Voz


PodCast



Enquete





Blog

Rui Rezende lançou em S. A. de Jesus 1º livro: “Vaqueiros do Raso da Catarina”

13/12/2018 09:26

Foto: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo

O fotógrafo amargosense Rui Rezende lançou em Santo Antônio de Jesus, na noite desta terça-feira (11/12), o livro Vaqueiros do Raso da Catarina, o qual retrata em belíssimas imagens o dia a dia dos vaqueiros. O lançamento aconteceu na Praça de Alimentação do Shopping Itaguari ao som de Guido Freitas – voz e violão, e com a presença de fãs e amigos de Rui. Todos os livros vendidos durante o evento foram autografados pelo autor. Em entrevista ao Tribuna do Recôncavo, Rui contou que foi até a região do Raso da Catarina, no Nordeste baiano, para fazer um livro sobre algumas unidades de conservação do estado da Bahia, mas ao chegar no local se deparou com um acampamento de 30 vaqueiros, que estavam no meio do mato caçando o gado, impressionado com o que estava vendo Rui tirou várias fotos, e ao retornar um ano depois para levar as fotografias, o mesmo propôs aos vaqueiros fazer um livro de fotos sobre a vida deles. Segundo Rui, no Raso da Catarina o gado é selvagem, fica no meio do mato, e de tempos em tempos os vaqueiros se reúnem em grupos de 25 a 35 pessoas, montam acampamento e desse acampamento eles saem para caçar o gado. Para coletar o material do livro, Rui acompanhou o dia a dia dos vaqueiros durante 4 anos, em 11 vezes que eles se encontraram para campear. O Raso da Catarina fica entre os municípios baianos de Glória, Jeremoabo, Macureré, Paulo Afonso, Santa Brígida e Canudos.

Foto: Rui Rezende

Natural da cidade de Amargosa e residente em Santo Antônio de Jesus, Rui Rezende já visitou 19 países, tendo em seu acervo aproximadamente um milhão de fotografias. O livro lançado nesta terça é o sexto de sua coleção e o primeiro feito em sua nova vida, pois, em 2014 Rui sofreu um grave acidente de avião, na divisa de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, no Oeste da Bahia. “Nova vida porque eu passei por uma situação bastante complicada, quando eu estava fotografando para o livro Oeste da Bahia o avião caiu, e eu me esbagacei todo, sofri lesões na coluna, fratura no pé e minha barriga teve que ser aberta, passei 10 dias em coma e 42 dias no hospital, foi um ano de recuperação, e na hora que consegui botar uma bota em meu pé foi quando e considerei que estava preparado para enfrentar de novo a natureza. Eu acho que nessa vida a gente tem uma missão nessa terra, e eu acho que minha missão não tinha se esgotado ainda. Costumo falar também que tiro retratos das artes de Deus e o grande artista é Deus, o nosso criador. Eu sou um mero retratista, meu trabalho é muito fácil, só é ir no mato tirar fotos do que já lá tá pronto lá feito pelo criador”, destacou Rezende. O próximo livro de Rui será “Amargosa, nossa terra, nossa gente”, que vai falar sobre os povoados, flora, fauna e personalidades da cidade de Amargosa. O lançamento será no aniversário da cidade, no dia 19 de junho de  2019. (Texto: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo)


Veja Mais + Blog



As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com