Voz


PodCast



Enquete





Blog

Sobre possível invasão de facções no Cajueiro delegado de SAJ avisa: "Se tiver gente armada, vamos partir para o confronto"

10/01/2019 13:38

Em entrevista à Rádio Andaiá FM, o coordenador da 4ª Coorpin em Santo Antonio de Jesus, o delegado Edilson Magalhães, comentou sobre a operação realizada nesta última quarta-feira (9), que resultou na fuga de 3 acusados e a morte de Mateus de Jesus, conhecido como “Deco”, “estamos acompanhando os acontecimentos, principalmente no bairro Cajueiro. Estamos tendo algumas rixas entre traficantes de facções rivais. Tudo começou com a morte do Miqueias no dia 31 de dezembro (veja aqui), ele era procurado pela polícia por tráfico de drogas e homicídios. Depois houve um revide no dia 6 de janeiro, onde foi morto o Jonathan de Jesus e uma tentativa de homicídio em outro rapaz também conhecido como Jonathas (clique e veja), nós tivemos um menor apreendido (veja mais) envolvido neste caso, mas ao todo, foram 4 pessoas envolvidas nesses homicídios em Santo Antonio de Jesus. Já estamos com a autoria dos 4. Durante nossa operação nesta quarta-feira (9) fomos para capturá-los, mas 3 conseguiram evadir e outro morreu após trocar tiros com nossa guarnição, sendo ele o Mateus de Jesus, o ‘Deco’ (clique aqui), que tinha várias passagens por homicídios e tráfico de drogas”, declarou.

O delegado comentou sobre a quantidade de menores de idade envolvidos com o mundo do crime em Santo Antonio de Jesus. Além disto, pontuou sobre prováveis invasões de facções e operações policiais, “conseguimos ver fotos dos acusados com arma de grosso calibre, pistolas e metralhadoras. Muitos deles são menores como o que apreendemos. Muitos deles inclusive estão envolvidos em crimes hediondos, tráfico de drogas, estupro e assédio sexual, já está intolerável para a sociedade. A justiça tem que fazer sua parte juntamente com as policias. Estamos monitorando a situação, estamos investigando e já sabemos que estão querendo invadir no bairro Cajueiro, sabemos quem são os cabeças e estamos sobre aviso juntamente com a Polícia Militar para invadir e prender. Se tiver gente armada, vamos partir para o confronto e se revidar vai dar na mesma situação que na primeira operação”, disse.

Redação: Voz da Bahia


Veja Mais + Blog



As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com