As comentadas

Boa tarde , Quinta-feira, 18/09/2014









Enquete



Reflita

Blog

Economia

18
Set
Número de lares com pelo menos um carro cresce 4,8% em 2013, diz Pnad
Postado por: Letícia Oliveira / 11:37h

O número de domicílios em que ao menos um morador possuía automóvel para uso pessoal em 2013 aumentou 4,8%, apontou Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São mais de 28 milhões de residências, o que equivale a 43,6% dessas unidades. A posse de motocicletas nas residências também apresentou crescimento, 1,4%, chegando a 12,9 milhões de unidades domiciliares, o equivalente a 19,9% dessas unidades, segundo o instituto. Entre os veículos, as regiões Nordeste e Norte apresentaram maiores taxas, 9,5% e 7%, respectivamente. Para as motocicletas, a pesquisa apresentou resultados distintos: retração de 4,2% na Região Sudeste – cerca de 175 mil residências a menos – e crescimento no Norte (7,2%), Nordeste (6,3%) e Centro-Oeste (4%), respectivamente.

Comente agora
18
Set
Em 2013, 486 mil crianças trabalhavam, segundo o IBGE
Postado por: Letícia Oliveira / 11:17h

Apesar da contínua redução do trabalho infantil nos últimos anos, o Brasil ainda tinha quase meio milhão (486 mil) de crianças de 5 a 13 anos trabalhando em 2013. A taxa caiu de 2% em 2012 para 1,7%. A população ocupada nessa faixa etária estava concentrada principalmente na atividade agrícola (63,8%). Havia 428 mil pessoas de 10 a 13 anos trabalhando e 58 mil no grupo de 5 a 9 anos. O porcentual de não remunerados na população ocupada de 5 a 13 anos, que era de 46,6% em 2012, foi de 39,3% no ano seguinte. Na faixa de 5 a 17 anos, o nível de ocupação caiu de 8,4% em 2012 para 7,4% em 2013. Havia 3,1 milhões de trabalhadores com essas idades no País em 2013, o que representou uma redução 438 mil pessoas. A queda se deu em todas as regiões, com destaque para o Norte (de 9,6% para 8,2%) e o Sul (de 10,4% para 9,1%). A maioria dos trabalhadores era formada por adolescentes de 14 a 17 anos (2,6 milhões). Em termos porcentuais, a maior queda em relação a 2012 ocorreu na faixa de 5 a 9 anos de idade: foi de 29% (menos 24 mil crianças trabalhadoras).

Comente agora
18
Set
STF proíbe cobrar ICMS no estado de destino em comércio virtual
Postado por: Letícia Oliveira / 08:47h

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (17) proibir a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) pelo estado onde são recebidos produtos comprados pela internet ou por telefone, o chamado e-commerce. Para os ministros do tribunal, a decisão evitará que o consumidor pague mais devido a uma cobrança dupla do imposto. O ICMS é um imposto de competência dos estados e do Distrito Federal. Pela Constituição, ele deve ser recolhido pelo estado de origem do produto comercializado. No entanto, uma regra do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), editada em 2011 e assinada neste ano por 17 estados e Distrito Federal, autoriza o estado de destino da mercadoria comprada de maneira não presencial a também receber o ICMS. Ou seja, o tributo, que já era cobrado no estado de origem, passou a ser cobrado, também, no destino. Estados que apoiavam a regra, o chamado protocolo 21 do Confaz, alegaram que, como não sediavam centros de distribuição do comércio eletrônico, teriam a arrecadação prejudicada. Ao julgar uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), os ministros do Supremo entenderam que a portaria viola a Constituição, pois não poderia alterar o modo de cobrança do imposto. O tribunal entendeu ainda que, com a portaria, o ICMS passou a ser cobrado duplamente, o que aumentava o preço final dos produtos para o consumidor.

Comente agora
18
Set
Eike tem patrimônio líquido de US$ 1 bilhão negativo
Postado por: Letícia Oliveira / 08:07h

Considerado o homem mais rico do Brasil apenas dois anos atrás, Eike Batista diz ter hoje um patrimônio líquido de US$ 1 bilhão negativo. O tombo veio a reboque da derrocada da OGX, petroleira do grupo X, que pediu recuperação judicial em outubro do ano passado. Hoje, após ter virado réu em ação penal da Justiça Federal, o empresário quebrou o silêncio de quase um ano, garantindo trabalhar diariamente pela reestruturação de suas companhias. — Coloquei todo o meu patrimônio nas empresas. Ele garante empréstimos e negócios do grupo. O problema localizado em uma delas, a OGX, contaminou todo o sistema. O fato do petróleo não ter a produtividade esperada se tornou a raiz de toda essa corrida bancária. E, quando se perde a credibilidade de uma empresa pública, você é massacrado — afirmou o empresário em entrevista ao Globo. Apesar da crise no grupo e da corrida pela manutenção e recuperação das companhias e de seus ativos, Eike afirma que não haveria um caminho diferente do que percorreu. Se pudesse voltar atrás, afirma que fechar o capital da OGX (hoje OGPar) poderia ter sido a escolha mais acertada.

Comente agora
18
Set
Eike Batista: "Voltar à classe média é um baque gigantesco"
Postado por: Letícia Oliveira / 00:28h

O empresário Eike Batista teve o patrimônio reduzido de US$ 30 bilhões, em 2012, para US$ 1 bilhão negativo, segundo o próprio. Deixou de ser o sétimo homem mais rico do mundo para voltar à classe média. E, segundo disse à Folha Online, a situação deu "um baque gigantesco". O valor negativo é o débito que Eike ainda teria caso vendesse todas as ações de suas empresas. "Nasci na classe média, e você voltar para isso é um negócio, sabe, é um baque gigantesco na família", afirmou Eike. As contas de Eike foram bloqueadas pela Justiça com objetivo de quitar "danos difusos" que teriam sido causados por uma suposta manipulação do mercado financeiro a partir de informações privilegiadas, segundo denúncia do Ministério Público. Eike nega qualquer irregularidade. Questionado sobre como dorme devendo um valor tão grande, Eike disse que enxerga que o negócio "vai criar muito valor, e que vai ter um encontro de contas lá na frente". O advogado de Eike não permitiu que o cliente respondesse se teme ser preso em uma operação. "Isso foge do tema. Não há possibilidade de prisão nesse caso. Isto é uma pergunta técnica que ele não vai responder".

Comente agora
17
Set
Crescimento econômico tem ligação com liberdade religiosa, diz estudo
Postado por: Marcus Augusto DRT 5719 / 23:45h

Três pesquisadores apresentarão um estudo na Georgetown University mostrando que a liberdade religiosa pode prejudicar o crescimento econômico dos países. Para chegar a esta conclusão, Shaomin Li, da Old Dominion University, Ilan Alon, da Rollins College, e Jun Wu, da Savannah State University cruzaram os dados da Pew Research Center – que analisa a liberdade religiosa em 200 países – com dados de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) e PIB per capita. Dentro dessa pesquisa, eles avaliaram dois obstáculos: um de natureza social (relacionado a hostilidade das pessoas) e governamental (sobre leis e políticas do estado) dentro do parâmetro de liberdade religiosa, anotando se no país ter uma fé e praticá-la é ou não permitido ou se há restrições. Os resultados apontam que a intolerância religiosa aumenta a violência e atrapalha a capacidade de um país crescer economicamente, segundo a análise social dos estudos. Porém, quando a restrição vem do estado (quando o governo restringe as atividades religiosas ou quando favorece uma ou mais religiões) o crescimento econômico é mais acelerado. No estudo que será apresentado ainda este mês os autores comparam a pesquisa com o livre mercado em uma economia capitalista, dizendo que onde diferentes religiões competem por seguidores sem que haja uma regulação ou freio, pode haver uma guerra, situações que dentro de países com restrições governamentais não aconteceria.

