As comentadas

Boa noite , Quinta-feira, 28/08/2014









Enquete



Reflita

Blog

Economia

28
Ago
Chery inaugura fábrica em Jacareí e anuncia aporte de R$ 50 milhões
Postado por: Anacley Souza / 14:21h

A montadora chinesa Chery inaugurou no início da tarde desta quinta-feira (28), em Jacareí, interior de São Paulo, sua primeira fábrica no Brasil e anunciou um investimento de R$ 50 milhões em um centro de pesquisa e desenvolvimento no país. “No futuro, provavelmente a partir de 2018, a Chery terá um automóvel pensado, desenvolvido e produzido especialmente para o mercado brasileiro. O centro de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) também vai atuar no desenvolvimento de novos modelos para a América Latina”, afirmou Luis Curi, vice-presidente da Chery no Brasil. O local onde o centro será implantado ainda não foi definido pela empresa, mas há a possibilidade do investimento ser feito no Vale do Paraíba por conta da proximidade com a fábrica de automóveis. "O centro de P&D será um instrumento para melhoria contínua. São José dos Campos é uma candidata fortíssima por estar perto da fábrica, mas ainda devemos estudar todas as possibilidades", disse Curi. Além do anúncio do novo aporte, a Chery investiu cerca de U$ 400 milhões na unidade do Vale do Paraíba que foi inaugurada nesta quinta-feira.

Comente agora
28
Ago
Terminais de autoatendimento da Caixa ficarão indisponíveis no próximo domingo (01)
Postado por: Anacley Souza / 13:58h

A Caixa Econômica Federal informa que, no próximo domingo (31), os ambientes de autoatendimento estarão indisponíveis de 0h às 6h. Segundo o banco, a pausa nos serviços se deve a uma atualização tecnológica que visa melhorar a qualidade e disponibilidade dos serviços aos clientes. Os cartões de débito e crédito e demais serviços como Internet Banking, Banking Móvel, Caixa Celular e Banco 24 Horas não sofrerão impacto. (Folha)

Comente agora
28
Ago
Anatel divulga novas tarifas para ligações de telefones fixos para celulares
Postado por: Anacley Souza / 13:20h

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) anunciou nesta quinta-feira (28) os novos valores tarifários máximos das ligações de telefones fixos para celulares nas ligações locais e de longa distância. Os valores estão presentes em ato publicado no Diário Oficial da União. Há tabelas com valores normal e reduzido entre áreas de concessão, por operadora, e prestadora de destino. Os valores citados são líquidos de impostos e contribuições sociais. Na quinta-feira da semana passada, dia 14, a Anatel aprovou um reajuste de 1,5% nas tarifas de telefones fixos nas ligações locais e de longa distância para celulares. Os novos valores devem começar a ser praticados na próxima semana e valem para os planos básicos oferecidos pelas empresas de telecomunicações aos clientes. Para os planos de assinatura alternativos, a tarifa é livre "O reajuste aprovado refere-se à tarifa teto, mas muitas operadoras praticam preços inferiores", afirmou na semana passada o conselheiro da Anatel relator do processo, Jarbas Valente. Ele lembrou que os preços reajustados já haviam sofrido um desconto de 12% desde março deste ano, graças à queda nas tarifas de interconexão do setor. Ou seja, as nova tarifas continuarão inferiores às que eram praticadas até o ano passado. De acordo com o órgão regulador, o IST (Índice de Serviços de Telecomunicações) que corrige os preços do setor seria de 8,71% para o período considerado para o reajuste (junho de 2012 a 2013), mas com a consideração do chamado Fator X, que desconta os ganhos de produtividade alcançados pelas empresas, de 6,078%, o aumento final foi de apenas 1,5%. (Estadão Conteúdo)

Comente agora
28
Ago
Governo prevê salário mínimo de R$ 788 para 2015
Postado por: Redação Voz da Bahia / 11:17h

A ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, anunciou nesta quinta-feira (28) que o Projeto de Lei Orçamentária (Ploa) elaborado pelo governo prevê salário mínimo de R$ 788,06 a partir de 1º de janeiro de 2015. O valor representa um reajuste de 8,8% em relação aos atuais R$ 724,00. Segundo a assessoria da ministra, o impacto do aumento do salário mínimo nas contas públicas, com o pagamento de benefícios, será de R$ 22 bilhões em 2015. Belchior fez o anúncio após entregar o projeto da Lei Orçamentária ao presidente do Senado, Renan Calheiros. Depois de ser entregue ao Congresso, o projeto passa pela análise da Câmara e do Senado e pode sofrer alterações antes de ser aprovado. O valor do salário mínimo é calculado com base no percentual de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do ano retrasado mais a reposição da inflação do ano anterior pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Comente agora
28
Ago
Débito não autorizado lidera queixas contra bancos
Postado por: Letícia Oliveira / 07:41h

Os débitos em conta não autorizados foram as principais reclamações de clientes bancários feitas ao Banco Central (BC), em julho. No total, foram registradas 351 reclamações desse tipo, com indício de descumprimento de lei ou regulamentação cuja competência de supervisão seja do BC. Dessas queixas, 93 foram registradas contra o Santander, 79 contra a Caixa Econômica Federal e 69 contra o Banco do Brasil. Em segundo lugar no ranking das reclamações mais frequentes estão as irregularidades referentes a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços, com 212 casos. Em seguida, vem a cobrança irregular de tarifa por serviços não contratados (161). A lista de instituições financeiras mais reclamadas, divulgada ontem pelo BC, ganhou novas informações. Até junho, as instituições estavam divididas entre as que tinham mais de um milhão de clientes e as que tinham menos. Agora, a divisão passou a ser feita entre as entidades com mais de dois milhões de clientes. As financeiras também foram incluídas no levantamento. (Correio)

Comente agora
28
Ago
Antes de ir à Justiça para benefício é preciso fazer pedido ao INSS, diz STF
Postado por: Redação Voz da Bahia / 00:28h

O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quarta-feira (27) que é preciso fazer um requerimento administrativo ao INSS sempre que um benefício for solicitado. De acordo com a maioria dos ministros, o pedido, quando for feito diretamente ao Judiciário, não será mais válido. Para se chegar à decisão, os ministros analisaram o caso de um trabalhador rural que, indo diretamente ao Judiciário, pediu a concessão de uma aposentadoria por invalidez por preencher os requisitos necessários para se obter o benefício. Quando a ação foi apresentada, a Justiça Federal extinguiu o processo alegando que o trabalhador não havia feito o pedido, inicialmente, ao INSS. Essa decisão, no entanto, foi modificada pelo TRF-1 (Tribunal Regional Federal), que considerou válido o pedido. O INSS recorreu e o caso foi para o STF. A maioria dos ministros entendeu que a necessidade de se fazer o pedido, primeiramente, ao INSS, não fere o livre acesso ao Judiciário, que é um princípio assegurado pela Constituição Federal. O relator do processo, Luís Roberto Barroso, deixou claro que o fato de se fazer um pedido administrativo no INSS não significa ter que aguardar o julgamento em todas as instâncias do órgão.

Comente agora
27
Ago
Oi contrata BTG Pactual para preparar oferta por TIM Participações
Postado por: Anacley Souza / 14:06h

A Oi contratou o BTG Pactual para viabilizar uma oferta pela TIM Participações, num esforço para não ficar à margem na consolidação em curso no setor de telecomunicações no Brasil e um mês antes de um importante leilão de licenças de telefonia móvel de quarta geração (4G). As ações da TIM subiam quase 7% perto das 13h, na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Em fato relevante no fim da terça-feira (26), a Oi informou que o banco BTG Pactual atuará como comissário "para, agindo em seu próprio nome e por conta e ordem da Oi, desenvolver alternativas para viabilizar proposta para a aquisição da participação detida indiretamente pela Telecom Italia na TIM Participações". A Telecom Italia detém 67% da TIM Participações. O valor da fatia, a preços de mercado, é de cerca de R$ 18,4 bilhões. A iniciativa da Oi acontece enquanto a espanhola Telefónica e a Telecom Italia travam uma batalha para adquirir a operadora brasileira de banda larga GVT, propriedade da francesa Vivendi. Paralelamente, a Claro passa por processo de unificação de suas operações com Embratel e Net, todas companhias do grupo mexicano América Móvil. A Oi, por estar no meio de um conturbado processo de fusão com a Portugal Telecom, não era vista como provável protagonista na recente rodada de consolidação na indústria de telecomunicações no Brasil.

