Voz


PodCast



Enquete





Blog

Política

Aliados de Temer disputam cargos federais em meio à segunda denúncia na Câmara

Política  Postado por Anacley Souza - 25/09 09:15h
Aliados de Temer disputam cargos federais em meio à segunda denúncia na Câmara

A nova denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer chegou na Câmara acirrando disputas entre os aliados. O ex-deputado Valdemar Costa Neto (SP), cacique do PR e condenado no processo do mensalão, reivindica a Secretaria de Portos. Segundo a coluna Painel, da Folha, Costa Neto considera pouco comandar o Ministério dos Transportes. Por outro lado, Temer teria que desalojar um apadrinhado do senador Jáder Barbalho (PMDB-PA) para atender o pleito do aliado - algo que ele prefere evitar. Ainda segundo a publicação, o governo definiu que cargos do segundo escalão serão negociados diretamente com as bancadas dos partidos. O PP, que estava irrequieto, deu sinais de que ficou satisfeito com a superintendência do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Apesar das disputas, os aliados de Temer têm dito a políticos e investidores que ainda não foi definida uma estratégia para votação da segunda denúncia, segundo eles, porque o tempo conta a favor do presidente. Isso considerando que não faria sentido afastar Temer para promover uma eleição indireta em março ou abril de 2018, às vésperas do pleito regular em outubro. 

Comente agora

Em dois anos, partidos em formação duplicam no Brasil: 68 legendas buscam assinaturas

Política  Postado por Anacley Souza - 24/09 17:05h
Em dois anos, partidos em formação duplicam no Brasil: 68 legendas buscam assinaturas

Juntos, eles são 68. Já têm nome, sigla e estatuto. Alguns têm até hino. Mas, apesar de tudo isso, ainda são partidos em formação.  Para cada um deles ser uma legenda com direito a lançar candidatos e a receber uma fatia do Fundo Partidário, que, no ano passado, atingiu R$ 819 milhões, é preciso apresentar quase meio milhão de assinaturas que devem coletadas em pelo menos nove Estados - e de quem não é filiado a nenhuma sigla.  Na lista, tem sigla para todo o tipo de causa. Tem o dos Animais, o Militar, o Frente Favela Brasil, o Nacional Indígena, o da Família Brasileira e até o Movimento Cidadão Comum. Seis deles carregam a palavra "cristão" no nome.  As possíveis novas legendas defendem causas aleatórias que vão da proteção aos animais e ao meio ambiente a pautas específicas como o direito à segurança e defesa dos interesses de servidores públicos e privados e também dos pequenos e microempresários.  Há ainda releituras de legendas como a Arena e a UDN, que ajudaram a escrever a história política do Brasil, disputas por siglas como a Prona, do ex-deputado Enéas Carneiro (1938-2007), e até movimentos como o Conservador, que há mais de 20 anos tenta, sem sucesso, sair do papel.

Comente agora

Moro nega pedido de Cunha para ficar em Brasília

Política  Postado por Anacley Souza - 24/09 16:46h
Moro nega pedido de Cunha para ficar em Brasília

Sérgio Moro negou, mais uma vez, pedido da defesa de Eduardo Cunha para ficar mais tempo preso em Brasília, para onde foi transferido por autorização do juiz federal com o fim de prestar depoimento ao também juiz Vallisney de Oliveira, informa o Estadão.  “Descabe a prorrogação da permanência até a apresentação das alegações finais e/ou até a prolação da sentença, eis que tais atos não demandam a presença do acusado perante o Juízo da 10ª Vara Federal de Brasília/DF”, anotou Moro.  Em agosto, o juiz da Lava Jato já havia indeferido pedido de Cunha por permanência definitiva em Brasília, no Complexo Penitenciário da Papuda. Cunha  está preso em Curitiba desde 19 de outubro de 2016, acusado de obstruir a operação, e foi condenado a 15 anos e 4 meses de prisão por propinas de U$S 1,5 milhão na compra do campo petrolífero de Benin, na África, pela Petrobras, em 2011.  

Comente agora

Câmara concluirá reforma política e discutirá denúncia contra Temer esta semana

Política  Postado por Anacley Souza - 24/09 15:09h
Câmara concluirá reforma política e discutirá denúncia contra Temer esta semana

O recebimento da denúncia contra o presidente Michel Temer pelos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça e a conclusão dos debates da reforma política dominarão a pauta da Câmara dos Deputados nesta semana. As sessões do plenário estão marcadas para começar a partir das 11h30 de terça-feira (26). Até o momento, não há definição se a Câmara dividirá a denúncia e fará análises separadas. Isso porque a acusação do Ministério Público Federal também envolve os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha e da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco.  “O entendimento, a Secretaria-Geral da Mesa trará com solidez. A primeira impressão é de que é sim possível haver essa análise conjunta, e a solução que for dada pela Câmara dos Deputados terá acompanhada a questão dos ministros. A autorização da Câmara, é focada, no meu entender, na responsabilidade do presidente. Os ministros já podem ser investigados pelo Supremo Tribunal Federal”, disse o líder do DEM, deputado Efraim Filho.  Para começar a tramitação na Câmara, a denúncia entregue na noite da quinta-feira (21) precisa ser lida no plenário em sessão com quórum de pelo menos 51 deputados.

Comente agora

Podemos realiza Iº Encontro Regional em Jacobina

Política  Postado por Anacley Souza - 24/09 11:33h
 Podemos realiza Iº Encontro Regional em Jacobina

Uma aula de como fazer política em direção a um maior número de brasileiros participando de um futuro melhor para o país. A definição é do recém empossado presidente da Regional do Podemos Bahia em Jacobina, Rafael Damaceno, durante I Encontro Regional da legenda, que aconteceu na manhã desse sábado (23) na cidade, considerada a entrada da Chapada Diamantina.Coordenado pelo deputado federal Bacelar, presidente estadual da sigla, o evento reuniu os deputados estaduais Jânio Natal e Alex Lima, prefeitos, vereadores, ex-prefeitos e lideranças regionais, no Hotel Serra do Outro, em Jacobina.Para o deputado Bacelar “esse é um momento crucial para que todos entendam a importância de discutir política. Não vamos aceitar que definam nosso presente e nosso futuro de uma maneira nada democrática e que só beneficie a quem não precisa da interferência do poder público. Nós vamos buscar muito mais do que nos apresentam”, disse.”Estamos empenhados em fazer diferente, sempre, ao lado, da máquina de trabalhar, que é o governo Rui Costa”, enfatizou Jânio, durante o discurso.Para Alex, o auditório lotado representa a disposição dos baianos em querer algo diferente, “que coloque a Bahia em posição de resistência às políticas carregadas de perseguição”.

Comente agora

Ministério Público Federal elabora manual de "boas práticas" para delação premiada

Política  Postado por Anacley Souza - 24/09 11:09h
Ministério Público Federal elabora manual de "boas práticas" para delação premiada

O Ministério Público Federal está elaborando um manual de boas práticas para acordos de delação e leniência. A iniciativa teve o ponta pé em outubro de 2016 por um grupo de trabalho criado na 5ª Câmara do Ministério Público, responsável pelo combate à corrupção mas passou a ser tratada com prioridade após a crise com a delação dos empresários da JBS, e convertida em uma comissão permanente em 25 de agosto deste ano. Entre os integrantes que compõem a equipe estão os procuradores da Lava Jato em Curitiba Carlos Fernando dos Santos Lima e Paulo Roberto Galvão, e membros da turma do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, como Carlos Bruno Ferreira.  De acordo com a Folha de São Paulo, entre as medidas que o manual prevê estabelecer estão a determinação de um número mínimo de procuradores na liderança das tratativas e o prazo em que devem tramitar. Além disso, registros das etapas do acordo serão exigidos para que seja evitado irregularidades. A intenção é de garantir, por exemplo, que não haja suspeitas de orientações de procuradores a colaboradores antes das tratativas serem oficializadas, como supostamente aconteceu no caso da JBS com o ex-procurador Marcelo Miller.

