Voz


PodCast



Enquete





Blog

Colar com pingente escrito ‘depressão’ é útil ou romantiza doença?

31/05/2018 15:56

Foto: Reprodução

A loja ban.do lançou há algum tempo uma linha de colares inspiradas em doenças mentais. São três opções de pingentes para escolher, com as palavras “depressão”, “ansiedade” e “bipolar”. Recentemente, contudo, alguns internautas descobriram esse lançamento e não perdoaram. Muitas pessoas usaram o Twitter para criticar a marca, afirmando que a ideia passou bem longe de ser boa. O principal argumento da galera contrária à linha de joias é que muita gente vai comprar o colar por achá-lo “bem Tumblr”, “da modinha”, “hypado”. Poucos serão aqueles que realmente comprarão para incentivar o debate sobre os distúrbios e/ou que tenham a doença e queiram alertar os outros sobre ela. A ban.do rebateu as críticas negativas dizendo que a linha foi criada por uma designer de joias diagnosticada com bipolaridade. “Todo o lucro é direcionado para a BC2M, uma ONG dedicada a encorajar o diálogo sobre doenças mentais e criar empatia”, escreveu representante da marca no Twitter. A preocupação das pessoas que se revoltaram com a linha de colares é perfeitamente compreensível. Afinal, o Tumblr continua influenciando muitos adolescentes e chama a atenção a quantidade de postagens com conteúdo enaltecendo a depressão, como se fosse legal ser diagnosticado com a doença, como se fosse algo “hypado”, “moderno”. Em um mundo onde a depressão e a ansiedade são apontadas como o mal da adolescência, será que certos jovens comprariam esses colares e os usariam para, de alguma forma muito questionável, doida e preocupante, ganhar likes nas redes sociais? Ah! Os colares estão disponíveis em cores diferentes e muitos deles já se encontram esgotados. (Capricho)


Veja Mais + Blog



As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com