Voz


PodCast



Enquete





Blog

Comportamento

19 hábitos que detonam o cérebro

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 19/11 08:10h
19 hábitos que detonam o cérebro

Quando pensamos no impacto que os maus hábitos têm na saúde, pensamos quase sempre no ganho de peso e até mesmo no aparecimento de patologias associadas ao estilo de vida, como a obesidade e a diabetes e até mesmo alguns tipos de câncer. É o caso da ingestão diária de refrigerantes, um hábito que para muitos está apenas associado ao excesso de peso, mas que, na verdade, pode levar a um declínio cognitivo acelerado, distúrbios neurológicos e perdas de memória. Mas se os refrigerantes, por si só, são ruins, as versões light são ainda piores, pois podem ter um efeito ainda mais negativo por conta dos açúcares artificiais adicionados. O atum em lata, quando consumido em excesso, pode aumentar consideravelmente os níveis de mercúrio no corpo, conhecido por atuar negativamente na saúde mental, tal com acontece com o sal refinado, um outro ingrediente associado ao ganho de peso, mas que tambémé prejudicial à saúde, levando a casos de perda de memória e dificuldade em realizar tarefas mentais comuns. Conta o site Eat This, Not That! que o açúcar é outro inimigo do cérebro, especialmente quando consumido diariamente e nos mais variados tipos de alimentos. Sim, o suco de laranja no café-da-manhã (especialmente de pacote) também conta.

Comente agora

Sacerdote católico pede que cristãos abandonem o “Natal”

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 19/11 00:57h
Sacerdote católico pede que cristãos abandonem o “Natal”

“Perdemos o Natal como já tínhamos perdido a Páscoa e devemos abandonar essa palavra”, declarou Desmond O’Donnell, sacerdote católico do condado de Fermanagh, Irlanda do Norte. Ele, que também é psicólogo e escritor, disse ainda que “Temos que admitir que ele [o termo Natal], já foi tomado de nós e só temos que reconhecer e aceitar esse fato”. Segundo ele, “Eu só consigo ver um resgate da realidade do Natal para os cristãos se abandarmos ‘Natal’ e o substituirmos por outro nome. A realidade é que ‘Natal’ não significa mais ‘nascimento’”. O padre O’Donnell argumentou que sua própria “experiência religiosa” com o “Natal verdadeiro” é “muito profunda e real, como o ar que eu respiro”. Ao mesmo tempo, defende que as pessoas não religiosas “merecem e precisam de sua celebração. Essa é uma dinâmica humana essencial e todos precisamos disso na dureza da vida”. O sacerdote faz um prognóstico sombrio. Avisa que, se os cristãos não abandonarem a palavra “Natal”, isso significaria que “a secularização e a vida moderna continuarão guiando a Igreja”, que por sua vez “começaria a desmoronar institucionalmente”.

Comente agora

Padre Reginaldo Manzotti diz que universidades são “fábricas de ateus”

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 17/11 00:58h
Padre Reginaldo Manzotti diz que universidades são “fábricas de ateus”

O padre Reginaldo Manzotti gerou polêmica ao dar uma entrevista na Paraíba. Falando no programa Frente a Frente, na TV Arapuan, na noite de segunda-feira (13), ele avaliou os posicionamentos políticos da igreja católica. “A igreja teve um papel muito grande na própria formação do PT. Hoje o criador não reconhece a criatura, mas, talvez fruto disso, a CNBB tem pedido e eu tenho também incentivado, que tem que haver uma reforma política completa, estrutural. Não é maquiar a política… Gente, faz anos que a discussão em Brasília não é tentar governar para o povo, é tentar lutar para manter a pessoa na cadeira. Isso não é política”, reclamou. Para ele, “a igreja está se pronunciando, sim”. Falando como cidadão, mandou um aviso: “Aqueles que foram citados roubando jamais terão meu voto. Se já tiveram, me arrependo, e nunca mais votarei. Esqueça-os. É um momento de renovação e a melhor renovação acontece nas urnas. É isso que nós acreditamos”. Avaliando a ideologia de gênero, o sacerdote admitiu que a igreja católica está ficando incomodada com a pressão exercida pelos movimentos sociais. “Uma coisa é você acolher a pessoa que tem uma orientação homoafetiva. Outra coisa é você aceitar união do estado civil, outra coisa é você equiparar essa união a união de homem e mulher. Gente, tudo bem, as pessoas estão com a filosofia bastante complicada. Hoje, o maior problema nosso é a educação. Mas não dá para você equiparar, e dizer que é a mesma coisa em grau, gênero e espécie”, apontou. Manzotti também ironizou quem defende um “terceiro sexo”. 

Comente agora

5 formas de ser mais produtivo logo de manhã

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 14/11 10:09h
5 formas de ser mais produtivo logo de manhã

A produtividade constrói-se aos poucos, com pequenos gestos diários e com pequenas mudanças que, no final de todas as contas, fazem uma tremenda diferença. Mas, para que essas mudanças aconteçam, é preciso força de vontade e capacidade de mudar de imediato. Se está no meio do dia de trabalho e ainda não fez metade das tarefas que lhe foram destinadas, então o melhor é mudar logo de noite: Vá mais cedo para a cama e coloque o despertador para uma hora antes do habitual. Além de ganhar mais tempo com 'energia fresca', a probabilidade de ter pensamentos negativos é menor do que o das pessoas que deitam tarde, lê-se no site da revista Time, que destaca, claro, a importância e os efeitos benéficos da qualidade de sono. Como vai acordar um pouco mais cedo amanhã, deve ainda aproveitar estes minutos extras para meditar, e quanto mais cedo o fizer, maiores serão os benefícios para a saúde física e para a capacidade de concentração, fundamentais para a produtividade. A prática de exercício físico também deve fazer parte desta nova rotina de produtividade matinal, não só por ajudar a combater os pensamentos depressivos, mas também por ser uma fonte de energia física e mental.

Comente agora

“O evangélico conservador está cada vez mais barulhento”, reclama Estadão

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 13/11 18:33h
“O evangélico conservador está cada vez mais barulhento”, reclama Estadão

Nas últimas semanas, boa parte da mídia brasileira vem fazendo uma campanha velada contra o que classifica de “extrema direita”. Todo grupo político ou religioso que se opõe às pautas globalistas e que contrariam o “politicamente correto”, vem recebendo o mesmo rótulo. Foi no Estadão que a jornalista Eliane Cantanhêde, que também é comentarista da GloboNews, em sua coluna do dia 12 defendeu Judith Butler e reclamou do que chama de “contra-ataque do conservadorismo”. Nesta segunda-feira, o jornal apresentou uma longa entrevista com o sociólogo e professor da USP Ricardo Mariano. O tema era a preocupação da publicação com “o radicalismo no discurso conservador das igrejas evangélicas”. Mariano reclamou que “o discurso moralista está ocupando a mente da população e entrando na pauta dos debates de maneira decisiva na próxima eleição presidencial”. Para a publicação isso é ruim, pois “o evangélico conservador está cada vez mais barulhento”. Na semana passada, ocorreu o encontro anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (Anpocs), onde 1200 cientistas sociais discutiram exaustivamente sobre os impasses atuais da democracia brasileira. Obviamente, a religião foi um dos assuntos em pauta. Mariano, atual secretário geral da Anpocs, apresentou um estudo sobre a expansão e o ativismo político dos grupos evangélicos conservadores no país. Nele, se queixa que, via de regra, os evangélicos se opõe a todo tipo de aborto e ao casamento gay.

Comente agora

Dormir pouco faz tão mal quanto beber, aponta estudo

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 13/11 18:29h
Dormir pouco faz tão mal quanto beber, aponta estudo

A qualidade e o tempo de sono é um dos maiores indicadores da saúde humana. Apesar do crescente alerta para a importância das noites bem dormidas, o sono ainda é desvalorizado. E qual a consequência disso? Menos saúde - muito menos saúde, para falar a verdade. É o que diz um novo estudo, publicado na revista Nature Medicine e realizada pela Universidade de Tel Aviv, que concluiu que dormir pouco tem consequências bem mais nocivas do que o consumo exagerado de bebidas alcoólicas. "Descobrimos que a falta de sono reduz a capacidade dos neurônios funcionarem, causando lapsos cognitivos", explica Itzhak Fried, um dos mentores do estudo que alertou ainda para o fato de a falta de sono (ou de uma rotina eficaz) comprometer a "forma como percebemos e reagimos" a tudo o que acontece à nossa volta.revelou em entrevista ao site Medical News Today. 