Comente agora
17
Set
STF proíbe cobrar ICMS no estado de destino em comércio virtual
Postado por: Anacley Souza / 19:26h

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (17) proibir a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) pelo estado onde são recebidos produtos comprados pela internet ou por telefone, o chamado e-commerce. Para os ministros do tribunal, a decisão evitará a cobrança dupla do imposto, o que elevaria o valor pago pelo consumidor. Pela Constituição Federal, o ICMS deve ser recolhido pelo estado de origem do produto. No entanto, uma regra do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), editada em 2011 e assinada por 17 estados e Distrito Federal, autoriza o estado de destino da mercadoria comprada de maneira não presencial a cobrar tarifa interestadual de ICMS. Ou seja, o tributo, que já era cobrado no estado de origem, passou a ser cobrado, também, no destino. Estados que apoiavam a regra, o chamado protocolo 21 do Confaz, alegaram que, como não sediavam centros de distribuição do comércio eletrônico, teriam a arrecadação prejudicada. Ao julgar uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), os ministros do Supremo entenderam que a portaria viola a Constituição, pois não poderiam alterar o modo de cobrança do imposto. Senado aprova alterações no ICMS do comércio eletrônico O tribunal entendeu ainda que, com a portaria, o ICMS passou a ser cobrado duplamente, o que aumentava o preço final dos produtos para o consumidor. Em fevereiro deste ano, o relator da ação que questiona a portaria, ministro Luiz Fux, concedeu liminar (decisão provisória) proibindo a cobrança no estado de destino. O STF agora analisou o mérito e manteve a posição de Fux.

Comente agora
17
Set
Anatel aponta Oi como líder na Bahia, com 4,2 milhões de clientes
Postado por: Anacley Souza / 15:53h

A operadora de telefonia móvel Oi assumiu a liderança do mercado na Bahia ao chegar à marca de 4,2 milhões de clientes no estado. Deste total, 2,26 milhões estão na Região Metropolitana de Salvador (RMS). No território com DDD 75 (Feira de Santana e adjacências), o crescimento é observado mensalmente, desde outubro do ano passado. Os dados foram reunidos no último relatório da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), disponível no site da agência. O último relatório apontou que empresa de telefonia é considerada aquela mais cresceu no mês de julho, com saldo positivo de 31.934 adições líquidas (diferença entre clientes que entraram e os que saíram). A porcentagem de market share (participação de mercado) na Bahia cresceu 0,62% de novembro de 2013 até julho deste ano. Manoel Campos, diretor de Vendas Varejo da Oi, atribui o bom resultado à consolidação das novas ofertas, como a do pré-pago a R$ 0,10 por dia. A melhoria na produtividades das lojas e as vendas de produtos com a tecnologia 4G também explicariam o crescimento.

Comente agora
17
Set
Depois de preço abusivo, voos entre Salvador e Feira passa a custar R$ 50
Postado por: Anacley Souza / 15:32h

Depois de divulgar em seu site ontem (16) o valor das passagens aéreas entre Salvador e Feira de Santana, a empresa que opera o trecho abaixou drasticamente os valores. A passagem somente de ida, que foi divulgada ontem por R$759, 90, hoje já está disponível no site por R$ 49,90, na tarifa promocional. No início, os voos vão sair às 15h50 nas terças e quintas e às 16h20 aos domingos. No site da companhia ainda não é possível visualizar o valor das tarifas para outros destinos anunciados, como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, entre outros. Ainda não estão disponíveis os valores para os voos entre Salvador e Teixeira de Freitas.

Comente agora
17
Set
Sistema de bandeiras tarifárias começa em janeiro
Postado por: Anacley Souza / 13:18h

A adoção do sistema de bandeiras tarifárias, modelo no qual a tarifa de energia ficará mais cara sempre que o custo de geração for mais elevado, está confirmada para o dia 1º de janeiro de 2015. De acordo com o diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, as discussões a respeito do sistema se encontram neste momento apenas no âmbito operacional. "Não está mais em discussão o conceito da bandeira tarifária. Não há nada crítico do ponto de vista regulatório. Estamos tratando apenas questões operacionais das distribuidoras" afirmou o diretor da Aneel, que participou nesta quarta-feira, 17, do evento Energy Summit, em São Paulo. Pepitone revelou que pretende dar andamento ao processo de adoção das bandeiras tarifárias, após a conclusão de audiência pública sobre o tema, entre o final de setembro e o início de outubro. A aplicação do modelo está prevista para o próximo ano. O sistema de bandeiras tarifárias prevê a adoção de três cores de bandeiras (verde, amarela e vermelha) que devem indicar as condições de custo de geração de energia em determinado mês. Quando as condições estiverem desfavoráveis, como tem ocorrido neste ano, será aplicada a bandeira vermelha, o que implicará no acréscimo de R$ 3,00 para cada 100 kWh consumidos.

Comente agora
17
Set
Setor de supermercados deve crescer 1,9% em 2014
Postado por: Letícia Oliveira / 12:47h

O setor de supermercados deve crescer 1,9%, em 2014, de acordo com a previsão da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), divulgada ontem (16), na convenção do setor em Atibaia, interior paulista. Até o mês de julho o resultado do acumulado era de crescimento de 1,48%. Em função deste dado, a previsão para 2014 foi revisada pela entidade, prevendo uma elevação de 3%. Em 2013, o setor cresceu 5,36%. Para 2015, a entidade estima que haja elevação de 2,5%. Segundo o presidente da Abras, Fernando Yamada, mesmo com rumores de dificuldades econômicas para o ano que vem, a perspectiva do setor é de crescimento acima do Produto Interno Bruto (PIB). "Acreditamos na força do mercado interno brasileiro e na manutenção de uma taxa de desemprego nos mesmos patamares que se apresenta atualmente. O cenário econômico atual é desafiador, sem dúvida, mas precisamos acreditar no potencial do Brasil para enfrentá-lo e sair fortalecido deste processo", disse. Além da perspectiva de manutenção de uma taxa de desemprego estável, outro fator levado em conta pela Abras para estimar o crescimento positivo, mas menor em 2015, é a perspectiva de crescimento de 8,8% no salário mínimo.

Comente agora
17
Set
Abit: 70% dos empresários esperavam vendas melhores
Postado por: Letícia Oliveira / 12:30h

No mês de julho, as vendas ficaram abaixo do esperado para 70% dos empresários da indústria têxtil. Já o volume ficou dentro do esperado para 14%. As informações constam na Pesquisa de Conjuntura da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit). A pesquisa ainda revela que a produção ficou abaixo do esperado para 59% dos empresários e o nível esperado foi identificado por 30% deles em julho. Já a produtividade ficou abaixo do previsto para 61% dos empresários do setor. No que se refere aos níveis de emprego, uma visão positiva é identificada por 69%. Para 27%, entretanto, este nível ficou abaixo das expectativas. Já o investimento ficou abaixo do projetado para 39% dos entrevistados pela pesquisa, outros 53% informaram que ficou dentro do esperado. 

Comente agora
16
Set
Projeto torna mais barato o óleo diesel utilizado em máquinas na agricultura
Postado por: Anacley Souza / 17:56h

O óleo diesel usado na geração de energia elétrica e no funcionamento de máquinas de produção agrícola pode ficar mais barato. Um projeto de lei em estudo em três comissões do Senado propõe retirar parte da tributação que incide sobre o custo do combustível. O PLS 597/2007, do ex-senador Marconi Perillo (PSDB-GO), já foi aprovado nas Comissões de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) e de Serviços de Infraestrutura (CI). A matéria está agora na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), onde recebeu voto favorável do relator. A ideia do projeto é isentar o diesel da cobrança da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico incidente sobre combustíveis (Cide-Combustíveis) quando o produto for comprovadamente usado para as finalidades citadas. O objetivo, explica o autor, é reduzir custos de produção que costumam ser repassados para o bolso dos consumidores. "Os custos mais elevados da geração de energia são subsidiados por todos os consumidores por meio de parcela da tarifa.

