Voz


PodCast



Enquete





Blog

Mulher

'Não é Não': Financiamento de campanha contra assédio sexual termina nesta sexta

Mulher  Postado por Redação Voz da Bahia - 16/02 18:55h
'Não é Não': Financiamento de campanha contra assédio sexual termina nesta sexta

 Foto: Divulgação / Ítala Martina

Pensando no assédio sexual, recorrente nas festas populares, mulheres estão se movimentando e fazendo com que campanhas contra esse tipo de violência tenham ainda mais força no Carnaval de Salvador. A ação Não é Não ganhou visibilidade em todo país e já garantiu a distribuição de 15 mil tatuagens temporárias com a mensagem pelas ruas da capital baiana. Mas a campanha pode ainda ter mais 10 mil adesivos e, por isso, continua arrecadando fundos em um financiamento coletivo no site benfeitoria.com/naoenaoba até esta sexta-feira (15), às 23h59 (horário de Brasília). Para divulgar a ação, o coletivo local Não é Não preparou um ensaio fotográfico com mulheres reais no bairro do Santo Antônio Além do Carmo, em Salvador. Tem gorda, magra, negra, branca, loira, morena, cacheada, lisa, lésbica, hétero, bi, trans e cis. Os cliques foram feitos pela fotógrafa Ítala Martina e contam com a participação das psicólogas Ariane Senna e Natália Monteiro; da modelo e empresária Bell Rocha; da estudante e militante Gabriela Marx; e da jornalista Naiana Ribeiro. Além de lutar contra o assédio, promover a igualdade de gênero, empoderar e unir as mulheres, as fotos disseminam a campanha para que mais tatuagens possam ser distribuídas na capital nordestina com mais casos de violência contra mulher, segundo pesquisa recente da Universidade Federal do Ceará (UFC). Os dados chamam atenção para a importância de campanhas como essa não só em Salvador como em cidades de todos estados.  

Comente agora

Corpo feminino 'bloqueia' espermatozoides lentos, diz estudo

Mulher  Postado por Fernanda Pinheiro - 14/02 20:14h
Corpo feminino 'bloqueia' espermatozoides lentos, diz estudo

Cientistas encontraram evidências de que o sistema reprodutivo feminino é moldado de tal forma que espermatozoides mais lentos e fracos ficam pelo caminho e não atingem o óvulo. A pesquisa foi feita usando modelos em pequena escala e simulações em computador para mostrar o trajeto do espermatozoide desde o colo do útero até o óvulo. Para isso, foram usados espermatozoides de homens e touros, e o resultado demonstrou que os "nadadores mais fortes, conhecidos como estenoses, eram mais propensos a atravessar os pontos estreitos. Já os mais fracos, foram pegos por correntes que os empurraram para trás quanto mais avançavam.
 
— O efeito geral dessas restrições é evitar que espermatozoides mais lentos avancem e selecionar os espermas com maior mobilidade — disse Alireza Abbaspourrad, químico e principal autor do estudo da Universidade de Cornell, em Nova York.

Comente agora

Chá de lingerie, tradição que renova o "closet" da noiva!

Mulher  Postado por Redação Voz da Bahia - 11/02 09:00h
Chá de lingerie, tradição que renova o "closet" da noiva!

Foto: Reprodução / Zanotti - Pinterest

Todo mundo tá cansado de saber que quando tem casamento na área logo aparece o chá de casa nova, ou quando tem mulher grávida é tempo de chá de fraldas ou o próprio chá de bebê. Mas e chá de lingerie? Tão importante quanto os outros, é uma boa forma de relaxar e se divertir em meio as ansiedades comuns as vésperas do casamento.

O site Papel e Estilo da as dicas, o bom é que o pesado da organização fique divido entre madrinhas e parentes próximas a noiva, sabendo que é uma reunião somente para as amigas mais próximas, até por que o conteúdo é muito íntimo.

Primeira coisa é ter uma lista de convidadas e uma lista de possíveis presentes. Que podem ser conjuntos, peças únicas com cores diferentes ou variados estilos. Para não errar na escolha das lingeries uma ideia é conversar com a mãe da noiva, perceber o estilo dela e presentear com uma bela lingerie!

