Voz


PodCast



Enquete





Blog

Caso de João de Deus revela ‘compulsão por perversidade’, afirma José Medrado

14/12/2018 17:20

Foto : Divulgação

Médium, apresentador da Rádio Metrópole e líder religioso do centro espírita Cidade da Luz, José Medrado comentou a prisão do médium João de Deus. Ele foi acusado por mais de 300 mulheres de assédio sexual.  “Se fez, pague. É simples assim. E seja quem for, onde for. O que mais me revolta é que quando vê uma notícia dessas, você vai nos comentários… eu cheguei a ler coisas, dizendo que a globo pagou mais de 300 mulheres [para acusarem João de Deus]. Ou a pessoa está surtada, ou não sei o quê. Quer dizer que as mulheres que estão passando as suas dores, muitas ao lado dos seus maridos, aquilo tudo é fantasia? agora, porque você não foi assediada não quer dizer que a outra não tenha sido”, afirmou.  Ainda de acordo com Medrado, casos como esse revelam “perversão”. “O senhor João de Deus foi processado, arquivado e continuou. É compulsão por perversidade”. (Metro1)


Veja Mais + Blog



As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com