Voz


PodCast



Enquete





Blog

Sem estrutura e com pouco efetivo, DPT e IML de Brumado funcionam em estado precário

30/11/2016 16:07

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) e o Instituto Médico Legal (IML) do município de Brumado estão funcionando em estado precário, pois falta estrutura e pessoal para atender a demanda de atendimentos dos 21 municípios agregados e da 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin). O site Brumado Notícias apurou que há um efetivo bem reduzido de peritos técnicos e de legistas nos dois órgãos voltados para perícias, necropsias, exames de corpo de delitos e outros. Os setores contam apenas com uma viatura rabecão para realizar o translado de corpos em casos de acidentes ou mortes violentas. Nossa reportagem também apurou que há uma dificuldade muito grande dos peritos em realizar as necropsias no IML devido à falta de equipamentos com exautores. Muitas vezes, a equipe é obrigada a expor as atividades por abrir as janelas do setor para exalar os odores. O fato se repetiu na manhã de terça-feira (29) quando o corpo de um lavrador, que estava em avançado estado de decomposição, teve de ser necropsiado. Além da falta do exaustor, o prédio do IML, com teto baixo e pouca ventilação, não atende aos padrões legais que daria reais condições de trabalho aos funcionários. Coordenador e funcionários do DPT e do IML não tiveram autorização para falar sobre o assunto por se tratar da liberação de uma pessoa ligada aos órgãos gerais do estado. Mesmo com as pendências, os setores já prestaram auxílio aos órgãos das coordenadorias de Guanambi e Bom Jesus da Lapa. Nossa equipe de reportagem chama atenção para o complexo que acaba de receber as instalações do Sistema Integrado de Comunicações (Sicom). A equipe que trabalhará no prédio poderá cobrar adicional de insalubridade por trabalhar próximo ao IML.(Brumado Notícias)


Veja Mais + Blog



As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com