As comentadas


Boa noite , Quarta-feira, 04/05/2016








Enquete



Reflita

Blog

Política

04
Mai
Sobre a acusação do MP nos gastos excessivos do São João de SAJ, Humberto se defende: “Essa pessoa será penalizada e não eu”
Postado por: Débora Ayane / 19:12h

Na manhã desta quarta-feira (04), na prefeitura municipal de Santo Antônio de Jesus durante a posse da nova secretaria de Cultura, Gilsonilda Correia Bonfim, conhecida “Nil”, a imprensa realizou uma coletiva com o prefeito Humberto Leite (DEM). Nesta 2ª parte da entrevista, o Humberto falou sobre as acusações do MPE (Ministério Público Estadual) que ingressou com uma Ação Civil Pública em que pede a cassação do mandato e suspensão dos direitos políticos por gastos excessivos no evento junino de 2013 e se os gastos com as bandas foram superfaturadas.

Leia abaixo a 2ª parte da entrevista com o prefeito Humberto Soares Leite:

Imprensa: Sobre as denúncias do MP que deu entrada em uma Ação Civil Pública em que pede a cassação do seu mandato. O senhor chegou a acompanhar?

Humberto Leite: O político hoje no Brasil é uma profissão de risco, enquanto estou fazendo meu trabalho tem duzentos verificando se algo foi gasto a mais ou a menos, e quando não encontra nada denunciam assim mesmo. A política de Santo Antônio de Jesus está assim porque querem o meu lugar de prefeito e sabem que no voto talvez seja impossível de acontecer. Então tem que tirar Humberto Leite para colocar outro candidato que seja fácil de ser batido. Já estou acostumado, foram inúmeras reclamações que já fizeram contra mim e a cada ação desta tenho que me defender. Esta última ainda não foi citada, se alguém citou em meu nome foi falso e estou investigando se alguém citou em meu lugar, não é impossível. Mas quando eu tomar conhecimento vai responder e vamos demonstrar mais uma vez que não houve nada... ...Tem um deputado na região que não faz outra coisa a não ser ligar para aquelas pessoas que se aproximam de mim, querendo conquistar essas pessoas com um simples telefonema. Enquanto eu conquisto na amizade e agora vou ficar sendo acionado judicialmente e me defenderei, não existe nada, ainda não fui citado e se for, mostrarei que não houve nada demais... A prefeitura contratou a empresa, se alguém gerou algum tipo de problema vamos esclarecer e essa pessoa será penalizada e não o prefeito. Nunca houve licitação em bandas, a empresa TWR foi contratada mediante licitação, você tem que confiar em mim.

  1. "Metade da imprensa não gosta de mim", diz prefeito

Imprensa: E os gastos com as bandas, foram superfaturados?

Humberto Leite: Eu ainda nem sei, sei o que li, mais não houve não te digo a empresa TWR ela foi contratada mediante licitação e se eu não me engano foi R$ 70 e poucos mil reais, o valor dessa licitação e daí algumas bandas... (pausa). A gente vai esclarecer no futuro, não vou dizer agora e se eu disser alguma coisa vai virar verdade, ou virar mentira na mão da imprensa, que infelizmente metade da imprensa não gosta de mim em Santo Antônio de Jesus e eu não sei por que, eu vejo o dono do sabiá dando a maior pressão a quem chega lá para dá uma entrevista, fica lá enquanto o cara não se declara, ele não sossega dias atrás um senhor chamado João de Lôro foi dá uma modesta, singela entrevista, enquanto o cara não se declarou, ficou insistindo, eu tenho a fita gravada deste fato... (pausa). E a gente vai lutando contra muita gente, por que esse cargo aqui interessa a muita gente, já estão loteados, com muita gente, diversos serviços negociados com terceiros por que mentem com muita facilidade, mostram pesquisas fictícias se declarando na frente, como a gente sabe que não estão na frente, então é um terrorismo que querem implantar em Santo Antônio de Jesus e vocês vão acompanhar se vocês quiserem por que eu já venho alertando, se vocês ouvirem as entrevistas minhas de 60 dias atrás, eu já vinha dizendo que uma coisa estranha está se formando em Santo Antônio de Jesus, coisa nunca vista. Eu tenho até pena do ex-prefeito Euvaldo Rosa, quando eu assumir a prefeitura há três anos, o deputado de Elísio Medrado queria que eu fizesse auditoria terrível e me citava alguns casos, só que não fui nesta onda por que eu disse a ele, quem tem que fazer isso é o Tribunal de Contas, eu não vim aqui para ser tribunal de ninguém. Deixei passar muitas coisas, não fui averiguar por que é competência do TCM, mais ele desde aquele momento, queria que eu destruísse a carreira política do senhor ex-prefeito Euvaldo e do senhor Délcio Mascarenhas. É por que lá tem uma briga, interna deles e eu não aceitei e até protegi o ex-prefeito desta coisa ruim que ele queria fazer com eles.

  1. Reportagem e Fotos: Voz da Bahia
Comente agora
04
Mai
STF analisa, nesta quinta, afastamento de Cunha da presidência da Câmara
Postado por: Débora Ayane / 17:50h

O Supremo Tribunal Federal (STF) afirmou que deve analisar nesta quarta-feira (4) o pedido de afastamento do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), do posto. O pedido foi feito à Corte pelo partido Rede e foi feito ao ministro Marco Aurélio de Melo (veja aqui). O argumento apresentado pelo partido na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) é o de que Cunha, por ser réu em processo no STF, não pode estar na linha sucessória da Presidência da República.Caso Michel Temer (PMDB) assuma a cadeira de Dilma Rousseff, o que pode acontecer na próxima semana, Cunha se torna o primeiro na linha sucessória.

Comente agora
04
Mai
Sobre a saída do ex-secretário de Cultura, prefeito de SAJ alega: “Houve falta de bom relacionamento dele com os funcionários"
Postado por: Débora Ayane / 16:48h

Nesta quarta-feira (04) pela manhã, na prefeitura municipal de Santo Antônio de Jesus durante a posse da nova secretaria de Cultura Gilsonilda Correia Bonfim, conhecida “Nil”. O prefeito Humberto Leite (DEM) comentou por meio desta primeira parte da entrevista coletiva o motivo da saída do ex-secretário de cultura e a respeito dos preparativos do São João deste ano. Primeiramente Humberto declarou a certeza de que a nova secretária irá honrar com o papel que vai desempenhar a partir de agora no nosso município.

Leia abaixo a 1ª parte da entrevista com o prefeito Humberto Soares Leite:

Imprensa: Como foi sua última conversa com o ex-secretário de cultura Dr. Everaldo Ferreira Junior?

Humberto Leite: O convidei para minha casa, sentamos e conversamos durante duas horas. Ele já estava sabendo da notícia, mas conversamos como dois homens de bem, o comuniquei e ele ouviu tranquilamente e demonstrou ser um cavalheiro. Veremos o acontecerá daqui para frente.

Imprensa: A queda de braço entre Everaldo e Reinaldo Melo, popular 'Dadau', que organizou o São João nos três anos de sua administração teria sido o principal motivo da saída dele da secretaria?

Humberto Leite: Claro que não. Dadau é uma pessoa boa. Os funcionários não estavam muito contentes com Everaldo, hoje alguns até comemoraram a sua saída, mas Everaldo contribuiu, trouxe novas pessoas para a administração, como Tal Tourinho.

  1. Humberto Leite com a nova secretária de Cultura do município / Foto: Voz da Bahia

Imprensa: Everaldo alegou que não sabia o motivo da sua demissão, o senhor contou o motivo da exoneração para ele?

Humberto Leite: Disse, ele está sabendo de tudo, se ele quiser divulgar que divulgue. Volto a dizer, começou pela falta de bom relacionamento com os funcionários, Everaldo é um bom homem, mas falta relacionamento com as pessoas, eu acredito que a Dr. Nil, a nova secretária de Cultura não terá esse problema. Era necessário respeitar a capacidade de cada um e isso não estava acontecendo dentre outras coisas.

  1. Reportagem e Fotos: Voz da Bahia
Comente agora
04
Mai
Dilma: Denúncias de Delcídio são "levianas e mentirosas"
Postado por: Débora Ayane / 15:52h

A presidente Dilma Rousseff afirmou, em pronunciamento realizado à imprensa na manhã desta quarta-feira (4), que caso o Supremo Tribunal Federal (STF) decida investigá-la por meio de inquérito, a conclusão vai demonstrar que “mais uma vez” o senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS) "faltou com a verdade". “As denúncias feitas pelo senador Delcídio são absolutamente levianas e, sobretudo, mentirosas, conforme já reiterei sistematicamente desde que elas apareceram. Aliás, o senador Delcídio tem a prática de mentir e isso ficou claro ao longo dessa questão relativa à sua prisão. Tenho certeza que a abertura do inquérito vai demonstrar apenas que o senador, mais uma vez, faltou com a verdade”, declarou a presidente. O Procurador-Geral da República Rodrigo Janot enviou à Suprema Corte um pedido de abertura de inquérito para investigar a presidente Dilma, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o advogado-geral da União Eduardo Cardozo. O jurista acusa os três de supostamente obstruírem a Justiça ao tentarem atrapalhar o curso da Lava Jato.

Comente agora
04
Mai
Dilma diz que Plano Safra não serve de base para impeachment
Postado por: Débora Ayane / 14:10h

A presidente Dilma Rousseff disse nesta quarta-feira (4) que o Plano Safra 2015 não pode servir de base para o processo de impeachment contra seu mandato. Segundo a petista, "não houve crime de responsabilidade" ao conceder crédito ao setor agropecuário. Uma das acusações que pesam contra a presidente é que o governo federal deixou de repassar para o Banco do Brasil o dinheiro para subsidiar esses empréstimos, prática que ficou conhecida como pedalada fiscal. Durante cerimônia no Palácio do Planalto em que lançou a edição do plano para 2016 e 2017, com R$ 202,88 bilhões disponíveis, Dilma disse que "não há nenhum ato ilícito" a seu respeito em relação ao Plano Safra, visto que "não houve aumento" da dívida do governo com o Banco do Brasil. Com explicações bastante técnicas e um pouco confusas, a presidente afirmou que dizia respeito à safra entre janeiro e junho do ano passado. No entanto, não incluiu na conta as dívidas referentes a outras safras. "Não houve base para qualquer questionamento do Plano Safra 2015 porque não houve aumento do passivo exigido do Banco do Brasil com a União. A comparação temporal mostra uma queda nos valores devidos, e não um aumento. É claro que, se considerar todos os planos anteriores, tem ainda processos em curso.

Comente agora
04
Mai
Delcídio pede mais 100 dias de licença do Senado para 'tratar de interesses particulares'
Postado por: Débora Ayane / 13:37h

O senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS) pediu nesta quarta-feira (4) mais 100 dias de licença das atividades parlamentares. Ele alegou que precisa "tratar de interesses particulares" para solicitar o afastamento. Nesta terça (3), o Conselho de Ética do Senado aprovou a recomendação de cassação do mandato de Delcídio. O pedido segue para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e pode ser votado ainda hoje. O senador ficou preso por 87 dias acusado de tentar facilitar uma fuga de Nestor Cerveró e, dessa forma, obstruir as investigações da Operação Lava Jato. Ele foi solto em fevereiro e desde então pediu uma série de licenças para não retornar à sua função no Congresso Nacional.

