As comentadas

Bom dia , Terça-feira, 22/07/2014









Enquete



Reflita

Blog

5 dicas para queimar gordura de forma mais eficiente e com mais saúde

27/07/2011 22:28

Por mais que uma pessoa se exercite frequentemente, se alimente de maneira saudável na maior parte do tempo e a balança comece a mostrar números mais baixos, perder gordura é o mais difícil para quem está eliminando peso, principalmente para pessoas que já não são mais tão jovens.

Com as dicas a seguir, você aprenderá meios de perder gordura de maneira mais eficiente: 

1º Seja realista

Não tem como eliminar apenas gordura local. Se você quer perder um pouco de barriga ou gordura acumulada nas costas, precisará reduzir o total de gordura corporal. Você precisa de paciência para ver algum progresso na queima de gordura. Continue se alimentando e se exercitando corretamente e após alguns meses, irá notar a diferença. Não espere que ao perder gordura, você fique como era aos 20 anos de idade. A pele perde elasticidade com o tempo. Outros fatores também tornam a queima de gordura um desafio. Com a idade, a massa muscular decai e o metabolismo se torna mais lento. 

2º Realize exercícios de condicionamento cardiovascular

Um bom programa de exercícios de condicionamento cardiovascular é fundamental para queimar gordura. Caminhar é excelente, mas muitas pessoas precisam estimular mais suas rotinas de exercícios, principalmente se elas já vêm se exercitando há algum tempo sem notar desaparecimento de gordura corporal. Se você se exercita 3 vezes por semana, tente aumentar para 4. Ou se pratica alguma atividade por 45 minutos, tente praticar por 1 hora. Alternar exercícios intensos com outros mais leves também é uma boa maneira de perder gordura mais rapidamente. 

3º Faça sessões de musculação

Se você quer acabar com o excesso de gordura, 3 sessões de musculação por semana, de meia hora cada (se você é um iniciante) é o ideal. A partir do momento em que o seu nível de gordura estiver sob controle, você pode começar a fazer apenas 2 sessões por semana, apenas para manter a forma. Trabalhe o corpo inteiro. É melhor do que se focar apenas nos tríceps, por exemplo. Uma malhação completa trabalha todos os principais grupos musculares, não apenas o mais fraco. Se você é iniciante nesse tipo de exercício, procure um profissional para te dar algumas instruções. Um personal trainer poderá te orientar a fazer exercícios da maneira correta, e te auxiliar a perder gordura localizada. 

4º Faça abdominais

Embora muita gente ache que muitos sit-ups ou crunches (tipos de exercícios abdominais) são suficientes para acabar com o excesso de gordura, isso não é inteiramente verdade. Mas elas auxiliam no processo de queima de gordura. Somente exercícios abdominais não vão acabar com a gordura abdominal. Eles fortalecem a musculatura, logo, ajudam a barriga a ter uma aparência melhor. Mas se a gordura acumulada na barriga for devido aos músculos que não estão sendo exercitados por um longo tempo, fortalecer esses músculos poderá ajudar. 

5º Revise sua dieta

Toda semana aparece algum novo alimento ou suplemento que ajuda a queimar calorias, como por exemplo, pimenta, produtos lácteos com baixo teor de gordura e vários suplementos dietéticos. Alguns estudos mostram que determinados alimentos podem aumentar a velocidade do metabolismo. Pesquisadores têm debatido sobre o papel dos produtos lácteos no controle de peso. Dietas com pelo menos 3 porções diárias de laticínios com baixo teor de gordura aumentaram a velocidade com que pessoas obesas perdiam peso e gordura corporal, comparadas a dietas com poucos produtos lácteos. Já os alimentos e suplementos utilizados para banir a gordura, permitindo com que a pessoa possa comer o que quiser o resto do dia, não são recomendados. Em vez disso, o ideal é adquirir uma dieta saudável, com alimentos que evitam o acúmulo de gordura, como por exemplo, muitos grãos inteiros, proteína magra, frutas, vegetais e oito copos de água por dia. Pequenas refeições frequentes também ajudam a perder peso, embora nem todos os especialistas concordem que muitas mini-refeições são melhores do que três refeições diárias. Comer muitas vezes ajuda a manter os seus níveis de energia. 



Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com