Voz


PodCast



Enquete





Blog

'Grave imaturidade institucional': Amab critica promotor por críticas a juiz de Camaçari

24/02/2018 18:27

Everardo Yunes | Foto: Reprodução / Camaçari Notícias

A Associação dos Magistrados da Bahia (Amab) emitiu, neste sábado (24), nota de repúdio a declarações dadas pelo Promotor de Justiça Everardo Yunes. Na última quinta-feira (22), em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia, Yunes criticou a decisão do juiz de Direito da 1ª Vara Criminal de Camaçari, Ricardo Medeiros Netto, que rejeitou a denúncia contra a secretária Juliana Franca Paes (entenda aqui). "O posicionamento dele é de causar muita estranheza, inclusive, porque não é praxe do juiz ficar procurando atribuição da Promotoria para enfrentar o mérito de um fato e receber ação. Parece que não queria enfrentar o mérito e buscou uma solução para que não enfrentasse. Não sei. Não posso afirmar nada. Me causa muita estranheza até a peça dele, que parecia muito mais uma peça de uma advogado do que uma sentença de um juiz", ressaltou o promotor. Para a Amab, a postura do promotor "revela grave imaturidade institucional". "Não é compatível com o respeito que deve haver entre o Poder Judiciário e o Ministério Público ataques pessoais à honorabilidade do Magistrado apenas e tão somente porque não teve um pleito processual atendido", afirma a entidade. (BN)


Veja Mais + Blog



As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com