As comentadas


Bom dia , Sábado, 27/08/2016








Enquete



Reflita

Blog

Política

27
Ago
Impeachment: Ex-ministro Nelson Barbosa é ouvido hoje como testemunha de Dilma
Postado por: Débora Ayane / 08:49h

O ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa será a primeira testemunha de defesa da presidente afastada Dilma Rousseff a ser ouvida neste sábado (27). Após o ex-ministro, senadores ouvirão o professor Ricardo Lodi.Com isso, encerra-se a chamada fase de oitivas de testemunhas do julgamento do impeachment.Um acordo entre a defesa e a acusação fez com que os senadores só ouvissem três pessoas arroladas pela defesa de Dilma na sexta (26): o ex-secretário executivo do Ministério da Educação do governo Dilma Luiz Cláudio Costa e o economista e advogado Geraldo Prado foram ouvidos como testemunha, e o economista de Luiz Gonzaga Belluzzo, como informante.A ex-secretária de Orçamento Federal Esther Dweck, que figurava no rol de testemunhas de Dilma, foi dispensada. O ex-ministro José Eduardo Cardozo, que defende a presidente afastada no julgamento, argumentou que não queria expor Esther à "vingança" dos senadores da base aliada do presidente Michel Temer, que teriam ficado irritados com o fato de Lewandowski ter impugnado uma das testemunhas de acusação.

Comente agora
27
Ago
2º dia do julgamento tem manhã tensa e tarde de depoimentos
Postado por: Débora Ayane / 06:56h

O segundo dia do julgamento também foi marcado por bate-boca e acusações entre senadores favoráveis e contrários ao impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff, principalmente no período da manhã. À tarde, os atritos foram mais raros e pontuais e a sessão se concentrou nos depoimentos das testemunhas da defesa.O primeiro bate-boca começou quando o senador petista Lindbergh Farias (RJ) pediu a palavra e disparou contra o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) que lhe antecedeceu. "Esse senador que me antecedeu é um desqualificado. O que fez com senadora Gleisi é de covardia impressionante, dizer que tentou aliciar testemunha", disse o petista.Ao descer ao plenário para pedir para os senadores reduzirem as questões de ordem, o presidente da Casa, Renan Calheiros, se envolveu em uma discussão com os petistas Gleisi Hoffman e Lindbergh Farias.

Comente agora
27
Ago
Dilma envia carta a evangélicos pedindo oração “contra o golpe”
Postado por: Redação Voz da Bahia / 00:05h

Durante a campanha eleitoral de 2010, a então candidata Dilma Rousseff teve ao seu lado várias lideranças evangélicas, incluindo vários políticos. Logo depois de vencer as eleições, a maioria desses deputados e senadores romperam com ela e com o PT quando o verdadeiro plano de governo foi revelado. Quatro anos depois, a maioria deles estava na oposição e hoje são ferrenhos defensores do impeachment. Um grupo menos expressivo de líderes, liderado pelo pastor e escritor Ariovaldo Ramos, formaram a “Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito”. Segundo eles mesmos, trata-se de uma iniciativa de diversas igrejas e denominações para defender a democracia e, no caso, a volta de Dilma ao poder. Na noite desta quinta-feira (25), eles realizaram o ato “Tempo de oração a favor a democracia”   no vão livre do Masp, na Avenida Paulista. Segundo Ramos, o julgamento da presidente por crimes de responsabilidade é um “mal que atenta contra o bem da nação”. A escolha da data foi para coincidir com o dia em que o Senado iniciou a última etapa do julgamento do processo de impeachment. Para o pastor, tudo não passa de um erro, pois não existe motivo para a denúncia. Fazendo eco ao que tem dito desde o início, para ele o processo iniciado na Câmara e com supervisão do Supremo Tribunal Federal, “atenta contra a democracia, contra um projeto de emancipação do pobre, do negro, da mulher, do indígena, do quilombola, de todos que estão à margem da sociedade brasileira”. A presidente afastada, enviou uma carta aberta para os evangélicos. “Agradeço de coração pelas orações de vocês e de cristãos de todo o país… Sei que vocês não oram apenas por mim, mas clamam pelo restabelecimento da ordem democrática, um valor que está acima de todos nós. Mas a vitória sobre o golpe implica bem mais que isso”, escreveu.

Comente agora
26
Ago
Marina Silva volta a defender o impeachment de Dilma Rousseff
Postado por: Redação Voz da Bahia / 23:37h

Nesta sexta-feira (26), a ex-ministra Marina Silva, líder do partido Rede Sustentabilidade, voltou a defender o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. De acordo com informações do Bahia Notícias, na avaliação dela, o processo vai “passar o Brasil a limpo”, está previsto constitucionalmente e é um salutar à democracia. "Uma democracia não tem como ser saudável se o abuso do poder econômico, esquemas de corrupção ou o desrespeito à lei passarem a ser o procedimento para se chegar ao poder", afirmou Marina, durante coletiva de imprensa em Curitiba. Novamente a candidata derrotada à Presidência da República nas eleições de 2014 comentou o crime de responsabilidade que a petista é acusada, entretanto criticou o presidente interino Michel Temer (PMDB) e voltou a defender novas eleições. "Esse governo [de Temer] tem os mesmos problemas do governo anterior. O modus operandi inclusive é o mesmo, com troca de pedaços do Estado para ter maioria no Congresso, e com pessoas comprometidas na Lava Jato”, alegou ao culpar PT e PMDB pela atual crise econômica e política do país. A política pediu, mais uma vez, que o Tribunal Superior Eleitoral (STF) julgue a ação contra a chapa de Dilma e Temer, que pode culminar na cassação da chapa. Tal julgamento deve ficar apenas para 2017.

Comente agora
26
Ago
Campanha tem baixo volume de doações em Salvador em duas semanas
Postado por: Anacley Souza / 21:29h

A segunda semana de campanha eleitoral chegou ao fim e até esta sexta-feira (26) apenas os candidatos à prefeitura de Salvador ACM Neto (DEM) e Alice Portugal (PCdoB) receberam doações de pessoas físicas. O volume é considerado baixo pelo historiador político, Carlos Zacarias, que não acredita que haverá mudanças durante o pleito. ACM Neto declarou receita de R$ 1,025 mi e já gastou pouco mais de R$ 547 mil. Dentre os doadores estão o diretório nacional do Democratas que disponibilizou R$ 1 mi. Alice Portugal recebeu apenas R$ 3 mil em doações. Uma das doadoras é a secretária de Políticas para as Mulheres (SPM), Olívia Santana. Contudo, a candidata já contratou serviços no valor de R$ 243.950,88 e pagou somente R$ 225, até o momento. Cláudio Silva (PP), Célia Sacramento (PPL), Rogério Da Luz (PRTB), Fábio Nogueira (Psol) e Isidório (PDT) não receberam doações até o momento. Segundo Zacarias, o cenário reflete a atual situação política e a crise financeira do país. “Estamos acompanhando o julgamento de uma presidente, que apesar de ser julgada pelas pedaladas fiscais, se aponta o financiamento de campanha, os envolvidos em caixa dois, doações ilícitas. Neste momento vamos ter um rebaixamento das campanhas devido aos recursos e os doadores estão temerosos. Não há crença nos políticos brasileiros”, explica. Ainda segundo o historiador político, o brasileiro não foi culturalmente adaptado para realizar doações à políticos já que, na verdade, pensa ao contrário: é o político que lhe doa algo.

Comente agora
26
Ago
Defesa pede que Dilma chore no Senado
Postado por: Anacley Souza / 20:02h

Segundo o colunista do Metro Jornal Claúdio Humberto, a defesa da presidente ré Dilma Rousseff pediu que ela chore durante o depoimento diante dos senadores, agendado para a próxima segunda-feira (29), no julgamento final do processo do impeachment. As informações obtidas pelo jornalista são de uma fonte parlamentar qualificada, com acesso às discussões internas sobre as estratégias de defesa da petista. Nas discussões, uma senadora defensora do “choro” de Dilma, teria dito que “nenhum homem resiste a uma mulher em prantos”. Caindo no pranto, segundo seus estrategistas, Dilma passaria a imagem de uma mulher “frágil”, vítima do “machismo” e da “injustiça”. Dilma não será tratada como ré, no plenário do Senado. Em vez de no banco dos réus, ficará na mesa principal, com Ricardo Lewandowski, presidente do STF (Superior Tribunal Federal). A atual base governista não se opôs ao tratamento a Dilma.

Comente agora
26
Ago
Capital: PSOL ingressa com representações no MP-BA para investigar administração de ACM Neto
Postado por: Anacley Souza / 18:58h

O candidato a prefeito de Salvador, Fábio Nogueira (PSOL), ingressou nesta sexta-feira (26) com duas representações no Ministério Público da Bahia (MP-BA) contra o atual prefeito e candidato à reeleição, ACM Neto (DEM). Nas peças, protocoladas na sede do órgão no bairro de Nazaré e na Procuradoria de Justiça do MP-BA no Centro Administrativo da Bahia (CAB), o socialista pede que o órgão investigue o aumento patrimonial do gestor que, de acordo com prestação de contas ao Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), mais que dobrou nos últimos quatro anos. Em 2012, Neto declarou ter patrimônio de R$ 13,3 milhões, enquanto em 2016, reportou ter R$ 27,8 milhões em bens. A outra representação pede abertura de inquérito para investigar suspeitas de improbidade administrativa, devido a denúncias da vice-prefeita e candidata à prefeitura, Célia Sacramento (PPL), de superfaturamento nas obras de requalificação das orlas do Rio Vermelho e da Barra e da ciclovia do Subúrbio Ferroviário. Segundo Fábio, Neto precisa explicar aos soteropolitanos a “mágica” que teria feito para aumentar seu patrimônio. “Um prefeito não ganha tanto, não tem como ter uma renda dessa. Numa cidade como Salvador, dentro de uma crise como essa, essa fórmula do patrimônio precisa ser explicada. Tratam-se de coisas que precisam ser esclarecidas. A população não aguenta mais quem aumenta patrimônio sem explicação. A gente quer transparência no projeto político”, afirmou em entrevista ao Bahia Notícias. Motivo de uma das representações protocoladas por Fábio, as acusações de superfaturamento feitas por Célia já foram rebatidas por Neto, que afirmou que vai processá-la.

