Voz


PodCast



Enquete





Blog

Economia

Prévia da inflação atinge menor patamar para janeiro desde 1995

Economia  Postado por Fernanda Pinheiro - 23/01 19:18h
Prévia da inflação atinge menor patamar para janeiro desde 1995

Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Prévia da inflação oficial, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) atingiu 0,3% em janeiro, a menor para o mês desde 1995, e acumula uma variação de 3,77% nos últimos 12 meses. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o órgão, a principal queda de preços no mês foi registrada pelo grupo de transportes, que contou com uma deflação de 0,47%, em função do barateamento do preço dos combustíveis. A gasolina (-2,73%) caiu pelo segundo mês consecutivo e teve o maior impacto individual no índice, de -0,12 p.p.  Já o grupo de alimentos foi o que registrou maior alta no período. Segundo o levantamento, foi registrada uma aceleração de 1,07% no preço da alimentação em domicílio e de 0,53% para a alimentação fora de casa. (Fonte: Governo do Brasil, com informações do IBGE)

Comente agora

Prévia da inflação oficial registra taxa de 0,3% em janeiro, aponta IBGE

Economia  Postado por Willyam Reis - 23/01 11:49h
Prévia da inflação oficial registra taxa de 0,3% em janeiro, aponta IBGE

Foto: Marcelo Camargo/ ABr

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que mede a inflação oficial, ficou em 0,3% em janeiro deste ano. A taxa é superior ao registrado na prévia de dezembro de 2018 (-0,16%), mas inferior ao 0,39% da prévia de janeiro do ano passado. Segundo dados divulgados nesta quarta (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa acumulada em 12 meses é de 3,77%. A taxa da prévia de janeiro foi puxada principalmente pela alta de preços de 0,87% dos alimentos. Comprar alimentos para comer em casa, por exemplo, ficou 1,07% mais caro, devido a aumentos de produtos como carnes (1,72%), cebola (17,5%) e batata-inglesa (11,27%). O custo de comer fora de casa subiu 0,53% no período.

Comente agora

Reajuste do INSS para quem recebe salário mínimo começa a ser pago nesta sexta (25)

Economia  Postado por Redação Voz da Bahia - 22/01 23:00h
Reajuste do INSS para quem recebe salário mínimo começa a ser pago nesta sexta (25)

Os 23,3 milhões de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) que ganham um salário mínimo começam a retirar a quantia reajustada a partir desta sexta-feira. O pagamento de R$ 998 será feito como sempre, de acordo com o número final do cartão de beneficiário (antes do dígito verificador), entre os últimos cinco dias de um mês e os cinco primeiros dias do mês seguinte. Confira o calendário aqui. O aumento é de R$ 44, já que antes eles recebiam R$ 954. Essa correção equivale a 4,61% da projeção de inflação do INPC de 3,29%, mais a variação do PIB de dois anos antes (2017), e um resíduo de R$ 1,75 que deixou de se aplicado no ano passado, no governo Temer.

Comente agora

Gestão Bolsonaro quer retomar plano de construir até 8 usinas nucleares

Economia  Postado por Aline Souza - 22/01 22:32h
Gestão Bolsonaro quer retomar plano de construir até 8 usinas nucleares

Foto:  Ricardo Moraes / Reuters

O Ministério de Minas e Energia (MME) declarou que pretende retomar o plano de construir entre quatro e oito novas usinas nucleares no País. A informação foi confirmada por meio de nota enviada pelo ministério, ao defender a conclusão de Angra 3, no Rio. "Para o setor nuclear, a conclusão de Angra 3 é importante, pois traz escala a toda a cadeia produtiva do setor, desde a produção de combustível à geração de energia. Isso se torna ainda mais relevante quando se leva em conta que o Brasil vai precisar investir em energia para o futuro, em função do aumento da demanda e do esgotamento do potencial hidrelétrico", declarou o MME.