Comente agora

Desaprovação de Lula cai e de Moro dispara, diz pesquisa

Política  Postado por Anacley Souza - 24/09 09:08h
Desaprovação de Lula cai e de Moro dispara, diz pesquisa

Dados divulgados pelo Barômetro Político, pesquisa que é realizada mensalmente pelo instituto Ipsos, apontam que o índice de desaprovação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva caiu de 66% para 59% neste mês de setembro em comparação com o mês passado. O estudo aponta ainda que o percentual da sociedade que aprova o petista subiu de 32% para 40%, a maior alta registrada em dois anos de levantamento. Já o juiz federal  Sérgio Moro, que condenou Lula a 9 anos e seis meses de prisão bateu o recorde de desaprovação desde 2015: 45% dos entrevistados não aprovam o juiz.  As entrevistas foram feitas entre os dias 1º e 14 deste mês, dias que antecederam e sucederam o depoimento do ex-ministro da Fazenda de Lula e da Casa Civil de Dilma Rousseff Antonio Palocci. No último dia 6, Palocci afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um "pacto de sangue" no qual a Odebrecht se comprometeu a pagar R$ 300 milhões em propinas ao PT entre o fim do governo Lula e os primeiros anos do Dilma.   A pesquisa também colheu as impressões das pessoas sobre o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), pré-candidato à Presidência em 2018. Conforme os dados, o percentual de rejeição ao deputado subiu de 56% para 63%, sendo a pior taxa em dois anos. A parcela que o aprova  caiu de 21% para 19%. 

Comente agora

Petistas sugerem que Dilma disputa senado por Minas Gerais contra Aécio Neves

Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 23/09 21:26h
Petistas sugerem que Dilma disputa senado por Minas Gerais contra Aécio Neves

Petistas mineiros e gaúchos ouvidos pelo jornal O Globo defendem que a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) altere seu domicílio eleitoral do Rio Grande do Sul para Minas Gerais. O objetivo é que ela dispute as eleições de 2018 como candidata ao Senado pelo estado de Aécio Neves, seu rival na eleição presidencial de 2014. A mudança, caso seja acatada por Dilma, deve acontecer até o dia 7 de outubro deste ano, pelo calendário eleitoral. Entre os argumentos, está a vitória que Dilma teve em Minas contra Aécio, titular de uma das duas vagas no Senado que está em disputa e que ainda não decidiu se buscará a reeleição. Petistas disseram ao jornal que teria aumentado a disposição de Dilma de disputar uma vaga de senadora, mas que ela ainda resiste a alterar o domicílio eleitoral. Muita gente relata a vontade de Dilma em disputar as eleições para voltar a garantir o foro privilegiado que perdeu quando sofreu impeachment.

Comente agora

PCdoB pode lançar Manuela D"Ávila como candidata a presidente, diz coluna

Política  Postado por Anacley Souza - 23/09 17:07h
PCdoB pode lançar Manuela D"Ávila como candidata a presidente, diz coluna

Com as eleições de 2018 se aproximando, os partidos já vêm trabalhando para definir os nomes dos seus candidatos à Presidência da República. O PT trabalha, prioritariamente, com o nome do ex-presidente Lula como cabeça de chapa. Contudo, caso Lula seja impedido, existe a possibilidade do ex-governador da Bahia Jaques Wagner e do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad se candidatarem.  Porém, segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o PCdoB - um dos principais aliados do PT - já trabalha com a possibilidade da ex-deputada Manuela D"Ávila também entrar na disputa. 

Comente agora

Segunda denúncia contra Temer pode conter provas falsas, afirma coluna

Política  Postado por Anacley Souza - 23/09 14:12h
Segunda denúncia contra Temer pode conter provas falsas, afirma coluna

A segunda denúncia contra o presidente Michel Temer cita inquéritos com provas falsas fornecidas pela Odebrecht ao Ministério Público Federal, de acordo com a coluna Radar, da revista Veja. Segundo a publicação, as provas falsas foram apontadas pelo ex-advogado da empreiteira, Rodrigo Duran. Duran questiona os extratos de uma conta no Meinl Bank, em Antígua. Entre os problemas apontados, estão datas em português em documento em inglês e a movimentação da conta depois de encerrada. Na denúncia, Janot utiliza extratos do mesmo banco, com as mesmas inconsistências, para acusar Temer, Eduardo Cunha e Henrique Alves.

Comente agora

STF julga a possibilidade de pessoas sem filiação a partidos concorrerem em eleições

Política  Postado por Anacley Souza - 23/09 10:33h
STF julga a possibilidade de pessoas sem filiação a partidos concorrerem em eleições

Crítico do sistema partidário nacional, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, liberou para julgamento uma ação que discute a possibilidade de pessoas sem filiação a partidos políticos concorrerem em eleições.  Ele concluiu o relatório de uma ação que chegou ao Supremo em junho sobre o tema. Cabe à presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, decidir quando deverá entrar na pauta de julgamento. Segundo o Estadão/Broadcast apurou, apesar de ainda não haver uma data prevista, a presidência do STF marcará o julgamento a tempo de valer já para as eleições de 2018.  O prazo que o Congresso tem para modificar o sistema eleitoral termina em 7 de outubro, um ano antes da disputa do ano que vem. Mas diversas decisões já foram proferidas pelo Supremo e cumpridas após o prazo de modificações no Legislativo.  A ação é de autoria do advogado Rodrigo Mezzomo, que lançou uma candidatura independente à prefeitura do Rio em 2016, mas teve o registro negado em todas as instâncias, incluindo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).  Tem prevalecido até agora o entendimento de que a Constituição exige a filiação partidária para alguém ser elegível.  

Comente agora

Preso, Cunha vai tentar anular delação de Funaro na Justiça, diz coluna

Política  Postado por Anacley Souza - 23/09 10:27h
Preso, Cunha vai tentar anular delação de Funaro na Justiça, diz coluna

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB/RJ) pretende ir à Justiça para anular a delação do doleiro, e seu antigo operador, Lúcio Funaro.  De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, publicada na manhã deste sábado (23), Cunha teria dito a aliados que trechos de sua proposta de colaboração, rejeitada pela Procuradoria Geral da República (PGR), foram anexados ao acordo do doleiro.  Ainda segundo a publicação, o peemedebista teria afirmado que tem como provar que Funaro narrou fatos aos quais não tinha acesso suficiente para conhecer em detalhes. A coluna ainda garante que o ex-deputado já começou a reunir o material que vai sustentar seu questionamento.

Comente agora

Ex-presidente Lula antecipa caravana ao sul do país

Política  Postado por Anacley Souza - 23/09 08:33h
 Ex-presidente Lula antecipa caravana ao sul do país

A pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o PT decidiu realizar ainda este ano sua caravana pelo Sul do país, região apontada como campo minado para o petista. De acordo com o site Uol, Lula está disposto a manter o ritmo alcançado com a caravana ocorrida no Nordeste e antecipará para este ano a viagem ao Sul, que estava originalmente prevista para 2018. A intenção é preservar a liderança nas pesquisas de opinião até junho do ano que vem, em uma tentativa de imprimir caráter de irreversibilidade à candidatura do ex-presidente. Para petistas, a candidatura de Lula é o principal instrumento de defesa do ex-presidente. Segundo o site, o amigo do ex-presidente, o presidente do PT de São Paulo, Luiz Marinho, diz que Lula tem apoiadores na região Sul e “não tem por que temer” contratempos na viagem. Em outubro, Lula percorrerá por oito dias cidades de Minas Gerais. Antes da caravana mineira, Lula visitará a Renca (Reserva Nacional do Cobre Associados), extinta pelo governo Temer com o intuito de abrir a região para investimentos privados. Lula, que tem adotado um discurso nacionalista, participará ainda de um ato no Rio em “defesa da soberania nacional”. Na noite de quinta-feira (21), Lula cobrou dos petistas sua participação na disputa de 2018.

Comente agora

Procurador exonerado da PGR repassou informações a advogada da JBS, diz jornal

Política  Postado por Anacley Souza - 22/09 21:52h
Procurador exonerado da PGR repassou informações a advogada da JBS, diz jornal

Agora exonerado da Procuradoria-Geral da República (PGR), o procurador Sidney Pessoa Madruga é acusado de repassar informações a advogada Fernanda Tórtima, citada em gravações dos empresários da JBS. Fernanda participou da negociação da delação premiada do grupo empresarial e foi a responsável por apresentar o procurador Marcelo Miller a JBS, segundo informações da Folha de S. Paulo. O jornal flagrou ela e Madruga, almoçando juntos nesta quinta (21), e noticiou que, na ocasião, o procurador afirmou que a PGR tinha a "tendência" de investigar Eduardo Pelella, ex-chefe de gabinete do agora ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Em decorrência disso, Madruga, que havia sido escalado para a coordenação do Grupo Executivo Nacional da Função Eleitoral (Genafe), pediu para ser exonerado do título . De acordo com a publicação, a reportagem ouviu Madruga afirmar à advogada que a nova gestão, agora comandada por Raquel Dodge, precisa construir com a força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, com mais interlocução e controle do que a anterior. Durante a conversa, Madruga teria criticado Janot por deixa r a força-tarefa muito solta e ainda questionado o papel de Pelella, que teria participado intensamente das investigações e acordos da Lava Jato.