Comente agora
27
Ago
Brasil registra ingresso de US$ 1,2 bilhão na parcial de agosto
Postado por: Letícia Oliveira / 12:56h

A entrada de dólares na economia brasileira superou a retirada da moeda em US$ 1,21 bilhão no acumulado de agosto, até a última sexta-feira (22), informou o Banco Central nesta quarta-feira (27). Em julho, US$ 1,79 bilhão haviam deixado a economia brasileira. No acumulado deste ano, o fluxo de dólares também está no azul, ou seja, com mais entrada do que retirada de divisas do Brasil. Na parcial de 2014, até a última sexta-feira (22), US$ 3,57 bilhões ingresssaram no país. Em igual período do ano passado, US$ 6,43 bilhões haviam entrado no país.

Comente agora
27
Ago
Empresários querem nova Lei dos Portos
Postado por: Letícia Oliveira / 08:08h

Catorze meses depois da aprovação do novo marco regulatório no Congresso Nacional, empresários do setor portuário pedem mudanças e adaptações na legislação. Um documento de 25 páginas, produzido pela Associação Brasileira de Terminais Portuários (ABTP), será entregue ao ministro da Secretaria de Portos, César Borges, e aos presidenciáveis a partir da semana que vem. No documento, há uma série de sugestões de como tornar o setor mais competitivo e dados sobre a necessidade de novos investimentos. Entre as mudanças mais significativas está a transferência de administração das autoridades portuárias estatais (Companhias Docas) para o setor privado. (Estadão)

Comente agora
27
Ago
Energia eólica deve corresponder a 11% da produção nacional em dez anos, diz EPE
Postado por: Letícia Oliveira / 07:25h

A participação da energia eólica na matriz energética brasileira deve atingir 11% nos próximos dez anos. Segundo o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, esta é a perspectiva com que o governo federal está trabalhando. Ele acrescentou que, atualmente, este é o tipo de energia que mais vai crescer no período depois da hídrica e que a produção no Brasil já ultrapassou a da energia nuclear. Em agosto, a fonte eólica atingiu a capacidade instalada de 5 gigawatts (GW), o suficiente para abastecer, na média, cerca de 4 milhões de residências ou 12 milhões de pessoas, o que corresponde a uma cidade do tamanho de São Paulo. O presidente da EPE deu as declarações ao participar da abertura do 5º Brazil Windpower, promovido anualmente pela Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), pelo Conselho Global de Energia Eólica (Gwec) e pelo Grupo CanalEnergia. O encontro reúne representantes das principais empresas da cadeia produtiva da indústria de energia eólica. Tolmasquim também informou que o leilão de energia de reserva de 2014, que vai ocorrer no dia 31 de outubro, tem registrado um grande interesse e atingiu mais de mil inscritos.

Comente agora
26
Ago
Burger king compra Tim Hortons por US$ 11,4 bilhões
Postado por: Marcus Augusto DRT 5719 / 21:58h

A companhia canadense de café e rosquinhas Tim Hortons e o Burger King fecharam um acordo para unir suas operações e criar a terceira maior rede de fast food do mundo, com vendas anuais estimadas em aproximadamente US$ 23 bilhões e 18 mil restaurantes em 100 países. Segundo o Financial Times, o negócio foi fechado por US$ 11,4 bilhões. Controlador do Burger King, o fundo de private equity 3G Capital - comandado pelos brasileiros Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira - terá uma participação de cerca de 51% na nova empresa. Após a conclusão da fusão, cada marca será gerenciada de maneira independente. Segundo comunicado divulgado pela Tim Hortons, a diretoria da nova instituição contará com oito executivos atuais do Burger King e outros três que serão nomeados pela empresa canadense. Como parte do acordo, a nova companhia terá sua sede mundial em Ontário, no Canadá. A mudança foi motivada pela redução do pagamento de impostos que possibilita. O Burger King poderá, assim, aproveitar-se de taxas menores, especialmente em cima dos lucros que serão gerados fora dos Estados Unidos. Essa é uma prática que está na mira de Washington, onde o movimento de saída de diversas empresas americanas tem intensificado o debate sobre a "fuga de pagamento de impostos". 

Comente agora
26
Ago
À espera do Ibope, juro curto se estabiliza e longo cai
Postado por: Letícia Oliveira / 18:07h

Os contratos de juros futuros de curto e médio prazos fecharam perto da estabilidade nesta terça-feira, 26, enquanto os longos caíram, em linha com o comportamento do dólar e também no aguardo dos números da pesquisa Ibope sobre a corrida presidencial, a ser divulgada nesta terça-feira, 26, pelo Estadão e Rede Globo, a partir das 18 horas. Na BM&FBovespa, o DI para janeiro de 2015 fechou a sessão regular em 10,81%, de 10,80% no ajuste anterior, com 30.700 contratos; o DI janeiro de 2016 (138.815 contratos) passou de 11,25% para 11,26%;. O DI janeiro de 2017 fechou a 11,34%, ante 11,37% no ajuste de ontem, com 305.955 contratos. O DI janeiro de 2021 recuou de 11,47% para 11,38%, com 146.880 contratos. No levantamento do Ibope, o mercado conta com melhora expressiva do posicionamento de Marina Silva, capaz de não somente levá-la a um segundo turno contra Dilma, como até de vencer a eleição. Nesta manhã, uma pesquisa Ibope regional feita no Paraná e contratada pela RPC TV, afiliada da Rede Globo, mostrou que os três principais candidatos à Presidência aparecem em situação de empate técnico no Estado.

Comente agora
26
Ago
Relação entre etanol e gasolina cai a 64,88%, diz Fipe
Postado por: Anacley Souza / 15:19h

A relação entre o preço médio do etanol e o valor médio da gasolina voltou a cair na cidade de São Paulo. Segundo levantamento realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o nível passou para 64,88% na terceira semana de agosto e ficou abaixo das marcas de 65,37% e de 66,14% da segunda e da primeira semanas do mês, respectivamente. De acordo com especialistas, o uso do etanol deixa de ser vantajoso em relação à gasolina quando o preço do derivado da cana-de-açúcar representa mais de 70% do valor da gasolina. A vantagem é calculada considerando que o poder calorífico do etanol é de 70% da gasolina. O atual nível, portanto, significa que o consumidor paulistano continua tendo vantagem em optar pelo combustível derivado da cana. Em outro tipo de levantamento da Fipe, que leva em conta a metodologia do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), o valor médio do etanol apresentou intensificação de queda, com a variação negativa passando de 0,72% para 0,91%, entre a segunda quadrissemana do mês (últimos 30 dias encerrados em 15 de agosto) e a terceira leitura (últimos 30 dias encerrados em 23 de agosto). A gasolina também caiu mais no mesmo período, com o declínio passando de 0,34% para 0,47%.(Agência Estado)

Comente agora
26
Ago
Menor expansão do crédito é por causa de atividade econômica moderada, diz BC
Postado por: Anacley Souza / 13:27h

A menor expansão do crédito está associada à moderação da atividade econômica, segundo o chefe do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Tulio Maciel. Em 12 meses, encerrados em julho, o saldo das operações de crédito (R$ 2,835 trilhões) teve crescimento de 11,4%, o menor na série histórica iniciada em março de 2007. Em junho, a expansão ficou em 11,8%, e no ano passado o crescimento ficou em 14,7%. A previsão do BC para este ano é crescimento de 12%. “A moderação tem aspectos benignos. Um deles é a sustentabilidade. Essa expansão do crédito ocorre em um sistema financeiro robusto e com taxas de inadimplência bem comportadas e sem deixar de contribuir de maneira relevante para a atividade econômica, com expansão de dois dígitos”, argumentou Maciel. Segundo Maciel, as medidas anunciadas pelo BC que liberam mais recurso para os bancos emprestarem diminui a possibilidade de haver revisão da projeção de crescimento do crédito este ano. Mas ele enfatizou que as medidas têm “caráter predominantemente regulatório”, com impacto moderado no crédito em segmentos específicos. (Agência Brasil)

