Voz


PodCast



Enquete





Blog

Natureza

Salvador: Ação retira 100 quilos de lixo do mar e da praia da Barra

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 27/11 14:29h
Salvador: Ação retira 100 quilos de lixo do mar e da praia da Barra

Foto : Divulgação

Cerca de 100 quilos de lixo foram retirados do fundo do mar e da praia da Barra, em Salvador, no último sábado (24). A ação, realizada no trecho entre o Farol e o Porto da Barra, fez parte do projeto Praia Limpa, cujo balanço foi divulgado ontem (26). Ao longo de seis horas, foram recolhidas mil bitucas de cigarro, dezenas de palitos de picolé, tampas de garrafa pet, canudos e espetinhos de madeira, além de garrafas de água mineral e latinhas de cerveja. Segundo o Terminal de Contêineres do Porto de Salvador (Tecon Salvador), que organiza o projeto, o material recolhido foi encaminhado para uma empresa especializada, que fará a separação do que pode ser reciclado. (Metro1)

Comente agora

Piaçava vira lavoura comercial no Sul da Bahia

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 25/11 11:43h
Piaçava vira lavoura comercial no Sul da Bahia

O Sul da Bahia é a região que mais produz piaçava no Brasil. A fibra encontrou por lá o ambiente favorável para o seu desenvolvimento natural. Mas agora existe também a lavoura com perfil comercial. A Fazenda São Miguel, em Itacaré, se tornou uma referência no assunto. A domesticação da piaçava ali começou há quase 30 anos, na base do erro e do acerto. A vontade de um agrônomo recém-formado hoje se consolida em 400 mil pés de piaçava distribuídos em 300 hectares. A produtividade é maior do que na mata. O trabalho de pesquisa dele para o cultivo foi registrado no livro "Piaçava na Bahia", feito em parceria com a Universidade Estadual de Santa Cruz.

O ciclo

Com chuva na quantidade certa, solo adequado e temperatura confortável, a piaçava encontrou na Bahia seu lugar favorito. Apesar de ocorrer também em Alagoas e Sergipe, foi lá, numa faixa que se estende por 50 km a partir do mar, que a espécie ganhou fama e boa produção. A piaçaveira começa a produzir fibra a partir dos 7 anos. E, frutos a partir dos 10. O ciclo de vida dura de 30 a 50 anos. O maior desafio na domesticação foi chegar a uma muda de qualidade. Foram 10 anos de pesquisa e testes. Primeiro, foi preciso aprender a diferenciar frutos machos (sem semente) dos frutos fêmeas. A germinação também é diferente, do tipo distante tubular. "Forma a palmeirinha embaixo, que vai subindo", explica Alex. Na fazenda, esse processo é feito dentro de garrafas pet. E também é preciso saber o ponto certo de fazer o corte, já que a piaçava desempenha uma função estrutural na planta. Se cortar muito baixo, o vento pode tombar a palmeira.

Gargalos

Comente agora

Desmatamento na Amazônia aumenta 13,7% em um ano

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 23/11 22:00h
Desmatamento na Amazônia aumenta 13,7% em um ano

Foto: Arquivo/Agència Brasil

O desmatamento na Amazônia aumentou 13,7% entre agosto de 2017 e julho deste ano. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (23) pelos ministérios do Meio Ambiente (MMA) e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). A área total desmatada alcançou 7,9 mil quilômetros quadrados (km²), enquanto no período anterior o desmatamento foi de 6.947 km². Os estados que apresentaram os índices mais elevados de desmatamento foram: Pará, Mato Grosso, Rondônia e Amazonas. Os ministérios esclarecem que, apesar de ter aumentado em relação ao ano passado, o desmatamento registrado neste ano foi reduzido em 72% em relação à taxa de 2004, quando o governo federal iniciou o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal (PPCDAm). O resultado também representa 60% da meta prevista na Política Nacional sobre Mudança do Clima. A medição do território desmatado é feita pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), por meio do Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (Prodes). As imagens do satélite registram as áreas em que a cobertura florestal primária foi completamente removida em mais de 6,25 hectares, independente da finalidade.

