As comentadas


Bom dia , Sábado, 01/11/2014









Enquete



Reflita

Blog

Carnaval de Juazeiro 100 Anos – Folia momesca terá de volta a tradição das Escolas de Samba

17/01/2014 19:44

Uma das manifestações mais marcantes do centenário carnaval juazeirense, as Escolas de Samba (as populares “batucadas”) trarão de volta à avenida o rufar dos tambores e o ritmo dos tamborins para o folião poder reviver a alegria e o brilho dos belos desfiles, com suas fantasias, estandartes, adereços, baianas e passistas. Desde os primórdios a folia momesca da cidade começou a se fortalecer e a ganhar fama inicialmente com os singelos desfiles dos carros alegóricos e em seguida com os contagiantes bailes realizados nos clubes sociais, especialmente os da 28 de Setembro, Apolo, Caçadores e Artífices. O São Francisco Country Clube passou a ser outra disputada opção a partir da década de 1960, chegando ao auge com a criação do Baile do Havaí que por mais de vinte anos foi a mais badalada prévia carnavalesca local. Já os desfiles das Escolas de Samba surgiram nos anos de 1950 e logo ganharam espaço no coração do povo através da inventividade, criatividade, gingado e muito samba no pé de agremiações que se tornaram verdadeiros símbolos culturais da maior festa popular de Juazeiro. Dentre as mais importantes, tivemos a “Unidos da Vila”, a “Cacumbu”, a “Piratas Reis do Samba”, a “A Voz do São Francisco”, a “Fala Quem Pode”, a “Imperatriz Juazeirense”, a “Império do Castelo Branco”, a “Voz do Morro” e a “Constelação do Castelo Branco”. Visando resgatar os desfiles e ampliar as opções da grade de atrações, tornando o evento ainda mais democrático, a coordenação do “Carnaval de Juazeiro 100 Anos” está possibilitando a volta de uma das mais fortes manifestações populares do município. Para o gerente de cultura da Secretaria de Cultura e Juventude, Wellington Monteclaro, essa ação retoma o debate sobre a busca da convivência harmoniosa entre as tradições e o novo. “Por muito tempo os desfiles dessas agremiações foram o principal meio de interação entre o povo e a arte expressiva do carnaval. Por isso não somente para esta edição comemorativa, mas nosso objetivo é que as escolas e batucadas voltem a fazer parte da festa em definitivo, ocupando destaque na folia em perfeita comunhão com os trios elétricos”, ressaltou. (ASCOM-Prefeitura de Juazeiro)



Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com