Voz


PodCast



Enquete





Blog

Economia

Frigorífico investigado em 'Operação Carne Fraca' anuncia demissão de todos os funcionários

Economia  Postado por Anacley Souza - 28/03 20:03h
 Frigorífico investigado em 'Operação Carne Fraca' anuncia demissão de todos os funcionários

Investigado na Operação Carne Fraca, o frigorífico Peccin Agro Industrial decidiu demitir todos os funcionários da unidade curitibana. De acordo com o sindicato local, a demissão ocorrerá até o próximo fim de semana e vai afetar cerca de 300 funcionários. Segundo informações do G1, o frigorífico teve as unidades de Curitiba e Jaraguá do Sul interditadas pela Polícia Federal por "armazenamento em temperaturas absolutamente inadequadas, aproveitamento de partes do corpo de animais proibidas pela legislação, utilização de produtos químicos cancerígenos, produção de derivados com o uso de carnes contaminadas por bactérias e, até, putrefatas".

Comente agora

Em cotação comercial dólar é cotado a R$ 3,14

Economia  Postado por Anacley Souza - 28/03 19:37h
Em cotação comercial dólar é cotado a R$ 3,14

O dólar valorizou-se frente à maior parte das principais moedas mundiais nesta terça-feira (28), incluindo o real, com o alívio das preocupações em relação ao governo do presidente Donald Trump. Além disso, o índice de confiança do consumidor americano de março ficou em 125,6 -bem acima das expectativas de analistas de 114, renovando as expectativas positivas em relação ao crescimento da economia dos Estados Unidos. Nos últimos dias, a incapacidade do governo Trump de conseguir a aprovação, na Câmara, de seu projeto para a área de saúde gerou incertezas sobre o futuro dos planos do presidente americano de acelerar o crescimento econômico por meio de corte de impostos e elevação de gastos públicos. Assim, a moeda americana perdeu força frente a vários pares desde sexta-feira (24). No Brasil, o dólar subiu 0,28%, a R$ 3,1400, na cotação comercial, em sua segunda sessão seguida de alta. Contribuiu para o movimento a cautela dos investidores em relação a uma possível elevação de impostos, a ser anunciada nesta quarta-feira (29) pelo Ministério da Fazenda. Pela manhã, o Banco Central leiloou mais 10 mil contratos de swap cambial, no montante de US$ 500 milhões. A operação equivale à venda futura de dólares. Os juros futuros negociados na BM&FBovespa acompanharam o comportamento do câmbio e fecharam em alta, depois de caírem nos dois pregões anteriores.

Comente agora

Conta de luz cairá até 20% em abril por cobrança indevida de Angra 3

Economia  Postado por Redação Voz da Bahia - 28/03 13:16h
Conta de luz cairá até 20% em abril por cobrança indevida de Angra 3

A conta de luz do consumidor em todo o país vai cair até 20% em abril, por conta da devolução de uma cobrança indevida de energia atrelada à usina nuclear de Angra 3. A decisão anunciada nesta terça-feira (28) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) atinge todas as distribuidoras de energia, com exceção de apenas três empresas, a Sulgipe, a Companhia Energética de Roraima e a Boa Vista Energia. A queda ocorrerá apenas no mês de abril. Com a decisão, a conta de luz do consumidor residencial da Eletropaulo, de São Paulo, cairá 12,44%. No caso da Light, do Rio de Janeiro, a queda será de 5,3%. A Cemig, de Minas Gerais, vai cortar em 10,61% a sua tarifa de abril. A CEB, de Brasília, terá redução de 5,92%. A queda varia entre cada uma das distribuidoras por conta dos diferentes prazos de cobrança da energia de Angra 3. No caso da Eletropaulo, por exemplo, o valor foi cobrado indevidamente por nove meses. A usina termonuclear está em construção no Rio de Janeiro e só deve ficar pronta a partir de 2019, mas acabou entrando irregularmente nas cobranças de conta de luz. Os valores que serão devolvidos chegam a cerca de R$ 1 bilhão e foram devidamente corrigidos pela taxa Selic dos períodos cobrados.

Comente agora

Lucro da Caixa Econômica cresce 11% no 4º trimestre de 2016

Economia  Postado por Willyam Reis - 28/03 09:55h
Lucro da Caixa Econômica cresce 11% no 4º trimestre de 2016

A Caixa Econômica Federal fechou o último trimestre de 2016 com redução no lucro líquido, quando comparado ao trimestre anterior, mas com leve alta em relação ao mesmo período de 2015. Mesmo com a expansão do crédito, o banco público não conseguiu cobrar juros mais altos de seus clientes. O lucro líquido do quarto trimestre foi de R$ 691 milhões, 30% menor que os R$ 998 milhões registrados no trimestre anterior. Na comparação com o último trimestre de 2015, houve alta de 11% no lucro. No acumulado do ano, o banco lucrou R$ 4,1 bilhões. A margem financeira (principal fonte de receitas dos bancos, arrecadada nas operações de crédito) foi de R$ 11,8 bilhões, queda de 1% na comparação com o trimestre anterior, mas alta de 5,8% ante o quarto trimestre de 2015. O banco continuou ampliando empréstimos a clientes no final do ano passado, mas o crescimento se deu, principalmente, no crédito habitacional, que tem juros controlados pelo governo. 

Comente agora

Inflação da construção civil cai, mas acumula 5,87% em 12 meses

Economia  Postado por Willyam Reis - 28/03 09:37h
Inflação da construção civil cai, mas acumula 5,87% em 12 meses

O Índice Nacional de Custo da Construção –M (INCC-M) registrou inflação de 0,36% em março, abaixo do resultado de fevereiro (0,53%). Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), o custo da construção civil teve um aumento acumulado de 5,87% em 12 meses. Em março, a maior alta de preços foi observada pela mão de obra, com uma inflação de 0,45%. Entre os componentes da mão de obra, as taxas de inflação foram as seguintes: auxiliar (0,47%), especializado (0,44%) e técnico (0,43%). Já o custo relativo a materiais, equipamentos e serviços teve uma variação de preços de 0,26%. A principal alta de custo foi observada nos equipamentos para transporte de pessoas (1,37%). (AgenciaBrasil)

Comente agora

Feirão Liquida Dívidas tem renegociação com descontos de até 90%

Economia  Postado por Willyam Reis - 28/03 08:14h
Feirão Liquida Dívidas tem renegociação com descontos de até 90%

Com mais de quatro milhões de consumidores negativados junto ao Serasa, a Bahia ocupa a quarta posição no ranking de inadimplentes, o estado fica atrás apenas de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. E os baianos endividados e notificados pela Serasa têm desde esta segunda-feira até o próximo domingo (2) para negociar suas dívidas com os bancos Itaú Unibanco e Caixa Econômica Federal e, também, com as empresas Oi, TIM, Sky, Qualicorp e BV Financeira. A iniciativa faz parte da campanha nacional Liquida Dívidas e oferece abatimento de até 90% do valor, em alguns casos. Na Bahia, as empresas Banco Honda, Calcard, Portocred, Recovery e Tricard também aderiram à campanha. As negociações, com ou sem o uso do FGTS, podem ser feitas até pela internet na maioria dos casos, diretamente no site da campanha (www.liquidadividas.com.br), caso o interessado concorde com a proposta inicialmente apresentada pelo credor. No site da campanha e também no da Serasa Consumidor (www.serasaconsumidor.com.br) é possível fazer uma consulta pelo CPF para checar a situação no cadastro.

Comente agora

Apenas 10% dos brasileiros vão usar FGTS para consumo

Economia  Postado por Anacley Souza - 27/03 21:39h

A maioria dos brasileiros pretende usar o dinheiro do saque das contas inativas do FGTS para quitar dívidas ou poupar. Foi o que revelou a pesquisa divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV). Segundo o levantamento, apenas 9,6% dos que têm valores a receber planejam usar o dinheiro em compras ou gastos com lazer. Por outro lado, 41,2% dos entrevistados com recursos em contas inativas disseram que pretendem quitar dívidas em atraso, e 24% revelaram que pretendem poupar. Segundo a pesquisa, 11,9% não souberam dizer como utilizarão os recursos. O pagamento de impostos foi citado por 2,7% e outras finalidades por 10,6%. O Ibre/FGV consultou 2.042 brasileiros entre os dias 2 e 22 de março. Levando-se em consideração a expectativa do governo de uma liberação de R$ 43,1 bilhões até o final de junho, R$ 2,1 bilhões devem ser utilizados para o consumo e R$ 30,8 bilhões para a quitação de débitos ou poupança.