Comente agora
04
Mai
Aécio Neves é delatado por empreiteiro da OAS sobre obras em MG, diz site
Postado por: Dulce Santana / 11:36h

O senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, é alvo da delação premiada de executivos da empreiteira OAS no âmbito da Operação Lava Jato. Segundo o site O Antagonista, o tucano foi delatado por conta de obras da Cidade Administrativa de Minas Gerais. Além do senador, o ex-presidente da empresa, Léo Pinheiro, já entregou o pagamento de propina a Lula por meio de suas propriedades e de suas palestras. A empreiteira entregou também as campanhas de 2010 e 2014 da presidente Dilma Rousseff (PT). (Bocão News)

Comente agora
04
Mai
Anastasia apresenta relatório de processo de impeachment nesta quarta
Postado por: Dulce Santana / 11:25h

O senador Antonio Anastasia, relator do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, apresentará nesta quarta-feira (4), às 13h, seu parecer na Comissão Especial que trata do processo na Casa. Segundo informações da Agência Brasil, a leitura seria, inicialmente, às 12h, mas o congressista pediu mais prazo para concluir o texto. Após a apresentação, será concedida vista coletiva aos integrantes do colegiado, sem previsão de lista de inscrição ou debate na sequência. Já nesta quinta-feira (5), a sessão começa às 10h, com a presença do advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, que expõe em uma hora considerações finais da defesa da presidente. Na mesma sessão, os senadores farão análises e debaterão o relatório de Anastasia. A votação do relatório foi agendada para a sexta-feira (6), quando os líderes partidários farão o encaminhamento. O documento segue para o plenário caso seja aprovado. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), terá 48 horas para marcar a votação em plenário após a conclusão dos trabalhos da comissão. Considerando que o peemedebista já anunciou que utilizará todo o prazo, a votação em plenário deve ocorrer no próximo dia 11.

Comente agora
04
Mai
Câmara aprova urgência de projeto que reajusta salário do Judiciário
Postado por: Dulce Santana / 10:16h

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira (3) a tramitação em regime de urgência de dois projetos com impacto nos cofres públicos -o reajuste do salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal, com efeito cascata no Judiciário, e o reajuste salarial e reestruturação da carreira do Ministério Público da União. As urgências foram aprovadas por 399 votos a 20 e 433 votos a 8, respectivamente. A medida se soma à aprovação, na semana passada, da tramitação em regime de urgência do reajuste dos servidores do Judiciário Federal, com elevação nos contracheques de 41% até 2019. Não há data para votação dos projetos. Segundo o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), isso só deve ocorrer após a confirmação do afastamento de Dilma Rousseff e a posse de Michel Temer (PMDB) na Presidência da República. O projeto de elevação dos salários dos ministros do STF, que é o teto do funcionalismo público, estabelece que os contracheques subirão dos atuais R$ 33.763 para R$ 39.293, a contar de março deste ano. Segundo a justificativa do projeto, de autoria do STF, o reajuste no salário dos ministros acumulou 37,8% de 2006 até o ano passado, contra inflação de 69,6%. O impacto previsto da medida é de R$ 717 milhões ao ano. Além do efeito cascata no Judiciário, o teto do funcionalismo tende a ter efeito na cúpula dos outros poderes.

Comente agora
04
Mai
MP defende discussão sobre gênero e sexualidade no plano de educação
Postado por: Dulce Santana / 10:09h

O Ministério Público do Estado da Bahia, por meio da promotora de Justiça Márcia Teixeira, encaminhou à Assembleia Legislativa (Alba) uma nota técnica com posicionamento contrário à Emenda nº 01/2015, que pretende alterar o texto original do Plano Estadual de Educação da Bahia (Projeto de Lei nº 21.625/2015) para excluir as discussões sobre gênero e sexualidade. Segundo a promotora, que é coordenadora do Grupo de Atuação Especial em Defesa das Mulheres e População LGBT, a emenda possui vício de inconstitucionalidade material. A nota técnica também foi entregue pela promotora à procuradora-geral de Justiça Ediene Lousado e à secretária estadual de Políticas para as Mulheres, Olívia Santana, em reunião realizada na manhã desta terça-feira (3), no MP. O texto original do projeto de lei em tramitação na Assembleia Legislativa insere como estratégia para o ensino fundamental “estimular que a diversidade cultural, religiosa, de gênero, sexualidade e etnia sejam objeto de tratamento didático pedagógico e integrem o currículo das escolas e da formação de professores desta etapa da Educação Básica”.

Comente agora
04
Mai
Lewandowski libera campanha do governo federal #SomosTodosBrasil de jogos olímpicos do Rio
Postado por: Dulce Santana / 09:48h

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, em uma liminar, liberou a veiculação da campanha publicitária #SomosTodosBrasil, promovida pelo Governo Federal, relativa aos jogos olímpicos 2016 a serem realizados em agosto, no Rio de Janeiro. A campanha havia sido suspensa em todo país através de uma decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), a partir de um pedido do Ministério Público Federal (MPF). O órgão afirmou que a campanha tinha caráter“marketing político-partidário”. A Advocacia Geral da União (AGU), afirmou que a Administração Pública tem o “poder-dever” de dar a devida publicidade de seus atos e ações de interesse da sociedade, no que constitui direito fundamental à informação. Argumentou ainda que a campanha “#SomosTodosBrasil” não fere o princípio da impessoalidade, uma vez que não contém nome, símbolo ou imagem que caracterize promoção pessoal de autoridade, nem mesmo de forma “subliminar”. Ao analisar o pedido da AGU, Lewandowski citou o artigo 37 da Constituição Federal, que trata da publicidade de atos e programas relacionados a órgãos públicos, princípio que, segundo sua avaliação, decorre do direito fundamental à informação.

Comente agora
04
Mai
Governador Rui Costa anuncia a retomada de obras do Distrito Industrial de SAJ
Postado por: Redação Voz da Bahia / 08:51h

Atendendo a uma solicitação do Deputado Estadual Rogério Andrade. O anúncio foi feito durante um papo com jornalistas na cidade de Valença: - “Nosso objetivo é concluir a obra e já inaugurar com novas empresas assinando contratos para se instalar no local, gerando novos postos de trabalho para a população”, afirmou Rui. A notícia já havia sido antecipada por Rogério no último domingo (1°) durante um evento no Espinheiro, zona rural de Santo Antônio de Jesus e foi confirmada hoje em entrevista a rádios locais. Na ocasião, o Deputado compartilhou com os presentes que tinha estado no Palácio de Ondina, com o Governador poucos dias antes e solicitou a liberação dos investimentos necessários para a conclusão das obras do Distrito Industrial de Santo Antônio de Jesus: "Ele me atendeu às 20h, no sofá da sua residência. Eu pedi que ligasse para o Secretário de Desenvolvimento Econômico (Jorge Hereda) e autorizasse o reinício das obras do novo Distrito Industrial. Expliquei o número de indústrias habilitadas para gerar novos empregos, dando oportunidade para a nossa gente. Mesmo com toda crise atual, o Governador foi solícito. Ligou, perguntou quanto faltava pra terminar a obra e autorizou a liberação dos recursos.” – salientou Rogério Andrade. O parlamentar informou ainda que no dia de hoje, quarta-feira (4), técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) estarão em Santo Antônio para visitar as obras, acompanhados de Márcio Crousoe e Hélio de Aguiar, respectivamente, Coordenador e Gerente Regional da Superintendência de Desenvolvimento da Indústria e Comércio (SUDIC). O investimento do Estado para conclusão das obras será de aproximadamente R$ 5,4 milhões e vai possibilitar a abertura de mais de 1.200 novos postos de trabalho, apenas de forma direta. Estima-se que os investimentos da iniciativa privada ultrapassem R$ 19 milhões com as instalações das novas indústrias. Um salto importante para alavancar a economia da região.

Comente agora
04
Mai
Temer defenderá companhias aéreas com 100% de capital estrangeiro
Postado por: Dulce Santana / 07:16h

O possível governo de Michel Temer vai apoiar no Congresso que estrangeiras possam ter controle total sobre companhias aéreas brasileiras sem que seus países ofereçam o mesmo ao Brasil, de acordo com informações publicadas pela Folha. Desde março, já tramita no Legislativo uma medida provisória sobre o assunto, enviada pelo governo Dilma. Ela aumenta a permissão de capital estrangeiro nas empresas nacionais dos atuais 20% para até 49%, e prevê elevação desse percentual a até 100%, mas somente nos casos em que haja reciprocidade da medida. A equipe de Temer quer ampliar essa permissão e vai trabalhar para que o texto seja alterado por emendas, já apresentadas, que permitem o controle de 100% por estrangeiros em qualquer caso. O relator Zé Geraldo (PT-PA), responsável por aceitar ou rejeitar as emendas, ainda não apresentou relatório à comissão que debate o tema. Após análise da comissão, a MP tem que ser aprovada na Câmara e no Senado. Medidas provisórias entram em vigor assim que apresentadas, mas os novos percentuais propostos em março não levaram a nenhum pedido de empresas estrangeiras para ingressar no país, de acordo com a Anac (agência reguladora da aviação). A abertura das empresas aéreas ao capital estrangeiro teria como objetivo atrair investimento para acelerar a retomada do crescimento.

Comente agora
04
Mai
Nas denúncias do São João através do MP, Everaldo alega: “Os acusados são Humberto e a PWR, o nome de Dadau nem aparece”
Postado por: Anacley Souza / 00:58h

O ex-secretário Everaldo Ferreira Júnior procurou o Voz da Bahia após tomar o conhecimento através do prefeito Humberto Leite (DEM) da sua exoneração nesta terça-feira (03). Na segunda parte desta entrevista o conhecido Vevé diz que Dadau é uma pessoa que "não existe no São João de Santo Antônio de Jesus". Everaldo fala que o prefeito é uma criança grande e quem se aproveita dele são os chantagistas de plantão. O médico ortopedista ainda  pontua que a primeira dama Francineia Silva administra 3 secretarias na gestão. (clique aqui leia a 1ª parte da entrevista)

Confira abaixo na íntegra a 2ª parte da entrevista com Everaldo após a sua exoneração:

Voz da Bahia: Como o senhor tem acompanhado as denúncias do MP referente ao superfaturamento do São João de 2013 no município?

Everaldo Ferreira: Sobre as denúncias, parece até que temos bola de cristal. O que não queria nem para mim, nem para o prefeito é justamente que ocorresse isso, que manchasse o belo trabalho que estávamos fazendo com denúncias que estamos aqui observando. O que ratifica o que nós estamos falando, não há nenhuma relação com o prefeito Humberto e o senhor Reinaldo Melo, o Dadau em negócios. Pode ter uma estima de amizade, não de negócios. O próprio nome do Reinaldo Melo não aparece nas denúncias do Ministério Público do Estado. O denunciado é o próprio prefeito e o Paulo Roberto Ribeiro Santana que é o primeiro responsável pelo São João 2013. Eles que assinaram os contratos. Na teoria quem fez o São João foi próprio Paulo Roberto da empresa PWR, na prática pode ter sido até o Dadau que não assina. Ou o secretário, na época Murilo Miranda, permitiu que ele assumisse interinamente, ou o Paulo Roberto quarteirizou o serviço do senhor Reinaldo Melo, o Dadau. E assim sucessivamente nos anos de 2014, com Lobão e com o Tiago no último ano. Não aparece e não vai aparecer o nome de senhor Reinaldo Melo em nenhum contrato, nem de bandas, nem de estrutura do São João que passou. O Dadau é uma figura folclórica que no São João que não aparece. O MP do estado e do município tem feito as investigações

Voz da Bahia: Sobre Humberto Leite, o que o senhor tem para dizer?