Comente agora

Em vídeo, Michel Temer diz que derrubará segunda denúncia

Política  Postado por Anacley Souza - 22/09 20:32h
Em vídeo, Michel Temer diz que derrubará segunda denúncia

Depois de, na semana passada, desistir de fazer um pronunciamento para rebater a segunda denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o presidente Michel Temer gravou nesta sexta-feira (22/9) um vídeo, disponibilizado nas redes sociais, em que diz que há uma “marcha da insensatez” contra ele e que tem certeza de que conseguirá arquivar na Câmara dos Deputados a acusação de fazer parte de uma organização criminosa e obstruir a Justiça. Sem citar nomes, Temer critica os executivos da JBS e diz que “há ainda muitos fatos estranhos que esperam por ser explicados nesta estranha delação induzida. “A verdade prevaleceu ante o primeiro ataque a meu governo e a mim. A verdade, mais uma vez, triunfará”, disse. “Tenho convicção absoluta de que a Câmara dos Deputados encerrará esses últimos episódios de uma triste página de nossa história, em que mentiras e inverdades induziram a mídia e as redes sociais nestes últimos dias. A incoerência e a falsidade foram armas do cotidiano para o extermínio de reputações”, completou. Temer diz ainda que lançaram contra ele “ilações, provas forjadas, denúncias ineptas” e que elas foram produzidas “em conluios com malfeitores” e que vai continuar governando o País até janeiro de 2019. “Diante dos ataques que se renovam, quero expressar minha indignação e manifestar minha profunda revolta com a leviandade dos que deveriam agir com sobriedade. Tenho orgulho de estar presidente da República pelo que pude fazer até agora. Em resumo, retirei o País da recessão mais grave de toda sua história em pouco mais de ano e quatro meses de governo. Farei muito mais até janeiro de 2019”, afirma. (Estadão Conteúdo)

Comente agora

Justiça bloqueia R$ 224 mi de Sergio Cabral, Adriana Ancelmo e outros nove condenados

Política  Postado por Anacley Souza - 22/09 19:35h
Justiça bloqueia R$ 224 mi de Sergio Cabral, Adriana Ancelmo e outros nove condenados

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, decretou o bloqueio de R$ 224 milhões do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), de sua esposa, Adriana Ancelmo; e de outros nove condenados na Operação Calicute. Também foi imposto ao peemedebista 45 anos e dois meses de prisão por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. O confisco do montante atinge os condenados pelos crimes de organização criminosa e lavagem de dinheiro. Para os demais condenados, o confisco vai se limitar ao montante objeto do crime de lavagem de dinheiro. Sérgio Cabral está preso desde novembro do nao passado em um presídio na capital fluminense. Os crimes apontados no processo estão relacionadas a obras do governo do Rio de Janeiro que receberam recursos federais a partir de 2007, entre elas: a urbanização de Manguinhos (PAC Favelas), construção do Arco Metropolitano e reforma do estádio do Maracanã para a Copa de 2014.

Comente agora

Advogado Antônio Cláudio Mariz deixa a defesa de Temer

Política  Postado por Anacley Souza - 22/09 12:58h
Advogado Antônio Cláudio Mariz deixa a defesa de Temer

O advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira anunciou hoje (22) a decisão de renunciar à defesa de Michel Temer na segunda denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente da República. Foi Mariz quem conduziu a defesa de Temer na primeira denúncia feita pela PGR e rejeitada pelo Congresso em 2 de agosto deste ano.  O afastamento do advogado deve-se ao fato de ele ter defendido no passado o doleiro Lúcio Funaro, um dos delatores citados na nova denúncia, o que configuraria conflito ético. Mariz continuará trabalhando para o presidente em outros casos.  A segunda denúncia contra Temer chegou à Câmara dos Deputados nesta sexta-feira (22), depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) ter rejeitado pedido da defesa do presidente para interromper a tramitação. Antes mesmo da decisão do STF, Mariz já havia comunicado a Temer que deixaria de defendê-lo caso a denúncia prosseguisse. 

Comente agora

Democratas vai à justiça para anular nomeação de Jusmari na Sedur

Política  Postado por Anacley Souza - 22/09 11:29h
Democratas vai à justiça para anular nomeação de Jusmari na Sedur

A Juventude Democratas da Bahia informou, nesta sexta-feira (22), que ingressou na Justiça contra a decisão do governador Rui Costa (PT) de nomear a ex-prefeita de Barreiras, Jusmari Oliveira (PSD), como secretária estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur).  Em nota, a ala do DEM argumentou que a nomeação “viola os princípios regentes da administração pública, a exemplo da moralidade”, já que Jusmari é ré em sete ações penais, a maioria delas por suspeita de fraude em licitação, e seis ações civis por improbidade administrativa.  Ex-prefeita da maior cidade do oeste baiano de 2009 a 2012, ela foi condenada em maio deste ano a uma pena de três anos por fraude em licitação para compra de medicamentos, materiais hospitalares e odontológicos.  A denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA) apontou “vícios insanáveis” na licitação de R$ 5,9 milhões. A condenação foi revertida na prestação de serviços comunitários.  Com a nomeação para o cargo de secretária estadual, a ex-prefeita passa a ter foro privilegiado e será julgada pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) nas ações que responde no âmbito estadual.

Comente agora

A convite do Tribunal Superior Eleitoral, OEA acompanhará eleições no Brasil

Política  Postado por Anacley Souza - 22/09 09:02h
A convite do Tribunal Superior Eleitoral, OEA acompanhará eleições no Brasil

A convite do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Organização dos Estados Americanos (OEA) enviará uma equipe ao Brasil para acompanhar as eleições gerais do ano que vem. Esta será a primeira vez que o órgão observará o processo eleitoral no Brasil. Em comunicado publicado na página oficial da instituição na internet, o secretário-geral da OEA, Luis Almagro, considerou a visita um “grande passo” para a democracia brasileira. “Conte conosco em um evento tão significativo como são as próximas eleições gerais. É testemunho da abertura do Brasil e de suas autoridades e o reconhecimento da qualidade técnica-profissional de nossas missões de observação", disse Almagro. De acordo com a OEA, o TSE enviou o convite formal à instituição na terça-feira (19). O Brasil será o 28º país a receber uma Missão de Observação da OEA. “A Secretaria-Geral iniciará de imediato os preparativos para a Missão, incluindo os contatos com os doadores para assegurar os recursos financeiros necessários. As missões de observação eleitoral da OEA não podem receber financiamento do país anfitrião”, diz trecho do comunicado divulgado pela organização. Pelo Twitter, Almagro agradeceu o convite. “Equipe da OEA observará pela primeira vez eleições no Brasil. Agradecemos a confiança do TSE em nosso trabalho”. Segundo o TSE, o convite tem o intuito de trocas de experiências com órgãos internacionais e que o tribunal também acompanha eleições em outros países. (Agências Brasil)

Comente agora

Em meio à crise, ACM Neto diz no Rio de Janeiro que Salvador tem R$ 1,5 bilhão em caixa

Política  Postado por Anacley Souza - 22/09 08:21h
Em meio à crise, ACM Neto diz no Rio de Janeiro que Salvador tem R$ 1,5 bilhão em caixa

O prefeito ACM Neto afirmou na quinta-feira (21) que Salvador possui atualmente R$ 1,5 bilhão em caixa, apesar do enfrentamento à crise financeira. Durante sessão especial do Fórum Nacional, no Rio de Janeirol, ele disse que precisou organizar as finanças e combater desperdícios para alcançar o resultado.  ACM Neto realizou uma palestra e criticou a forma como os municípios são contemplados na divisão do bolo tributário nacional. "De todos os entes da Federação, o município é aquele que está mais próximo do cidadão e que recebe a cobrança mais intensa. Ao longo dos anos, as demandas só fizeram aumentar. E a repartição do bolo tributário não acompanhou esse crescimento", explicou.  Segundo o prefeito, ao assumir a prefeitura em 2013, ele precisou eliminar desperdícios, gastar mais com o cidadão e menos com a máquina administrativa. “Conseguimos uma queda de 2,4% das despesas em pleno ano eleitoral, como aconteceu em 2016. Montamos uma poupança no caixa da Prefeitura logo no primeiro ano de governo, e hoje temos R$ 1,5 bilhão à disposição. Fizemos poupança em todos os quatro anos da primeira gestão", detalhou.  