Comente agora

Papa critica uso de celular entre fiéis e religiosos durante as missas

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 08/11 08:55h
Papa critica uso de celular entre fiéis e religiosos durante as missas

O papa Francisco disse nesta quarta-feira (8) que fica triste quando vê fiéis e até padres e bispos usarem o celular para fazer fotos durante a missa. A informação é da Agência EFE. Na audiência geral, na Praça São Pedro, o pontífice falou sobre diversos temas e anunciou um novo ciclo de catequeses, depois da conclusão da série sobre a esperança na semana passada. Enquanto falava da importância de determinados aspectos na Igreja, ele usou uma metáfora para questionar o uso excessivo de aparelhos nas celebrações. "Por que, a um certo ponto, o sacerdote diz 'corações ao alto?' Ele não diz 'celulares ao alto para tirar foto!' Não! Fico triste quando celebro e vejo muitos fiéis com os celulares para cima. Não só os fiéis, mas também sacerdotes e até bispos. A missa não é espetáculo, é ir ao encontro da paixão e ressurreição do Senhor. Lembrem-se: chega de celulares", declarou. O papa começou hoje um novo ciclo de catequese dedicado à celebração eucarística e convidou o público a "crescer no conhecimento do grande dom que Deus doou na eucaristia". (Uol)

Comente agora

Saiba os efeitos da gravidez na visão

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 07/11 09:48h
Saiba os efeitos da gravidez na visão

A mulher brasileira não associa problemas de visão à gravidez mostra uma pesquisa online feita com 745 mulheres de 25 60 anos pelo oftalmologista Leôncio Queiroz Neto do Instituto Penido Burnier. O levantamento mostra que só 10% sabem que o aumento da produção de hormônios pode alterar a visão. O especialista afirma que um dos efeitos desse aumento é a maior retenção de água retenção de água e inchaço generalizado, inclusive nas lentes do olho, córnea e cristalino, que respondem pela refração. Resultado: o grau dos óculos se torna instável. Isso explica porque a cirurgia refrativa para corrigir miopia, hipermetropia ou astigmatismo é contraindicada durante a gestação. A boa notícia é que a maioria das mulheres volta a precisar de lentes iguais às que usava antes de engravidar para enxergar bem.. Por isso, o médico afirma que a troca de óculos ou lente de contato não é recomendada para gestantes.

Comente agora

Alimentação influencia diretamente no cérebro, para melhor ou pior

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 06/11 08:43h
Alimentação influencia diretamente no cérebro, para melhor ou pior

A saúde (física, mental e emocional) depende diretamente do que se come diariamente. Por ter um efeito tanto para o bem e para o mal no organismo, a busca por uma alimentação saudável é imprescindível na busca por uma melhor qualidade de vida. Para melhorar a saúde mental, o segredo so sucesso está na escolha certa dos alimentos, escolha que deverá fazer parte de um plano alimentar saudável e variado. Embora a alimentação deve ser personalizada de acordo com as necessidades individuais, existem alimentos que têm impacto positivo e negativo na saúde mental. Comecemos pelos amigos do cérebro. Como lista o site Eat This, Not That!, entre os principais aliados do cérebro está o chá de camomila, uma bebida com poder relaxante e que melhora a qualidade do sono, fator fundamental para ter um cérebro forte e saudável. Ainda com poder relaxante, é essencial apostar em alimentos ricos em magnésio, como o feijão preto, pois também promove a saciedade e exerce um poder benéfico na corrente sanguínea.

Comente agora

Papa considera permitir padres casados para resolver problema na Amazônia

Comportamento  Postado por Críssia Guedes - 04/11 09:03h
Papa considera permitir padres casados para resolver problema na Amazônia

(Foto: Redação BNews)

Um tema tabu para a Igreja Católica pode ser discutido no síndico em 2019. O jornal "Il Messaggero" afirmou que o papa Francisco permitiu que seja aberta a discussão sobre a possível suspensão parcial do celibato para os padres para encontrar uma solução para a falta de padres na região amazônica. Segundo O Globo, a proposta teria vindo do cardeal brasileiro Claudio Hummes. A imprensa italiana afirmou que os bispos de toda a região amazônica foram convocados para encontrar uma nova estrada para a evangelização. De acordo com o projeto defendido pelo presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia,  os homens fiéis casados seriam nomeados a cargos de administração espiritual das suas comunidades. Nos últimos dias, Dom Erwin Krautler, secretário da Comissão Episcopal para a Amazônia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), falou sobre a urgência de lidar com a questão amazônica. Apesar de reconhecer que esse assunto pode ser discutido, Krautler ressalta que não é o ponto principal do sínodo. Em março, o Papa Francisco já havia levantado publicamente a discussão sobre a possibilidade de mudar a disciplina do celibato eclesiástico. (BNews)
 

Comente agora

Pessoas se incomodam mais com o sofrimento de cães do que com outros seres humanos

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 03/11 19:59h
Pessoas se incomodam mais com o sofrimento de cães do que com outros seres humanos

O que parecia óbvio agora tem comprovação científica. Um estudopublicado na revista Society & Animals mostra que “Há mais empatia das pessoas com cachorros – filhotes ou adultos –  do que com seres humanos adultos”. Os pesquisadores norte-americanos Jack Levin, Arnold Arluke e Leslie Irvine da Northeastern University, em Boston, conduziram o experimento. Eles mostraram recortes de jornal falsos, que apresentavam relatórios policiais sobre um ataque violento que deixou vítimas.  As circunstâncias eram idênticas, mudando apenas a vítima, alternando casos com um ser humano (criança e adulto) e um cachorro (filhote e adulto). Depois era feita uma rápida entrevista. Cada entrevistado deveria indicar o grau de empatia que sentia por um adulto ou criança brutalmente espancada e também por um filhote ou cachorro adulto. Os resultados mostram que, quando se tratava de um cachorro os participantes demonstravam angústia. O mesmo ocorria quando se tratava de uma criança. Contudo, a reação emocional era bem menor quando era um humano adulto passando por um momento de aflição. Segundos os pesquisadores: “Os entrevistados não viam os cães como animais, mas sim como ‘bebês peludos’, ou membros da família”. Levantamentos recentes dão conta que uma família americana chega a gastar, em média, um por cento de toda a sua renda para o cuidado dos animais domésticos.

Comente agora

Estudar ou relaxar? Saiba o que fazer às vésperas do Enem

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 03/11 16:00h
Estudar ou relaxar? Saiba o que fazer às vésperas do Enem

Pelo menos seis milhões de estudantes fazem, nos dias 5 e 12 de novembro, uma maratona de provas que pode garantir a aprovação em uma universidade em todo o país. A dois dias do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), é normal que os nervos fiquem à flor da pele. Por não haver mais tempo para aprender novos conteúdos, é hora de desacelerar, segundo professores. Mas é necessário que os candidatos estejam preparados. Principalmente para uma das provas mais temerosas: redação. Além dos estudos, os feras precisam estar atentos a uma alimentação balanceada. Por causa da ansiedade, o aluno pode ter uma tendência a comer a mais ou a menos, o que pode prejudicar o desempenho na "hora H". De acordo com a professora Fernanda Pessoa, a redação ainda é motivo de tensão pra os feras, porque muitos jovens não conseguem controlar a questão emocional na hora da prova. Em 2016, só 77 participantes do exame conseguiram alcançar nota mil na redação, segundo o Ministério da Educação (MEC). O número é menor do que o registrado no ano anterior, quando 104 candidatos conseguiram nota máxima.

Comente agora

Criadora de ideologia de gênero admite que contraria a Bíblia

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 03/11 11:46h
Criadora de ideologia de gênero admite que contraria a Bíblia

Apesar das mais de 300 mil assinaturas de brasileiros contrariados com a vinda de Judith Butler ao Brasil, suas palestras não foram canceladas. Ele estará no SESC Pompéia, em São Paulo, de 7 a 9 de novembro. A filósofa americana, considerada a criadora a da “ideologia de gênero”, soube da polêmica envolvendo seu nome, mas minimizou a oposição. Para ela, trata-se de um “grande equívoco”, porque não virá ao país falar sobre sexualidade, mas sim sobre a situação de Israel e Palestina. Em entrevista à BBC, Butler disse acreditar que  falar sobre os conceitos de gênero gera muito medo. “É uma ideia muito mal compreendida e representada como caricatura. Até o papa Francisco condenou o ‘gênero como uma ideologia diabólica'”, admite. Criticada sobretudo pelos cristãos que defendem a família e entendem que a ideologia defendida por ela é algo nocivo para a sociedade, a filósofa admite: “É uma crítica feita pelo Catolicismo de direita… Se você baseia a sua visão de mundo na Bíblia, então, a ideia de gênero vai ser mesmo ofensiva.” Através de seus escritos é que se consolidou a ideia de que uma pessoa pode decidir se quer ser tratada como homem ou mulher. “Ser humano é viver na interseção entre biologia e cultura”, provoca. “Assim, mulheres percebem que podem fazer mais, homens podem se expressar mais, o amor gay e lésbico torna-se legítimo, as pessoas queer se veem como parte do mundo. O gênero abre para elas a possibilidade de respirar, viver, pertencer”, insiste. Feminista confessa, a professora na Universidade da Califórnia em Berkley, uma das principais instituições de ensino dos Estados Unidos, em seus estudos mais recentes, se queixa da ascensão dos movimentos de direita em várias partes do mundo. Nitidamente avessa ao pensamento da maioria dos cristãos, Butler atualmente é a principal pesquisadora de um programa que reúne estudiosos do campo da teoria crítica, com uma confessa inspiração neomarxista. 

Ideologia é projeto político: 

Comente agora

Mãe de 98 anos muda-se para asilo para cuidar do filho de 80

Comportamento  Postado por Críssia Guedes - 31/10 20:53h

(Foto: Reprodução/ Youtube)

O cuidado que uma mãe tem com o filho é eterno e ela não sossega nem quando os dois já estão em idade avançada. Ada Keating, de 98 anos, se mudou para um asilo em Liverpool, Inglaterra, para cuidar do filho Tom, de 80 anos. O homem, que nunca se casou e sempre morou com a mãe, teve de ir para a casa de repouso Moss View em 2016 quando precisou de mais cuidado e apoio diários. Pouco mais de um ano depois, Ada decidiu se juntar a ele para que ficassem mais próximos e ela pudesse cuidar dele também. "Eu dou boa noite para Tom no quarto dele todas as noites. Depois, vou e dou bom dia e digo que vou descer para o café da manhã", contou Ada para o jornal Liverpool Echo. "Quando eu saio para ir ao cabeleireiro, ele vai ver quando estarei de volta. Quando eu chego, ele vem até mim com os braços estendidos e me dá um grande abraço.