Comente agora
16
Set
Voo entre Salvador e Feira de Santana custa a partir de R$ 1.500
Postado por: Anacley Souza / 14:56h

A antecipada viagem de avião entre Salvador e Feira de Santana poderá sair mais caro do que o esperado. Uma simulação feita indicou que uma viagem entre os dias 7 e 14 de outubro poderá sair por até R$ 1.671,07 na tarifa flex. Já na tarifa promocional, para a mesma data, o custo da viagem fica um pouco mais barato: a ida e volta entre Salvador e Feira de Santana custaria R$ 1.551,07 com as taxas de embarque incluídas. Informações do Correio da Bahia.

Comente agora
16
Set
Industria de cosméticos do Grupo Boticário é inaugurada em Camaçari
Postado por: Anacley Souza / 14:17h

Foi inaugurada na manhã desta terça-feira (16) a fábrica do Grupo Boticário, em Camaçari, na região metropolitana de Salvador. O novo empreendimento vai gerar 390 empregos diretos até o final deste ano. Com investimento de R$ 380 milhões, a fábrica terá capacidade de produzir até 150 milhões de itens por ano, o que representa uma expansão de 50% na produção atual do grupo. O governador Jaques Wagner participou da cerimônia de inauguração da fábrica.

Comente agora
16
Set
Preço da energia dispara e deixa o país entre os mais caros do mundo
Postado por: Redação Voz da Bahia / 08:30h

A energia elétrica tem um impacto direto na vida da população e também na competitividade das empresas. Custos mais altos costumam pressionar a produção, resultando em aumento de preço dos produtos finais para os consumidores. Imagine a situação. O contrato de aluguel venceu e o proprietário do imóvel está cobrando oito vezes mais pelo mesmo espaço. O que fazer? Mudar é a resposta natural. A indústria brasileira passa por situação parecida em relação ao custo da energia elétrica, com um agravante: não há para onde ir. Em dezembro do ano passado, o custo médio da energia elétrica para a indústria passou de R$ 292,7 por megawatt/hora (MW/h) para R$ 310 em maio e deve encerrar o ano ao preço de R$  342, de acordo com dados de um estudo feito pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). E a projeção em dezembro de 2015 é que o valor seja aumentado para R$ 420. Ou seja, em dois anos, o custo da energia para a indústria será ampliado em 44%. O reajuste, provocado pela seca prolongada, deve colocar o Brasil no indesejável grupo dos quatro países com a energia mais cara do mundo, atrás apenas de Índia, Itália e Singapura. Atualmente, o país ocupa  a oitava colocação em um ranking com 28 países.

Comente agora
15
Set
Preço do quiabo sobe e encarece caruru do baiano
Postado por: Anacley Souza / 16:02h

Mês típico de oferta de caruru, em homenagem aos santos gêmeos Cosme e Damião, setembro já crava o aumento dos ingredientes de preparo do prato e dos acompanhamentos do cardápio, antes mesmo da chegada do dia de homenagem aos santos, 27. O aumento no quiabo, camarão seco, castanha e no azeite já pode ser notado em alguns estabelecimentos, mas os comerciantes garantem que os valores devem ser ainda mais reajustados com a proximidade da data. Nos supermercados de bairros, o preço do quilo do quiabo já sofreu um leve aumento, variando entre R$ 4,50e R$ 5 reais. Já nas feiras, o cento do ingrediente varia entre R$ 8 e R$, devendo chegar a R$ 12 com a proximidade da data. Já o camarão seco, um dos ingredientes indispensáveis para o preparo da maioria dos acompanhamentos do cardápio, como o vatapá, o feijão fradinho e o xinxin de galinha também já subiu. Na feira do Ogunjá, o valor médio do produto é R$ 30, mas ainda há opções mais em conta, a depender do tamanho e da origem.

Comente agora
15
Set
Restituições do quarto lote do IR estarão hoje nos bancos
Postado por: Anacley Souza / 13:27h

A Receita Federal credita hoje (15) a restituição do Imposto de Renda 2014 para 2.056.114 contribuintes. Serão depositados neste quarto lote cerca de R$ 2,4 bilhões. Desse total, R$ 168.078.903,86 são destinados a contribuintes idosos. Têm prioridade ainda as pessoas com alguma deficiência física, mental ou doença grave. O restante, cerca de R$ 2,2 bilhões, será destinado a 2.020.902 contribuintes que apresentaram declarações nos anos 2013 (ano-calendário 2012), 2012 (ano-calendário 2011), 2011 (ano-calendário 2010), 2010 (ano-calendário 2009), 2009 (ano-calendário 2008) e 2008 (ano-calendário 2007).

Comente agora
15
Set
Bate recorde o número de empresas inadimplentes, diz Serasa
Postado por: Letícia Oliveira / 12:32h

O número de empresas inadimplentes chegou a 3,57 milhões em julho e bateu recorde, segundo Serasa Experian. No mesmo período de 2013, houve registro de 3,28 milhões e em 2012, quando o estudo teve início, eram 2,99 milhão de empresas. De acordo com o estudo, perto da metade, de um total de 7 milhões de companhias do país, apresenta dívidas atrasadas com credores e fornecedores. O segmento de PMEs é o que mais impacta o estudo – 91% das inadimplentes são pequenas e médias – "uma vez que, no Brasil, 99% das empresas pertencem a este segmento". O setor mais atingido entre as empresas inadimplentes é o de comércio (comércio de bebidas,vestuário, veículos e peças, eletrônicos, entre outros), com 47,2% do total. Em seguida estão as companhias de serviços (bar, restaurante, salões de beleza, turismo, entre outros), com 42,6% e indústria, com 9,1%. Entre as regiões analisadas, a Sudeste é a que concentra a maioria das empresas inadimplentes do país: 51%. Em segundo lugar aparece o Nordeste, com 18%, seguido do Sul (17%), Centro-oeste (8%) e Norte (6%). Na avaliação dos economistas da Serasa Experian, o quadro recessivo que se instalou na economia brasileira neste ano vem afetando negativamente o ritmo dos negócios e, por consequência, a geração de caixa por parte das empresas.

Comente agora
15
Set
Receita Federal credita restituição do Imposto de Renda nesta segunda
Postado por: Letícia Oliveira / 08:15h

A restituição do Imposto de Renda 2014 para 2.056.114 contribuintes será creditada nesta segunda-feira (15) pela Receita Federal. Desse total, R$ 168.078.903,86 são destinados a contribuintes idosos. Têm prioridade ainda as pessoas com alguma deficiência física, mental ou doença grave. Já o restante do dinheiro, cerca de R$ 2,2 bilhões, será destinado a 2.020.902 contribuintes que apresentaram declarações nos anos 2013 (ano-calendário 2012), 2012 (ano-calendário 2011), 2011 (ano-calendário 2010), 2010 (ano-calendário 2009), 2009 (ano-calendário 2008) e 2008. 