Comente agora

Acionamento das usinas térmicas deixa contas de energia mais caras

Economia  Postado por Anacley Souza - 27/03 21:25h
Acionamento das usinas térmicas deixa contas de energia mais caras

A preocupação com o nível de água reservatórios brasileiros está de volta. De um ano pra cá, a situação piorou e o acionamento das usinas térmicas para garantir o fornecimento de energia faz todo mundo receber uma conta de luz mais cara. Em um país onde a principal fonte de energia é a água, pouca chuva é sinal de alerta. O nível dos reservatórios vem diminuindo desde 2016. Nas Regiões Sudeste e Centro-Oeste, o estoque de água acumulada nas hidrelétricas caiu de 57% para 41%. No Nordeste, de 34% para 21%. A queda foi ainda maior na Região Sul: de 97% para 46%. Só na Região Norte teve aumento. Para complicar a situação, a previsão é de chuva abaixo da média nos próximos meses. Preocupado com os níveis dos reservatórios, o Operador Nacional do Sistema Elétrico recomendou que as usinas térmicas fossem ligadas. Mais caras e poluentes, as usinas que queimam carvão, óleo e gás já estão funcionando. Isso significa que as próximas contas de luz podem vir mais caras. Hoje, quase metade das térmicas convencionais está ligada e esse percentual vai aumentar até o final de 2017. “Esse despacho maior de térmica deverá acontecer até novembro, que é quando inicia o novo período chuvoso. O que significa ir a 65%, 70% do nosso parque”, disse Luiz Eduardo Barata Ferreira, diretor-geral do ONS.

Comente agora

Quase 6 milhões de contribuintes entregaram declaração do IR

Economia  Postado por Anacley Souza - 27/03 21:16h
Quase 6 milhões de contribuintes entregaram declaração do IR

Quase 6 milhões de contribuintes acertaram as contas com o Leão em 26 dias de entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2017. Segundo balanço divulgado pela Receita Federal, 5.978.202 declarações foram recebidas até as 17h de hoje (27), de um total de 28,3 milhões de documentos esperados. O prazo de entrega começou no último dia 2 e vai até as 23h59 de 28 de abril. O programa gerador da declaração está disponível no site da Receita Federal. A declaração do Imposto de Renda é obrigatória para quem recebeu rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 no ano passado.

Mudanças: Neste ano, a declaração do Imposto de Renda teve uma série de mudanças. As principais são a redução da idade mínima, de 14 para 12 anos, na apresentação do CPF de dependentes e a incorporação do Receitanet, programa usado para transmitir a declaração, ao programa gerador do documento.

Comente agora

'Carne Fraca' derruba vendas na Bahia e distribuidores preveem demissões

Economia  Postado por Anacley Souza - 27/03 20:44h
'Carne Fraca' derruba vendas na Bahia e distribuidores preveem demissões

As vendas de carne no mercado varejista da Bahia tiveram uma queda de até 25% após a deflagração da operação Carne Fraca, há dez dias, segundo dados da Associação dos Distribuidores e Atacadistas do estado (ASDAB). O órgão ainda prevê aumento no desemprego no setor por conta do impacto negativo da ação no mercado. A operação da Polícia Federal foi para apurar o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) em um esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos de outros estados. Os estabelecimentos são suspeitos de vender produtos adulterados e até carne estragada. "Há uma oferta bem maior de produtos no mercado interno e, com isso, os preços tenderão a cair. O aumento será muito bom para o consumo, mas, para o produtor, será muito ruim. Então, já estima-se aí que o número de desempregados em curto prazo da cadeia fique em torno de 7% a 10% ", afirmou o presidente da ASDAB, Antônio Cabral. Segundo o órgão, os supermercados mantêm produtos de marcas investigadas nas prateleiras, mas mesmo com promoções que chegam a 30% as vendas despencaram nos últimos dias. Desde que as investigações vieram a público, ao menos 22 países e a União Europeia, compradores da carne brasileira, anunciaram algum tipo de restrição à importação, o que levou à queda no valor diário das exportações.

Comente agora

Suzuki fará recall de 4,7 mil veículos por defeito em sistema de câmbio

Economia  Postado por Anacley Souza - 27/03 20:23h
Suzuki fará recall de 4,7 mil veículos por defeito em sistema de câmbio

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), ligada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, anunciou hoje (27) o recall de mais de 4,7 mil automóveis da marca Suzuki. De acordo com a montadora, o eixo de mudança de marchas dos veículos do modelo Grand Vitara produzidos de 2008 a 2013 deve ser trocado por causa do risco de causar acidentes por mau funcionamento. O recall vai começar no dia 3 de abril. De acordo com a Suzuki, estão na lista 4.741 veículos, produzidos entre 1º de junho de 2008 e 30 de junho de 2013. As unidades com defeito têm numeração do chassi compreendida entre o intervalo 00001 e 11847, não sequencial. Os consumidores terão o equipamento trocado gratuitamente. O mul funcionamento se deu por conta de um dos componentes do mecanismo de ligação entre a alavanca de controle do câmbio e a transmissão manual, que foi feito com material de resistência insuficiente e pode provocar a ruptura durante determinadas condições de uso. Segundo o Código de Defesa do Consumidor, o fornecedor deve reparar ou trocar o produto com defeito a qualquer momento e de forma gratuita. Se houver dificuldade na substituição, os clientes devem procurar um dos órgãos de proteção e defesa do consumidor.

Comente agora

Especialistas temem redução de concursos na educação após Lei da Terceirização

Economia  Postado por Anacley Souza - 27/03 19:48h
Especialistas temem redução de concursos na educação após Lei da Terceirização

A sanção do projeto de lei que libera a terceirização para todas as atividades de empresas, poderá, na avaliação de especialistas, levar à redução de concursos públicos na área da educação e fortalecer a administração de escolas por Organizações Sociais (OS), que poderão também cuidar da contratação de professores. A questão gera polêmica entre sindicatos, que temem uma desvalorização dos docentes, e desperta discussões jurídicas sobre a viabilidade desse tipo de contratação. Aprovado esta semana pela Câmara, o projeto, que aguarda sanção presidencial, prevê que a contratação terceirizada de trabalhadores poderá ocorrer sem restrições em empresas privadas e na administração pública. O empresariado apoia a medida e avalia que ela poderá ajudar na recuperação do emprego no país. Mas para o diretor do Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF), Cleber Soares, a medida poderá ter um impacto negativo na educação com a redução de investimento e precarização do trabalho. “O trabalhador passa a ser descartável. O reflexo, em um primeiro momento, é que o professor vai trabalhar muito, mas não se sabe quanto tempo conseguirá manter o ritmo, vai adoecer e vai acabar sendo demitido. E vai sair sem nenhum amparo”, avalia.

Comente agora

Acionistas movem ação coletiva nos EUA contra frigoríficos brasileiros

Economia  Postado por Anacley Souza - 27/03 19:36h
Acionistas movem ação coletiva nos EUA contra frigoríficos brasileiros

As consequências da Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, cujas investigações foram divulgadas na sexta-feira (17), já começam a surgir para as empresas envolvidas que possuem negócios no exterior ou ações negociadas na Bolsa de Nova Iorque, os chamados 'American Depositary Receipts'. As informações são da Agência Brasil. O escritório de advocacia norte-americano Rosen Law Firm entrou, na semana passada, com uma ação coletiva na Justiça dos Estados Unidos representando um grupo de investidores em ações do grupo JBS que se sentiram prejudicados pela omissão de informações e divulgação de comunicados que consideraram enganosos por parte da empresa. O escritório brasileiro Almeida Advogados faz parte da ação. Uma ação coletiva similar pode ser aberta contra a empresa BRF. Na avaliação do advogado José Nantala Freire, especialista em direito internacional e 'compliance' (agir em sintonia com as regras dos controles internos e externos), a entrada de ações na Justiça americana por investidores internacionais nesse caso da carne, "já era algo esperado", como ocorreu com a Petrobras em 2014.