Comente agora
26
Ago
Banco paga menos por recursos, mas juro cobrado é o maior desde 2011
Postado por: Letícia Oliveira / 12:39h

Nem mesmo a interrupção do processo de alta dos juros básicos por parte do Banco Central, que levou as instituições financeiras a pagarem menos pelos recursos captados no mercado financeiro, impediu os bancos de cobrarem juros maiores dos seus clientes pessoas físicas e empresas. Segundo números divulgados pelo Banco Central nesta terça-feira (26), a taxa média de juros cobrada das famílias pelos bancos subiu pelo sétimo mês seguido em julho, para 43,2% ao ano. E atingiu, novamente, o maior patamar desde que o Banco Central começou a divulgar esses dados, em março de 2011. Em junho, a taxa estava em 43% ao ano. Desde março deste ano, quando o BC deu as primeiras sinalizações que poderia interromper o processo de alta dos juros básicos da economia, o que já gerou reflexo na curva de juros (usada como base para o quanto os bancos pagam pelos recursos), a taxa de captação dos bancos, que estava em 12,5% ao ano, recuou para 11,5% ao ano (patamar de julho), ou seja, uma queda de um ponto percentual. Mesmo assim, as instituições financeiras continuaram subindo os juros cobrados das pessoas físicas e das empresas. Em março deste ano, a taxa cobrada das pessoas físicas, nas operações com recursos livres (sem contar crédito rural e habitacional), estava em 41,6% ao ano, passando para 43,2% ao ano em julho deste ano – um aumento de 1,6 ponto percentual. (G1)

Comente agora
26
Ago
Energia ficará mais cara no Piauí
Postado por: Letícia Oliveira / 11:16h

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou aumento médio de 25,81% na tarifa de energia elétrica cobrada pela Companhia Energética do Piauí (Cepisa). Para consumidores de baixa tensão (residências, famílias de baixa renda e comércios), o aumento será 24,93%. Para consumidores de alta tensão, o reajuste chegará a 29,14%. Aprovada hoje (26) pela diretoria da agência, a nova tarifa começará a ser aplicada a partir do próximo dia 28, e afetará cerca de 1,1 milhão de unidades consumidoras localizadas nos 224 municípios do estado. Para definir os reajustes das tarifas, a Aneel considera a variação de custos que a empresa teve no ano. O cálculo inclui custos típicos da atividade de distribuição, sobre os quais incide o Índice Geral de Preços no Mercado, e outros gastos que não acompanham necessariamente o índice inflacionário, entre eles, compra de energia, encargos de transmissão e pagamento de encargos setoriais. (Agência Brasil)

Comente agora
26
Ago
É inadequado dizer que o Brasil passa por uma crise, diz Mantega
Postado por: Letícia Oliveira / 07:02h

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse na noite de hoje (25) que é “inadequado” falar que a economia brasileira passa por uma crise ou mesmo está estagnada. “Que crise é essa com quase pleno emprego, com valorização da Bolsa [de Valores] há mais de seis meses e com estabilização cambial, entre outros atributos?”, enfatizou ao discursar em uma premiação a empresários promovida pelo jornal Valor Econômico, na capital paulista. De acordo com o ministro, já existem indícios de que a economia voltará a crescer na segunda metade do ano. “Após a desaceleração do segundo trimestre, já está sendo detectada neste segundo semestre a recuperação do nível de atividade. Nestas circunstâncias, podemos falar em crescimento moderado”, avaliou. “É inadequado falar em estagnação, em recessão e, muito menos, em crise da economia brasileira”. A recuperação foi possível, segundo Mantega, após a desaceleração da inflação que permitiu que o Banco Central afrouxasse a política monetária.

Comente agora
25
Ago
Governo anuncia medidas que reduzem burocracia e facilitam a compra de um imóvel
Postado por: Marcus Augusto DRT 5719 / 14:18h

Ela atrasa, tira a paciência, torna a realização do sonho da casa própria uma batalha de idas e vindas ao cartório. Porém, esta peregrinação burocrática pode estar com os dias contados. Conforme anúncio do ministro Guido Mantega na última quarta-feira, o governo irá adotar uma série de medidas que facilitarão o crédito imobiliário, reduzirão a inadimplência e, principalmente, a burocracia que existe hoje na hora de se adquirir um imóvel. As ações envolvem a simplificação jurídica, a criação de títulos com isenção de Imposto de Renda e o fortalecimento de garantias. As medidas vão entrar em vigor gradualmente. A iniciativa é vista como solução pela a Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-BA), como explica o seu presidente, Luciano Muricy. “Acredito que isto irá beneficiar o setor como um todo. Apenas a intenção em diminuir a burocracia já nos deixa contentes, visto que este é um dos maiores gargalos que temos enfrentado”.  Para ele, menos burocracia, significa menos custo. “O excesso de burocracia impacta no preço final do imóvel e o encarece. Tudo que venha atenuar este efeito é visto como positivo pelo mercado imobiliário”, aponta. 

Percurso: 

Comente agora
25
Ago
Confiança do consumidor entre julho e agosto cai 4,3%, diz FGV
Postado por: Anacley Souza / 12:51h

O nível de confiança dos consumidores alcançou, entre julho e agosto, o menor patamar desde abril de 2009, segundo pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgada nesta segunda-feira (25). O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) teve queda de 4,3%. De acordo com a FGV, a queda foi influenciada pela avaliação dos consumidores sobre a situação econômica geral, o que contribuiu em cerca de 60% para o resultado negativo do índice. “A confiança do consumidor diminui e decepciona aqueles que esperavam a reversão da tendência de queda iniciada em 2012. Novamente o resultado foi influenciado pela insatisfação dos consumidores com o estado geral da economia”, afirma em nota Viviane Seda, coordenadora da pesquisa. O ICC passou de 106,9 para 102,3 pontos entre julho e agosto. Em abril de 2009, o índice era de 99,7 pontos. Os indicadores de confiança têm como referência o valor 100. Quanto mais acima dele estiver o índice, mais positiva é a percepção da população. O indicador que mede o grau de satisfação dos consumidores com a economia no momento caiu 13,6% em relação a julho, passando de 75,7 para 65,4 pontos. Este também é o pior resultado desde abril de 2009, quando o índice era de 56,5 pontos. A proporção de consumidores que avaliam a situação econômica como "boa" diminuiu de 16,7% para 12,5%. Enquanto isso, a taxa dos que apontam o cenário como "ruim" cresceu de 41% para 47,1%. Também foi divulgado o resultado do Índice da Situação Atual (ISA), que caiu 5,1%, para 107,2 pontos. É o menor nível desde maio de 2009, quando o indicador atingiu 103 pontos. (Revista Veja)

Comente agora
25
Ago
Chuva em excesso afeta produção de cacau na Bahia
Postado por: Anacley Souza / 11:56h

O setor produtivo do cacau na Bahia tem perspectivas positivas na safra 2013/2014, com o aumento de consumo no Brasil e no mundo, crescimento da produção, e melhores preços nos mercados interno e externo. Mas ainda convive com incertezas como dificuldades de acesso ao crédito por parte dos produtores endividados e fatores climáticos como chuvas intensas na região do baixo sul nos meses de julho e agosto deste ano. Com isso, aumentou a incidência do fungo da vassoura de bruxa em várias propriedades. O secretário executivo da Câmara Setorial do Cacau da Secretaria de Agricultura da Bahia, Isidoro Lavigne Gesteira, explica que as chuvas são atípicas nesta época do ano e a projeção é que as propriedades dos município de Itabuna, Uruçuca e Ilhéus sofram perdas de até 40% na produção. "A Ceplac produz neste momento clones maravilhosos, mas diante da descapitalização dos produtores não é possível fazer a substituição", afirmou Isidoro. A Bahia continua na liderança da produção de cacau no Brasil, mas para melhorar sua performance, avalia Isidoro Gesteira, é preciso investimentos mais pesados na cultura. "A produtividade na Bahia é de 20 arrobas por hectare, enquanto que no Pará chega a 40. Mais de 90% das propriedades no estado têm menos de 100 hectares e o produtor não tem como arcar com a necessidade de substituição das árvores", disse Isidoro Gesteira.