Comente agora

Discurso 'contido' de Bolsonaro em Davos faz bolsa de valores recuar

Economia  Postado por Aline Souza - 22/01 18:19h
Discurso 'contido' de Bolsonaro em Davos faz bolsa de valores recuar

Foto : Fórum / Christian Clavadetscher

O discurso de não mais de seis minutos do presidente Jair Bolsonaro (PSL) em Davos, na Suiça, ajudou a empurrar para o negativo o resultado diário da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Poucos minutos antes do mercado fechar, o índice apresentava queda de quase 0,94%. O resultado faz o Ibov voltar aos 95 mil pontos. O dólar avançou fortemente em relação ao real, encerrando a sessão de negócios negociado a R$ 3,806 a venda, alta de 1,25%. Foi o sexto avanço consecutivo da moeda norte-americana, a maior alta intradiária da divisa em quase dois meses. (Metro 1)

Comente agora

Pis/Pasep: sabia que você pode consultar se tem direito ao benefício através do celular?

Economia  Postado por Fernanda Pinheiro - 21/01 16:00h
Pis/Pasep: sabia que você pode consultar se tem direito ao benefício através do celular?

Quer saber se você tem direito ao ano Pis/Pasep com ano-base 2017? Isso pode ser realizado de uma forma mais fácil do que você imagina. A Caixa Econômica federal disponibilizou um aplicativo onde o trabalhador pode consultar se poderá realizar o saque e a quantia que será recebida. A ferramenta está disponível está disponível para os aparelhos com o modelo operacional Andoid e iOS e pode ser feito o download gratuitamente. Para que a consulta possa ser realizada, é necessário ter o Número de Inscrição Social (NIS), o mesmo do PIS/Pasep ou o número o do Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Quem tem direito ao abono

Tem direito ao abono quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com registro formal e exerceu alguma atividade remunerada por, pelo menos, 30 dias em 2017. Mas, se o trabalhador recebeu comissão ou horas extras e, com isso, a renda mensal ultrapassou dois pisos nacionais, o abono não é liberado (mesmo que o salário registrado em carteira seja menor).

Comente agora

Mercado prevê inflação de 4,01% e alta de 2,53% no PIB para este ano

Economia  Postado por Willyam Reis - 21/01 11:12h
Mercado prevê inflação de 4,01% e alta de 2,53% no PIB para este ano

Foto: © iStock

A inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deve ficar em 4,01% este ano. Essa é a previsão de instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) todas as semanas sobre os principais indicadores econômicos. Na semana passada, a projeção para o IPCA estava em 4,02%. A estimativa segue abaixo da meta de inflação (4,25%), com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%, este ano. Para 2020, a projeção para o IPCA segue em 4%, há 81 semanas seguidas. Para 2021 e 2022, a estimativa permanece em 3,75%. A meta de inflação é 4%, em 2020, e 3,75%, em 2021, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para os dois anos (2,5% a 5,5% e 2,25% a 5,25%, respectivamente). O BC usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 6,5% ao ano, para alcançar a meta da taxa inflacionária.

Comente agora

PIB cresce 0,3% no trimestre encerrado em novembro de 2018

Economia  Postado por Willyam Reis - 21/01 10:58h
PIB cresce 0,3% no trimestre encerrado em novembro de 2018

Foto: Marcos Santos/ USP Imagens

O Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, cresceu 0,3% no trimestre encerrado em novembro de 2018, na comparação com o trimestre encerrado em agosto daquele ano. O dado é do Monitor do PIB, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV). De acordo com a FGV, o crescimento chegou a 1,4% na comparação com o trimestre encerrado em novembro de 2017. No acumulado de 12 meses, a alta chega a 1,3%. Considerando-se apenas o mês de novembro, o PIB cresceu 0,3% em relação a outubro de 2018 e 1,5% na comparação com novembro de 2017.