Comente agora

Governo quer dar 6 meses para estados e municípios reformarem Previdência

Economia  Postado por Anacley Souza - 27/03 18:54h
Governo quer dar 6 meses para estados e municípios reformarem Previdência

O presidente da República, Michel Temer, quer dar um prazo de seis meses para que os governos estaduais e municipais aprovem uma reforma previdenciária para seus servidores. O governo federal fará uma emenda ao texto que tramita no Congresso Nacional, adicionando essa sugestão. De acordo com a nova proposta, estados e municípios se submeterão à regra federal, que atualmente tramita na Câmara dos Deputados, caso não façam a própria reforma no tempo determinado.  Na semana passada, Temer anunciou que estados e municípios seriam retirados do projeto de reforma que tramita na Câmara, por meio da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016. A avaliação do Planalto e dos deputados federais é que os governadores estavam “muito à vontade”, sem precisar passar pelo desgaste de rever seus próprios sistemas de Previdência. A saída dos servidores municipais e estaduais poderá acelerar os debates e a tramitação do projeto, na avaliação do governo. A ideia de definir um prazo para que os entes federados organizem suas propostas surgiu de uma reunião ocorrida nesse fim de semana entre o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o secretário da Previdência Social, Marcello Caetano.

Comente agora

JBS retoma abate de carnes, mas reduz produtividade em 35%

Economia  Postado por Anacley Souza - 27/03 18:01h
JBS retoma abate de carnes, mas reduz produtividade em 35%

A JBS retomou nesta segunda-feira (27) a produção de carne bovina nas 33 unidades do Brasil que tinham tido o abate suspenso. A empresa havia suspendido o abate por três dias. Apesar do retorno às atividades, os frigoríficos agora trabalham com redução de 35% da capacidade, de acordo com a assessoria do grupo. Segundo a empresa, "a JBS está avaliando a retomada de sua capacidade produtiva após o fim do bloqueio das importações por parte de China, Chile e Egito, mas continua aguardando a definição de importantes mercados exportadores como União Europeia e Hong Kong". A interrupção temporária nas atividades aconteceu depois que a Operação Carne Fraca foi deflagrada pela Polícia Federal.

Comente agora

Lei da terceirização deve ser sancionada sem garantias para trabalhador

Economia  Postado por Redação Voz da Bahia - 27/03 11:22h
Lei da terceirização deve ser sancionada sem garantias para trabalhador

O projeto que permite a terceirização de modo irrestrito no país deve ser sancionado pelo presidente Michel Temer (PMDB) sem salvaguardas para os trabalhadores. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo. De acordo com a publicação, o peemedebista iria aguardar outra proposta que traria as garantias, no entanto, teria sido convencido por empresários de que a estratégia geraria insegurança jurídica por divergências nos textos. Na próxima terça-feira (27), as presidências da Câmara e do Senado, lideranças partidárias e sindicais, além do relator da reforma trabalhista, Rogério Marinho (PSDB-RN), vão debater o assunto.

Comente agora

Mercado financeiro reduz de 4,15% para 4,12% projeção para a inflação

Economia  Postado por Willyam Reis - 27/03 09:22h
Mercado financeiro reduz de 4,15% para 4,12% projeção para a inflação

O mercado financeiro reduziu, pela terceira vez consecutiva, a projeção para a inflação este ano. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 4,15% para 4,12%, de acordo com o boletim Focus, uma publicação elaborada todas as semanas pelo Banco Central (BC), e divulgada às segundas-feiras. A projeção para a inflação este ano está abaixo do centro da meta, que é 4,5%. A meta tem ainda limite inferior de 3% e superior de 6%. Para 2018, a projeção segue em 4,5%. A previsão de instituições financeiras para o crescimento da economia (Produto Interno Bruto – PIB, soma de todas as riquezas produzidas pelo país) este ano foi ajustada de 0,48% para 0,47%. Para o próximo ano, a estimativa foi mantida em 2,5%. Selic deve fechar ano em 9% Para o mercado financeiro, a taxa Selic encerrará 2017 em 9% ao ano. Para o final de 2018, a expectativa permanece em 8,50% ao ano. Atualmente, a Selic está em 12,25% ao ano. A Selic é um dos instrumentos usados para influenciar a atividade econômica e a inflação.

Comente agora

Maggi espera que China libere carne brasileira nas próximas horas

Economia  Postado por Anacley Souza - 24/03 21:19h
Maggi espera que China libere carne brasileira nas próximas horas

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse nesta sexta-feira, 24, que espera para as "próximas horas" a decisão do governo chinês de retomar o desembaraço aduaneiro das exportações de carne brasileira. Desde a semana passada, os embarques que chegaram àquele país não puderam deixar a área do porto, como medida preventiva adotada após as revelações da Operação Carne Fraca, da Polícia Federal. O ministro disse que conversou com as autoridades chinesas na manhã de hoje e que os entendimentos caminharam bem, para uma resolução do problema no nível técnico. Ele está tão otimista com a retomada do desembaraço na China que até sugeriu ao presidente Michel Temer adiar o telefonema que faria ao presidente da China, Xi Jinping, na noite de hoje. Maggi acredita que o as exportações serão retomadas ao longo do fim de semana, de forma que o presidente Temer poderá fazer o telefonema na semana que vem, já para agradecer a retomada do comércio. Maggi acredita que Hong Kong seguirá o mesmo caminho que a China e os outros países, revertendo a decisão de suspender as compras de todos os frigoríficos brasileiros.

Comente agora

Preço médio da gasolina termina a semana em queda, diz ANP

Economia  Postado por Anacley Souza - 24/03 20:45h
Preço médio da gasolina termina a semana em queda, diz ANP

O preço médio da gasolina terminou a semana em leve queda, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (24) pela Agência Nacional de Petróleo (ANP). O preço médio por litro caiu 0,27%, de R$ 3,678 na semana passada para R$ 3,668. O preço médio do etanol também terminou a semana em queda. O preço médio por litro recuou de R$ 2,744 para R$ 2,704 – um recuo de 1,45%. A menor queda na semana foi do diesel. O preço médio por litro caiu 0,16%, de R$ 3,047 para R$ 3,042. (Globo)

Comente agora

Consumidor brasileiro comprou sal 20% mais caro por 30 anos, aponta Cade

Economia  Postado por Anacley Souza - 24/03 20:16h
Consumidor brasileiro comprou sal 20% mais caro por 30 anos, aponta Cade

O consumidor brasileiro comprou sal com sobrepreço médio de 20% por quase 30 anos, apontou a Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). A recomendação de condenação de 20 empresas e três entidades sindicais por formação de cartel foi recomendada pelo órgão. De acordo com a superintendência, as empresas combinavam preços entre 1984 e 2012. Os preços eram fixados em reuniões periódicas. As empresas impediam a venda de mais sal por produtores aos refinadores para diminuir a quantidade de produto no mercado e evitar que o preço caísse. De acordo com o Cade, nas reuniões as empresas fixavam preços, controlavam a oferta e dividiam o mercado entre si. O Sindicato da Indústria de Sal (Siesal), o Sindicato da Indústria de Moagem e Refino de Sal do Rio Grande do Norte (Simorsal) e a Associação Brasileira dos Extratores e Refinadores de Sal (Abersal) foram acusados. Uma das 20 empresas, a Salina Diamante Branco, assinou um termo de compromisso de cessação e concordou em colaborar com as investigações e pagar multa de R$ 5,5 milhões.

Comente agora

Brasileiro gasta quase 62% a mais em viagem ao exterior em fevereiro

Economia  Postado por Anacley Souza - 24/03 20:09h
Brasileiro gasta quase 62% a mais em viagem ao exterior em fevereiro

Os gastos dos brasileiros com viagens internacionais voltaram ser influenciados positivamente pelo câmbio mais favorável e somaram US$ 1,36 bilhão no mês passado, um crescimento de 61,7% na comparação com o mesmo mês de 2016, divulgou nesta sexta-feira (24) o Banco Central. No acumulado do ano, os gastos com viagens ao exterior já somam US$ 2,9 bilhões, segundo o BC, um montante 74,8% maior do que o mesmo período do ano passado. Já as despesas dos estrangeiros com viagens no Brasil somaram US$ 535 milhões em fevereiro, o que fez a conta de transações correntes para viagens ter um deficit de US$ 824 milhões no mês passado, resultado negativo muito superior aos US$ 242 milhões de fevereiro de 2016. O resultado foi um dos pontos que contribuiu para que o deficit nas transações do Brasil com o exterior somasse US$ 935 milhões em fevereiro, um valor 51% menor do que o registrado no mesmo mês de 2016, segundo os dados do BC. As exportações voltaram a superar as importações, o que amenizou o tamanho do resultado negativo no mês passado. As compras de outros países somaram US$ 15,4 bilhões em fevereiro, enquanto as exportações somaram US$ 11 bilhões, o que fez a balança comercial ser positiva em US$ 6,8 bilhões.