Importação : Fatores como esse fazem com o Brasil, quinto maior produtor mundial, precise importar cacau.

Comente agora
25
Ago
Metade dos principais setores da indústria tem perdas na produção desde 2008
Postado por: Anacley Souza / 11:15h

Mesmo com desonerações bilionárias, redução de juros e incentivos ao crédito e ao investimento, mais de metade dos principais setores da indústria ainda não conseguiu se recuperar da crise mundial de 2008. Isso é o que mostra levantamento elaborado pelo Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi) com exclusividade para o GLOBO. O trabalho analisa o desempenho da produção de 23 setores da indústria nos últimos seis anos. Deste total, 12 apresentaram queda. É o caso da indústria têxtil (-29,6%), de fabricação de produtos de informática, eletrônicos e ópticos (-25,1%) e veículos (-24,3%). "A produção de vários setores ainda não voltou ao nível pré-crise. É algo muito forte. Isso mostra que houve uma desindustrialização", afirma o ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Júlio Sérgio Gomes de Almeida, que participou da elaboração do estudo. Para Almeida, o resultado ruim é uma combinação de baixa produtividade e concorrência internacional acirrada, especialmente com a China, e desaquecimento da economia global. O presidente-executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Heitor Klein, tem a mesma avaliação e destaca que esses problemas criaram um desânimo generalizado entre os empresários. Para ele, a perspectiva de qualquer melhora ainda está distante. (O Globo)

Comente agora
25
Ago
Preço da gasolina é reajustado na Bahia.
Postado por: Anacley Souza / 09:28h

Mesmo sem a Petrobras ter aumentado o preço dos combustíveis para as distribuidoras, os postos de combustíveis de Salvador amanheceram hoje com a gasolina custando R$3 ,05, 22% mais cara. A maioria dos postos vinha praticando o preço de R$ 2,49, ou seja, uma majoração de R$ 1,56. Ainda não se sabe a explicação para esse subida preço repentina, mesmo porque o governo federal ainda não autorizou a Petrobras a reajustar o preço da gasolina. A presidente Dilma Rousseff já admitiu que poderá haver um reajuste no preço da gasolina “em algum momento no futuro”. Falando para a imprensa no último dia 10, ela fez questão de ressaltar que “não estava dizendo que haverá aumento ou não”. Dilma disse que “não tem a competência para tomar essa decisão”. A presidente lembrou ainda que a Petrobras tem contado com aumentos sistemáticos nos preços dos combustíveis, como no ano passado e em 2012. Durante a entrevista coletiva, ela afirmou também que a Petrobras reverterá os recentes resultados financeiros ruins apresentados. A Petrobras informou ter encerrado o segundo trimestre com lucro de R$ 4,96 bilhões, uma queda de 20% em relação ao mesmo período do ano passado.

Comente agora
25
Ago
Clientes acusam bancos de dificultar pagamento antecipado de crédito
Postado por: Anacley Souza / 08:48h

Centenas de clientes de bancos e financeiras estão enfrentando dificuldades para fazer o pagamento antecipado de empréstimos. A liquidação antecipada ocorre quando o cliente faz o pagamento total ou parcial da dívida antes do vencimento, com dinheiro próprio ou por transferência de recursos de outro banco para fazer a portabilidade do empréstimo. Com o pagamento antecipado, há redução proporcional dos juros. De acordo com o Banco Central (BC), somente em junho, nove clientes registraram reclamações no órgão por não terem conseguido fazer a liquidação antecipada. Além desses, 160 clientes bancários reclamaram de ter sido negada injustificadamente a portabilidade de crédito consignado. Mais 26 reclamações foram feitas relacionadas à portabilidade de operações de crédito. Já a Associação de Consumidores Proteste recebeu 134 reclamações de consumidores relacionadas a dificuldades para quitação antecipada de débitos, nos últimos 12 meses. Por conta das reclamações dos associados, a coordenadora institucional da entidade, Maria Inês Dolci, disse que a associação decidiu entrar com duas ações na Justiça de São Paulo contra o Banco BMG e a BV Financeira pedindo indenização por danos materiais e morais coletivos aos consumidores que não conseguiram a quitação antecipada de financiamento. Informações são da Agência Brasil.

Comente agora
25
Ago
Previdência inicia pagamento do 13º salário
Postado por: Anacley Souza / 07:53h

O INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) inicia a partir de a hoje o pagamento da primeira parcela do 13º salário aos aposentados e pensionistas. Os segurados que recebem até um salário mínimo (R$ 724) e possuem cartão com final 1 serão os primeiros a receber. Nesta primeira parcela, não será descontado o Imposto de Renda (IR), que será cobrado no mês de dezembro, momento do pagamento da segunda parcela do 13º, de acordo com a legislação. O calendário de pagamento deste mês segue até o dia 5 de setembro. A primeira parcela será depositada junto com os benefícios de agosto, assim como a antecipação de metade do abono de Natal. A segunda parte incluirá a diferença entre o total do abono anual e a parcela antecipada, paga com os benefícios de novembro. De acordo com a Previdência, a primeira parcela do 13º paga pelo INSS somará mais de R$ 13,9 bilhões. Mais de 27 milhões de pessoas terão direito ao pagamento do abono de Natal. A folha de agosto vai pagar mais de 31 milhões de benefícios previdenciários, um investimento superior a R$ 29 bilhões nas cidades.

Comente agora
25
Ago
Prazo para adesão ao Refis da Crise acaba nesta segunda
Postado por: Anacley Souza / 07:27h

Os contribuintes que têm dívidas com a União, vencidas até 31 de dezembro de 2013, têm até a hoje (25) para pedir o parcelamento do Refis da Crise, programa de renegociação de débitos federais. O programa para a adesão está disponível no Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (e-CAC). O Refis da Crise prevê o parcelamento em até 180 meses (15 anos) de dívidas de pessoas físicas e jurídicas com a União. A renegociação abrange tanto tributos em atraso, devidos à Receita Federal, como débitos inscritos da dívida ativa da União, cobrados pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. Todos os parcelamentos terão isenção de encargos e descontos escalonados de multas e juros conforme o número de prestações. Em relação às multas de mora e de ofício, o abatimento varia de 100%, para débitos quitados à vista, a 60%, para dívidas parceladas em 180 meses. O desconto nos juros ficará entre 45% e 25% na mesma comparação. Criado em 2009, o Refis da Crise originalmente renegociou dívidas com a União, vencidas até dezembro de 2008. No ano passado, o programa foi reaberto para incluir débitos vencidos até 2012, e fez o governo obter R$ 21,8 bilhões em receitas extraordinárias. O dinheiro ajudou no cumprimento da meta de esforço fiscal, em 2013.

Comente agora
24
Ago
Governo quer diminuir gastos com compras diretas e no atacado
Postado por: Redação Voz da Bahia / 14:16h

Começa a funcionar esta semana o sistema de compra de passagens aéreas diretamente pelo governo federal, sem intermediação de agências de viagens. O modelo, que durante dois meses será usado em caráter piloto, apenas no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, está sob a responsabilidade da central de compras da pasta. Criada em janeiro desse ano por meio de decreto, a central tem o objetivo de reduzir custos nas compras públicas de bens e serviços. No caso das passagens, por exemplo, companhias aéreas assumiram o compromisso de fazer descontos e segurar o preço e o assento por 72 horas. O valor médio dos abatimentos é de 5%. Além da mudança na aquisição de passagens, a central de compras se prepara para lançar os dois primeiros editais de licitação desde o início de sua operação. Um deles envolve a contratação de serviço de videoconferência para 67 órgãos da administração direta. O outro, a compra de imagens de satélite para 13 ministérios. No primeiro caso, o custo inicial, de R$ 800 milhões, caiu para R$ 100 milhões após a central assumir o processo. Para a compra de imagens ainda não há comparativo.  (Agência Brasil)

Comente agora
24
Ago
Apoio do BNDES a projetos de tecnologia cresce de forma constante
Postado por: Anacley Souza / 07:30h

A concessão de financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para projetos de tecnologia da informação e comunicação (TIC) tem crescido de forma constante e diversificada, informou à Agência Brasil a chefe do Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação da Área Industrial do banco, Irecê Kauss. Segundo ela, o apoio do banco se dá a empresas de todos os portes, "em segmentos diversos como segurança da informação, sistema integrado de gestão empresarial (ERP, do nome em inglês), serviços de TI [tecnologia da informação] e internet das coisas”. O volume concedido pelo banco para TIC alcançou R$ 3,7 bilhões de janeiro a julho deste ano, sendo R$ 470 milhões em TI e o resto em telecomunicações. Em 2013, as liberações somaram R$ 3,1 bilhões, dos quais em R$ 900 milhões na área de TI e o restante em telecomunicações. Não há, entretanto, levantamento no BNDES sobre as regiões que têm recebido maior volume de financiamento em TI, explicou Irecê Kauss. Os recursos para projetos inovadores de TIC são oriundos do Programa para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia da Informação (BNDES Prosoft) e se inserem na área de inovação, considerada prioridade estratégica para o banco.