Comente agora

André Valadão pede boicote à Globo e recebe críticas na web

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 25/10 18:15h
André Valadão pede boicote à Globo e recebe críticas na web

Nas últimas semanas, vários líderes evangélicos vêm propondo boicote a determinadas marcas e produtos que defendem a ideologia de gênero. Entre as empresas, a Rede Globo é a que recebeu o maior número de críticas, tendo a hashtag #Globolixo se tornado uma das mais comentadas do mundo no Twitter recentemente. Quando o pastor e cantor André Valadão, da Lagoinha, publicou o pedido de boicote aos produtos, citou o sabão em pó OMO, a revista Veja, e as empresas de cosméticos Avon e O Boticário. Embaixo, a hashag #Juntospelafamilia. Mas a primeira da lista era a TV Globo, dona da gravadora Som Livre, onde André tem contrato vigente. A aparente contradição chamou atenção dos usuários da rede social e vários deles o acusarem de incoerência. As pessoas questionaram por que motivo ele participava de programas da Globo e agora pedia boicote. O comentário mais curtido foi o de Debora Christofoleti,  que escreveu: “Então suponho que não tem mais isso de “Festival Promessas” ou de ir no “Encontro com Fátima Bernardes”, contrato com Som Livre… Enfim, se agora for assim tbm, eu acho é ótimo… Demorou, na vdd.”. André fez questão de responder, e disse: “Contrato tem tempo vigente, mas programas já não vou mais”. Vários outros internautas fizeram críticas parecidas e, em alguns casos, o cantor respondeu que não participa mais de programas da Globo, tendo recusado convites. Ele não informou quando encerra seu contrato com a Som Livre nem se lançará outros trabalhos com a gravadora.

Comente agora

6 dicas para que seus pets vivam bem em apartamentos

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 25/10 09:40h
6 dicas para que seus pets vivam bem em apartamentos

Como a maioria das pessoas nos grandes centros moram em apartamentos, quando bate aquela vontade de ter um pet, muitas dúvidas aparecem. Como melhor acomodar os bichinhos de estimação em espaços reduzidos e sem quintal? A Ink Incorporadora tem cinco projetos em andamento na capital paulista e preza por qualidade de vida, em todos os sentidos. Por esse motivo, não esquece dos adorados pets e preparou algumas dicas para ajudar nesse processo. “Antes de mais nada, é necessário conhecer as regras do condomínio quanto às condições necessárias para ter um pet no apartamento”, afirma Gabriela Coelho, da Ink. Também é preciso saber qual raça se encaixa melhor com o ambiente. Normalmente, animais de portes médio e grande não se adaptam bem a espaços muito reduzidos. “Para facilitar a escolha, pergunte ao veterinário qual raça é mais indicada para cada tipo de família e moradia”, orienta Gabriela.

Comente agora

Padre convoca católicos e evangélicos a se unirem contra ideologia de gênero

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 22/10 23:52h
Padre convoca católicos e evangélicos a se unirem contra ideologia de gênero

O padre Roger Luís, com grande influência na rede de TV Canção Nova, convocou católicos e evangélicos a se unirem contra ideologia de gênero, em especial a que é imposta pela TV Globo. “Se o nosso país é 90% formado por cristãos (católicos e evangélicos), [como] estamos permitindo que as nossas crianças [estão sujeitas] à pornografia e à ideologia de gênero?”, questionou o líder religioso em uma homilia transmitida pela televisão, mas que ganhou notoriedade pelas redes sociais. Em sua fala, ele atacou as telenovelas da rede Globo, lembrando que eles exibem pornografia e “impõem ideologia de gênero à sociedade brasileira”. Pediu um boicote constante, pois os cristãos não deveriam acompanhar a “porcariada” exibida pelas redes globais de televisão. Roger Luís insiste que já havia alertado os fiéis antes sobre esse tipo de programas, mas que a maioria não lhe deu ouvidos. Em outro trecho, ele faz um apelo incomum: “Precisamos de um posicionamento mais radical. Vai ler um bom livro. Vai ser melhor para você do que ficar bebendo e comendo esse conteúdo estragado”. Segundo o padre, desde que ele “conheceu Jesus”, há 20 anos, que nenhuma novela é assistida em sua casa. O pedido do padre surgiu poucos dias após Dom Celso Antônio Marchiori, bispo de Apucarana (PR), conclamar católicos e evangélicos para se posicionarem contra a Rede Globo (saiba mais, clique aqui). Segundo ele, a emissora ataca constantemente a família e a religião cristã, o que faz dela “um demônio dentro das nossas casas”.

Assista:

Comente agora

Vereador critica ‘viadagem sem precedentes’ e Léo Kret sai em defesa. Assista!

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 22/10 09:18h
Vereador critica ‘viadagem sem precedentes’ e Léo Kret sai em defesa. Assista!

Um vereador de Ilhéus, Aldemir Santos Almeida, conhecido como Dr. Aldemir (PP), atacou, na sessão da última sexta-feira (17) da Câmara Municipal, a comunidade LGBT. Em sua fala (veja vídeo aqui), o edil ilheense disse que há uma "viadagem sem precedentes" no país e afirmou ser a favor de "botar freio" nos apoiadores e simpatizantes da causa. "Cheguei [em uma praia em Itacaré e] todo mundo normal, casais heterossexuais, mas tinha um casal gay se beijando acintosamente na barraca. Isso é uma fronta, uma barbaridade. Se não botar freio nessa turma aí, não tem limite. É um absurdo. Então, presidente, tudo é uma questão de hora e lugar. […] Quer passar uma novela onde um homem beija outro, passe uma hora da manhã. Não estou preocupado [com o que a sociedade] pensa, porque a maioria é uma banda podre. É uma vadiagem sem precedentes", afirmou Aldemir Almeida, que também é médico. Apesar do ataque homofóbico do edil, a ex-vereadora de Salvador, Leo Krét (DEM), que é conhecida por lutar pelos interesses da comunidade, saiu em defesa de Aldemir Almeida. "Sei que você também defende a classe LGBT. Você nunca foi contra nós, você é a nosso favor. Você mora em meu coração. Adoro!", ressaltou, ao convidar o médico para 3ª Marcha LGBT de Ilhéus. 

Assista abaixo:

Comente agora

Percepção de pouco risco de doenças faz jovens não se protegerem durante o sexo

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 21/10 16:10h
Percepção de pouco risco de doenças faz jovens não se protegerem durante o sexo

A ampla divulgação de que a aids é uma doença que tem tratamento eficaz dá às pessoas, principalmente aos jovens, a falsa sensação de proteção e faz com que elas não se protejam corretamente contra essa e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). A afirmação é da infectologista do Comitê de HIV/Aids da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), Tânia Vergara. A especialista alerta que essa percepção de “pouco risco de morte” por aids é equivocada e não pode ser confundida com uma segurança de exposição indiscriminada ao vírus. “A cura da aids não é uma realidade ainda. E se não se trata corretamente essa doença, que tem um potencial alto de mortalidade, ela vai ocorrer. O desenvolvimento natural da doença sem controle é para a morte”. Segundo dados do Ministério da Saúde, de 2007 a junho de 2016 foram notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) 136.945 casos de infecção pelo HIV no Brasil. A maioria (52,3%) dos casos ocorre em pessoas na faixa etária de 20 a 34 anos. Nos últimos cinco anos, o Brasil tem registrado uma média anual de 41,1 mil casos de aids.

Comente agora

Cães tentam se comunicar com seres humanos, diz estudo

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 20/10 11:14h
Cães tentam se comunicar com seres humanos, diz estudo

Os cachorros tentam se comunicar com os seres humanos através de expressões faciais, de acordo com dados coletados em uma pesquisa conduzida por especialistas da Universidade de Portsmouth, no Reino Unido. Os pesquisadores compararam qual a reação facial dos animais domésticos quando viam seres humanos que os alimentavam ou quando viam apenas sua ração. "Os cães não respondem com mais emoções faciais quando enxergam a comida. Eles produzem mais expressões quando querem se comunicar, e não só quando estão excitados", disse um porta-voz do estudo. Juliane Kaminski, líder do time que conduziu a pesquisa, confirmou que a produção de expressões faciais nos cães "depende muito mais de quando um ser humano os olha do que quando são confrontados com algum alimento"

Comente agora

Bispo pede que fiéis não vejam novelas e diz que Rede Globo é ‘demônio em nossas casas'

Comportamento  Postado por Lorena Costa - 18/10 19:02h
Bispo pede que fiéis não vejam novelas e diz que Rede Globo é ‘demônio em nossas casas'

O bispo católico dom Celso Antonio Marchiori, da Diocese da cidade de Apucarana, no Paraná, disse durante um sermão que a Rede Globo "é um demônio dentro das nossas casas" e pediu aos fiéis que parem de assistir à emissora. O vídeo circula nas redes sociais e foi publicado diversas vezes no YouTube ao longo da última semana. "Vamos nos unir contra esse espírito diabólico que inclusive a Rede Globo está espalhando contra a família e contra a religião", criticou o bispo. Ele destacou no sermão o papel negativo das novelas e pediu cuidado até mesmo com "os programas com aparência religiosa". "Nós, católicos, não deveríamos mais assistir nenhuma novela da Globo. Nós, católicos, aliás, não deveríamos mais assistir à Rede Globo, porque a Rede Globo é um demônio dentro das nossas casas", bradou o bispo.

