Voz


PodCast



Enquete





Artigos

Dicas de como preparar a casa pra chegada do filhote

27/11/2015 19:23

Olá pessoal!!!!! Agora contamos com este canal para vocês ficarem por dentro de tudo que acontece no mundo pet. Pra quem não me conhece vou me apresentar: Sou criadora de cães de raça há oito anos, handler, esteticista pet estudante de veterinária na UFRB e proprietária do Cani Vita (Pet Shop e hotel para animais). Hoje vamos falar um pouco sobre: A CHEGADA DE UM FILHOTE EM CASA.

Chegou o novo membro da família!!!! Obaaaaa!!!

E agora? Como cuidar deste ser pequeno e indefeso?

CALMA – ESPLICAMOS TUDO!!!!

O primeiro passo é respeitarmos a espécie do animal. Cães, gatos, chinchilas, esquilos da Mongólia e etc tem características e cuidados diferenciados. Primeiro vamos falar dos cães.

Onde meu cachorro vai fazer as suas necessidades fisiológicas?

 Esta é a primeira pergunta que devemos nos fazer. Este local uma vez escolhido não deve ser trocado para que o animal não se sinta perdido. Afinal nosso banheiro não fica mudando de lugar não é mesmo?

Gosto muito de pedir aos meus clientes que deixem a área de serviço para este fim. Nossas áreas de serviços sempre tem um ralo, o que facilita a limpeza.

A escolha da ração?

Hoje o mercado pet oferece uma variedade enorme de rações. O ideal é que seja oferecida uma ração de qualidade adequada a idade, raça e tamanho do seu novo amiguinho.

A ração de filhote deve ser oferecida até os doze meses de vida. Este período e fundamental para um bom desenvolvimento do filhotinho. Quando é feita uma ração específica para uma determinada raça isso ajuda muito, por que esta já foi pensada para aquela raça.

Qualidade da água

A água deve ser filtrada. Mesmo com todo tratamento oferecido pela empresa fornecedora de água, há a possibilidade de nossos animais serem acometidos por uma verminose chamada giárdia, causada pelo protozoário “giárdia SP”.

Perigos espalhados pela casa.

Observem bem como estão os fios dos eletrodomésticos da sua casa, eles são os maiores vilões para a segurança do seu filhote. Além disso, precisamos observar as escadas e varandas. Eles não têm noção de perigo e podem cair.

 

 

Criadora de cães de raça há oito anos, handler, esteticista pet, estudante de veterinária na UFRB e proprietária do Cani Vita (Pet Shop e hotel para animais).

As 5+ comentadas












Todos os direitos reservados a Marcus Augusto Macedo | vozdabahia@hotmail.com