Everaldo Ferreira: Uma pessoa com um grande coração, agora, o inimigo de Humberto é ele mesmo. Tomei conhecimento das irregularidades quando assumimos a pasta e chamei a atenção do prefeito sobre a situação. Acredito que ele foi enganado porque Humberto é ingênuo e vive cercado de pessoas mal-intencionadas que usam desta fragilidade, desse sentimento dele para se aproveitar. Ele é uma criança grande. Quem se aproveita dele são os chantagistas de plantão, o sentimentalista de plantão, quem cerca ele é de uma maldade muito grande. Tivemos a vontade de construir uma nova gestão com ele. O grande adversário dele é o fogo amigo que tem consumido Humberto Leite. Agora a vida continua, nós não somos, nós estávamos.

Voz da Bahia: O que levou a exoneração do senhor? O que o prefeito alegou para lhe afastar do cargo?

Everaldo Ferreira: Não existe uma resposta. Acredito que Humberto saiba. Ele já não tem o controle da situação ele só lamenta. Existe uma necessidade de justificativa. Pode ser que alguém não gostou de eu ter chamado a atenção do prefeito o que culminou na denúncia do MP sobre o superfaturamento dos eventos juninos de 2013 a 2015. O nosso receio ficou entre o contratante e contratado e os gastos absurdos com os recursos públicos.

  1. Everaldo alega que com a primeira dama prefeito tem perdido apoios

VB: O que você achou da atitude da primeira dama e anunciar nas redes sociais seu afastamento e de quebra indicar um substituto?

EF: A primeira dama não é cargo e pelo que me parece, as indicações para as secretarias é ela quem faz tanto que anunciou minha substituta. Ela administra três secretarias: a Ação Social e manda na Saúde e na Agricultura. Se o prefeito delega a ela algo que seria da sua jurisprudência, da sua ossada, paciência, com isso ele anda perdendo mais que ganhando, perdeu apoios de deputados e vereadores, entre os edis dez já estão contra ele. Tem-se algo errado e não é comigo, é com prefeito, as pessoas estão se afastando dele e será que ele não está percebendo?

VB: Como o senhor sai da gestão, irá permanecer ao lado de Humberto mesmo após sua exoneração?

EF: Não sairei falando mal de Humberto, mas não deixarei de falar a verdade. Minha preocupação maior é com a cidade. Tive esta preocupação quando assumi a secretaria e propus a redução dos gastos no São João por ter consciência da nossa economia e da falta de repasses do Governo do Estado para o município. Tivemos a preocupação com Humberto para que não acontecesse como em sua última gestão que foi finalizada com escândalos. E quem o elegeu não vivenciou o seu passado e ele precisa acordar, pois ganhou uma nova oportunidade. Assumi a pasta da Cultura aos 45 minutos do segundo tempo e dei o meu melhor.

VB: O que Everaldo fará daqui para frente após a exoneração?

EF: Ficar observando e tentar contribuir de alguma forma como cidadão. Estou à disposição como sempre estive principalmente com a sociedade. Em relação à política vou ficar no meu canto, porque a política só começou para quem é profissional e sobre uma pré-candidatura ainda não sei, ainda há tempo para decidir. Sou médico e continuarei focando mais na minha área. Desejo de verdade, sucesso para o prefeito Humberto no caminhar da sua administração.

  1. Reportagem e Fotos:  Voz da Bahia
Comente agora
04
Mai
Hackers invadem computadores de Marcela Temer
Postado por: Redação Voz da Bahia / 00:01h

Surge mais um caso onde hackers invadem computadores. Desta vez, a vice-primeira dama Marcela Temer foi a vítima. Os hackers roubaram todo o conteúdo que a máquina dela guardava. A Polícia Civil de São Paulo suspeita de crime político, mas, para tentar despistar, os criminosos virtuais passaram a fazer chantagem, ameaçando tornar públicas as trocas de mensagens com familiares, além de senhas e até fotografias. Segundo informações do site da Band, os investigadores já identificaram a origem dos invasores: computadores em São Bernardo e Santo André, na região metropolitana de São Paulo. O secretário de Segurança paulista, Alexandre de Moraes, tem estado com Temer relatando os avanços das investigações em curso.Os encontros desencadearam especulações de um “convite” para ele assumir a AGU (Advocacia-Geral da União), mas o tema das conversas vem sendo apenas policial.

Comente agora
03
Mai
Autor de impeachment de Collor diz não ver motivos para afastar Dilma
Postado por: Anacley Souza / 23:14h

O ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Marcello Lavenère disse que a presidente Dilma Rousseff não praticou crime de responsabilidade que justifique seu impedimento. Ele foi um dos autores do pedido de impeachment contra o então presidente e atual senador Fernando Collor (PTC-AL). De acordo com a Agência Senado, em depoimento na Comissão Especial do Impeachment a convite de aliados do governo, ele disse estar em curso no país "uma manobra urdida pelo inconformismo" com o resultado das eleições de 2014. Segundo, Lavenère, a vítima estava escolhida e só faltava um motivo para justificar o processo. “No caso de Collor, tinha crime praticado pelo presidente, com suas próprias mãos e falta de ética. E agora não existe isso. Não havendo crime, quem por acaso aderir a essa posição faz o mesmo que um médico que prescreve uma quimioterapia pesada para quem se apresenta com um simples corte na mão. A quimioterapia tem efeitos colaterais terríveis, e nenhum médico a recomendaria se o paciente não padecesse de um grave mal”, argumentou. Marcello Lavenère lembrou ainda que, na época, não apareceu nenhum jurista para defender Collor, diferentemente do que ocorre hoje com Dilma. Além disso, observou, nenhuma entidade, com exceção da OAB, tem mostrado apoio ao impedimento. “E tenho certeza de que logo logo a OAB vai perceber o erro e vai mudar”, estimou.

Comente agora
03
Mai
Confusão e fila gigante marcam o penúltimo dia para regularização do Título de Eleitor em S. A. de Jesus
Postado por: Anacley Souza / 21:52h

O penúltimo dia para regularizar o título de eleitor em Santo Antônio de Jesus foi marcado por muita confusão e filas imensas daqueles que por alguma razão deixaram para a última hora. Denúncias de fichas marcadas e até venda em lugar na fila foi reportada a redação do Portal Voz da Bahia que vem acompanhado as movimentações no Cartório Eleitoral no município. Cerca de 125 senhas são distribuídas para que todos possam ser atendidos das 08 as 18h sem parada para o almoço para atender a demanda. Segundo Jonas Ribeiro, Chefe do Cartório, caso haja um sinistro como perda de sistema ou interrupção por quais quer outro motivo que venha atrapalhar o atendimento, o horário será estendido para atender o máximo de pessoas possíveis, “infelizmente muitos deixam para resolver documentação em cima da hora gerando transtorno e superlotação nas nossas dependências. Se abrirmos exceção para atender a todos viraríamos a madrugada e não conseguiríamos.

Prazo: O prazo para transferir o título de eleitor ou pedir a emissão do documento (no caso de jovens com mais de 16 anos) termina no dia 4 de maio neste ano. Isso porque a solicitação deve ser feita até 151 dias antes da votação, que acontece em outubro, como estabelece o calendário eleitoral. Quem está com o título cancelado por ter deixado de votar no último pleito também tem até esta data para regularizar a situação. Neste ano, o primeiro turno das eleições municipais, que vão definir os novos prefeitos e vereadores, está marcado para o dia 2 de outubro. Nas cidades em que houver segundo turno, ele ocorrerá no dia 30.

Comente agora
03
Mai
Agora como ex-secretário, Everaldo manda um recado ao prefeito: “Humberto está sem comando e cercado de oportunistas”
Postado por: Anacley Souza / 19:13h

Ontem, a primeira dama e Secretária de Ação Social de Santo Antônio de Jesus, Francineia Silva, usou mais uma vez as redes sociais para anunciar em primeira mão, desta vez, a saída de Dr. Everaldo Ferreira Júnior da Secretaria de Cultura da administração de seu marido, o prefeito Humberto Leite (DEM); isso tudo antes mesmo da divulgação do Diário Oficial. Após procurar ao Voz da Bahia, em sua entrevista, Vevé como é conhecido, falou a respeito da sua exoneração e das ações do prefeito pontuando que a gestão é administrada por terceiros e que Humberto perdeu a linha do seu governo.

Confira na íntegra a 1ª parte da entrevista com Everaldo após a sua exoneração:

Voz da Bahia: Antes mesmo de sair no Diário Oficial, a sua exoneração foi anunciada nas redes sociais. Como o senhor acompanhou esta situação?

Everaldo Júnior: É estarrecedor observar que o prefeito é um homem que tem um coração enorme e do bem, mas não tem o domínio sobre a sua gestão. Eu diria até que ele está cercado por oportunistas; pessoas que querem se exibir ou que querem fazer o que é peculiar ao gestor municipal do prefeito, prerrogativa que seria do prefeito de nomear e exonerar, que é administrar, tem pessoas que fazem isso. Infelizmente, Humberto está sem comando. Ele precisa se cercar de pessoas que queiram seu bem. A gente nota que o desiquilíbrio da sua gestão acontece por pessoas que não tem maturidade, pessoas que não tem a capacidade técnica para fazer, mais impõe se dizendo amigo, ou com grau de parentesco para fazer gestão e não é por aí. Gestão é coisa séria, você não cuida só de sua família, mais de famílias.

Voz da Bahia: Após tantas reviravoltas que envolvem a cultura da cidade e a maior festividade que é o São João, o senhor já esperava seu afastamento?

Everaldo Júnior: Depois de tantas prerrogativas eu já esperava o meu afastamento. A única coisa que faço é agradecer a oportunidade dada pelo prefeito para eu tentar ajudar na sua gestão e principalmente acudir ao município. O único problema está naqueles que o cercam, os que o aconselham que estejam cheias de segunda intensões. O que vemos e vejo é muita promoção pessoal e desejo ao prefeito é boa sorte e espero que ele consiga concluir sua gestão e quem sabe renovar seu mandato.

Voz da Bahia: Como o senhor recebeu a notícia de sua exoneração?

Everaldo Júnior: Recebi com tranquilidade essa notícia. Já não era mais surpresa por está sendo divulgada pela imprensa, principalmente pelos sites, apenas relevei e saio com a sensação de dever cumprido. Fui convidado para assumir a secretaria de saúde e por fim fui para a cultura por que o prefeito quis. Assumir minha cadeira no ônibus de Humberto e enfrentei esta estrada sinuosa cheia de buracos que é a estrada da política. Eu não assumir minha poltrona só para concordar com tudo. Como amigo do prefeito, tenho que chamar a atenção dele com as curvas da estrada, os buracos, para ele abrir aos olhos com o cuidado com os recursos públicos. Em pesquisa agente nota que a saúde é o setor mais deficiente da sua administração, a aprovação é mínima. As pessoas escondem as verdades para Humberto, devem ter medo dele, ou para enganá-lo. Não tenho apego a cargos como aqueles que estão na gestão. Mais noto que Humberto não tem a responsabilidade, nem o conhecimento do que está ocorrendo.

  1. "O prefeito me perdiu perdão por sua esposa ter anunciado a minha exoneração" 

VB: O prefeito lhe procurou para dar a notícia de seu afastamento?

EJ: Hoje pela manhã tive uma reunião com o prefeito onde fui comunicado da minha exoneração. Ele me pediu perdão pela forma como tudo foi feito e até mesmo da antecipação da primeira dama, pediu perdão por por sua esposa ter anunciando a minha exoneração nas redes sociais. Este é um momento crítico, e Humberto precisa de pessoas que queiram seu bem e não façam de conta que estão com ele.

VB: E Humberto Leite, como se mostrou ao lhe dar a notícia da sua exoneração: ele estava alegre, abatido, preocupado?