Comente agora
23
Ago
Bahia precisa investir R$ 62 bilhões em infraestrutura, afirma CNT
Postado por: Anacley Souza / 14:48h

A Bahia precisa de pelo menos R$ 62,4 bilhões para atender as necessidades logísticas do setor produtivo, indica o Plano CNT de Transporte e Logística, divulgado ontem pela Confederação Nacional de Transportes. Entre as obras indicadas no estudo estão a conclusão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e a duplicação das BRs 101 e 116. De acordo com os dados da entidade, pelo menos R$ 40 bilhões teriam que ser investidos em melhorias no transporte rodoviário, principalmente com a duplicação e a construção de pistas. Para solucionar os problemas de trânsito na Região Metropolitana de Salvador (RMS) seriam necessários R$ 11 bilhões em mobilidade urbana. Entre as obras destacadas como necessárias para facilitar o deslocamento de pessoas e cargas entre os 13 municípios da região, constam a construção de 50 quilômetros de metrô e VLT, além de 44 quilômetros de corredores para ônibus. Ao todo, foram elencados mais de dois mil projetos no Brasil, relacionados a todos os tipos de transporte. As propostas somam R$ 987 bilhões e têm o objetivo de contribuir para alavancar o desenvolvimento do país, reduzir custos logísticos, aumentar a competitividade dos setores produtivos e permitir mais segurança e desempenho, diz nota da CNT. “Uma significativa parcela da infraestrutura de transporte, em todas as modalidades, encontra-se obsoleta, inadequada ou ainda por construir”, conclui o estudo. (Correio)

Comente agora
23
Ago
Saiba quais são os serviços que o banco não pode cobrar de você
Postado por: Anacley Souza / 11:37h

Já parou para pensar que você pode estar pagando porserviços bancários que deveriam ser gratuitos? A cobrança irregular de tarifas foi a terceira maior causa de reclamações fundamentadas contra os bancos no Banco Central (BC) em junho. Só ficou atrás de débitos não autorizados em conta e restrição à portabilidade no crédito consignado.

Veja os serviços que não podem ser cobrados:

1. Até quatro saques por mês, no caixa, inclusive cheque ou cheque avulso, ou em terminal de autoatendimento.

2. Serviço de compensação de cheques.

3. Prestação de qualquer serviço por meios eletrônicos, no caso de contas cujos contratos prevejam utilizar apenas meios eletrônicos.

4. Consultas a saldos e extratos pela internet

Comente agora
23
Ago
Mega-Sena pode pagar R$6 milhões neste sábado (23)
Postado por: Anacley Souza / 11:17h

Neste sábado (23), a Mega-Sena pode pagar R$ 6,6 milhões no concurso número 1.629. O apostador que faturar o prêmio, pode ganhar, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal, uma frota de 50 carros de luxo ou 16 imóveis, no valor de R$ 400 mil cada. Mas se quiser investir, aplicando o prêmio em poupança, receberá mensalmente cerca de R$ 40 mil em rendimentos. No concurso realizado na última quarta-feira (20), o prêmio de R$ 3 milhões acumulou. Os números sorteados na ocasião foram: 26 - 29 - 34 - 38 - 50 - 60. Ao todo, 36 apostadores acertaram a quina e levaram R$ 48.159,74. Outros 2.795 jogadores acertaram a quadra e faturaram R$ 886,14. A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 2,50 e pode ser feita até as 19h do dia do sorteio em qualquer casa lotérica do país.

Comente agora
23
Ago
Gastos de brasileiros no exterior somam US$ 2,4 bi e batem recorde
Postado por: Anacley Souza / 08:11h

As despesas de brasileiros no exterior chegaram a US$ 2,415 bilhões, em julho. Isso representa o maior valor já registrado pelo Banco Central (BC) desde o início da série histórica, em 1995. Nos primeiros sete meses do ano, os gastos no exterior alcançaram US$ 14,9 bilhões, contra US$ 14,403 bilhões em igual período de 2013. Em julho do ano passado, as despesas totalizaram US$ 2,194 bilhões. Houve aumento das viagens ao exterior mesmo com a realização da Copa do Mundo, no Brasil, entre os dias 12 de junho e 13 de julho. As receitas de estrangeiros no Brasil chegaram a US$ 789 milhões em julho, contra US$ 540 milhões igual mês do ano passado. De janeiro a julho, as receitas chegaram a US$ 4,436 bilhões, contra US$ 4,020 bilhões nos sete meses de 2013. Com esses resultados de despesas e receitas, a conta das viagens internacionais ficou negativa em US$ 1,625 bilhão, no mês passado, contra US$ 1,654 bilhão em julho de 2013. Esses dados de viagens estão incluídos na conta de serviços (viagens internacionais, transportes, aluguel de equipamentos, seguros, entre outros), que apresentou deficit de US$ 4,546 bilhões, em julho, e de US$ 27,135 bilhões, em sete meses. (Estadão Conteúdo)

Comente agora
23
Ago
Um dos maiores guindastes do mundo é montado na Bahia
Postado por: Anacley Souza / 07:39h

Com investimentos de R$ 2,7 bilhões e empregando atualmente em seu canteiro de obras 5.500 trabalhadores, o estaleiro Enseada Indústria Naval, em Maragogipe, na borda do Paraguaçu, está em fase final de montagem de um dos mais altos guindastes do mundo. Trata-se do superguindaste Goliath, com 150 metros de altura, o equivalente a um prédio de 50 andares, 143 metros de comprimento, 7 mil toneladas e capacidade para içar cargas de até 1,8 mil toneladas. Composto de módulos de até 500 toneladas, o Goliath conta com uma equipe diversificada para sua montagem. A complexidade da operação consiste no içamento de peças de grande volume em altitudes elevadas. Participam da empreitada 64 profissionais de cinco nacionalidades diferentes, que atuam em uma das maiores operações desse tipo já realizadas no mundo. O superguindaste Goliath vai garantir maior produtividade ao estaleiro de Maragogipe, já que é capaz de montar megablocos, como se fosse peças de um Lego - brinquedo criado pelo dinamarquês Ole Kirk Kristiansen, cujo conceito se baseia em partes que se encaixam permitindo inúmeras combinações. Em operação, o equipamento permitirá erguer de uma só vez a torre de perfuração dos navios-sonda. De acordo com Humberto Rangel, diretor de Relações Institucionais e de Sustentabilidade da Enseada, o equipamento deve estar montado até o final de agosto, iniciando a fase de testes operacionais em novembro.