Comente agora
26
Ago
Lewandowski leva time do STF para julgamento do impeachment
Postado por: Anacley Souza / 18:51h

Para comandar a sessão final de julgamento do impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, levou um time da sua confiança. Todos os seis assessores e juízes que compõem a equipe de auxiliares do ministro trabalham diretamente com ele no gabinete da Presidência do STF. A todo momento, os assessores são chamados por Lewandowski para tirar dúvidas sobre regras legislativas ou sobre o próprio processo de impeachment. Na sessão desta sexta-feira (26), Lewandowski interrompeu uma fala do senador Aécio Neves (PSDB-MG) depois de ter sido alertado por assessores. “Consta no próprio glossário do Senado, é bom que nós agora reiteremos disso, a expressão ‘pela ordem’ destina-se ao seguinte: instrumento regimental utilizado pelo senador, com o objetivo de solicitar informação sobre o andamento da sessão, fazer reclamação quanto a observância do regimento e apontar falha ou equivoco em relação à pauta”, afirmou o ministro. Na hora, Aécio estava lendo uma carta de repúdio enviada pela União dos Auditores Federais de Controle Externo do Tribunal de Contas da União por conta das acusações feitas contra o auditor do TCU Antônio Carlos D’Ávila, no primeiro dia de julgamento. A maior parte das intervenções vêm da secretária-geral da Presidência do STF, Fabiane Duarte, que fica sentada ao lado direito do ministro na mesa do Senado. Quando o processo de impeachment chegou à fase final, Fabiane foi nomeada chefe da assessoria especial da Presidência do Senado para fins do impeachment.

Comente agora
26
Ago
Alan Sanches diz que Sesab precisa se explicar sobre perda de milhões em medicamentos vencidos
Postado por: Redação Voz da Bahia / 16:09h

Sem esconder a indignação, o deputado estadual Alan Sanches (DEM), que é médico por formação e há muito vem denunciando a crise na saúde pública do estado, cobra da Secretaria de Saúde (Sesab) explicações sobre denúncia de inutilização de milhares de remédios de suma importância para a população por validade vencida e que resultarão num prejuízo superior a R$ 6 milhões. “Não é novidade o quanto à população vem sofrendo por falta de medicamentos para tratamentos de doenças sérias. Tenho recebido denúncias de pacientes crônicos que estão sem ter acesso a remédios há mais de quatro meses e receber essa grave denúncia de que milhares de substâncias não foram distribuídas por falta de competência administrativa e agora irão para o lixo não me causa outra coisa senão indignação”, disparou, complementando que o Governo do Estado, a Sesab, precisa se explicar. “Nessa lista consta, por exemplo, suplemento alimentar para paciente oncológico, cujos custos são altos e são imprescindíveis para um resultado eficaz do tratamento. Tem ainda remédios para pneumonia, malária, diabetes, trombose, hepatites B e C, Alzheimer, Chagas, esclerose, osteoporose, câncer, esquizofrenia, hipertensão e Aids. Todos de custos elevados e adquiridos, em sua maioria, judicialmente. Isso só comprova a falta de gestão de que tanto venho falando. Contudo, erros como esse, que coloca em risco vidas, não podem ficar impunes”.

Comente agora
26
Ago
Renan admite que atuou para livrar Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo de indiciamento
Postado por: Débora Ayane / 14:20h

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) admitiu durante a sessão do impeachment nesta sexta-feira (26) que interferiu para "desfazer" o indiciamento da senadora Gleisi Hoffmann e de seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo. "Isso não pode acontecer, como a senadora pode fazer uma declaração dessa? Exatamente, senhor presidente [Lewandowski], uma senadora que há trinta dias o presidente do Senado Federal conseguiu no Supremo Tribunal Federal desfazer o seu indiciamento e do seu esposo. Isso não pode acontecer isso é um espetáculo triste que vocês estão dando ao país", afirmou Renan, que já havia criticado a atuação dos parlamentares no julgamento do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff ao comparar o debate com um hospício (veja mais). A fala do presidente do Senado aconteceu em resposta à reclamação feita por Gleisi nesta quinta-feira (25). "Qual é a moral que tem os senadores aqui para dizer que ela é culpada, para cassar? Quero saber. Qual é a moral que vocês têm?", declarou a petista. Em nota, Renan esclareceu a sua fala e disse que as intervenções foram feitas em nome do Senado Federal. "As intervenções do Senado Federal são impessoais, transparentes e ditadas pelo dever funcional no intuito de defender a Instituição e as prerrogativas do mandato parlamentar".(BN)

Comente agora
26
Ago
Impeachment: Caiado ameaça denunciar Gleisi ao MPF por corrupção de testemunha
Postado por: Débora Ayane / 13:36h

O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), ameaçou denunciar a senadora Gleisi Hoffmann (PT) ao Ministério Público Federal (MPF) por corrupção de testemunha. A declaração foi feita na manhã desta sexta-feira (26), durante 2º dia do julgamento do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT). O democrata alega que a petista nomeou como assessora parlamentar Ester Dweck, também testemunha da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) por interesse. Caiado diz que a medida infringe o art. 343 do Código Penal, que estabelece como crime "dar, oferecer ou prometer dinheiro ou qualquer outra vantagem a testemunha, perito, contador, tradutor ou intérprete, para fazer afirmação falsa, negar ou calar a verdade em depoimento, perícia, cálculos, tradução ou interpretação". " Ela [Ester] deu entrada no processo de nomeação no gabinete da senadora Gleisi Hoffmann dia 24/5, após o início do processo de impeachment no Senado. Dia 23/6, ela falou como testemunha da defesa na Comissão Especial do Impeachment. Dia 26/8, a Dra. Ester foi arrolada como testemunha no julgamento do impeachment, oito dias depois de ter sido publicada sua cessão para o gabinete da senadora Gleisi. Recorro a 2 pontos: o Código de Processo Penal 214 diz que é proibido o testemunho de pessoa suspeita de parcialidade e o Código Penal no artigo 343 impede o oferecimento de dinheiro ou outra vantagem para testemunha. A pena é de reclusão de 3 a 4 anos. Vejam a gravidade", alegou Caiado. O democrata também rebateu a tentativa de impugnação da testemunha de acusação Antônio Carlos D'Ávila, auditor do Tribunal de Contas da União (TCU). Caiado disse que não foi D'Ávila quem apreciou ou julgou as contas da presidente. "Ele, como especialista da área de contas públicas, foi consultado cumprindo uma de suas atribuições como auditor do TCU, conforme resolução do órgão nº 227 de 2009", justificou.

Comente agora
26
Ago
Polícia Federal indicia Lula no caso tríplex do Guarujá, diz jornal
Postado por: Débora Ayane / 13:00h

A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no inquérito que investiga o tríplex do Condomínio Solaris, no Guarujá, litoral paulista. Lula é alvo de três investigações centrais na Operação Lava Jato, em Curitiba, sede do escândalo de cartel e corrupção na Petrobrás. Ele deve ser enquadrado por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.É o primeiro indiciamento formal contra Lula, nas apurações da Lava Jato em Curitiba. A conclusão do inquérito da PF, com o indiciamento dos investigados, antecede a denúncia criminal a ser apresentada pelo Ministério Público Federal ao juiz federal Sérgio Moro, que conduz os processos do caso em primeira instância. Os procuradores pediram 90 dias para oferecer denúncia no caso, segundo informações do Estadão.A reforma realizada no tríplex, construído pela Bancoop (cooperativa habitacional do sindicato dos bancários), que teve como presidente o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto – preso desde abril de 2015, foi o ponto central da apuração. O imóvel foi adquirido pela OAS e recebeu benfeitorias da empreiteira, acusada de corrupção na Petrobrás. O ex-presidente seria o verdadeiro dono do tríplex- a defesa do petista nega taxativamente.

Comente agora
26
Ago
Prefeita de Ubatã seria reeleita com 60% das intenções de voto, aponta pesquisa
Postado por: Redação Voz da Bahia / 12:27h

A prefeita Siméia Queiroz (PSL), candidata à reeleição em Ubatã, lidera o levantamento realizado pelo Instituto Gasparetto de Pesquisas, do sociólogo Agenor Gasparetto, com 60% das intenções de voto. A pesquisa colocou Rosana Magalhães (DEM) na segunda colocação, como opção para 25% dos eleitores. Ainda registraram intenções de voto Hercília Silva – que não registrou candidatura -, com 1,2%, e Orlando da Chesf (PSOL), com 0,2%. Hercília, apesar de não registrar candidatura, lidera o índice de rejeição, com 77,9%, seguido de Orlando, rejeitado por 72% dos entrevistados, Rosalva, por 51,5%, e a prefeita Siméia, com 25,5% de rejeição. Foram ouvidas 408 pessoas no dia 30 de julho de 2016. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob número BA-00464/2016. (Bahia Notícias)

Comente agora
26
Ago
Iaçu: Candidato a vereador é acusado de roubar equipamento de iluminação da cidade
Postado por: Redação Voz da Bahia / 12:23h

Um candidato a vereador de Iaçu, Piemonte do Paraguaçu, é acusado de roubar o equipamento de iluminação do município. O boletim de ocorrência do caso foi registrado na delegacia da cidade pelo prefeito Nixon Duarte na tarde desta quinta-feira (25). De acordo com o advogado e filho de Duarte, Nixon Filho, o prefeito avistou Eduardo Bastos da Silva e outro homem forçando a grade de segurança do equipamento de iluminação do portal da cidade. "O prefeito estava a caminho do distrito de João Amaro quando viu os dois. Ele deu meia volta com o carro e foi tirar satisfação, mas eles acabaram fugindo", conta. Ainda segundo o defensor, Silva (que é conhecido como "Bina" na região) é um servidor afastado do município há três meses em razão da campanha eleitoral. "O roubo do equipamento de iluminação do portal da cidade já acontecia há algum tempo. O crime tinha como objetivo desgastar a imagem da atual gestão", avalia. Agora, a polícia civil está à procura do candidato a vereador, que segue foragido. Procurada pela reportagem do Bahia Notícias, a delegacia do município se negou a comentar o caso. (BN)

Comente agora
26
Ago
Bate-boca acalorado entre Renan e Gleisi antecipa intervalo para almoço
Postado por: Redação Voz da Bahia / 12:15h

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, antecipou nesta sexta-feira (26), por volta das 11h15, o intervalo de almoço da sessão de julgamento do processo de impeachment após uma confusão generalizada no plenário do Senado motivada por comentários do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), em relação à senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). Minutos antes, Renan havia pedido a palavra a Lewandowski para fazer um apelo aos colegas por bom senso e compostura durante o julgamento da presidente afastada Dilma Rousseff (assista ao vídeo abaixo). Nesta manhã, os senadores Lindbergh Farias (PT-RJ) e Ronaldo Caiado (DEM-GO) protagonizaram uma nova troca de ofensas no plenário do Senado.Inicialmente, o senador do PMDB pediu desculpas a Lewandowski, aos senadores e à sociedade pelo “espetáculo” que a Casa estava protagonizando ao longo do julgamento. “Queria pedir desculpa à vossa excelência, aos senadores e ao país. Não podemos apresentar esse espetáculo à sociedade. O Senado que tem se comportado com isenção, não pode apresentar essa imagem”, ressaltou Renan. Ele disse ainda que os parlamentares estavam passando “ao Brasil e ao mundo” a imagem de que o Senado é um “hospício”. Segundo o peemedebista, a confrontação política na sessão de julgamento é uma “demonstração de que a burrice é infinita”. “Esse confronto político não acrescenta nada, absolutamente nem para um lado nem para o outro.