Comente agora

Com 980 ocorrências em janeiro, Salvador tem média de um caso de agressão a mulheres a cada 45 minutos

Mulher  Postado por Willyam Reis - 05/02 11:29h
Com 980 ocorrências em janeiro, Salvador tem média de um caso de agressão a mulheres a cada 45 minutos

Foto: Reprodução/TV Bahia

Salvador registrou 980 casos de violência contra mulheres somente em janeiro de 2019, segundo dados levantados junto às duas Delegacias Especiais de Atendimento à Mulher da capital baiana. Com isso, a cidade teve uma média de um caso de agressão a mulheres a cada 45 minutos no mês. As ocorrências registradas incluem agressões, ameaças, estupros, entre outros tipos de violência. Em todo a Bahia, há 15 delegacias especializadas de atendimento à mulher. Em Salvador, a população conta com uma unidade no bairro de Periperi e outra em Brotas. Todos os casos registrados nas delegacias de atendimento às mulheres vão para uma das sete Varas de Justiça do estado, que ficam nas cidades de Salvador (3), Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna e Ilhéus.

Comente agora

Meninas são autoras de 42 das 55 melhores redações do Enem

Mulher  Postado por Redação Voz da Bahia - 26/01 00:38h
Meninas são autoras de 42 das 55 melhores redações do Enem

Foto: Arquivo / Agência Brasil

Mulheres são maioria entre os candidatos "nota mil" na redação do Exame Nacional do Ensino Médio *(Enem). De acordo com a Agência Brasil, das 55 redações que tiraram a nota máxima na prova, 42, ou seja, 76%, foram escritas por mulheres, informou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame. O Enem foi aplicado nos dias 4 e 11 de novembro a mais de 4,1 milhões de estudantes em todo o país. O tema da redação foi Manipulação do Comportamento do Usuário pelo Controle de Dados na Internet. A maior parte dos estudantes com a nota máxima é da Região Sudeste, que concentrou 33 dos melhores textos – 14 eram do Rio de Janeiro e 14 de Minas Gerais. A Região Nordeste aparece em segundo lugar, com 14 textos nota mil. Em relação aos municípios, o Rio de Janeiro lidera com cinco redações, seguido por Fortaleza, com quatro. 

ESTUDANTE NOTA MIL: 

Comente agora

Três em cada dez mulheres que morrem por violência já foram agredidas

Mulher  Postado por Willyam Reis - 08/01 11:01h
Três em cada dez mulheres que morrem por violência já foram agredidas

Foto: © DR

Três entre cada dez mulheres que morreram no Brasil por causas ligadas à violência já eram agredidas frequentemente, revela estudo inédito do Ministério da Saúde obtido pelo jornal O Estado de S. Paulo. O levantamento foi feito com base no cruzamento entre registros de óbitos e atendimentos na rede pública de 2011 a 2016. "Vimos que essas mulheres já tinham recorrido aos serviços de saúde, apresentando ferimentos de agressões", diz a diretora do Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis da pasta, Maria de Fátima Marinho Souza, que coordenou o trabalho. Para ela, o resultado deixa claro o caráter crônico e perverso dessa vivência e a necessidade de se reforçar a rede de assistência. "Se medidas de proteção tivessem sido adotadas, talvez boa parte desses óbitos pudesse ter sido evitada.

Comente agora

Férias com looks mais descolados e despojados

Mulher  Postado por Redação Voz da Bahia - 07/01 10:07h
Férias com looks mais descolados e despojados

Hora de relaxar, colocar os pés para o alto e dar aquela pausa para refletir sobre o sentido da vida. É assim que 2019 começará para muita gente. Aquele sentimento de felicidade em despedir-se de um novo ciclo e comemorar a chegada de um novo ano, fazem convite para looks incríveis e refrescantes. O Paraíso Feminino, buscador de moda feminina, destaca moods urbanos e praianos.

