Woodley. “Pregação profunda é a nossa melhor chance de mudar vidas”, insiste.

Comente agora

Feira erótica tem estande especial para evangélicos

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 18/04 18:11h
Feira erótica tem estande especial para evangélicos

No meio da Sexy Fair, feira erótica que ocorre no Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro, até este domingo (23), tem um estande inteiramente dedicado a evangélicos. Isso mesmo. São diversos vibradores, cápsulas vibratórias, anéis penianos e géis estimulantes, selecionados pelo casal João e Lídia Ribeiro para outros integrantes da congregação da qual fazem parte. Donos da loja Secret Toys, os dois também prestam consultoria para casais evangélicos há cinco anos. Segundo eles, os produtos eróticos não são incoerentes com os princípios religiosos. Ao contrário, João Ribeiro, que é português radicado no Brasil há seis anos, disse ao Extra que viu muitos amigos deixarem a igreja por causa de problemas de relacionamento. "Muitos ouviam que aquilo era ação do diabo para destruir o relacionamento deles. Na maioria dos casos era uma questão bem mais simples, uma dificuldade sexual que podia ser corrigida com a ajuda de cosméticos", defende o empresário.

Comente agora

Estudo revela nova teoria sobre a formação da memória

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 17/04 07:51h
Estudo revela nova teoria sobre a formação da memória

Qual o caminho percorrido pela mente humana até que uma experiência vivida se transforme em memória? Inicialmente, acreditava-se que um fato era armazenado em uma área específica do cérebro e, de acordo com sua utilidade, o registro era descartado rapidamente ou transformava-se em um fato marcante, capaz de ser recordado por muito tempo. Contudo, essa ideia tem sido rejeitada nos últimos anos por estudos que apontam que todas as lembranças podem ser armazenadas em diversos pontos do cérebro, ao mesmo tempo, sem qualquer distinção. Para essa linha de pesquisa mais recente, o importante é descobrir o itinerário das memórias no cérebro e como elas podem ser acessadas.

Comente agora
Veja mais

As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com