Comente agora
26
Ago
Candidato a prefeito Rogério Andrade fala sobre os temas: Educação, Segurança e Saúde para S. A. de Jesus. Leia a entrevista
Postado por: Débora Ayane / 11:53h

Em entrevista ao repórter Itajaí Junior, na Andaiá FM, realizado na quinta-feira (25), com os temas: ‘Educação, Segurança e Saúde', o candidato a prefeito de Santo Antônio de Jesus, deputado Rogério Andrade (PSD) falou sobre suas propostas a partir dos questionamentos abaixo:

Educação

Radialista: Qual a percepção que o senhor tem da atualidade da educação em Santo Antônio de Jesus e qual a sua proposta, uma vez assumindo a prefeitura?

Rogério Andrade: É lamentável a situação da educação no município de Santo Antônio de Jesus, na qual se encontra abandonada. Nesses quatro anos de gestão, a população pode observar que nenhuma nova escola foi construída na cidade e nenhuma grande obra de melhoria em qualquer escola, tem algumas que nem sequer houve pinturas. No decorrer dessa caminhada, recebemos inúmeras denúncias de crianças sentadas no chão por falta de carteiras neste atual governo e a merenda escolar sem nenhum acompanhamento nutricional. Tivemos a preocupação na construção do nosso programa de governo, que ainda está em construção e nunca para de ser construído, pois ouvimos a população a todo o momento, de ouvir os professores e ouvimos de uma grande maioria destes a total falta de valorização dos mesmos, a falta de investimento seria em capacitação e o plano de carreira que não é levado a sério. Com fé em Deus vamos mudar essa situação, valorizando os professores, cuidar das escolas e dos alunos. Teremos um programa de saúde do estudante, para que os médicos e dentistas possam atender aos estudantes na própria escola, faremos uma verdadeira revolução pedagógica, nas escolas iremos programar rede WIFI e investiremos como prioridade em esportes e cultura. Creio que juntos, com trabalho e respeito pela nossa gente construiremos uma cidade muito mais justa e mais humana, com melhor educação. Na condição de deputado nós já demos uma contribuição importante quanto à implantação da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), uma vez que passou em nossas mãos na AL-BA (Assembleia Legislativa) o projeto de doação do terreno para a construção desta. Da mesma forma que demos a contribuição muito efetiva para a implantação do IFBA na cidade, uma vez que lideramos todo o processo de doação, que foi iniciativa do Governo do Estado, mas que negociamos com um dos líderes partidários para que fossem dispensadas as formalidades e o projeto fosse aprovado em tempo recorde de doação. E hoje o IFBA também é uma realidade, temos o compromisso, portanto, de trabalhar duro para aumentar os cursos superiores aqui em Santo Antônio de Jesus.

Radialista: O senhor tem projetos na área de educação em tempo integral para o ensino fundamental e educação inclusiva?

Rogério Andrade: Sem dúvidas, precisamos ampliar a educação em tempo integral na cidade, ampliar a oferta de vagas, já está mais do que provado que é o melhor caminho e nós iremos a partir de janeiro, com uma equipe qualificada, oferecer essas oportunidades e ampliar as ofertas de vagas de ensino integral no município.

Radialista: Educação para a zona rural, sabemos que no município existem algumas dificuldades interligadas com a infraestrutura, onde estradas vicinais não dão condições para tráfego dos ônibus escolares e os alunos ficam sem ir às escolas, algumas distantes de suas residências. Qual o seu projeto para a educação na zona rural?

Rogério Andrade: Nós daremos uma prioridade absoluta à zona rural, eu nasci lá, sei da dificuldade do homem do campo e é lamentável hoje a situação das estradas vicinais de Santo Antônio de Jesus de ponta a ponta. Como são lamentáveis também as queixas frequentes dos alunos pela falta de transporte por uma série de justificativas do poder público municipal, onde não sabemos bem qual é a verdade, o que de fato ocorre é uma queixa corriqueira, frequente dos alunos porque frequentemente o veículo escolar tem faltado nas áreas da zona rural do município. Então nós iremos atender e priorizar a população, criar oportunidades ao homem do campo para que possa ter condição de estudar, pais e mães possam ter condições de oferecer uma vida melhor para seus filhos e o caminho é a educação.

Radialista: A merenda escolar que é provida pelo município, algumas pessoas dizem que vai bem e outras não, o que o senhor faria de diferente com relação à merenda escolar em relação ao quadro atual?

Rogério Andrade: Com relação à merenda escolar há uma queixa generalizada, e há a necessidade urgente de ter um acompanhamento nutricional em toda a preparação da merenda, isso é uma queixa muito frequente e isso é muito importante até para facilitar o aprendizado do aluno, ele precisa estar bem alimentado para desenvolver melhor suas atividades da escola e ter um aprendizado muito melhor. Então nós iremos proporcionar profissionais nutricionistas que possam acompanhar diariamente a preparação dessa merenda para que o aluno melhor alimentado possa produzir mais em sala de aula.

Radialista: Educação profissionalizante e ensino técnico, o senhor tem projetos para que o município possa ter um incremento nesse setor da educação?

Rogério Andrade: Nós, na condição de deputado, já trabalhamos bastante no que se refere ao ensino profissionalizante, quando ajudamos a trazer na época o CETEP (Centro Territorial de Educação Profissional do Recôncavo) para o município, onde foram oferecidos diversos cursos profissionalizantes essenciais para nossa sociedade. O município que cresce como Santo Antônio de Jesus tem crescido, as pessoas têm que estar preparadas para o mercado de trabalho, sobretudo em um momento como esses onde segundo dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), em Santo Antônio de Jesus, nos anos 2015 e 2016 houveram mais pessoas demitidas do que contratadas, nosso município está entre as trinta cidades da Bahia com os piores indicadores de geração de emprego. Então precisamos capacitar nossa gente oferecer os cursos técnicos profissionalizantes para que o mercado não tenha dificuldade em encontrar mão de obra qualificada aqui em Santo Antônio de Jesus.

Radialista: O IDEB tem apresentado dados negativos em vários aspectos no âmbito da educação no município no ensino fundamental, tanto nas series iniciais quanto nas finais. Como o senhor percebe esse quadro, tem algum projeto para mudar essa realidade?

Rogério Andrade: Justamente o que nós estamos colocando, qualquer governo sério precisa apostar e investir na educação como prioridade, nós iremos valorizar os profissionais da educação, investir em capacitação, respeitar o plano de carreira, investir na infraestrutura das escolas, na merenda escolar, no esporte e cultura como ferramenta de facilitar e aprimorar o ensino em Santo Antônio de Jesus, e fazendo isso, tenho certeza que nós melhoraremos os indicadores a educação nos próximos anos.

Segurança

Um comentário
26
Ago
Eleições 2016: Transporte que for pego cometendo alguma infração, o candidato será responsabilizado, avisa promotor de SAJ
Postado por: Willyam Reis / 11:26h

Nesta sexta feira (26), o promotor Dr. Julimar Barreto, foi entrevistado por uma rádio e falou sobre a fiscalização do transporte de eleitores no dia da eleição. Segundo ele, as policias estão autuando e o juíz pode designar um grupo de pessoas para estar como itinerante, “a promotoria também estará nas ruas, vamos circular e conferir qualquer irregularidade juntamente com a Polícia Civil e Militar, e possivelmente teremos a Federal em nosso município. Será uma reunião de vários órgãos para fazer este papel que é tão importante em nossa cidade em relação aos crimes eleitorais”, relatou. A lei permite a plotagem com adesivo furado somente do vidro traseiro do carro, nas laterais também pode, no entanto com adesivos de tamanho 40x50, “a logo marca da empresa que fez o adesivo deve estar estampado, juntamente com a quantidade de adesivos feitos pela mesma”, afirmou. O promotor declarou também, que qualquer ato ilegal e criminoso feita por um eleitor, onde se há provas de associação ao candidato, sendo direta ou indiretamente, ele será responsabilizado, “por exemplo, os carros de som dos candidatos são cadastrados, caso este carro for pego cometendo alguma infração, o candidato será responsabilizado e divugaremos seus nomes e irregularidades nos meios de comunicação, pois nao há necessidade de escondermos” concluiu.