Comente agora

CNJ: cadastro nacional permite que cidadão escolha mediadores e conciliadores

Economia  Postado por Anacley Souza - 24/03 19:32h
CNJ: cadastro nacional permite que cidadão escolha mediadores e conciliadores

Um cadastro nacional de conciliadores e mediadores aptos a facilitar a negociação de conflitos em processos judiciais e extrajudiciais está disponível para a população de todo o país. De acordo com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a ferramenta indica profissionais e seus e-mails, além de um minicurrículo. A listagem é separada por estado e conta com cerca de 3 mil integrantes, entre conciliadores, mediadores e profissionais de Câmaras privadas. O Cadastro Nacional de Mediadores Judiciais e Conciliadores tem em torno de 1 mil conciliadores, de oito unidades federativas: São Paulo tem 794 profissionais inscritos; Goiás, 129; o Distrito Federal (DF), 24; o Rio Grande do Sul, 21; Sergipe, 13; o Rio Grande do Norte, 11; a Paraíba, cinco; e o Rio de Janeiro, três. O número de mediadores cadastrados é quase o dobro – atualmente, há 1.747 profissionais de 13 estados, além do Distrito Federal. São Paulo e Goiás têm, respectivamente 1.155 e 206. Em seguida, aparecem Bahia (130); Rio Grande do Sul (83); Minas Gerais (77); Rio de Janeiro (37); Sergipe (19); Distrito Federal (13); Pará (11); Rio Grande do Norte (6); Paraíba (5); Pernambuco (2); Ceará (2) e Acre (1). Pela ferramenta, é possível escolher desde conciliadores e mediadores voluntários (gratuitos) até profissionais que cobram pelo trabalho. “Apenas profissionais que atendam aos padrões definidos pelo CNJ (estabelecidos na Resolução 125/2010) podem fazer parte da listagem”, informou o conselho.

Comente agora

Pedidos de correção do FGTS pela inflação continuam parados à espera do STJ

Economia  Postado por Anacley Souza - 24/03 19:02h
Pedidos de correção do FGTS pela inflação continuam parados à espera do STJ

O julgamento que vai decidir se as contas vinculadas ao FGTS devem ser corrigidas pela inflação ainda não tem data para acontecer. Cerca de 50 mil ações estão paradas na Justiça desde que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspendeu um recurso especial que valerá para todos os pedidos no país. Nos últimos anos, milhares de trabalhadores foram à Justiça contra a Caixa Econômica pedir uma nova correção para o saldo do FGTS. Eles defendem que o atual índice de reajuste – 3% ao ano mais a taxa referencial – é muito baixo e fez o fundo perder dinheiro desde 1999. As ações pedem que o saldo seja corrigido por um índice oficial de inflação como o IPCA ou INPC. De acordo com o advogado de direito bancário Alexandre Berthe, qualquer trabalhador que já teve saldo em contas do FGTS desde 1999 pode entrar com uma ação pedindo o reajuste, mas não há qualquer garantia de que o pedido será concedido pela Justiça. “Nenhum processo aberto pelo trabalhador será julgado até que o STJ retome o julgamento. Não adianta entrar com o pedido neste momento”, acredita o advogado. Segundo Berthe, nada impedirá que o trabalhador entre com uma ação após o julgamento do recurso especial, caso os ministros julguem a favor dos trabalhadores. O gabinete do ministro Benedito Gonçalves, responsável pelo julgamento, informou ao G1 que o recurso especial ainda está sendo analisado por sua assessoria e não há previsão de que a pauta entre no cronograma de julgamentos este ano.

Comente agora

Dólar fecha em queda nesta sexta e volta a ser negociado a R$ 3,10

Economia  Postado por Anacley Souza - 24/03 18:52h
Dólar fecha em queda nesta sexta e volta a ser negociado a R$ 3,10

O dólar fechou em queda em relação ao real nesta sexta-feira (24), de olho no cenário externo e político no Brasil. Os desdobramentos da Operação Carne Fraca continuaram no horizonte, sobretudo seus efeitos sobre as exportações brasileiras. A moeda norte-americana caiu 0,94%, a R$ 3,1083 na venda, depois de ter ido a R$ 3,1511 na máxima do dia, de acordo com a Reuters. No mês de março, o dólar acumula desvalorização de 0,16%, e no ano, baixa de 4,35%. Na semana, no entanto, avançou 0,24%. A moeda passou a maior parte do dia entre sobes e desces, com os investidores na expectativa da votação de projeto de saúde nos Estados Unidos, determinante para mostrar a força de Donald Trump. No fim da tarde (pelo horário de Brasília), os republicanos retiraram sua proposta para reforma da saúde, que tentariam aprovar no Congresso em substituição ao programa do ex-presidente Barack Obama, o Obamacare, segundo o "Washington Post". Da maneira como andava a negociação em torno do projeto, antevia-se uma derrota da proposta no Congresso. "Uma derrota do Trump pode gerar uma onda de instabilidade", afirmou mais cedo à Reuters o economista-chefe da corretora Infinity, Jason Vieira.

Comente agora

Europa anuncia devolução de cargas de carne ao Brasil; UE ameaça ampliar embargo

Economia  Postado por Anacley Souza - 24/03 18:18h
Europa anuncia devolução de cargas de carne ao Brasil; UE ameaça ampliar embargo

A União Europeia ameaça impor novas barreiras contra a carne nacional se as autoridades brasileiras não adotarem “medidas decisivas” e anuncia que devolverá ao Brasil carregamentos das empresas envolvidas na fraude e que estejam em pleno oceano. Num comunicado emitido nesta sexta-feira, 24, Bruxelas anunciou que vai examinar as amostras colhidas nos diferentes pontos de entrada da Europa para tomar uma decisão sobre uma ampliação do embargo contra os produtos nacionais. A UE ainda indicou que vai enviar ao Brasil uma missão para realizar uma auditoria na produção nacional de carne. A resposta dada pelas autoridades brasileiras não tem sido considerada como satisfatórias e, nos bastidores, diplomatas em Bruxelas não escondem a irritação diante da insistência do governo em minimizar o caso. No início da semana, a Comissão Europeia havia anunciado que havia solicitado ao Brasil para que retirasse da lista de exportadores as empresas envolvidas na Operação Carne Fraca. Das 21 suspeitas, quatro vendiam no mercado europeu. De acordo com o comunicado, porém, esse embargo não se limitaria a essas companhias, mas a “qualquer estabelecimento no Brasil que pudesse representar um risco” para os padrões europeus.

Comente agora

União pode ter até R$ 8 bilhões extras com precatórios

Economia  Postado por Débora Ayane - 24/03 16:26h
União pode ter até R$ 8 bilhões extras com precatórios

Para diminuir o rombo de R$ 58,2 bilhões no Orçamento deste ano, o governo vai buscar a recuperação de precatórios que estão parados nos bancos e não foram pleiteados por seus beneficiários. Esses precatórios - pagamentos de valores devidos em ações judiciais depois da condenação definitiva - podem garantir uma receita extra entre R$ 6 bilhões e R$ 8 bilhões. A equipe econômica conta com esse dinheiro e o aumento de impostos para diminuir o tamanho do corte nas despesas que será anunciado pelo governo na próxima terça-feira (28). A Advocacia-Geral da União montará uma força-tarefa para ingressar com ações requisitando a devolução do dinheiro. As ações terão de ser ajuizadas individualmente. Para reduzir o contingenciamento das despesas federais, o governo está buscando receitas adicionais para garantir o cumprimento da meta fiscal, que prevê déficit de R$ 139 bilhões este ano. Embora haja forte resistência de aliados políticos do presidente Michel Temer, é improvável que o governo consiga evitar a elevação da carga tributária, avaliam fontes. A reoneração da folha de pagamentos, que está na mesa de negociação, poderá ser feita por meio de Medida Provisória (MP) ou projeto de Lei.