Comente agora

Motoristas podem ter desconto de até 30% no valor do IPVA

Economia  Postado por Willyam Reis - 21/01 08:56h
Motoristas podem ter desconto de até 30% no valor do IPVA

 Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O pagamento em cota única e antecipado do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), além da ausência de multas, pode reduzir o valor do tributo em até 30%. Em alguns estados, há também a possibilidade de usar créditos de programas de incentivo à emissão de nota fiscal para abater o valor devido. O maior desconto oferecido aos donos de carros é o do Amazonas (30%). No Rio Grande do Sul, quem fez o pagamento antecipado do imposto em dezembro, não tem multas nos últimos três anos e acumulou 100 notas fiscais no programa Nota Fiscal Gaúcha conseguiu desconto de 25,48%. Mas também há estados que não oferecem desconto, nem mesmo para o pagamento à vista, como Roraima e Santa Catarina. O diretor executivo de Estudos e Pesquisas Econômicas da Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), Miguel José Ribeiro de Oliveira, explica que os descontos para pagamento à vista são na verdade a retirada de juros embutidos no parcelamento do imposto, na maioria dos casos.

Comente agora

Consumidor pode receber em dobro dinheiro que sumiu da conta após erro da Caixa Econômica

Economia  Postado por Fernanda Pinheiro - 18/01 22:20h
Consumidor pode receber em dobro dinheiro que sumiu da conta após erro da Caixa Econômica

Diversos clientes da Caixa tiveram uma surpresa desagradável nesta sexta-feira (18/01) ao acessar suas contas bancárias e ver que o saldo estava zerado ou até negativado. Segundo a instituição, "alguns créditos em conta via TED (um tipo de transferência) foram processados com atraso, e já estão regularizados, sem prejuízo aos clientes". Porém, segundo a advogada Livia Coelho, representante da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), o problema pode ser considerado cobrança indevida por parte do banco, o que, conforme o Código Brasileiro de Defesa do Consumidor, dá aos clientes o direito de receber em dobro o valor que tinham em suas contas. — O consumidor tem que receber esse dinheiro de volta e em dobro, conforme determina o Código. Além disso, deve ser ressarcido por eventuais prejuízos que teve em detrimento da situação. Para isso, é importante guardar o extrato da conta e outros comprovantes, como de boletos e contas que deixou de pagar nesse dia. A melhor forma é tentar resolver a situação extrajudicialmente, entrando em contato com o banco ou, caso não consiga dessa forma, com o Procon ou a Proteste. Se quiser danos morais, aí será necessário entrar na Justiça. (Ibahia)

Nas redes sociais, os clientes da Caixa reclamaram do problema.

Comente agora

Governo Bolsonaro tem até abril para definir regra para reajustar salário mínimo; entenda

Economia  Postado por Redação Voz da Bahia - 18/01 12:53h
Governo Bolsonaro tem até abril para definir regra para reajustar salário mínimo; entenda

Foto: Arquivo/Agência Brasil

O reajuste do salário mínimo anunciado no primeiro dia de governo Bolsonaro, de R$ 954 para R$ 998, impactou diretamente a vida de pelo menos 48 milhões de brasileiros. Esse é o número estimado pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) de pessoas que têm a renda referenciada no mínimo, seja porque esta é sua remuneração ou porque recebem aposentadoria ou pensão do INSS. O valor sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro é R$ 8 inferior ao que já havia sido aprovado pelo Congresso no Orçamento enviado pela equipe de Temer, R$ 1.006. A mudança gerou insatisfação em muita gente, mas estava dentro da lei: levou em consideração o PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes - o de 2017, que foi de 1% - e a inflação do ano anterior - o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) em 2018, que será informado apenas no fim deste mês e que foi estimado em 3,6%. A proposta feita pela equipe de Temer incorporava uma projeção mais elevada para a inflação de 2018, de 4,2%.