Cores quentes e vibrantes também terão vez nessa estação, com destaque para as nuances do amarelo e laranja, fazendo vez no street style. As listras também terão vez, trazendo um mix de cores, estampa hype em saias com fendas e babados frontais, croppeds de tricô, vestidos e camisas. (por Iga Bastianelli - Bahia Notícias)

Comente agora

Site revela que filmes pornôs foi mais visitado pelas mulheres em 2018

Mulher  Postado por Redação Voz da Bahia - 31/12 20:42h
Site revela que filmes pornôs foi mais visitado pelas mulheres em 2018

Imagem: Getty Images/iStockphoto

As brasileiras estão entre as mulheres que mais consumiram pornografia no mundo neste ano. É o que diz o relatório anual lançado pelo Pornhub, uma das maiores plataformas de pornô do mundo. Ficamos em segundo lugar, junto com a África do Sul e atrás somente da campeã, Filipinas. Segundo o site, 35% dos brasileiros que visitaram o Pornhub eram mulheres; 65% foram homens. O número confirma uma tendência mundial: de 2017 para 2018, houve um aumento de 3% de consumo de pornô feito por elas. 

O que buscam as mulheres:

Comente agora

A cor Pantone 2019 é o Living Coral!

Mulher  Postado por Redação Voz da Bahia - 31/12 19:00h
A cor Pantone 2019 é o Living Coral!

Depois do Ultra Violet agora é a vez do Coral, ou melhor do Living Coral (Coral Vivo). Os especialistas afirmam que esta cor é energizante, sociável e espirituosa. De acordo com a Casa Vogue é uma cor presente na natureza mais especificamente no fundo do mar. 

Será usada na moda e na decoração! Por outro lado se você quer ficar na moda neste verão além do coral invista em tudo que for de palha, no neon e também o tecido linho estará em alta! Assim como tantas outas coisas que vão e voltam, não seria diferente com o neon, também muito mostrado na Semana de Moda de Nova York, essa volta de um pedaço dos anos 90, vem para contrapor os tons mais leves, para quem gosta de algo mais chamativo e vibrante.

As cores de outono x inverno, ainda estarão presente na estação quente. O Site Tom Certo dá a dica: tons pasteis e terrosos continuam . O Tom Certo ainda fala sobre as cores predominantes: verde menta, rosa pálido e os tons amarelos. Cores muito vistas e misturadas nas passarelas. E o melhor que é possível usar tudo isso e o verão permite usar e abusar das estampas.

Comente agora

Exibindo maturidade, Leandra Leal se declara para ex-marido: 'Amor não acaba nunca’

Mulher  Postado por Fernanda Pinheiro - 26/12 21:44h
Exibindo maturidade, Leandra Leal se declara para ex-marido: 'Amor não acaba nunca’

Foto: Reprodução / PurePeople
 

A atriz Leandra Leal usou suas redes sociais, nesta quarta-feira (26), para homenagear seu ex-marido, o produtor cultural Alê Youssef, que foi colaborador do antigo programa "Esquenta" de Regina Casé. A global fez um textão enaltecendo-o e reafirmando a felicidade pela relação que construíram, destacando a chegada da pequena Julia, filha adotiva do ex-casal. "Hoje é aniversário do Papaizote Ale! A única pessoa com quem eu compartilho esse amor infinito pela Júlia. Obrigada, Ale, por ter realizado esse sonho meu, obrigada por termos tido a Júlia, por termos criado família, amigos, turma, festas, blocos, filmes, peças, séries, livros, por termos sido tão potentes em 8 anos de casamento. Obrigada pelo trampolim e pela torcida ao longo do salto. Obrigada pela parceria nesse último ano, (e que ano lindo e transformador), agora temos a vida inteira pela frente como pais da nossa rainha, como amigos e parceiros, porque nessa conjuntura macro do Brasil e do mundo estamos do mesmo lado. Vai ser um luxo ter vc como testemunha da minha vida, vai ser um luxo ser da sua, vai ser uma honra estar ao seu lado na trincheira, na festa junina da escola, na formatura, na avenida, a onde nossa filha nos levar... amor não acaba nunca se transforma! Feliz nova volta ao redor do sol, parabéns, toda luz, toda sorte, todo amor!", escreveu. Nos comentários, vários seguidores elogiaram a postura da atriz. "Leandra, você é muito foda. Devo ter uns 15 anos a mais que você, mas quando eu crescer quero ser iguaizinhas a você", "Quanta grandeza de vocês dois", "O aniversário é dele, mas você está de parabéns! Que lindo texto!", foram alguns dos recados. Confira a foto:

