Voz


PodCast



Enquete





Blog

SAJ: Delegada pretende inaugurar Núcleo de Proteção a Mulher em maio e diz, "já estou disponível para estes casos"

20/04/2017 15:49

Na manhã desta quinta-feira (20), a delegada responsável pela investigação dos homicídios em Santo Antônio de Jesus, Dr. Patrícia Jaques, falou através de uma rádio local, sobre o Núcleo de Proteção a Mulher da cidade. Segundo a delegada, a delegacia se encontra feliz devido ao apoio da população santoantoniense e comerciantes locais, “estamos em reforma, o núcleo vai funcionar dentro da própria delegacia. Conseguimos diversos materiais para reforma graças a doações de comerciantes, no entanto, ainda estamos precisando de doações de material de expediente, como: papéis, porta, armários, além de serviços sociais. As pessoas que quiserem ser voluntários a nos ajudar, estou à disposição da sociedade”, disse.

Dr. Patrícia explicou ainda, como será o atendimento em casos de crimes contra a mulher com o novo núcleo, “As mulheres que precisarem, devem comparecer a delegacia de polícia, terá que se dirigir a recepção para a identificação do caso, onde será atendida dento do núcleo em um atendimento especializado. Provavelmente no início de maio, vamos fazer a inauguração, no entanto todos devem saber de que eu já estou trabalhando na linha de investigação e proteção a mulher. Aquelas que se sentirem violentadas ou estão passando por problemas, já podem ter esse tipo de atendimento”, declarou.

Algumas mulheres que são vítimas deste tipo de crime, costumam ter medo de buscar ajuda devido as ameaças do criminoso, por isto a entrevistada afirmou que todas devem estar à vontade para ir à delegacia, “nós podemos fazer trabalhos sigilosos, contudo, essas mulheres devem fazer a denúncia, para que a polícia possa trabalhar. Pretendo também realizar uma parceria com a Policia Militar, complementando com as Rondas Maria da Penha em Santo Antônio de Jesus. Vamos unir forças entre as policias Civil e Militar para eu possamos fazer esse trabalho após a violência, fiscalizando as medidas protetivas, garantindo uma melhor proteção. Tenho o interesse também de disponibilizar um ‘disk denuncia de proteção a mulher’, para aqueles casos onde os vizinhos e familiares veem o crime e não suportam mais, eles podem ligar e denunciar anonimamente, posteriormente, enviaremos uma guarnição para observar as informações”, concluiu.

Redação: Voz da Bahia


Veja Mais + Blog



As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com