Comente agora

Bolsa Família aumenta taxa de cura da tuberculose, diz pesquisa

Economia  Postado por Redação Voz da Bahia - 18/01 12:48h
Bolsa Família aumenta taxa de cura da tuberculose, diz pesquisa

Foto: Agência Senado

A tuberculose atinge cerca de 70 mil pessoas por ano no Brasil, de acordo com os últimos dados disponíveis do Ministério da Saúde. Considerada uma doença ligada à pobreza, ela atinge bem mais populações com baixa renda e pouca qualidade de vida. Tanto que o entendimento de pesquisadores é que medidas simples de combate à pobreza e melhoria de condições de vida podem ter efeitos muito positivos no tratamento e na cura da doença. No mês passado, um estudo de epidemiologistas brasileiros com apoio da OMS (Organização Mundial de Saúde), publicado na prestigiada revista científica Lancet, corroborou essa tese. A pesquisa indicou um aumento em 7,8% na taxa de cura de tuberculose entre pessoas que recebem o benefício Bolsa Família em comparação pessoas com as mesmas características demográficas e socioeconômicas que não são beneficiadas pelo programa de assistência. "Isso é muita coisa em termos de tratamento. Para se ter uma ideia, para um novo medicamento lançado no mercado atingir 5% de diferença em relação ao tratamento existente é uma dificuldade enorme", explica a epidemiologista Ethel Maciel, pesquisadora da UFES (Universidade Federal do Espírito Santo) e coordenadora do estudo.

Comente agora

Cesta básica fica 8,36% mais cara

Economia  Postado por Willyam Reis - 18/01 11:08h
Cesta básica fica 8,36% mais cara

Foto: © Pixabay

O valor da cesta básica paulistana subiu 8,36% no ano passado, segundo pesquisa da Fundação Procon-SP em parceria com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). O preço médio passou de R$ 651,58, em dezembro de 2017, para R$ 706,03, em dezembro de 2018. O índice é maior que o dobro da inflação registrada para o ano no país (3,75%, pelo IPCA). Todos os grupos pesquisados aumentaram, principalmente o de higiene, que subiu 12,05%, embora o maior peso no encarecimento da cesta fique por conta dos alimentos, que estão em maior quantidade. O grupo de alimentação subiu 8,09% e, em termos percentuais, a cebola foi o item que mais variou (41,51%). O quilo do produto passou de R$ 2,65 para R$ 3,75, por razões como dificuldade na importação do bulbo e chuvas, além da greve dos caminhoneiros. O preço da farinha de trigo, devido às cotações em alta do grão, também variou significativamente, 35,14% no ano, o que encareceu o pão francês, cujo quilo aumentou de R$ 10,15 para R$ 11,60. O quilo do frango resfriado inteiro, que avançou de  R$ 5,39 a R$ 6,51, foi o segundo item com maior peso na cesta, depois do pão. A alta foi motivada pelo encarecimento de insumos, como milho e farelo de soja. Com informações da Folhapress.

Comente agora

Ibovespa tem novo recorde de fechamento aos 95.351,09 pontos

Economia  Postado por Fernanda Pinheiro - 17/01 18:20h
Ibovespa tem novo recorde de fechamento aos 95.351,09 pontos

O Ibovespa alcançou na sessão desta quinta-feira, 17, um novo topo histórico, na marca dos 95 mil pontos. Encerrou o pregão em alta de 1,01%, aos 95.351,09 pontos com o otimismo sobre a agenda liberal do novo governo permeando os negócios e levando parcela majoritária das ações à valorização. Ainda sem a participação mais expressiva dos investidores estrangeiros, o giro financeiro ficou em R$ 15,7 bilhões. Bem próximo da reta final, o índice Bovespa ganhou impulso extra com os índices em Nova York indo às máximas. Notícia de fontes de que o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, propôs retirar algumas tarifas impostas sobre produtos chineses para incentivar a China a fazer concessões mais profundas nas negociações comerciais levou otimismo aos investidores. Já por aqui, de acordo com analistas em renda variável, são altas as expectativas sobre o projeto de reforma da Previdência que será apresentado pela equipe econômica ao presidente Jair Bolsonaro. Segundo um gestor de um fundo de investimentos, a espera é por uma mudança de regras que possam acarretar economias para os cofres federais perto de R$ 1 trilhão no prazo de dez anos. 