Comente agora
14
Set
Marina defende meta de inflação de 4,5% ao ano
Postado por: Letícia Oliveira / 16:01h

A candidata do PSB à presidência, Marina Silva, defendeu hoje a manutenção da meta de inflação em 4,5%. Segundo ela, a avaliação do economista Alexandre Rands, de que a meta precisa ser revista para cima no próximo ano para acomodar o reajuste de preços, é uma opinião "isolada". "Nós estamos comprometidos com o tripé da política macroeconômica e com os fundamentos do Plano Real", declarou Marina há pouco, depois de participar de um comício em Ceilândia, maior cidade satélite do Distrito Federal. "As pessoas são livres e têm suas opiniões, mas a opinião livre de uma pessoa não representa o nosso programa". Alexandre Rands, um dos mais próximos colaboradores de Marina na área econômica, defendeu o aumento da meta de inflação. Marina descartou a proposta do aliado e disse que tem compromisso de não permitir que a "inflação volte". "Para que o País volte a investir nas coisas certas, como educação, meio ambiente e segurança pública", disse a candidata. Questionada pelo Broadcast Político como pretendia acomodar o choque inflacionário com um eventual reajuste nos combustíveis, por exemplo, Marina disse que isso "não vai ser feito de uma vez ou no chutômetro". "Por isso que temos compromisso do Banco Central independente, para que ele não seja colocado a serviço dos interesses políticos imediatistas que comprometem o futuro político do nosso País." Ela disse ainda que o governo da presidente Dilma Rousseff tem responsabilidade pela "contabilidade criativa" e pela manutenção dos preços administrados. "A presidente Dilma disse que está resolvendo isso e até já se comprometeu a demitir seu atual ministro da Fazenda. Só que agora é tarde, porque ambos serão demitidos pelo povo brasileiro", concluiu. (Estadão)

Comente agora
14
Set
Lojas virtuais são boa oportunidade de empreender
Postado por: Letícia Oliveira / 14:48h

Uma loja aberta 24 horas por dia, que  não precisa de grande estoque de produtos e possui baixo custo operacional. Esses foram os atrativos que levaram pequenos e médios empresários em todo Brasil  a investirem na criação de lojas virtuais. E o resultado do investimento continua surpreendendo. Só no primeiro semestre de 2014, o comércio online faturou cerca de R$ 16 bilhões, estimulando o aparecimento de agências como a Inteligent Web Solutions (IWS), especializada em consultoria para lojas virtuais. O mercado digital cresce dessa forma por causa de sua comodidade. Marcus Bianco, consultor de marketing e e-commerce da IWS, afirma que o comprador vê nas lojas virtuais a facilidade de pesquisar preços e receber o produto sem sair de casa. O número crescente de compradores em ambiente virtual mostra a força desse novo espaço de negócio.

Comente agora
14
Set
Cesta Básica apresenta redução pelo segundo mês consecutivo
Postado por: Letícia Oliveira / 14:44h
A ração essencial mínima definida pelo Decreto-lei 399 de 30 de abril de 1938, que estabelece 12 produtos alimentares (feijão, arroz, farinha de mandioca, pão, carne, leite, açúcar, banana, óleo, manteiga, tomate e café) e suas respectivas quantidades, passou a custar R$ 247,90 em agosto, representando redução de 1,91% quando comparado com o mês de julho. Os dados são da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan). Dos 12 produtos que compõem a ração essencial mínima, sete registraram reduções nos preços: tomate (10,50%), banana-prata (7,04%), farinha de mandioca (4,73%), óleo de soja (3,16%), feijão (2,45%), açúcar (1,04%) e manteiga (0,88%). Quatro produtos registraram variações positivas: carne bovina (cruz machado) (2,72%), pão francês (2,31%), leite pasteurizado (1,31%) e café moído (0,27%), e apenas o arroz não sofreu reajuste. No mês em análise, o tempo de trabalho necessário para se obter a cesta básica foi de 89 horas e 19 minutos, e o trabalhador comprometeu 37,22% do salário mínimo para adquirir os 12 produtos da cesta.
Comente agora
14
Set
Petróleo mais barato favorece contas do Brasil
Postado por: Letícia Oliveira / 14:02h

O principal alento para a balança comercial brasileira este ano vem do comércio de petróleo, vilão do comércio exterior nos últimos anos. O preço do barril vem cedendo, ancorado na maior oferta e na retração da demanda global. A tendência é de uma melhora no déficit comercial da chamada conta-petróleo. Na última semana, a cotação do petróleo do tipo Brent, referência internacional de preços, caiu abaixo dos US$ 100 pela primeira vez em 16 meses. Até aqui nem os conflitos próximos a regiões produtoras como Iraque, Ucrânia e Líbia ajudaram a cotação do barril a reagir. Para o Brasil, o ciclo de baixa é positivo porque historicamente o País têm registrado déficit na balança do produto e seus derivados, com o valor das importações ultrapassando o das exportações e pressionando o balanço da Petrobras. A estatal vem sofrendo com a defasagem de preços dos derivados no mercado doméstico ante o preço de importação.

Comente agora
14
Set
Meta fiscal pode cair para 1% a 1,4% do PIB em 2015
Postado por: Letícia Oliveira / 09:31h

O governo Dilma Rousseff já começa a buscar alternativas para se aproximar do mercado financeiro e recuperar a credibilidade perdida na política fiscal em caso de uma eventual reeleição. Uma saída que ganha força no governo, que já trabalha em "modo transição" para um novo cenário em 2015, é adotar um discurso inédito na área fiscal, diferente daquele adotado nos últimos três anos. Em vez de uma meta fiscal ainda mais elevada que a deste ano, que novamente não será atingida, o governo pode anunciar ainda em 2014, logo após as eleições presidenciais, que o esforço fiscal no próximo ano será menor, na faixa de 1% a 1,4% do Produto Interno Bruto (PIB). A ideia em gestação é anunciar uma meta menor em 2015, e crescente a partir de 2016, conforme a economia brasileira volte a crescer a um ritmo mais elevado, próximo a 3%. Essa eventual nova meta para 2015 seria inferior à banda de 2% a 2,5% do PIB prevista pelo próprio governo na proposta de Orçamento para 2015, enviada há duas semanas ao Congresso Nacional.

Comente agora
13
Set
Modificar formas de produzir energia é uma prioridade para os próximos anos
Postado por: Letícia Oliveira / 16:36h

A definição sobre quais serão as fontes de energia prioritárias para o país nos próximos anos será um dos principais desafios do próximo governante. Atualmente, cerca de 75% da energia elétrica gerada noBrasil vem de hidrelétricas, mas a capacidade de expansão dessa fonte já está caminhando para o esgotamento, e é preciso encontrar novas alternativas baratas, seguras e sustentáveis. Os próximos anos serão decisivos para que o Brasil tome decisões estratégicas com relação a sua matriz energética, na avaliação do especialista Nivalde de Castro, coordenador do Grupo de Estudos do Setor Elétrico (Gesel) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Segundo ele, o Brasil não tem mais potencial para expandir a geração por meio de hidrelétricas, e a construção de novas usinas está mais difícil. “A partir da segunda metade desta década, é preciso tomar decisões estratégicas com relação a essa matriz. A hidrelétrica vai diminuir, vai esgotar, é preciso saber qual a matriz que o Brasil terá”, aponta. Atualmente, o governo prevê o esgotamento do potencial hidrelétrico entre 2025 e 2030.

Comente agora
13
Set
Correção de 4,5% no IR deixa de valer; contribuinte pode pagar mais em 2015
Postado por: Letícia Oliveira / 15:54h

A defasagem na tabela do Imposto de Renda, hoje em 64%, corre o risco de crescer acima do previsto no próximo ano. Anunciada no fim de abril pela presidente Dilma Rousseff, a correção em 4,5% para 2015 deixou de valer. Isso porque a Medida Provisória 644/2014, que fixava o valor, passou em branco pelo Congresso e expirou. A MP tinha um prazo de 60 dias, prorrogável por mais 60, para ser avaliada pelo Legislativo. Mas no último dia 29 de agosto, em meio a período de campanha eleitoral, o dispositivo perdeu a validade. A correção de 4,5% elevaria o limite de isenção do IR para R$ 1.868,22 no próximo ano. “Agora o governo terá que encontrar outra alternativa para corrigir a tabela. Se não fizer nada, corre-se o risco de continuarmos com os valores deste ano”, afirma opresidente do Sindifisco (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal), Cláudio Damasceno. Para o executivo, o governo ainda pode voltar a abordar o tema sob a forma de um projeto de lei, propondo novamente a correção. Outro caminho possível, acredita o tributarista Enos da Silva Alves, sócio do Cardillo & Prado Rossi Advogados, é o embutir o reajuste de 4,5% em alguma outra medida provisória até o fim do ano.

