As comentadas


Boa noite , Segunda-feira, 27/06/2016








Enquete



Reflita

Blog

Saúde

27
Jun
Uso e abuso do álcool na adolescência pode gerar problemas graves no futuro, afirma especialista
Postado por: Anacley Souza / 20:39h

Alcoolismo nunca foi problema exclusivo dos adultos. Pode também acometer os adolescentes. Hoje, no Brasil, causa grande preocupação o fato de os jovens começarem a beber cada vez mais cedo e as meninas, a beber tanto ou mais que os meninos. Pior, ainda, é que certamente parte deles conviverá com a dependência do álcool no futuro. Para essa reviravolta em relação ao uso de álcool entre os adolescentes, que ocorreu bruscamente de uma geração para outra, concorreram diversos fatores de risco. “O primeiro é que o consumo de bebida alcoólica é aceito e até estimulado pela sociedade. Pais que entram em pânico quando descobrem que o filho ou a filha fumou maconha ou tomou um comprimido de ecstasy numa festa, acham normal que eles bebam porque, afinal, todos bebem”, afirma o médico Dráuzio Varella. Sem desprezar os fatores genéticos e emocionais que influem no consumo da bebida, o álcool reduz o nível de ansiedade e algumas pessoas estão mais propensas a desenvolver alcoolismo, a pressão do grupo de amigos, o sentimento de onipotência próprio da juventude, o custo baixo da bebida, a falta de controle na oferta e consumo dos produtos que contêm álcool, a ausência de limites sociais colaboram para que o primeiro contato com a bebida ocorra cada vez mais cedo. “Não é raro o problema começar em casa, com a hesitação paterna na hora de permitir ou não que o adolescente faça uso do álcool ou com o mau exemplo que alguns pais dão vangloriando-se de serem capazes de beber uma garrafa de uísque ou dez cervejas num final de semana”, acrescentou.

Em Santo Antônio de Jesus o índice de internação de adolescentes em coma alcoólico nos festejos juninos, preocuparam não só a secretaria de Saúde do município como também o Conselho de acolhimento a Criança e o Adolescente.

Comente agora
27
Jun
IAM - Instituto de Assistência à Mulher em Santo Antônio de Jesus
Postado por: Redação Voz da Bahia / 19:47h

Conforto, modernidade e atendimento humanizado andam juntos no IAM. Aqui, você encontra a mais alta tecnologia à serviço da vida. IAM - Instituto de Assistência à Mulher, na Urmec. Médico responsável, Dr. Christian Ferraz. Telefone: 75 - 3311 3788. IAM, porque toda mulher é uma joia rara.

Endereço: Rua Armando Tavares, 134, Centro

☎: (75) 3311-3788/75.3311-3771/73.3311-3772/75.3311-3773

Santo Antônio de Jesus

Conheça as nossas instalações:

Comente agora
27
Jun
Turista de 10 anos picado por cobra na Chapada volta a andar: 'Pensei que ele fosse morrer', diz mãe. Veja vídeo
Postado por: TV Voz da Bahia / 19:46h

O menino de 10 anos que foi picado por uma cobra em Ibicoara, na Chapada Diamantina, começou a dar os primeiros passos após o incidente na manhã desta segunda-feira (27). De acordo com a mãe de João Guilherme Matos, a professora Erilene Matos, o garoto está fazendo fisioterapia há três dias, desde que foi transferido para o Hospital Tereza de Lisieux, em Salvador. "Na hora eu só pensei que ele fosse morrer. Mas eu tinha que ser forte e acreditar que ele ficaria melhor", desabafa Erilene. João Guilherme foi picado na coxa esquerda por uma cascavel na última quarta-feira (22), quando fazia a trilha da Cachoeira do Buracão. Ele e a mãe estavam acompanhados por um guia e um grupo de turistas. "Eu estava andando um pouco à frente do guia e aí percebi uma coisa diferente na vegetação. Eu vi que era uma cobra e corri, mas ela me pegou", conta o menino. A criança foi levada para o posto médico de Mundo Novo e dali para o de Ibicoara, onde permaneceu toda a tarde. "Lá o médico deu um antialérgico. Ele começou a ficar com a visão embaçada, com dor no corpo e falta de ar. O médico disse que esses sintomas eram por conta da medicação e deu alta" relata a mãe. O acidente ocorreu no primeiro dia de passeio. Na casa onde estava hospedado, João Guilherme piorou e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, levando-o de novo ao posto de Ibicoara. De lá, o menino foi transferido para Salvador com helicóptero do Graer, da Polícia Militar. No hospital, tomou ampolas antiofídicas. Erilene, que estava planejando esta viagem desde outubro do ano passado, vai começar a juntar dinheiro novamente para voltar à Chapada com o filho. "O sonho dele era vir para Salvador e comer acarajé. Quando estávamos no avião ele me agradecia o tempo todo", lembra. João esta ansioso para voltar à Chapada. "Não deu tempo de ver muita coisa", conta o menino aventureiro. Ele surfa com o pai e joga futebol e capoeira.

Assista: 

Comente agora
27
Jun
Chegou na Farmácia Santana de Cristina o repelente Exposis Extreme, 10 horas de duração
Postado por: Redação Voz da Bahia / 18:45h

Chegou na Farmácia Santana de Cristina o repelente Exposis Extreme. A linha Extrême protege você das picadas dos insetos, inclusive do Aedes Aegypti, mais conhecido como mosquito da dengue. O produto tem a duração de 10 horas. 

Comente agora
27
Jun
Odontomóvel realiza atendimento gratuito em quatro municípios; confira
Postado por: Débora Ayane / 17:13h

O Programa Saúde sem Fronteiras realiza atendimento no Odontomóvel, até a próxima sexta-feira (01), nos municípios de Dias d´Ávila, Olindina, Água Fria e Potiraguá. Nesses locais, quatro carretas farão serviços gratuitos como restauração, cirurgias de alta e baixa complexidade, tratamento de canal, colocação de coroa provisória, aplicação de flúor, exame radiológico, periodontia (tratamento de gengiva), entre outros. Para o atendimento, as pessoas devem levar o Cartão do SUS, documento de identidade e comprovante de residência.Confira os locais onde as carretas estão realizando o atendimento:

Dias d´Ávila – Avenida Perimetral Sul, Urbis, em frente ao PSF;

Olindina – Rua Antônio Borges s/n, nas proximidades da Prefeitura Municipal;

Água Fria – Praça da Matriz, em frente à Igreja Católica;

Potiraguá – Praça Getúlio Vargas, em frente à Câmara Municipal.

Comente agora
27
Jun
Doença que causa cegueira pode ser prevenida com vitamina C; saiba como ingerir
Postado por: Débora Ayane / 14:05h

Embora parte das doenças tenha como causa as heranças genéticas, é fato que o meio externo e os hábitos influenciam no aparecimento ou não delas. Exemplo é o recente estudo que mostrou a relação do desenvolvimento da carata, maior causa de cegueira no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), com o consumo de vitamina C.

O que é a catarata?

Caracterizada pela opacificação da lente dos olhos, a carata é uma doença que pode aparecer naturalmente com o avanço da idade. Fatores genéticos, traumas ou doenças primárias podem ser a causa do quadro.O principal sintoma é a visão turva e embaçada. Este embaçamento é causado pela oxidação do cristalino, lente natural do olho. É exatamente neste processo que fatores externos como a alimentação podem interferir.

Vitamina C faz bem para os olhos

Comente agora
26
Jun
Cuidados básicos com a higiene diminuem incidência de doenças no inverno
Postado por: Débora Ayane / 16:30h

Alergias, resfriados e infecções respiratórias, como pneumonia, bronquite e rinite, são as doenças mais comuns no inverno. A explicação para o aumento de casos está na queda de temperatura combinada com a baixa umidade do ar. Mas você sabia que, com alguns cuidados, é possível diminuir as chances de ser acometido por um destes problemas? É o que explica a pediatra do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Sonia Liston.“É fundamental a hidratação das mucosas nasais com soro fisiológico e a limpeza das mãos com álcool gel, água e sabão depois de tossir ou espirrar, após usar o banheiro, antes de comer e de tocar os olhos, boca e nariz”, alerta a especialista. “São procedimentos simples, mas que fazem toda a diferença”, complementa.De acordo com Sonia Liston, os vilões da saúde muitas vezes são os lugares mais frequentados pela população, de uma maneira geral, como shoppings centers e supermercados. Além dos transportes públicos e outros locais onde há um grande aglomerado de pessoas.“Eles facilitam a transmissão de doenças respiratórias, como a gripe. O pior é quando um indivíduo se encontra com imunidade baixa, podendo ter sérios riscos de desenvolver uma pneumonia no organismo”, afirma.Aconselha-se ainda redobrar a atenção com os cuidados de crianças e idosos, o grupo de maior risco para contaminação em casos de gripe e resfriado. “Nossa maior recomendação é fazer a imunização contra a gripe todo ano, porque diminui a gravidade da doença e as chances de complicações no futuro”, reforça a pediatra.