Uso alternativo do solo

Comente agora

Cratera em Vera Cruz cresce e chega a 86m de comprimento; causa ainda é desconhecida, mas risco para vila foi descartado

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 19/11 20:50h
Cratera em Vera Cruz cresce e chega a 86m de comprimento; causa ainda é desconhecida, mas risco para vila foi descartado

Foto: Reprodução/TV Bahia

O comprimento e largura da cratera que se abriu perto da vila de Matarandiba, na cidade de Vera Cruz, Ilha de Itaparica, na Bahia, cresceram cerca de 2 metros nos últimos dois meses. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (19) pela Agência Nacional de Mineração (ANM), durante reunião realizada com os moradores da comunidade. De acordo com o órgão, atualmente, o buraco tem 86 metros de comprimento e 36 de largura. Apenas a profundidade diminuiu para 40 metros, devido ao acumulo dos detritos que caem com o crescimento do buraco. Em setembro, a erosão tinha 83,5 metros de comprimento, 34,4 de largura e 41,2 de profundidade. Ainda segundo a ANM, a causa do surgimentro da cratera ainda não foi descoberta, mas o risco para a vila está descartado. Contudo, a Defesa civil está montando um plano de contingência, em caso de emergência. Estudos seguem sendo realizados no local. A erosão foi descoberta pela Dow Química, que atua na área onde o buraco surgiu, no final de junho deste ano, durante um trabalho de rotina, e tinha 69 metros de comprimento. A cratera fica no meio de uma mata nativa na localidade de Matarandiba e está a cerca de 1 km do local onde vivem os moradores, que temem.

Comente agora

Astrônomos descobrem planeta parecido com a Terra a 'apenas' 6 anos-luz de distância

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 16/11 22:00h
Astrônomos descobrem planeta parecido com a Terra a 'apenas' 6 anos-luz de distância

Foto: ESO/M. Kornmesser

Ele fica a "apenas" 6 anos-luz daqui, tem dimensões semelhantes à Terra e está a uma distância de sua estrela parecida daquela entre o nosso planeta e o Sol. Cientistas anunciam nesta quarta-feira a descoberta de um planeta que orbita a estrela de Barnard e, provavelmente, é rochoso. É o segundo exoplaneta - como são chamados os planetas fora do Sistema Solar - mais próximo da Terra já descoberto.  Mas é preciso conter a euforia: é praticamente improvável que Barnard b ou GJ 699 b (as duas maneiras como o astro é denominado, cientificamente) reúna condições para a existência de vida.  O planeta está na categoria de superterra, ou seja, tem massa maior do que a Terra, mas menor do que os gigantes gasosos do Sistema Solar – por definição, o termo é empregado para planetas com massa de 1 a 10 vezes a da Terra. Barnard b, de acordo com os dados disponíveis, deve ter uma massa pelo menos 3,2 vezes a da Terra e dá uma volta completa em torno de sua estrela a cada 233 dias. A descoberta foi realizada por um grupo internacional de astrônomos, unidos em dois consórcios internacionais de busca por planetas rochosos, o Red Dots Project e o Carmenes, e acaba de ser divulgada pela revista científica Nature.

Comente agora

Porto Seguro: Tartaruga é achada morta em calçada

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 12/11 16:05h
Porto Seguro: Tartaruga é achada morta em calçada

Foto: Namidia News

Uma tartaruga foi encontrada morta na calçada da Avenida do Descobrimento, no centro da cidade de Porto Seguro, no sul da Bahia. De acordo com testemunhas, o animal foi visto na tarde de domingo (11). Ela apresentava furos no casco e marcas de mordidas na cabeça. Segundo informações de especialistas da ONG Chauá, organização que atua na conservação da natureza integrando pesquisa científica e capacitação, a tartaruga é da espécie verde e é comum encontrá-la em toda a costa brasileira. Ainda não há detalhes do que pode ter provocado as marcas no casco e na cabeça da tartaruga, mas a suspeita é de que os ferimentos podem ter sido causados por peixes grandes, tubarões em alto mar ou choque com alguma embarcação. Apenas uma autopsia poderá determinar a causa da morte da tartaruga. Também não há informações sobre como a tartaruga foi parar na calçada. Testemunhas acreditam que o animal tenha sido encontrado na praia e alguém tentou carregar, mas devido ao peso do animal, não conseguiu levar muito longe. Conforme especialistas, uma tartaruga adulta da espécie verde pode pesar entre 100 kg e 180 kg. (G1/Ba)

Comente agora

ONU diz que camada de ozônio se recupera até 3% por década

Natureza  Postado por Aline Souza - 06/11 21:58h
ONU diz que camada de ozônio se recupera até 3% por década