Comente agora

Contas públicas devem ficar negativas em R$ 102,385 bilhões, diz pesquisa

Economia  Postado por Aline Souza - 17/01 16:41h
Contas públicas devem ficar negativas em R$ 102,385 bilhões, diz pesquisa

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil  

O Ministério da Economia apontou que a previsão para o resultado das contas públicas será negativa neste ano, segundo a pesquisa Prisma Fiscal, elaborada mensalmente pela Secretaria de Política Econômica com base no mercado financeiro. A estimativa do déficit primário do Governo Central, formado por Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, passou de R$ 100,031 bilhões para R$ 102,385 bilhões, em 2019. No entanto, a estimativa ainda está abaixo da meta de déficit perseguida pelo governo de R$ 139 bilhões.

Comente agora

Bovespa fecha em alta de 0,36%; ações da Taurus voltam a cairvv

Economia  Postado por Fernanda Pinheiro - 16/01 20:46h
Bovespa fecha em alta de 0,36%; ações da Taurus voltam a cairvv

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

Principal indicador da bolsa brasileira, o Ibovespa fechou em alta de 0,36% nesta quarta-feira (16), em dia de oscilação, com os investidores de olho no cenário externo e também no aguardo das próximas medidas do governo em relação a reformas econômicas, como a da Previdência. O dia também foi marcado por nova queda nas ações da Forjas Taurus, segundo o G1. Após tombo de 20% nesta terça-feira (15), os papéis da fabricante de armas despencaram mais 26% nesta quarta. A queda acumulada no ano é de 37,8%, conforme dados do Valor Pro.   Especialistas acreditam que o movimento anterior de alta das ações da empresa, desde o ano passado, foi essencialmente especulativo e que o decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro para facilitar o porte de armas de fogo veio aquém do esperado.  (Bahia.Ba)

Comente agora

Benefícios do INSS acima do salário mínimo terão reajuste

Economia  Postado por Fernanda Pinheiro - 16/01 18:20h
Benefícios do INSS acima do salário mínimo terão reajuste

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Os segurados da Previdência que recebem acima do salário mínimo terão seus benefícios reajustados em 3,43%, conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). O índice foi oficializado por meio de portaria do Ministério da Economia, publicada hoje (16), no Diário Oficial da União (DOU). O reajuste é retroativo a 1º de janeiro de 2019. O teto dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passa a ser de R$ 5.839,45 (antes era de R$ 5.645,80). As faixas de contribuição ao INSS (Instituto do Seguro Social) dos trabalhadores empregados, domésticos e trabalhadores avulsos também foram atualizadas. O INSS informou que as alíquotas são de 8% para aqueles que ganham até R$ 1.751,81; de 9% para quem ganha entre R$ 1.751,82 e R$ 2.919,72; e de 11% para os que ganham entre R$ 2.919,73 e R$ 5.839,45. Essas alíquotas, relativas aos salários de janeiro, deverão ser recolhidas apenas em fevereiro, uma vez que, em janeiro, os segurados pagam a contribuição referente ao mês anterior.
 
Valores definidos

Comente agora

Confira sete dicas para economizar na compra de material escolar

Economia  Postado por Willyam Reis - 16/01 07:55h
Confira sete dicas para economizar na compra de material escolar

Foto: Wilson Dias/ABr

Além das tradicionais despesas de início de ano, os pais ainda têm que acomodar no orçamento a compra de material escolar. Para evitar gastos supérfluos, é importante lembrar-se de filtrar os pedidos das crianças e adolescentes e também de checar, com bom senso, a lista apresentada pelas escolas. Nem tudo o que é pedido ali tem uma justificativa razoável. Pesquisar os preços em diversas lojas e livrarias também é essencial para reduzir as despesas. Confira sete dicas para comprar o material escolar deste ano:

1. Verifique quais itens você já tem em casa Lápis, canetas, réguas e mochilas, por exemplo, costumam durar mais de um ano e podem ser reutilizados.