Comente agora

Mc Donald's e KFC de Hong Kong retiram carne brasileira do cardápio

Economia  Postado por Débora Ayane - 24/03 16:09h
Mc Donald's e KFC de Hong Kong retiram carne brasileira do cardápio

Após a Polícia Federal (PF) deflagrar a Operação Carne Fraca na última sexta-feira (17), as redes de fast food Mc Donald's e KFC da cidade de Hong Kong, na China, anunciaram que não utilizam mais carnes de origem brasileira em seus produtos. O Mc Donald's anunciou que retirou dos seus restaurantes em Hong Kong o “BBQ McWings”, ou asas de galinha grelhadas, que eram feitos com frango exportado do Brasil. De acordo com o jornal "O Globo", a rede de fast food informou que a medida foi tomada preventivamente, porque descobriu-se que alguns lotes da mercadoria poderiam ter vindo do Brasil. A assessoria de imprensa da empresa garantiu, no entanto, que o frango grelhado e o McChicken, que estão sendo oferecidos nas cerca de 240 lojas da marca em Hong Kong, são provenientes da China.(Metro1)

Comente agora

Consumidores acreditam em inflação de 7,5% nos próximos 12 meses

Economia  Postado por Willyam Reis - 24/03 09:04h
Consumidores acreditam em inflação de 7,5% nos próximos 12 meses

Os consumidores brasileiros acreditam que a inflação brasileira ficará em 7,5% nos próximos 12 meses. Essa expectativa de inflação, medida este mês, é 0,1 ponto percentual menor que a registrada em fevereiro (7,6%). O resultado de março deste ano, da pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV), confirma a tendência de queda observada desde fevereiro de 2016, quando o resultado atingiu o máximo histórico de 11,6%. Os 7,5% esperados pelos consumidores são também a menor taxa desde janeiro de 2015 (7,2%). Entre os segmentos de renda, a classe mais alta (acima de R$ 9.600) é a que acredita na taxa mais baixa (6%). (AgenciaBrasil)

Comente agora

Quem sacar FGTS inativo pode pedir correção do fundo pela inflação

Economia  Postado por Willyam Reis - 24/03 07:47h
Quem sacar FGTS inativo pode pedir correção do fundo pela inflação

Os trabalhadores que forem sacar o dinheiro das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) poderão tentar uma possível correção do saldo do fundos pela inflação, caso a Justiça decida pelo reajuste. De acordo com o G1, cerca de 50 mil ações contra a Caixa Econômica Federal pedindo a correção do saldo do fundo estão paradas na Justiça. Os trabalhadores que entraram com as ações alegam que o índice de reajuste aplicado desde 1999 – 3% ao ano mais a taxa referencial – é muito baixo e isso faz com que o fundo perca dinheiro. Eles pedem que o saldo seja corrigido por um índice de inflação oficial, como o IPCA ou o INPC. Em sua defesa, a Caixa alega que a correção do fundo pela inflação poderia quase dobrar os juros do crédito imobiliário e correria o risco do fundo "quebrar". De acordo com a explicação do advogado especializado em direito bancário, Alexandre Berthe, ao G1, é possível solicitar a correção sobre o saldo antes do saque.

Comente agora

Mais de 5,1 milhões de contribuintes entregaram declaração do IR

Economia  Postado por Anacley Souza - 23/03 21:04h
Mais de 5,1 milhões de contribuintes entregaram declaração do IR

Mais de 5,1 milhões de contribuintes acertaram as contas com o Leão em três semanas de entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2017. Segundo balanço divulgado pela Receita Federal, 5.153.440 declarações foram recebidas até as 17h de hoje (23), de um total de 28,3 milhões de documentos esperados. O prazo de entrega começou no último dia 2 e vai até as 23h59 de 28 de abril. O programa gerador da declaração está disponível no site da Receita Federal. A declaração do Imposto de Renda é obrigatória para quem recebeu rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 no ano passado. Neste ano, a declaração do Imposto de Renda teve uma série de mudanças. As principais são a redução da idade mínima, de 14 para 12 anos, na apresentação do CPF de dependentes e a incorporação do Receitanet, programa usado para transmitir a declaração, ao programa gerador do documento. Precisa ainda declarar o Imposto de Renda quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil; quem obteve, em qualquer mês de 2016, ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeito à incidência do imposto ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias e de futuros.

Comente agora

Recalls cresceram 200% no Brasil nos últimos dez anos

Economia  Postado por Anacley Souza - 23/03 20:41h
Recalls cresceram 200% no Brasil nos últimos dez anos

Balanço da Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senacon) apontou que, em 2016, mais de 9,6 milhões de produtos e serviços foram alvo de recall, ou seja, foram reconhecidos pelas próprias empresas com algum defeito. Ao todo, foram divulgadas 138 campanhas de chamamento por 43 empresas. De acordo com a Senacon, o número foi o maior registrado desde 2003, quando teve início a série histórica. Nos últimos dez anos o Brasil teve um crescimento de mais de 200% nos recalls realizados. Do total de produtos submetidos a recall no ano passado, 76% são automóveis e 7,2% motos. Aparecem ainda na lista, em menor número, produtos eletrônicos, alimentícios, cadeiras plásticas e bicicletas, entre outros. A maior parte dos recalls (90%) estava relacionada a riscos de lesões e ferimentos pelo uso dos produtos. Outro destaque no levantamento foi o alto número alto de recalls de airbags fabricados pela empresa japonesa Takata. Foram 40 chamamentos de dispositivos instalados em 2,5 milhões de carros de 13 marcas distintas. Entre as empresas que mais realizaram chamamentos estão a Fiat (14), a Porsche Brasil (13) e a Toyota do Brasil (10). Até o fim de dezembro de 2016, 415 mil consumidores foram atendidos. A Senacon criou um Sistema de Recall que será lançado em breve e estará com o acesso disponível à população, que poderá acessar o banco de dados de recalls em trâmite no Brasil(Agência Brasil)

Comente agora

Consumo de energia cresceu 2,2% em fevereiro, diz ONS

Economia  Postado por Anacley Souza - 23/03 20:35h
Consumo de energia cresceu 2,2% em fevereiro, diz ONS

O consumo nacional de energia cresceu 2,2% em fevereiro, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, segundo informou nesta quinta (23) o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico). De acordo com a entidade responsável pela gestão do sistema, o crescimento é impactado por uma melhora no cenário econômico do país. "Com a melhoria da confiança da indústria, em resposta à desaceleração das taxas negativas apresentadas por alguns indicadores como a melhoria da credibilidade econômica e elevação dos preços das commodities, já se observa, ainda que tímidos, efeitos positivos na carga de energia", escreveram os técnicos do ONS no Boletim Mensal de Carga Mensal distribuído nesta quinta. Desconsiderando efeitos pontuais, como o número de dias e as altas temperaturas, disse o órgão, o aumento com relação a fevereiro do ano passado foi de 2,1%. Na comparação com janeiro de 2017, houve alta de 2,3%, e no acumulado de 12 meses, o crescimento é de 1,4%. De acordo com o ONS, a carga de energia (indicador que representa o consumo mais perdas) do sistema elétrico em fevereiro foi de 69.771 megawatts (MW) médios. Principal consumidor do país, o subsistema Sudeste/Centro Oeste registrou alta de 1,7% com relação ao mesmo mês do ano anterior.