Redação Voz da Bahia

Um comentário
26
Ago
Coité: Ex-prefeito candidato a vice é condenado por fraude em micareta
Postado por: Willyam Reis / 11:17h

Candidato a vice em uma das chapas que concorrem à prefeitura de Conceição do Coité, na região sisaleira, o ex-prefeito da cidade Renato Souza dos Santos (PRB) foi condenado pela Justiça Federal por não ter prestar conta de R$ 150 mil, que deveriam ser empregados na micareta da cidade “Coité Folia” em 2010. A sentença da juíza Karin de Almeida Weh de Medeiros, da 1ª Vara da Justiça Federal de Feira de Santana, cobra devolução da quantia repassada (atualizada em 2013) da ordem de R$ 202 mil, além de suspensão dos direitos políticos de Renato por três anos, entre outras punições, o que pode inviabilizar a candidatura dele. Entre os itens da acusação do Ministério Público Federal, o réu não comprovou a apresentação de bandas e chegou a cobrar ingresso (R$ 90 no primeiro lote) pelo evento dito gratuito. Renato Souza concorre às eleições em Conceição do Coité como vice-prefeito na chapa do também ex-prefeito Ewerton Rios D’Araújo Filho, o Vertinho (DEM). A sentença é do dia 18 deste mês de agosto. (BN)

Comente agora
26
Ago
Procuradoria aponta mais de 5 mil "fichas-sujas"
Postado por: Redação Voz da Bahia / 08:44h

Relatórios do Ministério Público Federal já apontam 5.179 candidatos com irregularidades para as eleições de 2016. O número foi obtido pelo Sisconta Eleitoral, sistema criado para receber e processar nacionalmente as informações de inelegibilidade pelos critérios da Lei da Ficha Limpa - Lei Complementar 135/2010). Os dados estão sendo analisados pelos promotores eleitorais, que podem pedir a impugnação dos candidatos considerados 'ficha-suja'. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira, 25, pela Procuradoria-Geral da República. O levantamento abrange os 488.276 candidatos que já pediram registro à Justiça Eleitoral em todo o Brasil. O Sisconta recebe os dados de todos os políticos e faz o cruzamento com as informações de irregularidades fornecidas pelo Judiciário, tribunais de contas, casas legislativas e até conselhos profissionais. A partir da publicação dos pedidos de registro pela Justiça Eleitoral, os promotores têm 5 dias para apresentar a impugnação, nos termos da Lei da Ficha Limpa. Segundo a coordenadora do Grupo Executivo Nacional da Função Eleitoral (Genafe), Ana Paula Mantovani, "infelizmente, a legislação e as resoluções do Tribunal Superior Eleitoral para as eleições de 2016 não exigiram dos candidatos a apresentação das certidões cíveis, onde poderia constar a inexistência de causas de inelegibilidade, e a tarefa de descobrir eventual causa que importe na inelegibilidade dos candidatos fica a cargo do MP Eleitoral". "O Sisconta, ao cruzar as informações com milhares de dados recebidos, já aponta ao promotor eleitoral uma possibilidade de impugnação do registro", disse Ana Paula Mantovani. São Paulo foi o campeão em número de relatórios: são 1.420 candidatos apontados com irregularidades.

Comente agora
26
Ago
Lula vai ao Senado acompanhar depoimento de Dilma no julgamento do impeachment
Postado por: Redação Voz da Bahia / 08:42h

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai ao Senado na próxima segunda-feira (29) para acompanhar o depoimento da presidenta afastada Dilma Rousseff no julgamento do impeachment. “Conversamos com o presidente Lula e ele disse que estaria aqui na segunda-feira para acompanhar o depoimento da presidenta Dilma e que, se fosse necessário, estaria à disposição para vir para Brasília no domingo”, disse hoje (25) o líder do PT na Casa, senador Humberto Costa (PE). Lula deve assistir ao depoimento de Dilma em algum gabinete, e não no plenário, onde Dilma falará aos senadores. No domingo (28), Dilma terá um encontro com senadores que a apoiam para acertar os detalhes de seu pronunciamento no Senado. Segundo Costa, não se trata de um treinamento para as perguntas que Dilma terá que responder. O líder petista diz que a presidenta afastada conhece melhor que ninguém os argumentos que deve usar e não precisa ser orientada. “Quanto mais a presidenta se sentir à vontade em dizer o que pensa e o que sabe, será melhor”, disse.

Comente agora
26
Ago
Senado ouve nesta sexta testemunhas da defesa de Dilma no impeachment
Postado por: Redação Voz da Bahia / 08:41h

O plenário do Senado retoma na manhã desta sexta-feira (26) a sessão destinada ao julgamento final da presidente afastada Dilma Rousseff no processo de impeachment. Na reabertura dos trabalhos, marcada para as 9h, serão ouvidas as testemunhas de defesa da petista. O julgamento final começou nesta quinta (25) com os depoimentos de duas testemunhas de acusação. A expectativa é que sessão com as testemunhas de defesa – 6 no total – avance para o fim de semana.

Foram chamados pela defesa de Dilma as seguintes testemunhas:
- Luiz Gonzaga Belluzzo, economista;
- Geraldo Prado, professor de direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
- Nelson Barbosa, ex-ministro da Fazenda;
- Esther Dweck, ex-secretária de Orçamento Federal do governo;
- Luiz Cláudio Costa, ex-secretário-executivo do Ministério da Educação;
- Ricardo Lodi Ribeiro, professor de direito da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

Comente agora
26
Ago
Filho de Bolsonaro passa mal durante debate ao vivo
Postado por: Redação Voz da Bahia / 07:55h

Na noite desta quinta-feira (25), o candidato à prefeitura do Rio de Janeiro, Flávio Bolsonaro (PSC), passou mal ao vivo durante o debate na TV Bandeirantes. Ele foi amparado pelos adversários Jandira Feghali (PCdoB) e Carlos Roberto Osorio (PSDB). Jandira que é médica, disse ter oferecido ajuda a Flávio, mas o pai dele, o deputado Jair Bolsonaro (PSC), segunda ela, recusou. O debate foi interrompido e o candidato se retirou do estúdio, e quando foi retomado, Jandira aproveitou o primeiro tempo. “Quem protege torturador não me representa”, afirmou Jandira, referindo-se à homenagem que Jair Bolsonaro fez ao coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra durante a votação do impeachment na Câmara dos Deputados, em abril passado. “A solidariedade não faz parte desse grupo”, concluiu Jandira. Por recomendação médica, Flávio Bolsonaro não retornou ao debate. Na rede social, ele disse que foi atendido em um hospital da rede privada e liberado na madrugada desta sexta-feira (25). "Vários fatores colaboraram para seu mal-estar, o principal deles uma intoxicação alimentar que vitimou inclusive um de seus assessores, devido a uma refeição na tarde de quarta-feira. Flávio Bolsonaro pede desculpas a todos os seus concorrentes pela ausência no restante do debate; o candidato agradece publicamente aos concorrentes Jandira Feghali e Carlos Osório pelos gestos de solidariedade ao socorrê-lo", diz trecho de nota publicada em seu perfil no Facebook.

Veja vídeo abaixo: 

Comente agora
26
Ago
Itabuna: Auditoria confirma irregularidades do prefeito em despesas com serviços de engenharia
Postado por: Willyam Reis / 07:19h

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) votou nesta quinta-feira (25/8) pela procedência das conclusões contidas no relatório de auditoria realizada na Prefeitura de Itabuna, Litoral Sul, na gestão de Claudevane Moreira Leite. O documento apontou a existência de irregularidades na contratação da empresa M.A.S. Construção Civil para a prestação dos serviços de reforma de prédios e áreas públicas em 2014. O político foi multado em R$15 mil. A auditoria faz parte da Programação Anual de Auditoria da Corte, que promove análises mais específicas em municípios com perfil de risco no tocante à realização de despesas com obras e serviços de engenharia. A relatoria concluiu pela inadequação da modalidade licitatória utilizada para a contratação dos serviços de reforma de prédios e áreas públicas, uma vez que o montante estimado de R$2.905.903,20 superou o limite legal para a Tomada de Preço, sendo, portanto, adequada a adoção da concorrência pública. Quanto à habilitação da empresa vencedora do certame, o capital social apresentado no valor de R$120.000,00 e o patrimônio líquido no montante de R$80.000,00, não atendia ao requisito de, no mínimo, 10% do valor estimado, configurando a indevida habilitação da empresa. Ainda cabe recurso da decisão.

Comente agora
26
Ago
Prefeito de Candeias é denunciado por falsidade ideológica e fraude
Postado por: Willyam Reis / 07:16h

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o prefeito de Candeias (BA), Francisco Silva Conceição, o secretário de Saúde do município, Manoel Eduardo Farias Andrade, o empresário Nicolau Júnior e mais seis pessoas por falsidade ideológica, dispensa indevida de licitação e fraude licitatória. O prefeito e o secretário de saúde do município de Candeias promoveram a terceirização integral do serviço de saúde em três unidades médico-hospitalares do município por meio de instrumentos jurídicos: contratação emergencial; pagamento por reconhecimento de dívidas; pregão presencial e concorrência pública. Segundo as investigações, Nicolau Júnior chefiava uma organização criminosa que utilizava empresas para operar em vários nichos econômicos, atuando por meio de “laranjas”. Umas das empresas envolvidas no desvio é o Instituto Médico e Cardiológico da Bahia (IMCBA) que era utilizada para aliciar prefeitos e servidores públicos para obtenção de contratos de gestão de hospitais, prontos socorros e unidades de pronto atendimento de prefeituras da Bahia, pagos com recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) e que proporcionava o enriquecimento ilícito. Em Candeias, o prefeito e o secretário contrataram por dispensa de licitação a IMCBA para gerir, na modalidade gestão plena, o Hospital Municipal José Mário dos Santos, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e o Posto de Saúde Luiz Viana Filho. Segundo o MPF, esse tipo de sociedade facilita a obtenção de vultosos contratos de gestão com entes públicos municipais, cujo formato impossibilitava qualquer controle, diante da falta de discriminação dos itens contratados e da ausência de uma adequada prestação de contas.

Comente agora
26
Ago
Eleições 2016: começa nesta sexta (26) a propaganda eleitoral no rádio e na TV
Postado por: Redação Voz da Bahia / 06:44h

Começa nesta sexta-feira (26) a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão destinada aos candidatos a prefeito e vereador nas eleições de outubro. Este ano, em razão das alterações introduzidas pela Lei 13.165/2015 (Reforma Eleitoral), a propaganda será mais curta. O período foi reduzido de 45 para 35 dias, terminando no dia 29 de setembro. Também não haverá mais propaganda em bloco para os candidatos aos cargos de vereador, que terão direito somente a inserções de 30 ou 60 segundos. A propaganda eleitoral no rádio e na TV restringe-se ao horário gratuito, sendo proibida a veiculação de qualquer propaganda paga. A propaganda deverá ser veiculada inclusive nas rádios comunitárias, nas emissoras de televisão que operam em VHF e UHF e nos canais de TV por assinatura de responsabilidade das câmaras municipais. O conteúdo da propaganda é de inteira responsabilidade do candidato, partido político e coligação. É assegurada a participação, no horário eleitoral gratuito, do candidato cujo pedido de registro esteja sendo questionado judicialmente (sub judice) ou que tenha sido protocolado no prazo legal, ainda que não apreciado pelo juiz eleitoral. Não são admitidos cortes instantâneos ou qualquer tipo de censura prévia nos programas eleitorais gratuitos. Nos termos da Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nº 23.457/2015, a propaganda para os candidatos a prefeito será veiculada, de segunda a sábado, da seguinte maneira:

Comente agora
26
Ago
Primeiro dia do julgamento tem bate-boca e acusações
Postado por: Redação Voz da Bahia / 06:39h

O primeiro dia do julgamento do processo de impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff, terminou com o depoimento da testemunha da acusação, o auditor do Tribunal de Contas da União (TCU) Antônio Carlos Costa D'Ávila Carvalho Júnior, após sessões seguidas que somaram mais de 15 horas de perguntas, respostas, bate-bocas, troca de acusações, tudo sob a presidência de Ricardo Lewandrowski, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). A defesa de Dilma comemorou o fato de a principal testemunha da acusação, o procurador do TCU, Júlio Marcelo de Oliveira,ter sido ouvida como informante. O principal argumento usado pelo advogado de defesa José Eduardo Cardozo que convenceu Lewandowski a dispensá-lo como testemunha foi o de que o procurador participou do movimento “Vem pra Rampa”. Por meio desse movimento Júlio Marcelo teria pressionado, segundo Cardozo, ministros do Tribunal de Contas da União a rejeitar as contas de Dilma. “O procurador atuou como militante político de uma causa”, disse o advogado da petista, questionando sua insenção como testemunha no processo.