Comente agora
13
Set
Diversificar as formas de produzir energia é prioridade para os próximos anos
Postado por: Letícia Oliveira / 14:52h

A definição sobre quais serão as fontes de energia prioritárias para o país nos próximos anos será um dos principais desafios do próximo governante. Atualmente, cerca de 75% da energia elétrica gerada no Brasil vem de hidrelétricas, mas a capacidade de expansão dessa fonte já está caminhando para o esgotamento, e é preciso encontrar novas alternativas baratas, seguras e sustentáveis. Os próximos anos serão decisivos para que o Brasil tome decisões estratégicas com relação a sua matriz energética, na avaliação do especialista Nivalde de Castro, coordenador do Grupo de Estudos do Setor Elétrico (Gesel) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Segundo ele, o Brasil não tem mais potencial para expandir a geração por meio de hidrelétricas, e a construção de novas usinas está mais difícil. “A partir da segunda metade desta década, é preciso tomar decisões estratégicas com relação a essa matriz. A hidrelétrica vai diminuir, vai esgotar, é preciso saber qual a matriz que o Brasil terá”, aponta. Atualmente, o governo prevê o esgotamento do potencial hidrelétrico entre 2025 e 2030.  (Agência Brasil)

Comente agora
13
Set
Confira dicas simples para reduzir os gastos com combustível com seu carro
Postado por: Marcus Augusto DRT 5719 / 13:58h

Com um lugar cativo nas despesas fixas do mês, o gasto diário com combustível dói no bolso de qualquer um. E esse gasto vai aumentar ainda mais se as expectativas sobre um novo reajuste no preço do combustível se concretizarem até o final do ano, conforme antecipou o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Além desse possível reajuste, o Senado aprovou, este mês, a proposta que autoriza elevar a mistura de etanol na gasolina e também no percentual de biodiesel misturado ao óleo diesel. De acordo com o projeto, o Executivo poderá elevar o percentual de 25% até o limite de 27,5%. Sobre o biodiesel, a matéria aumentou de 5% para 6% o percentual obrigatório de mistura de biodiesel ao óleo diesel. A mudança, prevista na Medida Provisória 647/2014, já está nas mãos da presidente Dilma Rousseff, que aguarda o resultado de testes - com autorização já aprovada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) - para definir a sanção ou o veto à MP. Segundo o professor do Mestrado em Energia da Unifacs e especialista em Combustíveis Luiz Pontes, a adição de um volume maior de álcool anidro à gasolina não irá prejudicar a parte mecânica do veículo. Porém, aumentará o seu consumo de energia. “O motorista irá gastar maior volume de combustível por quilômetro rodado”, assegura.

Comportamento: Para ele, alguns podem culpar o tipo de motor ou o fato do veículo ser econômico ou não, mas a economia ou o gasto excessivo estão mesmo no pé do motorista, sobretudo, diante de um cenário que aponta para um aumento no consumo. “Economizar energia fica muito mais em cima do motorista do que da potência do motor”, diz. O ganho vem de uma mudança de comportamento ao dirigir. “Se você acelera demais, está jogando combustível fora. Não se deve acelerar muito e nem frear bruscamente, independente do modelo do carro. O que vai garantir a injeção certa de combustível é o engate correto da marcha, a calibragem adequada dos pneus e o controle do pé do motorista, que será o responsável por mover essa energia”. Carros híbridos ou flex costumam ‘beber’ mais combustível, como explica Pontes. “Gasta muito mais do que um que seja movido a só um tipo de combustível, por conta do fator de compressão intermediário - pressão que é dada ao cilindro - entre o álcool e a gasolina”.

Custo: 

Um comentário
13
Set
Dólar fecha no maior nível em 6 meses
Postado por: Letícia Oliveira / 10:51h

As incertezas que cercam a campanha eleitoral bateram com força nos mercados financeiros nesta sexta-feira (12). O dólar chegou a ultrapassar os R$ 2,34 durante a sessão, mas fechou com valorização de 2,01%, a quinta seguida, aos R$ 2,338. É o maior patamar desde 19 de março, quando fechou cotado a R$ 2,3520. A Bolsa de Valores de São Paulo, por sua vez, registrou queda de 2,42%, para 56.927,81 pontos, o menor patamar desde o dia 14 de agosto. A forte oscilação nos mercados foi atribuída por analistas à divulgação da pesquisa CNI/Ibope mostrando Dilma Rousseff (PT) 8 pontos porcentuais à frente de Marina Silva (PSB) no primeiro turno, com empate técnico no segundo turno. Tudo porque, pelo menos na visão do mercado, a eventual reeleição de Dilma prejudicaria a retomada da economia brasileira.

Comente agora
12
Set
Azul passa a vender passagens para os Estados Unidos por R$ 1,5 mil
Postado por: Redação Voz da Bahia / 18:23h

A companhia Aérea Azul começa a fazer voos para as cidades de Orlando e Fort Lauderdale a partir do dia 1º de dezembro e nos primeiros 14 dias do novo trecho a empresa vai vender passagens promocionais de ida e volta por R$ 1,5 mil. As viagens vão partir apenas do aeroporto de Viracopos, em Campinas. Segundo o jornal Estado de S. Paulo, a promoção é válida apenas até a próxima quinta-feira (18). No mesmo período as concorrentes cobram entre R$ 2 049 e R$ 3 332 por passagens de ida e volta no mesmo trecho. A companhia aérea deve fazer um voo por dia para cada uma das cidades americanas no primeiro mês de operação da rota. Entre janeiro e fevereiro a empresa deve buscar aumentar o número de viagens diárias para os novos destinos. (Correio)

Comente agora
12
Set
Leilão de energia de S.Luiz do Tapajós será em dezembro
Postado por: Anacley Souza / 12:53h

A energia que será produzida pela Usina Hidrelétrica São Luiz do Tapajós deverá entrar em leilão no dia 15 de dezembro deste ano. O início de suprimento será em 1º de julho de 2020, e término em 31 de dezembro de 2049. A determinação, a ser cumprida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) foi estabelecida hoje pelo Ministério de Minas e Energia (MME) em portaria publicada no Diário Oficial da União. O leilão deverá ser realizado em ambiente fechado. Caberá à Aneel elaborar o edital e o respectivo Contrato de Comercialização de Energia no Ambiente Regulado (CCEAR). O cronograma do empreendimento deverá prever a entrada em operação comercial da primeira unidade geradora em dezembro de 2019. "A entrada em operação comercial das unidades geradoras do empreendimento a ser licitado deverá ocorrer conforme cronograma do empreendimento constante do edital, ficando assegurada a contratação de toda a parcela da garantia física proveniente do respectivo empreendimento a ser destinada ao Ambiente de Contratação Regulada (ACR), durante todo o período de motorização da usina", cita a portaria desta sexta-feira, 12.

Comente agora
12
Set
Via Uno fecha fábrica e para produção na Bahia
Postado por: Anacley Souza / 10:45h

Há um ano em recuperação judicial, a Via Uno encerrou nesta semana as atividades da última das três fábricas que mantinha no Nordeste da Bahia, demitindo cerca de 800 trabalhadores, segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Calçadista (Sintracal) do Estado. Com o fechamento da unidade, a empresa deixará de ter fabricação própria e, se quiser continuar no mercado, terá de encontrar um parceiro para terceirizar sua produção. Segundo o administrador judicial da empresa, Laurence Medeiros, a ideia é manter o negócio funcionando. Ele diz que o fundador da empresa, César Minetto, que seguiu à frente do dia a dia do negócio mesmo após a recuperação, já negocia contratos de fornecimento. "As lojas continuam funcionando", afirma Medeiros. Segundo o site da Via Uno, a empresa tem hoje 44 unidades no Brasil - há um ano, eram 135 pontos de venda. Na época do pedido de recuperação, as dívidas da Via Uno eram de R$ 240 milhões. Com o fechamento das fábricas, a conta trabalhista deve aumentar, segundo Jurandir Souza Brito, secretário-geral do Sintracal. Isso porque, na reunião que oficializou o fechamento, a empresa alegou que não tinha dinheiro para pagar as verbas rescisórias. Brito diz ainda que a empresa deve pelo menos dois anos de FGTS aos trabalhadores. "Nem a contribuição sindical, que foi descontada dos trabalhadores, nos foi repassada", afirma o sindicalista. Fontes ligadas à companhia confirmaram que a empresa não pagou os direitos dos funcionários demitidos.