Comente agora

Caixa anuncia novas condições para uso do rotativo do cartão de crédito

Economia  Postado por Anacley Souza - 23/03 20:29h
Caixa anuncia novas condições para uso do rotativo do cartão de crédito

A Caixa Econômica Federal anunciou as novas condições para uso do rotativo do cartão de crédito, com vigência a partir de 3 de abril. De acordo com nota divulgada pelo banco, atendendo às exigências do Conselho Monetário Nacional (CMN) que limitam o uso do rotativo pelo período máximo de 30 dias, o valor não liquidado integralmente da fatura anterior estará totalmente contido no saldo para pagamento mínimo da próxima fatura. A Caixa manterá as opções vigentes para o pagamento da sua fatura mensal, ou seja, o valor mínimo, o valor total ou qualquer valor entre o mínimo e o total e, a partir do vencimento do dia 3/5/2017, terá ainda mais seis possibilidades de parcelamento do valor da fatura: em 4, 8, 12, 16, 20 ou 24 meses, à escolha do cliente. As taxas incidentes nas opções de parcelamento variam de 3,30% ao mês a 9,90% ao mês. A Caixa também oferecerá a opção do parcelamento automático do valor da fatura, que ocorrerá quando o cliente pagar qualquer valor abaixo do pagamento mínimo e diferente das seis opções de parcelamento citadas. "A Caixa estará totalmente adequada à nova sistemática para o produto cartão de crédito. A partir do dia 3 de abril, a rede de agências e Centrais de Atendimento telefônico estarão disponíveis para dirimir eventuais dúvidas dos clientes", afirmou o diretor executivo de Cartões da Caixa, Márcio Recalde. (Estadão Conteúdo)

Comente agora

Ministério Público do Trabalho vai pedir veto à terceirização, diz procurador

Economia  Postado por Anacley Souza - 23/03 18:46h
Ministério Público do Trabalho vai pedir veto à terceirização, diz procurador

O Ministério Público do Trabalho (MPT) deve enviar ainda nesta quinta-feira (23) uma nota técnica à Presidência da República pedindo o veto integral da lei que flexibiliza a terceirização, de acordo com o procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury. Em entrevista ai Globo, Fleury afirmou que o projeto aprovado ontem pelo Congresso Nacional não vai cumprir o que propõe e vai gerar mais insegurança jurídica no mercado de trabalho. Ainda de acordo com o procurador-geral, as relações empregatícias serão precarizadas e ocorrerá uma substituição de contratos indeterminados por temporários. O MPT deve, ainda, analisar junto à Procuradoria-Geral da República (PGR), em longo prazo, se cabe também uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin). Para Fleury, o projeto "foi tão mal feito que vai gerar uma insegurança maior". O procurador-geral completou dizendo que a aumento do contrato temporário de três para nove meses (seis meses mais uma prorrogação por 90 dias), sem garantia de um tempo mínimo para renovação do contrato após o fim desse período, vai fazer com que os empresários prefiram o trabalho temporário. "A lei permite isso. Aí é só ficar renovando o contrato", argumentou.

Comente agora

JBS suspende produção de carne em 33 das 36 unidades; Bahia continua

Economia  Postado por Anacley Souza - 23/03 18:21h
JBS suspende produção de carne em 33 das 36 unidades; Bahia continua

A JBS suspendeu a produção de carne bovina em 33 das 36 unidades do país a partir desta quinta-feira (23) até sábado (25). Segundo divulgou a empresa através de nota, o objetivo é ajustar o ritmo de produção até que haja decisão sobre as restrições impostas por vários países importadores. A suspensão da produção afeta unidades da JBS em vários estados. As únicas que continuarão funcionando são a da Bahia, uma de Mato Grosso do Sul e outra em Mato Grosso. Hong Kong, China, o Egito, o Chile, além da União Europeia, anunciaram nesta semana medidas para proibir temporariamente as importações do Brasil ou de empresas específicas acusadas pela Polícia Federal de subornar funcionários sanitários por certificados de saúde. Os EUA e outros países disseram que iriam aumentar as inspeções. Tanto a JBS quanto a BRF têm negado a venda de carne ruim ou de subornar funcionários. Confira abaixo a nota da JBS na íntegra:

“A JBS confirma que suspendeu, por três dias, a produção de carne bovina em 33 unidades das 36 que a empresa mantém no país. Para próxima semana, a Companhia irá operar em todas as suas unidades com uma redução de 35% da sua capacidade produtiva. Essas medidas visam ajustar a produção até que se tenha uma definição referente aos embargos impostos pelos países importadores da carne brasileira. A JBS ressalta que está empenhada na manutenção do emprego dos seus 125 mil colaboradores em todo o Brasil”. (Correio)

Comente agora

Confiança na indústria brasileira atinge melhor patamar em três anos

Economia  Postado por Anacley Souza - 23/03 18:03h
Confiança na indústria brasileira atinge melhor patamar em três anos

Depois de manter-se em baixa por 33 meses consecutivos, o Índice de Confiança da Indústria (ICI) apresentou aumento de 2,9 pontos, atingindo 90,7 pontos, na prévia da Sondagem da Indústria de Transformação, apurada pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV). Esse foi o melhor resultado desde maio de 2014 (92,2 pontos). Para a coordenadora da pesquisa, Tabi Thuler Santos, há uma sinalização de retomada da confiança, pois o levantamento mostra que o setor está deixando “a zona mais crítica, embora ainda existam mais empresários insatisfeitos do que satisfeitos”. Caso isso se confirme, observou, será a demonstração de possibilidade de retomada da economia, com crescimento da produção e do emprego. Ela destacou que a recuperação do otimismo empresarial está bem disseminada entre os vários setores. Do total de 19 segmentos sondados, 15% a 80% estão indicando melhora do humor em relação à possibilidade de ampliar a produção, o emprego, as vendas e os investimentos.

Comente agora

Temer faz ofensiva sobre a China para tentar reverter embargo

Economia  Postado por Débora Ayane - 23/03 13:24h
Temer faz ofensiva sobre a China para tentar reverter embargo

O presidente Michel Temer informou que entrará em contato nesta quinta-feira (23) com o presidente da China, Xi Jinping, para tentar acabar com o embargo estabelecido pelo país à carne brasileira. A decisão do peemedebista de se envolver pessoalmente nas negociações ocorreu após não ter tido êxito a ofensiva feita pelo ministro da Agricultura, Blairo Maggi, que participou de videoconferência na segunda-feira (20) com autoridades do país asiático. Em discurso, o peemedebista disse que escalou o ministro para dar entrevistas a agências internacionais e que ordenou ao Ministério das Relações Exteriores que convoque os embaixadores de países importadores do produto brasileiro para esclarecer as medidas que têm sido tomadas para superar a crise da carne. "Eu vou ligar mais tarde para o presidente da China para esclarecer essa situação e peço ao Palácio do Itamaraty que convoque os embaixadores em todos os países importadores para esclarecer os fatos", disse.

Comente agora

Ovos de Páscoa estão mais caros; veja 10 dicas para economizar

Economia  Postado por Willyam Reis - 23/03 07:27h
Ovos de Páscoa estão mais caros; veja 10 dicas para economizar

Neste ano, os ovos de Páscoa estão em média 3,4% mais caros do que no ano passado, segundo a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS). Frente às diversas “tentações”, como não comprar por impulso e acabar no vermelho? “A compra deve começar antes mesmo da pessoa sair de casa”, orienta Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin). “É preciso saber quem irá presentear, com qual ovo de Páscoa e quanto custa cada um deles. O valor total dessa compra deve caber no orçamento, ou seja, não é aconselhável que a pessoa se endivide para presentear na Páscoa. Tendo um planejamento e a consciência sobre a sua situação financeira, fica mais difícil agir por impulso”, afirma. Confira abaixo 10 orientações para economizar nesta Páscoa, elaboradas pela DSOP Educação Financeira:

Comente agora

Câmara aprova projeto que libera terceirização de todas atividades das empresas

Economia  Postado por Anacley Souza - 22/03 21:08h
Câmara aprova projeto que libera terceirização de todas atividades das empresas

Mesmo sob forte protesto da oposição, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (22) o projeto de lei que libera a terceirização para todas as atividades das empresas. O projeto foi aprovado por 231 a favor, 188 contra e 8 abstenções. Ainda não faltam votar alguns destaques. Após a votação dos destaques, que deve ocorrer ainda hoje, o projeto, que já havia sido aprovado pelo Senado, seguirá para sanção presidencial. Desde o início da sessão, a oposição obstruía os trabalhos. A obstrução só foi retirada após acordo para que fosse feita a votação nominal do projeto e simbólica dos destaques. O acordo foi costurado entre o líder do governo, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), e parte da oposição. Pelo projeto, as empresas poderão terceirizar também a chamada atividade-fim, aquela para a qual a empresa foi criada. A medida prevê que a contratação terceirizada possa ocorrer sem restrições, inclusive na administração pública. Atualmente a legislação veda a terceirização da atividade-fim e prevê que a prática possa ser adotada em serviços que se enquadrarem como atividade-meio, ou seja, aquelas funções que não estão diretamente ligadas ao objetivo principal da empresa. O projeto que foi aprovado pelo plenário da Câmara também modifica o tempo permitido para a contratação em regime temporário dos atuais três meses para 180 dias, “consecutivos ou não, autorizada a prorrogação por até 90 dias, consecutivos ou não, quando comprovada a manutenção das condições que o ensejaram”, diz o projeto.