Veja vídeo abaixo:

Comente agora

Como falar com as crianças sobre sexo e relacionamento: as dicas de psicólogos

Comportamento  Postado por Críssia Guedes - 18/10 13:56h
Como falar com as crianças sobre sexo e relacionamento: as dicas de psicólogos

(Foto: BBC)

Na semana passada, o alerta de uma professora de 24 anos sobre a atividade sexual de seus alunos adolescentes, no Reino Unido, chamou a atenção para a necessidade de os pais conversarem com os filhos sobre o assunto - mas qual seria a melhor abordagem? 

Tolerar o constrangimento: Para muitos pais, falar sobre sexo com os filhos é constrangedor. Mas o psicólogo clínico Abigael San adverte que os pais têm que colocar esse tipo de sentimento de lado. "Como adultos, os pais, têm que aceitar o constrangimento e não deixar isso criar uma barreira", explica. "Lidar com o constrangimento que uma conversa como essa traz passa a mensagem que você está lá por eles, para falar sobre questões que envolvem sexo e consentimento", completa. 


Não fale diretamente sobre eles: De acordo com San, colocar o foco da conversa em outra pessoa, em vez do filho, é um bom ponto de partida. "É um pouco mais seguro falar na terceira pessoa, quando se trata de outra pessoa." 

Como aprender algo sem fazer esforço: "Às vezes, a oportunidade pode surgir quando eles estão lendo um livro ou vendo um filme que você conhece. Você pode falar sobre o que está acontecendo na história", explica. "Pode ser uma cena de sexo em um filme, por exemplo. Você pode comentar, dar seu ponto de vista e ouvir a perspectiva deles", acrescenta. Histórias de amigos e parentes também podem ser uma deixa. "É uma maneira de abordar determinada experiência e o que representou para a pessoa - onde ela talvez tenha errado, o que poderia ter feito e que tipo de pressões pode ter sentido." 


Não troque de canal: Se aparecer uma cena de sexo na televisão, as crianças vão observar a reação dos pais. Por isso, é importante refletir antes de agir. "Se você trocar o canal, mudar de assunto ou fizer uma piada sempre que o tema sexo surgir, seus filhos terão mais propensão a achar que o sexo é perigoso, embaraçoso ou algo para se vergonhar ou ter medo", explica a instituição Family Lives. Essas ocasiões devem ser usadas como uma oportunidade para conversar sobre o tema. "Eu acho que essas situações - em vez de ficar todo mundo encolhido no sofá - podem ser usadas como temas para conversas dentro da família, onde eles se sentem seguros e capazes de explorar essas questões", afirma Kathryn Mabey, chefe do departamento de Educação pessoal, social, econômica e de saúde da Burntwood School, em Londres.


Ensine a dizer não: Uma criança que gosta de acompanhar os colegas mais travessos, pode ter menos segurança em dizer não, quando se trata de atividade sexual. Segundo San, os pais precisam transmitir aos filhos, desde cedo, a mensagem de que eles não têm que fazer coisas que não querem - como se exibir na sala de aula ou ser rude com a professora - só porque estão sendo incitados pelos colegas. "São meras situações sociais e mostram princípios sólidos em relação a isso - a defender suas coisas, manter a autoconfiança e não ceder a pressões". "Desta forma, você enraiza valores sobre não ceder e não fazer algo que você não queira. Assim, quando eles forem mais velhos e chegar a hora dessa conversa, soará como algo familiar".


Aprenda sobre as redes sociais: Para Kathryn Mabey, o uso excessivo das redes sociais é o principal fator de preocupação quando se trata de jovens se colocarem em situações difíceis sexualmente. E o fato de os adolescentes de hoje serem nativos digitais, diferentemente dos pais, também não ajuda. "Muitas vezes, os jovens acham que não podem falar com os pais sobre isso porque eles não vão entender, já que não sabem nada sobre Instagram e afins."

Não julgue: Kathryn Mabey ressalta que é importante não dizer nada que possa fechar o canal de comunicação - seja agora ou no futuro. "Minha filha tem sete anos, e ela chegou em casa dizendo que gosta de um garoto da escola", conta. "Eu fiz questão de não forçar nada e dizer algo como 'Você sabe que pode vir falar comigo sobre qualquer coisa'. E tampouco puni-la, dizendo: 'Você é muito jovem para ter namorado, o que você quer dizer com 'namorado'?, apesar da tentação de fazer isso." "Eu disse assim: 'Que interessante, qual o nome dele? O que você gosta nele?', sem forçar nada. Assim eles sentem que não serão punidos ou julgados se surgir uma conversa sobre sexo. "Eu quero que ela sinta que pode falar comigo sobre coisas desse tipo. E à medida que ficar mais velha, as conversas provavelmente vão mudar e desde que ela sinta que pode vir até mim e não será criticada quando disser, 'Olha, aconteceu isso', talvez com um menino, desde que haja diálogo, acho que as crianças se sentem mais seguras." "Também é importante não invalidá-los, seus sentimentos e suas experiências", acrescenta San. "É importante não insistir muito com seu ponto de vista, uma vez que essa atitude por si só pode ser invalidante, do tipo 'Você está me dizendo o que eu penso e sinto, então eu nunca vou falar com você', mas é bastante complicado encontrar o ponto de equilíbrio". 


Converse desde cedo: O NHS (National Health System), sistema de saúde público britânico, afirma que nunca é muito cedo para começar a falar sobre sexo - há apenas formas mais adequadas à idade. "Você não precisa entrar em detalhes. Uma resposta curta e simples pode ser suficiente", diz. "Se eles fizerem uma pergunta, como 'De onde vêm os bebês?', você pode responder: 'Os bebês crescem na barriga de uma mulher, e quando estão prontos, saem para o mundo'. Isso pode ser suficiente." "Ou então, seu filho pode ir além e questionar: 'Como o bebê entra?'. E você poderia responder: 'Um homem coloca uma semente lá dentro'". "Quando os pais devem começar a ter essas conversas, vai depender da idade e maturidade do filho", afirma Jon Brown, da NSPCC (National Society for the Prevention of Cruelty to Children), entidade britânica que trabalha para prevenir a crueldade contra a criança. "Mas falar com eles enquanto ainda estão na escola primária pode ajudar a determinar seu nível de compreensão e encorajá-los a fazer perguntas", completa. 


Para resumir, esteja disponível: Kathryn Mabey conclui: "Eu acredito que é muito importante, desde cedo, haver abertura e franqueza, assim como um ambiente em que os jovens sentem que podem chegar e dizer quando há um problema". "O que mais você pode fazer, a não ser se certificar de que eles saibam que você está lá para apoiá-los?", indaga San. (BBC)

 

Comente agora

Esporte mata interesse das mulheres pelo sexo, aponta estudo

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 18/10 07:59h
Esporte mata interesse das mulheres pelo sexo, aponta estudo

A informação foi publicada no portal The Sun. Os especialistas chegaram a tal conclusão ao examinar os dados sobre a atividade física e a vida sexual das mulheres. Os estudos mostraram que as meninas mais esportivas, que passam horas na academia e procuram se livrar por completo da gordura, praticamente não têm desejo sexual. Os estudos indicam que, por causa dos treinamentos constantes, o funcionamento da hipófise nas mulheres é perturbado. Como resultado, o organismo não produz uma quantidade suficiente de testosterona e estrogênio – as hormonas responsáveis pela libido nas mulheres. Os cientistas salientam que a atividade esportiva deve ser praticada com moderação porque, para o funcionamento normal do sistema reprodutivo, o organismo feminino precisa de ter alguma quantidade de tecido gorduroso. Com informações do Sputnik Brasil.

Comente agora

Veja coloca Renato Cardoso como sucessor de Edir Macedo

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 17/10 23:35h
Veja coloca Renato Cardoso como sucessor de Edir Macedo

A revista Veja publicou que o bispo Renato Cardoso, genro de Edir Macedo, foi escolhido como o eminente sucessor na liderança da igreja Universal no Reino de Deus. Segundo a matéria – que traz como título “o escolhido”-, que saiu na edição número 2552 da revista, em uma teleconferência ocorrida no último dia 05, nas dependências do Templo de Salomão, no Brás, São Paulo, o líder primaz da IURD informou a decisão às demais lideranças da igreja. Contudo, prontamente, a Universal listou em seu site inconsistências na publicação. No post intitulado como as 24 mentiras da revista Veja, a resposta da Universal aponta erros de apuração jornalística, preconceito, desrespeito à instituição, além de intenção de denegrir a imagem da igreja e sua liderança. “Existe o jornalismo verdadeiro, que é um instrumento importantíssimo das sociedades livres para o aprimoramento de suas instituições. Mas, também existe aquilo que a revista Veja chama de jornalismo, fruto de erros de apuração, equívocos ou má-fé, mas resulta na difusão de mentiras e boatos caluniosos”, acusa o UNIcom – Departamento de Comunicação Social e de Relações Institucionais da Universal. Dentre as principais contradições entre a matéria da Veja e a resposta da Universal estão, além da nomeação do Bispo Renato Cardoso como o número 2 da igreja; a intenção da IURD de aumentar sua penetração na classe média; o montante de arrecadação anual – que ultrapassaria 1,4 bilhão de reais só em doações; o gasto anual de cerca de 1 bilhão de reais com um gigantesco projeto de comunicação; e de haver uma guerra travada nos bastidores pela sucessão da liderança da igreja.