Comente agora
23
Ago
Mulheres têm salário médio maior que homens em dois estados brasileiro
Postado por: Anacley Souza / 07:15h

O salário médio das mulheres no Brasil é menor do que o dos homens, segundo dados da Rais (Relação Anual de Informações Sociais), divulgados pelo Ministério do Trabalho. As trabalhadoras ganham na média do País R$ 2.018,48. Já o rendimento médio dos homens é de R$ R$ 2.451,20. Com isso o salário médio de todos os trabalhadores ficou em R$ 2.265,71 em dezembro do ano passado. Isso representa um aumento real de 3,18% (tomando como referência o INPC), percentual superior ao ocorrido no ano anterior (2,97%), já que em dezembro de 2012, o rendimento médio no País era de R$ 2.265,71. Ainda assim, há dois lugares em que as mulheres têm média salarial maior que os homens: no Estado do Amapá e no Distrito Federal. No primeiro, elas recebem, em média, R$ 2.620,81 contra R$ 2.606,89 para eles. No DF, que tem os maiores rendimentos médios do Brasil, elas ganham R$ 4.360,65, e eles, R$ 4.135,11. Confira no mapa abaixo os valores em todos os Estados do País. O Ceará é o Estado com a menor média salarial. Os trabalhadores cearense recebem, em média, R$ 1.633,85 (sendo R$ 1.706,50 para os homens e R$ 1.539,56 para as mulheres). Mas a maior diferença entre homens e mulheres está no Estado do Rio de Janeiro. Lá, eles ganham em média R$ 2.942,26, e elas, R$ 2.292,14. (Record)

Comente agora
22
Ago
Demissões começam a ganhar força às vésperas da eleição
Postado por: Anacley Souza / 20:59h

Grandes empresas no Brasil estão demitindo funcionários por causa do pessimismo com a economia, incluindo varejistas e montadoras de veículos, em um desafio para a campanha de Dilma Rousseff à reeleição. As demissões não são novidade na indústria. Desde o ano passado, postos de trabalho têm sido cortados em vários setores, desde o têxtil até a siderurgia, por causa do fraco crescimento econômico, da inflação alta e do dólar baixo. Mas agora as demissões já alcançam setores como o comércio, construção e indústria de alimentos, que estiveram entre os maiores geradores de emprego ao longo da década passada e são menos expostos à economia internacional. O varejo, sozinho, perdeu mais de 78 mil empregos em termos líquidos nos sete primeiros meses do ano. Nos três anos anteriores, gerou-se em média 41 mil empregos no mesmo período, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado pelo Ministério do Trabalho. As montadoras de veículos, que estiveram entre as que mais ganharam com o forte crescimento do Brasil na década passada, também têm demitido milhares com a queda da produção. Evandro Dias, de 27 anos, é um dos que perdeu o emprego nas últimas semanas.

Comente agora
22
Ago
Arrecadação federal cai 1,6% e tem pior julho em quatro anos, diz Receita
Postado por: Letícia Oliveira / 14:45h

Com o fraco nível de atividade registrado na economia brasileira e com as desonerações de tributos feitas pelo governo federal, a arrecadação de impostos e contribuições federais, e das demais receitas, somou R$ 98,81 bilhões em julho deste ano. Com isso, recuou 1,6% frente ao mesmo mês do ano passado. Este também foi o menor resultado para meses de julho desde 2010 - quando a arrecadação somou R$ 88,58 bilhões. Os valores foram corrigidos pela inflação. 

Acumulado de janeiro a julho
No acumulado dos sete primeiros meses deste ano, ainda de acordo com dados oficiais, a arrecadação federal totalizou R$ 677,41 bilhões. Deste modo, registrou estabilidade frente ao mesmo período do ano passado - uma vez que a alta real registrada nos valores arrecadados foi marginal (de somente 0,01%). O aumento de apenas 0,01% no acumulado até julho é o menor deste ano. Na parcial do primeiro bimestre, por exemplo, a alta real (acima da inflação) era de 1,91%. Nos três primeiros meses de 2014, o crescimento foi de 2,08%, passando para um aumento real de 1,78% até abril. No acumulado dos cinco primeiros meses do ano, a alta foi de 0,31% e, no primeiro semestre, o crescimento foi de 0,28%.

Comente agora
22
Ago
CNI apura pior nível histórico de emprego na construção
Postado por: Letícia Oliveira / 13:51h

A retração do emprego na indústria da construção continuou em julho e o indicador da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que mede a evolução do número de trabalhadores no setor, chegou ao menor patamar da série histórica no mês passado. Em uma escala de 0 a 100 pontos na qual valores abaixo de 50 pontos representam redução, o índice para emprego na indústria da construção recuou de 45,3 pontos em junho para 44,2 pontos em julho. De acordo com a Sondagem da Indústria da Construção, divulgada nesta sexta-feira, 22, o movimento mostra que a perda de postos de trabalho tem se disseminado por todo o setor. A queda é verificada em todos os portes de empresas. Entre as grandes companhias de construção, o indicador de emprego caiu de 44,9 pontos para 44 pontos no mês passado, enquanto nas médias a redução foi ainda maior, de 45,5 pontos para 44,1 pontos.

Comente agora
22
Ago
Aumento de roubos faz preço do seguro para carro subir 20% em 2014
Postado por: Letícia Oliveira / 09:48h

A cada novo carro vendido, uma lista de custos é avaliada pelo consumidor – ou pelo menos, deveria ser. Trata-se de um monte de dinheiro: para estacionamento, combustível, possíveis reparos e o seguro. Esse último anda cada vez mais salgado, especialmente para quem mora na Grande São Paulo. Há corretores que já observam alta de até 20% nos seguros no País. Esse aumento é efeito do avanço de um índice nada positivo: o de roubo e furto de carros em todo o País. Segundo dados da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg), no primeiro semestre foram roubados 266 mil veículos no Brasil, 39% a mais que no mesmo período do ano passado. O Estado de São Paulo é cenário de 44,75% desses crimes, com 119 mil veículos roubados ou furtados. O efeito sobre os preços é direto. Entre 65% e 70% dos gastos da seguradora têm a ver com o pagamento de sinistros de todos os tipos. O diretor-executivo da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg), Neival Rodrigues Freitas, ressalta que a maior parte dessa fatia cobre roubos e furtos. “É um ponto importante, talvez o principal item considerado no calculo do seguro de automóvel”, sinaliza.

Comente agora
22
Ago
Consumidor brasileiro acredita em inflação de 7,2% nos próximos 12 meses
Postado por: Letícia Oliveira / 09:36h

O consumidor brasileiro acredita que a inflação ficará em 7,2% nos próximos 12 meses, segundo pesquisa feita neste mês pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). O resultado do Indicador de Expectativa de Inflação dos Consumidores de agosto, divulgado hoje (22), mostra estabilidade em relação a julho, quando o índice também ficou em 7,2%. Como em junho, a expectativa havia sido 7,4%, a média trimestral ficou em 7,3%. Segundo FGV, apesar do preço dos itens que mais afetam a formação das expectativas, como a alimentação, ter reduzido a inflação, há incerteza com relação aos aumentos programados de itens administrados para o próximo ano. A pesquisa é feita com 2.100 consumidores de sete capitais brasileiras (Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Brasília e Recife). Eles respondem à pergunta: na sua opinião, de quanto será a inflação brasileira nos próximos 12 meses? (Agência Brasil)

Um comentário
21
Ago
Arrecadação fiscal na Bahia aumenta 149% após lei que regula atuação de fiscais
Postado por: Letícia Oliveira / 16:51h

A Bahia teve um aumento da arrecadação fiscal de 149% nos últimos cinco anos, aponta o Sindicato dos Servidores da Fazenda do Estado da Bahia (Sindsefaz). Isso aconteceu por conta da implantação da Lei 11.470/2009, que trata da atuação dos auditores fiscais e dos agentes de tributos do estado. Os primeiros passaram a fiscalizar, exclusivamente, as empresas de grande e médio porte, enquanto que os demais ficaram com a atribuição de fiscalizar as empresas impactadas pelo Simples Nacional e no Trânsito de Mercadorias. “A redefinição de atribuições interferiu positivamente no âmbito da fiscalização de tributos do Estado. Houve um crescimento expressivo na cobrança dos créditos tributários, e consequentemente na ampliação do ingresso de recursos do Governo do Estado, em todos os segmentos da Fazenda”, ressalta Rubens Santiago, diretor de comunicação do Sindsefaz. A categoria deve discutir o tema juntamente com o ministro aposentado do Superior Tribunal Federal, Carlos Velloso, no Seminário “Por um Estado justo, que faça o povo avançar nas conquistas”, nesta sexta-feira (21). Ainda participa do evento o jornalista Paulo Henrique Amorim, falando sobre “Perspetivas da economia e da política nacional”. (BN)

Comente agora
21
Ago
Leilão de frequência para 4G será no dia 30 de setembro
Postado por: Letícia Oliveira / 16:29h

O leilão da faixa de frequência de 700 mega-hertz (MHz), que será usada para a tecnologia 4G, será no dia 30 de setembro. O edital foi divulgado na tarde de hoje (21) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A licitação vai definir as empresas autorizadas a usar a frequência para oferecer o serviço de telefonia móvel de quarta geração no país. Os preços mínimos das outorgas somam R$ 7,7 bilhões, e o valor do compromisso de pagamento dos custos para solucionar problemas de interferências e para a liberação da faixa, que hoje é ocupada por emissoras de TV analógica, será de R$ 3,6 bilhões. Somando custos que as empresas poderão ter para cumprir metas do leilão anterior, o custo total deverá ser R$ 11,8 bilhões. No dia 23 de setembro, a Anatel receberá os documentos de identificação e de regularidade fiscal, as garantias de manutenção de proposta de preço, as propostas de preço e a documentação de habilitação dos interessados em participar da licitação, que será julgada pelo critério do maior preço público ofertado para cada lote.