Foto : Divulgação/NASA

Um relatório da Organização das Nações Unidas publicado ontem (5) aponta que a camada de ozônio, proteção da Terra contra os raios ultravioleta provenientes do Sol, está se recuperando do dano causado por sprays aerossol e refrigeradores. Um dos autores do estudo, o geocientista chefe no Goddard Space Flight Center, da Nasa, Paul Newman, afirmou que a emissão das substâncias foi contida. "Se as emissões de substâncias nocivas à camada de ozônio tivessem continuado a crescer, estaríamos sentindo efeitos enormes", disse. No final da década de 1990, cerca de 10% da parte superior da camada de ozônio estava deteriorada.

Comente agora

O maior organismo vivo da Terra está morrendo

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 18/10 21:45h
O maior organismo vivo da Terra está morrendo

Foto: J Zapell / Forest Service/Wikimedia Commons

Responda rápido: o que pesa mais, uma baleia azul ou esta árvore milenar que fica em uma floresta de Utah, nos Estados Unidos? Como você já deve ter sacado pela imagem deste post, acertou quem escolheu a segunda opção. Com incríveis 6 milhões de quilogramas, o Pando é o maior ser vivo que já deu o ar da graça no planeta.

À primeira vista, parece se tratar de uma floresta. E de fato é mesmo. O que os cientistas convencionam chamar de Pando, na verdade, diz respeito a 47 mil árvores reunidas uma área de 430 mil metros quadrados (o equivalente a 57 campos de futebol). Tudo que a vista alcança, no entanto, representa uma coisa só. Isso porque cada árvore compartilha o mesmo DNA, e está conectada com seus gêmeos idênticos por um intrincado sistema de raízes subterrâneas. Por causa disso são, a rigor, o mesmo indivíduo.

Comente agora

Briga na Justiça chega ao fim e ursa mais triste do mundo será transferida do Piauí

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 19/09 22:22h
Briga na Justiça chega ao fim e ursa mais triste do mundo será transferida do Piauí

Foto: Reprodução / Instagram
 

A Ursa Marsha, que ficou conhecida na internet como a "ursa mais triste do mundo", será transferida do Parque Zoobotânico de Teresina, onde vivia sob o calor que chega aos 40º C na cidade. Antes do zoológico, o animal passou por maus-tratos em um circo por cerca de 20 anos, onde era mantido em uma jaula. A briga na justiça se estende há algum tempo. Em novembro de 2017, o juiz Frederico Botelho de Barros Viana havia determinado a transferência da ursa para o santuário Associação Mata Ciliar, em Jundiaí (SP). Porém, uma decisão do desembargador Jirair Aram Meguerian, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, derrubou a liminar da transferência, alegando que a longa distância entre Teresina e Jundiaí colocaria a saúde da ursa em risco.Uma petição de uma organização de defesa da natureza e dos animais, que contou com quase 50 mil assinaturas foi responsável pela reabertura do debate sobre a transferência da ursa Marsha. Apesar do santuário Rancho dos Gnomos, em São Paulo, já ter se prontificado para receber a ursa, o zoológico mostrou resistência em liberá-la. (BN)

Comente agora

Por que animais marinhos confundem plástico com comida?

Natureza  Postado por Aline Souza - 17/09 18:10h
Por que animais marinhos confundem plástico com comida?

Foto: Getty imagens

Do plâncton minúsculo a baleias enormes, tem crescido o registro da ingestão de plástico por animais marinhos de várias espécies. Com esse tipo de resíduo despejado na água em uma escala que chega a milhões de toneladas por ano, esse consumo ocorre quando o animal, ao se alimentar, engole acidentalmente fragmentos de plástico que estão na área - ou quando esses fragmentos são, literalmente, confundidos com o alimento. E por que isso ocorre? A explicação de pesquisadores é que o plástico não só parece com comida. Ele também tem cheiro de comida. "Tente cheirar um pedaço de plástico que você encontrar na água da próxima vez que estiver na praia", sugere Erik Zettler, ecologista microbiano do Instituto Real Holandês de Pesquisas Marítimas.

