Voz


PodCast



Enquete





Blog

Moro volta a acusar testemunha de Lula de fazer propaganda política

18/06/2018 16:26

Foto: José Cruz / Agência Brasil

O juiz Sérgio Moro voltou a se desentender com uma testemunha de defesa do ex-presidente Lula durante audiência do processo do sítio de Atibaia. Em depoimento nesta segunda-feira (18), o ex-presidente do PT Rui Falcão disse, ao comentar sua relação com o correligionário, que Lula estaria sendo perseguido para não disputar o Palácio do Planalto. “Não é propaganda política aqui, senhor Rui. Não é o momento de o senhor fazer isso”, interrompeu o magistrado. Falcão afirmou, então, que estava apenas respondendo à pergunta da defesa. O depoimento do ex-presidente do PT durou somente sete minutos. Segundo informações do Globo, Falcão negou qualquer ato ilícito praticado por Lula ou pelo partido para compra de apoio político e disse desconhecer qualquer vantagem indevida paga pela Odebrecht e OAS. Na última semana, também durante depoimento, o juiz acusou o escritor e jornalista Fernando Morais, biógrafo de Lula, de fazer propaganda política. (BB)


Veja Mais + Blog



As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com