Tratamento isonômico

A medida alterou as estratégias da defesa e acusação. Senadores que apoiam o impeachment afirmaram que tentarão fazer o mesmo com as testemunhas de defesa. “O que nós vamos solicitar é um tratamento isonômico”, disse o senador Cassio Cunha Lima (PSDB-PB). "Vamos nos reunir antes da sessão para decidir quais pedidos de suspensão serão feitos".

Comente agora
26
Ago
Em S. A. de Jesus, deputado Alan Sanches foca criticas a saúde e a segurança do Estado
Postado por: Willyam Reis / 01:33h

Nesta quinta feira (25), o deputado estadual Alan Sanches (DEM) foi entrevistado por uma emissora de rádio a respeito da prorrogação das dívidas dos servidores públicos proposta pelo Governo do Estado. Segundo o deputado, há um trabalho sendo feito pelos representantes na Câmara e no Senado Federal para defender o Estado da Bahia, “atualmente a situação não está favorável para o nordeste, hoje se defende muito o sul e sudeste, mas temos que entrar na luta para garantir os direitos do nosso norte e nordeste. Tenho certeza que nossos deputados juntamente com o presidente Michel Temer (PMDB) irão fazer um excelente trabalho em nossa Bahia”, relatou. Alan pronunciou que a efetivação do presidente interino Temer está dando olhares diferentes para a Bahia com resultados positivos, “sem sombra de dúvidas, juntamente com o prefeito ACM Neto, iremos para frente. O país já respira normalidade, voltamos para o caminho da verdade, hoje graças a Deus com a efetivação de Temer, iremos dar um grande salto para os brasileiros” declarou.

Saúde e segurança pública: O deputado informou também, que a saúde do Estado da Bahia está em calamidades, e deu exemplos como o HGE II que se passaram dois anos e ainda não foi inaugurado, “não é possível que um empreendimento daquele tamanho, que tem a capacidade igual ao primeiro HGE ainda não está em uso por falta de planejamento e gestão. Temos que priorizar a saúde” disse. Observando os índices de homicídios de Santo Antônio de Jesus, Alan Sanches avaliou a segurança pública no Estado da Bahia, e relatou sobre a carência dos municípios baianos em relação à violência congênita, “atualmente nosso comandante do 14º Batalhão de Policia Militar, o tenente-coronel Píton faz um excelente serviço, a população desta cidade respira um pouco mais de segurança, mas de forma geral, o planejamento de segurança pública não pode se resumir somente as blitz, como vemos em Salvador. Precisamos ter uma política pública de segurança do Estado, de alguém que faça esse investimento juntamente com a saúde”, concluiu.

  1. Redação Voz da Bahia
Comente agora
26
Ago
Muritiba: Babão renuncia a candidatura de prefeito e filho assume
Postado por: Redação Voz da Bahia / 00:55h

Como divulgado pelo Voz da Bahia, o ex-prefeito Epifânio Marques Sampaio (PRD) se encontrava inelegível por oito anos após seus exercícios financeiros de 2011 e 2012 quando administrou a prefeitura de Muritiba e após serem reprovadas pela Câmara Municipal da cidade. Com a decisão da Casa, o ex-prefeito foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Babão chegou a registrar candidatura, mas foi barrado pelos pedidos de impugnações dos partidos adversários PTD e PSD, além do MPE (Ministério Público Estadual). Com renúncia agora oficial de Babão, seu filho Danilo Sampaio, popular Danilo de Babão (PRB), assume como foi divulgado em primeira mão pelo Voz da Bahia. O posto da majoritária junto com o postulante a vice o vereador Weliton Cerqueira, conhecido Zé Bim (PR). A sentença foi acatada nesta quinta-feira (25) pela juíza da 131* Zona Eleitoral da Bahia.

  1. Reportagem e Foto: Voz da Bahia
Comente agora
25
Ago
Para Renan, 1º dia de julgamento de Dilma no Senado foi 'conturbado'
Postado por: Anacley Souza / 23:55h

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou nesta quinta-feira (25) que ainda não decidiu se votará no julgamento da presidente afastada Dilma Rousseff no processo de impeachment. Ele classificou o processo como "longo, enfadonho e cansativo", e o primeiro dia de plenário como "conturbado". "Sou presidente do Senado. É prudente me conduzir com isenção, equilíbrio e responsabilidade. Mesmo se eu já tivesse me decidido, e ainda não fiz, eu teria que me portar com prudência", declarou no plenário a jornalistas. Na avaliação de Renan, o início do julgamento e o depoimento das duas testemunhas de acusação foram marcados pela disputa política entre senadores favoráveis e contrários ao impeachment. A sessão é conduzida pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, mas Renan acompanha o processo na Mesa Diretora. "Meramente transformar a sessão de julgamento em confronto político pouco acrescentará ao processo. Era fundamental mais objetividade, tanto de quem vai perguntar quanto de quem vai responder. Os senadores terão um dia todo para debater, cada um falará por até dez minutos", disse. "O primeiro dia sempre é mais tenso, conturbado, as partes conflitam mais nos pontos de vista", continuou o peemedebista. O presidente do Senado evitou fazer estimativas sobre a extensão do julgamento – se vai avançar pelo fim de semana ou ultrapassar a terça-feira (30), por exemplo. Segundo ele, os procedimentos podem ser abreviados pelo cansaço dos parlamentares e pelo desgaste gerado por toda a tramitação do impeachment

Comente agora
25
Ago
Procurador encerra depoimento no impeachment com troca de farpas com Cardozo
Postado por: Anacley Souza / 23:39h

O fim do depoimento do procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) Júlio Marcelo de Oliveira no julgamento do impeachment foi marcado por uma troca de farpas entre ele e o advogado de defesa da presidenta afastada Dilma Rousseff, José Eduardo Cardozo. Ao utilizar seu tempo para questionar o procurador – que foi rebaixado da condição de testemunha para a de informante pelo presidente do julgamento, ministro Ricardo Lewandowski, por considerá-lo em suspeição – o advogado de defesa disse que as teses legislativas de Oliveira mudaram ao longo do tempo. Em seguida, Cardozo acusou o procurador de ter adequado seu entendimento em pareceres ao TCU para favorecer a condenação da presidenta afastada. “Não se pode mudar os fatos, mas se pode adequar uma tese para condenar”, disse o advogado. “Tenho a convicção de que vossa senhoria mudou seu entendimento porque tem um desejo profundo de condenação da presidenta da República, e não podia mudar os fatos”, completou Cardozo. Em resposta, o procurador disse que Cardozo “se equivoca quando deixa de atuar como causídico [advogado] e passa a atuar como psicólogo pretendendo buscar desejos profundos em mim. Não existe esse desejo profundo de condenação da presidenta da República. Existe responsabilidade funcional, que eu procuro cumprir com a maior dignidade possível”. Oliveira disse ainda que, “mesmo com o critério mais benevolente”, havia créditos e decretos assinados por Dilma que infringiam a Constituição. Segundo ele, foi opção do TCU adotar o critério “menos benevolente”. Cardozo citou vários especialistas que concederam pareceres com opiniões contrárias às do procurador em relação às assinaturas de decretos de suplementação orçamentária e à operação entre o Tesouro e o Banco do Brasil referente ao Plano Safra – que Júlio Marcelo Oliveira entende ser operação de crédito vedada pela Lei de Responsabilidade Fiscal e a defesa de Dilma alega ter sido apenas um inadimplemento pelo governo.

Comente agora
25
Ago
MPE registra mais de 5 mil candidatos fichas-sujas
Postado por: Anacley Souza / 21:27h

O Ministério Público Eleitoral (MPE) identificou 5.179 candidatos "fichas-sujas" às eleições de outubro, quando serão disputados os cargos de vereador e de prefeito. O balanço parcial engloba todos os estados e foi feito com base no sistema do MPE, que cruza informações dos tribunais de contas, conselhos profissionais e do Judiciário para embasar as ações de impugnação dos candidatos. O estado de São Paulo registrou 1.420 candidatos com irregularidades nos registros, seguido por Minas Gerais (640) e Paraná (476). Os dados levam em conta os 488.276 registros de candidaturas recebidos pela Justiça Eleitoral. Com o registro, caberá aos juízes eleitorais julgar os pedidos de candidatura, que poderão ser indeferidos caso os candidatos não cumpram os requisitos legais, entre eles estar elegível pela Lei da Ficha Limpa. Entre as causas de inelegibilidades, a norma impede que pessoas condenadas por órgãos colegiados possam disputar eleições pelo prazo de oito anos.

Comente agora
25
Ago
TCU não é a Santa Sé, lá não é a última palavra na investigação, diz Kátia Abreu
Postado por: Anacley Souza / 20:42h

A ex-ministra do governo Dilma Rousseff, senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), disse na tarde desta quinta-feira (25) durante a sessão de julgamento do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff no Senado, que o Tribunal de Contas da União (TCU) não é a "Santa Sé". Ela argumenta que o órgão não tem a última palavra na investigação sobre a presidente afastada. Para Kátia Abreu, mesmo que o procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), Júlio Marcelo de Oliveira, não concorde com as práticas incluídas no processo, o posicionamento deveria ser remetido para avaliação do Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot. "Ao que parece, isso ainda não foi feito", disse. A ex-ministra também ressaltou que o TCU não tem a última palavra no julgamento das contas do governo. Após avaliação do órgão auxiliar, argumentou, a decisão final é do Congresso.