Comente agora
26
Jun
Chá de urtiga pela manhã melhora digestão, reduz fome e até mau hálito: veja receita
Postado por: Débora Ayane / 09:32h

Quem aprecia um bom chá pela manhã ou mesmo entre as refeições normalmente busca sempre novidades para evitar enjoar dos mesmos sabores e aromas, além de gostar de conhecer todos os benefícios que podem ser conquistados através de infusões naturais. Apesar de pouco comum, chá de urtiga pode ser a bebida que você procurava para melhorar a digestão, reduzir a fome e até combater o mau hálito.Rica em vitaminas, minerais e proteínas, a urtiga pode ser ingerida de manhã para garantir pique e energia. Boa fonte de cálcio, magnésio, potássio, zinco, entre outros, a planta possui clorofila, que promove equilíbrio hormonal, sono reparador, aumento da imunidade e diminuição do apetite.A infusão também é considerada uma boa aliada para desintoxicar o organismo e também reduzir o mau hálito e odor corporal. A urtiga pode ainda ser usada como remédio natural contra alergias respiratórias e no tratamento de eczema, psoríase e outras doenças da pele.

Como consumir chá de urtiga

Você pode ingerir diariamente o chá para tirar proveito de todos os benefícios da erva. Para preparar, vale apostar em uma receita indicada pelo site “MindBodyGreen”: coloque cerca de 200 gramas de ervas secas em um recipiente e adicione 1 litro de água, deixando a mistura descansar durante a noite. Beba todos os dias como um chá gelado com um pouco de mel ou em stevia em pó, se achar necessário.

Comente agora
25
Jun
SUS sem reajuste coloca em risco trabalhos filantrópicos
Postado por: Redação Voz da Bahia / 18:53h

O desenhista e palhaço Ivan Bastos, 46 anos, está internado no Hospital Santo Antônio, mantido pelas Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), na Cidade Baixa, desde o último dia 15. Assim que tiver alta médica, ele promete voltar à unidade para fazer um show artístico como forma de agradecer ao tratamento que vem recebendo contra erisipela (infecção na pele) e trombose. Ele é um dos pacientes que, beneficiados pelo atendimento da Osid, nem imaginam a dimensão do problema enfrentado pela unidade filantrópica de saúde. Este ano, segundo a superintendente das obras, Maria Rita Pontes, a instituição deve amargar déficit de R$ 18 milhões - 50% a mais do que o de 2015, quando a entidade perdeu R$ 12 milhões. As dificuldades do Hospital Santo Antônio - assim como de outras entidades filantrópicas da capital - são atribuídas à falta de reajuste nos valores pagos pelo Ministério da Saúde (MS) aos hospitais que prestam serviço pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Comente agora
25
Jun
Setor de Queimados do HGE registra 41 casos desde início do feriado de São João
Postado por: Dulce Santana / 14:12h

O Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, registrou 41 casos de vítimas de queimaduras da última quinta-feira (23) até o final da noite desta sexta-feira (24). De acordo com a instituição, a maioria dos pacientes apresentam queimaduras advindas do uso de fogos de artifício. Os números são do balanço parcial do hospital divulgado pelo jornal A Tarde nesse sábado (25). Segundo a publicação, o número é 57% maior que o registrado no mesmo período do ano passado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), quando foram realizados 26 atendimentos. Dentre os atendidos estão três jovens de 17, 14 e 8 anos, de bairros como Garcia, Narandiba e Brotas, que se queimaram ao manipular fogos de artifício.

Comente agora
25
Jun
Instituto Butantã começa a testar vacina contra a dengue em todo o país
Postado por: Dulce Santana / 11:43h

Os testes da terceira e última etapa da vacina contra a dengue, que já vinham sendo feitos desde fevereiro com 1,2 mil voluntários recrutados pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), começaram a ser realizados também, nessa quinta-feira (23), com 1,2 mil voluntários na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp), no interior paulista. O Hospital das Clínicas e a Famerp são dois dos 14 centros de estudo credenciados pelo Instituto Butantã - que desenvolve a vacina -, onde serão feitos os testes da terceira etapa do projeto. Esta fase envolverá 17 mil pessoas em 13 cidades, nas cinco regiões do país. Na próxima semana, segundo o instituto, um centro em Manaus (AM) e outro em Boa Vista (RO) também darão início aos trabalhos. A última etapa da pesquisa servirá para comprovar a eficácia da vacina. Do total de voluntários, dois terços receberão a vacina e um terço receberá placebo, que é uma substância com as mesmas características da vacina, mas sem os vírus, ou seja, sem efeito. Ninguém - nem a equipe médica e nem o voluntário - saberá quem vai receber a vacina e quem receberá o placebo. O objetivo é descobrir, a partir dos exames do material coletado desses voluntários, se quem tomou a vacina ficou protegido e se quem tomou o placebo contraiu a doença. Segundo Jorge Kalil. diretor do Instituto Butantã, São José do Rio Preto é a única cidade sem ser uma capital que participará desta etapa. “É o único centro que não está em uma capital. [São José do] Rio Preto tem uma medicina de muito boa qualidade e está em uma região onde é muito forte a dengue. Então, é lugar bom para a gente testar [a vacina]”, disse Kalil, em entrevista à Agência Brasil. 

Comente agora
24
Jun
'Melhor ter médico cubano que uma benzedeira', diz ministro da Saúde
Postado por: Anacley Souza / 21:28h

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, disse nesta sexta-feira (24), em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, que prefere ter médicos cubanos do que farmacêuticos ou benzedeiras atuando em locais de difícil acesso no país. "Se tiver algum ponto em que médicos brasileiros não queiram ir, teremos lá um médico cubano. É melhor ter um médico cubano do que um farmacêutico ou uma benzedeira", comparou o ministro, em visita oficial ao Paraná, estado onde nasceu e construiu carreira política. Pouco antes, ele garantiu que vai priorizar os médicos nacionais, em vez dos caribenhos, durante a renovação do contrato do Mais Médicos. "Em setembro, 3.500 médicos vencem o seu prazo [no programa federal]. Muitos vão permanecer, outros não. Nós vamos fazer um grande esforço no sentido que os médicos brasileiros preencham essas vagas". Além de Ponta Grossa, Barros também passou por Apucarana e Maringá nesta sexta-feira. Na última, sua cidade natal, foi recebido com protestos de pessoas que não concordam com o governo do presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), e, por consequência, com o ministério de Barros. Durante todo o dia, o ministro conversou com prefeitos da região e visitou unidades de saúde. Segundo ele, as visitas foram feitas para saber como são administrados os recursos advindos do Sistema Único de Saúde (SUS) no Paraná.

Comente agora
24
Jun
Diagnóstico precoce para artrite reumatoide ainda é desafio no Brasil
Postado por: Anacley Souza / 20:52h

Receber aos 39 anos de idade, no auge da vida produtiva, o diagnóstico de uma doença crônica e progressiva, com alto potencial incapacitante, provoca um impacto profundo na vida dos pacientes. Essa é a idade média em que os brasileiros com artrite reumatoide têm sua enfermidade identificada, derrubando o mito de que a doença estaria relacionada unicamente aos idosos, conforme indica uma pesquisa com mais de 3 mil pacientes realizada pelo Instituto Nielsen no Brasil e em outros 12 países, a pedido da Pfizer. Embora não exista cura para a artrite reumatoide, é possível manter a doença sob controle e evitar danos irreversíveis nas articulações se a doença for identificada em seus estágios iniciais, de modo que o paciente possa receber a medicação mais adequada. No Brasil, contudo, esse processo pode levar muitos anos, em um percurso que obriga o paciente a passar por vários médicos antes de obter uma resposta. “Quanto mais cedo a artrite reumatoide for diagnosticada, mais rapidamente o paciente poderá ser tratado, levando à diminuição da atividade da doença e proporcionando alívio da dor e melhora da qualidade de vida”, diz a reumatologista Rina Giorgi, diretora do Serviço de Reumatologia do Hospital do Servidor Público Estadual e integrante da Comissão de Artrite Reumatoide da Sociedade Brasileira de Reumatologia. Estima-se que a artrite reumatoide afete 2 milhões de pessoas no Brasil, o equivalente à população de uma cidade como Belo Horizonte (MG). Trata-se de uma doença crônica e inflamatória, que compromete as articulações e pode causar rigidez, deformidade articular e desgaste ósseo, incapacitando os pacientes até mesmo para executar tarefas cotidianas, como escovar os dentes. Normalmente, a artrite reumatoide atinge inicialmente as articulações das mãos e dos punhos, nos dois lados do corpo, mas a evolução do quadro pode causar deformidades e desvios maiores, alcançando as articulações mais centrais ¬– como cotovelos, ombros, tornozelos, joelhos e quadris.

Comente agora
24
Jun
Ministério da Saúde destina R$ 49,8 milhões para hospitais universitários
Postado por: Anacley Souza / 18:23h

O Ministério da Saúde liberou R$ 49,8 milhões para ampliação e qualificação de hospitais universitários com atendimentos prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Desse montante, R$ 23 milhões serão destinados a 13 unidades dos estados da região Sudeste. Hospitais de todas as regiões do país - 20 estados e o Distrito Federal - deverão ser beneficiados. Os valores serão repassados em parcela única para as instituições que comprovaram o cumprimento de metas de qualidade de porte e perfil de atendimento, capacidade de gestão, desenvolvimento de pesquisa, ensino e integração à rede do SUS. A verba é parte do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF), parceria entre os ministérios da Saúde e Educação e instituída em 2010. Desde o início do programa, os hospitais receberam mais de R$, 2,9 bilhões. No ano passado, as unidades receberam R$ 344 milhões e outros R$ 1,4 bilhão de incentivo.

