Voz


PodCast



Enquete





Blog

Seis brasileiros jogarão o Mundial de Clubes; ex-Vitória na lista

06/12/2018 14:06

Foto: Getty Images/Fifa

A Fifa divulgou nesta quinta-feira (6) a relação dos jogadores inscritos no Mundial de Clubes, que será disputado de 12 a 22 de dezembro, nos Emirados Árabes Unidos. A única pendência da lista é o representante sul-americano, que será conhecido domingo (9), na final da Libertadores entre River Plate e Boca Juniors. Como os dois rivais argentinos não têm atletas nascidos no Brasil em seus elencos, já é possível afirmar a quantidade de jogadores brasileiros no Mundial. Serão seis. Dois deles estão no Real Madrid, atual campeão: o volante Casemiro e o atacante Vinícius Júnior. Casemiro se machucou no dia 11 de novembro, em jogo contra o Celta pelo Campeonato Espanhol, e ainda se recupera da lesão, que o tirou dos últimos amistosos da Seleção, contra Uruguai e Camarões. A maior parte dos brasileiros, no entanto, defende o Kashima Antlers, campeão asiático. É o caso do volante Léo Silva e dos meias Serginho, ex-Vitória, e Leandro. Serginho tem 23 anos e passou pelo Leão discretamente em 2016, emprestado pelo Santos.

Disputou 18 partidas com a camisa rubro-negra, apenas seis como titular, e marcou um gol. Neste ano, destacou-se pelo América-MG no início do Brasileirão e foi contratado pelo time japonês. Leandro tem passagens por Palmeiras, Santos e Coritiba, enquanto Léo Silva rodou por Ipatinga, Cruzeiro, Botafogo, Guaratinguetá e Portuguesa. Está desde 2013 no Japão, onde atuou também pelo Albirex Niigata. O outro brasileiro no Mundial é o meia-atacante Caio, do Al-Ain, representante do time da casa. Ele fez carreira no Japão e chegou ao clube dos Emirados em 2016. Os sete times que disputarão a competição são Real Madrid (Espanha), Chivas Guadalajara (México), Espérance (Tunísia), Kashima Antlers (Japão), Al-Ain (Emirados Árabes), Wellington (Nova Zelândia) e River Plate ou Boca Juniors (Argentina). Al-Ain e Wellington abrem a disputa, no dia 12; o campeão da Libertadores e o Real Madrid só entram na semifinal. O Brasil será representado também na arbitragem, com Wilton Pereira Sampaio e os auxiliares Rodrigo Corrêa e Bruno Boschillia. (Correios)

 


Veja Mais + Blog



As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com