EV: É notável a instabilidade na gestão e no gestor. Á um desequilíbrio na administração e isso são notórios. Incapazes estão impondo a forma de governar se aproveitando do grau de parentesco para mandar e desmandar. Ele mesmo acaba confessando sem querer que já não se sente mais prefeito.

  1. Reportagem e Fotos: Voz da Bahia
2 comentários
03
Mai
Conselho de Ética do Senado aprova recomendação de cassação de Delcídio
Postado por: Débora Ayane / 17:52h

O Conselho de Ética do Senado aprovou, nesta terça-feira (3), a recomendação de cassação do mandato do senador Delcídio do Amara (Sem Partido – MS). Foram 13 votos sim, nenhum não e uma abstenção. O pedido segue para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Comente agora
03
Mai
Dilma acredita que Olimpíada terá sucesso mesmo com 'instabilidade política'
Postado por: Débora Ayane / 17:44h

A presidente Dilma Rousseff comandou nesta terça-feira (3) a cerimônia de acendimento da tocha olímpica no Palácio do Planalto. A chegada da chama ao solo brasileiro marca a chegada das Olimpíadas ao Brasil. Para Dilma, mesmo com o atual cenário de "instabilidade política" no país, os jogos do Rio serão um "sucesso"."Sabemos as dificuldades políticas que existem em nosso país hoje. Conhecemos a instabilidade política. O Brasil será capaz de, mesmo convivendo com um período difícil, muito difícil, verdadeiramente crítico da nossa história, e da história da democracia, o nosso país saberá conviver porque criamos todas as condições para isso, com a melhor recepção de todos os atletas e todos os visitantes estrangeiros", disse Dilma durante a solenidade."Somos um país cujo povo sabe lutar pelos direitos e proteger a democracia. [O Brasil] é um país onde as Olimpíadas terão o maior sucesso nos próximos meses. [...] O que vale é a luta, e nós sabemos lutar", acrescentou. Dilma deu o pontapé inicial para o revezamento da tocha olímpica em Brasília, que contará com a atuação de 12 mil condutores, percorrendo 327 cidades das cinco regiões do país e terminando com o acendimento da pira na cerimônia de abertura dos Jogos, no dia 5 de agosto.

Comente agora
03
Mai
SSA: Após aprovação unânime, vereadores tentam votar contra homenagem a Daniela Mercury
Postado por: Débora Ayane / 16:12h

Aprovado há menos de uma semana por unanimidade pela Câmara Municipal de Salvador (CMS), o projeto de indicação da vereadora Vânia Galvão (PT), que renomeia o circuito Dodô para Daniela Mercury (veja aqui), ainda rende polêmica na Casa. Nesta terça-feira (3), vereadores que, supostamente, votaram em favor do projeto, pediram, sem sucesso, para ter em seus votos mudados. Ex-presidente da Saltur, o vereador Claudio Tinoco (DEM) afirmou que não estava presente no momento da votação. “Não votei a favor, pois eu não estava em plenário. Tive uma reunião na sala das lideranças para definir calendários de audiências públicas sobre os mototaxistas. Quando voltei, a chamada de projetos já estava avançada e, com esse esclarecimento, eu estou mostrando a minha contrariedade à proposta dela”, justificou. Outro democrata que disse ser contra a matéria, depois de votar a favor, foi Vado Malassombrado. Segundo o vereador, ele estava “atendendo uma família que perdeu um ente querido na Cidade Baixa”. “Esso é ferir, é mexer na nossa história", condenou. Presidente da sessão, o vereador Kiki Bispo (PTB) acatou a reclamação dos colegas, mas afirmou que a proposta é matéria vencida e nada mais pode ser feito.

Comente agora
03
Mai
Janot apresenta material para sustentar investigação de Lista da Odebrecht
Postado por: Débora Ayane / 14:20h

Em 101 páginas, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, expôs ao Supremo Tribunal Federal os motivos que considera fundamentais para que a "Lista Noboa" seja investigada. "Lista Noboa" é a relação de 279 políticos - deputados, senadores, governadores e ex-parlamentares - e de 24 partidos que teriam recebido valores da Odebrecht, maior empreiteira do País envolvida com o esquema de cartel e corrupção que se instalou na Petrobras. Janot diz que a lista está "relacionada a dezenas de políticos que, supostamente, teriam recebido propina da Odebrecht, ao longo de tempo não determinado". O nome "Noboa" é uma referência à "tática Noboa", anotação encontrada no arquivo de mensagens do celular de Marcelo Bahia Odebrecht, preso desde 19 de junho de 2015 e condenado a 19 anos e quatro meses de prisão pelo juiz federal Sérgio Moro. Para os procuradores da República que integram a força-tarefa da Lava Jato, a citação indica que Odebrecht "cogitava se evadir do País e, assim, furtar-se de eventual aplicação da lei penal" - Gustavo Noboa, ex-presidente do Equador (2000/2003), fugiu do país após ser acusado de malversação de fundos na renegociação da dívida externa. A lista é a maior relação de políticos e partidos associada a pagamentos de uma empreiteira capturada pela Lava Jato desde o início da operação, há dois anos.

Comente agora
03
Mai
Mulher, filho e nora de Lula entram com ação após vazamento de grampos
Postado por: Débora Ayane / 13:58h

A esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Marisa Letícia, seu filho, Fábio Luís Lula da Silva (o Lulinha) e a nora, Renata Moreira, entraram com ação pedindo indenização por divulgação de ligações interceptadas pela Polícia Federal em fevereiro com autorização da Justiça e divulgadas em março deste ano no contexto da Operação Lava Jato. Segundo informações da rádio CBN, os advogados da família alegam que sofreram danos morais com a divulgação das conversas telefônicas. Em uma das chamadas, Marisa e Fábio conversam sobre os panelaços. Ela responde o filho, que alega que as pessoas tem direito de bater panela e diz que queria que "que as pessoas enfiassem as panelas no c*". O juiz federal Sérgio Moro foi responsável pela liberação das gravações. Na mesma época, foram divulgados áudios de outras conversas entre investigados, incluindo entre a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula.

Comente agora
03
Mai
"Não participo da gestão, tentei dá uma opinião o gestor disse que eu estaria fazendo uma denúncia", diz vice-prefeito de SAJ
Postado por: Dulce Santana / 12:39h

Na manhã desta terça-feira (02), o vice-prefeito de Santo Antônio, Faustino de Almeida Cunha (PSD), em entrevista concedida a Rádio Andaia FM, falou sobre diversos assuntos relacionados a cidade das Palmeiras. “A crise está começando a chegar em Santo Antônio, porque é uma cidade pujante, onde temos o melhor comercio da Bahia, o mais barato”, disse.

O que se deve fazer para a cidade continuar crescendo?

Faustino: Em uma cidade do porte de Santo Antônio, é administração pública, contar com o apoio do Governo do Estado, o prefeito trabalhar e a Câmara de vereadores trabalhar. Esse é objetivo que todos pensam e desejam. Sou um vice-prefeito aqui, mas se existe alguma coisa bem-feita aqui nessa gestão, não foi eu. Se existir algo errado, também não foi eu. Eu não participei ativamente da gestão. Eu não sei se o prefeito não tinha confiança em me, não tenho nada contra ele, mas ele nunca me chamou para participar. Nessa gestão eu nomeei apenas umas quatro pessoas logo no início do governo, e quem me deu os cargos foi a primeira dama, Francineia Silva. Mas temos um bom relacionamento, somos amigos. Desde quando houve essa abertura entre ele e Rogerio Andrade, eu teria que ficar com Rogério, porque eu sou vice-prefeito por indicação do Rogerio. Eu não podia continuar na gestão com o afastamento do deputado, para me seria uma falta de ética com o amigo.

Como o senhor avalia a situação do prefeito após a denúncia do MPE?

Faustino: Se eu falar que isso é uma mentira, vão dizer que é porque faço parte do governo, se falar que é há uma veracidade, irão dizer que eu estou querendo tomar posse, e esse não é meu objetivo. O que eu espero disso tudo, é que não seja verdade, para que o município não fique na história como uma passagem feia. Eu quero que Humberto prove que isso é apenas uma denúncia sem fundamento, para que não tenhamos uma página escura na história da cidade.

Como vice-prefeito, o senhor participou no processo de contratações, indicações das bandas, na construção do São João de 2013?

Um comentário
03
Mai
S. A de Jesus: Vereadores derrubam veto do prefeito sobre projeto de Lei que priorizam os Barraqueiros
Postado por: Dulce Santana / 12:26h

Após toda polêmica envolvendo o projeto de Lei dos Barraqueiros, de autoria do Vereador Uberdan Cardoso (PT), foi derrubado na noite de ontem (02), na sessão da Câmara de Vereadores, o veto do prefeito Humberto Leite (DEM), sobre esse projeto, no qual ele cumpre uma lei do Ministério Público (MP), alegando que teria de ser uma licitação para o uso do solo pelos comerciantes na Praça Mateus. Após ter sido vetado pelo gestor do município, coube aos legislativos decidirem o futuro dos barraqueiros da cidade, onde por unanimidade conseguiram derrubar o veto do administrador municipal.

Redação Voz da Bahia

Comente agora
03
Mai
Comissão especial do impeachment começa a ouvir defesa da presidenta Dilma
Postado por: Dulce Santana / 11:36h

Começou há pouco a reunião da Comissão Especial do Impeachment no Senado que analisa a admissibilidade do processo contra a presidenta Dilma Rousseff. O presidente da comissão, senador Raimundo Lira (PMDB-PB), abriu a sessão comunicando que o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, pediu esclarecimentos ao colegiado sobre o acompanhamento das sessões por advogados da Advocacia-Geral da União (AGU). Nesta segunda (2) o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) questionou a presença de servidores do órgão na comissão. O democrata disse que servidores da AGU e do Ministério da Justiça estavam sendo desviados de suas funções para assessorar senadores do PT, o que foi mais tarde negado e esclarecido. Para evitar novos problemas hoje, o presidente da comissão se antecipou: leu os nomes dos servidores da AGU autorizados a acompanhar a reunião desta terça-feira e disse que além deles, representantes do Ministério da Justiça e da Controladoria Geral da União também podem acompanhar a reunião. O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) disse que a presença de servidores da AGU está ligada ao direito de defesa, para que não haja cerceamento da defesa da presideTambém nos primeiros minutos de sessão, houve desentendimento entre a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB).

Comente agora
03
Mai
Sobre a Ação do MP contra prefeito de SAJ, Chico ataca Uberdan: “Busca denúncias de fora para coibir os feitos da atual gestão”
Postado por: Dulce Santana / 10:58h

Após denúncias do MPE (Ministério Público Estadual) que ingressou com uma Ação Civil Pública em que pede a cassação do mandato e suspensão dos direitos políticos do prefeito de Santo Antônio de Jesus Humberto Leite (DEM), foram lidas pelo vereador Uberdan Cardoso (PT) em sessão na Tribuna da Câmara de Vereadores, na noite de ontem (02). Na Ação Civil do MPE divulgada por Cardoso, destaca o crime de responsabilidade e fraude em licitações do São João 2013. O líder da administração na Câmara, Francisco Damasceno, conhecido Chico de Dega (PDT), em entrevista à Andaiá FM, se pronunciou e rebateu os fatos. Segundo ele, não houve uma acusação por parte de Uberdan, “ele apenas leu a denúncia que alguém fez ao MPE (Ministério Público do Estado)”, disse. Segundo informou, o MPE irá encaminhar um parecer para que o prefeito possa provar se há veracidade no que foi lido, “todo São João é denunciado, o ex-prefeito Euvaldo Rosa também responde por essas questões. Uma denúncia não quer dizer que o prefeito seja condenado”, declarou. Damasceno enfatizou que isso não pode transmitido para a população como verdade, “como se fosse fato consumado que o prefeito Humberto Leite tivesse violado os cofres públicos do município. Eu pedi aos vereadores que respeitassem Humberto, porque ele faz tudo com dignidade e respeito à população”, afirmou. Damasceno ainda na oportunidade fez fortes críticas a Uberdan, afirmando que o mesmo não tem votos para bater no prefeito nas urnas, “fica buscando denúncias de fora para coibir os feitos da atual gestão. Alguém que lê na Tribuna da Câmara certas revelações deveria olhar para trás e ver seu perfil, sua postura do seu partido político, o PT”, disse. Chico ressaltou que todos os pagamentos são feitos através de notas fiscais. "O que foi falado aqui eu não acredito que seja verdade. eu não vi o empresário falar, não o vir confirmar isso. Se o empresário deu propina a alguém, ele vai responder por isso, mas não foi o prefeito Humberto Leite", concluiu.