Comente agora
24
Jun
6 formas simples de cortar calorias da sua vida todos os dias
Postado por: Débora Ayane / 16:04h

Se toda vez que você pensa em contar e, principalmente, cortar calorias no dia a dia sofre imaginando as privações que deverá fazer e na quantidade de horas que vai precisar passar na academia, saiba que talvez precise rever os seus conceitos e perceber que existem formas bastante simples de eliminar calorias da sua vida, sem grandes preocupações. Confira abaixo algumas dicas sugeridas pelo site da revista “Health”:

1. Evite comer na frente da televisão. Além de não prestar atenção aos alimentos e na mastigação, hábito importante para a perda de peso, você ainda acaba deixando de eliminar cerca de 300 calorias diariamente.

2. Saia do sofá e, mesmo se estiver com preguiça de ir para a academia, faça uma breve caminhada que, por dia, pode ajudar a eliminar mais de 200 calorias.

Comente agora
24
Jun
Como prevenir e curar a ressaca durante as Festas Juninas
Postado por: Redação Voz da Bahia / 15:15h

A temporada de festas de São João chegou e, com ela, além das inúmeras opções de diversão, a variedade de comidas e bebidas – cada uma melhor que a outra. Em muitas regiões do país, o período junino dura bem mais que uma semana e são diversas festas públicas e privadas para curtir. Como cai em um período em que muitas pessoas estão de férias, é natural se permitir alguns excessos ao participar das comemorações, indo dos deliciosos pratos típicos ao consumo de bebidas alcoólicas. A ingestão excessiva deste último, por sua vez, pode ocasionar a indesejada ressaca. Com alguns cuidados, as consequências de umas doses a mais podem ser facilmente evitadas ou amenizadas. O Confira Mais selecionou dicas para prevenir e curar ressaca, a vilã das noites de festa e diversão.

– Coma bem antes de pensar em ingerir uma grande quantidade de bebidas: Comer antes de beber irá ajudar a adiar o efeito do álcool e também irá amenizar a possível agressão. A prática conhecida como “forrar o estômago” pode ser feita com alimentos preferencialmente ricos em gorduras e carboidratos. A ingestão de vitaminas também é indicada.

– Mantenha o corpo hidratado: Ingerir regularmente água antes e depois de começar a beber é fundamental para prevenir uma ressaca forte no dia seguinte.

Comente agora
24
Jun
Ataques cardíacos podem ser 50% mais fatais para quem tem diabetes
Postado por: Dulce Santana / 11:36h

Um grupo de investigadores da Universidade de Leeds avaliou 700 mil pessoas que deram entrada no hospital devido a um ataque cardíaco num período de dez anos. Destes, 121 mil tinha diabetes. Depois de retirarem os efeitos da idade, sexo e alguma outra doença bem como as diferenças em relação ao tratamento médico de emergência recebido, a equipe descobriu que os pacientes com diabetes tinham 50% menos probabilidades de sobreviver a um ataque cardíaco do que as pessoas sem esta condição. Mais precisamente 56% mais probabilidade de morrer por causa de um enfarte do miocárdio com elevação do segmento ST - em que a artéria coronária fica completamente bloqueada – e 39% mais probabilidade de morte se tivessem um enfarte do miocárdio sem elevação do segmento ST – quando a artéria dica parcialmente bloqueada – do que as pessoas não diabéticas. O Dr. Chris Gale, que liderou a investigação, destaca que estas conclusões são prova de que a diabetes é um significativo agravante a longo prazo especialmente para as pessoas que já tiveram um ataque cardíaco. Como reporta o Indian Express, os investigadores destacam que o próximo passo será tentar descobrir como e porque a diabetes aumenta o risco de morte após um ataque cardíaco, de forma a poderem ser desenvolvidos novos tratamentos que aumentem ainda mais a taxa de sobrevivência.

Comente agora
24
Jun
Pessoas que tiveram dengue tem mais chances de ter zika vírus, diz estudo
Postado por: Dulce Santana / 10:07h

Um estudo publicado nesta quinta-feira (23) aponta que pessoas que já tiveram dengue tem mais chances de desenvolverem uma infecção mais severa pelo zika vírus. O estudo feito por pesquisadores do Imperial College London, do Instituto Pasteur de Paris e da Universidade Mahidol de Bangkok sugerem que os anticorpos desenvolvidos contra a dengue são capazes de reconhecer e se ligar ao zika por causa das similaridades dos vírus (ambos são da família dos flavivírus). A pesquisa foi publicada na revista "Nature Immunology". Os anticorpos da dengue podem potencializar a infecção pelo vírus da zika. Segundo o estudo, o fato é similar aos pacientes que são infectados por dengue por mais de uma vez, e que pode ocasionar dengue hemorrágica. Em situações normais, os anticorpos envolvem os vírus ou bactérias, neutralizando esses invasores e possibilitando que o sistema imunológico os destruam. Se o mesmo invasor aparecer novamente, já existem anticorpos treinados para combatê-lo. "Apesar de este trabalho estar em um estágio muito preliminar, ele sugere que a exposição prévia ao vírus da dengue pode potencializar a infecção por zika.

Comente agora
24
Jun
Ministério da Saúde destina R$ 4,8 milhões para reforma de hospitais universitários
Postado por: Dulce Santana / 09:41h

O Ministério da Saúde vai repassar R$ 4,8 milhões para ampliar e qualificar o atendimento de hospitais universitários de oito estados do Nordeste. Ao todo, 13 hospitais universitários ligados ao Sistema Único de Saúde (SUS) serão beneficiados com os recursos. Na Bahia, o Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos (Hupes), no Canela, receberá o menor recurso deste repasse, totalizando R$ 60.217,56. O maior valor será destinado para o Hospital Universitário do Maranhão, no valor total de R$ 2.564.159,50. O recurso destinado para as unidades integra os R$ 49,8 milhões liberados pelo Governo Federal, por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf). O programa foi instituído em 2010 para reforçar o orçamento das universidades mantenedoras de serviços de saúde. Desde o início do programa, mais de R$ 2,9 bilhões foram destinados para as reformas. O Programa é desenvolvido e financiado em parceria com o Ministério da Educação. O programa atinge hospitais de todas as regiões do país e os recursos destinados foram aprovados em lei orçamentária. Os valores serão liberados em parcela única para as universidades que comprovaram o cumprimento das metas de qualidade relacionadas a porte e perfil de atendimento, capacidade de gestão, desenvolvimento de pesquisa e ensino e integração à rede do SUS. Em 2015, os hospitais universitários realizaram mais de 23 milhões de atendimentos ambulatoriais e internações no Brasil, com investimento de R$ 828,3 milhões do Ministério da Saúde para o custeio desses serviços.

Comente agora
24
Jun
Conselheiro tutelar afirma que muitos menores em coma alcoólico deram entrada no posto de saúde no São João de SAJ
Postado por: Anacley Souza / 01:28h

A quantidade de menores desacompanhados no circuito do forró está preocupando o Conselho Tutelar em Santo Antônio de Jesus. Segundo o coordenador, o conselheiro Lucas Santos (na foto acima), muitos adolescentes estão sendo encaminhados ao posto de saúde instalado no circuito com sintomas de alcoolismo, “infelizmente a incidência de crianças e adolescentes fazendo uso de bebida alcoólica nos preocupa por ser muito grande”, disse em entrevista ao Voz da Bahia. Santos acrescentou ainda que o Conselho e a Secretaria de Assistência Social têm feito uma campanha preventiva e tem distribuído panfletos e cartazes em todo o local do evento, “o intuito é conscientizar sobre a situação”, disse. Lucas Santos salientou que, infelizmente o uso de bebida muitas vezes é permissivo por pais e responsáveis pelo menor o que vem agravado mais a situação, “estamos vendo crianças sozinhas na festa e muitas dando entrada nos postos em coma alcoólico”, salientou. Uma equipe de Conselheiros Tutelares está fazendo fiscalizações intensas no intuito de coibir o agravante fazendo um papel educativo, “os pais são alertados e os vendedores de bebidas alcoólicas são alertados e autuados com um registro da ocorrência no MP (Ministério Público) onde prestarão esclarecimentos. Infelizmente esta é nossa realidade”, concluiu.