Comente agora
21
Ago
SAJ: Declaração do ITR poderá ser feita gratuitamente a partir de setembro, garante superintendente
Postado por: Anacley Souza / 12:08h

Em entrevista a Recôncavo FM, o superintendente do SAM (Serviço de Atendimento Municipal) Hélio de Aguiar informou que o órgão oferecerá a todos os proprietários rurais o serviço de declarar o ITR gratuitamente, “o SAM em sua nova instalação estará recebendo em todo o mês de setembro os nossos trabalhadores e proprietários para fazerem a declaração anual”, informa. De acordo Aguiar, no ano passado houve uma grande procura do serviço e garante que este ano não será diferente. Hélio disse, que o SAM está sendo assistido por uma profissional além de funcionários treinados. Salientando que estão obrigados a declarar a pessoa física ou jurídica proprietária, titular do domínio útil ou possuidora a qualquer título; um dos condôminos (quando o imóvel pertencer a várias pessoas); e o inventariante, em nome do espólio (enquanto não for concluída a partilha). No caso dos contribuintes imunes ou isentos, a entrega do ITR é obrigatória apenas para os que tiveram alterações cadastrais, “é interessante estar em dias com seus impostos e o SAM estará fazendo a declaração das certidões gratuitamente e quem não estiver regularizado junto a Receita Federal poderá pagar multa além de outros problemas que são acarretados”, completa. Os proprietários rurais de Santo Antônio de Jesus poderão fazer a declaração do Imposto Territorial Rural (ITR) gratuitamente a partir do mês de setembro. 

 Redação Voz da Bahia

Comente agora
21
Ago
Especialistas dizem que conta de luz vai ficar até 25% mais cara
Postado por: Anacley Souza / 09:57h

As contas de energia elétrica devem ficar entre 20% e 25% mais caras na Bahia a partir de abril do próximo ano, quando o governo federal anunciar o reajuste anual da tarifa da Coelba. Os cálculos são de especialistas no setor energético com base nos gastos que as empresas elétricas têm tido com a geração a partir das usinas térmicas, utilizadas nos últimos dois anos para compensar o baixo nível nos reservatórios das hidrelétricas. E a expectativa é de que os reajustes na mesma faixa se repitam em 2016 e 2017, e talvez 2018, 2019 e 2020. Dois reajustes concedidos recentemente pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) dão a dimensão do que vai acontecer no ano que vem. No interior de São Paulo, a Elektro foi autorizada a aumentar em 37,78% as tarifas, enquanto a CEB, do Distrito Federal, recebeu autorização para reajustar em 40,79%. O professor do recém-criado curso de Engenharia de Energia da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Osvaldo Soliano, explica que só pela utilização das térmicas, o custo com a geração de energia aumentou em 25%. Mas o impacto será diluído em três reajustes anuais. “Se não acontecer mais nenhuma novidade, como uma nova seca ou outro tipo de problema, teremos no ano que vem a primeira parcela pelo uso da energia térmica, mais uma inflação próxima de 7%, além do retorno a que as empresas do setor têm direito por força de contratos”, justifica. (Correio)

Comente agora
21
Ago
Pelo 3º mês, IBGE divulga dados incompletos de desemprego
Postado por: Redação Voz da Bahia / 09:51h

Pelo terceiro mês seguido, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga os dados sobre o desemprego no país de forma incompleta - consequência da greve de seus servidores, que começou em maio e durou 77 dias. O fim da paralisação foi decidido no último dia 12 de agosto. Foram apresentados apenas os dados completos das regiões metropolitanas de Recife, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo no mês de julho. Ficaram de fora as regiões metropolitanas de Salvador e Porto Alegre. A divulgação das taxas desses dois locais foi reprogramada para o dia 25 de setembro, na mesma data em que serão divulgados os resultados da Pesquisa Mensal de Emprego para as seis regiões referentes ao mês de agosto. A taxa de desemprego teve as maiores altas de junho para julho no Recife, passando de 6,2% para 6,6% no mês seguinte, e no Rio de Janeiro, onde o índice foi de 3,2% a 3,6%. Em Belo Horizonte, o desemprego cresceu de 3,9% para 4,1% e, em São Paulo, caiu de 5,1% para 4,9%.

Comente agora
21
Ago
Ministério da Fazenda indica regras para quitação antecipada de dívida
Postado por: Anacley Souza / 09:19h

O Ministério da Fazenda divulgou nesta quinta-feira, 21, regra sobre a liquidação antecipada de dívidas a credores externos do setor público. Conforme estabelece a portaria nº 343, publicada no Diário Oficial da União (DOU) de hoje, estão aprovados os procedimentos relativos à liquidação antecipada de dívidas remanescentes dos contratos de confissão e consolidação de dívidas originárias da reestruturação junto aos credores externos de obrigações vencidas e vincendas do setor público brasileiro no âmbito do acordo externo "1992 Brazilian Financing Plan", denominado Dívida de Médio e Longo Prazos (DMLP). A regra divulgada hoje esclarece que tratam-se de dívidas remanescentes referentes aos Bônus de Desconto e Bônus ao Par, com vencimento de principal em 15 de abril de 2024, em parcela única. Para efetuar a liquidação antecipada, o devedor deverá manifestar seu interesse formalmente ao Tesouro Nacional com antecedência mínima de 15 dias da data prevista para pagamento. O valor a ser pago corresponderá à totalidade do saldo devedor de cada um dos bônus da dívida objeto da quitação acrescido dos respectivos juros remuneratórios previstos contratualmente, calculados pro rata die desde o último vencimento até à data da quitação. Do montante dos juros remuneratórios calculados deverão ser descontados eventuais pagamentos relativos a juros ocorridos durante o período. Além disso, do saldo devedor apurado dos Bônus de Desconto e dos Bônus ao Par será deduzido o valor das respectivas garantias que foram constituídas sob a forma de caução em dinheiro. As garantias serão atualizadas de acordo com as cotações previstas no Contrato de Confissão e Consolidação de Dívidas firmado entre a União e o devedor, posicionadas no dia da quitação. (Estadão Conteúdo)

Comente agora
21
Ago
Carne bovina sobe 11,6% em 2 meses no estado da Bahia
Postado por: Anacley Souza / 08:44h

A carne bovina teve aumento de 11,6% nos últimos dois meses, segundo os pecuaristas devido à seca no interior do estado. Para o presidente do Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados da Bahia, Julio Cesar Melo de Farias, isto não chegou a ter acréscimo na cesta básica porque os preços do produto vêm oscilando há dois anos. Farias explicou que desde 2012, os pecuaristas, com receio de perder o gado por falta de água, abatiam os animais para a venda, o que se transformou em a oferta maior que a procura, então os preços baixaram. ”Com a seca de 2012 e 2013, os reflexos só vieram agora com a falta de oferta”. Segundo o presidente do sindicato, “este preço não tem acréscimo na cesta básica porque já foi aplicado em outras épocas”. A declaração tem como base a última pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), divulgando que a cesta básica de Salvador teve redução de preço em julho, após registrar alta por quatro meses, passou de R$ 278,97 para R$ 270,06. Farias disse que o preço da arroba está em R$ 125 e antes era de R$ 112. Mas mesmo com estes 12% registrados em 60 dias por falta de oferta, o preço da carne bovina está mais barato que em estados como Minas Gerais, São Paulo e outros. “Está dentro da média porque o preço de um quilo de carne de primeira aqui é de R$18 a R$20; a de segunda de R$ 10 a R$ 11. Já as chamadas carnes nobres como o filé está em torno de R$ 30 e a picanha R$ 33”, sinalizou o pecuarista. O consultor e chef de cozinha Mauro Hanisch, professor do bacharelado em Gastronomia da Escola de Nutrição da Ufba, aponta a carne de porco como uma substituição ideal e nutritiva, boa para o bolso dos consumidores já que a diferença de preço entre uma e outra é de quase 50%. Há vantagem até mesmo no aproveitamento da carne com osso. “Pouco sabido é que a carne suína é mais consumida no mundo do que a carne bovina, de acordo com a Associação Brasileira de Criadores de Suínos.