Comente agora

Cármen Lúcia diz que denúncia contra Temer será encaminhada nesta quinta à Câmara

Política  Postado por Anacley Souza - 22/09 07:23h
Cármen Lúcia diz que denúncia contra Temer será encaminhada nesta quinta à Câmara

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, comunicou ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que irá encaminhar a denúncia protocolada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer ainda nesta quinta-feira (21). A ação foi liberada pelo relator do caso na Suprema Corte, ministro Edson Fachin. A decisão foi tomada pelo ministro após a decisão do plenário que autorizou o envio por 10 votos a 1. No julgamento, os ministros seguiram entendimento de Fachin, no sentido de que cabe ao STF encaminhar a denúncia sobre o presidente diretamente à Câmara dos Deputados sem fazer nenhum juízo sobre as acusações antes da deliberação da Casa sobre o prosseguimento do processo no Judiciário.

Comente agora

Trindade afirma que Geddel ainda mantém influência na Prefeitura de Salvador

Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 21/09 23:52h
Trindade afirma que Geddel ainda mantém influência na Prefeitura de Salvador

De acordo com o vereador José Trindade (PSL), a nomeação de Bruno Barral para o cargo de secretário municipal de Educação demonstra que a Prefeitura de Salvador ainda está sob influência do ex-ministro Geddel Vieira Lima. Segundo o líder da bancada de oposição na Câmara Municipal de Salvador, Barral é cunhado do empresário Luiz Fernando Machado Costa Filho, dono da empreiteira Cosbat, responsável pela construção do prédio La Vue, na Ladeira da Barra, cuja construção foi o pivô da saída de Geddel do cargo de ministro-chefe da Secretaria de Governo do presidente Michel Temer. “A nomeação de Bruno Barral por Neto aponta a influência que Geddel, envolvido em escândalos de corrupção vergonhosos, continua exercendo sobre o Palácio Thomé de Souza”, disse Trindade. O vereador ainda questionou o trabalho de Barral à frente da Diretoria de Iluminação Pública de Salvador. Trindade lembrou do cancelamento de uma licitação de R$ 48 milhões para compra de lâmpadas de LED e citou a suspeita de favorecimento em uma concorrência para iluminação pública de Salvador no valor de R$ 1,5 bilhão.

Comente agora

Segunda denúncia contra Temer chega mais enfraquecida à Câmara, diz ministro

Política  Postado por Anacley Souza - 21/09 22:05h
Segunda denúncia contra Temer chega mais enfraquecida à Câmara, diz ministro

O ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), afirmou nesta quinta-feira (21) que a segunda denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer chegaráà Câmara dos Deputados "muito mais enfraquecida". Segundo ele, no PSDB, o posicionamento contrário à denúncia deverá ser maior agora do que na primeira denúncia. De acordo com Araújo, há uma percepção dentro do partido - embora o tema ainda será discutido - que não há espaço político "para gerar instabilidade que comprometa os resultados positivos que o País começa a colher na economia". Segundo o ministro, na primeira denúncia, o PSDB estava dividido. "Nessa segunda, se ele continuar dividido, o viés pela não aceitação da denúncia deve ser maior dada a fragilidade política com que chega", disse Araújo, após participar da Sessão Especial do Fórum Nacional, organizado pelo Instituto Nacional de Altos Estudos (Inae), no Rio. Com relação às eleições de 2018, o ministro defendeu a realização de prévias para escolher o nome do partido à Presidência da República e evitou tomar posição a favor do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, ou do prefeito de São Paulo, João Doria. "O governador de São Paulo está há mais tempo colocado, e o prefeito se transformou em um importante protagonista da política nacional", afirmou Araújo.

Comente agora

'Estamos convictos de que Lula será nosso candidato', diz Gleisi Hofmann

Política  Postado por Anacley Souza - 21/09 21:25h
'Estamos convictos de que Lula será nosso candidato', diz Gleisi Hofmann

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será o candidato do PT nas eleições presidenciais de 2018, mesmo que venha a ter alguma condenação ratificada em segunda instância, afirmou a presidente nacional do partido, senadora Gleisi Hoffmann (PR). "Temos certeza de que ele será candidato, independente da sentença do Tribunal Regional Federal da 4.ª região. Até porque temos precedentes que foram julgados e foi dado do direito de a pessoa ser candidata, mesmo julgada em segunda instância", afirmou. Gleisi também negou que a legenda avalie boicotar o processo eleitoral, caso Lula seja, de fato, impedido de concorrer à Presidência. "Seria uma fraude uma eleição sem Lula, mas estamos convictos de que ele será nosso candidato", afirmou. Ainda sobre a candidatura do ex-presidente, ela voltou a afirmar que não há "plano B" para a formação da chapa. "Quero dizer de uma vez por todas que não existe plano B. Isso é invenção dos nossos adversários, que têm interesse que o PT participe no processo com um nome mais fraco, pois eles sabem que Lula sairá vencedor se concorrer", disse. Ainda em tratativas para firmar acordo de delação premiada, o ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil Antônio Palocci poderá ser suspenso da sigla por 60 dias, enquanto é avaliada a expulsão definitiva, disse Gleisi.

Comente agora

Geddel mantém silêncio sobre dinheiro após duas semanas

Política  Postado por Anacley Souza - 21/09 10:31h
Geddel mantém silêncio sobre dinheiro após duas semanas

Duas semanas após a apreensão da Polícia Federal, os R$ 51 milhões achados em um apartamento em Salvador seguem oficialmente sem dono. Segundo a Folha de S.Paulo, p da descoberta do dinheiro, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) não confirma nem nega a posse das malas e caixas de dinheiro apreendidas. A PF identificou digitais do ex-ministro do dinheiro, e o dono do apartamento confirmou que havia emprestado o imóvel ao peemedebista.  A situação do ex-ministro deve ficar ainda mais complicada com o provável depoimento de seu ex-assessor Gustavo Ferraz, também preso pela Polícia Federal.  A defesa de Ferraz solicitou uma audiência de custódia ao juiz Vallisney de Souza Oliveira, mas ainda não obteve resposta. "Ele está disposto a colaborar com a Justiça", disse Pedro Machado de Almeida Castro, responsável pela defesa de Ferraz. No primeiro depoimento à PF, Ferraz confirmou que transportou dinheiro de São Paulo para Salvador a mando do ex-ministro.  A defesa ainda ingressou com pedido de habeas corpus no TRF (Tribunal Regional Federal) e STJ (Superior Tribunal de Justiça) –o primeiro foi negado e o segundo ainda será analisado.  "Consideramos a prisão absurda", disse Almeida Castro, que aguarda uma decisão final sobre a competência do processo. A investigação foi remetida para o STF (Supremo Tribunal Federal) por suspeita de participação do deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB).

Comente agora

Funaro diz com 100% de certeza' que Cunha distribuía propina ao presidente Temer

Política  Postado por Anacley Souza - 21/09 09:19h
Funaro diz com 100% de certeza' que Cunha distribuía propina ao presidente Temer

O corretor de valores Lúcio Funaro afirmou em depoimento à força-tarefa da Lava Jato que o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), repassava propina ao presidente Michel Temer. "Com 110% de certeza", ratificou Funaro, em um dos depoimentos prestados em 23 de agosto. Funaro é apontado como operador de políticos do PMDB em esquemas de desvio de dinheiro público. De acordo com O Globo, nos depoimentos de Funaro há diversas citações a casos em quem Temer, Cunha e outros peemedebistas teriam recebido propina, bem como relatos de momentos em que houve divergências internas. Um dos episódios é a definição de quem indicaria um cargo na Caixa Econômica Federal que renderia vantagens indevidas. Ainda segundo Funaro, o amigo e ex-assessor de Temer, José Yunes, lavava dinheiro para o presidente por meio da compra de imóveis. "Não se sabe se tais imóveis adquiridos por Michel Temer estão em nome de Michel, familiares ou fundos (...) sabe, por meio de Eduardo Cunha, que Michel Temer tem um andar inteiro na Avenida Brigadeiro Faria Lima, em São Paulo, num prédio que tinha sido recém-inaugurado", diz a delação. Inclusive, Yunes sabia que havia dinheiro em uma caixa entregue a ele no escritório do amigo de Temer, onde haveria R$ 1milhão de propina endereçada a Temer.