Comente agora

'Terreno fértil para o lesbianismo', diz presidente do Tolima sobre futebol feminino

Mulher  Postado por Fernanda Pinheiro - 21/12 19:25h
'Terreno fértil para o lesbianismo', diz presidente do Tolima sobre futebol feminino

Foto: Divulgação / Tolima

A partir da edição de 2019 da Copa Libertadores da América masculina, o time que conseguir a classificação e quiser disputá-la terá de ter uma equipe feminina de futebol. A decisão foi tomada em 2016 dando tempo suficiente para os clubes se organizarem. No entanto, o presidente do Tolima, Gabriel Camargo, criticou duramente à exigência e disparou contra a modalidade. "O futebol feminino é um tremendo terreno fértil para o lesbianismo", declarou em entrevista à Rádio Caracol, da Colômbia. "Isso (obrigatoriedade) é errado, não rende nada economicamente, e as mulheres só trazem problemas, são mais beberronas que os homens. Perguntem ao pessoal do (Atlético) Huila como estão arrependidos de terem conquistado o título (da Libertadores feminina) e por terem investido tanto na equipe", disparou. O Atlético Huila, da Colômbia, foi o campeão da Libertadores feminina no último dia 2 ao bater o Santos, nos pênaltis, na final disputada em Manaus. O Tolima é um time pouco tradicional na Libertadores, mas ficou conhecido no Brasil por ter eliminado o Corinthians em 2011, na fase preliminar do torneio. A meio-campista do Huila, Yoreli Rincón, respondeu a declaração do mandatário nas redes sociais exigindo respeito pelo futebol feminino. "Presidente Camargo, não se esqueça de onde vieram seus filhos. De uma mulher. Tomara que consiga fazer seu time bicampeão com jogadores que não bebem e não têm mais de uma mulher. Respeite", escreveu a jogadora. (Bahia Notícias)

Comente agora

Uma mulher é alvo de abuso online a cada 30 segundos, diz estudo

Mulher  Postado por Fernanda Pinheiro - 19/12 19:00h
Uma mulher é alvo de abuso online a cada 30 segundos, diz estudo

Foto: VIX/Reprodução

É sempre necessário tomar cuidado nas redes sociais. Em plataformas como o Twitter, por exemplo, as mensagens podem ser bastante agressivas. De acordo com a Anistia Internacional, uma mulher é alvo de violência ou de abuso online nessa rede a cada 30 segundos.  O estudo divulgado nesta quarta-feira, 19, analisou milhares de tuítes recebidos por 778 jornalistas e políticas dos EUA e do Reino Unido, no ano de 2017. Todas representavam várias opiniões políticas e ideológicas. Entre o total, 1,1 milhão de tuítes mencionados (7,1%) continham conteúdo considerado “problemático” (definido como conteúdo hostil ou nocivo, que pode reforçar esteriótipos negativos ou prejudiciais contra determinado grupo) ou “abusivo” (que viola as próprias regras do Twitter e que promove violência ou ameaças contra pessoas por base em sua raça, etnia, origem, orientação sexual, gênero, religião, idade e outros). 

Um dos dados mais preocupantes apontado pelo estudo mostrou que as mulheres mestiças, incluindo negras, latinas e asiáticas, tinham 34% mais chance de serem mencionadas nesses tuítes do que as brancas.

Comente agora

9 situações que podem bagunçar o seu ciclo menstrual

Mulher  Postado por Fernanda Pinheiro - 15/12 07:34h
9 situações que podem bagunçar o seu ciclo menstrual

Foto: gpointstudio/ Thinkstock/ Getty Images

A vida seria tão mais fácil se o ciclo menstrual fosse certinho, não é mesmo? Você poderia programar aquela viagem mais tranquila ou marcar um dia de piscina com as amigas, sem ter que ser preocupar com aqueles dias. O que muitos não sabem, porém, é que alguns hábitos comuns tem o poder de desregular a menstruação e trazer surpresas não tão agradáveis! Por isso, fique de olho nas situações abaixo e descubra se elas são as responsáveis pelas falhas:

1. Estar acima do peso
O excesso de células de gordura elevam os níveis de estrogênio no organismo, o que pode fazer com que os seus ovários parem de liberar os óvulos. Com isso, o revestimento endometrial fica mais grosso. Em longo prazo, o excesso de estrogênio no corpo aumenta o risco de câncer endometrial. As mulheres acima do peso, geralmente, tem um fluxo intenso, pouco frequente e de longa duração. 