2. Faça trocas com outros alunos Procure os pais dos estudantes das outras séries e troque livros usados; em geral, as escolas mantêm a mesma lista.

3. Compre por atacado O contato com os outros pais também vale para combinar compras conjuntas, o que garante maiores descontos.

Comente agora

Inadimplência no país cresce 4,41% em 2018

Economia  Postado por Redação Voz da Bahia - 15/01 22:43h
Inadimplência no país cresce 4,41% em 2018

O número de consumidores com contas em atraso subiu 4,41% em 2018, quando comparação com o ano anterior, de acordo com dados do Indicador de Inadimplência da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Esta foi a maior elevação desde 2012, quando a inadimplência cresceu 6,8%. Nos anos anteriores, o índice de inadimplência do consumidor encerrou com altas de 1,3% em 2017; 1,4% em 2016; 4,2% em 2015; 3,4% em 2014 e 3,7% em 2013. Estima-se que o país tenha fechado o mês de dezembro de 2018 com cerca de 62,6 milhões de brasileiros com alguma conta em atraso e com o CPF restrito para contratar crédito ou fazer compras parceladas. O número representa 41% da população adulta que reside no Brasil. A maior frequência de negativados tem entre 30 e 39 anos. Em dezembro, mais da metade da população nesta faixa etária (52%) tinha o nome inscrito em alguma lista de devedores, somando um total de 17,8 milhões.

Comente agora

Tarifa do gás natural veicular sofre aumento de 8,51% na Bahia

Economia  Postado por Redação Voz da Bahia - 15/01 22:24h
Tarifa do gás natural veicular sofre aumento de 8,51% na Bahia

 Foto: Reprodução/RPC

A tarifa do Gás Natural Veicular (GNV) sofreu um aumento de 8,51% nos postos baianos, desde o último sábado (12). A informação foi divulgada nesta terça-feira (15) pela Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás). Segundo a Bahiagás, o aumento foi motivado pela variação do preço de aquisição do produto na Petrobras. O preço médio cobrado em Salvador era de R$ 2,99, passou a ser R$ 3,19. Um aumento de R$ 0,20. De acordo com informações do Sindicato do Comércio de Combustíveis, Energia Alternativa e Lojas de Conveniência do Estado da Bahia (Sindicombustíveis), o reajuste para revendedores foi autorizado pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transporte e Comunicações da Bahia (Agerba). O Sindicombustíveis informou que as alterações no preço dos combustíveis são de responsabilidade de cada revendedor, que não interfere no mercado e que respeita a livre concorrência. (G1)

Comente agora

Caixa e BB começam a pagar abono salarial do PIS/Pasep para nascidos em janeiro e fevereiro

Economia  Postado por Aline Souza - 15/01 21:45h
Caixa e BB começam a pagar abono salarial do PIS/Pasep para nascidos em janeiro e fevereiro

Foto : Marcos Santos/USP Imagens

Os trabalhadores da iniciativa privada que nasceram em janeiro e fevereiro e são correntistas da Caixa Econômica vão receber hoje (15) o abono salarial do PIS 2018/2019 (ano-base 2017). Na próxima quinta-feira (17), vai ser liberado o pagamento para os que nasceram no dois primeiros meses do ano e não são clientes do banco. O valor varia entre R$ 84 e R$ 998, de acordo com o número de meses trabalhados no ano-base (2017). Os recursos de todos os beneficiários vão ficar disponíveis para saque até o dia 28 de junho de 2019. 