Comente agora

Falta de união vira problema para base de ACM Neto na Câmara; Kannário é o mais criticado

Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 21/09 01:01h
Falta de união vira problema para base de ACM Neto na Câmara; Kannário é o mais criticado

Em 2017, a bancada do governo na Câmara aprovou com relativa tranquilidade todos os projetos encaminhados pelo executivo à Casa. Isso não significa, no entanto, que a articulação da base vem sendo infalível. A ausência de vereadores aliados em votações provoca dor de cabeça e o tema esteve inclusive na pauta de discussões do encontro desta quarta-feira (20) com o prefeito ACM Neto. Em algumas votações, a base encontra dificuldades para reunir 29 vereadores - exatamente o número de integrantes do bloco - e alcançar o quórum qualificado, necessário para a aprovação de matérias do Executivo. Por isso, existe a sensação de que falta mais união ao grupo e as articulações com vereadores da oposição no sentido de angariar votos é recorrente. Na reunião desta manhã no Palácio Thome de Souza, a situação foi ilustrativa: cinco representantes da base se ausentaram, incluindo Igor Kannário (PHS). Pessoas próximas à Câmara apontam que o cantor é o mais criticado pela falta de comprometimento. Na sessão da última segunda (18), ele não compareceu à Casa para a sessão que votou duas propostas de autoria da prefeitura. Já na votação da desafetação de terrenos de Salvador, uma das mais importantes no ano, o cantor foi o último a marcar presença no plenário e esteve ausente durante uma verificação de quórum. A "rebeldia" dele teria piorado depois da sua ausência na grade de programação da festa de Réveillon organizada pela prefeitura. Durante o encontro no Palácio Thomé de Souza, houve questionamentos sobre os vetos a matérias de autoria de vereadores.

Comente agora

Após ser chamado de anão e caloteiro, Neto processa Mano Góes

Política  Postado por Anacley Souza - 20/09 20:13h
Após ser chamado de anão e caloteiro, Neto processa Mano Góes

Nesta quarta-feira (20), o cantor e compositor Mano Goes usou as redes sociais para insultar o prefeito de Salvador, ACM Neto. Entre as ofensas, Mano chamou Neto de “idiota, golpista, caloteiro, picareta”. Há algum tempo, no entanto, que o cantor faz duras críticas à gestão demista (veja mais aqui). Desta vez, Neto vai processa-lo. A informação foi confirmada pelo secretário de Comunicação da prefeitura de Salvador, Paulo Alencar.   No texto de hoje, o músico escreveu que “há cinco anos que a prefeitura de Salvador - leia-se ACM Neto (o herdeiro do avô-bandido maior do Nordeste), não paga direitos autorais. Cada compositor de cada música que você ouviu e ouve em shows em Salvador - seja de Nando Reis ou do Psirico - não ganha direito autoral porque Neto - o aliado de Temer (aquele que diminuiu seu salário), não paga os autores. Neto, o amigão de Aécio, no alto de sua vigarice e prepotência, acha que autores não valem nada”, reclamou.  Manno ainda diz que artistas "babam ovo" do gestor ao serem contratados para as festas da cidade só porque foram pagos pelos shows e aponta que a suposta dívida de direitos autorais do município seria de R$ 30 milhões. Ele ainda critica o envolvimento de Neto com políticos ligados à investigações.

Comente agora

Deputado quer proibição do emprego de Policiais e Bombeiros Militares em eventos de natureza privada

Política  Postado por Anacley Souza - 20/09 19:49h
Deputado  quer proibição do emprego de Policiais e Bombeiros  Militares em eventos de natureza  privada

O deputado estadual soldado Prisco protocolou, nesta quarta-feira (20), Projeto de Indicação (PI) proibindo o emprego de Policiais e Bombeiros  Militares em eventos de natureza  privada como jogos de futebol e em shows no Estado da Bahia.  Conforme o artigo 6º do projeto “configura improbidade administrativa aquele que autoriza o uso de servidor público para eventos vedados por esta lei, devendo ressarcir aos cofres públicos, além das implicações penais e cíveis”, analisou o parlamentar.O deputado estadual soldado Prisco protocolou, nesta quarta-feira (20), Projeto de Indicação (PI) proibindo o emprego de Policiais e Bombeiros  Militares em eventos de natureza  privada como jogos de futebol e em shows no Estado da Bahia.  Conforme o artigo 6º do projeto “configura improbidade administrativa aquele que autoriza o uso de servidor público para eventos vedados por esta lei, devendo ressarcir aos cofres públicos, além das implicações penais e cíveis”, analisou o parlamentar.  Conforme a justificativa do PI, em respeito ao princípio da supremacia do interesse público sobre o privado, ainda que não esteja expressamente contemplado em nenhum texto normativo, a prevalência dos interesses da coletividade sobre os interesses dos particulares é pressuposto lógico de qualquer ordem social estável e justifica a existência de diversas prerrogativas da Administração Pública.  “A população Baiana não pode arcar com o ônus da falta de policiamento ostensivo para que os nossos servidores militares sejam "empregados" em eventos particulares que movimentam valores indecifráveis e, portanto, obtém total condição de propiciar aos frequentadores do evento uma segurança privada”, afirmou o parlamentar.

Comente agora

Moro pede prisão de Léo Pinheiro, condenado em 2ª instância

Política  Postado por Anacley Souza - 20/09 19:32h
Moro pede prisão de Léo Pinheiro, condenado em 2ª instância

O juiz Sérgio Moro ordenou a expedição de mandado de prisão para execução provisória para os empreiteiros ligados à OAS, José Adelmário Pinheiro, Léo Pinheiro e Agenor Franklin Magalhães Medeiros, condenados em 2ª instância. Os executivos foram sentenciados pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região a 26 anos e 7 meses de prisão por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa. A decisão de Moro é de 13 de setembro. Léo Pinheiro já havia sido preso na Operação Juízo Final, 7ª fase da Lava Jato deflagrada em novembro de 2015. O executivo ganhou a prisão domiciliar, por ordem do Supremo Tribunal Federal, e voltou para o regime fechado em 5 de setembro de 2016. Ele e Agenor foram condenados em ação penal sobre propina de R$ 29.223.961,00 à Diretoria de Abastecimento da Petrobrás por contratos da Refinaria Getúlio Vargas (Repar) e da Refinaria Abreu e Lima (Rnest). Ao ordenar a prisão de Léo Pinheiro, Moro alega que ‘a execução após a condenação em segundo grau impõe-se sob pena de dar causa a processos sem fim e a, na prática, impunidade de sérias condutas criminais’. As prisões ordenadas por Moro tiveram base em decisões do TRF-4.
 

Comente agora

Pesquisa com eleitores mostra que 'Mude' é o novo nome mais aceito para o DEM

Política  Postado por Anacley Souza - 20/09 11:07h
Pesquisa com eleitores mostra que 'Mude' é o novo nome mais aceito para o DEM

Em processo de mudança de nome, o Democratas encomendou uma pesquisa para averiguar qual a preferência do eleitorado. O levantamento indicou que 'Mude' é o mais aceito, ao contrário de 'Centro', que não teve tanta aceitação. As informações são do Blog do Camarotti, no G1, segundo o qual a mudança no nome do partido tem relação com o movimento para incorporar dissidentes do PSB e renovar a imagem do DEM. O partido foi originado na antiga Arena, que virou PDS e, em seguida, PFL. A mesma pesquisa encomendada apontou também que haverá grande rejeição a políticos associados à Operação Lava Jato. Além disso, foi sugerido que o DEM tivesse entre as prioridades a bandeira da inclusão social.

Comente agora

Lúcio garante que vai ser candidato no ano que vem

Política  Postado por Anacley Souza - 20/09 10:24h
Lúcio garante que vai ser candidato no ano que vem

O deputado federal Lúcio vieira lima (PMDB), entrou em contato com o blog e negou que estaria pensando em desistir de ser candidato a reeleição: “Essa possibilidade de não ser candidato nunca passou pela minha cabeça, sou o deputado que consegue mais recursos para o estado e serei candidato a reeleição. Quem anda falando que não serei candidato é quem quer ser candidato e não tem voto, mas na eleição vai votar em mim. Esse tipo de comentário mostra que tem muito candidato com medo da nossa força no estado, declarou Lúcio.  Questionado pelo blog sobre a possibilidade de perder o comando do partido na Bahia, ele foi contundente: “O presidente do PMDB é Pedro Tavares e ele já declarou que o partido está de braços abertos para quem quiser se filiar ao partido. Essas notas na imprensa sobre a possível mudança no comando do PMDB mostra a força do partido na Bahia”, finalizou Lúcio.