  1. Redação: Voz da Bahia
Comente agora
03
Mai
Deputado quer proibir transporte de pessoas alcoolizadas no banco do carona
Postado por: Dulce Santana / 10:21h

Um projeto de lei federal de autoria do deputado Flavinho (PSB-SP) quer proibir o transporte de passageiros alcoolizados no banco do carona. "É proibida, em assento adjacente ao do motorista, a condução de passageiro que esteja sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência", diz o texto, que mudaria o Código de Trânsito Brasileiro. A proposta foi recebida pela Comissão de Viação e Transportes no último dia 23 de fevereiro e aguarda tramitação no colegiado. O descumprimento da norma implicaria em infração 'gravíssima' e o motorista ficarua sujeito a multa. O deputado diz que leis semelhantes já valem em países como Macedônia e Bósnia-Herzegovina. Ele argumenta que o passageiro alcoolizado no banco dianteiro pode atrapalhar o motorista e representa perigo para o trânsito. " Há exemplos óbvios: o indivíduo embriagado que, por brincadeira, tenta movimentar o volante, atrapalhando o condutor; o indivíduo embriagado que, com ânsia de vômito, tira a atenção do motorista", argumenta.

Comente agora
03
Mai
São João de SAJ: Prefeito é denunciado pelo MPE por crime de responsabilidade e fraude em licitações
Postado por: Anacley Souza / 08:51h

O MPE (Ministério Público Estadual) ingressou com uma Ação Civil Pública em que pede a cassação do mandato e suspensão dos direitos políticos do prefeito da cidade de Santo Antônio de Jesus, Humberto Soares Leite (DEM) por crime de responsabilidade fiscal e improbidade administrativa por gastos excessivos no evento junino de 2013. A denúncia foi uma das pautas na sessão da Câmara da noite desta segunda-feira (02), trazidas pelo vereador Uberdan Cardoso (PT), que revela que além do gestor municipal, o empresário da PWR Produções e Eventos são réus no processo, “as investigações conduzidas pelo MPE revelaram que o prefeito se utilizou de um “indevido atravessador” (escrito na denúncia), Sr. Paulo Roberto Ribeiro Santana, que também é réu na ação penal por desviar recursos públicos nas contratações dos artistas. Ainda segundo a denúncia do MPE, o prefeito utilizou-se de verbas públicas, ilícita e indevidamente, no valor de R$ 763.345,00”, informou o edil. Cardoso pontuou também que na Ação Civil Pública do MPE, três contratações superfaturadas o que ressalta haver desfalque aos cofres públicos e licitação irregular, “o MPE ouviu os empresários das bandas contratadas e identificaram que os pagamentos foram aquém dos valores registrados no Diário Oficial”, completou. 

Vereador Uberdan levou a Ação do MPE a Câmara de SAJ

"Pode vir a ser afastado do cargo": Uberdan distribuiu as cópias do processo de nº 0006111-29.2016.8.05.0000 que segundo o edil, já se encontram na Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia, “a relatoria é do Desembargador Jefferson Alves de Assis, que irá analisar a necessidade de decretação de prisão preventiva do acusado e sobre o seu afastamento do exercício do cargo durante a instrução. O MPE trouxe provas, de superfaturamentos, agora vamos aguardar o que a justiça vai deliberar a partir dessas denúncias, ”, concluiu.

O edil ainda cita alguns gastos explicitados pelo documento:

O MP de Santo Antônio de Jesus: O MP (Ministério Público) do município já montou uma força tarefa para fiscalizar as contratações antecipando-se as denúncias de superfaturamento como ocorreu no ano passado. Em entrevista ao Voz da Bahia, o promotor João Manoel Rodrigues afirmou que uma apuração em caráter preventivo será instaurada, “vamos analisar junto com o município os parâmetros de gastos, bem como as formas de contratações de bandas e artistas e recomendamos a readequação dos valores consumidos nos festejos se equiparem ao caixa público. Além dos fatos narrados na denúncia, publicações veiculadas no Diário Oficial do Município de Santo Antônio de Jesus revelam que a mesma prática foi adotada pelo gestor nos festejos juninos realizados nos anos de 2014 e 2015

Ver as cópias da Ação do MPE (Ministério Público Estadual) abaixo:

Um comentário
03
Mai
Janot vai pedir investigação de Dilma e Lula, diz Folha
Postado por: Redação Voz da Bahia / 08:12h

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, decidiu enviar ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedido de abertura de inquérito para investigar a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no âmbito da operação Lava Jato, segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo desta terça-feira. O pedido de Janot terá como base a delação premiada do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS), que foi preso em novembro do ano passado acusado de tentar obstruir as investigações da Lava Jato. Em sua delação, Delcídio acusou Dilma e Lula de tentarem interferir na operação. Segundo a Folha, também está no alvo da Procuradoria-Geral da República o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, que é suspeito de ter trabalhado para tentar evitar a delação de Delcídio, que foi solto da prisão em fevereiro.

Comente agora
03
Mai
Cunha dispara contra Araújo: na adolescência, era ladrão de toca-fitas
Postado por: Dulce Santana / 07:32h

O presidente da Câmara, o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB), voltou sua artilharia contra o deputado federal baiano José Carlos Araújo (PR), o presidente do Conselho de Ética da Casa, onde tramita um processo de cassação do mandato do peemedebista por quebra de decoro. Araújo já declarou publicamente que gostaria de ver Cunha fora da cadeira de presidente e tem enfrentado dificuldades para tocar o processo no colegiado devido às interferências indiretas do presidente do Legislativo. Em entrevista ao Estadão, Cunha criticou o deputado federal republicano. "O que há é um presidente do Conselho que erra propositalmente para que meu processo leve o tempo do mandato dele inteiro, porque é a oportunidade que ele tem para aparecer na TV. É um parlamentar que, na sua adolescência, era ladrão de toca-fitas. Do jeito que conduz, será tudo anulado", previu. O parlamentar baiano reclamou recentemente que Cunha estaria impedindo a liberação de passagens pela Câmara para que testemunhas contra seu processo não prestassem depoimentos.

Comente agora
03
Mai
Bispo da Igreja Universal é cotado para Ministério da Ciência e Tecnologia
Postado por: Redação Voz da Bahia / 06:28h

O bispo licenciado da Igreja Universal Marcos Pereira é um dos fortes candidatos para chefiar o Ministério da Ciência e Tecnologia em um eventual governo do vice-presidente Michel Temer. Presidente nacional do PRB, o pastor já se reuniu com Temer no Palácio do Jaburu. A pasta foi oferecida ao partido esta semana, depois que as tentativas de uma negociação em cima da Agricultura e da Secretaria Especial de Portos frustraram. Pereira publicou em sua página na internet uma mensagem em que diz que seu partido "saiu da base de apoio do governo Dilma Rousseff e deixou o Ministério do Esporte em pleno ano de realização das Olimpíadas por entender que houve crime de responsabilidade e pela dificuldade de diálogo que a presidente e seus auxiliares mais próximos sempre impuseram aos aliados". No governo Dilma, o PRB comandou o Ministério do Esporte até as vésperas da aprovação do impeachment na Câmara. O titular da pasta nessa fase era o pastor George Hilton. "Nossa esperança é a de que o novo governo [Temer] não cometa os mesmos erros deste que está prestes a se encerrar. Temos conosco a expectativa de, juntos, deixarmos um legado para o futuro. O Brasil pode contar com o PRB", encerrou, ainda, na rede social. Segundo a Folha de S. Paulo, as conversas com o PRB ocorrem em meio à tentativa de Temer de equacionar as demandas de partidos que lhe darão sustentação no Congresso e a ideia de reduzir o número de ministérios (hoje em 32), caso assuma o Planalto.

Comente agora
03
Mai
Primeira dama confirma posse da nova secretária de cultura de SAJ antes mesmo da publicação no Diário Oficial
Postado por: Redação Voz da Bahia / 01:18h

Após vários rumores sobre a possibilidade de Dr. Everaldo Ferreira Junior, conhecido Vevé vir a ser exonerado do cargo de Secretário de Cultura, Turismo e Juventude de Santo Antônio de Jesus, agora parece que a notícia vem se tornando oficial. Everaldo que disse em entrevista a imprensa no domingo (01), que não iria pedir para sair, pois não havia motivos e que aguardaria a decisão do gestor. Vevé ainda revelou que em todos os São Joãos realizados pelo prefeito Humberto Leite (DEM), não existe nenhum contrato no nome Reinaldo Melo, conhecido “Dadau” com a prefeitura para o evento. 

Primeira dama: Na noite desta segunda-feira (02), a primeira dama e secretaria de Ação Social Francineia Silva, publicou em sua rede social o convite com data e horário para a posse da advogada e já nova secretaria de Cultura Gilsonilda Correia Bonfim, conhecida “Nil”. Ainda segundo a publicação do chamamento de Francineia, Nil será empossada nesta quarta-feira (04), no salão nobre da Prefeitura Municipal, a partir das 9h da manhã. O fato curioso desta novela, foi que a exoneração de Everaldo até o fechamento desta matéria não havia sido publicada no Diário Oficial e já com a posse da sua substituta marcada. O Voz da Bahia desde domingo (01), havia revelado a possibilidade de Gilsonilda ser a nova substituta de Everaldo na Cultura. Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos.

Veja abaixo a publicação da primeira-dama em sua rede social:

  1. Primeira dama já aponta "Nil" como nova secretária da Cultura 
  2. Reportagem: Voz da Bahia
2 comentários
02
Mai
Sete prefeitos baianos são denunciados por crimes administrativos
Postado por: Anacley Souza / 22:11h

Sete prefeitos baianos estão na mira da Justiça por crimes administrativos. A Justiça recebeu denúncia formulada pelo Ministério Público Estadual, na última semana, contra os prefeitos de Serrinha, Candeias, Cícero Dantas, Capim Grosso, Sítio do Quinto, Medeiros Neto e de Camamu. Em Serrinha, o prefeito Osni Cardoso (PT), foi denunciado por uso indevido de verbas públicas para a realização de reformas em prédios públicos. É o mesmo caso no município de Sítio do Quinto, com o prefeito Cleigivaldo Carvalho Santa Rosa, investigado por uso indevido de verbas públicas. O gestor de Candeias, Sargento Francisco (PSD) é investigado por contratação indevida de empresas para a coleta de resíduos sólidos no total de mais de R$ 5 milhões, em 2013. De acordo com a denúncia, um decreto municipal foi montado para burlar a exigência de licitação iniciada na gestão da então prefeita Maria Angélica Maia e continuada pelo atual gestor. Segundo o promotor José Emmanuel Lemos, a Prefeitura deveria realizar licitação para a contratação de empresas, após erros constatados no primeiro processo, e seguir todo o procedimento previsto na Lei 8.666/93, o que não ocorreu.