Comente agora

Volkswagen e Ford anunciam detalhes de aliança global

Economia  Postado por Fernanda Pinheiro - 15/01 14:16h
Volkswagen e Ford anunciam detalhes de aliança global

Foto: Auto Esporte | G1

A Volkswagen e a Ford produzirão caminhonetes e vans de médio porte e irão colaborar em veículos elétricos como parte de uma ampla aliança global, disseram as companhias nesta terça-feira, 11. Nessa aliança, a Ford irá projetar e produzir as picapes para as duas empresas, dando à Volkswagen maior acesso a um segmento lucrativo de mercado. A Ford também construirá vans maiores para os clientes europeus, enquanto a montadora alemã desenvolverá uma van para as duas companhias. Os veículos devem estar prontos para o mercado até 2022, enquanto a cooperação deve produzir melhores resultados operacionais antes dos impostos de 2023, disseram as empresas. As duas companhias se disseram abertas a considerar programas adicionais de veículos no futuro. Ao unir forças, Ford e Volkswagen pretendem distribuir o custo e o risco do extenso investimento necessário para desenvolver a próxima geração de veículos autônomos e elétricos. A aliança será comandada por uma comissão liderada pelo presidente-executivo da Volkswagen, Herbert Dias, e pelo CEO da Ford, Jim Hackett. (Isto é)

Comente agora

Comércio varejista cresce 2,9% de outubro para novembro, diz IBGE

Economia  Postado por Willyam Reis - 15/01 10:31h
Comércio varejista cresce 2,9% de outubro para novembro, diz IBGE

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O volume de vendas do comércio varejista cresceu 2,9% na passagem de outubro para novembro de 2018. O dado é da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada hoje (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A alta veio depois de duas quedas: 0,7% de agosto para setembro e 1,1% de setembro para outubro. O indicador também teve altas de 0,4% na média móvel trimestral, de 4,4% na comparação com novembro de 2017, de 2,5% no acumulado do ano e de 2,6% no acumulado de 12 meses. Seis das oito atividades varejistas pesquisadas tiveram alta na passagem de outubro para novembro, com destaque para outros artigos de uso pessoal e doméstico (6,9%), móveis e eletrodomésticos (5%) e artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (2,8%), que foram beneficiados por promoções anunciadas em novembro. Também tiveram alta os segmentos de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (1,7%), tecidos, vestuário e calçados (1,7%) e combustíveis e lubrificantes (0,1%).

Comente agora

Restituição do Imposto de Renda começa a pagar hoje R$ 667 milhões

Economia  Postado por Willyam Reis - 15/01 08:58h
Restituição do Imposto de Renda começa a pagar hoje R$ 667 milhões

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Contribuintes contemplados no lote de restituição residual do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física dos exercícios de 2008 a 2018 recebem hoje (15) o crédito bancário. São 257.094 contribuintes que receberão R$ 667 milhões. Desse total, R$ 268,9 milhões são para contribuintes com preferência para o recebimento: 7.677 idosos acima de 80 anos, 45.899 contribuintes entre 60 e 79 anos, 5.487 pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 20.742 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet, ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, com entrega de declaração retificadora. A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do Imposto de Renda Pessoa Física - IRPF - e situação no Cadastro de Pessoa Física - CPF.

Comente agora

Ibovespa bate novamente recorde; dólar e euro fecham em queda

Economia  Postado por Aline Souza - 14/01 22:30h
Ibovespa bate novamente recorde; dólar e euro fecham em queda

Foto: Arquivo Agência Brasil

O Ibovespa, principal indicador das ações mais negociadas na B3, antiga BM&F Bovespa, novamente bateu recorde nesta segunda-feira (14), atingindo 94.474 pontos, uma elevação de 0,87% em relação ao pregão da sexta-feira (11). O recorde anterior, de 93.805 pontos, foi registrado na quinta-feira (10). As ações que mais valorizaram hoje foram as da Viavarejo ON (6,87%), Sabesp ON (5,34%) e Estacio Porton (4,49%). Os papéis que mais perderam valor foram os da Usiminas (-3,05%), Lojas RennerON (-1,82%) e Natura ON (-1,59%). O dólar comercial fechou o dia cotado a R$ 3,69, com queda de 0,41%. Já o euro encerrou a segunda-feira a R$ 4,24 para venda, em baixa de 0,15%. (Bocão News)

Comente agora
Veja mais

As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com