Comente agora

Morador de Barreiras inicia incêndio ao queimar lixo perto de vegetação

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 05/09 20:40h
Morador de Barreiras inicia incêndio ao queimar lixo perto de vegetação

Foto : Reprodução / TV Oeste

Um incêndio em Barreiras, no oeste da Bahia, atingiu uma área de seis hectares, equivalente a oito campos de futebol. O fogo começou na segunda (3), depois de um morador da cidade queimar lixo perto de uma vegetação seca. O controle das chamas só aconteceu na noite de ontem e os brigadistas fizeram o rescaldo do local hoje (5). A flora afetada fica próxima do Hospital do Oeste e de residências do bairro Bela Vista. Desde julho a equipe do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PrevFogo) trabalha no combate às queimadas que, em uma semana, somam 57 na área.  De acordo com o G1, Vagner Manhesi, gerente do PrevFogo, explicou que as queimadas destroem indiretamente a fauna da região. “É bem nesta época, por ter várias flores no chão, vários frutos caídos, que os animais que compõem a nossa fauna se reproduzem, justamente para os filhotes poderem se alimentar disso. Quando a gente queima flores e frutos, a gente está interrompendo a vida deles”, alertou Manhesi. (M1)

Comente agora

Rumo ao abate, jumentos morrem de fome e sede na Bahia: 'lugar horrível'

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 05/09 18:24h
Rumo ao abate, jumentos morrem de fome e sede na Bahia: 'lugar horrível'

Um caso explícito de maus-tratos que já resultou na morte de um número indefinido de jumentos – fala-se até em centenas – tem causado perplexidade em Itapetinga, cidade do Sudoeste da Bahia conhecida pela forte atuação na pecuária. Cerca de 2 mil desses animais, oriundos de vários estados do Nordeste, chegaram ao município nos últimos dois meses para serem abatidos num frigorífico local que, segundo a Polícia Civil, possui autorização para realizar o serviço. Os responsáveis pelos animais são dois chineses que a polícia preferiu, por enquanto, não divulgar os nomes para não prejudicar as investigações, mas é certo que vão responder por crime ambiental por deixar os animais com fome e sede.  A falta de alimentação e água, inclusive, é a principal razão para a morte dos animais, que chegam em carretas ao local, já debilitados. Muitos deles são fêmeas prenhas, que por sua vez, estão perdendo as crias. Imagens em fotos e vídeos feitas pela ong SOS Animais, que atua na defesa dos direitos dos animais em Itapetinga, mostram jumentos mortos e feridos em diversas partes do corpo – alguns deles, inclusive, mutilados.

Comente agora

Prado: Baleia jubarte e filhote da mesma espécie são encontrados mortos em praia

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 03/09 14:11h
Prado: Baleia jubarte e filhote da mesma espécie são encontrados mortos em praia

Foto: Secretaria de Meio Ambiente de Prado

Uma baleia jubarte e um filhote da mesma espécie foram encontrados mortos no litoral do município de Prado, no sul do estado. O filhote de baleia jubarte foi achado nas proximidades da Barraca 51 nesta segunda-feira (3). Ele continua no local por causa da maré alta. De acordo com informações da Secretaria de Meio Ambiente de Prado, o corpo do animal deve ser removido no final da tarde de segunda-feira. Já na manhã de domingo (2), restos mortais de uma baleia jubarte também foram localizados em Prado. Alunos de um curso de bombeiros civil encontraram o animal já em estado de decomposição. O projeto Baleia Jubarte informou que ainda não sabe as causas das mortes dos animais e que não foi acionado sobre os casos. (G1/Ba)

Comente agora

Em 2019, satélite Brasil-China vai monitorar desmatamentos

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 29/08 22:29h
Em 2019, satélite Brasil-China vai monitorar desmatamentos

Foto: TV Brasil

O governo chinês e autoridades do setor aeroespacial brasileiro celebraram, nesta quarta-feira (29), na Embaixada da China, em Brasília, o 30º Aniversário da cooperação entre os dois países na área de satélites. A parceria, conhecida como Programa Cbers (sigla em inglês para Programa Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres), permitiu a produção de cinco satélites sino-brasileiros de recursos terrestres. O sexto equipamento de sensoriamento remoto, o Cbers-4A, está previsto para ser lançado no ano que vem em Taiwan, no país asiático. Coordenado pela Agência Espacial Brasileira (AEB) e pela Administração Nacional Espacial da China, o programa permitiu o desenvolvimento de um sistema completo de sensoriamento remoto (espacial e terrestre) para fornecimento de imagens gratuitas a ambos os países e a mais de 20 nações da América do Sul, do sul da África e do Sudeste Asiático.  O presidente da AEB, José Raimundo Braga Coelho, destacou a iniciativa pioneira de cooperação em alta tecnologia entre dois países emergentes. “Todo esforço que se faz para ampliar conhecimento em áreas estratégicas como a espacial é válido.