2. Estar abaixo do peso
Seu corpo tem uma reação oposta quando você está abaixo do peso, ou seja, não produz quantidades suficientes de estrogênio. E, para construir o revestimento uterino, você precisa de níveis adequados desse hormônio. Vale ressaltar que se você sempre pesou menos do que a média, isso pode não ser um problema. Ou, então, se eliminou muitos quilos em pouco tempo, o seu corpo deve se ajustar em alguns meses.

3. Dormir pouco
As pessoas que trabalham em horários não tradicionais, como enfermeiros e aeromoças são mais propensas a sofrer com períodos menstruais irregulares, de acordo com uma pesquisa publicada na revista Sleep Medicine. Isso acontece porque essas atividades mudam o seu relógio biológico, o que afeta diretamente os hormônios reprodutivos que influenciam no processo de ovulação e menstruação.

4. A sua idade
Entre os 45 e 50 anos, as mulheres já começam a sentir alguns sintômas da menopausa. Esse período é marcado por irregularidades na menstruação (o fluxo pode não descer de tempos em tempos) e pelas primeiras ondas de calor. Então, se você já está sofrendo com alguns desses sintomas, converse com o seu ginacologista.

5. O anticoncepcional
Quando a menstruação irregular é constante, em boa parte das vezes, recomenda-se a reposição do hormônio feminino progesterona na segunda fase do ciclo. O uso de reguladores parecidos com pílulas anticoncepcionais também é eficiente. Mas, não pense você que o seu corpo vai se adaptar imediatamente. O organismo demora algum tempo para se acostumar com os estímulos hormonais que está recebendo. Por isso, você pode ficar um tempo sem saber quando vai ficar menstruada ou não. Para facilitar a adaptação, lembre-se consumir o remédio todos os dias e sempre no mesmo horário. 

6. Stress
Isso é uma questão evolutiva. Não acredita? A gente explica: o corpo entende que as situações muito tensas não são propícias para gerar um bebê. Como resposta, o organismo faz com que o seu ciclo fique irregular, evitando a gestação.

7. Excesso de exercícios
A prática de atividade moderada e frequente estimula o organismo a liberar endorfina – substância relacionada ao bem-estar que reduz o stress e, com isso, ajuda a regularizar a menstruação. Porém, um treino pesado e feito além do recomendado favorece o aumento da prolactina – hormônio que prepara a mulher para a amamentação, provocando falhas na menstruação.

8. Remédios controlados
Qualquer medicamento relacionado aos hormônios, como medicação da tireóide, esteróides ou sedativos, pode influenciar o seu ciclo. A primeira coisa que você deve saber é que os hormônios não agem de forma isolada e, uma vez que estão na corrente sanguinea, eles estão todos conectados – mesmo quando são produzidos em glândulas diferentes. Uma droga feita para a tireóide, pode facilmente confundir seus hormônios, e atingir o receptor da fertilidade, por exemplo. Então, já sabe: não entre em pânico se a sua menstruação atrasar, porque em poucos dias ela volta ao normal.

9. Fuso horário
​O cérebro humano libera a melatonina para avisar o corpo que está na hora de dormir. Porém, se você está viajando em um diferente fuso horário, o organismo suspende a liberação desse hormônio até que fique noite. Esse processo de adaptação não é bom para o seu fluxo, porque mais uma vez o seu relógio biológico é modificado, afetando a parte de reprodução, ou seja, menstruação irregular. 