Comente agora
25
Ago
Rui Costa agradece eleitor por resultado de pesquisa
Postado por: Anacley Souza / 20:17h

O governador Rui Costa (PT) utilizou suas redes sociais para agradecer a todos que o parabenizaram pelo resultado da pesquisa divulgada pelo Ibope esta semana, em que sua gestão é avaliada como "bom" e "ótimo" por 37% dos entrevistados ouvidos em Salvador, e como regular por outros 40%. Rui atribui o desempenho favorável na pesquisa ao intenso trabalho desenvolvido pelo governo do estado na capital baiana. Lembrou que seguem em ritmo avançado importantes obras de mobilidade urbana, como a linha 2 do metrô, as Linhas Azul e Vermelha e a Via Expressa Barradão, além de ações como a construção de contenções de encosta, a recuperação do Centro Antigo e a implantação de nova unidade do Hospital Geral do Estado (HGE 2). O governador citou, ainda, intervenções realizadas nos últimos anos em Salvador, como a Via Expressa Dois de Julho, o complexo viário do aeroporto, os viadutos do Imbuí e Narandiba, as vias marginais da avenida Paralela, a duplicação das avenidas Pinto de Aguiar e Orlando Gomes, e a nova Concha Acústica do Teatro Castro Alves (TCA). Em publicação feita no Facebook, Rui Costa afirmou que "maior que a preocupação com pesquisas é a constante preocupação com o trabalho, não apenas na capital como em toda a Bahia". A pesquisa Ibope/TV Bahia ouviu um total de 602 pessoas na capital, no período de 18 a 21 de agosto. O nível de confiança do levantamento, segundo o instituto, é de 95%, e a margem de erro de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o número Ba-02257/2016. (A Tarde)

Comente agora
25
Ago
Em protesto, grupo rasga a Constituição na Esplanada dos Ministérios
Postado por: Anacley Souza / 19:19h

Um protesto silencioso está em curso na Esplanada dos Ministérios, na tarde desta quinta-feira, primeiro dia do julgamento final do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, no Senado. Trinta e sete pessoas, vendadas e com as vestes tingidas de barro, rasgam a Constituição Federal. "Representamos com arte algo que está ocorrendo de fato no Senado", afirmam os organizadores. A instalação urbana é organizada pelo grupo Desvio Coletivo e Laboratório de Práticas Performativas da USP. A criação é de Marcos Bulhões e Marcelo Denny. "São políticos sujos e cegos", conta Denny. A performance já foi realizada em Lisboa. "Sempre adaptamos de acordo com a cegueira política local." Com informações de Estadão Conteúdo.

Comente agora
25
Ago
Senadores se xingam durante sessão de julgamento do impeachment
Postado por: Anacley Souza / 18:19h

Dois senadores quase entraram em atrito físico durante a sessão de julgamento do impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff, nesta quinta-feira (25). Lindbergh Farias (PT-RJ) e Ronaldo Caiado (DEM-GO) bateram poca durante a apresentação das questões de ordem. O democrata declarou que o petista deveria "fazer o antidoping". "Fica aqui cheirando não", afirmou Caiado. Lindbergh rebateu e disse que o senador era um 'canalha', amparado pela senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que discursava antes de Caiado criticar os petistas. "Este Senado não tem moral para julgar a presidente Dilma", disse ela. Líder da oposição, Lindbergh também citou o ex-aliado de Caiado, Demóstenes Torres, cassado em 2012. O senador do DEM criticou Hoffman e disse que os parlamentares não eram "assaltantes de aposentados", em referência à prisão do ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo, marido de Gleisi, sob acusação de envolvimento em um esquema de corrupção que teria desviado R$ 100 milhões dos funcionários públicos federais que fizeram empréstimo consignados. A troca de insultos entre Caiado e Lindbergh não foi captada pelos microfones e só pôde ser testemunhada pelos presentes ao plenário. “E você é de trabalhador escravo", atacou Gleisi Hoffmann no microfone do Plenário em referência a Caiado. Tanto Lindbergh quanto Caiado declararam que devem entrar com uma representação no Conselho de Ética do Senado contra a briga. "Eu ainda não me decidi se entro com representação no Conselho de Ética ou no Departamento Nacional de Combate ao Narcotráfico", afirmou Caiado em relação a Lindbergh.

Comente agora
25
Ago
Emissoras devem decidir quais ‘nanicos’ participarão de debate eleitoral, decide STF
Postado por: Anacley Souza / 18:11h

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta quinta-feira (25), um dia antes do início da propaganda eleitoral gratuita dos candidatos ao pleito municipal de outubro, mudar dispositivos da Lei Eleitoral (9.504/1997), que trata da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. A maioria dos ministros concordou em manter a regra que exige que os candidatos devem ter no mínimo nove deputados do partido na Câmara para participarem de debates. Entretanto, a legislação que definia que a participação de candidatos que não tivessem representantes suficientes na Câmara deveria ser feito por 2/3 dos candidatos foi alterada. Agora quem decide quais candidatos “nanicos” - aqueles que não têm representação suficiente na Câmara - irão participar é a própria emissora. A Advocacia-Geral da União (AGU) defendia uma nova lei eleitoral quanto aos debates políticos. Além da Adin 5423, outras quatro Adin foram julgadas em conjunto, por terem ligação com o tema, e foram protocoladas por oito partidos. O ministro Dias Toffoli, relator de três ações, afirma que houve razoabilidade na recente reforma eleitoral e julga todas as ações improcedentes. "Há uma nova forma de fazer política: as redes sociais, que podem tornar ainda mais 'aborrecentes' a propaganda no rádio e TV”. Para o ministro, a lei que determina número mínimo de parlamentares para que partido seja chamada para o debate é constitucional. A ministra Rosa Weber rejeitou as ações contra a restrição de candidatos de partidos pequenos em debates. Já o ministro Luiz Barroso afirmou que as emissoras devem convidar os candidatos com direito por bancadas de partido, mas que podem convidar outros que quiserem. O ministro negou as ações, mas quer interpretações para que candidatos aptos não possam excluir de debates os que forem convidados por emissoras. Barroso brincou, ainda, afirmando que alguns candidatos reclamam que o tempo que possuem na televisão não é suficiente nem para assistir os 100 metros rasos do atleta Usain Bolt.

Comente agora
25
Ago
Horário eleitoral gratuito começa nesta sexta
Postado por: Débora Ayane / 17:53h

O horário eleitoral gratuito do primeiro turno terá início a partir das 5h desta sexta-feira (26), quando poderão ser veiculadas as inserções, e vai até o dia 29 de setembro. Com a mudança na lei eleitoral, em 2015, a propaganda gratuita agora durará 35 dias, dez a menos do que no passado. Também não há mais blocos para candidatos a vereador, somente para prefeito.Os blocos serão transmitidos em dois períodos diários de 10 minutos cada, de segunda-feira a sábado, somente para candidatos a prefeito. No rádio, acontecerão de 7h às 7h10 e de 12h às 12h10. Na TV, de 13h às 13h10 e de 20h30 às 20h40.

TEMPO POR COLIGAÇÃO

O empresário Doria, candidato pela primeira vez e desconhecido do público, é o que terá mais tempo no bloco e maior número de inserções: são três minutos e seis segundos nos dois blocos diários, e mais 13 minutos e três segundos diários para as inserções.O espaço de cada candidato é definido com base na representatividade da bancada de sua coligação na Câmara, que define 90% do tempo - o restante é dividido igualitariamente entre os partidos.

Comente agora
25
Ago
Temer: impeachment é 'coisa natural da democracia'
Postado por: Débora Ayane / 16:55h

O presidente interino Michel Temer minimizou o julgamento do processo de afastamento definitvo da presidente Dilma Rousseff nesta quinta-feira (25). Após participar da cerimônia de recepção da tocha paralímpica, Temer disse que o impeachment era uma coisa "natural da democracia". Segundo informações do G1, ele também negou nervosismo ou insegurança a respeito do julgamento da presidente. Caso os senadores aprovem o afastamento, Temer passará a ser presidente efetivo. "Isso é uma coisa tão natural da democracia", disse ele à imprensa, após ser perguntado sobre suas expectativas sobre o processo. Antes da resposta, Temer tentou manter se fazer de desentendido ao ser perguntado se estava "nervoso": "Por quê? Aconteceu alguma coisa?", ironizou.

Comente agora
25
Ago
'Hoje está começando a semana da vergonha nacional', diz Lula
Postado por: Redação Voz da Bahia / 16:16h

Em ato na porta do estaleiro Eisa PetroUm, em Niterói (RJ), nesta quinta-feira, 25, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que "hoje está começando a semana da vergonha nacional, com a tentativa de impeachment de Dilma (Rousseff, presidente afastada)". A uma plateia de trabalhadores do setor naval, Lula afirmou que o afastamento da presidente agride diretamente os seus eleitores e afeta o mercado de trabalho. Lula disse que "o único erro de Dilma foi ser honesta" e que prevalece no País o "complexo de vira-lata", referindo-se ao programa de privatização do governo Temer, que pretende repassar à iniciativa privada o controle de segmentos hoje operados pelo Estado. "O que está em jogo, na verdade, é o direito desse País de ser grande. (Querem) desmontar a Petrobrás, que fez a maior descoberta do mundo. Caindo a Petrobrás, quebram as siderúrgicas. Tem que discutir isso a fundo. Separar os problemas econômicos, o problema do desemprego", disse Lula em discurso de meia hora, com a voz ainda mais rouca do que de costume. Antes de começar a falar, o ex-presidente pediu a ajuda da plateia, porque recebeu recomendação médica de manter-se mudo, por causa de uma irritação na garganta. "Se tivesse juízo, não estaria aqui. Mas nesses tempos difíceis, a gente não pode deixar de falar". Logo nos primeiros minutos, o ex-presidente criticou antigos aliados que se posicionaram a favor do impeachment de Dilma.