Comente agora

Donos de veículos com placa de final 2 têm até dia 28 para pagar IPVA com 5% de desconto

Economia  Postado por Anacley Souza - 22/03 20:21h
Donos de veículos com placa de final 2 têm até dia 28 para pagar IPVA com 5% de desconto

Vence na próxima terça-feira (28) o prazo para os proprietários de veículos com placa de final 2 pagarem o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) com 5% de desconto, em cota única. Estes contribuintes têm ainda a opção de efetuar o pagamento em três parcelas mensais, sendo a primeira com vencimento também no dia 28 de março, ficando as demais agendadas para 28 de abril e 29 de maio. Outra possibilidade é pagar o valor total do tributo, sem desconto, até 29 de maio. Também em março, os contribuintes com veículos de placa final 1 que optaram pelo parcelamento devem estar atentos ao pagamento da segunda cota, que vence no dia 27. As datas de vencimento podem ser consultadas no calendário do IPVA 2017, disponível no site da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz). O proprietário que perder o prazo da primeira cota deixa de ter direito ao parcelamento. O pagamento é integrado: é necessário quitar ainda a taxa de licenciamento e eventuais multas relacionadas ao Renavan informado. Os débitos referentes a estes itens também podem ser pagos até a data de vencimento da terceira parcela. É possível ainda fazer parcelamento em até três parcelas dos débitos anteriores do imposto, para pagamento junto com o IPVA 2017.

Comente agora

'Carne Fraca': dois frigoríficos investigados demitem 280 funcionários e fecham

Economia  Postado por Anacley Souza - 22/03 20:06h
'Carne Fraca': dois frigoríficos investigados demitem 280 funcionários e fecham

Dois frigoríficos da Região Metropolitana de Curitiba que estão sendo investigados na Operação Carne Fraca suspenderam as atividades nesta quarta-feira (22) e demitiram 280 funcionários. As empresas pertencem ao grupo Central de Carnes Paranaense Ltda. Das 21 fábricas investigadas pela Polícia Federal (PF), 18 ficam no Paraná. A Operação Carne Fraca foi deflagrada na última sexta-feira (17) e investiga um esquema de fraude na produção, fiscalização e comercialização de carnes, envolvendo pagamento de propina a fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Comente agora

Retirada de servidores da reforma da Previdência não afeta ajuste, diz Meirelles

Economia  Postado por Anacley Souza - 22/03 19:52h
Retirada de servidores da reforma da Previdência não afeta ajuste, diz Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que a retirada dos servidores públicos estaduais e municipais da proposta de reforma da Previdência não afeta o orçamento da União e o ajuste fiscal. "Eu acho que é um processo normal, na medida em que existem algumas questões relacionadas à economia federativa e o fato é que não afeta, caso os Estados saiam, o orçamento da União e o ajuste fiscal", disse o ministro ao chegar para a solenidade de posse de Alexandre de Moraes como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Questionado se essa mudança na PEC da reforma da Previdência não esvaziaria a intenção do governo, Meirelles disse que a proposta da União é fazer uma reforma para todos os servidores públicos federais. "Agora, por uma questão de homogeneização, se expandiu isso para os estaduais. Mas, certamente, a retirada dos estaduais não afeta nosso projeto de teto de gastos, que só se aplica às despesas federais", reforçou o ministro. Perguntado se achava que os Estados teriam coragem de promover uma reforma da previdência para os servidores estaduais, Meirelles respondeu: "É um problema de cada Estado. Cada Estado tem que cuidar de suas finanças pela Constituição". (DCI)

Comente agora

Ação do Ibama contra desmatamento embarga frigoríficos da JBS

Economia  Postado por Anacley Souza - 22/03 19:19h
Ação do Ibama contra desmatamento embarga frigoríficos da JBS

Em operação de combate ao desmatamento na Amazônia, o Ibama embargou nesta semana dois frigoríficos da JBS e outras 13 empresas acusadas de comprar gado oriundo de áreas de desmate ilegal. Batizada de Carne Fria, a ação é resultado de uma investigação iniciada há três anos e não tem relação com a ação da Polícia Federal contra fraudes em frigoríficos, desatada na semana passada. Segundo o órgão ambiental, a JBS e outros frigoríficos nos Estados do Pará e de Tocantins desrespeitaram Termos de Ajuste de Conduta (TAC) assinados após negociação com o Ministério Público Federal, pelos quais essas empresas se haviam comprometido a não comprar gado de propriedades rurais com áreas embargadas por desmatamento ilegal. Ao todo, a investigação identificou a venda de 58 mil cabeças de gado (90% compradas pela JBS) vindas de 50,7 mil hectares embargados em território paraense, o equivalente a 229 Parques Ibirapuera. Essas áreas, segundo o Ibama, estão identificadas e disponíveis na internet para consulta pública. Na terça-feira (21), a reportagem acompanhou a operação do Ibama no frigorífico da JBS em Redenção, a 890 km ao sul de Belém. Durante a ação, sem incidentes, agentes do Ibama notificaram representantes da empresa sobre o embargo e inspecionaram o frigorífico.

Comente agora

Impostômetro atinge R$ 500 bilhões

Economia  Postado por Anacley Souza - 22/03 18:58h
Impostômetro atinge R$ 500 bilhões

Meio trilhão de reais. Esse é o valor total pago pelos brasileiros em impostos, taxas e contribuições somente neste ano, sem descontar a inflação. A marca foi assinalada pelo Impostômetro, da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), às 6h50 desta segunda-feira (20). No ano anterior, o painel atingiu esse valor no dia 29 de março – ou seja, em 2017 os R$ 500 bilhões foram atingidos nove dias antes em relação a 2016. Segundo o presidente da ACSP e da Federação da Associação Comercial de São Paulo, Alencar Burti, o aumento de arrecadação de um ano para outro é um incentivo para que o governo federal descarte elevação ou criação de impostos. “Esse crescimento é sinal de que a recessão perde força e a economia começa a reagir. O controle de gastos e as reformas ajudarão a sanear as contas públicas nos próximos anos. Por isso, vemos como desnecessário qualquer aumento tributário porque retardaria a retomada da economia”, afirma Burti. O painel foi implantado em 2005 pela ACSP, em sua sede na Rua Boa Vista, centro da capital paulista, para conscientizar o cidadão sobre a alta carga tributária e incentivá-lo a cobrar os governos por serviços públicos melhores. Para ter mais informações sobre os valores arrecadados basta acessar o portal www.impostometro.com.br.

Comente agora

Cimatec Industrial coloca a Bahia na ponta do desenvolvimento tecnológico

Economia  Postado por Anacley Souza - 22/03 18:29h
Cimatec Industrial coloca a Bahia na ponta do desenvolvimento tecnológico

Em uma área de 4 milhões de metros quadrados, localizada estrategicamente nas proximidades do Pólo Petroquímico de Camaçari, começam, ainda este ano, as obras do Cimatec Industrial. A nova planta fica em um terreno do Governo do Estado, vendido à empresa por um preço simbólico para impulsionar o desenvolvimento econômico da Bahia, consolidando e promovendo a produção de tecnologia. Depois de prontos os projetos básico e executivo, a obra será licitada em abril, com a conclusão e início de operação previsto para junho de 2018. Com investimentos na ordem dos R$ 85 milhões, com recursos do Senai e também financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o Cimatec Industrial vai ampliar o centro tecnológico já em funcionamento na planta de Salvador, realizando, por exemplo, os testes com motores e pás de energia eólica, turbinas de avião, motores de grandes embarcações, além de contar também com uma pista de testes e até um túnel de vento. Diferente da sede da capital, localizada em área urbana, o espaço em Camaçari vai permitir a construção de uma infraestrutura para desenvolver pesquisa e inovação, possibilitando futuras parcerias tecnológicas. Para o superintendente de Promoção do Investimento da Secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE), Paulo Guimarães, o projeto traz novas perspectivas para o estado.