Comente agora

‘BAFAFÁ’: Mãe de Luana Piovani ataca Anitta nas redes sociais e seguidores a criticam; confira

Comportamento  Postado por Críssia Guedes - 17/10 10:33h
‘BAFAFÁ’: Mãe de Luana Piovani ataca Anitta nas redes sociais e seguidores a criticam;  confira

(Foto: Reprodução)

A advogada aposentada Francis Piovani, mãe da atriz Luana Piovani, ‘detonou’ Anitta nas redes sociais. Em sua conta no Instagram, ela postou uma foto da cantora e escreveu, na legenda: “Eu, pelo menos, tenho a desculpa de ser pobre, mas pra ela nem o $$ tem adiantado. A orelha é coisa de ‘belzebu'”. Francis foi bastante criticada pelos seguidores e apagou a imagem. Em seguida, postou uma selfie. “Pronto, tanto insistiram eu tirei a foto e coloco uma minha. Sim tenho rugas. Sim, sou idosa, múmia? Não sei… Mas creio que tenho um tantinho de senso de ridículo… Vou aceitando o passar dos anos, nem os cabelos eu os tinjo”, falou a mãe da atriz, que curtiu a publicação. No entanto, alguns seguidores não perdoaram. “Por isso você e sua filha são odiadas no meio artístico. Falam demais e não respeitam as pessoas”, disse um. “Com 55 anos e a senhora ainda não sabe o que é ter educação? Se aprender, sugiro que repasse aos mais próximos”, escreveu outro. (Aratu Online)

Comente agora

Como lidar com crianças que precisam de um adulto ao lado para dormir

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 16/10 14:29h
Como lidar com crianças que precisam de um adulto ao lado para dormir

Muitos pais sofrem com o sono da criança. Depois de muitas noites em claro, à medida que o pequeno cresce, episódios de medo e insegurança podem fazer com que ele recorra aos pais e não consiga dormir sem um adulto por perto. De acordo com Patrícia Grinfeld, do site Nunguém Cresce Sozinho,  essa dificuldade da criança na hora de dormir ou ficar sozinha pode se dar por alterações corporais, como fome, calor, frio ou dor, ou por questões psíquicas como temor, estresse ou pesadelos. Para lidar com esses momento, os pais tendem a criar estratégias diversas para que o filho recupere o sono, pegar no colo, ligar a TV, dar comida, etc. Mas é importante entender as situações que se colocam nesse cenário. "Como dormir é um momento de extrema solidão – psiquicamente ficamos sós, nós com nós mesmos – ficar só pode ser deveras perturbador.

Comente agora

Novas ferramentas levam o trabalho do professor para além da sala

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 15/10 17:00h
Novas ferramentas levam o trabalho do professor para além da sala

Ferramentas para armazenamento de dados, plataformas de pesquisa, aplicativos para conectar professor e aluno, além de cursos a distância, são as possibilidades mais atuais utilizadas no processo de aprendizagem. Neste domingo (15), Dia do Professor, conhecer algumas dessas opções é oportunidade para aplicar novos recursos ao método de ensinar. Para quem ainda aposta em ensino presencial, a tecnologia inova o ambiente da sala de aula e traz novas formas de aprendizado. Dados do Censo da Educação Superior de 2015, o mais recente, mostram que o ensino a distância (EaD) teve expansão de 3,9% nas matrículas em 2015 em relação a 2014. Hoje, professores e instituições têm na tecnologia um aliado para desenvolver métodos e inovar a transmissão do conhecimento. A plataforma Moodle, por exemplo, utilizada na Universidade de Brasília (UnB), é uma plataforma de código aberto, ou seja, licenciamento livre, para educadores desenvolverem e gerenciarem cursos on-line.

Comente agora

Estudo aponta machismo como preconceito mais praticado pelos brasileiros

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 15/10 15:09h
Estudo aponta machismo como preconceito mais praticado pelos brasileiros

Uma pesquisa aponta que os comentários ofensivos, mesmo que sejam feitos sem a intenção de afrontar, continuam senfo reproduzidos diariamente pelos brasileiros. Os dados do estudo, realizado pela cerveja Skol junto ao IBOPE Inteligência, contou com a participação de brasileiros de todas as partes do país e mostram que 83% dos entrevistados se consideram não preconceitusosos, mesmo que 72% já tenham feito algum comentário ofensivo. Ou seja,7 em cada 10 brasileiros. A pesquisa se baseou em quatro tipos de preconceito mascarados: machismo, LGBTfobia, estético e racial. Foram feitas perguntas diretas sobre como cada indivídio se enxerga, e se as pessoas já ouviram ou disseram determinadas frases como "Mulher tem que se dar ao respeito”, “Pode ser gay, mas não precisa beijar em público”, “Não sou preconceituoso, até tenho um amigo negro”, “Ele (a) é bonito, mas é gordinho (a) ”, entre outras.

Comente agora

Falar com SAC é pior do que ficar preso no trânsito, diz pesquisa

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 13/10 09:48h
Falar com SAC é pior do que ficar preso no trânsito, diz pesquisa

O que é pior: ficar preso no trânsito ou entrar em contato com o serviço de atendimento ao consumidor (SAC) das empresas? Para 35% dos brasileiros, a segunda opção é um pouco pior que a primeira (29%). Os dados são de uma pesquisa encomendada pela Zendesk, plataforma de atendimento ao cliente, e realizada pelo grupo Opinium.  De acordo com a pesquisa, 17% se disseram insatisfeitos com os serviços de SAC. Entre os descontentes, 15% definiram o serviço como ruim (15%) ou péssimo (2%). Apesar do descontentamento, a pesquisa mostra que 61% dos entrevistados se disseram satisfeitos com o serviço de atendimento ao cliente. Desses, 66% são consumidores com 18 a 34 anos, os mais exigentes. Entre os que aprovam o serviço, 37% consideram o atendimento bom, outros 24% excelente.  Para 48% dos entrevistados o serviço melhorou com o passar do tempo, enquanto 19% veem queda na qualidade.  A pesquisa mostra que o SAC é o canal de comunicação preferido dos brasileiros para registrar reclamações e problemas (40%) e tirar dúvidas gerais (30%).  Por que o serviço desagrada tanto os brasileiros? Segundo o estudo, o que mais irrita o consumidor (56%) é ser constantemente transferido durante a ligação. O atendimento robótico, com pouco engajamento da atendente que acaba não dando a devida atenção a situação, é o segundo problema mais mencionado pelos entrevistados (40%).  Completam a lista de reclamações: agressividade e grosseria (37%), pouco conhecimento do atendente (28%), informações difíceis de serem encontradas (28%) e poucas opções de canais de comunicação (26%).

Comente agora

5 dicas para incentivar as crianças à leitura

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 11/10 15:16h
5 dicas para incentivar as crianças à leitura

Quando se aproxima o aniversário de uma criança logo pensamos: preciso comprar um brinquedo! O mesmo acontece no Dia das Crianças. E logo vimos lojas e centros comerciais populares lotados com pais na busca de um brinquedo para presentear seus pequenos. A busca por esse tipo de agrado vem de uma cultura de anos atrás. A própria origem do Dia das Crianças no país se deu com o apelo comercial da indústria de brinquedos. Mas, você pai, mãe ou responsável já se perguntou porque preferimos dar de presente brinquedos, roupas e não, por exemplo, livros? “Por conta dessa cultura instituída, não é de se estranhar que, tristemente, uma criança não se sinta devidamente prestigiada ao ganhar um livro de presente em uma data a ela especial. Será que seus pequenos reagiriam dessa forma? A dúvida que certamente passa na cabeça de muitos neste momento caracteriza a necessidade de mudarmos essa nossa cultura. E, como resultado natural, mudarmos também a cultura de nossas crianças”, afirma Tânia Medeiros, coordenadora pedagógica do Sistema Maxi de Ensino.

Comente agora

Aprenda a fazer um protetor térmico para o cabelo em casa

Comportamento  Postado por Rejane Santos - 10/10 14:02h
Aprenda a fazer um protetor térmico para o cabelo em casa

Usar chapinha e secador de cabelo pode danificar muito os fios, e disso você já está cansada de saber. Existem muitos protetores térmicos no mercado, que prometem deixar os fios bem cuidados e tratados, sem frizz e sem perda de umidade. Segundo o site Dicas de Mulher, o protetor térmico promove a hidratação dos fios e deve ser usado após a lavagem, com os fios ainda úmidos. A chapinha e o babyliss devem ser usados apenas quando o cabelo já estiver seco, para não correr o risco de "fritar" os fios. O site ensina uma receita que promete ter o mesmo efeito dos produtos industrializados nos cabelos, com uma vantagem: é bem mais em conta.  (Notícias no minuto)

Comente agora

Pesquisa: 36% dos brasileiros com mais de 50 anos ainda trabalham

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 10/10 13:31h
Pesquisa: 36% dos brasileiros com mais de 50 anos ainda trabalham

Pesquisa sobre o perfil de pessoas com 50 anos ou mais indica que 36% estão presentes no mercado de trabalho. Desses, 36% trabalham por conta própria, 32% são empregados do setor privado, 15% são funcionários públicos, 9% são domésticos e 8% empregadores. Os dados foram apresentados hoje (10), em São Paulo, pelo Instituto Locomotiva. Segundo o levantamento, 36% têm sua renda vinda da aposentadoria e 51% dependem da renda do trabalho. Entre os que estão no mercado de trabalho, 35% têm medo do desemprego. “No momento em que se discute a mudança da aposentadoria, que os governantes se preocupem com a empregabilidade das pessoas com 50 anos ou mais. Do contrário, parece que eles são culpados pela situação ruim que vivemos atualmente”, disse Renato Meirelles, presidente do instituto. Apesar de atuantes no mundo corporativo, 81% acreditam existir preconceito contra os mais velhos. Entre os entrevistados, 65% responderam que trabalham mais que 30 horas semanais e 55% acreditam que trabalham numa intensidade igual ou maior do que anos atrás.