Comente agora
25
Ago
Procurador do TCU diz que Dilma cometeu crime de responsabilidade
Postado por: Débora Ayane / 16:11h

O procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) Júlio Marcelo de Oliveira afirmou nesta quinta-feira, 25, no Senado Federal, que a presidente afastada Dilma Rousseff cometeu crime de responsabilidade ao autorizar abertura de créditos orçamentários suplementares sem autorização do Congresso Nacional. A abertura desses créditos é justamente o que embasa o processo de impeachment da petista. Ouvido como informante e não mais como testemunha de acusação no julgamento final do impeachment, Oliveira disse que Dilma violou a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que estabelece que os decretos só podem ser abertos mediante autorização do Congresso, órgão competente para autorizar os gastos da União. Além disso, acrescentou, o TCU determinou que os decretos precisam ser compatíveis com a meta fiscal em vigor, o que também não foi observado por Dilma. O procurador responde agora a perguntas dos senadores. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, aceitou pedido feito pela defesa de Dilma para declarar Oliveira impedido de participar como testemunha de acusação. Contudo, Lewandowski decidiu garantir que o procurador do TCU participe do julgamento do processo de impeachment como informante. Na prática, isso significa que todas as informações que Julio Marcelo de Oliveira prestar durante o depoimento de hoje não valerão como provas para a instrução do processo. Com informações do Estadão Conteúdo.

Comente agora
25
Ago
'Foi armação', diz prefeito gravado oferecendo R$ 5 mil a candidato no Acre
Postado por: Débora Ayane / 16:09h

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales, se pronunciou nesta quinta-feira (25) sobre o áudio divulgado na manhã de quarta (24), onde ele aparece oferecendo R$ 5 mil ao candidato a vereador, Clebisson Freire. Sales afirmou que o áudio foi gravado de forma "clandestina" durante uma reunião em sua casa e que se trata de uma armação. Ele diz ainda que foi procurado pelo próprio candidato, que alegava problemas financeiros.A polêmica envolvendo o chefe de gabinete do executivo em Cruzeiro do Sul, Mario Neto, e um dirigente do PSDB, Edson de Paula, tomou mais proporções após o áudio divulgado na manhã de quarta-feira (24). Os dois permanecem presos na PF.Os dois são acusados, pelo candidato Freire, de tentar comprar sua candidatura. Porém, Sales afirmou que durante uma reunião, Freire teria dito que iria desistir da candidatura por falta de dinheiro e afirmado que estava com problemas financeiros e precisava pagar pensão alimentícia que estava atrasada.O candidato teria pedido um emprego na prefeitura e ajuda. O prefeito disse que não poderia conseguir um cargo, já que estava em período eleitoral, mas que poderia ajudá-lo com dinheiro, que segundo Sales, sairia do seu próprio bolso."Quanto aos R$ 5 mil reais que ele estava precisando, eu disse que poderia ajudar. Ajudo do meu, das minhas condições. Aí esse rapaz foi embora e não apareceu mais. Eu só soube depois que meu secretário e o Edson de Paula tinham sido presos. Não dei nenhum centavo para esse cidadão. Foi uma armação dessas pessoas que perderam as eleições e que querem agora ganhar em Cruzeiro do Sul", alegou o prefeito.

Comente agora
25
Ago
"No final, vamos perceber que fizemos o que deveria ser feito", diz Aécio
Postado por: Débora Ayane / 14:44h

O senador Aécio Neves (PSDB) defendeu a continuadade do processo de impechament contra a presidente afastada Dilma Rousseff em entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira (25), dia em que o julgamento final de Dilma foi iniciado no Senado. As informações são do Jornal do Brasil. "Ao final desse processo constitucional, vamos olhar para trás e perceber que fizemos o que deveríamos ter feito", disse Aécio. O tucano acredita que afastamento definitivo de Dilma é justificado pelos "graves crimes identificados na gestão das contas públicas pelo governo do PT" . "Hoje é o início do fim de um governo que, na sua arrogância, na sua prepotência e na sua irresponsabilidade, violou as leis e mergulhou o Brasil na mais profunda crise econômica e social da nossa história", concluiu o senador.

Comente agora
25
Ago
Julgamento do impeachment é suspenso após troca de ofensas entre senadores
Postado por: Débora Ayane / 14:29h

O julgamento do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff foi suspenso por alguns minutos pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), que preside a sessão. A interrupção aconteceu por conta da troca de ofensas entre senadores. Parlamentares contra o afastamento definitivo da petista apresentaram questões de ordem questionando as acusações contra Dilma e os procedimentos do julgamento. Gleisi Hoffmann (PT-PR) atacou adversários políticos ao se referir às acusações contra eles. "Qual é a moral que vocês têm?", disse. Em seguida, Ronaldo Caiado (DEM-GO) fez menção às denúncias contra o ex-ministro Paulo Bernardo, marido de Gleisi. Ele é acusado de receber propina em um esquema de fraude no Ministério do Planejamento. "Eu não sou ladrão de aposentadoria", afirmou o líder do DEM. "E você é de trabalhador escravo", respondeu a petista. Lindbergh Farias (PT-RJ) entrou na discussão e fez referência ao senador cassado Demóstenes Torres, aliado de Caiado. "Demóstenes é que sabe da sua vida", disse. O democrata então se voltou contra Lindbergh. "Tem que fazer antidoping. Fica aqui cheirando não", afirmou Caiado. Por conta da afirmação, Lindbergh garantiu que vai entrar com uma representação contra Caiado na Justiça e no Conselho de Ética. O julgamento começou nesta quinta-feira (25) às 9h, mas durante a manhã houve apenas discussões sobre questões de ordem. A primeira testemunha deve ser chamada apenas no início da tarde.

Comente agora
25
Ago
Justiça Eleitoral disponibilizará 11 aplicativos para denunciar práticas irregulares nas eleições 2016
Postado por: Redação Voz da Bahia / 12:23h

As eleições brasileiras são internacionalmente reconhecidas pelo seu alto nível tecnológico. Para compor esse cenário de inovações, a Justiça Eleitoral vai disponibilizar para o pleito municipal deste ano, 11 aplicativos para dispositivos móveis – smartphones e tablets (iOs e Android) - que terão a função de auxiliar os eleitores e os próprios servidores. O portfólio de aplicativos será lançado à medida que as eleições se aproximarem. As ferramentas vão possibilitar acesso às principais datas do processo eleitoral, consulta a processos, busca de informações sobre candidatos, consulta aos locais de votação, denúncias de irregularidade eleitoral, acompanhamento da apuração, além de ajudar os servidores a identificar eventuais problemas durante a preparação das urnas eletrônicas e reportá-los ao Tribunal Regional Eleitoral competente. Até o boletim com o resultado da eleição na urna, o eleitor que tem celular poderá fazer o registro digital e conferir os votos dados na seção.Os dois primeiros aplicativos disponibilizados esta semana já podem ser baixados na Google Play e dentro de alguns dias estarão na loja da Apple Store: o “Agenda JE” com os eventos do calendário eleitoral e calendário da transparência e o “JE Processos” de acompanhamento processual. Desde o momento que a tecnologia ganhou destaque e se tornou o carro chefe do processo eleitoral, a JE (Justiça Eleitoral) busca o desenvolvimento e o aprimoramento dessas ferramentas, sempre introduzindo inovações. “As funções mobile são um exemplo disso. Nas eleições 2014, colocamos quatro aplicativos à disposição do eleitor com sucesso considerável. Inclusive, um deles, o “Apuração”, esteve em primeiro lugar na Apple Store nas vésperas das eleições. Isso mostra o compromisso da Justiça Eleitoral com a sociedade”, disse o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino.

Comente agora
25
Ago
Candidato a prefeito Franderrak Mascarenhas fala sobre os temas: Educação, Segurança e Saúde para S. A. de Jesus. Leia a entrevista
Postado por: Débora Ayane / 12:18h

Em entrevista ao repórter Itajaí Junior, na Andaiá FM, realizado na quarta-feira (24), com os temas: ‘Educação, Segurança e Saúde', o candidato a prefeito de Santo Antônio de Jesus Franderrak Mascarenhas (PSol) falou sobre suas propostas a partir dos questionamentos abaixo:

Educação

Radialista: Quais as necessidades do setor de educação que o senhor apontaria como prioridades para um eventual governo?

Franderrak Mascarenhas: Acho que pelas declarações do nosso atual gestor, que ele governa outra cidade, porque ele abre a boca e diz em uma entrevista que a educação vai bem ao nosso município, para mim soa se não for trágico é cômico. Eu venho dizendo constantemente que a forma da gente resolver alguns problemas dentro do nosso seio da sociedade, que perpassa pela questão de segurança e do resgate de uma serenidade de outros lares de nossas famílias da cidade, é a educação integral, criação de creches para que as mães possam desenvolver sua atividade do dia a dia. Entendo que a educação liberta e sou prova disso, tudo o que consegui na minha vida fui através da educação, além da educação dada pelos meus pais, eu prezo isso para o meu filho e quero isso para você também eleitor. Precisamos valorizar nossos profissionais, precisamos de escolas de que venham formar os profissionais, as escolas de primeiro grau precisam estar aparelhadas com condições de poder receber nossas crianças da zona rural. As pessoas reclamam que falta tudo, o nosso transporte escolar é um dos piores que temos, precisamos melhorar de todas as formas as condições que nossos munícipes têm. Educação de qualidade é isso o que o povo quer.

Radialista: O senhor apontaria alguma dificuldade para realizar melhorias na educação santoantoniense, caso o senhor venha a ser prefeito?

Franderrak Mascarenhas: Aponto sim, o atual gestor não tem a boa vontade, abrir a boca para dizer que a ama o povo, quem ama cuida, eu particularmente quero ter a oportunidade de ser prefeito de Santo Antônio de Jesus e fazer um mandato que venha corresponder com as necessidades e dar as respostas que a sociedade precisa. Está lá nosso programa de governo, quem tem acesso vai ver a forma arrojada que temos, defendemos a educação integral, que evita o índice de violência na nossa sociedade, isso funciona em outras cidades, por que não funcionar em Santo Antônio de Jesus? Agora o maior problema do nosso setor de educação é a necessidade de boa vontade, que é o que falta no nosso gestor.

Radialista: Com relação à Educação Inclusiva, quais seriam os seus planos para atender a essa camada da sociedade?

Franderrak Mascarenhas: Nós falamos de educação de uma forma ampla, desde o início da criação de creches muito bem estruturadas, mas também levar a criança ao desenvolvimento, nós temos a visão de que o segundo momento de sua formação é a estrutura de Estado, mas eu acredito que as escolas de formação profissional, parcerias, os cursos de formação do nosso município seria de grande importância, até para podermos fazer a atração de novas empresas, formando mão de obra, qualificando nossos munícipes.