Comente agora
12
Set
Saiba quais são os setores que contrataram e demitiram em 2014
Postado por: Anacley Souza / 09:27h

O Ministério do Trabalho divulgou nesta quinta-feira os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do mês de agosto. Segundo o levantamento, foram criadas 101 mil vagas no mês passado e, no acumulado do ano, a soma é de 751 mil vagas. Entre os dez setores pesquisados, o Comércio foi o único que aponta saldo negativo ao longo do ano, ou seja, mais pessoas foram demitidas do que contratadas. Já o setor de serviços continua como motor do emprego, sendo responsável por 65% das vagas criadas no ano todo. Comércio foi o setor com pior desempenho no mercado de trabalho no acumulado do ano, mostraram os últimos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados pelo Ministério do Trabalho (MTE). O saldo de contratações entre janeiro e agosto ficou negativo em 6.405 com 3.473.310 admissões e 3.479.715 desligamentos. Somente no comércio varejista, o saldo de contratações ficou negativo em 40.199 (2.922.558 admissões e 2.962.757 contratações). No comércio atacadista, o saldo de contratações ficou positivo em 33.794 (550.752 admissões e 516.958 contratações). (Revista Veja)

Comente agora
12
Set
Estudo propõe medidas para melhorar transporte de cargas nas cidades
Postado por: Anacley Souza / 08:33h

Pesquisadores do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) apresentaram hoje (11), na Cidade Universitária, os resultados preliminares do projeto Gestão Sustentável do Transporte de Carga no Apoio à Prática de Logística Verde em Megacidades. O estudo tem objetivo de identificar e desenvolver soluções inovadoras que proporcionem sustentabilidade sócio-ambiental no transporte de cargas nas garndes cidades. Com conclusão prevista para maio de 2015, o projeto avalia principalmente a distribuição e entrega de cargas em centros urbanos com trânsito já congestionado. Segundo os pesquisadores, cada veículo de transporte de carga percorre em média 55 quilômetros (km) por dia km, a uma velocidade de 17 km por hora, e a estimativa é que a cada km rodado, em uma cidade como o Rio de Janeiro, trafegam 43 veículos de carga. Número considerado elevado pelos cientistas. "É preciso abastecer os centros urbanos, e a carga precisa chegar", de acordo com o coordenador do projeto, professor Márcio D'Agosto, do Programa de Engenharia de Transportes do Coppe. Mas, na maioria das vezes, segundo ele, surgem dificuldades no tráfego de veículos, além da falta de local para parar, a falta de comunicação entre transportador e recebedor da carga. "Então, a gente está tentando entender toda lógica que está por trás e analisamos os dados", explicou. De acordo com D’Agosto, hoje em dia a tecnologia cria grande possibilidade e disponibilidade de informações, que não são utilizadas.

Comente agora
11
Set
Conta de luz deve aumentar 16,8% neste ano, estima BC
Postado por: Redação Voz da Bahia / 18:27h

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) aumentou a projeção para o reajuste nos preços da energia elétrica em 2014, de 14%, previstos em julho, para 16,8%. A informação consta da ata da última reunião do comitê, divulgada nesta quinta-feira. A estimativa para a redução nas tarifas de telefonia fixa passou de 3,8% para 6,3%, este ano. Para o conjunto de preços administrados por contrato e monitorados, a projeção é 5% em 2014, mesmo valor considerado na reunião do Copom de julho. Segundo o BC, essa projeção considera variações ocorridas, até julho, nos preços da gasolina (-0,1%) e do botijão de gás (0,6%), bem como as projeções para as tarifas de telefonia fixa e de energia elétrica. Em 2015, a estimativa de variação dos preços administrados é 6%, mesma projeção divulgada em julho. Para 2016, o BC projeta 4,9%, ante 4,8% considerados na reunião de julho.

Comente agora
11
Set
Boticário inaugura fábrica na Bahia
Postado por: Anacley Souza / 16:11h

O Grupo Boticário inaugura na segunda-feira (16/9) uma fábrica de produtos cosméticos e perfumaria, em Camaçari, a 40 km de Salvador. A unidade recebeu R$ 380 milhões em investimentos e vai gerar 390 empregos diretos até o fim do ano. A fábrica é a maior obra do projeto de expansão da empresa, anunciado em 2011 e que recebeu R$ 650 milhões de investimentos. Também foi inaugurado, em abril deste ano, um centro de distribuição, no município de São Gonçalo dos Campos, na região metropolitana de Feira de Santana. A obra recebeu investimentos de R$ 155 milhões, emprega 145 pessoas, com objetivo de ser uma referência em tecnologia logística no setor de perfumaria e cosméticos. A escolha da Bahia para sediar as unidades operacionais atende a premissas importantes do projeto de expansão da empresa e o crescente mercado de perfumaria e cosméticos nos próximos 10 anos, dobrando a capacidade de produção do grupo. Segundo o grupo, as unidades vão atender às demandas das regiões Norte e Nordeste, com os melhores índices de desenvolvimento de consumo do país. (Tribuna)

Comente agora
11
Set
Criação de empregos formais recua 20% em agosto, para 101 mil vagas
Postado por: Anacley Souza / 15:29h

A economia brasileira gerou 101.425 empregos com carteira assinada no mês de agosto, informou o Ministério do Trabalho nesta quinta-feira (11), com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Isso representa uma queda de 20,5% frente ao mesmo mês do ano passado, quando foram abertas 127.648 vagas formais. Também foi o pior resultado para meses de agosto desde 2012, quando foram abertas 100.938 vagas com carteira assinada, de acordo com o Ministério do Trabalho, que começou a divulgar dados do tipo em 1992. "Os números do emprego formal contrariam visões pessimistas de recessão. A economia brasileira não está em recessão. Está em recuperação. Essa campanha de que o Brasil está em recessão, quebrado, causa certa preocupação em setores da população, que querem ver como se desenvolve isso aí. Apesar disso tudo, o Brasil ainda gera 100 mil novos empregos [em agosto]", declarou o ministro do Trabalho, Manoel Dias.

751 mil vagas até agosto deste ano: De janeiro a agosto deste ano, foram criados 751 mil empregos formais, com queda de 31,6% frente ao mesmo período do ano passado, que registrou 1,09 milhão de vagas.

Comente agora
11
Set
Timemania paga quase R$ 20 milhões
Postado por: Anacley Souza / 13:39h

A Timemania acumulou mais uma vez e pode pagar o prêmio de R$ 19,3 milhões para o apostador que acertar os sete números do concurso 625. Por ter final com o número cinco, o concurso recebe um adicional de 10% do total destinado a prêmio dos últimos cinco sorteios – o mesmo ocorre a cada final zero. O sorteio será realizado, nesta quinta-feira (11/9), às 20h25 (horário de Brasília), no estúdio da Rede TV, em Osasco (SP), com transmissão ao vivo pelo programa Momento da Sorte. Na poupança, o prêmio renderia mais de R$ 108 mil por mês. O valor também seria suficiente para adquirir uma frota de 148 carros de luxo. A probabilidade de acerto na Timemania é quase 50% maior que na Mega-Sena. Ao apostar, o cliente escolhe dez números no volante, e a modalidade sorteia sete, o que aumenta as chances de ganhar.

