As comentadas


Boa tarde , Sexta-feira, 31/10/2014









Enquete



Reflita

Blog

Ginecologista de Plantão: Dr. Christian Ferraz tira dúvidas de internautas do Voz da Bahia

03/04/2012 13:33

Semanalmente, o Dr. Christian Ferraz esclarece dúvidas de ouvintes da Rádio Recôncavo FM e internautas do Voz da Bahia. Participe você também. Confira:

Internauta 1- Tenho um corrimento tipo borra de café, isso pode ocasionar algum mal para meu organismo, posso estar grávida?

Dr. Christian Ferraz- A expressão fluxo genital ou corrimento tipo borra de café se tornou médica utilizada, pois os pacientes falam muito, porém seria uma secreção escurecida. Nada mais é do que sangramento de fluxo lento em que o sangue sofre um processo de degeneração vai escurecendo e a secreção acaba saindo com esse aspecto. O fluxo tipo “borra de café” não é uma doença em si, é um sinal que pode estar relacionado a situações benignas como a alguma patologia, em sua maioria ele acontece antes ou depois da menstruação estando relacionado apenas às disfunções do período menstrual que alargam o fluxo aumentando o número de dias e podendo dar essa cor, mas pode estar relacionado à patologias endometriais, ou seja, de dentro da cavidade uterina. Existe algumas situações que a mulher pode procurar o especialista para o diagnóstico, às vezes um pequeno ferimento no colo, alguma alteração no orifício do mesmo. Às vezes a gravidez se inicia com a vinda da menstruação por isso as mulheres se confundem, mas na verdade não é menstruação. Quando a mulher engravida e acontece o processo de fixação da semente pode acontecer um pequeno de implantação, mas é muito discreto, o que ocorre daí em diante são pequenos descolamentos da estrutura que vai nutrir o bebê, às vezes pode sangrar e confundir o processo com menstruação. É necessário procurar um ambulatório de ginecologia ou um posto de saúde para fazer avaliação.

Internauta 2- As pessoas criam boatos sobre o DIU, porém eu já usei durante 16 anos e não vi problema. Existem muito mito para esse dispositivo?

Dr. Christian- O que existe é muito mito e preconceito de pessoas que nunca experimentaram o método, mas ouviram dizer que é abortivo, emagrece, causa doença ou engorda o que multiplica o rol de mentiras em relação ao DIU. O Dispositivo se coloca dentro do útero, não é abortivo e sim pré-conceptivo impedindo o encontro do espermatozoide com o óvulo. O DIU não emagrece nem engorda por que não tem ação hormonal alguma, tem ação local pelo cobre. A mulher que usa DIU não está sujeita a risco de câncer, pois se cuida melhor do que a mulher que está usando pílula ou injeção, indo ao ginecologista. O dispositivo na maioria das vezes pode em algumas mulheres causar um aumento discreto do fluxo menstrual e dar um pouco mais de cólica. O DIU é um método fantástico e ideal para as mulheres que já engravidaram e desejam um pré-conceptivo, a mulher que usa DIU pode ficar sem engravidar por 10 anos, podendo tirá-lo quando quiser.

Internauta 3- Qual a diferença entre orgasmo clitoridiano e vaginal? E é verdade que o vaginal tende a ser mais forte?

Dr. Christian- O caminho mais simples da sexualidade humana é o prazer nas duas partes, o casal precisa se entender a ponto de ambos terem prazer. Sabemos que o prazer masculino é muito mais simplificado, para chegar ao orgasmo basta ereção e estímulo, às vezes acontece até ejaculação precoce, já na mulher é muito complexo, a sexualidade feminina envolve questões emocionais, afetivas, concentração, fantasia entre outros. A forma de orgasmo não tem a menor importância. Buscar orgasmo vaginal é na verdade a etapa mais futura por que a busca pelo orgasmo clitoridiano que é mais simplificado, é o estímulo da área erógena principal da mulher, que na verdade é o encontro dos pequenos lábios e tem pequeno órgão erétil que pode sofrer uma ereção e o estímulo dessa área seja com toque ou qualquer forma de carência pode atingir ao orgasmo. A mulher precisa, para atingir prazer, ser pró-ativa, fazer movimento e conhecer um pouco de suas áreas erógenas. O orgasmo vaginal é a pós graduação, ela pode buscar o tal ponto G e conseguir futuramente.

Internauta 4- Quero iniciar o uso de pílulas, mas dizem que tendo 17 anos elas podem me fazer mal, é verdade?

Dr. Christian- O anticoncepcional é o método mais utilizado pelas mulheres. É sempre importante que o uso de concepção hormonal seja precedido de uma avaliação ginecológica, é importante que ela vá ao ginecologista, se possível faça uma ultrassonografia pélvica ou ultravaginal para avaliar os órgãos genitais e a partir daí use o método correto. Aos 17 anos a mulher que tem vida sexual ativa, deve se preservar da DST, sendo muito importante o uso do método anticoncepcional e também o preservativo.

Internauta 5- Meu namorado costuma ficar excitado enquanto está dormindo algumas vezes fazemos amor e ele não se lembra, ou acorda quase ejaculando, isso é normal?

Dr. Christian- Existem duas situações distintas, uma é o processo de excitação masculina durante o sono, isso nos adolescentes na fase da puberdade acontece esse estímulo do órgão genital masculino, inclusive com ejaculação involuntária, o que é normal. A questão de ter relação sem estar embriagado e não lembrar deve ser sonambulismo ou distúrbio do sono. Depois da vida adulta com vida sexual normal, dificilmente esse fenômeno acontece.



Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com