Comente agora

Exportação de carne brasileira desaba após operação da Polícia Federal

Economia  Postado por Débora Ayane - 22/03 13:10h
Exportação de carne brasileira desaba após operação da Polícia Federal

Dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) apontam para uma queda brusca nas exportações de carne brasileira desde a deflagração da Operação Carne Fraca. De acordo com a pasta, o Brasil exportou US$ 74 mil do produto na terça-feira (21). Antes da operação da Polícia Federal, o valor médio das exportações em março, por dia útil, foi bem maior: US$ 60 milhões. Na segunda (20), o valor das exportações de carne foi de US$ 60,5 milhões. Na sexta (17), dia em que a operação da PF foi deflagrada, foi de US$ 53,9 milhões. De acordo com o ministério, ao longo do mês de março, antes da operação, o valor diário das exportações variou de US$ 39 milhões a US$ 90 milhões. Também nesta quarta-feira (22), o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, admitiu que já há sinais de prejuízo no mercado de carnes por causa da Operação Carne Fraca. Segundo ele, alguns frigoríficos brasileiros já deixaram de comprar bovinos de produtores devido a incertezas sobre a possibilidade de venda para o mercado externo. "Eu conversei ontem bastante com produtores e têm sinais sim [de prejuízo]. Os frigoríficos, com a incerteza com relação à China e União Europeia, pararam de comprar bovinos", disse o ministro da Agricultura.

Comente agora

Inflação oficial acumula taxa de 4,73% em 12 meses, segundo prévia de março

Economia  Postado por Willyam Reis - 22/03 10:17h
Inflação oficial acumula taxa de 4,73% em 12 meses, segundo prévia de março

A prévia da inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), registrou uma variação de 0,15% em março. A taxa é inferior ao 0,54% de fevereiro deste ano e ao 0,43% de março de 2016. Segundo dados divulgados hoje (22) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPCA-15 acumula taxa de 4,73% em 12 meses, próximo ao centro da meta de inflação do governo federal, que é de 4,5%. No ano, a prévia da inflação oficial acumula taxa de 1%. O principal responsável pela queda da taxa de inflação entre fevereiro e março foram os transportes, que tiveram deflação (queda de preços) de 0,16%. O resultado foi motivado pelas variações na gasolina (-1,06%), no etanol (-2,69%) e nas passagens aéreas (-9,71%). Os alimentos também tiveram queda de preços pelo segundo mês consecutivo. Desta vez, a deflação foi de 0,08%, devido à variação em produtos como feijão-carioca (-10,36%), feijão-preto (-8,27%), frango inteiro (-2,39%) e carnes (-1,31%).

Comente agora

Arrecadação ficou abaixo da inflação, mas Bahia manteve equilibro das contas

Economia  Postado por Anacley Souza - 21/03 21:31h
Arrecadação ficou abaixo da inflação, mas Bahia manteve equilibro das contas

A contenção de gastos e o esforço do fisco estadual na arrecadação própria, ainda que esta tenha ficado abaixo da inflação, garantiram o equilíbrio das contas da Bahia em 2016 num cenário recessivo, afirmou o secretário da Fazenda, Manoel Vitório, durante audiência pública na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (21). Ele relatou que o Estado segue pagando rigorosamente em dia os salários dos servidores, honrando os compromissos com fornecedores e mantendo a dívida sob controle, o que permitiu um investimento de R$ 3,24 bilhões, que correspondeu a 7,58% da despesa total de R$ 42,8 bilhões. Como proporção da despesa, o total investido pelo governo baiano foi o maior do país em 2016, observou o secretário. Na sequência deste ranking, ficaram Rio de Janeiro, que por conta dos Jogos Olímpicos registrou 4,4%, e ainda São Paulo, com 3,76%, e Minas Gerais, com 3,14%. No ano passado, o investimento cresceu 41,42% ante o registrado em 2015. Considerando-se a soma dos valores registrados no biênio 2015-2016, o governo baiano totalizou R$ 5,53 bilhões e também foi destaque no cenário nacional: Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais são os quatro únicos estados a registrar mais de R$ 5 bilhões investidos no período.

Comente agora

Semana do M² vai vender imóvel com até 30% de desconto

Economia  Postado por Anacley Souza - 21/03 21:12h
Semana do M² vai vender imóvel com até 30% de desconto

Descontos de até 30% no valor do imóvel e benefícios como armários, IPTU e ITIV grátis são as vantagens oferecidas pelas 22 empresas que participam, a partir desta quinta-feira (23/3) da Segunda Semana do M². A meta da Associação dos Dirigentes do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-a) é a de vender 40 unidades e movimentar R$ 20 milhões em negócios. São, ao todo, 39 empreendimentos residenciais e comerciais - novos ou prontos para morar - em oferta para todos os perfis de compradores. Os preços variam de R$ 145 mil a R$ R$ 1,6 milhão. As informações foram anunciadas hoje (21/3), por diretores da Ademi-Ba, que visitaram a sede da Rede Bahia para assinar convênio de parceria para a divulgação do evento. "A parceria com a Rede Bahia, que vem de longa data, é fundamental para dar credibilidade à Semana do M² e motivar tantos consumidores quantos os empresários. Dar um ânimo novo neste momento em que a economia do país começa a dar sinais de recuperação", afirmou o presidente da associação, Cláudio Cunha. "Estamos aqui para uma reafirmação de parceria. Neste momento, a meta da Ademi-ba também é nossa meta.

Comente agora

Bahia terá maior duto de distribuição de gás natural do Nordeste

Economia  Postado por Anacley Souza - 21/03 20:49h
Bahia terá maior duto de distribuição de gás natural do Nordeste

A Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás), em prosseguimento ao seu Plano de Investimentos e ao Plano de Interiorização do Fornecimento de Gás Natural, publicou na edição desta terça-feira (21) do Diário Oficial do Estado o Edital de Concorrência 0002/2017 destinado à contratação de empresa ou consórcio especializado para a execução dos serviços de construção e montagem do 1º trecho do Gás Sudoeste - Duto de Distribuição de Gás Natural do Sudoeste. Essa primeira etapa da obra, com aproximadamente 73 quilômetros de extensão, em dutos com diâmetro de 10 polegadas e montagem de três estações de Distribuição de Gás Natural, tem prazo estimado de conclusão de 18 meses e custo total orçado em 67,7 milhões. A intervenção parte da divisa entre as cidades de Ipiaú e Itagibá, passando pelos municípios de Aiquara e Itagi, chegando até Jequié. Nestas localidades, o energético atenderá aos segmentos industrial e comercial, com foco no ramo de alimentos e bebidas. O Gás Sudoeste é o principal projeto do Plano Plurianual de Investimentos 2017-2021 da Bahiagás. Com extensão total de 306 quilômetros e investimentos da ordem de R$ 505 milhões, o duto de distribuição passará por 13 municípios e será o maior do Nordeste e o segundo maior do Brasil.

Comente agora

México e Japão suspendem importação de carne brasileira após operação da PF

Economia  Postado por Anacley Souza - 21/03 20:34h
México e Japão suspendem importação de carne brasileira após operação da PF

A embaixada do Japão anunciou nesta terça-feira (21) que suspendeu a importação de carne dos 21 frigoríficos investigados na Operação Carne Fraca. Em nota, a embaixada informa que a suspensão seguirá valendo "até novas notificações". Depois do Japão, também o México anunciou restrição. Em 2016, o Japão foi o quinto maior importador de carne brasileira: US$ 747 milhões, o equivalente a 5,5% do total. O país adquiriu basicamente carne de frango do Brasil no ano passado. No total, as exportações de carnes pelo Brasil no ano passado somaram US$ 13,49 bilhões. Além do Japão, restringiram oficialmente a importação de carne brasileira:

  1. Chile
  2. Suíça
  3. China
  4. Hong-Kong
  5. México
  6. União Europeia

China e Hong-Kong são os principais compradores de carnes do Brasil.

Comente agora
Veja mais

As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com