Comente agora
21
Ago
TCU libera publicação de edital do leilão 4G
Postado por: Anacley Souza / 08:05h

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu nesta quarta-feira, 20, revogar a medida cautelar que suspendia a publicação do edital do leilão de telefonia móvel 4G na faixa de 700 Mhz. O ministro relator Benjamin Zymler afirmou que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) encaminhou documentos esclarecendo as dúvidas e apresentou uma nova minuta de edital contendo, segundo ele, “sensíveis modificações em relação ao que anteriormente havia sido apresentado”. Com as respostas encaminhadas pela Anatel, Zymler entendeu que não há mais impedimentos para a continuidade da licitação e apresentou seu posicionamento ao plenário do TCU, que referendou a decisão do ministro. Mas a decisão apenas derrubou a medida cautelar que impedia a publicação do edital por entender que não há mais indícios de irregularidade. Agora, o tribunal analisará a viabilidade técnica e econômica do leilão. “Nesse segundo momento, poderá haver necessidade de expedir eventuais determinações corretivas”, disse Zymler. O edital foi aprovado em julho. O governo espera licitar a frequência 4G ainda em setembro. A estimativa é arrecadar R$ 8 bilhões para os cofres do Tesouro, valor que pode aumentar a depender da disputa entre as empresas. Antes, quando concedeu a medida cautelar, Zymler havia considerado insuficientes os estudos da Anatel por não demonstrar equilíbrio entre aqueles que já detêm a autorização para operar na faixa 2,5 GHz – licitada em 2012 – e os novos operadores. A Anatel apresentou ao TCU dois fluxos de caixa: um com o cálculo do preço mínimo para autorização da faixa de 700 MHz e outro com a vantagem econômica a ser ofertada para os vencedores que já detêm faixa 2,5GHz. (Agência Estado)

Comente agora
20
Ago
Crise na colheita de avelãs compromete produção de Nutella
Postado por: Redação Voz da Bahia / 20:01h

Com o mau tempo na Turquia, que é a maior produtora de avelãs, o preço da semente teve alta superior a 60% este ano. A escassez tem preocupado a indústria turca que é responsável pelo cultivo de 70% das avelãs de todo o planeta. A crise preocupa os apaixonados pelo creme de chocolate com avelãs, Nutella. Tudo isso, porque o grupo Ferrero compra anualmente quase um quatro das avelãs de todo o mundo, dependendo muito do país para conseguir as 50 avelãs necessárias para a produção de cada pote de 365g de Nutella. Mesmo com a notícia de que o grupo tenha adquirido uma da principais fornecedoras de avelãs da Turquia, podendo se proteger um pouco das pressões do mercado com a escassez de avelãs, a situação parece estar piorando para o creme de avelã. As avelãs não são o único ingrediente que está aumentando. Outros produtos usados para a fabricação do creme, como o azeite de dendê que compõe 20% da composição do Nutella, também apresenta alta nos preços por causa da demanda maior e dos problemas climáticos que afetaram a produção.

Comente agora
20
Ago
Indústria registra queda na produção e no emprego em julho
Postado por: Letícia Oliveira / 15:41h

Estudo divulgado hoje (20) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) indicam que, em julho, o setor registrou “baixo nível de atividade”, estoques acima do planejado, e que a utilização da capacidade instalada da indústria estava, na época, em 70%. De acordo com a Sondagem Industrial, o nível de produção da indústria registrou 48,8 pontos em julho. Já o indicador de número de empregados ficou em 45 pontos. Segundo a CNI, os resultados mostram que a indústria registra queda na produção e no emprego, estoques indesejados e elevada ociosidade. No entanto, a pesquisa acrescenta que as grandes empresas registraram crescimento da produção, com um indicador de evolução da produção superando os 50 pontos – 51,5 pontos em julho. Já nas pequenas empresas, o indicador ficou em 45,6 pontos; e, nas médias, em 46,6 pontos. Os indicadores da pesquisa variam de zero a cem. A marca de 50 pontos indica que o setor opera de acordo com o previsto. Valores acima de 50 indicam evolução positiva, estoque acima do planejado, utilização da capacidade instalada acima do usual ou expectativa positiva.

Comente agora
20
Ago
Banco Central lança medidas para estimular crédito e injetar R$ 25 bilhões na economia
Postado por: Redação Voz da Bahia / 13:17h

O Banco Central anunciou nesta quarta-feira (20) as novas medidas para estimular o crédito, complementares às que foram anunciadas em julho, e que têm potencial para injetar R$ 25 bilhões no mercado. De acordo com a Folha de São Paulo, uma das medidas anunciadas foi a liberação de outra parcela do depósito que os bancos são obrigados a deixar parados no Banco Central, ampliando em R$ 10 bilhões a oferta de empréstimos.

Comente agora
20
Ago
Classe C enfrenta dificuldades para controlar as contas do mês
Postado por: Letícia Oliveira / 13:06h

Os brasileiros estão reduzindo o consumo de serviços básicos, como água, luz, telefone e gás, para manter o orçamento sob controle. Com 81%, as contas da casa foram o principal item escolhido para economizar por quem está encontrando dificuldades em manter as contas em dia, de acordo com uma pesquisa do Instituto Datapopular divulgada ontem sobre o impacto da inflação na Classe C. O estudo indica que 69% dos integrantes da nova classe média brasileira vêm encontrando dificuldades para controlar o orçamento doméstico, enquanto 89% dos entrevistados, quase nove em cada dez, reconhecem que não conseguem mais comprar itens que faziam parte da lista de consumo há um ano. A pesquisa do Data Popular ouviu 2.004 pessoas, em julho. A explicação para os números, segundo o Datapopular, estaria em uma defasagem entre a renda da população e os preços dos produtos, que estariam crescendo em uma velocidade maior.  Os preços dos alimentos foram os mais reclamados pelos entrevistados, seguidos dos produtos de limpeza, educação e material escolar, além das roupas. Para o coordenador do curso de Economia da Universidade Salvador (Unifacs), Gustavo Casseb, o grande problema da nova classe média brasileira está na falta da chamada educação financeira.

Comente agora
20
Ago
Mantega anuncia hoje medidas para dar mais liquidez à economia
Postado por: Anacley Souza / 12:59h

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que anunciará ainda hoje (20) algumas medidas a serem adotadas pelo governo federal. A expectativa é que as medidas sejam complementares às anunciadas mais cedo pelo Banco Central, que liberou mais R$ 10 bilhões em recursos com o objetivo de dar mais liquidez à economia. Ao chegar ao ministério, pouco antes do meio-dia, Mantega não comentou o anúncio do BC. “Vou conversar com vocês às 14h, quando anunciarei algumas medidas”, disse Mantega. Ao liberar R$ 10 bilhões em recursos para a economia, o BC pretende dar continuidade à distribuição de liquidez na economia, com a alteração de normas de recolhimento compulsórios, dinheiro que os bancos são obrigados a deixar depositados no Banco Central – sobre recursos a prazo. Uma das medidas permite que até 60% do recolhimento compulsório relativo a depósitos a prazo sejam cumpridos com operações de crédito, aumentando em 10 pontos de percentagem essa possibilidade, definida no final de julho. Assim, 60% dos valores recolhidos poderão ser utilizados na contratação de novas operações de crédito e na compra de carteiras diversificadas (pessoas jurídicas e físicas). (Agência Brasil)

Comente agora
Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com