Comente agora

Pastor Malafaia “profetiza” o fim do império da Rede Globo

Comportamento  Postado por TV Voz da Bahia - 10/10 00:27h
Pastor Malafaia “profetiza” o fim do império da Rede Globo

Após as reportagens no Fantástico deste domingo (8), vários pastores e líderes se manifestaram contrários ao modo como a rede Globo tratou o assunto da erotização de crianças. Foram três matérias que mostraram uma orquestração da emissora contra os evangélicos e os conservadores do país. Primeiramente, o Fantástico insistiu na tese que os traficantes que derrubaram terreiros de religião afro são evangélicos. Essa contradição de termos vem sendo usada por parte da imprensa por que, em alguns dos vídeos divulgados sobre os incidentes, os bandidos usam o nome de Jesus. Depois, foi feita uma tentativa de justificar as mostras que, em nome da arte, expos adultos e crianças a cenas de nudez, pedofilia, zoofilia e vilipendio da fé cristã. A maneira como a emissora abordou o assunto tentou colar o rótulo de “discurso de ódio” em todos os que se revoltaram contra exposições como o Queermuseu em Porto Alegre e a atual mostra no Museu de Arte Moderna de São Paulo. Por fim, foi apresentada uma matéria que sutilmente tentou apresentar a ideologia de gênero como “brincadeira de criança”. Grande parte dos brasileiros não gostou da maneira como a emissora carioca tenta impor sua agenda sobre os expectadores e a hashtag #Globolixo foi uma mais utilizadas do mundo. O pastor Silas Malafaia também decidiu se manifestar sobre o assunto e publicou um vídeo onde, visivelmente irritado, “profetiza” contra a rede Globo. Como psicólogo, ele lembrou que as crianças não sabem a diferença entre informação, sugestão e ordenança, por isso a erotização precoce pode gerar uma série de problemas de desenvolvimento.

Assista:

Comente agora

Mais da metade das garotas brasileiras não se sentem bonitas

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 08/10 15:55h
Mais da metade das garotas brasileiras não se sentem bonitas

Mais da metade das garotas brasileiras (62%) se sentem pressionadas para serem bonitas mais do que para irem bem na escola. Esse dado foi revelado pelo Relatório Global 2017 da Dove sobre meninas e confiança na beleza. A pesquisa entrevistou cerca de 5.165 meninas com idades entre 10 e 17 anos em 14 países e mostra que 52% das meninas brasileiras não tem confiança corporal alta. O número é um pouco menos que a média mundial, que ficou com 54%.  Outro dado relevante é que no Brasil, mais do que nos outros países, as garotas evitam atividades sociais e são mais vulneráveis a serem afetadas negativamente pelos padrões de beleza propagados pela mídia, por causa da insatisfação com a aparência.  Segundo o estudo, 8 em cada 10 meninas com baixa confiança corporal se sentem ainda mais infelizes consigo mesmas após ver imagens de "mulheres irreais" em revistas. 96% dessas garotas já colocaram a saúde delas em risco ao deixar de ir ao médico e ficar sem comer. O número é significativamente mais alto que a média global (75%).  Um ponto que também chama atenção é que em cada 10 meninas, 7 declaram se sentir bombardeadas por todos os lados pela pressão de ser bonita.  Por outro lado, a pesquisa também evidenciou que as garotas brasileiras já se dão conta de que pouquissimas mulheres que aparecem nas propagandas, filmes e TV representam "mulheres reais" e 79% delas acredita que as imagens encontradas na mídia são alteradas digitalmente. Outro dado importante é que 53% das meninas afirmam que se sentem mais confiantes quando interagem co outras pessoas na internet. E praticamente todas as meninas brasileiras (85%) acreditam que cada menina é bonita do seu jeito.

Comente agora

Jovem diz ter ido ao céu e visto crentes no Brasil chorando após o arrebatamento

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 06/10 10:48h
Jovem diz ter ido ao céu e visto crentes no Brasil chorando após o arrebatamento

O extenso testemunho gravado da jovem peruana Chaveli Matias Estrada repercutiu bastante nas redes sociais em espanhol. Apesar de ser sido gravado ano passado, trechos da revelação que ela disse ter recebido são compartilhados até hoje. Chaveli afirma que passou por uma experiência profunda, tendo ficado morta por 72 horas. Nesse intervalo, foi levada até o céu onde encontrou-se com Jesus e teve várias visões sobre coisas que ainda não aconteceram. Ela voltou à vida e testemunha em diversas igrejas sobre o que viu. Há diferentes relatos desse tipo de experiência em todo o mundo, mas elas sempre geram polêmicas. “Quando eu estava lá [no céu], sentia uma paz indescritível, que me invadiu completamente… Foi uma sensação tão incrível! É com dizem as Escrituras, pois não há lágrimas nem tristeza no céu. Foi uma experiência profunda, onde vi pessoas com vestes brancas e coroas de ouro”, narra a jovem. No material, gravado por ela em um encontro das Assembleias de Deus do Peru, um dos trechos que chama mais atenção foi quando Deus teria lhe mostrado as igrejas em diversos países após o arrebatamento. Quando fala sobre o Brasil, ela disse que viu que muitas pessoas se divertiam nas igrejas, quando de repente começaram a gritar: “eu fiquei, eu fiquei”. Havia muitos que se desesperaram ao perceber que pessoas haviam sido levadas ao céu. 

Comente agora

Pastor Malafaia denuncia exposição no MAM: “bandidos erotizando crianças em nome da arte”

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 01/10 23:42h
Pastor Malafaia denuncia exposição no MAM: “bandidos erotizando crianças em nome da arte”

O pastor Silas Malafaia está denunciando a performance que colocou um homem nu sendo apalpado por uma criança no 35º Panorama da Arte Brasileira no MAM (Museu da Arte Moderna), em São Paulo. As fotos e vídeos da exibição tiveram grande repercussão nas redes sociais e, a exemplo do que ocorreu com o Queer Museu em Porto Alegre, revelou que a incitação à pedofilia é justificada por movimentos de esquerda como aceitável quando feita em nome da arte. As imagens do coreógrafo carioca Wagner Schwartz deitado no chão, sem roupa, sendo apalpado por uma menina foram usadas por Malafaia no vídeo que ele gravou nesta sexta-feira (29), para exemplificar o que ele classificou como “lixo moral”. O líder do Ministério Vitória em Cristo voltou a apontar como “ativistas gays, esquerdopatas e libertinos”, querem impor sua agenda na sociedade. Por ser também psicólogo, Malafaia apontou para o fato de que as crianças não têm maturidade para diferenciar certos tipos de informação, classificou a performance como “afronta ao pequeno ser”. Recorrendo à Constituição Federal e o Estatuto de Criança e do Adolescente (ECA), enfatizou que não se trata de uma questão religiosa, mas legal, afinal não foram protegidos os direitos das crianças.

Assista abaixo:

Comente agora

Cláudio Duarte protesta sobre exposição no MAM: “absurdo”

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 01/10 01:41h
Cláudio Duarte protesta sobre exposição no MAM: “absurdo”

Um vídeo gravado pelo pastor Cláudio Duarte está circulando nas redes sociais nas últimas horas. O material, com cerca de um minuto, aborda a polêmica exibição no Museu de Arte Moderna de São Paulo, que colocou um homem nu para “interagir” com crianças em nome da arte (saiba mais). Admitindo que preferiu não se manifestar no caso da mostra QueerMuseu, promovida pelo banco Santander em Porto Alegre, o pastor Cláudio agora vem a público protestar contra o que considera um “absurdo”. Na mensagem gravada para seus muitos seguidores nas redes sociais, ele demonstra sua contrariedade com a erotização infantil promovida no país. Questionando as autoridades, diz acreditar que as fotos e vídeos divulgados sobre a performance do artista Wagner Schwartz na abertura do 35º Panorama da Arte Brasileira demonstram um descaso dos pais. “Deixar uma criança se expor a uma situação ridícula como esta? Eu gostaria que vocês se posicionassem”, pediu Duarte àqueles que assistem ao seu vídeo. “As pessoas ficam aí falando de cura gay, precisamos é curar a mente do homem”, emendou, ao lembrar que “não é de hoje” que procuram erotizar as crianças do país.