Comente agora
02
Mai
Dilma planeja apresentar PEC para antecipar eleições
Postado por: Anacley Souza / 21:09h

A Dilma Rousseff poderá enviar nos próximos dias ao Congresso uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que estabelece novas eleições em 2 outubro. De acordo com a reportagem do jornal O Globo, os movimentos sociais estão reticentes com a ideia, mas ela é encarada como a "cartada final" pelos aliados da presidente. A proposta foi analiada por Dilma e ministros palacianos, como Jaques Wagner (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo). Embora não haja unanimidade entre os ministros, um deles defende que a renúncia seria a negação de todo o discurso de que o processo de impeachment é um golpe, adotado pela presidente até aqui. A publicação revela que existe a possibilidade de a presidente fazer, na próxima sexta, um pronunciamento, em cadeia de rádio e TV, lançando a proposta de eleição direta. Segundo informaçoes, Dilma renunciaria ao cargo e pediria a Temer que fizesse o mesmo. Sobre esta possiblidade, a reação do vice-presidente aceitar é nula. "Seria fugir da responsabilidade. Essa, sim, é uma proposta golpista", afirmou Temer à publicação. O senador Paulo Paim (PT-RS), que faz parte do grupo defensor da antecipação do pleito, lembrou duas pré-condições: que Dilma e Temer renunciem e que o Congresso seja pressionado pelas ruas. "Diria que no PT cresce o apoio, porque eu e os senadores Jorge Viana (PT-AC) e Lindbergh Farias (PT-RJ) estamos apoiando.

Comente agora
02
Mai
Em vídeo, Temer chama Feliciano de ‘ velho amigo’ e diz pregar união do Brasil; confira
Postado por: Anacley Souza / 19:56h

A relação do vice-presidente Michel Temer com quadros conservadores parece estar afiada. Nesta segunda-feira (2), o deputado federal Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) divulgou um vídeo em que Temer diz que tem “pregado” a pacificação nacional. Desde o ano passado, Temer tem defendido em discursos e entrevistas a "unificação" do país, apesar do atual momento de crise política. Ele tem dito também que é preciso um governo de “salvação nacional”. “Nós todos, eu e o pastor Marco Feliciano, queremos fazer uma religação dos brasileiros e, para tanto, é preciso muita oração, que estamos empenhados nesta tarefa. Por isso, quando o pastor me dá a oportunidade de dirigir-me a milhares de pessoas, quero pedir as orações pelo Brasil, suas orações para mim mesmo, e quero, mais uma vez, pregar a pacificação do país”, diz Temer no vídeo. Em outro trecho da gravação, o vice-presidente se refere a Marco Feliciano como um “companheiro e velho amigo”.

Comente agora
02
Mai
Para procurador do TCU, Dilma cometeu 'contabilidade destrutiva'
Postado por: Débora Ayane / 15:12h

Na comissão especial do impeachment no Senado, o procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) Júlio Marcelo de Oliveira acusou a presidente Dilma Rousseff de fazer "contabilidade destrutiva e fraude fiscal". Ele foi o segundo a falar na sessão desta segunda-feira (2) que reúne três nomes indicados pela oposição que defendem o afastamento da petista. O primeiro a falar foi o professor de Direito José Maurício Conti, da Universidade de São Paulo (USP). "Todo esse ambiente é resultado de contabilidade destrutiva e de fraudes fiscais. Em matéria de conta pública, criatividade é nome para fraude, é contabilidade destrutiva. Pedaladas fiscais são expressões de eufemismo, práticas gravíssimas e outras nem tão graves na vala comum, como se fossem a mesma coisa. Fatos graves que ocorreram na Nação nos últimos anos", afirmou o procurador, que foi o responsável pelos pareceres técnicos do TCU sobre as pedaladas e edição de créditos suplementares, bases do pedido de impeachment de Dilma. Oliveira explicou que o Ministério Público pediu, ainda em 2014, que o TCU fizesse uma auditoria sobre as operações de crédito com bancos públicos.

Comente agora
02
Mai
Janot pede ao STF para investigar Aécio, Cunha e Edinho na Lava Jato
Postado por: Débora Ayane / 13:22h

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) autorização para abrir quatro novos inquéritos na Lava Jato com base na delação premiada do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS). Os pedidos foram protocolados na última sexta-feira (29), mas devem ser cadastrados no sistema do tribunal somente na tarde desta segunda (2).O procurador quer abertura de um inquérito para investigar o senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG); outro para apurar denúncias contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ); um terceiro para investigar o ministro da Comunicação Social, Edinho Silva (PT-SP), que atuou como tesoureiro da campanha presidencial do PT em 2014; e um quarto inquérito para apurar suspeitas contra o ex-presidente da Câmara Marco Maia (PT-RS) e o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo.Os pedidos de abertura de inquérito ainda precisam ser analisados pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo.

Comente agora
02
Mai
Oposição na AL-BA estuda medidas para impedir que Wagner assuma pasta na Bahia
Postado por: Débora Ayane / 13:12h

A bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) acionou sua assessoria jurídica para estudar medidas para impedir que o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, assuma uma secretaria no governo de Rui Costa, que tem sido especulada em caso de impeachment da presidente Dilma Rousseff. De acordo com a hipótese levantada, a articulação teria como objetivo garantir a Wagner foro privilegiado se ele vier a ser investigado pela Operação Lava Jato. "Se a Bahia já não vai bem com um governador do PT imagine com dois petistas tentando comandar o Estado. Aí é que o barco afunda de vez", disse o líder da bancada, deputado Sandro Régis (DEM). Para Régis, uma eventual ida de Wagner para alguma pasta se configura como uma ação preventiva para protegê-lo de uma eventual investigação da Justiça Federal conduzida pelo juiz Sérgio Moro, que coordena as ações da Lava Jato. "Mais uma vez fica provado que o PT pouco se preocupa com as prioridades de gestão e de governo, sobretudo quando se trata de proteger seus aliados”, apontou Régis.(BN)

Comente agora
02
Mai
Dilma mexe em R$ 1 bilhão do orçamento
Postado por: Débora Ayane / 13:04h

O Ministério do Planejamento publicou nesta segunda-feira (2) uma série de portarias que modificaram em R$ 1 bilhão o orçamento federal.Os principais programas que perderam orçamento foram o Farmácia Popular, o pagamento a Estados pela Atenção Básica à Saúde, o Censo Agropecuário do IBGE e os recursos para investimento nas Eletrobras. Com isso, os gastos nessas áreas terão que ser menores que o autorizado pelo Congresso.Os programas que mais tiveram o orçamento aumentado foram a compra de remédios e vacinas e o pagamento a procedimentos de média e alta complexidade de hospitais (Saúde), além de segurança para grandes eventos (Defesa).As portarias criaram os chamados créditos extraordinários no orçamento.Isso significa que a previsão de gastos para esses programas foi aumentada ou diminuída. Mas, como o governo contingenciou o orçamento porque as receitas estão abaixo do previsto, na prática o novo orçamento permite que os órgãos programem novos gastos, mas ainda não pode se transformar em pagamento.

Comente agora
02
Mai
SAJ: Secretário afirma que em relação ao São João do ano passado, ele pode economizar cerca de R$ 450 mil com banheiros químicos
Postado por: Dulce Santana / 11:55h

Na tarde de domingo (01), o Secretário de Cultura de Santo Antônio de Jesus, Everaldo Ferreira Júnior, conhecido Vevé, convocou a imprensa na sua residência para falar da sua provável saída, ou não da pasta. Na primeira parte de sua entrevista, Everaldo revelou que em todos os São Joãos realizados pela gestão do prefeito Humberto Leite não existe nenhum contrato no nome Reinaldo Melo, conhecido “Dadau” com a prefeitura para o evento. Vevé aponta que as empresas que ganharam na licitação “quaternizaram” este serviço. O secretário assinalou ainda que vai realizar a festa com a participação de todos, do próprio MP (Ministério Público), do Observatório Social, do CREA (Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia) e da segurança.

Leia segunda parte desta entrevista bombástica com a imprensa promovida pelo secretário de Cultura, Dr. Everaldo:

Imprensa: A reunião de sexta-feira que Humberto Leite disse que estava marcada chegou a ser realizada entre o senhor, ele e Dadau?

Everaldo Junior: Não aconteceu. Nós estamos aguardando para que ele possa tomar decisão como ele queira conduzir de realizar um São João de R$ 2 milhões e meio, ou ele quer fazer um São João onde diz, segundo o MP (Ministério Público) superfaturado, onde tem exageros, precisamos ter essa preocupação com os recursos públicos e com as dificuldades que o prefeito pode enfrentar no segundo semestre. Estamos vendo aí que há uma redução do repasse do Governo Federal e do Governo do Estado. Eu não quero que aconteça com Humberto o que aconteceu na última gestão dele, onde deixou de pagar os funcionários no segundo semestre. Temos essa preocupação porque como secretário, sei da responsabilidade do prefeito e da minha responsabilidade. Então, o que não quero para mim não quer para ele.

Imprensa: Qual a sua avaliação na gestão de Humberto Leite?

Everaldo Junior: Em relação à questão da minha estadia na gestão de Humberto, graças a Deus não houve indicação de vereador, não houve indicação de deputado, não houve indicação de liderança alguma. Na verdade, foi um reconhecimento da nossa capacidade, do potencial de fazer as coisas acontecerem. E eu, que antes de assumir a pasta da Cultura, eu era um pretenso candidato a prefeito, mas disse e repito, a minha vontade de ser prefeito não é maior do que a minha vontade de ajudar a minha cidade. Como Humberto me deu o prazer de participar da sua gestão, da sua equipe, tenho procurado fazer da forma mais correta possível. Enquanto ele achou que eu não deveria ser o Secretário de Saúde, e me deu essa missão, aceitei com muita tranquilidade e responsabilidade e estou fazendo por merecer continuar. Cabe a ele, decidir ou não. Reconhece-se que o nosso trabalho está correto, se está sendo produtivo. Eu sei que a população, vocês da imprensa já reconheceram, cabe ao prefeito reconhecer. Quando se trata de uma empresa púbica, não podemos escolher os melhores amigos, temos que escolher os mais competentes. Deixo o prefeito a vontade para tomar a decisão que ele bem entender.

Imprensa: Se amanhã aparecer no Diário Oficial sua exoneração, o senhor já pensou no que vai fazer?

Everaldo Junior: Não porque ainda não saiu à exoneração. Eu não gosto de antecipar os fatos. Eu confirmo e mantenho a minha presença. A única pessoa que pode me exonerar é excelentíssimo senhor prefeito e estaremos a sua disposição.

  1. "Não existe nenhuma contratação de banda para o São João"; diz Everaldo.

Imprensa: Já tem alguma banda contratada para o São João através da sua pasta?

Everaldo Júnior: Não existe nenhuma contratação de banda, nem de instrutor. Nada ainda foi licitado para o São João. Nós temos a relação de mais de 60 bandas, temos para entregar o prefeito e a quem mais interessar os valores e cachês de bandas de R$ 15 a R$ 35 mil, de R$ 35 a R$ 65 mil, de R$ 65 a R$125 mil e de R$ 125 a R$ 200 mil. Inclusive, o próprio prefeito disse que não contrataria banda nenhuma acima de R$ 200 mil reais. Pensando nisso, ele tem a prorrogativa de escolher as bandas. Para me, o que tem que ser tocado é o verdadeiro forró. Antes o que se via era as propagandas anunciando as atrações do São João nas cidades, hoje o que vemos são as bandas fazendo suas próprias propagandas. O artista tem dois valores a receber: o financeiro e o valor midiático; de cantar tocar no melhor e maior São João da Bahia que é o de Santo Antônio de Jesus.