Comente agora

Não Alimente os Pombos

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 28/08 15:18h
Não Alimente os Pombos

O pombo doméstico e o pombo correio são uma variedade do pombo das rochas do mediterrâneo, Columba lívia. São encontrados no mundo todo, exceto nas regiões polares.Já eram criados há 5000 anos atrás pelos asiáticos. Chegaram ao Brasil trazidos por imigrantes europeus no século XVI como ave doméstica, adaptando-se muito bem aos grandes centros urbanos, devido a facilidade de encontrar alimento e abrigo. Através de seleção genética foram melhorados para várias finalidades; ornamental, companhia, trabalho (correio), esporte (distância e velocidade de vôo), alimentação (fonte de proteina). Os pombos vivem de 15 a 30 anos na natureza, e somente 3 a 5 anos nas cidades, devido a doenças provocadas pela alimentação não natural e ao desequilíbrio de sua população. Quando uma população animal cresce desequilibradamente há um controle natural através da transmissão de doenças dentro da colonia. Formam casais por toda a vida, tendo 5 a 6 ninhadas por ano, cada uma com até 2 filhotes.Os ovos são incubados por 17 a19 dias e os filhotes tornam-se adultos entre os 6 e 8 meses de idade. Utilizam como abrigo locais altos, como torre de igreja, forro de telhado, topo e beirais de edifícios, vão de instalação de ar condicionado, etc... Sua dieta alimentar natural são os grãos e sementes. As aves jovens são alimentadas pelos pais com leite do papo e os grãos são introduzidos em tamanhos crescentes.

Comente agora

Baleia é encontrada morta na praia em Trancoso; número de casos sobe para 29

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 23/08 19:40h
Baleia é encontrada morta na praia em Trancoso; número de casos sobe para 29

Mais uma baleia jubarte foi encontrada morta na Bahia nesta quinta-feira (23). O animal foi encontrado na praia do Rio da Barra, em Trancoso, no extremo sul do estado. O animal é um macho adulto e foi encontrado por moradores da região, que já tinham avistado a baleia em alto mar na manhã de quinta-feira. No início da tarde, os restos da jubarte estavam na beira da praia. Segundo integrantes do projeto Baleia Jubarte, que atuam na região e foram chamados para fazer os procedimentos de análise e causa da morte do animal. Ainda segundo o projeto, com esse caso, sobre para 29 o número de baleias encontradas mortas na Bahia neste ano. (BN)

Comente agora

De envenenamento a desorientação durante o voo, como os agrotóxicos afetam pássaros e abelhas

Natureza  Postado por Aline Souza - 18/08 17:50h
De envenenamento a desorientação durante o voo, como os agrotóxicos afetam pássaros e abelhas

Foto: Getty imegens

Estudos internacionais recentes vêm reforçando os argumentos de ambientalistas de que o uso de agrotóxicos causa danos à fauna das regiões onde estão as lavouras – às vezes, de longo prazo. Um deles, divulgado na revista científica Nature, avaliou o impacto dos inseticidas imidacloprido (neonicotinoide) e clorpirifós (organofosforado), ambos usados no Brasil, em aves canoras (pássaros que têm a capacidade de cantar) que se alimentam de sementes. Os tico-ticos de coroa branca (Zonotrichia leucophrys), pássaros das Américas analisados na pesquisa, apresentaram sinais de envenenamento, perda de massa corporal e alteração na capacidade de orientação durante voos migratórios. Além dos pássaros, segundo especialistas, qualquer ser vivo está sujeito a sofrer esses efeitos tóxicos, incluindo insetos, répteis, anfíbios, mamíferos, peixes, demais organismos aquáticos e espécies vegetais. 