Radialista: De acordo com informações do IDEB o município não tem conseguido alcançar as metas que são determinadas em alguns aspectos, tanto nos anos iniciais, quanto nos finais principalmente no ensino fundamental. Em sua concepção, qual seria o motivo desse não alcance dessas metas e o que fazer para mudar essa realidade?

Franderrak Mascarenhas: Acho que dedicação é o ponto crucial, é necessário que toquemos nossa educação com mais clareza, transparência, com uma vontade maior. Na gestão pública temos que ter vontade de fazer, vencer e querer mudar essa realidade que temos. Nunca se teve tanta condição para poder fazer o avanço na educação, os países mais desenvolvidos investem em educação de uma forma muito clara, nós não temos essa preocupação. Precisamos valorizar nossos professores, qualificando e requalificando cada vez mais a nossa mão de obra que prestam serviço. Esse modelo de educação libertada que temos que ter implantado no nosso município.

Radialista: Merenda escolar e municipalização das escolas do ensino fundamental de Santo Antônio de Jesus como o senhor ver o momento atual e o que faria de diferente nessas duas questões da educação?

Franderrak Mascarenhas: Entendi que devemos valorizar o produtor rural, eu faria a aquisição de produtos da nossa zona rural para serem distribuídos na merenda escolar das redes municipais. Claro que isso seria através de uma cooperativa formada, criada pelos agricultores, com apoio técnico e logístico, precisaríamos ter as estradas vicinais com capacidade para fazer o escoamento desse tipo de merenda. Nós temos peculiaridades locais e temos condições de poder absorver essa produção da zona para colocar nas escolas de lá e do Centro da cidade, essa é a forma que podemos fazer de forma compartilhada, com boa vontade, mãos dadas, ajudando-se uns aos outros.

Radialista: O processo de municipalização das escolas de ensino fundamental pelo Estado já é uma realidade irreversível onde o município tem que absorver como o senhor pretende lidar com isso caso seja eleito prefeito de Santo Antônio de Jesus?

Franderrak Mascarenhas: Nessa questão da municipalização, a partir do momento em que o Estado entrega uma escola que tem suas despesas orçadas, isso gera certo desequilíbrio econômico, mas acredito que com capacidade, competência, com moralidade com o gasto público, isso não seria um problema. E aquilo que não for pertinente, vamos buscar parceria para poder equacionar essas questões.

Segurança

Um comentário
25
Ago
Promotor chama atenção para algumas mudanças nas eleições 2016 em SAJ: Carros de som teve horários reduzido
Postado por: Willyam Reis / 12:16h

Mesmo com a legislação federal advinda do Tribunal Superior Eleitoral, a Resolução Nº 23.457, de dezembro de 2015, que dispõe sobre propaganda eleitoral, utilização e geração do horário gratuito e condutas ilícitas em campanha eleitoral nas eleições de 2016, em vigor, o promotor Dr. Julimar Barreto ainda se reuniu juntamente aos candidatos a cargos políticos do pleito eleitoral deste ano em Santo Antônio de Jesus, para fechar algumas restrições e acordos onde a lei foi omissa, liberal ou mal intendida, “ Os carros de som com propaganda eleitoral, pela lei, poderiam circular das 08h até as 22h, mas no acordo nós estabelecemos uma restrição maior, onde os mesmos carros só poderão circular das 9h às 21h. Também ficou estipulado que vão obedecer uma decisão anterior judicial e também um decreto da população santoantoniense que proíbe a circulação destes carros no centro da cidade, mais especificamente na praça Padre Mateus, praça da feira e ruas adjacentes. Ficou estipulado também, que quando os veículos pararem por algum motivo deve desligar o som, ou deixar ligado quando passar em frente a clínicas, hospitais, escolas, repartições públicas, quarteis e entre outros”, ressaltou.

Carreatas, carros próprios e comícios - As carreatas também foram vetadas, por causa das brigas, discussões e motoristas desobedecendo a legislação. Muitos eleitores costumam utilizar seus carros próprios para fazer propaganda do seu candidato de preferência, no entanto, se esta pessoa por pega com a altura do som automotivo a ponto de incomodar a população, terá seu carro apreendido, “essa pessoa não pode sair desfilando com som alto fazendo propaganda pela cidade, esta ação será comprimida pela contravenção penal da Lei 3.681/1941 ou pelo crime ambiental regida na Lei nº 9.605/98 de crimes ambientais”, declarou. A lei diz claramente que carros de som estão autorizados durante os comícios, assim como as pessoas que são pagas para segurar bandeiras durante as caminhadas, cadeiras para entrega de panfletos e bandeiras, contanto que não atrapalhe as vias públicas de pessoas e transito.

Redação Voz da Bahia

Comente agora
25
Ago
“Não votem em PT, PSOL, REDE, PCdoB e PV”, pede pastor Malafaia. Veja vídeo
Postado por: Redação Voz da Bahia / 12:00h

Em meio a campanha eleitoral, que já começou em todo o Brasil, o pastor Silas Malafaia divulgou um novo vídeo onde faz um “alerta” aos cristãos, em especial aos evangélicos. O líder da Associação Vitória em Cristo lembrou que alguns partidos mudam completamente de postura antes das eleições e depois voltam a defender suas agendas de sempre. O líder religioso cita nominalmente o Partido dos Trabalhadores (PT), o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), a Rede Sustentabilidade (REDE), o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e o Partido Verde (PV). Além de classificá-los como “corruptos”, Malafaia diz que eles querem “destruir a família”. “Esse pessoal esconde a ideologia deles”. Segundo ele, as “pessoas de bem em geral” deveriam ficar atentas pois há uma tentativa dessas siglas em se desassociar com as pautas defendidas por eles no Congresso, entre elas o aborto, o casamento gay e a ideologia de gênero. “Não podemos cair na conversa fiada. Eles são bons de bico”, provoca. Em seguida, lança o desafio: “Quero ver eles abrirem a boca para defender o lixo moral que defendem durante os 4 anos”. O pastor, que já havia feito campanha contra alguns desses partidos em 2014, não tem medo de classificar os membros dessas siglas de “cínicos e covardes”. Insiste ainda que os cristãos, evangélicos em especial, deveriam ficar alertas e votarem lembrando dessas questões. Conforme tem sido amplamente divulgado pela imprensa, a maior parte das campanhas do Partido dos Trabalhadores e do Partido Comunista do Brasil estão evitando usar seus tradicionais símbolos e ‘trabalhado’ a imagem dos candidatos de maneira a desassociá-los, por exemplo, da estrela, da foice e do martelo, presentes em bandeiras de países de ideologia comunista como a China e a Antiga União Soviética, por exemplo.

Comente agora
25
Ago
Ex-deputado e ex-pugilista Popó deixa PRB e se filia ao PMDB baiano
Postado por: Willyam Reis / 09:15h

O tetracampeão mundial do boxe e ex-deputado federal Acelino Popó Freitas deixou o Partido Republicano Brasileiro (PRB) e se filiou nesta quarta-feira (24) ao PMDB. Popó se elegeu deputado federal na sigla republicana em 2010, mas não conseguiu se reeleger em 2014. Segundo o ex-lutador, suas chegada ao novo partido se deve à amizade com os irmão Lúcio e Geddel Vieira Lima, deputado federal e ministro-chefe da Secretaria de Governo, respectivamente. No mesmo dia em que assinou sua filiação ao PMDB, o ex-parlamentar declarou apoio à candidata à vereador pelo partido em Salvador, Larissa Moraes. (BocaoNews)

Comente agora
25
Ago
Itabuna: MP pede impugnação da candidatura de Fernando Gomes (DEM)
Postado por: Willyam Reis / 07:24h

O Ministério Público Eleitoral entrou com pedido de impugnação da candidatura de Fernando Gomes (DEM). O político tenta o quinto mandato como prefeito de Itabuna, porém acumula quatro condenações no Tribunal de Contas da União (TCU) devido a irregularidades em convênios firmados com a União, o que levou o MPE a acioná-lo. O pedido será julgado pela titular da 27ª Zona Eleitoral, Rosineide Oliveira. Condenações pelo TCU podem gerar inelegibilidade, pois, ao contrário das decisões do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), não dependem de análise do legislativo para impedir candidaturas. Há cerca de dez dias, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que somente as câmaras teriam poder de impedir candidatura em casos de contas julgadas irregulares por tribunas locais (TCMs). Em um artigo publicado no PIMENTA na última segunda (22), Allah Góes, especialista em Direito Eleitoral, esclareceu que “em relação às contas relativas a convênios, os Tribunais de Contas Estadual (TCE) e da União (TCU) ainda têm a prerrogativa de, com uma decisão de rejeição de contas, tornar o prefeito [ou ex-prefeito] inelegível”. (ItabunaUrgente)

Comente agora
25
Ago
Processo de impeachment de Dilma chega à etapa final após 9 meses
Postado por: Redação Voz da Bahia / 06:46h

O Senado inicia nesta quinta-feira (25) o julgamento do impeachment de Dilma Rousseff. A abertura da sessão está prevista para as 9h sob o comando do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que também preside o processo de impedimento da presidente afastada. No primeiro momento da sessão, Lewandowski responderá às chamadas "questões de ordem" – questionamentos de senadores sobre procedimentos do julgamento e etapas do processo. Depois disso, começarão a ser ouvidas as testemunhas. São oito ao todo, duas escolhidas pela acusação e seis pela defesa. Todas elas estão isoladas, individualmente, em quartos de um hotel na região central de Brasília – sem acesso à Internet, televisão, telefone e visitas – à espera do momento em que serão interrogadas pelos senadores.

Comente agora
24
Ago
Dilma ensaia discurso final e participa de manifestação em Brasília
Postado por: Anacley Souza / 19:36h

A presidente afastada Dilma Rousseff passou os últimos dias estudando o processo de impeachment e vai ensaiar, nesta terça (24), seu discurso no Senado. Apenas assessores mais próximos devem participar da sessão. Mais tarde, às 19h, Dilma deve participar de uma manifestação de bancários em Brasília. Nesta reta final do processo de afastamento, Dilma, aliás, tem confidenciado a pessoas próximas que guarda grande mágoa do senador Cristovam Buarque. Ela se sente traída, já que Cristovam foi um dos 12 senadores que participaram da confecção da “Carta aos Brasileiros”. Cada um dos interlocutores interferiu e fez pedidos no documento, mas Buarque foi o que mais apresentou demandas. Ele também pediu para que a palavra golpe fosse suprimida do texto. Logo depois, Buarque anunciou publicamente seu apoio ao impeachment.

Comente agora
Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com