Comente agora

Com apenas 205 votos favoráveis, Câmara rejeita criar voto "distritão" para eleições de 2018

Política  Postado por Anacley Souza - 20/09 08:55h
Com apenas 205 votos favoráveis, Câmara rejeita criar voto "distritão" para eleições de 2018

A Câmara dos Deputados rejeitou, na última terça-feira (19), o trecho da proposta de emenda à Constituição (PEC) que estabelecia o voto majoritário, o chamado distritão, para as eleições de 2018 e 2020. A PEC estabelecia ainda que, a partir de 2022, seria criado o sistema distrital misto, uma junção do voto majoritário e voto em lista preordenada pelos partidos nas eleições proporcionais.  Para que fosse aprovado, o texto precisava do voto de 308 deputados, mas a sessão presidida pelo deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), teve apenas 205 votos favoráveis e 238 contrários e uma abstenção e os deputados não acataram um dos destaques à PEC 77/2003, que institui um novo sistema eleitoral e cria um fundo público para financiar as campanhas. Agora, fica pendente a votação de outro ponto polêmico da proposta de Reforma Política: o Fundo Especial de Financiamento da Democracia, com recursos públicos.

Comente agora

STF decide nesta quarta sobre suspensão de denúncia contra Temer

Política  Postado por Anacley Souza - 20/09 08:45h
STF decide nesta quarta sobre suspensão de denúncia contra Temer

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir nesta quarta-feira (20) sobre a suspensão da denúncia apresentada pelo ex-procurador-geral da República (PGR) Rodrigo Janot contra o presidente Michel Temer e integrantes do PMDB. A questão começou a ser decidida na semana passada, antes do envio das acusações à Corte, mas o julgamento foi interrompido sem nenhum voto proferido.  A sessão está prevista para começar às 14h e também será marcada pela estreia da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, como representante do Ministério Público Federal (MPF) no Supremo.  Na semana passada, após receber a denúncia contra o presidente, de organização criminosa e obstrução de Justiça, Fachin decidiu aguardar a decisão da Corte sobre a suspensão do caso antes de enviar o processo à Câmara dos Deputados, conforme determina a Constituição. O julgamento foi motivado por um pedido feito pela defesa de Temer. Inicialmente, o advogado Antônio Claudio Mariz, representante do presidente, pretendia suspender uma eventual denúncia. Na quinta-feira (14/9), após Janot enviar a denúncia ao STF, Mariz entrou com outra petição e pediu que a peça seja devolvida à PGR. 

Comente agora

"Não posso ser responsabilizado pelos atos de Geddel", brada Bruno Reis, vice-prefeito de Salvador

Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 20/09 00:42h
"Não posso ser responsabilizado pelos atos de Geddel", brada Bruno Reis, vice-prefeito de Salvador

O vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (PMDB), afirmou que “não pode ser responsabilizado pelos atos de Geddel”. Reis disse ainda que não tinha relação com o ex-ministro, acusado por crimes de corrupção. Em entrevista ao programa Se Liga Bocão, da rádio Itapoan FM, na noite desta terça-feira (19), o peemedebista tentou se desvencilhar dos Vieira Lima e disse que sua indicação a vice foi dada por aliados e não só pelos irmãos. “Antes vocês [imprensa] diziam que o prefeito ACM Neto estava usando o PMDB para colocar Bruno Reis em um partido aliado. Pois era natural que Neto pudesse fazer alguém que tivesse uma relação e parceria com ele. E hoje vocês querem me imputar a Geddel. Antes diziam que eu era filho de Neto e agora querem dizer que sou filho de Geddel”, rebateu Reis. Contudo, questionado sobre as impressões digitais encontradas pelo ex-ministro no dinheiro apreendido num apartamento, o vice-prefeito comparou com a gestão petista. “Está claro que o PT instituiu o maior esquema de corrupção da historia. Mensalão, petrolão, e corrompeu o sistema politico como um todo. É possível frisar que esses atos que estão imputados a Geddel são a 2012 quando ele fazia parte da gestão petista”, disse. Sobre a expulsão de Geddel do partido, Reis se esquivou e disse que a responsabilidade é da executiva nacional. “A expulsão cabe a direção nacional. Se Geddel após apresentar defesa, se eu analisar e me convencer de que a explicação não é razoável, eu defendo”, disse. (Por: Juliana Nobre - Bocão News)

Comente agora

Justiça aceita denúncia na Operação Zelotes, e Lula vira réu pela sétima vez

Política  Postado por Anacley Souza - 19/09 21:27h
Justiça aceita denúncia na Operação Zelotes, e Lula vira réu pela sétima vez

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se tornou réu pela sétima vez nesta terça-feira (19) após a Justiça aceitar a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal na Operação Zelotes. A decisão foi divulgada pelo juiz Vallisney Oliveira, do Distrito Federal. Além de Lula, outras seis pessoas também viraram réus: Mauro Marcondes, José Ricardo da Silva, Alexandre Paes dos Santos, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, Paulo Arantes Ferraz e Gilberto Carvalho.

Comente agora

Lula lidera cenários para 2018 e Bolsonaro dispara em segundo

Política  Postado por Anacley Souza - 19/09 19:19h
Lula lidera cenários para 2018 e Bolsonaro dispara em segundo

Condenado em julho a nove anos e seis meses de prisão pelo juiz Sergio Moro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue liderando todos os cenários em que é citado para as eleições de 2018, segundo pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta terça-feira pela Confederação Nacional de Transportes (CNT). Nas três simulações feitas para o primeiro turno, o ex-presidente oscila pouco, entre 32% e 32,7% das intenções de voto. Em segundo lugar, dispara o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que em fevereiro estava entre a terceira e quarta posição e viu seu apoio aumentar de cerca de 11% para mais de 18% nos três cenários.  Antes vice-líder, a ex-senadora Marina Silva (Rede) aparece em terceiro lugar em todos os cenários. A diferença entre as simulações fica por conta do candidato escolhido para representar o PSDB: muito atrás dos correligionários, o senador Aécio Neves (MG) seria a escolha de apenas 3,2% dos eleitores, enquanto o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o prefeito paulistano, João Doria, têm 9,4% e 8,7%. Outro candidato pesquisado, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) fica em quarto no cenário que inclui Aécio e em quinto caso enfrente Alckmin ou Doria, com intenções de voto que vão de 4,6 a 5,3%.

Comente agora

Ministros tucanos avisam a Temer que, se um sair, todos sairão

Política  Postado por Anacley Souza - 19/09 19:08h
Ministros tucanos avisam a Temer que, se um sair, todos sairão

Os três ministros políticos do PSDB encontraram uma fórmula para resistir nos cargos, apesar da pressão de outros aliados pelos postos que ocupam. Antonio Imbassay (Secretaria de Governo), Bruno Araújo (Cidades) e Aloysio Nunes Ferreira (Relações Exteriores) avisaram ao presidente Michel Temer que, se um sair, todos sairão.  Como Temer não quer o partido longe de seu governo, vai pensar duas vezes antes de fazer mudanças na equipe que envolvam as pastas da articulação política, das Cidades e das Relações Exteriores.  Há, ainda, um outro fator que protege os tucanos da pressão dos aliados, especialmente do "Centrão", pela vaga ocupada por Antonio Imbassay na Secretaria de Governo, responsável pela articulação política do Palácio do Planalto com o Congresso Nacional: o xingamento feito ao tucano pelo vice-presidente da Câmara, Fábio Ramalho (PMDB-MG). Em público, o deputado Fabinho lançou palavrões contra Imbassay, que preferiu não reagir.  "Se tirar o Imbassay agora, a todo dia um ministro será xingado no salão verde da Câmara", disse um aliado de Temer. (Globo)

Comente agora

Pesquisa mostra Temer com a pior aprovação da série histórica

Política  Postado por Anacley Souza - 19/09 18:03h
Pesquisa mostra Temer com a pior aprovação da série histórica

O presidente Michel Temer (PMDB) registrou a pior aprovação pessoal e de governo da série histórica da pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta terça-feira (19), pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). Do ponto de vista de avaliação de governo, a série histórica da pesquisa começou a ser registrada pela CNT em julho de 1998, durante o segundo mandato do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. De lá para cá, Temer é o presidente da República com a pior avaliação. Segundo os dados do levantamento, a avaliação negativa do peemedebista alcançou 75,6% neste mês de setembro. Até então, o pior desempenho era da ex-presidente Dilma Rousseff, que teve índice de 70,9% em julho de 2015.  Temer também é dono do pior desempenho pessoal da história, avaliação que começou a ser medida em 2001. Isso porque 84,5% desaprovam o desempenho do presidente, segundo dados deste último mês de setembro. A 134.ª pesquisa CNT/MDA foi realizada entre os dias 13 e 16 de setembro. Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 unidades federativas, das cinco regiões. A margem de erro é 2,2 pontos porcentuais, com 95% de nível de confiança.