Comente agora

Segundo pesquisa, filmes com protagonistas mulheres têm bilheterias maiores

Mulher  Postado por Fernanda Pinheiro - 13/12 21:56h
Segundo pesquisa, filmes com protagonistas mulheres têm bilheterias maiores

Foto: Reprodução / Amino

Um estudo da CAA e da Shift 7 aponta que, em média, filmes que possuem protagonistas mulheres têm bilheterias maiores do que produções centradas em homens. De acordo com informações do site Deadline, de janeiro de 2014 a dezembro de 2017, foram analisados 350 filmes, dos quais apenas 105 tinham como personagens principais mulheres. Em todas as categorias de arrecadação (abaixo de US$10 milhões; entre US$10 milhões e US$30 milhões; entre US$30 milhões e US$50 milhões; entre US$50 milhões e US$100 milhões; e acima de US$100 milhões), estas produções resultaram em um desempenho maior, em média, do que aquelas com homens nos papeis principais. Na categoria de maior arrecadação, os filmes com protagonistas femininas fizeram US$ 586 milhões, enquanto aqueles com protagonistas homens arrecadaram US$ 514 milhões. "Essa é uma poderosa prova de que o público quer ver todo mundo representado na tela. As pessoas que tomam as decisões em Hollywood precisam prestar atenção nisso", disse Amy Pascal, uma das chefes da pesquisa e antiga executiva da Sony Pictures. 

Comente agora

'Um dos piores anos da minha vida': Ariana desabafa ao receber prêmio de Mulher do Ano

Mulher  Postado por Redação Voz da Bahia - 09/12 19:38h
'Um dos piores anos da minha vida': Ariana desabafa ao receber prêmio de Mulher do Ano

Ariana Grande, 25, foi premiada  como “Mulher do Ano” no evento Billboard Women in Music (Billboard Mulheres na Música)  nesta quinta-feira (6). Durante o seu discurso de agradecimento, a cantora destacou que 2018 foi um dos anos mais difíceis para ela. Vale lembrar, que o seu ex-namorado Mac Miller morreu em setembro, vítima de uma overdose e ela rompeu o noivado com o comediante Pete Davidson. “Isso é realmente especial. Eu quero dizer que acho interessante que esse tenha sido um dos melhores anos da minha carreira e um dos piores anos da minha vida”, disse Ariana. “Só estou dizendo isso porque sinto que muitas pessoas olham para alguém na minha posição agora, eu acho. Mulher do Ano, uma artista que poderia estar no seu auge, alcançando o que quer que seja, e pensam, você sabe: ‘Ela realmente se importa com isso, ela está realmente nisso, ela tem tudo”, continuou Ariana. “Eu tenho, mas no que diz respeito à minha vida pessoal, realmente não tenho ideia do que estou fazendo. Então sim, tem sido muito conflitante. Eu só quero dizer se você é alguém lá fora que não tem ideia do que este próximo capítulo vai trazer, você não está sozinho nisso”, disse. Para finalizar o discurso, Ariana disse: “Estou ansiosa para aprender a dar um pouco do amor e do perdão que eu dei de forma frívola e fácil aos homens do passado para mim mesmo este ano”. 

Comente agora

Eslovênia terá primeira mulher á frente do Exército na história

Mulher  Postado por Fernanda Pinheiro - 28/11 18:22h
Eslovênia terá primeira mulher á frente do Exército na história

Foto: Reprodução / Instagram

Alenka Ermenc, de 55 anos, será a primeira mulher à frente do Estado-Maior do Exército da Eslovênia, após o comunicado do governo divulgado nesta terça-feira (27). Segundo o Estadão, a indicação é um caso único em um país da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). A proposta foi baseada na experiência da general como comandante das unidades do Exército esloveno, por sua contribuição à implantação de um exército profissional e por sua formação civil e militar, de acordo com o comunicado. Para o presidente esloveno e chefe dos exércitos do pequeno país, Borut Pahor, a expectativa é de que a general Ermenc melhore a situação do exército, depois de anos de péssimos resultados. (Bahia Notícias)

Comente agora

Dia 25 de novembro: Dia Internacional da Não Violência Contra Mulher

Mulher  Postado por Fernanda Pinheiro - 25/11 11:25h
Dia 25 de novembro: Dia Internacional da Não Violência Contra Mulher

Dia 25 de novembro é o Dia Internacional da Não Violência Contra Mulher. Data declarada como justa homenagem à “Las Mariposas”, codinome utilizado em atividades clandestinas pelas irmãs Mirabal, heroínas que tiveram a coragem e força de se opor à ditadura de Rafael Leônidas Trujillo, na República Dominicana, uma das mais violentas da América Latina. Minerva, Pátria e Maria Tereza foram brutalmente assassinadas em 25 de novembro de 1960.

