Voz


PodCast



Enquete





Blog

Cientistas dizem ter feito a maior descoberta em 50 anos contra doenças degenerativas

11/12/2017 17:26

O defeito genético que causa a doença degenerativa de Huntington pode ser corrigido em pacientes pela primeira vez, segundo soube a BBC. Uma droga experimental, injetada no fluido espinhal, conseguiu baixar, com segurança, os níveis de proteínas tóxicas no cérebro. A equipe de pesquisa, da Universidade College London, diz que agora há esperança de que a doença fatal possa ser parada. Especialistas dizem que esse pode ser o maior avanço já visto na área de doenças degenerativas nos últimos 50 anos. Huntington é uma das doenças mais devastadoras. Alguns pacientes a descrevem como Parkinson, Alzheimer e doença do neurônio motor todas juntas. Peter Allen, 51 anos, está nos estágios iniciais do Huntington e fez parte dos experimentos: "Você pode ficar em um estado praticamente vegetativo, é um fim horrível". A doença afeta famílias. Peter viu sua mãe Stephanie, seu tio Keith e sua vó Olive morrerem dessa forma. Testes médicos mostraram que sua irmã Sandy e seu irmão Frank também vão desenvolver a doença. Os três irmãos têm oito filhos - todos jovens adultos, cada um com 50% de chance de ter Huntington. (BBC)


Veja Mais + Blog



As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com