Lula

Se as eleições presidenciais fossem hoje, num eventual segundo turno, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva venceria em todos os cenários, de acordo com a pesquisa.

Comente agora

Ex-jogador da Seleção Brasileira de Hóquei é morto com um tiro na nuca em São Vicente

Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 19/09 17:23h
Ex-jogador da Seleção Brasileira de Hóquei é morto com um tiro na nuca em São Vicente

Jogador de hóquei e ex-Seleção Brasileira, Matheus Garcia Vasconcelos Alves foi morto aos 24 anos com um tiro na nuca. O crime aconteceu na noite da última segunda-feira (18), cidade de São Vicente, no litoral paulista. A polícia suspeita que ele tenha sido vítima de latrocínio, roubo seguido de morte, por causa de um celular. De acordo com as informações da Polícia Militar, Matheus foi abordado por um assaltando que queria o celular dele. A vítima não entregou num primeiro momento e o suspeito fez o disparo. Matheus foi encontrado no chão com o carregador na mão e encaminhado ao Hospital Municipal de São Vicente, mas já chegou morto. Um suspeito chegou a ser detido, durante a madrugada desta terça-feira (19), mas foi liberado após prestar depoimento. Morador da cidade de Santos, Matheus atuava no Internacional de Regatas, time local, e cursava o último ano de Publicidade e Propaganda na Universidade Santa Cecília (Unisanta). Ele defendeu a Seleção Brasileira no Campeonato Mundial de hóquei sobre patins de 2015, realizado na França. (BN)

Comente agora

CNT/MDA: em pesquisa estimulada, Lula tem 32,4%, Bolsonaro 19,8% e Marina 12,1%

Política  Postado por Redação Voz da Bahia - 19/09 14:50h
CNT/MDA: em pesquisa estimulada, Lula tem 32,4%, Bolsonaro 19,8% e Marina 12,1%

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria as eleições presidenciais em todos os cenários, mostra pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira (19) pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT). O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) aparece em segundo lugar em todos os cenários testados. Segundo o levantamento, Lula teria hoje 20,2% das intenções de voto espontânea para presidente, ante 16,6% no levantamento CNT/MDA divulgado em fevereiro deste ano. Em seguida, aparecem Bolsonaro, com 10,9% (ante 6,5% em fevereiro); seguido pelo prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), com 2,4% (ante 0,3% em fevereiro). Doria aparece na frente até mesmo da ex-senadora Marina Silva (Rede) e de seu padrinho político, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). Se as eleições fossem hoje, Marina teria 1,5% das intenções de votos espontânea, ante 1,8% em fevereiro, enquanto o governador paulista teria 1,2%, ante 0,7% no levantamento anterior. 

Comente agora

Dodge troca grupo da Lava Jato e mantém 2 de 10 procuradores

Política  Postado por Anacley Souza - 19/09 10:48h
Dodge troca grupo da Lava Jato e mantém 2 de 10 procuradores

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, efetivou a troca do grupo de trabalho da Lava-Jato montado para cuidar dos inquéritos que investigam autoridades com foro privilegiado e deixou na força-tarefa apenas dois dos dez procuradores que trabalharam com o ex-procurador-geral Rodrigo Janot. Raquel estabeleceu um prazo de 30 dias para que cinco desses ex-auxiliares de Janot ajudem na transição das investigações. Além disso, ela deixou especificado na decisão da montagem do novo time que os integrantes terão atribuição para instruir a assinatura de acordos de delação premiada.   Essas decisões são os primeiros atos da procuradora-geral no cargo em relação à Lava-Jato, depois de assumir a função. No discurso de posse, na manhã de ontem, ela fez sete referências ao combate à corrupção, sem mencionar a operação. A gestão de Raquel também terá foco em outras áreas, em especial a defesa dos direitos humanos.  As portarias com a montagem do grupo da Lava-Jato foram publicadas nesta terça-feira no Diário Oficial da União. O grupo de trabalho de Lava-Jato na gestão de Raquel tem a seguinte composição: José Alfredo de Paula, coordenador do grupo; Raquel Branquinho, que também assume a função de secretária de Função Penal Originária no Supremo Tribunal Federal (STF), a quem o grupo se subordina; Marcelo Ribeiro de Oliveira, integrante tanto do grupo quanto da secretaria; Hebert Reis Mesquita; José Ricardo Teixeira; Luana Vargas; Maria Clara Barros; e Pedro Jorge do Nascimento. (O Globo)

Comente agora

TRE nega habeas corpus a Garotinho; defesa irá recorrer

Política  Postado por Anacley Souza - 19/09 09:04h
TRE nega habeas corpus a Garotinho; defesa irá recorrer

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) negou nesta segunda-feira (18) o pedido de habeas corpus em favor do ex-governador do Rio Anthony Garotinho, que foi preso cautelarmente na última quarta-feira (13) enquanto apresentava seu programa na Rádio Tupi, no Rio de Janeiro, por determinação do juiz Ralph Manhães, da 100ª Zona Eleitoral. Segundo informações da Agência Brasil, a desembargadora eleitoral Cristina Feijó, relatora do processo, entendeu que Garotinho pode cometer novos crimes e aponta que ele ataca autoridades que atuam nas investigações dos crimes e incita a população contra elas. “A gravidade e a repercussão da conduta delituosa, além do comportamento do paciente, que, de acordo com o apurado pelo juízo a quo, vem reiteradamente praticando outras infrações para impedir a sua condenação e difundindo ataques às autoridades que atuam no caso, incitando a população contra elas e contra as instituições que elas representam, revelam a necessidade de acautelar o meio social e assegurar a credibilidade das instituições públicas, em especial do Poder Judiciário”, apontou a magistrada. O advogado do ex-governador Anthony Garotinho, Carlos Azeredo, afirma que vai recorrer da decisão no Tribunal Superior Eleitoral. A defesa ressalta o TRE negou apenas a liminar do habeas corpus, sem julgar o seu mérito. “O processo é fruto de perseguição política, o que será facilmente constatado pelos ministros do TSE”, argumentou o advogado, que acrescentou que Garotinho continua impedido de trabalhar como radialista o que impede que ele “possa sustentar sua família”. 

Comente agora

PT aprova abertura de processo para expulsar Palocci

Política  Postado por Anacley Souza - 19/09 08:30h
PT aprova abertura de processo para expulsar Palocci

O diretório do Partido dos Trabalhadores (PT), na cidade de Ribeirão Preto, em São Paulo, aprovou, nesta segunda-feira, 18, a abertura de um processo para expulsar o ex-ministro Antônio Palocci da legenda.  Suspeito na Operação Lava Jato por formar uma organização criminosa com a cúpula do PT, Palocci será alvo de uma comissão de ética pelas declarações feitas contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sérgio Moro.  No último dia 6, ele afirmou que o ex-presidente mantinha um “pacto de sangue” com o empresário Emílio Odebrecht, o que incluía um pacote de R$ 300 milhões em propinas para o PT, além de agrados.  Em resposta, Lula disse em depoimento a Moro que Palocci é mentiroso e inventou a história para agradar os responsáveis da Lava Jato com os benefícios de uma possível delação, ainda em análise. Para a defesa do ex-ministro, Lula é "dissimulado" e mudou de opinião após Palocci ter decidido "falar a verdade".  O parecer final do conselho de ética deve sair em até dois meses.

Comente agora

Delação de Geddel é mais temida pelo Planalto do que denúncia de Janot

Política  Postado por Anacley Souza - 19/09 07:00h
Delação de Geddel é mais temida pelo Planalto do que denúncia de Janot

O Palácio do Planalto se preocupa atualmente mais com a possibilidade do ex-ministro Geddel Vieira Lima fechar um acordo de delação premiada do que com a última denúncia oferecida pela Procuradoria-Geral da República na semana passada contra o presidente Michel Temer. De acordo com informações do jornal O Estado de S. paulo, auxiliares próximos a Temer avaliam que, nesta segunda acusação formal oferecida pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, por organização criminosa e obstrução de Justiça, ele terá um placar mais favorável do que a primeira -- em agosto, quando a denúncia era por corrupção passiva, 263 deputados votaram contra o prosseguimento da acusação. A situação de Geddel, no entanto, é visto pela cúpula do governo como “praticamente incontornável” após a Polícia Federal encontrar R$ 51 milhões em espécie em um apartamento em Salvador, onde foram identificadas as impressões digitais do ex-ministro.