Movimentação no Posto de Saúde no Circuito do São João / Foto: Voz da Bahia

Conselheiros Tutelar / Foto: Voz da Bahia

  1. Reportagem e Fotos: Voz da Bahia
Um comentário
23
Jun
Anticorpo da dengue é capaz de neutralizar zika, mostra estudo
Postado por: Anacley Souza / 22:28h

Dois novos estudos sobre os vírus da zika e da dengue mostram que a relação de familiaridade entre eles pode ser também de amor e ódio. Por um lado, dois anticorpos específicos contra a dengue se mostraram capazes de, potencialmente, também neutralizar o zika, indicando a possibilidade de desenvolvimento de uma vacina capaz de proteger contra as duas doenças simultaneamente. Por outro lado, viu-se que muitos dos outros anticorpos gerados nas pessoas infectadas com dengue acabam, na verdade, favorecendo a replicação do zika, o que traz novas pistas que podem indicar por que a epidemia de zika se espalhou tão rapidamente em um país que já vinha sofrendo com surtos de dengue. Os trabalhos, publicados nesta quinta-feira, 23, nas revistas Nature e Nature Immunology por um mesmo grupo de pesquisadores franceses e ingleses, podem parecer contraditórios à primeira vista, mas na prática eles jogam luz sobre a complexa relação da família dos flavivírus, da qual fazem parte os dois vírus, e também na imunologia. Na pesquisa da Nature, Félix Rey, do Instituto Pasteur, e colegas observaram que dois anticorpos específicos produzidos por pessoas que tiveram dengue são capazes de se ligar ao zika e neutralizá-lo, impedindo a infecção. Para os pesquisadores, essa descoberta lança a possibilidade de se desenvolver uma vacina universal contra os dois vírus. É uma capacidade muito específica desses dois anticorpos. Muitos dos outros gerados em pessoas infectadas com dengue parecem ter um efeito bem diferente, ao promover uma reação cruzada com o vírus da zika, aumentando sua capacidade de replicação. É o que observaram em estudos in vitro Gavin Screaton, do Imperial College de Londres, e colegas no estudo publicado na Nature Immunology. Essa era uma suspeita que pesquisadores brasileiros já tinham há muito tempo.

Comente agora
23
Jun
Checar o celular no escuro pode causar perda de visão temporária, sugere estudo
Postado por: Anacley Souza / 20:50h

Hoje em dia, muitas pessoas sentem dificuldade para ficar longe do smartphone - até mesmo na hora de dormir. Acontece que um estudo publicado por uma revista de pesquisa em medicina nesta semana sugere que ligar a tela do celular durante a noite, no escuro, pode causar perda de visão temporária. O estudo acompanhou duas mulheres, uma de 22 anos e outra de 40 anos, que não tiveram os nomes divulgados, e que se queixavam de perdas repentinas de visão. A "cegueira temporária" acontecia diversas vezes ao longo do dia, por apenas alguns segundos, e fez com que as mulheres passassem por uma série de exames diferentes até encontrar a causa. A perda de visão começou quando as duas usavam o smartphone de madrugada, na cama, no escuro do quarto. Ambas criaram o hábito de checar suas notificações com apenas um olho aberto e outro tampado pelo travesseiro, o que, segundo os médicos, foi o que acabou causando os momentos de cegueira temporária. O que acontece é que o olho que ficava coberto pelo travesseiro permanecia mais dilatado para se adaptar à escuridão, enquanto o outro olho ficava menos dilatado para se adaptar à luminosidade. Esse desequilíbrio, segundo especialistas, não causa uma perda de visão real, mas apenas a sensação de cegueira temporária - como quando entramos em um cômodo escuro após alguns minutos na rua sob o sol forte. A boa notícia é de que o estudo ainda não é conclusivo ou profundo o bastante para que se torne uma recomendação médica. Os pesquisadores que realizaram o estudo, porém, dizem que embora o fenômeno da perda de visão pelo uso de smartphones seja extremamente raro, é melhor evitar ligar a tela do aparelho durante a noite. Se você precisar mesmo ligar o celular no escuro, os especialistas recomendam que o faça com os dois olhos abertos e com a tela no menor nível de luminosidade possível. Mesmo que não cause cegueira, esse hábito pode prejudicar o seu sono e, consequentemente, afetar a sua saúde em outros aspectos.

Comente agora
23
Jun
Hemoba garante estoque de sangue para o São João
Postado por: Redação Voz da Bahia / 19:45h

Embora não tenha conseguido alcançar a meta - 250 bolsas de sangue por dia -, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) está com estoque de sangue suficiente para atendimento das demandas hospitalares que podem surgir no período do São João. A Fundação estava em campanha desde o final de maio para incentivar a população a fazer a doação. Segundo o órgão, no período que antecede os festejos juninos, a demanda de doadores diminui consideravelmente. Por outro lado, aumenta o número de feridos em acidentes nas estradas. "Não atingimos a meta dia a dia, mas de uma forma global conseguimos. Não há riscos de falta de sangue. Está tranquilo para o São João, mas quem puder deve ir doar", ressaltou o coordenador do setor de coleta da Fundação, Marcelo Mattos.

Movimento: Na manhã desta quinta-feira, 23, o movimento foi considerado fraco. Situação comum, segundo Matos, em razão de muitas pessoas viajarem por conta dos festejos juninos. O pintor Igor da Silva, 35, saiu de Luís Anselmo, onde mora, para doar sangue. Doador há 15 anos, ele aproveitou uma folga para ir ao Hemoba. "A importância de vir aqui é que a gente está ajudando muitas pessoas. Muita gente não tem noção da situação, da falta de sangue. Mas temos que lembrar que a gente pode ser o próximo a precisar", afirmou. O agente de limpeza Valnei José de Oliveira, 37, também aproveitou uma folga para ir ao local. "Sou doador ativo. É importante fazer isso porque a gente ajuda a salvar vidas. Nessa época de festas, o estoque não é suficiente", afirmou. Nesta sexta-feira, 24, o Hemoba está fechado por conta do feriado de São João. Sábado, 25, o hemocentro coordenador, localizado na ladeira do Hospital Geral do Estado (HGE) - em Salvador estará funcionando normalmente, das 7h 30 às 12h 30. Para fazer a doação, é necessário que o voluntário esteja em boas condições de saúde, deve pesar 50 quilos ou mais e ter idade entre 16 e 69 anos. Nos casos de menores de 18 anos, é preciso estar acompanhados por um responsável legal, para cada doação. É necessário, ainda, estar bem alimentado, tendo, preferencialmente, ingerido alimentos sem gordura, e portar um documento oficial com foto (RG, carteira de trabalho, carteira de motorista ou de reservista) que devem estar em bom estado de conservação.

Comente agora
23
Jun
Exposição prévia a dengue pode potencializar zika, sugere estudo
Postado por: Débora Ayane / 16:08h

Pessoas que já tiveram dengue podem ter um risco maior de desenvolverem uma infecção mais severa pelo vírus da zika, de acordo com um estudo publicado nesta quinta-feira (23) na revista "Nature Immunology".Testes feitos por pesquisadores do Imperial College London, do Instituto Pasteur de Paris e da Universidade Mahidol de Bangkok sugerem que os anticorpos desenvolvidos contra a dengue são capazes de reconhecer e se ligar ao zika por causa das similaridades dos vírus (ambos são da família dos flavivírus).Por um mecanismo chamado de "amplificação dependente de anticorpos", esses anticorpos de dengue pré-existentes são capazes de potencializar a infecção pelo vírus da zika.É algo similar ao que ocorre com pacientes que são infectados por dengue mais de uma vez, por diferentes sorotipos do vírus: na segunda infecção, o risco de dengue hemorrágica é sempre maior do que na primeira.Em situações normais, os anticorpos envolvem os vírus ou bactérias, neutralizando esses invasores e possibilitando que o sistema imunológico os destruam. Se o mesmo invasor aparecer novamente, já existem anticorpos treinados para combatê-lo.

Comente agora
23
Jun
Fique atento às calorias para não sair da linha nas festas juninas
Postado por: Débora Ayane / 15:21h

O mês de junho é, para muitos, o mês mais delicioso do ano. Cachorro-quente, bolo de fubá, vatapá, espetinho, quentão, arroz doce, pipoca, pamonha, milho cozido... todas os quitutes maravilhosos e irresistíveis. Para quem gosta de aproveitar a época, vale ter atenção nas calorias consumidas, para que o mês não seja responsável pelo derradeiro fim da dieta.A nutricionista Kátia Ushiama, do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos (SP), afirma que muitos alimentos possuem cálcio, fibras e vitaminas. Ela indica que trocar o leite integral pelo desnatado é uma opção para tornar tudo mais saudável. Outra possibilidade é trocar o açúcar branco pelo mascavo ou até por outros adoçantes artificiais, como stevia.Confira uma lista com alguns alimentos típicos desta época e suas respectivas calorias por cada porção de 100 g, segundo o site Doutíssima:

  • Arroz-doce: 160 kcal
  • Pé de moleque: 487 kcal
  • Paçoca: 484 kcal
  • Pinhão: 174 kcal
  • Bolo de fubá: 350 kcal
  • Vinho quente: 120 kcal
Comente agora
23
Jun
Hipertireoidismo leva a emagrecimento rápido e indisposição corporal
Postado por: Redação Voz da Bahia / 11:49h

A glândula tireoide é uma das mais importantes do corpo humano, responsável pela produção de hormônios que controlam o metabolismo. Quando há desequilíbrio nessa produção, seja para mais ou para menos, o gasto de energia pelas células apresenta picos desregulados, afetando diversos sistemas do corpo, e desenvolvendo doenças como o hipertireoidismo e o hipotireoidismo. Segundo o IBGE, 15% da população brasileira sofre com problemas na glândula. A estudante Paula Borges, de 20 anos, nunca tinha ouvido falar de nenhuma das duas condições médicas relacionadas ao desequilíbrio hormonal tireoidiano quando começou a apresentar os sintomas do hipertireoidismo. “Perdi muito peso num curto período de tempo, comecei a ficar sem força para a academia e com intolerância ao calor. Minha insônia também aumentou consideravelmente”, lembra. Com 14 quilos a menos e sem disposição para exercícios físicos, ela recebeu a indicação de seu pai, que é médico, para procurar uma endocrinologista. Com exames de sangue, as taxas insuficientes de TSH (hormônio estimulante da tiroide) e a alta dosagem de tiroxina (T4) e triiodotironina (T3) constaram o diagnóstico.