Comente agora

O que é o brilho misterioso captado pela Nasa nos confins do Sistema Solar

Natureza  Postado por Aline Souza - 15/08 17:04h
O que é o brilho misterioso captado pela Nasa nos confins do Sistema Solar

Foto: Nasa

Sua missão é explorar as fronteiras do nosso Sistema Solar. Mais de uma década após ser lançada, a sonda New Horizons, da Nasa, agência espacial americana, captou uma luz estranha que pode explicar um fenômeno misterioso observado há mais de três décadas. É um brilho ultravioleta, que parece emanar dos confins do nosso Sistema Solar. Mais precisamente, de uma parede de hidrogênio, que marca o ponto em que a influência do Sol sobre os corpos celestes começa a desaparecer, diz um estudo publicado pela revista científica Geophysical Research Letters. "Estamos vendo a divisa entre a vizinhança do sistema solar e a área fora dela, na galáxia", conta a pesquisadora Leslie Young, do Southwest Research Institute, no Colorado, nos EUA, membro da equipe da New Horizons.

Comente agora

Próximos quatro anos serão ainda mais quentes, segundo estudo

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 14/08 14:56h
Próximos quatro anos serão ainda mais quentes, segundo estudo

Foto: dpa/AFP/Arquivos

Os próximos quatro anos podem ser ainda mais quentes que os anteriores, com temperaturas superiores às previsões dos modelos climáticos, alertou um estudo publicado nesta terça-feira sobre as mudanças térmicas decorrentes do aquecimento global. Entre 2018 e 2022, as variações da temperatura média anual dependem da mudança climática provocada pela atividade humana, mas também pela variabilidade intrínseca do clima, o que dificulta as previsões de um ano em relação a outro. Para que as previsões sejam mais exatas, uma equipe científica inventou um novo sistema de previsões batizado ProCast (Probabilistic forecast), baseado em um método estatístico e nos modelos climáticos já existentes. Este algoritmo prevê para os próximos quatro anos “um período mais quente do que o normal”, que “reforçará de maneira temporária” o aquecimento global, segundo o estudo publicado na revista científica Nature Communications que insiste na ideia de que as mudanças climáticas “não são um processo linear e monótono”. Entre 2018 e 2022, o aumento vinculado à variabilidade natural do clima será “equivalente ao aquecimento climático antrópico”. Isso fará que o aumento da temperatura média seja duas vezes mais elevado que o provocado pela atividade humana, explicou à AFP o principal autor do estudo, Florian Sévellec, membro do Laboratório de oceanografia física e espacial do prestigiado CNRS na França.

Comente agora

Itamaraju: Bicho-preguiça é achado por morador

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 14/08 13:33h
Itamaraju: Bicho-preguiça é achado por morador

Foto: Vinicius Almeida/Arquivo pessoal

Um bicho-preguiça foi resgatado na manhã desta terça-feira (14), no bairro Novo Prado, na cidade de Itamaraju, no sul da Bahia, por um morador da região. O animal foi levado até uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do município. Agentes do órgão acionaram o Grupo de Apoio ao Desenvolvimento Social (Gads), que entrou em contato com o Ibama de Eunápolis, segundo o G1. O grupo foi orientado pelo instituto a soltar o bicho no Parque Nacional do Descobrimento, no sul do estado.

Comente agora

Prado: Baleia Jubarte é achada morta em praia

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 13/08 13:17h
Prado: Baleia Jubarte é achada morta em praia

Foto: Igor Albergaria/Site Prado Notícia

Uma baleia jubarte foi achada morta na manhã desta sexta-feira (10), na praia Nova Barra, em Prado, no extremo sul da Bahia. O animal teve um ferimento na cauda e estava em meio a uma área de vegetação que se formou na areia. Informações preliminares apontam que ele foi levado pela maré. O instituto Baleia Jubarte foi acionado por populares e integrantes do grupo estão a caminho do local. Segundo o projeto Baleia Jubarte, a região sul já registrou cinco caso de encalhe de jubartes. Em junho deste ano. (Via 41)

Comente agora

Salvador tem quase 700 animais silvestres resgatados em 2018

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 09/08 20:52h
Salvador tem quase 700 animais silvestres resgatados em 2018

Foto : Divulgação/ Guarda Civil Municipal

Cerca de 700 animais silvestres foram resgatados pela Guarda Municipal de Salvador em 2018. Segundo o órgão, o crescimento do número de resgates acontece devido à invasão da área urbana, estimulada pelo desmatamento das áreas verdes da cidade.Dos 689 animais encontrados, 124 eram cobras, das quais 99 jiboias. Segundo o supervisor do Grupo Especial de Proteção Ambiental, Robson Pires, o descarte irregular do lixo também colabora para a presença das serpentes em áreas urbanas, já que o acúmulo dos resíduos atrai roedores, que servem de alimento para a espécie. Ao todo, 74 espécies foram resgatadas. "Grande parte dos nossos atendimentos foi realizada entre a região da Barra e Pituba”, informou o supervisor ao A Tarde. No ano passado, Salvador teve 1021 resgates, contra 597 em 2016. A Guarda Civil orienta que caso um um animal silvestre seja encontrado, a população entre em contato através do telefone (71) 3202-5312.(M1)