O que é considerado violência contra a mulher?

Podemos considerar violência qualquer ato consciente proveniente de uma pessoa que se encontra em situação hierarquicamente superior à outra e que a ofenda de alguma forma.

Comente agora

Contato pele a pele é importante tanto para prematuros quanto para pais

Mulher  Postado por Fernanda Pinheiro - 24/11 17:39h
Contato pele a pele é importante tanto para prematuros quanto para pais

Foto: metinkiyak/Thinkstock/Getty Images

Bebês prematuros frequentemente precisam ficar internados na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) neonatal ao menos para observação. O ambiente é tranquilo e controlado nos mínimos detalhes para que o bebê seja exposto ao mínimo de estresse possível e, assim, não tenha seu desenvolvimento prejudicado. Mesmo assim, há o risco elevado de atrasos no neurodesenvolvimento e outras consequências negativas para o crescimento infantil, que pode ser reduzido com mais uma estratégia: promover o contato físico do bebê com os pais ainda na UTI neonatal. Foi o que mostrou uma nova pesquisa, conduzida pela Universidade de Connecticut, nos Estados Unidos. O contato pele a pele já é celebrado há tempos pelo seu poder de acalmar o choro, reduzir o sofrimento com cólicas e outros benefícios. O método canguru, que preconiza o contato pele a pele e o atendimento humanizado nas UTIs neonatais, começou a ser implementado em maternidades brasileiras há cerca de dez anos. O novo estudo avaliou o impacto da abordagem nos prematuros internados do ponto de vista fisiológico e comportamental.

Comente agora

TJ-BA realiza exames gratuitos para detectar DSTs em mulheres

Mulher  Postado por Fernanda Pinheiro - 24/11 11:23h
TJ-BA realiza exames gratuitos para detectar DSTs em mulheres

Foto : Divulgação

Da próxima segunda-feira (26) até sexta-feira (30), uma ação do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) realizará gratuitamente exames para diagnósticos relacionados a doenças sexualmente transmissíveis em mulheres. A ação faz parte da 12ª Semana Justiça pela Paz em Casa e acontecerá na sede do TJ-BA, no Centro Administrativo, em Salvador, das 8h às 17h. As interessadas devem levar os originais do RG, cartão do SUS e comprovante de residência. Também gratuitamente, participantes poderão aferir pressão ocular, arterial e glicemia. (Metro1)

Comente agora

6 atitudes para engravidar com saúde em 2019

Mulher  Postado por Willyam Reis - 23/11 08:04h
6 atitudes para engravidar com saúde em 2019

Foto: © DR

Para algumas mulheres ser mãe é um dos momentos mais importantes em suas vidas. E para que esse momento seja de felicidade e saúde, é preciso garantir que tudo esteja em ordem e que a mulher esteja preparada antes de engravidar. Pensando nisso, a ginecologista e obstetra de São Paulo, Dra. Maria Elisa Noriler dá algumas dicas para você que pretende engravidar no próximo ano. Visite seu ginecologista – Marque com o especialista de sua confiança uma consulta pré-concepcional para a realização de alguns exames sanguíneos e físicos, controle de peso, atualização da carteira de vacinação e iniciação de alguns medicamentos importantes para saúde da mãe e de seu bebê.

Cuidado com a alimentação – Aposte em uma alimentação que conte com cinco a seis refeições por dia e com consumo maior da quantidade de frutas e vegetais. Além disso, vale também incluir na alimentação fibras, grãos e cereais integrais. “Esse tipo de dieta ajuda a estabilizar as funções hormonais e assim contribuem para que a mulher consiga ter um filho", explica a especialista.

Comente agora

ONG recria histórias infantis com protagonismo das princesas

Mulher  Postado por Aline Souza - 17/11 14:38h
ONG recria histórias infantis com protagonismo das princesas

Foto: Reprodução / Shutterstock

A ONG Plan International Brasil deu poder e protagonismo as princesas ao recriar as histórias infantis mais famosas da Disney. Segundo o site Universa, as releituras levam o termo "revolução" antes do nome das personagens e buscam mudar a forma que as crianças enxergam as mulheres. Além disso, as princesas aparecem como protagonistas. Elas montam em cavalos, lutam contra dragões e bruxas e até salvam os príncipes, diferente das histórias tradicionais. 