Assista:

Comente agora

'A coisa mais fundamental é o diálogo', lembra psiquiatra sobre comportamento suicida

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 30/09 08:00h
'A coisa mais fundamental é o diálogo', lembra psiquiatra sobre comportamento suicida

Chega ao fim neste sábado (30) o mês em que é realizada a campanha Setembro Amarelo, dedicada à prevenção ao suicídio. No entanto, é importante que o tema seja lembrado durante todo o ano. De acordo com relatório inédito do Ministério da Saúde, o Brasil registra anualmente uma média de 11 mil casos de suicídio, com tendência ao crescimento. Só nos últimos cinco anos, houve um aumento de 12% no total de casos. Em entrevista ao Bahia Notícias, o psiquiatra Lúcio Botelho afirmou que alguns sinais devem ser observados na tentativa de se identificar o sofrimento de pessoas próximas. "Muitas vezes, o comportamento diferenciado passa despercebido, ainda que a pessoa peça ajuda. A gente deve estar atento a alterações de padrões de comportamento. Pessoas que costumavam ter um desempenho social bom e ir bem no trabalho, por exemplo, de repente ficam mais retraídas ou passam a ter atitudes mais impulsivas", pontuou.

Comente agora

Professor de direito diz em sala de aula que 'mulher gosta de apanhar'. Veja vídeo

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 29/09 18:35h
Professor de direito diz em sala de aula que 'mulher gosta de apanhar'. Veja vídeo

Um professor do Centro de Estudos Jurídicos Luiz Carlos, em Curitiba, falou em sala de aula que "mulher gosta de apanhar". No vídeo, compartilhado nas redes socais, é possível assistir à declaração. Victor Augusto Leão faz parte da equipe de professores do Curso Luiz Carlos que, no site, o apresenta como graduado em direito pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), com especialização em direito civil contempo e mestre em ciência jurídica. A instituição oferece cursos preparatórios para concursos públicos e exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). No domingo (24), o Curso Luiz Carlos fez um comunicado sobre o ocorrido e afirmou ter tomado conhecimento do fato no sábado (23), pelas redes sociais, e que a aula foi ministrada no dia 2 de setembro. A aula, segundo o próprio professor, era uma revisão de véspera para o concurso do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). De acordo com o comunicado, a instituição não recebeu nenhuma reclamação escrita ou verbal na secretaria relacionada aos comentários do professor. "O curso repudia e não compactua com qualquer tipo de incitação à violência contra as mulheres – ou qualquer outro tipo de discriminação, ligada a que gênero for", diz um trecho do comunicado. Uma nota de repúdio foi divulgada por um grupo de entidades ligadas a mulheres, como a Associação Brasileira de Lesbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais (ABGLT), a Articulação de Mulheres Brasileiras (AMB), o Comitê Latino-americano e do Caribe para a Defesa dos Direitos da Mulher, a PartidA Feminista Nacional e Rede Mulheres Negras do Paraná. "Não é aceitável que um professor de Direito ignore e deboche em sala de aula da alarmante estatística de violência doméstica no país. Uma em cada três mulheres sofreu algum tipo de violência só no último ano no Brasil. 503 mulheres são vitimas de agressões físicas a cada hora (Datafolha. Março/2017)", diz um dos trechos da nota. 

Assista ao vídeo abaixo:


 

O que diz o professor: 

Comente agora

Exercícios físicos auxiliam no combate à insônia; saiba tudo

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 29/09 17:03h
Exercícios físicos auxiliam no combate à insônia; saiba tudo

De acordo com a Associação Brasileira do Sono, cerca de 36,5% dos brasileiros têm dificuldades para dormir. Por isso, não são poucas as pessoas que têm procurado driblar a ausência de sono por meio do uso de medicamentos, cujos efeitos colaterais podem ser extremamente prejudiciais à saúde. Porém, o que poucos sabem é que os exercícios físicos podem funcionar como um remédio extremamente eficiente e saudável contra a insônia. “Começar a praticar atividade física com regularidade já pode melhorar a qualidade do sono”, revela o pneumologista, Dr. Pedro Genta, coordenador do Centro de Medicina do Sono do HCor – Hospital do Coração. O médico acrescenta que a iniciativa de frequentar academias, praticar esportes ou mesmo fazer simples caminhadas ajudam a regular o metabolismo e o funcionamento do organismo como um todo, o que reduz os efeitos da insônia e confere melhores condições para que se possa normalizar o sono. “Contudo, vale lembrar que os exercícios devem ser feitos sempre mais cedo, já que a descarga de substâncias como a adrenalina pouco antes da hora de dormir também pode atrapalhar o descanso noturno”, ressalva o pneumologista do HCor.

Comente agora

Quase 50% dos fumantes querem deixar o cigarro nos próximos meses, indica estudo

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 29/09 16:04h
Quase 50% dos fumantes querem deixar o cigarro nos próximos meses, indica estudo

Nos próximos seis meses, 49% dos fumantes do país planejam deixar o cigarro, o maior índice registrado entre todos os países que compõem o Projeto ITC Brasil – pesquisa que mede o impacto psicossocial e comportamental de políticas para o controle do tabaco. Os resultados foram divulgados hoje (29) durante o Congresso Instituto Nacional do Câncer (Inca) 80 anos, realizado no Rio de Janeiro. Os dados do Projeto Internacional de Avaliação das Políticas de Controle do Tabaco (Projeto ITC Brasil) englobam informações relativas a 24 países. Entre os principais motivos apontados pelos fumantes para deixar o hábito estão a preocupação com a própria saúde, com os danos que possam vir a causar em outras pessoas pelo tabagismo passivo e com a possibilidade de dar mau exemplo a crianças. A pesquisa indica, entre outros aspectos, que os fumantes brasileiros estão altamente motivados para deixarem de fumar e apoiam novas ações governamentais de combate ao tabagismo.

Comente agora

Pais devem equilibrar a relação das crianças com aparelhos eletrônicos

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 28/09 20:47h
Pais devem equilibrar a relação das crianças com aparelhos eletrônicos

Atualmente, o sedentarismo é apontado como um dos fatores responsáveis pela obesidade infantil. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2014, 41 milhões de crianças de todo o mundo estavam obesas, e o número vem crescendo.   Esse número pode estar associado ao longo tempo que as crianças ficam na frente de aparelhos eletrônicos. Por mais que esse tipo de acessório tenha se tornado um recurso que garante um pouco de tranquilidade aos pais, que podem se dedicar a outras tarefas enquanto os filhos estão entretidos, uma rotina preenchida apenas com atividades nesses dispositivos pode se tornar um problema quando são excluídas do dia-a-dia da criança as brincadeiras ao ar livre ou com os amigos.  Apesar de ser praticamente uma utopia extingir as telas da vida das crianças, é necessário criar formas de gerir o uso desses dispositivos a fim de evitar excessos. Para isso, a mediação dos pais em relação ao problema é fundamental.   Em entrevista concedida ao site Catraca Livre, a neurologista pediátrica e presidente do Departamento de Desenvolvimento da Sociedade Brasileira de Pediatria, Liubiana Arantes de Araújo, aconselha que a criança não deve ficar muito tempo usando dispositivos eletrônicos.

Comente agora

Adolescentes levam cada vez mais tempo para amadurecer

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 26/09 09:03h
Adolescentes levam cada vez mais tempo para amadurecer

Os adolescentes de hoje não são como os de antigamente. Segundo um novo estudo publicado no periódico científico Child Development, atualmente, os jovens demoram mais para se engajar em atividades consideradas adultas, como dirigir, trabalhar, beber e ter relações sexuais, em comparação com aqueles de 40 anos atrás. Segundo os pesquisadores, essa tendência está associada ao fato de os marcos da vida adulta, como a decisão de ter filhos, o ingresso na faculdade,  e a iminência da morte – devido ao aumento da expectativa de vida – , ocorrerem mais tarde. 

A pesquisa
Pesquisadores da Universidade de San Diego, nos Estados Unidos, analisaram dados de sete pesquisas nacionais sobre os hábitos dos adolescentes com idade entre 13 e 19 anos, dos anos 1976 e 2016. Nos questionários, os participantes responderam perguntas sobre suas rotinas e atividades diárias, permitindo que os pesquisadores identificassem padrões e diferenças entre as cinco gerações abordadas pelo estudo – 1970, 1980, 1990, 2000 e 2010.

Comente agora

Dia mundial sem carro: 200 mil baianos preferem utilizar o metrô todos os dias

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 22/09 07:55h
Dia mundial sem carro: 200 mil baianos preferem utilizar o metrô todos os dias

Em Salvador, quase 800 mil pessoas estão habilitadas a dirigir uma frota de quase um milhão de veículos, segundo dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Com a chegada do metrô até a estação de Mussurunga, cerca de 200 mil baianos deixam de usar carro ou pegar ônibus todos os dias, de acordo com a CCR Metrô Bahia. No Dia mundial sem carro, comemorado nesta sexta (22), as pessoas são convocadas a utilizar esse sistema. O investimento de R$ 8 bilhões do Governo do Estado no Programa Mobilidade Salvador está sendo feito para que, na capital baiana, todo dia seja um dia mundial sem carro.Com a implantação do metrô, que possui 19 estações em operação, além dos terminais para integração de ônibus urbanos e intermunicipais, muita gente já está deixando o carro em casa. O promotor de vendas Brás Hipólito é uma delas. “Facilita bastante, economizo tempo, gasolina e chego sempre no horário marcado”.Agente de portaria, Valdinei Brito passeia com a família de metrô. “É mais cômodo, mais prático, mais rápido. E a gente tem que aproveitar porque é uma coisa nossa. Deixo o carro em casa e vou com a mulher e os filhos na Lapa. Gostei muito”. A recepcionista Rita Vieira tinha carona certa para a rodoviária. Preferiu o metrô. “Moro em Stella Maris, pedi que me deixassem aqui. É mais prático, mais rápido e mais confortável”.(Política Livre)