Imprensa: Os R$ 2 milhões e meio de reais que o senhor diz que tem para o São João, são suficientes para manter a tradição do melhor São João?

Everaldo Junior: Sem sombra de dúvidas! Além de a gente ampliar a nossa área de ação. Nós conversamos com o Secretário de Salvador, da administração de ACM Neto, Guilherme Belinati, porque é muito bom conversamos com pessoas que tem os olhos de fora, e tem a experiência de ter feito o réveillon da capital, de ter feito a inovação do Carnaval. É um secretário atuante, é o cérebro de Neto hoje. Conversando com ele, adorou a ideia de nós fazermos e diria que nos espelhamos a ele no São João dos bairros. Segundo ele, é uma ideia maravilhosa. O que você puder fazer com o palco móvel, melhor ainda, com mini trios porque você poderia atingir em uma só noite, três bairros.

Imprensa: O senhor fez alguma pesquisa em relação aos anos anteriores com os gastos para o São João?

Everaldo Junior: Estrutura a gente orça em torno de R$ 1 milhão de reais, a parte de bandas no máximo em R$ 1 milhão e meio. Sabemos que houve exageros, não estou dizendo que do que foi colocado e o que deixou de ser. Mas, ano passado o orçamento de banheiros químicos foi em torno de R$ 570 mil reais. No nosso planejamento gastarão apenas R$ 120 mil reais, havendo uma economia de R$ 450 mil reais. Todos os fornecedores e bandas sabem da crise financeira que o Brasil viveu hoje, e não nos dá o direito de fazer extravagancia.

Imprensa: Nessa queda de braço, entre Everaldo e Dadau, tendo o prefeito como juiz, caso o senhor perca, vai ficar na fiscalização da festa?

Everaldo Junior: Eu desconheço o papel de Dadau nessa questão do São João. Até porque não existe nenhum contrato entre a prefeitura que é a contratante, com a empresa do Reinaldo Melo. Todas às vezes, que o São João foi feito em anos anteriores da administração de Humberto, foram feitos por representantes diferentes, onde não consta o nome do Dadau.

  1. Redação e Fotos: Voz da Bahia
2 comentários
02
Mai
Temer deve procurar Lula após o impeachment de Dilma
Postado por: Dulce Santana / 11:46h

O vice-presidente Michel Temer deve procurar o ex-presidente Lula tão logo o Senado admita o processo de impeachment de Dilma Rousseff. De acordo com a coluna Painel da Folha de S. Paulo, em conversas reservadas, Temer tem dito que a contribuição do PT “seria de extrema importância” para garantir estabilidade a um novo governo. Na avaliação do PMDB, o petista é fundamental para segurar a pressão das ruas que está dividida e com grande parcela contra o impedimento da presidente. Lula sabe que terá dificuldade para se posicionar contra a agenda econômica do vice. Afinal, Henrique Meirelles era seu nome para a Fazenda há tempos. É consenso no PT que o partido será cobrado se, no Congresso, votar contra medidas que resgatem a economia brasileira da UTI. “Não se pode mais dividir a sociedade entre nós e eles”, diz um interlocutor do vice. Em contraponto, petistas afirmam que não há sentido em apoiar o possível novo presidente. “Michel Temer não precisará do PT para garantir sua governabilidade no Congresso. Nós e eles sabemos disso. A aproximação não faria qualquer sentido”, diz um dirigente petista.

Comente agora
02
Mai
Lídice detona Câmara e afirma que no Senado o debate do impeachment é de nível
Postado por: Dulce Santana / 11:16h

Apesar de pouco mais de três semanas, a votação na Câmara Federal sobre o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) ainda repercute. Em conversa com o Bocão News, neste domingo (1), a senadora Lídice da Mata (PSB) não poupou críticas a Câmara dos Deputados e afirmou, categoricamente, que o tema do afastamento da presidente, no Senado Federal, será conduzido de forma mais séria. “Na Câmara foi um clima de ódio e euforia que impedia a racionalidade e o deputado para o esclarecimento das questões. Eu acho que o Senado tem todas condições de manter um debate sereno e um nível mais elevado e esclarecedor. O Senado não fará espetáculo. A Câmara chocou o Brasil com seu comportamento. Você não desconstrói uma decisão da urnas com alegria ou palhaçada”, disse. “O Senado já está dando sua resposta”, completou. A socialista, aliada do governo, diz que é certo o afastamento temporário de Dilma. “No dia 11, o processo será admitido, pois o Senado precisa apenas de 50% mais um. O que se faz agora é abrir um processo que dura 180 dias para acontecer o julgamento”, informou.

Comente agora
02
Mai
Comissão do impeachment vai ouvir três nomes indicados pela oposição nesta segunda
Postado por: Dulce Santana / 10:12h

A comissão especial do impeachment no Senado vai ouvir três nomes indicados pela oposição para discutir o afastamento da presidente Dilma Rousseff nesta segunda-feira (2). O procurador do Tribunal de Contas da União (TCU) Júlio Marcelo de Oliveira, o juiz José Maurício Conti e o advogado Fábio Medina Osório vão falar por até duas horas cada um a partir de 10h30 de hoje. Em seguida, responderão perguntas dos senadores. Para esta terça-feira (3) estão marcados depoimentos favoráveis à presidente. Serão ouvidos pelo colegiado Geraldo Luiz Mascarenhas Prado, professor de direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); Ricardo Lodi Ribeiro, professor de direito da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ); e Marcello Lavenère, ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Na semana passada, o colegiado ouviu os autores da acusação contra a presidente e a defesa de Dilma.

Comente agora
02
Mai
Dilma quer antecipar eleição presidencial para outubro
Postado por: Redação Voz da Bahia / 08:23h

A derradeira semana antes de o Senado analisar o pedido de impeachment não terminará sem medidas drásticas. Ainda dispondo dos poderes de presidente, que perderá caso o processo seja aberto, Dilma Rousseff deve enviar nos próximos dias ao Congresso uma proposta de emenda constitucional que estabelece novas eleições em 2 outubro. Apesar da resistência de movimentos sociais, a ideia, defendida por um grupo de senadores, é encarada como a cartada final pelo grupo da presidente. Dilma e ministros palacianos, como Jaques Wagner (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo), concordaram com a ideia da eleição, mas a presidente ainda gostaria de conquistar o consenso dos movimentos sociais. Não há unanimidade entre os ministros, no entanto. Um deles defende que a renúncia seria a negação de todo o discurso de que o processo de impeachment é um golpe, adotado pela presidente até aqui. Ao bunker do vice-presidente Michel Temer, que vem se preparando para assumir o cargo por 180 dias a partir do dia 11, quando o plenário do Senado decidirá o destino de Dilma, chegou a informação de que a presidente faria, na próxima sexta, um pronunciamento, em cadeia de rádio e TV, lançando a proposta de eleição direta. Ela renunciaria ao cargo e pediria a Temer que fizesse o mesmo.

Comente agora
02
Mai
Contra reajuste zero, servidores estaduais paralisam atividades nesta quarta (4)
Postado por: Dulce Santana / 07:45h

Os servidores do estado da Bahia vão paralisar as atividades na próxima quarta-feira (4) em protesto contra o reajuste zero no salário neste ano de 2016. O governo baiano, impactado pela crise econômica, já anunciou que não terá como conceder aumento. No mesmo dia do protesto, haverá um ato em frente à Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia. No governo, a situação é delicada e a cúpula da administração estadual ressalta o fato de não ter que parcelar pagamento ou atrasar, como tem ocorrido com alguns estados da federação. Outro ponto que impede o governo de avançar no assunto em benefício ao servidor é a Lei de Responsabilidade Fiscal, que não deve ser ultrapassada. (Bocão News)

Comente agora
02
Mai
STF suspende gastos de R$ 100 milhões para publicidade da presidência
Postado por: Dulce Santana / 07:09h

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu uma liminar determinando a suspensão de crédito extra no valor de R$ 100 milhões que seriam destinados à Presidência da República para publicidade. O Solidariedade entrou com ação questionando a constitucionalidade da medida provisória, publicada pelo governo na última sexta-feira (29). Em sua decisão, o ministro disse que não entrou no mérito sobre o tipo de gasto, mas avalia que ele não se enquadra nos critérios estipulados para a Constituição para abertura de créditos extraordinários. "Nada está a indicar que essas sejam, de fato, despesas imprevisíveis e urgentes. São despesas ordinárias. Certamente, não se pode dizer que os gastos com publicidade, por mais importantes que possam parecer ao governo no quadro atual, sejam equiparáveis às despesas decorrentes de guerra, comoção interna ou calamidade pública, que compõem o parâmetro estabelecido no art. 167, § 3º, da Constituição", informa o despacho. Além dos R$ 100 milhões para publicidade, a MP publicada pelo governo prevê também R$ 80 milhões para o Ministério do Esporte. Neste caso, Gilmar Mendes rejeitou o pedido de suspensão. "Isso porque a proximidade dos Jogos Olímpicos torna a urgência qualificada", argumenta.

Comente agora
02
Mai
Sobre Dadau, Secretário de Cultura de SAJ revela: “Não existe nenhum contrato no nome dele com a prefeitura no São João”
Postado por: Dulce Santana / 00:13h

Na tarde deste domingo (01), o Secretário de Cultura de Santo Antônio de Jesus, Everaldo Ferreira Júnior, conhecido Vevé, reuniu a imprensa na sua residência para dá informações de sua ou não saída da secretaria. Segundo as informações, um dos motivos do seu possível afastamento seria a realização São João, tendo em vista que a organização da festa tinha a frente sempre Reinaldo Melo, conhecido’ Dadau. De acordo com fontes ligadas ao prefeito, Dadau não abriria mão do São João. Segundo informou Everaldo, o São João é um produto da Secretaria de Cultura, “enquanto secretário, nós temos a consciência que o São João é o maior produto, o mais comercial, mas não é o único e nem o melhor. Então, quando assumimos a Cultura, Turismo e Juventude, nós viemos com um objetivo de fazer diferente, fazer as coisas acontecerem. E estamos conseguindo esse objetivo”, disse.

Primeira parte desta entrevista bombástica do secretário de Cultura, Dr. Everaldo Ferreira Júnior a imprensa:

Imprensa: Existe uma queda de braço entre Everaldo Júnior e Dadau na administração de Humberto Leite? Quem é quem nesse governo?