Como jogar:  Os sorteios da Timemania são realizados três vezes por semana (terça-feira, quinta-feira e sábado). Para jogar na Timemania, basta marcar 10 dentre 80 números e escolher um time do coração. A cada concurso, são sorteados sete números e um time do coração. Ganha o bilhete que tiver de três a sete acertos dos sete números sorteados. Se acertar o time do coração, o apostador também ganha. As apostas podem ser feitas até uma hora antes do sorteio.

Comente agora
11
Set
Vendas do comércio recuam 1,1% em julho, diz IBGE
Postado por: Letícia Oliveira / 09:26h

As vendas do comércio varejista seguiram em queda em julho, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O recuo foi de 1,1% em relação ao mês anterior. Essa queda não era registrada desde outubro de 2008, quando a variação também foi negativa, de 1,1%. Na comparação com julho do ano passado, o comércio mostrou queda de 0,9%. (G1)

Comente agora
11
Set
Governo pode ‘tirar’ mais R$ 32 bilhões da meta fiscal
Postado por: Letícia Oliveira / 07:16h

A meta de poupança anunciada de R$ 80,8 bilhões para o governo central, conceito que exclui o desempenho de estados e municípios, poderia cair para apenas R$ 49,07 bilhões se for utilizado todo o desconto permitido pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Assim, o resultado fiscal do governo, sem contar a economia feita por governadores e prefeitos, ficaria abaixo de 1% do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano – essa meta inicial era de 1,55%. A redução da meta é possível porque a LDO de 2014 prevê uma poupança de R$ 116,07 bilhões ao governo central e permite descontar desse valor despesas com as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e as desonerações tributárias de R$ 67 bilhões. A equipe econômica, no entanto, anunciou que faria um desconto de R$ 35,3 bilhões na meta.  (Estadão)

Comente agora
10
Set
Como economizar água com aparelho que controla o tempo do banho quente
Postado por: Marcus Augusto DRT 5719 / 15:58h

Economizar água durante o banho é questão de mudança de hábito, mas existem dispositivos eletrônicos, conhecidos como temporizadores de chuveiros elétricos, que controlam o tempo do banho quente e interrompem o aquecimento da água após o período escolhido. É possível comprar esse aparelho por preços entre R$ 89 e R$ 130, segundo pesquisa feita pelo G1 em três revendedoras do produto na Grande São Paulo. O temporizador funciona como um cronômetro, normalmente com períodos entre três e 15 minutos e que precisam ser definidos antes do banho começar. Quando a torneira é aberta, o tempo começa a contar. Alguns aparelhos também têm luzes que mostram a regressiva com as cores verde, amarela e vermelha, além de avisos sonoros que a água quente está chegando ao fim. Se o banho for mais longo, será gelado. Esses temporizadores controlam ainda o intervalo entre um banho e outro - que variam, em média, entre 30 segundos e 5 minutos - para impedir que a pessoa tente "enganar” o dispositivo e comece um novo banho, também quente. A instalação é simples e, segundo os fabricantes, pode ser feita somente com as instruções do produto. Basicamente, o aparelho é composto por dois pares de fios: um deles é colocado no chuveiro para cortar a energia e regular a temperatura, e o outro par é conectado na rede de energia. O temporizador funciona como um pequeno painel de controle, onde o tempo do banho e o intervalo entre as duchas são definidos. (Veja abaixo reportagem do SPTV que inclui o temporizador entre as dicas de especialistas)

Comente agora
10
Set
Novo shopping vai gerar 4 mil empregos em Camaçari
Postado por: Anacley Souza / 14:41h

Quatro mil empregos diretos e indiretos serão gerados pelo primeiro shopping center inaugurado na terça-feira (9), em Camaçari, na região metropolitana de Salvador. O empreendimento será construído a três quilômetros da cidade, entre a Avenida Jorge Amado e a Via Parafuso. Com um investimento de R$ 100 milhões, o shopping será construído dentro da Reserva dos Camassarys, um pólo de desenvolvimento urbano do município. O projeto é assinado pelos arquitetos baianos André Sá e Francisco Mota. A expectativa é que sejam gerados 1.500 empregos diretos e 2.500 indiretos depois da inauguração. Com uma área de mais de 20 mil metros quadrados, 130 lojas, complexo de salas de cinema, oito lojas âncoras e megalojas, praça de alimentação e 800 vagas de estacionamento, a previsão de inauguração da primeira etapa do Boulevard Camaçari deverá acontecer no segundo semestre de 2015. No período da fase de construção do shopping, 250 empregos diretos e 375 indiretos serão criados para gerar oportunidade para a população de Camaçari e região.

Reserva dos Camassarys:  O complexo de desenvolvimento urbano contará com pontos comerciais, espaço de lazer, área verde preservada, edifícios empresariais, hotéis, escolas, centros médicos, mercados e prédios residenciais. Com investimento de R$ 20 milhões, o projeto será construído em uma área de 528 mil metros quadrados. O empreendimento contará ainda com um parque ecológico.

Comente agora
10
Set
Santander nomeia Ana Patricia Botín como presidente
Postado por: Anacley Souza / 14:19h

O banco espanhol Santander nomeou nesta quarta-feira, 10, Ana Patricia Botín como nova presidente mundial, no lugar de seu pai, Emilio Botín, que faleceu após sofrer um ataque cardíaco, aos 79 anos. Apesar da idade avançada, seus colegas, concorrentes e funcionários esperavam que Botín continuasse à frente da instituição por muitos anos. Ana Patricia, de 53 anos, será a primeira mulher a chefiar um grande banco europeu. Até a nomeação, ela comandava a unidade britânica do Santander, que representa cerca de 20% dos ganhos líquidos da instituição. Concorrentes e colaboradores dizem que Ana Patrícia está bem preparada para o cargo, mas há quem diga reservadamente que o Santander perdeu a oportunidade de acabar com a dinastia familiar e aderir mais de perto aos padrões internacionais de governança corporativa. O presidente executivo da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Murilo Portugal, informou, em nota ao Broadcast, que a entidade recebeu com pesar a notícia do falecimento do presidente mundial do Grupo Santander, Emilio Botín. "Ele foi um dos mais destacados banqueiros do mundo, por sua criatividade e capacidade de liderança, além de ter sido um amigo do Brasil, país ao qual sempre dedicou confiança e admiração", diz Portugal. (Estadão Conteúdo)

Comente agora
10
Set
Denúncia pode levar INSS a cancelar aposentadorias de servidores do Baneb
Postado por: Anacley Souza / 13:37h

Uma denúncia anônima alegando possível irregularidade na concessão de benefício a aposentados por invalidez está tirando o sossego de 251 segurados oriundos do plano do antigo Banco do Estado da Bahia (Baneb). O Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) está convocando os aposentados que têm entre 8 a 22 anos de aposentadoria, para fazer nova Perícia Médica a fim de revisar o benefício. De acordo com o diretor de Saúde do Sindicato dos Bancários da Bahia (SBBA), Reinaldo Martins, a denúncia foi feita em 2011, e não houve investigação para que fosse necessária a revisão da aposentadoria. “Muitos dos aposentados que foram notificados têm mais de 65 anos, e muitos já têm cerca de 40 anos de contribuição desde o início do trabalho. São aposentados que ficaram anos de sua vida fazendo Perícia Médica, sendo constatada a incapacidade de trabalhar. Entendemos a situação como um absurdo, além de gerar constrangimento aos aposentados”, explicou. Ainda de acordo com Martins, a denúncia tem considerações questionáveis, e não foi devidamente apurada. “A notificação foi feita sem apurar a fundo o conteúdo da carta anônima. Consta na denúncia que segurados foram favorecidos por laudos de determinado médico o que não corresponde aos fatos. Mas quem aposenta não é o médico, e sim a perícia. Se o benefício tiver que ser avaliado, que seja dentro normativas legais”, disse.