Comente agora
23
Jun
Uso prolongado de analgésicos aumenta o risco de morte
Postado por: Dulce Santana / 10:08h

O uso a longo prazo de analgésicos opióides – como a morfina – não só não alivia a dor, como aumenta significativamente o risco de morte. Os alertas são dados em dois estudos distintos. Segundo a investigação realizada na Johns Hopkins University, e publicada na American Journal of Preventive Medicine, o uso de analgésicos opióides a longo prazo não só não alivia a dor, como a pode aumentar, tornando-a crônica e insuportável, o que tira qualidade de vida ao paciente e dificulta o diagnóstico de outras doenças. Já a investigação realizada na Venderbilt University revela que o uso prolongado destes fármacos para aliviar a dor aumenta em 90% o risco de morte por qualquer causa. Publicado na JAMA, o estudo revela que a probabilidade de morte é ainda maior quando a toma de analgésicos opióides é combinada com o uso de outros fármacos, incluindo os antidepressivos.

Comente agora
23
Jun
Vírus da zika provoca infecção ocular em adultos ligada a glaucoma, diz USP
Postado por: Dulce Santana / 07:52h

Pesquisadores da USP em Ribeirão Preto (SP) descobriram que o vírus da zika causa a uveíte, uma inflamação ocular grave em adultos associada a complicações como o glaucoma – lesão no nervo óptico que pode provocar cegueira - e a catarata. A conclusão está em um estudo publicado este mês no periódico The New England Journal of Medicine. O grupo aponta que a doença não tem tratamento próprio, mas o uso de anti-inflamatórios se mostrou eficaz contra a evolução do quadro clínico. “O principal achado é que agora a gente viu que, mesmo em um adulto, o zika vírus é capaz de atravessar as barreiras para chegar dentro do olho, o que não é uma coisa muito fácil”, explica João Marcello Fortes Furtado, professor do departamento de Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia da Cabeça e Pescoço da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). A manifestação do vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti em adultos até então só era relacionada a uma conjuntivite passageira, além de sintomas como febre, coceira e dores musculares. Com 49,8 mil casos confirmados em todo o país este ano, segundo levantamento do Ministério da Saúde divulgado em 17 de junho, o vírus da zika também é associado à microcefalia em recém-nascidos – que em todo o território nacional chegam a 1.616 confirmações -, além da possibilidade de relação com a síndrome de Guillain-Barré.

Comente agora
23
Jun
Min. da Saúde aponta 1.154 casos notificados de microcefalia na BA
Postado por: Dulce Santana / 07:32h

O boletim divulgado pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (22) aponta 1.154 casos notificados de microcefalia na Bahia. Dezenove a mais do que o último relatório divulgado pelo órgão, no dia 15 de junho. O estado é o segundo com maior número de casos do país, ficando atrás de Pernambuco, que até agora registrou 2.008 casos. Os dados divulgados nesta quarta são referente ao período até o dia 18 de junho. O relatório é feito com os dados enviados pelas secretarias estaduais da saúde, informou a pasta. De outubro de 2015 até maio deste ano, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) registrou 32 mortes por microcefalia na Bahia. Os casos fatais foram nas cidades de Alagoinhas (1), Anguera (1), Camaçari (3), Conceição do Jacuípe (1), Cravolândia (1), Crisópolis (1), Jaguaripe (1), Jequié (1), Monte Santo (1), Barro Preto (1), Campo Formoso (1), Itabuna (2), Itapetinga (1), Olindina (1), Salvador (6), Tanhaçu (1), Esplanada (1), Feira de Santana (1), Presidente Tancredo Neves (1), Santo Antônio de Jesus (1), Simões Filho (1), Senhor do Bonfim (1), Ilhéus (1), Lauro de Freitas (1). De acordo com os critérios do Ministério da Saúde, é considerado microcefalia o bebê com perímetro cefálico menor ou igual a 31,9cm, no caso de menino, e menor ou igual a 31,5cm, em menina. Os casos da doença estão relacionados ao vírus da zika, doença transmitida pelo mosquito Aedes Eegypti. (G1/Bahia)

Comente agora
22
Jun
Corpo de Bombeiros dá dicas de como evitar problemas com queimaduras
Postado por: Redação Voz da Bahia / 23:58h

As festividades juninas aumentam a demanda por atendimento em casos de queimaduras nas unidades de saúde do estado. Para evitar contratempos, o Corpo de Bombeiros da Bahia preparou um vídeo com dicas importantes que devem ser seguidas por eventuais vítimas de acidentes com queimaduras. Veja:

Comente agora
22
Jun
Novo teste com fosfoetanolamina aponta baixa eficácia contra câncer
Postado por: Anacley Souza / 21:29h

O Centro de Inovação e Ensaios Pré-Clínicos (CIEnP) concluiu, na semana passada, novos testes com a fosfoetanolamina, composto que ficou conhecido como "pílula do câncer". Os pesquisadores avaliaram, em células de câncer de pâncreas, pulmão e melanoma, a atividade citotóxica e antiproliferativa da substância, ou seja, sua capacidade de destruir células tumorais e inibir seu crescimento. Para realizar os testes, os pesquisadores utilizaram a fosfoetanolamina sitentizada pelo pelo Instituto de Química da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). A conclusão foi que a fosfoetanolamina não teve eficácia contra as células de câncer de pâncreas ou melanoma. No caso do câncer de pulmão, a substância foi capaz de reduzir a viabilidade celular em 10,8% e a proliferação em 36,1%. No entanto, os pesquisadores observaram que a mudança de pH resultante do acréscimo da substância por si só já teria tido esse efeito contra as células de câncer. Para os pesquisadores, "esse efeito parece estar relacionado com a redução do pH do meio de cultura" e não com a fosfoetanolamina em si. O estudo faz parte de uma iniciativa federal para avaliar a possível eficácia do composto contra o câncer, coordenada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Testes anteriores resultantes dessa iniciativa já apontavam para o baixo potencial da substância. A fosfoetanolamina passou a ser sintetizada e distribuída pelo Instituto de São Carlos da Universidade de São Paulo (IQSC-USP) para pacientes com câncer sem que a substância tivesse passado pelos testes clínicos necessários para determinar a segurança e eficácia do tratamento. O pesquisador aposentado Gilberto Orivaldo Chierice, que desenvolveu um método de síntese da fosfoetanolamina quando era professor do IQSC-USP, tinha obtido apenas resultados preliminares em modelos experimentais sobre a possível eficácia da substância contra o câncer.

Comente agora
22
Jun
Saiba como aproveitar as comidas do período junino, sem exageros!
Postado por: Redação Voz da Bahia / 17:32h

As festas juninas são as mais esperadas do Nordeste e tudo se torna mais atraente e colorido, como a decoração, os fogos e, em especial, as comidas! Então logo surge a dúvida: como manter o peso diante de tantas delícias? Os especialistas alertam que não precisa se desesperar. A depender das escolhas, as opções poderão ser saborosas e saudáveis, sem comprometer o peso. Claro que tudo depende também da moderação e das boas escolhas. O milho é fonte de energia, fibras, vitamina A, B1, C, ferro, potássio e é o tradicional ingrediente da maioria dos pratos juninos, seguido da mandioca. “É preciso ter cuidado com o excesso de gordura associado ao consumo, como por exemplo a manteiga utilizada no milho cozido ou na pipoca”, explica Sara Frediani, nutricionista da Hammer Academia. O amendoim é outro ingrediente dos pratos típicos, rico em potássio, magnésio, zinco, proteína e gordura monoinsaturada (aquela benéfica ao organismo). “Algumas iguarias feitas com o amendoim podem conter grande quantidade de açúcar, como no caso do pé de moleque (490 Kcal em 100g) e da paçoca (150 Kcal em 30g). Sendo assim, deve ser consumido com moderação”, acrescenta a nutricionista. A tapioca é outra ótima opção, que pode ser consumida doce ou salgada. Por ser produzida a partir da mandioca, é rica em carboidratos e alto teor energético, a depender do recheio escolhido.

Comente agora
22
Jun
Número de mortos por H1N1 no Brasil sobe para 1.003, segundo boletim
Postado por: Redação Voz da Bahia / 17:19h

Desde o início do ano até o dia 11 de junho, 1.003 pessoas morreram em decorrência do vírus H1N1 no Brasil, segundo novo informe epidemiológico publicado pelo Ministério da Saúde. Em uma semana, desde a divulgação do boletim anterior, foram registradas 117 novas mortes pelo vírus. Trata-se do maior número de mortes por H1N1 no país desde a pandemia de 2009, que matou 2.060 brasileiros. Ao todo, foram notificados 5.214 casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) por influenza A/H1N1 ao longo de 2016. A SRAG é uma complicação da gripe. Em uma semana, foram registrados 633 novos casos de SRAG por H1N1 no país. Além das mortes pela influenza A/H1N1, houve ainda 100 mortes por outros tipos de influenza. São Paulo foi o estado com o maior número de mortes por influenza, correspondendo a 42,7% do total no país. Na semana passada, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, disse que adiantará o início da campanha de vacinação contra o vírus H1N1 em 2017.