Comente agora

Orca está há 17 dias carregando filhote morto e preocupa biólogos

Natureza  Postado por Aline Souza - 09/08 16:27h
Orca está há 17 dias carregando filhote morto e preocupa biólogos

Foto: Michael Weiss/Center for Whale Research via AP

Tahlequah, a mãe orca também conhecida como J35, foi vista na tarde de quarta-feira (8), ainda carregando seu filhote morto. Ela está há 17 dias consecutivos carregando o corpo do filhote. "Estou absolutamente chocada e de coração partido", disse Deborah Giles, pesquisadora do Centro de Biologia da Conservação da Universidade de Washington e diretora de pesquisa da Ong Wild Orca ao jornal "Seatlle Times". “Estou chorando. Não posso acreditar que ela ainda esteja carregando seu filhote ”, disse Giles, acrescentando que está muito preocupada com a saúde e o bem-estar mental de J35. 

Comente agora

Ilhéus: Tartaruga marinha é encontrada morta; ONG aponta mais 12 casos na região

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 07/08 17:56h
Ilhéus: Tartaruga marinha é encontrada morta; ONG aponta mais 12 casos na região

Foto: Arquivo pessoal

Uma tartaruga marinha foi encontrada na manhã desta terça-feira (7), em uma praia de Ilhéus, no sul da Bahia. O animal foi visto por uma mulher que estava caminhando pela areia na mesma manhã. Este não é o primeiro caso de tartaruga encontrada morta na região. Somente no litoral de Serra Grande, no distrito de Uruçuca, foram registrados 12 casos de tartarugas mortas na ultima semana. De acordo com uma bióloga do projeto A-Mar, ONG que trabalha com a conservação dos ecossistemas costeiros e marinhos, o número é considerado alto. Nos 12 casos, as tartarugas morreram presas em redes de pesca. A bióloga também afirmou que foram os próprios pescadores que acionaram a ONG para informar que tinham muitos barcos na região. Segundo o G1, a bióloga explicou que em Uruçuca, há uma área de alimentação das tartarugas da espécie verde. (BN)

Comente agora

Mais de 300 mil pessoas são afetadas por piora da seca no Nordeste

Natureza  Postado por Fernanda Pinheiro - 30/07 14:19h
Mais de 300 mil pessoas são afetadas por piora da seca no Nordeste

Os indícios de que a seca está implacável é denunciada pela terra rachada. A falta d’água nos reservatórios e a previsão de poucas chuvas agravam o problema. O último mês foi ainda mais crítico. Monitoramento da Agência Nacional de Águas (ANA) mostra que a seca moderada, nível intermediário do problema, aumentou 246% entre maio e junho. São mais de 328 mil pessoas vivendo em áreas extremas e severas, onde as intempéries do tempo são ainda mais duras. Nesta semana, reunião definirá decisões estratégicas, com referência à gestão de reservatórios de água para o abastecimento e para geração de energia. Sem o avanço de frentes frias, a tendência ainda é de chuvas raras e concentradas nas áreas litorâneas. Os reservatórios estão em baixa. Dos 521 aquíferos do Nordeste, quase a metade (214) está abaixo de  30% da capacidade, segundo a ANA. O temor de especialistas é de que estiagem semelhante à que castigou o semiárido brasileiro entre 2012 e 2017, considerada a pior da história pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), volte a afetar os nordestinos. O Maranhão e o Piauí são os que mais tiveram áreas afetadas pela seca. Na região central do Maranhão, por exemplo, a estiagem varia entre nove a 15 meses. No Ceará, mais 26 municípios tiveram situação de emergência decretada pelo Ministério da Integração Nacional. Agora são 66 cidades nesta situação. Em todo o país, o número de cidades em estado de emergência ultrapassa 800. Nos próximos seis meses, as prefeituras podem pedir apoio ao governo federal para  ações emergenciais.

Comente agora
Veja mais

As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com