Comente agora

Entenda como a TPM acontece e aprenda a amenizar os sintomas

Mulher  Postado por Willyam Reis - 13/11 10:51h
Entenda como a TPM acontece e aprenda a amenizar os sintomas

Foto: iStock

A TPM ou Síndrome pré-menstrual é o período cíclico que precede a menstruação. Ela é caracterizada com um conjunto de sintomas físicos e emocionais causados por alterações hormonais que trazem desconfortos para a vida das mulheres. Segundo a ginecologista de São Paulo, Maria Elisa Noriler, durante cada ciclo menstrual, o organismo feminino passa por importantes mudanças como a elevação do estrogênio e queda da progesterona. Além disso, como as células nervosas são afetadas pela produção dos hormônios femininos, há uma influência no aumento e queda mensal da produção de serotonina – hormônio que dá a sensação de bem-estar. “Cólicas, alterações de humor e retenção de líquido são alguns dos sintomas que podem surgir, porém eles dependem muito de mulher para mulher, e podem ser muito evidentes em algumas ou muito discretos em outras”, explica a especialista.

Comente agora

Mulheres receberam três vezes menos recursos de campanha que homens, diz pesquisa

Mulher  Postado por Aline Souza - 12/11 22:13h
Mulheres receberam três vezes menos recursos de campanha que homens, diz pesquisa

Foto: Reprodução / EBC

Apesar da participação feminina na política ter crescido, o número de candidatas e de dinheiro disponível para gastos em campanhas é inferior ao dos homens. A constatação foi da ONG Movimento Transparência a partir de um levantamento a partir de informações extraídos do portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os dados mostram que a realidade é semelhante tanto na disputa por uma cadeira na Câmara Federal quanto na concorrência à uma vaga nas unidades do legislativo estadual. O levantamento aponta ainda que, ao longo deste ano, os 19.169 candidatos contaram com R$ 2.195.467.774,91, o que significa que cada postulante homem recebeu, em média, R$ 114.532,20. Já as 8.915 candidatas tiveram a receita total de R$ 602.860.123,05. Cada uma recebeu R$ 67.623,12, em média. (Bahia Notícias)

Comente agora

MPF lança campanha que defende a lei de proteção às vítimas de violência sexual

Mulher  Postado por Aline Souza - 08/11 18:00h
MPF lança campanha que defende a lei de proteção às vítimas de violência sexual

Foto: Agência Brasil

Em defesa da lei de proteção à mulher, o Ministério Público (MPF) lançou a campanha "Lei do Minuto Seguinte" nesta quarta-feira (7). O principal objetivo é garantir que a população conheça a Lei 12.845/13, que garante o atendimento emergencial, integral e multidisciplinar gratuito às vítimas de violência sexual, em todos os hospitais integrantes da rede do Sistema Único de Saúde (SUS). A iniciativa contou com apoio da Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap) e da agência Y&R. Segundo o MPF, a vítima deve receber tratamento imediato sem ter que passar por outro serviço antes, pois não é necessário ter boletim de ocorrência (BO) antes do atendimento. 

Comente agora

Seios doloridos e inchados; conheça 5 motivos para o desconforto

Mulher  Postado por Willyam Reis - 08/11 10:49h
Seios doloridos e inchados; conheça 5 motivos para o desconforto

Foto: DR

Toda mulher em algum momento já sentiu dores ou inchaço nos seios. Algumas se preocuparam e outras não. Algumas mandaram mensagens para o seu médico, conversaram com as amigas e outras logo fizeram pesquisas na internet. Acontece que as mamas podem dar sinais de que algo está acontecendo com a sua saúde, que podem ser desde algo simples até um problema que precisa ser avaliado por um especialista. Para tirar algumas dúvidas sobre o assunto, o Dr. Rogério Fenile, mastologista pela Unifesp e membro titular da Sociedade Brasileira de Mastologia, separou cinco motivos mais comuns, dos quais a mulher não precisa se preocupar.

Comente agora
Veja mais

As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com