Vírus chegou antes do previsto

Comente agora
22
Jun
Estresse é a principal causa de problemas digestivos, diz estudo
Postado por: Débora Ayane / 15:49h

Cerca de 88% das mulheres admite ter tido problemas digestivos nos últimos 12 meses – 5% a mais do que os homens. O estudo realizado por analistas de consumo da Mintel concluiu ainda que o estresse é o maior responsável, levando a 30% dos problemas de estômago, sendo que cerca de 26% dos problemas digestivos se devem à má alimentação e 17% à falta de sono. O estresse pode ainda afetar a pele. Enquanto os problemas digestivos provocados por vírus representam apenas 14%, a mesma percentagem de casos se devem ao consumo de álcool. Além disso, como destaca o Daily Mail, o estresse também pode provocar efeitos indiretos, como a falta de sono e uma má dieta a terem também impacto na saúde da mulher.

Comente agora
22
Jun
Hemoba atenderá em horário reduzido neste São João; confira
Postado por: Débora Ayane / 15:44h

Devido aos festejos juninos, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) vai funcionar em horário reduzido. Na próxima quinta-feira (23), o atendimento será das 7h30 às 12h30, já na sexta-feira (24) a Hemoba estará fechada por conta do feriado de São João. No sábado (25) o hemocentro coordenador, localizado na ladeira do Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador volta a funcionar normalmente, das 7h30 às 12h30. Para doar sangue, é necessário que o voluntário esteja em boas condições de saúde, pesar 50 quilos ou mais e ter idade entre 16 e 69 anos – menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal, para cada doação. O candidato deve estar bem alimentado, tendo, preferencialmente, ingerido alimentos sem gordura, e portar um documento oficial com foto (RG, carteira de trabalho, carteira de motorista ou de reservista) em bom estado de conservação.

Comente agora
22
Jun
Rio 2016: OMS emite alerta sobre riscos de saúde e segurança
Postado por: Anacley Souza / 11:38h

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou nesta terça-feira (21) um alerta com relação a riscos sanitários e de segurança no Rio de Janeiro durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Entre as recomendações da entidade, vinculada às Nações Unidas, estão não viajar sozinho à noite, evitar áreas perigosas, viajar sempre acompanhado e usar apenas táxis e ônibus autorizados no aeroporto. Segundo a Agência Brasil, outros riscos apontados pela OMS são os acidentes de trânsito e as chuvas fortes, que podem provocar vítimas. A organização também alertou para as doenças provocadas por mosquitos como a dengue, chikungunya e a zika. Para evitar a infecção pelo vírus Zika, a OMS recomendou o uso de repelentes e preservativos. Grávidas são desencorajadas a vir para o Brasil.

Comente agora
22
Jun
Pessoas com asma devem evitar o contato com a fumaça dos fogos juninos
Postado por: Redação Voz da Bahia / 10:59h

A data que marca o início do inverno no Brasil, 21 de junho, é também o Dia Nacional do Controle da Asma. Neste dia, médicos, organizações e planos de saúde, a exemplo do Planserv – Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais, buscam alertar a população sobre uma das doenças que mais levam os cidadãos aos serviços de urgência. Na região nordeste, neste período, a inalação de fumaça proveniente da queima de fogos de artifício, comuns nos festejos juninos, costuma piorar a situação. “O melhor é evitar o contato”, sugeriu a pneumologista credenciada ao Planserv, Marta Leite. Segundo a médica, uma crise asmática pode ser desencadeada quando o paciente se expõe a substâncias transportadas pelo ar, tais como fumaça, sobretudo provocada por cigarro e fogos; ácaros; poeira; pelos de animais; poluentes ambientais; mofo; substâncias químicas (tintas, desinfetantes e produtos de limpeza) e infecções virais (gripe), além de certos medicamentos. “Fatores emocionais e atividade física intensa também podem provocar irritação das vias aéreas”, disse. A doença - A asma é uma doença inflamatória crônica dos brônquios, vias por onde entra e sai o ar que respiramos.

Comente agora
22
Jun
Surto de caxumba no Brasil é o maior em quase dez anos
Postado por: Anacley Souza / 09:43h

O número de casos de caxumba registrados neste ano no Estado de São Paulo já é o maior desde 2008, segundo balanço do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE da Secretaria Estadual da Saúde. Até o dia 16 de junho, quando foi divulgado o último levantamento, foram contabilizados 842 casos. Entre 2009 e 2015, o número variou, no ano inteiro, entre 118 (2014 e 671 (em 2015). Em todo 2008, foram 3.394 registros. A imunização incompleta de parte da população, que não tomou as duas doses da vacina, e o fato de o vírus estar mais atuante estão entre as razões apresentadas por infectologistas para o aumento dos surtos. “Não tem uma explicação certeira para isso, mas sabemos que é um vírus altamente infectante e ele está circulando mais. Temos uma faixa de pessoas que não foram vacinadas adequadamente para a caxumba, porque é preciso ter duas doses e, antes de 2000, a padronização do esquema vacinal era diferente”, explica Ralcyon Teixeira, médico infectologista e supervisor do pronto-socorro do Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Ele explica que o período de incubação da doença é grande e que, mesmo antes da manifestação de sintomas - inflamação das glândulas salivares, dor de cabeça e febre -, a pessoa já pode transmitir a caxumba. “O prazo de incubação é de 16 a 18 dias, mas pode se manifestar em até 25 dias e a pessoa já começa a expelir o vírus.” Em janeiro deste ano, a infectologista Luciana Marques Sansão Borges, de 31 anos, teve caxumba, que se manifestou em ambos os lados do pescoço. Ela conta que ninguém de sua família nem do seu ambiente de trabalho estava com a doença. “Foi depois da virada do ano e não tinha ido a nenhum lugar com aglomeração. Quando acordei, estava com um inchaço de um lado do rosto e com dor. Fiquei nove dias afastada do trabalho.” Apenas após o episódio que ela se deu conta de que não tinha tomado as duas doses da vacina.

Comente agora
22
Jun
Exame de sangue pode prever risco de infarto
Postado por: Anacley Souza / 09:04h

Um exame de sangue pode prever o risco de uma pessoa sofrer um infarto nos cinco anos seguintes ao teste. De acordo com um estudo publicado recentemente no periódico científico EbioMedicine, pacientes com níveis mais altos de anticorpos – moléculas produzidas pelo sistema imunológico – do tipo imunoglobulina G (IgG) são menos propensos a problemas cardiovasculares, como infarto ou acidente vascular cerebral (AVC). No novo trabalho, pesquisadores do Imperial College London e da Universidade College London, ambas na Inglaterra, acompanharam 1.753 pessoas, em tratamento para pressão alta – fator de risco para problemas cardiovasculares -, ao longo de cinco anos. Destes, 470 sofreram algum evento cardiovascular – infarto ou AVC – durante o período de acompanhamento. Os resultados mostraram que os voluntários com maiores níveis do anticorpo IgG corriam 58% menos risco de ter doença coronariana ou um infarto e uma probabilidade 38% menor de sofrer um AVC ou outro problema cardiovascular, independente de outros fatores de risco como pressão alta e nível de colesterol. “Vincular um sistema imunológico mais forte e robusto com uma maior proteção contra ataques cardíacos é uma descoberta muito excitante. Nós esperamos poder usar a nova descoberta para estudar os fatores que levam algumas pessoas a ter um sistema imunológico que ajuda a protegê-las contra o problema, enquanto outras não. Esperamos também explorar formas de fortalecer o sistema imunológico para ajudar a proteger contra doenças cardíacas.”, disse Ramzi Khamis, pesquisador do Imperial College London e coautor do estudo. A principal causa de doença cardiovascular é a aterosclerose – acúmulo de depósitos de gordura nas paredes das artérias – que pode restringir o fluxo sanguíneo do coração

Comente agora
22
Jun
Uso dos termômetros com mercúrio poderá ser vetado
Postado por: Anacley Souza / 08:49h

Os termômetros e os esfigmomanômetros, equipamentos utilizados para medir a pressão arterial, com coluna de mercúrio podem estar com os dias contados. Nesta semana, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) abriu uma consulta pública para discutir a proibição da fabricação, importação, comercialização e uso em serviços de saúde destes instrumentos no Brasil. Estes aparelhos possuem uma coluna transparente contendo mercúrio no seu interior, que tem a finalidade de aferir valores de temperatura corporal, no caso do termômetro, e de pressão arterial, no caso do esfigmomanômetro. O mercúrio, contudo, é uma substância tóxica para os humanos e para o meio ambiente. Na natureza, ele pode se ligar a outros elementos químicos e formar o metilmercúrio, uma forma que pode ser ainda mais nociva. De acordo com o Ministério da Saúde, o metilmercúrio é capaz de prejudicar os rins, fígado e sistema nervoso central. Isso pode causar a perda da coordenação motora, dificuldades na fala e na audição, perturbações sensoriais, fraqueza muscular e até mesmo levar à morte. De acordo com a Anvisa, já existem no mercado outras alternativas de equipamentos com a mesma finalidade e que não utilizam a coluna de mercúrio. A proposta de extinguir os termômetros e esfigmomanômetros de mercúrio faz parte de um compromisso firmado pelo governo durante a Convenção de Minamata, um tratado global que tem como meta banir, até 2020, os produtos que contêm o metal. A proibição da substância é uma tendência mundial. A União Europeia baniu os termômetros de mercúrio em 2007 e, nos Estados Unidos, 13 estados têm leis que impedem a fabricação, venda e distribuição desses instrumentos. Além do Brasil, outros 139 países assinaram a Convenção de Minamata. A consulta pública estará disponível a partir de da próxima segunda-feira (27) até o dia 25 de agosto. Caso seja aprovada, a resolução deverá entrar em vigor em janeiro de 2019. A proibição não será válida, contudo, para instrumentos utilizados em pesquisas, calibração de instrumentos e uso como padrão de referência.