Comente agora

Rui diz que seria eleito caso eleições fossem antecipadas: ‘Confio que ganharia de novo’

Política  Postado por Anacley Souza - 18/09 21:54h
Rui diz que seria eleito caso eleições fossem antecipadas: ‘Confio que ganharia de novo’

O governador da Bahia, Rui Costa, mostrou confiança quanto à sua reeleição em evento neste domingo (17). Durante discurso no congresso do PSB, o petista afirmou que, ao declarar que renunciaria ao cargo em troca de antecipação das eleições, o fez por saber que seria eleito novamente, caso concorresse. “Quando disse que coloco meu mandato à disposição para gente antecipar eleições, primeiro, não é retórica.  Eu confio que, se tivesse eleição, eu ganharia de novo a eleição”, disse, sendo aplaudido pelos presentes. O governador ainda provocou aqueles que se dizem contra a realização de eleições diretas antes do ano que vem. “Aqueles que têm medo de não serem reeleitos não querem eleição agora. Preferem estar usurpando o poder para isso, fazer perseguição a prefeito e ao estado”,  atacou. O petista também revelou o desejo de governar a Bahia em outro cenário político. “Eu queria estar governando em outro em que eu não tenha que ouvir de empresários: ‘Arrume o país de vocês primeiro e depois me convidem para investir aqui’. Eles não dizem isso por questão de educação, mas é isso que querem dizer”, afirmou. (BN)

Comente agora

'Não podemos correr o risco de entrar 2018 sem reforma', diz Meirelles

Política  Postado por Anacley Souza - 18/09 12:42h
'Não podemos correr o risco de entrar 2018 sem reforma', diz Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta segunda-feira (18) que o país não pode correr o risco de não realizar a reforma da Previdência antes de 2018.  Segundo ele, se as mudanças na aposentadoria não forem realizadas neste ano, terão de ser feitas "em um futuro próximo".  Ele disse esperar que a tramitação de denúncia contra o presidente Michel Temer por obstrução judicial e organização criminosa não paralise as discussões em torno da reforma.  "Se ela não for feita agora, deverá e terá de ser feita num futuro próximo. Não podemos correr o risco de entrar em 2018 ainda com a Previdência pendente ou, pior ainda, iniciarmos o próximo governo com uma discussão de reforma da previdência", disse.  Para ele, as mudanças na aposentadoria devem ser feitas agora para que o país entre em um "novo capítulo com equilíbrio fiscal e estabilidade econômica".  O ministro compareceu à posse da nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Na saída da cerimônia, esquivou-se ao ser questionado se pretende ser candidato à sucessão presidencial em 2018. "No momento, sou ministro da Fazenda", disse. 

Comente agora

Wagner é opção de 5% do eleitorado para substituir Lula em eleições, aponta pesquisa

Política  Postado por Anacley Souza - 18/09 10:23h
Wagner é opção de 5% do eleitorado para substituir Lula em eleições, aponta pesquisa

O ex-governador da Bahia e ex-ministro Jaques Wagner (PT) é opção de 5% do eleitorado para substituir o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para as eleições presidenciais do próximo ano. Quem lidera o ranking do Instituto Paraná Pesquisas é o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), com 15,7% da preferência. O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, aparece em seguida, com 10,7%. Apesar das preferências, a maior parte dos entrevistados, 62,8%, descarta as três opções apresentadas. Pouco menos de 6% não sabe ou não opinou. Quando os resultados são analisados por região, Ciro continua à frente no Norte e Centro-Oeste, Nordeste e Sul - perde no Sudeste para Haddad. Wagner ganha um pouco mais de expressão apenas no Nordeste, assumindo a segunda colocação com 14,5% das intenções de voto. Foram entrevistadas 2.210 pessoas no questionário online do Instituto Paraná Pesquisas, entre 12 e 14 de setembro deste ano. A amostra tem confiança de 95% e margem de erro de aproximadamente 2%. Na análise por localidade, o grau de confiança se mantém, mas a margem de erro sobe para 3% na região sudeste, 4% para o Nordeste, 5,5% para as regiões Norte e Centro-Oeste e Sul.

Comente agora

Nova PGR destaca 'harmonia entre os poderes' como 'requisito para o equilíbrio da nação'

Política  Postado por Anacley Souza - 18/09 09:49h
Nova PGR destaca 'harmonia entre os poderes' como 'requisito para o equilíbrio da nação'

Sem mencionar a Operação Lava Jato e as recentes polêmicas que envolvem a Procuradoria-Geral da República (PGR), a procuradora Raquel Dodge foi empossada no comando da instituição na manhã desta segunda-feira (18). Em seu discurso, Raquel enfatizou o papel institucional da PGR, que, em suas palavras, tem a responsabilidade de “garantir que ninguém esteja abaixo ou acima da lei”. “A harmonia entre os poderes é um requisito para o equilíbrio da nação”, ressaltou. Essa fala de Raquel ocorre num momento em que a PGR apresentou a segunda denúncia contra o presidente da República, Michel Temer (PMDB), que foi apontado pelo agora ex-PGR, Rodrigo Janot, como um dos líderes da suposta organização criminosa formada pelo PMDB. Janot, inclusive, não compareceu à posse. Ele alega ter sido convidado apenas por e-mail, o que considerou descortês. A mesa foi composta, então, por Temer, pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, e pelos presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Eunício Oliveira (PMDB-CE). Considerando a notoriedade que a PGR e a figura do procurador-geral da República ganharam no atual cenário político, Raquel pontuou os avanços da instituição. “Há 30 anos, quando tomei posse, poucos sabiam o que faz um procurador-geral da República”, pontuou. Com o mandato que se inicia, uma das primeiras ações da gestão de Raquel deve ser o anúncio de mudanças na equipe da Lava Jato. Pelo menos dois procuradores devem deixar o trabalho na operação.

Comente agora

Com presença de Temer, Raquel Dodge toma posse nesta segunda

Política  Postado por Anacley Souza - 18/09 07:43h
Com presença de Temer, Raquel Dodge toma posse nesta segunda

A nomeada procuradora-geral da República, Raquel Dodge, toma posse nesta segunda-feira (18), às 8h. Ela substitui Rodrigo Janot, que deixa o cargo após quatro anos na chefia do Ministério Público Federal (MPF). Inicialmente, a posse estava prevista para as 10h30, mas o horário foi alterado para garantir a presença do presidente da República, Michel Temer, na cerimônia.  Segundo a Procuradoria-Geral da República (PGR), Temer presidirá a posse da nova procuradora. A cerimônia acontecerá na sede da PGR, em Brasília. Raquel Dodge foi indicada para o cargo pelo presidente Michel Temer a partir da eleição interna da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), que deu origem à lista tríplice enviada ao presidente para subsidiar sua escolha. Em julho, ela foi aprovada pelo plenário do Senado por 74 votos a 1 e uma abstenção.  Mestre em direito pela Universidade de Harvard e integrante do Ministério Público Federal há 30 anos, Raquel Dodge é subprocuradora-geral da República e atuou em matéria criminal no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Logo após a posse, o presidente embarca em viagem oficial aos Estados Unidos. Lá, ele se encontrará com o presidente norte-americano, Donald Trump, e participará na terça-feira (19) da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque.

Comente agora

General do Exército ameaça "intervenção militar" se "Judiciário não solucionar problema político"

Política  Postado por Anacley Souza - 18/09 07:05h
General do Exército ameaça "intervenção militar" se "Judiciário não solucionar problema político"

O general do Exército Antonio Hamilton Mourão, secretário de economia e finanças das Força Armadas, afirmou durante uma palestra promovida pela maçonaria em Brasília que seus "companheiros do Alto Comando do Exército" entendem que uma "intervenção militar" poderá ser adotada se o Poder Judiciário "não solucionar o problema político". A declaração foi feita durante o evento ocorrido na última sexta-feira (15). Natural de Porto Alegre (RS) e no Exército desde 1972, o general foi foi exonerado do Comando Militar do Sul, em Porto Alegre, pelo comandante do Exército, Eduardo Villas Bôas, e transferido para Brasília em 2015. A mudança ocorreu após ele promover uma série de críticas ao governo de Dilma Rousseff. Um oficial sob seu comando também fez na época uma homenagem póstuma ao coronel Brilhante Ustra, acusado de inúmeros crimes de tortura e assassinatos na ditadura militar. Mourão declarou que poderá chegar um momento em que os militares terão que impor uma ação militar. Ainda de acordo com ele, essa "imposição não será fácil". O general disse ainda que ela poderá ocorrer após "aproximações sucessivas". "Até chegar o momento em que ou as instituições solucionam o problema político, pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos. os ilícitos, ou então nós teremos que impor isso."

Vídeo: 

Comente agora
Veja mais

As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com