Comente agora
10
Set
Terceirização preocupa funcionários da Petrobras
Postado por: Anacley Souza / 13:20h

Funcionários da Petrobras demonstraram preocupação nesta terça-feira (9) com a terceirização de funcionários e as consequências dessa prática no Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguez Mello (Cenpes) da estatal. Segundo eles, são 360 mil trabalhadores terceirizados em todos os setores da companhia. O assunto foi discutido em audiência pública na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) para debater os impactos da terceirização, além de problemas que podem ocorrer se as operações das plataformas forem feitas por empresas privadas. Os funcionários da Petrobras também pedem que sejam abertos concurso público. De acordo com o presidente da Associação dos Engenheiros da Petrobras (Aepet), Silvio Sinedino, a preocupação com a terceirização é de todos os petroleiros por causa das dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores terceirizados. Segundo ele, o funcionário concursado, que trabalha nas plataformas, trabalha 14 dias e folga 21 dias, enquanto o terceirizado tem regime de 14 por 14. "O que está acontecendo hoje é uma invasão maciça de terceirizados da Petrobras. Nós temos hoje em torno de 65 mil petroleiros concursados e mais de 360 mil trabalhadores terceirizados. A terceirização é perversa para o mundo do trabalho. Eu não sou contra os terceirizados, eu sou contra a terceirização, porque precariza salários, precariza condições de trabalho. 90% dos acidentes em geral da Petrobras envolvem trabalhadores terceirizados. Não só porque o terceirizado vai fazer os trabalhos mais perigosos, com risco de vida, mas também pela sua pouca disponibilidade de treinamento e poucas condições de trabalho. Temos que brecar a terceirização", explicou.

Comente agora
10
Set
IBGE: piora no emprego supera a vista na crise de 2008
Postado por: Letícia Oliveira / 12:29h

O cenário atual do emprego na indústria é pior do que durante a crise financeira mundial ocorrida entre 2008 e 2009, afirmou o técnico Rodrigo Lobo, da Coordenação de Indústria do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo ele, o nível atingido em julho deste ano é o menor desde abril de 2004, de acordo com os dados ajustados sazonalmente, divulgados nesta quarta-feira, 10. A série foi iniciada em 2001. O emprego industrial recuou 0,7% em julho ante junho, a quarta queda consecutiva. No mesmo período, houve alta de 0,7% na produção, mas devido à base mais enfraquecida pela redução de ritmo em função dos feriados da Copa do Mundo. A tendência, portanto, segue sendo de desaceleração da atividade. Como o cenário atual é de queda na produção, os empresários têm feito ajustes. Então, há um processo de demissões”, explicou o técnico.

Comente agora
10
Set
Governo acena com mudanças para o setor sucroalcooleiro
Postado por: Letícia Oliveira / 12:22h

Além da inclusão das empresas de açúcar e etanol no Regime Especial de Reintegração de Valores Tributários para as Empresas Exportadoras (Reintegra), o governo federal apontou também a possibilidade de implantar de uma nova política para o setor sucroalcooleiro a partir de 2015, caso a presidente Dilma Rousseff seja reeleita. O aceno do Planalto ao setor ocorreu em meio ao flerte dos usineiros com a candidata de oposição Marina Silva (PSB) e o recado, na busca de maior proximidade com o setor, foi dado pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega. A reaproximação do setor sucroalcooleiro foi ensaiada na noite de terça-feira, 09, por Mantega em conversa com dirigentes da União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica). Ele indicou que haverá estímulos ao etanol em um eventual segundo governo Dilma. “O ministro sinalizou que, quando tivesse um cenário favorável, as políticas para o setor vão ser revistas”, afirma ao Broadcast, serviço de informações em tempo real da Agência Estado, a presidente da Unica, Elizabeth Farina. Na manhã de hoje, o ministro avançou e disse que o etanol e o açúcar entrarão no Reintegra “imediatamente”.

Comente agora
09
Set
Economia instável faz agência abaixar perspectiva de títulos brasileiros
Postado por: Letícia Oliveira / 17:09h

A agência de classificação de risco Moody's alterou na manhã desta terça-feira (9) a perspectiva do rating (nota) dos títulos do governo brasileiro: de "estável" para "negativa". Em outubro de 2013, a Moody's já havia rebaixado a perspectiva da nota da dívida do Brasil de "positiva" para "estável". Segundo a agência, a decisão "refletiu o risco crescente de que o contínuo baixo crescimento e a piora dos indicadores de dívida sinalizem uma redução na qualidade de crédito do Brasil e irão deflagrar uma migração em sentido declinante em seu rating de crédito". Apesar da queda da perspectiva, a agência manteve a nota dos títulos do governo brasileiro em seu nível atual Baa2, ou seja, o país não perdeu grau de investimento. Com o "investment grade", um mercado pode atrair grandes investidores de países desenvolvidos que, por regras dos seus estatutos, só podem investir em ativos considerados de baixo risco. Para isso, considerou a "contínua resiliência do país a choques financeiros externos, dado seu colchão de reservas internacionais; vulnerabilidade limitada do balanço patrimonial do governo a mudanças abruptas no apetite global por risco em relação aos seus pares; e os benefícios subjacentes derivados da economia extensa e diversificada do Brasil".

Comente agora
09
Set
IBGE estima safra de 193,6 milhões de toneladas em 2014
Postado por: Letícia Oliveira / 11:57h

O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) referente ao mês de agosto projeta uma safra de 193,6 milhões de toneladas em 2014, número que representa alta de 0,2% sobre o levantamento de julho (0,4 milhão de tonelada), informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Se confirmada, a safra de cereais, leguminosas e oleaginosas será 2,8% superior à produção de 2013, que foi de 188,2 milhões de toneladas. Os agricultores brasileiros devem colher uma área de 56,2 milhões de hectares em 2014, um aumento de 6,4% em relação à área colhida em 2013 (52,8 milhões de hectares). Em relação à estimativa anterior, de julho (56,2 milhões de hectares), praticamente não houve alteração, segundo o IBGE. O arroz, o milho e a soja, três principais produtos, representaram juntos 91,2% da estimativa da produção (projetada em 193,6 milhões de toneladas) e por 85,1% da área a ser colhida. Em relação a 2013, espera-se aumento de 0,3% na área para o arroz, 8,6% para a soja e decréscimo de 0,5% na área a ser colhida com milho. Em relação à produção, a estimativa é de expansão de 3,6% para o arroz e de 6,0% para a soja. Para o milho, a expectativa é de diminuição de 3,7% em relação a 2013. (AE)

Comente agora
09
Set
Inadimplência recua 0,2% em agosto, diz Serasa
Postado por: Letícia Oliveira / 11:29h

Com dois dias úteis a menos do que julho, o mês de agosto registrou uma ligeira retração na inadimplência do consumidor, segundo a Serasa Experian. O indicador da instituição que mede o atraso de pagamentos ficou negativo em 0,2%. Segundo os economistas da Serasa, não fosse o efeito no calendário o número de dívidas atrasadas teria crescido no período. O que reforça essa percepção é a elevação de 2,5% acumulada nos oito primeiros meses do ano ante igual período de 2013 e o incremento em agosto de 2014 na comparação com o mesmo mês do ano passado. “A alta anual de 17,2% da inadimplência, a maior desde junho de 2012, reflete o cenário conjuntural mais adverso neste ano no tocante à capacidade de pagamento de dívidas por parte dos consumidores”, explicam, citando a inflação mais alta, os juros elevados e o enfraquecimento do mercado de trabalho como fatores que contribuem para a tendência de alta da inadimplência. (Agência Estado)

Comente agora
Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com