Dr. Everaldo Júnior: Criou-se uma grande celeuma em relação a essa questão do São João. O São João não tem protagonista, não existe dono, é uma grande festa que foi motivada ao longo dos anos por todos nós. E olhe que esse São João já tem um tema de valorização da nossa cidade, de valorização das nossas pessoas; “Esse é o São João da nossa terra, essa é a alegria do meu povo”. E com a canção belíssima do Juliano, que eu até apelidei de “filho do forró”, que é o filho de Zé de Belém, nós temos buscado avançar nesse propósito. Quando se trata de um São João, existe uma verdadeira polêmica em relação a isso. A figura do Dadau, eu diria até criada nessa situação como uma pessoa que faz o São João, mas se você for observar nos anos anteriores quando se tem a prefeitura como contratante e as empresas que foram contratadas, não aparecem o nome de Reinaldo Melo, o Dadau, eu sei que ele tem uma grande estima pelo nosso prefeito, grande amizade, mas quando se trata de interesses públicos, dos recursos do nosso município que não tem dono. O recurso da prefeitura não é de Dr. Everaldo, não é do prefeito, não é do senhor Reinaldo Melo. Então, temos que ter o cuidado como será gasto esse dinheiro, por que nos últimos anos, como ano passado, foram gastos quase R$ 7 milhões de reais no São João. E, nós estamos buscando um São João planejado, com a participação de toda a comunidade e orçamentamos eles em R$ 2 milhões e meio de reais, com o objetivo de ter o cuidado com o recurso público, de ter economia com a estrutura, mas não em alegria, não nas escolhas das bandas, não na disponibilidade das pessoas em fazer o melhor São João. Agora, entendemos que essa é uma opção do prefeito, em fazer uma festa legal com a participação de todos, do próprio MP (Ministério Público), do Observatório Social, do CREA (Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia), que está provocando porque se deixa a formação dos camarotes de última hora, sem um planejamento. Hoje, já temos um roteiro para no dia 7 termos um pré-projeto para o CREA de como vai ser a zona do forró, a área e, temos essa preocupação também porque entendemos e precisamos cumprir esses prazos, por que estamos trabalhando com a segurança; temos em vista a criação de uma rota de fuga para evitar acidentes onde se tem multidões. Estamos de mãos dadas para que possamos fazer desse São João o mais seguro, o mais barato, no termo de não ter exageros nas contratações.

Imprensa: Como estar à relação entre Everaldo Junior e o prefeito Humberto Leite?

Everaldo Junior: Eu tenho um grande carinho pelo prefeito Humberto Leite, tenho o maior respeito por ele. Mas digo, não fui eu que me ofereci para ser secretário. Humberto e Everaldo desde outubro mantiveram um pacto de confiança e lealdade. Hoje eu exerço um cargo de confiança, ainda me sinto então como Secretário de Cultura por que não fui exonerado. Ele me nomeou, eu não pedirei para sair, até porque eu não vejo motivos para uma pessoa que tem feito um trabalho reconhecido por todos, inclusive, pela oposição, pela nossa sociedade onde temos a preocupação com os recursos públicos, que sempre tivemos, desde a época da presidência da câmara, enquanto diretor da 4° Dires, e não é diferente com a Secretaria de Cultura. Não podemos ter um orçamento de R$ 4 milhões de reais para a pasta da Cultura, gastar todo no São João, e depois, como iremos fomentar o nosso Centro Cultural? Como iremos fazer a arte funcionar em outros setores? Então temos essa preocupação porque entendemos que a valorização do artista ela tem que ser ampla, o São João é o grande produto, mas não é único. Ele é mais comercial, atrai patrocinadores, mas ele tem que fazer com o que o recurso público venha a sobrar para que se possa fazer outras atividades. Então, essa é a nossa preocupação e eu acho que a mesma do prefeito, até porque ele já reduziu o número de dias, de seis para quatro, já falou em emissoras de rádios que não vai fazer contratações absurdas acima de R$ 200 mil reais. E nós estamos aguardando porquê da mesma forma que fomos nomeados, sabemos que cargos públicos ninguém é dono. Nós não somos, nós estamos. Procuramos vocês da imprensa para dizer que continuo Secretário, continuamos enquanto o prefeito quiser. Enquanto ele disser sim, estaremos junto com ele mantendo esse pacto.

  1. Sobre Dadau, Everaldo diz: "No São João aceitaram ele como secretário interino"

Imprensa: Qual a relação do prefeito Humberto Leite com Dadau?

Everaldo Júnior: Reinaldo Melo é tão amigo do prefeito como é meu amigo. Eu não vejo relação institucional com ele. Eu até procurei enquanto secretário se haveria algum tipo de contratação da prefeitura, em momento algum se ver a assinatura de Reinaldo Melo, e se, ele se diz o fazedor do São João foi porque alguém permitiu, ou os secretários do passado aceitaram, que no período do São João ele se tornasse o Secretário de Cultura interino, ou as empresas que ganharam a licitação e quaternizaram esse serviço para ele, não existe nenhum contrato com Reinaldo Melo, o Dadau. É estranho.

Imprensa: E o senhor, Everaldo como secretário, permitiria este tipo de negócio?

Everaldo Júnior: De maneira nenhuma! Everaldo tem compromisso com o povo Santo Antônio de Jesus, Everaldo tem compromisso com as coisas corretas, claras, transparentes e, o Secretário Everaldo hoje fez desse grande evento, um evento participativo onde todas as pessoas possam participar. As pessoas que estão envolvidas, desde os taxistas, moto taxistas, ambulantes e os músicos. Os músicos estão sendo mapeados, os ambulantes estão sendo cadastrados via SEBRAE, vamos torna-los MEI (Microempreendedor Individual). Essa é a diferença da gente procurar tornar a coisa de uma forma clara, de uma forma objetiva para que possamos nos destacar de forma positiva. Se há alguma relação do Reinaldo Melo com o prefeito, é de amizade. Não existe nenhum contrato, desde a gestão do prefeito, porque não iniciamos o processo de licitatório, e as pessoas já tem o resultado falando que é Dadau que vai fazer o São João. Eu não consigo entender como é que os fatos podem acontecer antes da execução deles. Se for feito no passado, foi porque deram a ele o poder de decisão. Eu fico muito tranquilo porque a manutenção de Dr. Everaldo como secretário é do prefeito. Quando assumir, ele me deu autonomia para resolver as coisas com a participação dos órgãos públicos da cidade. Eu não posso expor um prefeito que tem tudo para ser reeleito, e eu quero ajudá-lo nessa caminhada, me propus isso enquanto nós continuarmos com esse pacto, nós estaremos juntos. Agora, para mim o que interessa é o Diário Oficial. Pedi para sair, eu não pedirei, porque sei da minha responsabilidade, sei do meu papel que estamos desempenhando da melhor forma possível, com maior cuidado, com a participação de toda a comunidade.

  1. Redação e Fotos: Voz da Bahia
Um comentário
01
Mai
Delcídio diz que foi ‘explorado para benefícios’ de Lula e filho de Cerveró
Postado por: Redação Voz da Bahia / 18:52h

Em suas alegações finais ao Conselho de Ética do Senado, o senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS) diz que foi “explorado para benefícios de terceiros” e cita o ex-presidente Luiz Inácio do Lula da Silva e Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. No documento, protocolado na sexta-feira (29) e ao qual a Globonews teve acesso, a defesa classifica a representação de “fantasiosa”, “confusa” e “estapafúrdia” e pede a anulação do processo alegando não haver provas. A votação do parecer recomendando ou não a cassação do mandato parlamentar dele está prevista para a próxima terça-feira (3). Procurado pela reportagem, o Instituto Lula ainda não havia se manifestado até a última atualização desta reportagem. A defesa de Bernando Cerveró nega a utilização de truques cênicos e afirma que a reunião em que foi realizada a gravação aconteceu nos mesmos moldes de outras reuniões entre Bernardo e Delcídio. Os advogados de Delcídio sustentam que “toda a prova que a defesa requereu que fosse trasladada do STF [Supremo Tribunal Federal] para o Conselho de Ética demonstraria que Delcídio do Amaral jamais foi o articulador disso tudo”.

Comente agora
01
Mai
Manifestantes fazem ato de apoio a Jair Bolsonaro
Postado por: Redação Voz da Bahia / 18:44h

Manifestantes fizeram neste domingo (1º) um ato em apoio ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), em frente ao condomínio onde mora o parlamentar, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade. O ato, promovido pelo Movimento Direita, Já, foi realizado uma semana depois de um protesto contra o parlamentar, este coordenado pelo grupo Levante Popular, no mesmo local. Bolsonaro também participou do ato deste domingo e discursou para seus apoiadores. Antes mesmo do discurso começar, manifestantes gritaram o nome do coronel Brilhante Ustra,que foi chefe do Destacamento de Operações de Informação - Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-Codi) em São Paulo, na época da ditadura militar. O militar, falecido em 2015, já havia sido homenageado pelo próprio Bolsonaro, durante seu voto a favor do impeachment da presidenta Dilma Rousseff, em 17 de abril, na Câmara dos Deputados. A menção a Ustra, primeiro militar a ser reconhecido, pela Justiça, como torturador durante a ditadura, gerou críticas a Bolsonaro e foi um dos motivos pelos quais o grupo Levante Popular fez o protesto da semana passada. No discurso de hoje, Bolsonaro voltou a exaltar o coronel Ustra, elogiou o presidente militar Emílio Garrastazu Médici (1969-1974) e criticou a presidenta Dilma. “Lula e Dilma não fizeram nada para o Brasil nos últimos 13 anos”, disse Bolsonaro. (Correio)

Comente agora
01
Mai
Sobre sua provável saída da Secretaria de Cultura de SAJ, Everaldo diz: “Ainda continuo secretário até quando o prefeito quiser”
Postado por: Dulce Santana / 17:51h

Após especulações sobre a saída da Secretaria de Cultura do Município de Santo Antônio de Jesus, em uma reunião na sua residência na tarde deste domingo (01) com a imprensa, Dr. Everaldo Ferreira Júnior, conhecido "Vevé", disse: “desde quando firmamos um pacto entre Everaldo com o prefeito Humberto Leite (DEM), pacto de confiança e lealdade, continuo como secretário de cultura, por que fomos nomeados no dia 23 de fevereiro de 2016 e até então não fui exonerado. Acredito que a gente continua como secretário até o prefeito decidir, já que é ele que delibera na sua gestão. Estamos aguardando com muita tranquilidade, pois entendemos que essa é uma opção do gestor”.

Secretário pergunta: “Como vamos ter um orçamento de apenas R$ 4 milhões na Cultura e consumirmos todo no São João?" : 

O secretário colocou que neste São João já se tem um tema de valorização da cidade, “esse é o São João da nossa terra, essa é alegria do meu povo, na festa para este ano, eu tenho cuidado com o recurso público. Vamos fazer o evento com a participação de todos: do MP (Ministério Público); do Observatório Social; do CREA (Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia) que vai nos ajudar na formatação dos camarotes, hoje já há um roteiro para a área do forró; na segurança, uma rota de fuga vai ser criada. Este São João estamos trabalhando para ser o mais seguro, o mais barato, sem exageros nos gastos públicos, sem contratações exageradas já que o próprio MP tem provocado o município que passa por inquéritos. Então, enquanto eu estiver na pasta vou ter essa preocupação. Na entrevista o secretário se preocupa a todo instante com os gastos da festa e traz novos questionamentos: “como vamos ter um orçamento de apenas R$ 4 milhões na Cultura e consumirmos todo no São João? Como iremos fazer a arte funcionar em outros setores? Isso é inadmissível. O São João é o grande produto, mais não é o único para valorizar os nossos artistas".

  1. "Não vejo motivos para minha saída"/ Fotos: Voz da Bahia

Everaldo revela que foi procurado por Humberto para ser secretário e que não vai pedir para sair:

Vevé ainda garanti que não vai pedir para sair, “Não fui que procurei Humberto para ser secretário de cultura, ele me nomeou, ainda não fui exonerado, ele que me convidou. E não vou pedir para sair, até por que não vejo motivos para minha saída, para uma pessoa que tem feito um trabalho reconhecido por todos, inclusive pelos oposicionistas, pela nossa sociedade. Ainda aguardo a decisão do prefeito se ele quer que continuemos dando qualidade a sua gestão ou não. Ainda continuo secretário enquanto o prefeito Humberto quiser", concluiu.

  1. Reportagem e Fotos: Voz da Bahia
Comente agora
Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com