Comente agora

Pastor ensina técnica para diminuir nervosismo na hora de pregar

Comportamento  Postado por Redação Voz da Bahia - 21/09 23:28h
Pastor ensina técnica para diminuir nervosismo na hora de pregar

O pastor Everson Alessandro, por meio do canal no YouTube Instituto Mundo Bíblico, publicou um vídeo com o objetivo de ensinar uma técnica que tem a pretensão de reduzir a ansiedade de pregadores. Segundo ele, a intenção surgiu por situações pessoais de ansiedade mesmo tendo feito preparações, estudos para que a liturgia seguisse por seus tramites comuns. A principal justificativa, em sua avaliação, é o fato de ser um ambiente novo. “Tem gente que chega em um lugar que não conhece e começa a pensar assim: ‘Poxa será que o público vai receber de mim? Será que o público vai conseguir entender?’”, afirmou. A respiração, na sua visão, é o principal recurso a ser gerenciado. “A gente sabe que tudo passa pela respiração. Todo nosso sistema, tanto a parte fisiológica e orgânica estão ligadas e a ela se complementam”, justificou. O pastor estabelece a tese de que, quando as pessoas aprendem a respirar, o corpo humano acaba sendo ‘notificado’ que “as coisas estão resolvidas”. Ele, ainda, defende que “isso é ciência”. “Primeiro vou colocar aqui o ponto de ansiedade. É algo que todos nós já passamos. E se manifesta seja quando a mão está tremendo, as pernas, gaguejando, você tomando muita água, ficando com a boca seca”, exemplificou. Ele ainda afirma que existem dois estágios, a ansiedade e o comodismo. “Você preparou tudo e está pronto para ministrar. Você domina um assunto, você conhece a plateia, tá todo mundo ao seu redor. Se tá nervoso, você precisa respirar”, contou. 

Assista:

Comente agora

Brasil vai aceitar recomendação que prega o casamento com "marido e mulher"

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 20/09 21:45h
Brasil vai aceitar recomendação que prega o casamento com "marido e mulher"

Deputados evangélicos e católicos se uniram para pressionar o governo de Michel Temer (PMDB) a modificar a posição do País sobre uma proposta do Vaticano de definir a "família natural" e o casamento com "marido e mulher". A proposta da Santa Sé foi apresentada durante a Revisão Periódica Universal do Brasil, em maio na sede da Organização das Nações Unidas (ONU). Naquele momento, governos de todo o mundo e as Nações Unidas avaliaram as políticas de direitos humanos no Brasil.  Nesta quinta-feira, 21, o governo terá de explicar à comunidade internacional em Genebra quais medidas aceitará adotar. No total, 246 recomendações foram feitas ao País por mais de cem países sobre direitos humanos. Na semana passada, num documento enviado à ONU, o Brasil indicou que aceitaria 242 delas.  O jornal O Estado de S. Paulo revelou, porém, que quatro propostas foram recusadas. Uma delas foi a do Vaticano de "proteger a família natural e o casamento, formado por um marido e uma mulher, como uma unidade fundamental da sociedade".  Sem dar explicações em um documento submetido à ONU há uma semana, o governo de Michel Temer apenas indicou que essa não seria uma proposta que seria aceitável.  

Comente agora

Esgotamento mental não é frescura; saiba como combater o problema

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 20/09 18:59h
Esgotamento mental não é frescura; saiba como combater o problema

O cansaço mental pode ser sentido quando, além do esgotamento físico, você sente falta de estímulos para interagir socialmente, percebe ansiedade e estresse sem motivos aparentes, irritabilidade e também dificuldade de concentração e memorização. Esses sintomas podem ser facilmente confundidos e tratados por seus sintomas físicos, mas o problema, ao ser identificado, deve ser solucionado.  Ele pode ser provocado por excesso de demandas, sejam elas pessoais ou profissionais, pressão social, cobrança, autocrítica exagerada, alimentação inadequada, sedentarismo e sono desregulado. Para melhorar o quadro, é possível adotar medidas simples para combater o problema sem necessariamente tomar remédios, confira a seguir:

1) Uma rotina de sono é essencial. Faz bem manter a disciplina do horário de descanso, dormindo sempre no mesmo horário e em um ambiente livre de barulhos e sem forte iluminação, para que o relaxamento seja total.

2) Um cardápio equilibrado e cheio de nutrientes também ajuda a evitar o cansaço mental. Evite exageros nas refeições e fuja de dietas restritivas que te deixam com fome.

3) De acordo com o site Vix, beber bastante água, mantendo a média de dois litros por dia ajuda a evitar a desidratação, que causa dores de cabeça, fome exagerada, e prejudica a concentração.

Comente agora

Em carta escrita em 1935, Sigmund Freud negou possibilidade de cura gay

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 20/09 17:23h
Em carta escrita em 1935, Sigmund Freud negou possibilidade de cura gay

Sigmund Freud recebeu em 1935 uma carta de uma mãe aflita lhe perguntando se poderia ajudar seu filho homossexual a deixar de se atrair por pessoas do mesmo sexo. O pai da psicanálise foi enfático na resposta: "não podemos prometer esse resultado". O manuscrito tem sido compartilhado nas redes sociais em protesto contra liminar do juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara do Distrito Federal, que deu, na última sexta-feira (15), aval a terapias de "reversão sexual". Tal prática é proibida pelo CFP (Conselho Federal de Psicologia) desde 1999. A entidade se manifestou contra a liminar. A decisão deu origem a uma série de memes nas redes sociais e reações indignadas. "Não apenas Freud, mas vários estudos mostram que nada pode alterar a natureza do desejo sexual", diz o psicólogo Klecius Borges. "Há tentativas nesse sentido baseadas em princípios religiosos, mas o que muda é o comportamento da pessoa. Há uma diferença grande entre comportamento e desejo sexual", completa.

Comente agora

Depressão e preguiça: como diferenciar?

Comportamento  Postado por Anacley Souza - 19/09 21:41h
Depressão e preguiça: como diferenciar?

Muita gente confunde preguiça e depressão. Entretanto, quando a preguiça pode ser um sinal de depressão? O psiquiatra e consultor Daniel Barros explicou essa diferença no Bem Estar desta sexta-feira (8). A psicóloga especialista em neuropsicologia e desenvolvimento profissional Maitê Lourenço falou sobre a relação trabalho, estresse e depressão.  Na depressão não há graça em fazer as coisas – o que é bom fica indiferente, o que é indiferente fica ruim e o que é ruim fica intolerável. Isso porque a doença altera o entendimento sobre as coisas. Já a preguiça surge por outros motivos: a pessoa é calma e parece que é preguiçosa, ela precisa descansar, tem algum distúrbio do sono, problemas na tireoide.  A depressão tem um ciclo que se repete: ‘eu não faço nada, eu não tenho vontade’. Para interromper esse ciclo, é importante tentar fazer um pouquinho gradualmente, antes mesmo de ter vontade. Não espere a vontade vir para fazer. O fazer vem antes da vontade e é ele que quebra o ciclo. 

Excesso de atividades: Outra coisa que pode levar a depressão é o excesso de atividades. Para conseguir olhar para a própria rotina e entender se está tudo bem, existe uma técnica simples que ajuda a diagnosticar e até tratar a depressão: o quadro de atividades.  

Comente agora

Crianças são mais saudáveis quando os pais dividem a guarda, diz estudo

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 19/09 14:03h
Crianças são mais saudáveis quando os pais dividem a guarda, diz estudo

Ao passar por um divórcio, uma família tem que aprender a viver de uma forma diferente do que costumava ser. É um processo difícil, o qual exige muito diálogo e ajustes ao longo do tempo, principalmente se houverem crianças envolvidas. Algumas famílias costumam deixar a criança vivendo com um dos pais e quem não fica com a guarda faz visitas a cada 15 dias, finais de semana ou outras datas planejadas. Há famílias também que preferem dividir a guarda, deixando uma semana com o pai e outra com a mãe. De acordo com um estudo feito na Universidade de Estocolmo, na Suécia, os filhos que moram em casas diferentes têm a tendência de serem mais saudáveis e felizes. Enquanto as crianças que vivem com apenas um dos pais costumam ser mais estressadas por se preocuparem com o pai ou mãe que veem menos. Além disso, em comparação com as crianças que vivem com guarda compartilhada, elas perderam o contato com mais familiares e amigos ao longo da vida, apresentando também problemas financeiros na idade adulta.

Comente agora

Descubra por que a fome muda o humor

Comportamento  Postado por Willyam Reis - 17/09 09:29h
Descubra por que a fome muda o humor

Você sente fome e começa a ficar irritado, sem paciência e só consegue pensar em comida. Identificou-se com o quadro? Pois é, a fome realmente nos deixa menos racionais e mais emocionais, conforme já foi provado em um estudo realizado em 2014 e publicado no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences, que concluiu que quanto menores eram os níveis de glicose no sangue, maior era a irritação e raiva dos voluntários. As dietas restritivas são outro gatilho para ficar com muito mau humor e irritação. Mas por quê? Segundo o Clique Ciência, do UOL, a culpa é da queda nos níveis de glicose no sangue, a chamada hipoglicemia. "A hipoglicemia leva à liberação de hormônios relacionados ao estresse, como o cortisol e a adrenalina", comenta o endocrinologista Márcio Mancini. Comportamentos mais agressivos também podem surgir devido a liberação do neuropeptídeo Y (NPY), um potente estimulador do apetite. A explicação para o comportamento de raiva pode estar nos nossos antepassados e na evolução.

Comente agora
Veja mais

As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com