Comente agora
22
Jun
Brasil e EUA acompanham 10 mil gestantes para avaliar riscos do Zika
Postado por: Anacley Souza / 08:39h

Pesquisadores do Brasil e dos Estados Unidos acompanharão 10 mil gestantes em locais onde circula o Zika para verificar o alcance dos riscos do vírus à saúde. O estudo, em parceria entre a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, pretende comparar as gestações de mães infectadas e não infectadas por Zika e a evolução dos seus bebês. A ideia do estudo Zika in Infants and Pregnancy – ZIP (Zika em Grávidas e Bebês) é saber se as mulheres foram infectadas pelo vírus durante a gravidez e verificar as consequências dessa infecção para os fetos nos casos positivos. Para a comparação, serão documentados frequência de abortos espontâneos, nascimentos prematuros, microcefalia, malformações do sistema nervoso e outras complicações. Problemas na gravidez também serão considerados para análise das ameaças do vírus Zika. As participantes da pesquisa são mulheres em seu primeiro trimestre de gravidez que não tiveram Zika e que tenham mais de 15 anos de idade. O levantamento teve início em Porto Rico, e no Brasil deverá começar em entre julho e agosto.Das 10 mil gestantes que o estudo acompanhará, 4 mil serão brasileiras moradoras do Rio de Janeiro, Salvador, Recife e Ribeirão Preto. O estudo também vai comparar o risco de complicações na gravidez entre mulheres que tiveram sintomas de infecção por Zika e aquelas infectadas, mas que não apresentaram sintomas. Além disso, a pesquisa avaliará as alterações causadas pela infecção em embriões e fetos, bem como a forma com que outros fatores podem interferir como determinantes sociais, ambientais e a ocorrência de outras infecções, como casos prévios de dengue. (Agência Brasil)

Comente agora
21
Jun
Mulheres ficam lesionadas após aplicação de enzima para emagrecer
Postado por: Anacley Souza / 22:28h

Pelo menos 13 mulheres registraram boletim de ocorrência contra uma esteticista de Porto Velho após um tratamento estético que causou lesões na barriga, pernas e costas das pacientes. As aplicações da enzima conhecida como Hyalosima causaram problemas colaterais em pelo menos 21 mulheres que buscavam emagrecer. A clínica onde eram realizadas as sessões não possuía alvará e foi interditada pela Vigilância Sanitária. De acordo com o delegado que acompanha o caso, a primeira ocorrência foi registrada em maio, mas somente na última segunda-feira (13), foram realizadas vistorias no local. Segundo as mulheres, as aplicações ocorreram em abril deste ano, mas somente na última segunda-feira (13) a esteticista foi ouvida pela Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Deccon). De acordo com o delegado titular da Deccon, Márcio Reis Maia, a dona da clínica descartou os recipientes onde a enzima era armazenada antes que fosse coletada uma amostra para análise. A jovem Karoline dos Santos, de 23 anos, e a sua mãe de Valda Mota, de 50 anos, já haviam feito um tratamento na clínica, mas não haviam tido nenhum efeito colateral até abril deste ano. Após as aplicações as duas mulheres tiveram dores de cabeça, náuseas, cansaço e lesões nas costas, barriga e pernas. "Nós chegamos à clínica em dezembro de 2015, após uma amiga indicar o tratamento, mas não tive lesão, consegui emagrecer conforme a mulher que aplicou prometia. Mas, em abril deste ano resolvi fazer o tratamento de novo, pois a esteticista disse que havia trocado o produto para que ele tivesse um resultado mais rápido", disse Karoline. Após as aplicações feitas pela dona da clínica, Karoline e Valda começaram a ter feridas onde a aplicação da enzima havia sido feita. "Em 20 dias as lesões apareceram, começaram a ter secreção, os efeitos começaram a aparecer. Procuramos a esteticista, mas ela afirmava que era normal, dizia para fazermos compressa e nos deu antibiótico, mas o ferimento não sarava", declarou Karoline. Depois de meses da aplicação, as duas mulheres conheceram mais 19 pessoas que haviam feito o procedimento estético e também ficaram lesionadas.

Comente agora
21
Jun
Ingerir suplemento de vitaminas sem acompanhamento pode ser prejudicial
Postado por: Débora Ayane / 16:45h

O hábito de tomar suplementos vitamínicos regularmente pode ser prejudicial para a saúde. Além de poder exceder a dose diária recomendada de um micronutriente (aumentando a sua toxicidade), os suplementos vitamínicos não têm uma absorção tão eficaz quanto os alimentos no seu estado natural, podendo ser altamente perigoso para a saúde quando são usados como substitutos de determinados alimentos.O alerta é dado por um conjunto de médicos e nutricionistas brasileiros que, ao site O Globo, alertam para o fato de que a toma de suplementos deve ser sempre aconselhada por um médico, visto que o risco de toxicidade é real e o aumento da probabilidade de problemas cardiovasculares também.Annie Bello, professora de Nutrição na Universidade do Estado do Rio de Janeiro, deixa mesmo o alerta: “Ingerir betacaroteno de frutas e legumes reduz o risco de doenças cardiovasculares, segundo estudos. Mas quando esse nutriente é tomado como suplemento, pode aumentar o risco de câncer de pulmão”.E o mesmo acontece com a vitamina E: “Quem ingere naturalmente tem menor risco de doença coronária, mas, como suplemento, pode aumentar o risco de derrame”.Os suplementos tomados sem aconselhamento médico podem ainda exercer um potencial tóxico, uma vez que a dose diária recomendada destes micronutrientes é de algumas miligramas, sendo difícil um cálculo exato do que já foi ingerido ou não.

Comente agora
21
Jun
Anvisa propõe proibir uso de termômetros de mercúrio na saúde
Postado por: Redação Voz da Bahia / 16:11h

O termômetro de mercúrio pode estar com os dias contados, ao menos para o uso em saúde. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) abriu, nesta segunda-feira (20), uma consulta pública para discutir a proposta de proibição do termômetro com coluna de mercúrio usado para diagnóstico em saúde. O mesmo vale para o esfigmomanômetro de mercúrio, aparelho usado para medir pressão. O velho termômetro consiste em um tubo de vidro com um pequeno volume de mercúrio dentro. O calor faz o mercúrio dilatar e indicar, em uma escala graduada, a variação da temperatura.A proposta da Anvisa é proibir a fabricação, importação, venda e uso em serviços de saúde. Caso aprovada, a resolução deve entrar em vigor em janeiro de 2019. A consulta pública ficará aberta durante dois meses.

Tóxico para humanos e meio ambiente
O mercúrio é tóxico para humanos e para o meio ambiente, onde pode se ligar a outros elementos químicos e formar o metilmercúrio, que o torna ainda mais prejudicial.Segundo o Ministério da Saúde, o metilmercúrio pode prejudicar os rins, fígado e sistema nervoso central, levando a sintomas como perda de coordenação motora, dificuldades na fala e audição, perturbações sensoriais e fraqueza muscular. Em casos mais extremos, pode levar à morte.Em quantidades tão pequenas quanto a presente em um termômetro, porém, dificilmente causará problemas de saúde, segundo avaliação do Serviço Nacional de Saúde (NHS) do Reino Unido.Os termômetros de mercúrio já foram banidos da União Europeia em 2007, quando a venda foi proibida.

Comente agora
21
Jun
HRSAJ monta esquema de atendimento as vítimas de queimaduras para o período junino
Postado por: Débora Ayane / 15:54h

O coordenador da Unidade de Terapia de Queimados (UTQ) do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, o Dr. Carlos Brilha por meio de entrevista emitida através da Andaiá FM nesta terça-feira (21) falou como será a expectativas dos plantões e atendimentos durante o São João 2016. O hospital está sempre aberto para pacientes vítimas de queimaduras e a UTQ está preparada para atender casos de alta complexidade, de acordo com Carlos a unidade é treinada para o pronto atendimento e com equipamentos necessários para resolver esse tipo de problema. O HRSAJ atende toda região e como em Santo Antônio de Jesus, durante o período junino, há mais shows do que festas com queimadas de fogos o número de acidentes com queimaduras não são grandes, “por isso o HRSAJ está montando um esquema para os atendimentos destes pequenos casos na emergência e somente internar os pacientes que realmente precisam de cuidados especializados”, disse. De acordo com o coordenador, o esquema para atendimentos da unidade de queimados já está montado, mas virá reforços para a emergência caso haja um quantitativo maior de casos e também para não interferir no fluxo de grandes atendimentos. Para atender as crianças, o Regional conta com emergências pediátricas clínicas e pediátricas para os queimados, “a parte das feridas, temos a equipe que trata, o grande queimado adulto também trata as feridas dos pequenos queimados, ou seja, as crianças. E quem dá o tratamento clínico é a pediatria”, pronunciou.

Comente agora
21
Jun
Vacina contra zika: Laboratório tem autorização para testes em humanos
Postado por: Redação Voz da Bahia / 12:59h

Órgãos reguladores dos Estados Unidos aprovaram a realização de testes em humanos para uma vacina contra o vírus Zika desenvolvida pelo lavoratório farmacêutico Inovio e o parceiro GeneOne Life Sciences. No estágio inicial, segundo o site Extra, a pesquisa contará com 40 pessoas saudáveis para avaliação de segurança, tolerância e resposta imunológica geradas pela vacina GLS-5700. "Planejamos dosar nossos primeiros indivíduos nas próximas semanas e esperamos relatar os resultados interinos da fase 1 posteriormente neste ano", afirmou o presidente-executivo da Inovio, Joseph Kim. O laboratório francês Sanofi deve iniciar em 2017 seus próprios testes de vacina em humanos. A companhia Bharat Biotech também está na corrida para desenvolvimento de uma vacina contra a zika.

Comente agora
20
Jun
Com um caso a mais, Sudeste ultrapassa o Nordeste em número de bebês com microcefalia
Postado por: Anacley Souza / 22:53h

Houve um crescimento significativo do número de notificações de microcefalia na região Sudeste, que ultrapassou e superou o Nordeste com uma pequena margem, com apenas um caso a mais: 172 contra 171 bebês que podem ter microcefalia. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (20/6) pelo diretor do Departamento de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde, Eduardo Hage Carmo. O último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde informa que, em 2016, foram 54.803 casos de zika no Sudeste, contra 51.065 na região Nordeste. No acumulado de casos, o Nordeste ainda concentra cerca de 75% de bebês com o perímetro da cabeça menor que o estabelecido para a notificação de casos, que atualmente é de 32 cm. Mas o número de crianças que tem nascido com o indicativo de malformação cerebral, de acordo com Eduardo Hage Carmo, vem aumentando mais no Sudeste do que em outras localidades do país e, nas últimas semanas, já supera a região nordestina. Ainda segundo o diretor, na região Nordeste tem havido desaleceração do registro de novos casos desde o fim do ano passado, enquanto no Sudeste, sobretudo em São Paulo e no Rio de Janeiro, o movimento é contrário. Rio de Janeiro e São Paulo são os estados com maior crescimento de registros suspeitos de microcefalia. Nas últimas cinco semanas a variação foi de 46 (RJ) e 104 (SP) novos bebês notificados, enquanto no Espírito Santo e em Minas Gerais o total foi de 11 registros cada. O caso de São Paulo – o mais populoso do Brasil – ultrapassa qualquer estado do Nordeste. A maior variação é de Pernambuco, com 52 novas suspeitas – metade do observado no estado paulista.

Comente agora
20
Jun
Conselho de Medicina veta cesáreas antes de 39 semanas de gestação
Postado por: Anacley Souza / 20:34h

O Conselho Federal de Medicina (CFM) anunciou nesta segunda-feira (20) uma nova resolução que determina que o parto cesáreo só pode ser realizado a partir de 39 semanas de gestação. Antes, a entidade estabelecia em 37 semanas o período liberado para o procedimento. De acordo com a entidade, trata-se de uma resolução de "caráter ético" que busca assegurar a integridade do feto. Segundo o CFM, o bebê pode sofrer problemas no desenvolvimento antes de 39 semanas. A norma será publicada ainda nesta semana no Diário Oficial da União e vale para todos os casos em que não houver uma razão médica clara para a antecipação. A orientação seguida pelo CFM era de que fossem considerados fetos maduros aqueles entre 37 e 42 semanas de gestação. Nesta nova resolução, muda-se para o mínimo de 39 semanas até que se torne seguro o parto cesariano, considerando aval médico. Além disso, o prontuário da grávida deverá conter obrigatoriamente a informação da opção pelo parto cesáreo em linguagem de fácil compreensão, algo que não era claramente exigido até o momento. De acordo com estudos apresentados pelo conselho, promover partos antes da 39ª semana pode acarretar problemas nos pulmões, fígado e cérebro, provocando desconfortos respiratórios, icterícia e até lesões cerebrais. De acordo com o presidente do CFM, Carlos Vital, a nova resolução servirá principalmente para assegurar a integridade do feto. "A autonomia do paciente já é estabelecida. A finalidade dessa resolução de 39 semanas é uma ênfase e uma instituição de um limite o qual deverá ser feita a cesariana a pedido da paciente. A norma se distingue na segurança do feto", explica. Segundo o coordenador da Câmara Técnica de Ginecologia e Obstetrícia, José Hiran Gallo, a medida reforça a decisão da mulher e o amparo jurídico para a proteção do feto.

Comente agora
20
Jun
Estudo sugere que quem sofre de insônia deve dormir menos
Postado por: Anacley Souza / 19:37h

Um estudo sugere que quem custa a pegar no sono ou acorda cedo demais deveria passar menos tempo na cama, em vez de mais. Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia, da Filadélfia, reduzir a oportunidade de dormir é uma forma de evitar que a insônia se torne crônica. Para chegar a essa conclusão 461 pacientes foram acompanhados durante o período de seis meses. Quem costumava se deitar às 23h e se levantar às 7h30 foram orientados a sair da cama às 5h30, horário que muitos já estavam acordados por conta da insônia. Entre os participantes, pelo menos 36 apresentavam insônia aguda e conseguiram se recuperar com a técnica. Outros 31 apresentavam insônia aguda que evoluiu para a crônica. Insônia aguda é dificuldade para pegar no sono ou mantê-lo ao menos três noites por semana, por no mínimo 15 dias. Quando a tendência persiste por mais de três meses, significa que o problema virou crônico, o que é apresentado por cerca de 10% dos estadunidenses. O professor de psiquiatria e medicina do sono Michael Perlis, líder do estudo, afirmou que a tendência das pessoas que apresentam insônia é, muitas vezes, tentar compensar as noites mal dormidas tirando um cochilo no dia seguinte, ou indo para a cama mais cedo, o que é um erro. Segundo Perlis, alterar os horários de dormir apenas alimenta ainda mais o problema. Os resultados foram apresentados no Sleep 2016, um encontro anual de profissionais de sono em Denver, nos Estados Unidos.

Comente agora
20
Jun
Pessoas que têm asma devem evitar o contato com fumaça dos fogos juninos
Postado por: Débora Ayane / 18:02h

A data que marca o início do inverno no Brasil, 21 de junho, é também o Dia Nacional do Controle da Asma. Neste dia, médicos, organizações e planos de saúde, a exemplo do Planserv – Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais, buscam alertar a população sobre uma das doenças que mais levam os cidadãos aos serviços de urgência.Na região nordeste, neste período, a inalação de fumaça proveniente da queima de fogos de artifício, comuns nos festejos juninos, costuma piorar a situação. “O melhor é evitar o contato”, sugeriu a pneumologista credenciada ao Planserv, Marta Leite.Segundo a médica, uma crise asmática pode ser desencadeada quando o paciente se expõe a substâncias transportadas pelo ar, tais como fumaça, sobretudo provocada por cigarro e fogos; ácaros; poeira; pelos de animais; poluentes ambientais; mofo; substâncias químicas (tintas, desinfetantes e produtos de limpeza) e infecções virais (gripe), além de certos medicamentos. “Fatores emocionais e atividade física intensa também podem provocar irritação das vias aéreas”, disse.

Comente agora
20
Jun
Hemoba recebe doações de sangue em shopping da capital
Postado por: Débora Ayane / 15:07h

Para garantir um bom estoque de sangue para o período das festas juninas, a unidade móvel do Hemoba (Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia) estará no Shopping Paralela, na terça (21) e na quarta-feira (22), realizando coleta de sangue e cadastramento de doadores de medula óssea. As doações podem ser feitas de 8h às 17h, no estacionamento do shopping. Os interessados em contribuir devem ter entre 16 e 69 anos de idade, pesar mais de 50 quilos, portar documento original com foto, estar em boas condições de saúde e bem alimentado.Já as Mulheres grávidas ou que estejam amamentando, usuário de drogas e portadores de doenças transmissíveis pelo sangue (como Aids, hepatite, sífilis e doença de Chagas) não podem doar. Também é proibido o consumo de bebidas alcoólicas 12 horas antes da doação. Para fazer o cadastro de medula óssea é necessário ter entre 18 e 55 anos e realizar a coleta de apenas 5ml de sangue para testes de compatibilidade.De acordo com dados do Governo do Estado, o estoque de doações na Bahia é de 1%, no Brasil esse número chega a 1,7%, enquanto a OMS (Organização Mundial de Saúde) estima que a doação da população de um país deve ser de pelo menos 3% para considerar satisfatória.

  • Serviço:
  • O quê: Doação de sangue no Shopping Paralela.
  • Onde: Estacionamento da entrada principal.
  • Quando: terça (21) e quarta-feira (22), de 8h às 17h.
Comente agora
Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com